PPPs: manual de como fazer           Gesner Oliveira             INTERNEWS   São Paulo, 09 de fevereiro de 2012
Sumário1. PPPs em perspectiva histórica2. Modalidades de PPPs3. Por que e como fazer as PPPs
1. PPPs em perspectiva histórica
Investimento é essencial paracrescimento....• Crescimento sustentado de 5-6% a.a. exige elevação  da taxa de investimento ...
Taxa atual de investimento é insuficientepara crescimento anual de 5%...Taxa atual deinvestimentoFonte: PASTORE, A. C.; PI...
Investimento em infraestrutura é baixo noBrasil...                                                       (% PIB)          ...
Investimento em infraestrutura requer grandemobilização de capital nos próximos cincoanos...
Três exemplos de gargalos...•   Aeroportos•   Portos•   Saneamento
a) Aeroportos…
Maioria dos aeroportos brasileiros demandaalgum tipo de investimento para eliminargargalos…                               ...
Capacidade de operação nos pátios éinferior ao tráfego real...         Guarulhos                                          ...
b) Portos…
Investimentos planejados são consideráveis,mas necessitam ampliação para superar todosos gargalos... Fonte: PAC (2009); Ma...
c) Saneamento…
A precariedade do saneamento brasileiro... • IBGE: 105 milhões não têm acesso à coleta de esgotos • PNAD: Cobertura de esg...
Plano Nacional de Saneamento Básico emdiscussão não indica como dar um salto noinvestimento…Previsão de Universalização at...
Com o atual ritmo de investimentosuniversalização só ocorrerá em 50 anos...                                               ...
Parcerias em perspectiva histórica...  1993        1995     2003       2004      Pós-2004   Lei de Licitações            L...
Sete Estados têm algum tipo de PPP...    Fonte: PPP Brasil 2011
PPPs por setor : Cinco estádios para aCopa de 2014 serão feitos por PPPs...     Fonte: PPP Brasil 2011
Há espaço para ampliação de PPPsfederais...      Estagio do projeto                                                  Proje...
Há espaço para aumento no número dePPPs nos Estados...    Fonte: PPP Brasil 2011
Investimentos nas 17 PPPs estaduaissomam R$ 17 bilhões...    Fonte: PPP Brasil 2011
No Estado de S. Paulo, há previsão de elevadosinvestimentos em PPPs nos próximos anos....                                 ...
Contratos de concessão e PPPs entre 2005 e2010...
Concessão de energia representa maioria doscontratos de concessão e PPPs entre 2005 e2010...     Fonte: ANBIMA
Dez propostas para destravar PPPs noBrasil...• Legislativas• Institucionais• Gerenciais• Cultural
...e visando cinco objetivos... •   Redução de risco •   Diminuição do custo de financiamento •   Elevação dos recursos • ...
...e visando cinco objetivos... •   Redução de risco •   Diminuição do custo de financiamento •   Elevação dos recursos • ...
Proposta 1: Permitir que FGP preste garantiasa Estados e Municípios (art. 16-21 da Lei11.079/04)... Gargalo: falta de capa...
Proposta 1: Permitir que FGP preste garantiasa Estados e Municípios (art. 16-21 da Lei11.079/04)... Proposta: •   Projeto ...
Proposta 1: Permitir que FGP prestegarantias a Estados e Municípios
Proposta 2: Fortalecer as agênciasreguladoras para fiscalizar PPPs e melhorarregulação de concessões... Gargalo: As agênci...
...e visando cinco objetivos... •   Redução de risco •   Diminuição do custo de financiamento •   Elevação dos recursos • ...
Proposta 3: Permitir pagar a contraprestaçãoantes do início da operação (art. 7 da Lei11.079/04)... Gargalo: Impossibilida...
Proposta 3: Permitir que o Poder Concedentepossa pagar a contraprestação antes do inícioda operação...                    ...
...e visando cinco objetivos... •   Redução de risco •   Diminuição do custo de financiamento •   Elevação dos recursos • ...
Proposta 4: Flexibilizar o limite de 3% dareceita corrente líquida para contratações dePPPs... Gargalo: Impossibilidade de...
Proposta 4: Flexibilizar o limite de 3% dareceita corrente líquida para contratações dePPPs...  Gargalo    X% da RCL – Ope...
Proposta 5: Criar o PAC-PPP...Gargalo: Concorrência entre recursos do PAC (OGU) ePPPs e impossibilidade de utilização da m...
...e visando cinco objetivos... •   Redução de risco •   Diminuição do custo de financiamento •   Elevação dos recursos • ...
Proposta 6: Desoneração fiscal de PPPs eConcessões... Exemplo do saneamento: maior concessionária do país (SABESP – empres...
Proposta 6: Desoneração fiscal de PPPs eConcessões...Gargalo:   •   Tributação sobre o faturamento de       concessionária...
...e visando cinco objetivos... •   Redução de risco •   Diminuição do custo de financiamento •   Elevação dos recursos • ...
Proposta 7: Fortalecer as unidades dePPPs e reduzir burocracia de aprovação...Gargalos:   •   Dificuldade de contratação d...
Proposta 7: Fortalecer as unidades dePPPs e reduzir burocracia de aprovação...Fonte: Sabesp
Proposta 7: Fortalecer as unidades dePPPs e reduzir burocracia de aprovação...Proposta:   • Flexibilizar o regime de contr...
Proposta 8: Criação de metodologia emétricas que permitam justificar opção porPPP ou concessão... Gargalo: Dificuldade par...
Proposta 9: Difundir e ampliar omecanismo de manifestação de interesse...Gargalo: Limitações de escopo e procedimentais   ...
Proposta 10: Disseminação deinformações sobre Concessões e PPPs...Gargalo: Falta conhecimento e há resistência nasociedade...
2. Modalidades de PPPs
Há vários tipos de parcerias... • Concessões comuns • Concessões patrocinadas • Concessões administrativas • Além das SPEs...
Concessão comum...                -   Concede direito de                    exploração dos                    serviços    ...
Concessão patrocinada...                 -   Concede direito de                     exploração dos                     ser...
Concessão administrativa...                                  - Pagamento de                                  contraprestaç...
Modelos para prestação de serviços...                         Maior participação do setor privado                  Prestaç...
3. Porque e como fazer uma PPP
3a) O porquê3b) Como fazer
Cinco vantagens das PPPs e concessões...      Alocação ótima dos riscos        Estrutura adequada de incentivos         Ap...
Principais vantagens financeiras... • Todos os investimentos são realizados e   financiados pelo parceiro privado • Contra...
Principais vantagens técnicas... O Poder Público pode transferir ao privado a obrigação de: • Realizar projeto executivo •...
Segurança jurídica e previsibilidade...  • Programação dos gastos com a prestação do    serviço para a população  • Aceler...
Como fazer: passo a passo para a       implantação de PPP...1. Quais os custos com a execução do serviço   pelo Poder Públ...
Passo a passo para a implantação de PPP...3. Como financiar? A eventual cobrança de tarifa   é suficiente? Parte dos inves...
Passo a passo para a implantação de PPP...  5. Quais os riscos que devo transferir ao parceiro     privado?  6. Definir  m...
Sumário1. PPPs em perspectiva histórica2. Modalidades de PPPs3. Por que e como fazer as PPPs
Muito obrigado!Time envolvido na discussão:Gesner Oliveira – gesner@goassociados.com.brPedro Scazufca – pedro@goassociados...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pp ps manual pratico de como fazer 090212

1.234 visualizações

Publicada em

Seminário Internews: PPPs - manual prático de como fazer.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.234
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pp ps manual pratico de como fazer 090212

  1. 1. PPPs: manual de como fazer Gesner Oliveira INTERNEWS São Paulo, 09 de fevereiro de 2012
  2. 2. Sumário1. PPPs em perspectiva histórica2. Modalidades de PPPs3. Por que e como fazer as PPPs
  3. 3. 1. PPPs em perspectiva histórica
  4. 4. Investimento é essencial paracrescimento....• Crescimento sustentado de 5-6% a.a. exige elevação da taxa de investimento da economia• Taxa de investimento teria de crescer entre 5-7p.p. para atingir nível compatível com crescimento sustentado
  5. 5. Taxa atual de investimento é insuficientepara crescimento anual de 5%...Taxa atual deinvestimentoFonte: PASTORE, A. C.; PINOTTI, M. C.;PAGANO, T. A. Limites ao Crescimento Econômico
  6. 6. Investimento em infraestrutura é baixo noBrasil... (% PIB) Tailândia 15,4 Vietnã 9,9 China 7,3 Chile 6,2 Colômbia 5,8 Índia 5,63 Filipinas 3,6 Brasil 2,03Fontes: Chile e Colômbia: Banco Mundial (2005b); Vietnã, Tailândia, Filipinas e China: Banco Mundial (2005a); Índia: Government ofIndia (2007); Brasil: elaboração própria. Extraído de Frischtak (2009)
  7. 7. Investimento em infraestrutura requer grandemobilização de capital nos próximos cincoanos...
  8. 8. Três exemplos de gargalos...• Aeroportos• Portos• Saneamento
  9. 9. a) Aeroportos…
  10. 10. Maioria dos aeroportos brasileiros demandaalgum tipo de investimento para eliminargargalos… Gargalos Aeroporto Pista Pátio Terminal de Passageiros  Guarulhos   SP  Congonhas Limitada    Viracopos  Galeão  RJ  Santos Dumont     Confins  BH  Pampulha    Brasília    Porto Alegre   Curitiba   Recife   Salvador    Fortaleza  Demais  Manaus   Cuiabá    Natal    Florianópolis    Vitória    Belém   Goiânia   Fonte: Estudo do Setor de Transportes - Consultoria McKinsey & Co. para o BNDES (2010)
  11. 11. Capacidade de operação nos pátios éinferior ao tráfego real... Guarulhos 65 53 Congonhas 34 24 Brasília 45 36 Manaus 17 9 Porto Alegre 20 14 18 Pedidos de pousos e decolagens Curitiba 14 Capacidade máxima Santos Dumont 18 15 Confins 19 16 Pampulha 8 5 Natal 8 7 11 0 10 20 30 40 50 60 70Fonte: Aviões (2009)
  12. 12. b) Portos…
  13. 13. Investimentos planejados são consideráveis,mas necessitam ampliação para superar todosos gargalos... Fonte: PAC (2009); Mapeamento Ipea e Obras Portuárias.
  14. 14. c) Saneamento…
  15. 15. A precariedade do saneamento brasileiro... • IBGE: 105 milhões não têm acesso à coleta de esgotos • PNAD: Cobertura de esgoto caiu de 59,3% em 2008 para 59,1% em 2009 • Trata Brasil: 8 milhões não têm acesso a banheiros • ONU: a situação brasileira no saneamento rural é pior do que Sudão, o Timor Leste e Afeganistão
  16. 16. Plano Nacional de Saneamento Básico emdiscussão não indica como dar um salto noinvestimento…Previsão de Universalização até 2030 • R$ 13 bi de investimentos anuais médios (mais do que dobrar a média dos últimos anos) • R$ 263 bi totalAlavancas para salto no investimento não consideradas • Parceiro privado • Aumento de produtividade
  17. 17. Com o atual ritmo de investimentosuniversalização só ocorrerá em 50 anos... Ano de universalização InvestimentosCenários Água Esgoto Universal. Até 20601 - Manutenção do atual patamar de investimentos 2039 2060 R$ 255 bi R$ 255 bi2 - Duplicação do patamar de investimentos 2021 2031 R$ 220 bi R$ 255 bi3 - Manutenção do atual patamar de investimentos 2028 2042 R$ 165 bi R$ 186 bicom incremento de 30% na produtividade4 - Duplicação do patamar de investimentos com 2017 2024 R$ 150 bi R$ 186 biincremento de 30% na produtividade Fonte: Elaboração própria
  18. 18. Parcerias em perspectiva histórica... 1993 1995 2003 2004 Pós-2004 Lei de Licitações Lei de Concessões Lei de PPPs de Lei de MG PPPs de SP, BA, CE, GO e Lei de SC PPPs de PE, RS, PI, Lei de RN, DF, PPPs SE, PB e Federal ES
  19. 19. Sete Estados têm algum tipo de PPP... Fonte: PPP Brasil 2011
  20. 20. PPPs por setor : Cinco estádios para aCopa de 2014 serão feitos por PPPs... Fonte: PPP Brasil 2011
  21. 21. Há espaço para ampliação de PPPsfederais... Estagio do projeto Projetos Projeto Datacenter ( do Consórcio formado por Banco do Brasil e Caixa Em execução Econômica Federal) Rede de TV Pública Digital Sistema Geoestacionário Brasileiro Em análise Baixio do Irecê Projeto Salitre Solicitados à iniciativa privada Esplanada Sustentável Fonte: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - MP
  22. 22. Há espaço para aumento no número dePPPs nos Estados... Fonte: PPP Brasil 2011
  23. 23. Investimentos nas 17 PPPs estaduaissomam R$ 17 bilhões... Fonte: PPP Brasil 2011
  24. 24. No Estado de S. Paulo, há previsão de elevadosinvestimentos em PPPs nos próximos anos.... Investimentos TESOURO ESTADUAL R$ 85 bilhões PARCERIAS PÚBLICOS-PRIVADAS R$ 25 bilhões Fonte: Plano Plurianual 2012-2015 do Estado de São Paulo
  25. 25. Contratos de concessão e PPPs entre 2005 e2010...
  26. 26. Concessão de energia representa maioria doscontratos de concessão e PPPs entre 2005 e2010... Fonte: ANBIMA
  27. 27. Dez propostas para destravar PPPs noBrasil...• Legislativas• Institucionais• Gerenciais• Cultural
  28. 28. ...e visando cinco objetivos... • Redução de risco • Diminuição do custo de financiamento • Elevação dos recursos • Redução dos tributos • Aumento da capacidade de formulação e execução
  29. 29. ...e visando cinco objetivos... • Redução de risco • Diminuição do custo de financiamento • Elevação dos recursos • Redução dos tributos • Aumento da capacidade de formulação e execução
  30. 30. Proposta 1: Permitir que FGP preste garantiasa Estados e Municípios (art. 16-21 da Lei11.079/04)... Gargalo: falta de capacidade de oferecer garantias adequadas de pagamento por parte de Estados e Municípios
  31. 31. Proposta 1: Permitir que FGP preste garantiasa Estados e Municípios (art. 16-21 da Lei11.079/04)... Proposta: • Projeto de Lei nº 2892/11 do Deputado Arnaldo Jardim propõe que o FGP ofereça garantia ao parceiro privado contratado em uma PPP municipal ou estadual • A União daria uma contra garantia ao FGP que, por sua vez, contaria com uma contra garantia de Estados e Municípios, pela via de recursos vinculados dos Fundos de Participação de Estados (FPE) e Municípios (FPM)
  32. 32. Proposta 1: Permitir que FGP prestegarantias a Estados e Municípios
  33. 33. Proposta 2: Fortalecer as agênciasreguladoras para fiscalizar PPPs e melhorarregulação de concessões... Gargalo: As agências reguladoras têm deficiência de recursos para fiscalizar adequadamente os contratos de concessão e não fiscalizam os contratos de PPPs Proposta: retomar o projeto de Lei Geral das Agências Reguladoras, visando fortalecê-las e equipá-las adequadamente para regular e fiscalizar concessões e PPPs
  34. 34. ...e visando cinco objetivos... • Redução de risco • Diminuição do custo de financiamento • Elevação dos recursos • Redução dos tributos • Aumento da capacidade de formulação e execução
  35. 35. Proposta 3: Permitir pagar a contraprestaçãoantes do início da operação (art. 7 da Lei11.079/04)... Gargalo: Impossibilidade de pagar os investimentos em PPP ao longo da execução da obra, reduzindo o valor financiado pelo privado e se beneficiando de financiamento público mais barato
  36. 36. Proposta 3: Permitir que o Poder Concedentepossa pagar a contraprestação antes do inícioda operação... Início do pagamento Gargalo Financiamento Construção Operação 100% privado Início do pagamento Performance bond >> 10% Proposta Composição ótima – Construção Operação financiamento público- privado
  37. 37. ...e visando cinco objetivos... • Redução de risco • Diminuição do custo de financiamento • Elevação dos recursos • Redução dos tributos • Aumento da capacidade de formulação e execução
  38. 38. Proposta 4: Flexibilizar o limite de 3% dareceita corrente líquida para contratações dePPPs... Gargalo: Impossibilidade de Estados e Municípios poderem contratar PPPs cuja contraprestação ultrapasse 3% da receita corrente líquida, sob pena de não acessarem recursos federais Proposta: Permitir que Estados e Municípios se utilizem de limite ocioso para operações de crédito para realizar PPPs
  39. 39. Proposta 4: Flexibilizar o limite de 3% dareceita corrente líquida para contratações dePPPs... Gargalo X% da RCL – Operação de crédito 3% da RCL -- RCL X% da RCL - Endividamento PPPs Proposta 3% da RCL -- RCL X% da RCL - Endividamento X% da RCL – Operação de crédito PPPs
  40. 40. Proposta 5: Criar o PAC-PPP...Gargalo: Concorrência entre recursos do PAC (OGU) ePPPs e impossibilidade de utilização da modelagemmais adequadaProposta: Criar uma linha de recursos não onerososespecíficos para custeio de PPPs por estados emunicípios, que poderão optar pela modelagem maisadequada (obra pública x PPP x concessão)
  41. 41. ...e visando cinco objetivos... • Redução de risco • Diminuição do custo de financiamento • Elevação dos recursos • Redução dos tributos • Aumento da capacidade de formulação e execução
  42. 42. Proposta 6: Desoneração fiscal de PPPs eConcessões... Exemplo do saneamento: maior concessionária do país (SABESP – empresa estatal) pagou em um ano R$ 1,26 bi em tributos. Os investimentos no ano foram R$ 1,8 bi 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Cofins 149.521 140.526 202.070 332.200 377.082 397.571 404.597 418.983 Pasep 50.825 37.648 47.534 72.384 81.866 86.316 87.839 90.964 Total 200.346 178.174 249.604 404.584 458.948 483.887 492.436 509.947 Imposto de Renda 2.842 168.083 198.030 271.387 288.010 395.634 399.194 544.485 Contribuição Social - 48.006 52.579 72.039 95.113 147.711 149.179 204.221 Total 2.842 216.089 250.609 343.426 383.123 543.345 548.373 748.706 Total Geral 203.188 394.263 500.213 748.010 842.071 1.027.232 1.040.809 1.258.653 Fonte: Sabesp/Elaboração própria
  43. 43. Proposta 6: Desoneração fiscal de PPPs eConcessões...Gargalo: • Tributação sobre o faturamento de concessionárias de serviços públicos e parceiros privados onera União, Estados e Municípios e tarifas cobradas da população • Desincentivo à realização de parceriasProposta: Utilizar investimentos em ativos permanentesimobilizados como créditos perante a PIS/PASEP-COFINS em setores selecionados
  44. 44. ...e visando cinco objetivos... • Redução de risco • Diminuição do custo de financiamento • Elevação dos recursos • Redução dos tributos • Aumento da capacidade de formulação e execução
  45. 45. Proposta 7: Fortalecer as unidades dePPPs e reduzir burocracia de aprovação...Gargalos: • Dificuldade de contratação de estudos para modelagem de projetos • Falta de conhecimento e recursos • Sistema burocrático de PPPs: unidades de PPPs e Conselhos Gestores de PPPs se tornaram instância adicional de aprovação e não órgãos facilitadores
  46. 46. Proposta 7: Fortalecer as unidades dePPPs e reduzir burocracia de aprovação...Fonte: Sabesp
  47. 47. Proposta 7: Fortalecer as unidades dePPPs e reduzir burocracia de aprovação...Proposta: • Flexibilizar o regime de contratação das Unidades de PPP, com criação de estatuto próprio de licitações • Destinar recursos adequados às Unidades de PPPs • Apoio técnico entre Unidades de PPPs dos entes federativos • Diminuição das diversas instâncias de aprovação e deliberação de PPPs dentro dos Executivos
  48. 48. Proposta 8: Criação de metodologia emétricas que permitam justificar opção porPPP ou concessão... Gargalo: Dificuldade para o gestor público justificar a escolha pela modalidade de PPP ou concessão Proposta: desenvolver e disseminar critérios objetivos para a escolha e justificativa de PPP ou concessões
  49. 49. Proposta 9: Difundir e ampliar omecanismo de manifestação de interesse...Gargalo: Limitações de escopo e procedimentais • Apenas projetos já definidos como prioritários • Contraprestação pública não poderá exceder a 30% do total de receitas do privado • Procedimento burocrático para a apresentação de manifestação de interesseProposta: Modelo mais ágil, transparente e abrangente • Inserir em Lei Federal diretrizes gerais para manifestação de interesse • Difundir modelo para Estados e Municípios
  50. 50. Proposta 10: Disseminação deinformações sobre Concessões e PPPs...Gargalo: Falta conhecimento e há resistência nasociedade e nos Governos sobre concessões e PPPsProposta: • Cadeira multidisciplinar sobre parcerias em Universidades • Matéria obrigatória de concurso público • Treinamento de gestores públicos, operadores do direito e membros de tribunais de contas
  51. 51. 2. Modalidades de PPPs
  52. 52. Há vários tipos de parcerias... • Concessões comuns • Concessões patrocinadas • Concessões administrativas • Além das SPEs e locações de ativos
  53. 53. Concessão comum... - Concede direito de exploração dos serviços Poder Parceiro Público privado - Tarifas - Financiamento - Realização de investimentos - Operação - Prestação dos População serviços
  54. 54. Concessão patrocinada... - Concede direito de exploração dos serviços - Pagamento de Subsídios Poder Parceiro Público privado - Tarifas - Financiamento - Realização de investimentos - Operação - Prestação dos População serviços
  55. 55. Concessão administrativa... - Pagamento de contraprestação vinculada ao atendimento de metas Poder Parceiro Público privado Tarifas, - Financiamento Taxas, - Realização de Tributos investimentos - Operação do ativo - Responsável pelos serviços públicos perante a população População
  56. 56. Modelos para prestação de serviços... Maior participação do setor privado Prestação Locação PPP PPP Patrocinada Concessão Direta de Ativos Administrativa Público e Quem paga Público Público Público Usuário Usuário Financiamento Público Privado Privado Privado Privado Construção Público Privado Privado Privado Privado Operação Público Público Privado Privado Privado Relação com Público Público Público Privado Privado Usuário Regulação Não Há Não Há Não Há Há Há
  57. 57. 3. Porque e como fazer uma PPP
  58. 58. 3a) O porquê3b) Como fazer
  59. 59. Cinco vantagens das PPPs e concessões... Alocação ótima dos riscos Estrutura adequada de incentivos Aporte de tecnologia e gestão Transparência e monitoramento Fixação de metas
  60. 60. Principais vantagens financeiras... • Todos os investimentos são realizados e financiados pelo parceiro privado • Contrato de longo prazo permite programar gastos com a prestação do serviço para a população • Pagamento é efetuado mediante cumprimento de metas contratuais
  61. 61. Principais vantagens técnicas... O Poder Público pode transferir ao privado a obrigação de: • Realizar projeto executivo • obter todos os licenciamentos e alvarás necessários para a execução do projeto • exigir que determinado resultado seja alcançado, sem definir método de execução
  62. 62. Segurança jurídica e previsibilidade... • Programação dos gastos com a prestação do serviço para a população • Aceleração dos investimentos necessários para a prestação do serviço • Repartição de riscos com o parceiro privado
  63. 63. Como fazer: passo a passo para a implantação de PPP...1. Quais os custos com a execução do serviço pelo Poder Público? Não se pode desprezar custos indiretos, p.ex. responsabilizações ambientais em função de serviços mal prestados2. Decisão sobre o objeto da PPP: englobará todas as etapas da prestação do serviço? Decisão deve estar pautada em uma comparação de custos entre a PPP e atuação tradicional
  64. 64. Passo a passo para a implantação de PPP...3. Como financiar? A eventual cobrança de tarifa é suficiente? Parte dos investimentos podem ser custeados pelo Governo Federal ou Estadual? Pode ser conveniente realizar diretamente investimentos financiados com recursos a fundo perdido4. Quais garantias de pagamento serão oferecidas ao parceiros privados? Tipos de garantias:• Vinculação do FPM ou repasses do ICMS (para Municípios)• Fundo Garantidor com ativos líquidos
  65. 65. Passo a passo para a implantação de PPP... 5. Quais os riscos que devo transferir ao parceiro privado? 6. Definir modelo financeiro e preparar adequadamente o edital, se possível em constante consulta com o Tribunal de Contas 7. Dar publicidade à licitação e agir de forma transparente, fornecendo informações a todos os interessados 8. Considerar a possibilidade de obter apoio qualificado na modelagem (p.ex. fundações de ensino)
  66. 66. Sumário1. PPPs em perspectiva histórica2. Modalidades de PPPs3. Por que e como fazer as PPPs
  67. 67. Muito obrigado!Time envolvido na discussão:Gesner Oliveira – gesner@goassociados.com.brPedro Scazufca – pedro@goassociados.com.brFernando Marcato – fernando@goassociados.com.brSuzana Santana – suzana@goassociados.com.brFabiana Bacchi – fabiana@goassociados.com.brSites: www.goassociados.com.br www.gesneroliveira.com.brTwitter: www.twitter.com/gesner_oliveiraFacebook: http://www.facebook.com/?ref=logo#!/goassociados

×