Vaidade... diz o Pregador! Tudo é vaidade...!       Nem tudo é vaidade; vaidade é a existência dessa chapa ORDEM NA ORDEM ...
Tive a acesso a outro e-mail da Ordem na Ordem dizendo que serão diminuídasSecretarias, dando entender que a atual gestão ...
Sou a favor do Ir Mario Sérgio por que ele sabe o que é ser um Venerável de Loja;no Supremo Conselho do Rito Escocês Antig...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vaidades

578 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
578
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vaidades

  1. 1. Vaidade... diz o Pregador! Tudo é vaidade...! Nem tudo é vaidade; vaidade é a existência dessa chapa ORDEM NA ORDEM cujocandidato que a encabeça, colocou a sua candidatura como irreversível, sem nenhumapossibilidade de composição. Por mais que buscaram aqueles que lutam pela unidade doGOSP, o candidato para justificar a sua recusa, viu em si próprio qualidades até mesmomaiores do que o candidato Mário Sérgio (UNIDOS PELO GOSP) chegando ao absurdo depedir a esse que fosse o seu adjunto, fato que felizmente não foi aceito pelo Ir MárioSérgio. Eu me pergunto: que qualidades? É claro que sabemos que ser Mestre Instalado não é um requisito para se inscreverao altíssimo cargo de Grão-Mestre. Mas alguém que não teve a responsabilidade de dirigiros destinos de uma Loja Maçônica e conhecer os meios de desenvolvimentos do trabalho deuma Loja, não pode, de um momento para o outro, sustentar o maior malhete da MaçonariaBrasileira (O GOSP é a maior maçonaria do país) sem o mínimo conhecimento da função deum Venerável Mestre. Como conhecer e solucionar os conflitos de um Venerável Mestrequando se socorre da orientação do Grão Mestre? Quando busca nesse orientação em facedo seu quadro? É certo que o Grão-Mestre é eleito para dirigir a Maçonaria Simbólica. Disto não restaa menor dúvida. Mas como dissociar a Simbólica da Filosófica? Não será o Grão- Mestreque não cursou os graus filosóficos que estará ausente de uma reunião de Altos Corpos,não! Será a representação maçônica do Grande Oriente de São Paulo, muito mais que ohomem que por vontade própria não quis cursar os graus filosóficos; é o Grão-Mestre, afigura máxima da representação da Maçonaria que estará ausente por falta de requisitosválidos para a participação, desenvolvimento e realizações juntos aos Corpos Filosóficos,como conta a nossa história. O candidato da chapa Ordem na Ordem, jamais exerceu um cargo junto ao PoderExecutivo do Grande Oriente de São Paulo. Conhece a máquina à distância sem nunca terexperimentado as diversas ações que giram num Grão-Mestrado da natureza do GrandeOriente de São Paulo. Como é possível intitular uma chapa com o nome ORDEM NA ORDEM? Pelo que sei o Grande Oriente de São Paulo, através de suas Lojas, obviamente, teminiciado, elevado e exaltado milhares e milhares de Irmãos. Milhares são filiados eregularizados em Loja. As prestações de contas do atual Grão-Mestre estão aprovadas. AGrande Secretaria de Finanças faz seu trabalho com eficiência e probidade. A PoderosaAssembléia Estadual Legislativa tem feito uma fiscalização rígida e produtiva. NossosTribunais estão na mais perfeita harmonia e executando seus trabalhos de acordo com aConstituição. Nossos Veneráveis Mestres, Mestres Instalados, Mestres, Companheiros,Aprendizes, estão em perfeita harmonia com o desenvolvimento dos trabalhos e princípiosmaçônicos. Ordem na Ordem? Como é possível sustentar Ordem na Ordem com a representação de uma marretaque como é sabido não é nenhum instrumento simbólico de nossos ritos e simrepresentação da intolerância, da ignorância e por que não dizer da violência. Como é possível sustentar Ordem na Ordem se todas as propostas dessa chapa sãoas mesmas, idênticas aquelas que estão sendo desenvolvidas pela atual gestão e que sãoas mesmas que o Ir. Mário Sérgio está comprometido a dar continuidade? O que há de novo nas propostas da chapa Ordem na Ordem? Nada! Não existem propostas. Existem somente ataques a chapa do Ir Mario Sérgio e aoatual Grão-Mestre. O candidato da chapa Ordem na Ordem não tem discurso. Busca emoção, amor pelaOrdem, como todo nós. Mas e as propostas que caracterizam uma chapa adversária, ondeestão?
  2. 2. Tive a acesso a outro e-mail da Ordem na Ordem dizendo que serão diminuídasSecretarias, dando entender que a atual gestão foi quem as criou. Isto não é verdade. Todossabemos que tínhamos 9 Secretarias e que a PAEL sob a Presidência do candidato,aprovou a nova Constituição do GOSP com 18 Secretarias. Não entendo esse discurso dediminuição de Secretarias, será que foram aprovadas para agora virar plataforma eleitoral?Pode um Grão- Mestre simplesmente reduzir o número de Secretarias ou esta competênciaé da própria PAEL através de emendas à Constituição? Como é triste ler e-mails dizendo que se gasta muito, que o orçamento é inchado etantas outras. Ora, foi a PAEL quem aprovou os orçamentos. Por que esses argumentos nãoforam colocados na hora da votação? É claro, porque não tinham, como não têm, a menorconsistência. Que pena pretender a Ordem na Ordem colocar uma eleição em conflito, PAELe Poder Executivo. Isto é perigoso para o estado de direito maçônico e demonstra odespreparo, não só do candidato mas, também, de seus coordenadores que não pensam naInstituição. Li recentemente um e-mail de um dos coordenadores de campanha, dizendo para quêconstruir uma nova sede. Sem adentrar a essa questão, como pode o referido e-mail pregarcontra o que a própria chapa Ordem na Ordem, que tal qual a outra chapa, fala emconstrução desse novo prédio, que se diga de passagem, essa discussão só existe, por queo atual Grão-Mestre, pelo Programa de Ação Maçônica na Política teve competência parajunto à Prefeitura Paulista de conseguir uma área em comodato, área essa privilegiada, quesó o terreno, na localização privilegiada que se encontra, vale mais de dez milhões de reaisno mercado imobiliário, só o terreno. Não entendo que seja ético a Ordem na Ordem utilizar os mesmos programas daatual gestão e criticar a Ordem com esse slogan, que é agressivo e atinge a todos que deuma forma direta ou indireta, fazem dia a dia, o melhor pelo crescimento e prestigio daMaçonaria, quer em suas Lojas ou até mesmo no Poder Estadual. Pena que o Irmão candidato na chapa Ordem na Ordem não teve a humildadesuficiente para entender que ainda não era o seu momento. Tivesse ele a grandeza deaceitar a condição digna de adjunto que lhe foi oferecida, não estaríamos perdendo tempocom campanhas, e-mails, difamações e outras vaidades. Entendo que nesta eleição não se discute apenas a substituição do atual Grão-Mestre. Ledo engano quem pensa assim. Estamos diante de uma decisão: a continuação doEstado Maçônico que tem sido construído nesses últimos 4 anos e que nunca se viu naMaçonaria, pelo menos eu que estou nela há mais de 12 anos. Não vamos votar no mais bonzinho, humilde, o de melhor oratória. Vamos votar nomais capacitado, competente, alguém que tenha participado da construção desses projetose que esteja apto a dar continuidade a esse progresso da Maçonaria Paulista. Levamos anos a fio esperando que a Maçonaria Paulista tivesse efetivos everdadeiros programas de estado e agora que esses estão prontos, é fácil colá-los em seufolder e dizer que vai ser dada a continuidade, ainda por quem não ajudou a fazê-los como éo caso do candidato da chapa Ordem na Ordem. O povo maçônico é sábio e saberá escolher o melhor para o Grande Oriente de SãoPaulo. Não estou aqui criticando meu Irmão e Amigo pessoal Valdemar. Sei separar o amigoda Instituição e sinto dizer que o mesmo não está preparado para o alto exercício do cargode Grão-Mestre da maior obediência maçônica brasileira. Não exerço nenhum cargo no GOSP, nem no Executivo, Legislativo e tampouco noJudiciário. Sou um Maçom de Loja, busco exercer a minha qualidade maçônica com esmerojunto a minha Loja e em outras que permitem minha humilde colaboração. Sou a favor do Ir Mário Sérgio na representação da chapa Unidos pelo GOSP. Sou afavor por que vi o que esse Irmão realizou na Secretaria de Finanças e o tanto que auxiliounosso atual Grão-Mestre como seu leal companheiro de tantas lutas, projetos e ações.
  3. 3. Sou a favor do Ir Mario Sérgio por que ele sabe o que é ser um Venerável de Loja;no Supremo Conselho do Rito Escocês Antigo e Aceito em São Cristóvão. Rio de Janeiro, oIr Mario Sérgio faz parte do Sacro Colégio e exerce as funções de Secretario Adjunto deRelações Exteriores. Lamento que e-mails como o que li de um Irmão chamado Mohamad venham serdistribuídos a todos os maçons do GOSP por estranha empresa que obteve o nossocadastro e agora, possivelmente, detêm nossos nomes. Isto precisa ser investigado e serealmente a chapa Ordem na Ordem permitiu isto, estamos diante de um crime maçônicosem precedentes. Mas prefiro não acreditar que esses e-mails tenham sido entregues paraa tal empresa por pessoas ligadas à área de Informática do GOSP e que já não atuam nelae que apóiam a Ordem na Ordem. Prefiro não acreditar nisto, mas que o nome da empresaestá no e-mail é um fato e isto poderá, se verdadeiro for, merecer inclusive impugnação dachapa Ordem na Ordem no Tribunal Eleitoral. . Mas acredito, acima de tudo, na consciência dos Irmãos que saberão, em nome denossas tradições, eleger aquele que está mais preparado para o exercício do cargo de Grão-Mestre do GOSP, nosso Ir Mário Sérgio.Meu fraterno abraço Marco Valle M I CIM 205137 ARLS Guaiahó

×