GOLEGÃ JOVEM - Quem é o Diogo Rosa?
DIOGO ROSA - Sou um rapaz de 17 anos, residente na Golegã desde que me lembro
e adoro ...
GJ - Consegues conciliar bem a escola e a actividade desportiva?
DR - Esse é um factor muito importante na vida de um atle...
GJ - Achas que dão o devido valor aos jovens atletas no nosso concelho?
DR - Eu penso que é dado o suficiente! As condiçõe...
Jovem ou da Taça de Portugal a realizar-se aqui! O mais difícil temos, que é a Alverca
do Campo, com boas condições para a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Entrevista ao jovem atleta goleganense diogo rosa

1.065 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.065
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Entrevista ao jovem atleta goleganense diogo rosa

  1. 1. GOLEGÃ JOVEM - Quem é o Diogo Rosa? DIOGO ROSA - Sou um rapaz de 17 anos, residente na Golegã desde que me lembro e adoro todo o tipo de desporto. Estudo na escola Mestre Martins Correia da Golegã e, apesar da minha actividade desportiva, tenciono prosseguir estudos ao nível do ensino superior. GJ - Que idade tinhas quando começas-te a tua carreira no Triatlo? DR - A minha relação com o Triatlo é bastante recente! Comecei a treinar em Novembro de 2008, mas a primeira competição foi em Fevereiro de 2009, logo tinha 16 anos. GJ - Como começou essa paixão pelo Triatlo? DR - Curiosamente vim parar ao Triatlo um pouco por acaso! Mas resumidamente, tomei conhecimento da existência do Clube de Natação do Tejo por parte de um casal de triatletas amigos da minha mãe, que me levaram a um treino, onde conheci o meu treinador e os restantes colegas de equipa. Desde então, a paixão pelo Triatlo não tem parado de crescer, treino após treino, prova após prova! É também de referir que o Triatlo é um desporto pelo qual é fácil de ficarmos fascinados, pois o ambiente que se vive nas competições é, para além de competitivo, de grande união e amizade entre todos os participantes!
  2. 2. GJ - Consegues conciliar bem a escola e a actividade desportiva? DR - Esse é um factor muito importante na vida de um atleta! Apesar de não ser um aluno de 20, sempre tentei não descurar o factor escola, pois para além de ter muitos objectivos profissionais para além do desporto, em Portugal é muito difícil depender apenas do desporto para viver! Como tal, é tão importante desenvolvermos a nossa componente física como a mental. Quanto às dificuldades de conciliação, treinar ás 7 da manhã, ir para a escola, por vezes treinar a seguir ao almoço, explicações e estudo pelo meio, mais treino das 18:00 ás 21:00 e chegar a casa e ainda ter vontade de estudar um pouco, é no mínimo cansativo! GJ - Durante a tua carreira, que clubes já representas te? DR - No Triatlo, que é a minha prioridade enquanto desporto, apenas representei o Clube de Natação do Tejo. Represento ainda no ciclismo, o clube de Ciclismo José Maria Nicolau do Cartaxo e no atletismo, a União desportiva da Zona Alta. GJ - Neste momento sente-te feliz e concretizado pelo clube que representas? DR - Neste momento sinto-me bastante feliz no clube que represento, pois para além de ter um treinador (João Mascarenhas) incrível e dedicado a 200% a todos os atletas, tenho colegas de equipa espectaculares, quer os da minha idade, quer os mais velhos e experientes, que tentam sempre transmitir tudo o que sabem aos atletas mais novos. GJ - Gostarias de algum dia vir a representar um clube da Golegã? DR - De momento estou bem no clube onde estou e não me parece que exista na Golegã um clube com estrutura visível para ter uma equipa de Triatlo. Quanto ás condições que o concelho dispõe para a prática da modalidade, são realmente excepcionais, pois desde a pista de atletismo, até ás piscinas municipais, condições não faltam. Se algum dia existir um clube de Triatlo na Golegã e as condições se proporcionarem, é sempre um hipótese plausível!
  3. 3. GJ - Achas que dão o devido valor aos jovens atletas no nosso concelho? DR - Eu penso que é dado o suficiente! As condições não faltam, os jovens valores também não, o que falta são mesmo pessoas com vontade de dinamizar todo o tipo desporto ( treinadores com vontade de trabalhar e atletas aplicados e que gostem do que fazem), quer falemos de equitação, futebol ou qualquer outra modalidade. Para nos ser reconhecido o valor, é preciso trabalharmos para ele e não baixar os braços á mínima dificuldade, porque quando formos mais velhos vamos dizer que não tivemos apoios nem condições para ser o que queríamos, quer falemos de desporto ou não! Se olharmos para a história, todos os grandes atletas tiveram que enfrentar muitas adversidades e não ficaram sentados, á espera que o seu possível e provável valor lhes fosse reconhecido! Para resumir, ser-nos-ia reconhecido mais valor, a nós jovens desportistas goleganenses, se trabalhasse-mos para isso! É caso para fazer uma adaptação a uma velha máxima e dizer que "O valor procura-se!" GJ - Qual a tua opinião sobre as recentes provas desportivas realizadas na Golegã? DR - Falando da taça do mundo de Pentatlo Junior, acho que realmente é muito importante para o concelho que uma competição deste nível de desenrole aqui, pois para além de promover o concelho e de o levar para fora do país, é realmente um exemplo pois a Golegã mostra que pode fazer coisas com bastante nível! O único ponto negativo que eu encontro, é pouca divulgação que esta prova teve, pois é uma prova que pode ter muito mais projecção, se devidamente divulgada. GJ - O que achas que poderia ser feito na Golegã para incentivar ainda mais jovens a praticar Triatlo? DR - Acima de tudo, mostrar que o Triatlo é um desporto saudável, para a vida toda e que não é um desporto para super-homens e mulheres. Ainda assim reconheço que muitos dos habitantes da Golegã não sabem o que é o Triatlo. Uma boa forma de incentivo, seria para o próximo ano, ter uma das provas do Campeonato Nacional
  4. 4. Jovem ou da Taça de Portugal a realizar-se aqui! O mais difícil temos, que é a Alverca do Campo, com boas condições para a prática de águas abertas... GJ - Qual foi a última competição em que participas-te? E qual a próxima? DR - A última competição foram os campeonatos Ibéricos de Triatlo e Duatlo Cross em Espanha. A próxima vai ser o Campeonato Nacional de Juniores, em Peniche! GJ - Quais são as metas desportivas para o futuro? DR - Principalmente continuar a gostar do que faço e a evoluir dia após dia! Mais concretamente, gostaria de representar a Selecção Nacional dentro de dois ou três anos! GJ - Qual o teu ídolo(s)? DR - Sem dúvida, Lance Armstrong! GJ - Gostarias de uma mensagem aos jovens que estão a iniciar-se no Triatlo? DR - Se experimentarem, de certeza que não vão querer largar! Por isso, com um pouco de trabalho e persistência, todos conseguimos os nossos objectivos! GJ - Para finalizar, dá nos a tua opinião sobre o projecto Golegã Jovem. Em que aspectos achas que poderemos melhorar e que assuntos gostarias de ver tratados neste espaço. DR - Quanto ao Golegã Jovem, acho de louvar que existam projectos como este, que tencionem zelar pelo interesse dos Jovens do Nosso Concelho, por isso Parabéns! Quanto a aspectos a melhorar, só vejo o aspecto gráfico, que pode ter uma forma mais apelativa, que leve as pessoas a explorar o vosso Blog.

×