Mecshow 2014 giuliano santos

561 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
561
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mecshow 2014 giuliano santos

  1. 1. Diretoria de Implantação de Projetos Correntes da Logística Giuliano Santos
  2. 2. Missão Transformar recursos naturais em prosperidade e desenvolvimento sustentável. Visão Ser a empresa de recursos naturais global número um em criação de valor de longo prazo, com excelência, paixão pelas pessoas e pelo planeta. Valores A vida em primeiro lugar Valorizar quem faz a nossa empresa Cuidar do nosso planeta Agir de forma correta Crescer e evoluir juntos Fazer acontecer
  3. 3. Organograma Planejamento e Desenvolvimento Fabio Brasileiro Gerência Implantação Porto Norte Erico Caetano Gerência Implantação Portos Sul Robson Carvalho Gerência Implantação Portos Sudeste Hiram Bezerra Gerência Planejamento Norte Luiz Abdenur Gerência Implantação Eletroeletrônica Jairo Botassi Gerência Gestão e Sustentabilidade Francisco Fontes Gerência Implantação EFVM Antonio Cocheto Gerência Implantação EFC André Andrade Gerência Planejamento Sul / Sudeste Wagner Furlan Diretoria Implantação Projetos Correntes Logística Giuliano Santos
  4. 4. Funcionograma Desenvolvimento e Planejamento Implantação Gestão de Projetos Gerência Implantação EFVM Antonio Cocheto Gerência Implantação Porto Norte André Andrade Sul e Sudeste Norte Matricial Gerência Planejamento Sul / Sudeste Wagner Furlam Gerência Implantação Portos Sudeste Hiran Bezerra Gerência Implantação Eletroeletrônica Jairo Botassi Gerência Implantação Portos Sul Robson Carvalho Gerência Planejamento Norte Luiz Abdenur Gerência Implantação Porto Norte Erico Caetano Gerência Implantação Eletroeletrônica Jairo Botassi Gerência Gestão e Sustentabilidade Francisco Fontes
  5. 5. Abrangência Geográfica Sistema Norte Estrada de Ferro Carajás - EFC Terminal Portuário de Ponta da Madeira – TMPM Sistema Sudeste Estrada de Ferro Vitória Minas – EFVM Terminal de Tubarão – TU Carga Geral: –Terminal de Produtos Diversos – TPD –Terminal de Praia Mole – TPM –Terminal de Granéis Líquidos - TGL Sistema Sul Terminal da Ilha Guaíba – TIG Companhia Portuária Baia de Sepetiba - CPBS
  6. 6. Mapa Estratégico
  7. 7. A DILO irá executar importantes projetos voltados para melhoria, integridade e engenharia dos terminais em que atua. Serão mais de R$ 5 bilhões em investimentos nos próximos 4 anos 7 Plano Diretor Investimentos Correntes 2014-2018 Portos Engenharia, fornecimento e montagem de 7 novas recuperadoras e empilhadeiras em Tubarão 74.562 metros de tubulação de redes de incêndio implantados em 4 terminais: Tubarão, Ponta da Madeira, TIG e CPBS Implantação de 2 novos transportadores em Tubarão Engenharia, fornecimento e montagem de 2 novos equipamentos de embarque e descarga Substituição e repotenciamento de 5 viradores de vagões no Terminal Ilha Guaíba, CPBS e Terminal Marítimo Ponta da Madeira Obras Civis: Centro de Monitoramento Climatológico, Centros de Engenharia e Restaurantes Revitalização dos Sistemas Elétricos dos terminais Tubarão e Terminal Marítimo Ponta da Madeira 20 Km de linhas de 230 Kv a serem implantados Implantação de Sistemas de Drenagem dos pátios nos terminais TIG e CPBS Substituição de 10 Km de trilhos, 18mil dormentes e movimentação de 124mil m³ de camada estrutural nas bermas e caminhos de rolamento
  8. 8. A DILO irá executar este importante projeto voltado para modernização no Terminal de Tubarão-ES. Somente neste projeto serão investidos cerca de R$ 1 bilhão nos próximos 4 anos Investimentos Correntes 2014-2018 Projeto Substituição de Equip. de Movimentação e Transportadores Engenharia, fornecimento e montagem de cinco novas recuperadoras e empilhadeiras em Tubarão, além de duas que já se encontram em fase de execução, envolvendo os seguintes quantitativos: • Fornecimento e montagem de 4.000 ton de estrutras metálicas de equipamento. • Fornecimento e montagem de 1.600 ton de transportadores de minério. • Desmontagem de 4.700 ton de estruturas metálicas Fornecimento e execução de 1.500 m3 de concreto estrutural. Lançamento de mais de 180 km de cabos elétricos. Fornecimento e montagem de mais de 12 km de tubulação. Serão utilizados aproximadamente 1.000.000 de HH de montagem e desmontagem eletromecânica e cerca de 300.000 HH de execução de obras civis. Geração aproximada de 450 pessoas no pico das obras.
  9. 9. Serão mais de R$ 950 milhões investidos no Projeto da Revitalização Elétrica do Porto de Tubarão visando garantir a maior segurança pessoal aos trabalhadores e aumento da confiabilidade do sistema elétrico. Somente em 2014 serão executados R$ 123 milhões em obras civis e eletromecânicas. Investimentos Correntes 2014-2018 Revitalização Elétrica Tubarão Aumento da Capacidade Instalada de 40MVA para 50MVA . Construção e reforma civis de 44 Salas Elétricas. Construção de 20 Km de rota de cabos e instalação de 600 Mil metros de cabos. Compra e Instalação de 800 colunas de painéis de media tensão e 1.500 gavetas de painéis de baixa tensão. Modernização e Migração de 13.000 pontos de I/O de Automação. Conclusão em 2014 das obras civis da sala elétrica SDP- 01 e Contratação das obras civis de 2 salas elétricas. e da consolidação dos projetos básicos da Fase 2. Geração de 800 empregos diretos no pico, sendo 500 empregos somente em 2014.
  10. 10. Serão mais de R$ 54 milhões investidos no Projeto do Centro de Engenharia Logística, localizado no Porto de Tubarão com o objetivo de aprimorar a formação prática dos funcionários das áreas de operação e manutenção. Somente em 2014 serão executados R$ 20 milhões em obras civis e montagem eletromecânica. Investimentos Correntes 2014-2016 Centro de Engenharia Logística Em 2014 será construido o Centro de Treinamento de aproximadamente 1.900 m2, nova sala elétrica e terraplenagem da área que compreende todos os ativos do projeto com movimentação de terra de aproximadamente 15.000 m3. . Geração de aproximadamente 200 empregos diretos no pico da obra em 2014 . Conclusão das obras do Centro de Treinamento, nova sala elétrica e terraplenagem da área que abrange todo o projeto. Conclusão do projeto detalhado do Pátio Escola. Em 2015 estão previstas as obras do Pátio Escola e da Oficina Escola com término previsto para início de 2016.
  11. 11. A DILO irá executar importantes projetos voltados para melhoria, integridade e engenharia dos terminais em que atua. Serão mais de R$ 5 bilhões em investimentos nos próximos 4 anos 11 Plano Diretor Investimentos Correntes 2014-2018 Ferrovias Construção e revitalização de 150 obras de infraestrutura ferroviária (drenagens e estabilização de taludes) Substituição de 5 Pontes metálicas e execução de 23 obras de recuperação de pontes nas ferrovias Vitória – Minas e Carajás Execução de 10 obras de recuperação e reforço em túneis Construção de 5 viadutos rodoviários de grande porte Construção de 40 Km de vedação da faixa de domínio Integridade Estrutura de 35 km de linha férrea com 1.500.000 m³ de movimentação de terra Montagem e desmontagem de 732.025 kg de aço em oficinas, galpões e estruturas da ferrovia Previsão de construção de 11,1 km do Muro Perimetral em Ponta da Madeira
  12. 12. 12 Projetos Entregues  Ponte Rio Corrente - EFVM  Substituição dos DN´s (0 e 2)  Empilhadeira – TU
  13. 13. Aumento de Carga Por Eixo Ferrovia Aumento de Carga Por Eixo Porto Troca do TR1503 do P1 Projeto Conceição Itabiritos Logística Máquinas de Pátio Tubarão Transportadores Tubarão Aumento de Carga Por Eixo MRS Segundo as premissas de curvas de produção podemos destacar os principais projetos e obras para suportar o Plano de Capacidade Logística, a seguir apresentados, os quais serviram para direcionamento do PDIC. Plano Diretor Investimento Corrente
  14. 14. R$ 115 MM 2014 DIPS Principais Projetos Status 2014 2015 2016 2017 2018 Repotenciamento VV's 01 e 02 - TIG Implantação 50 0 0 0 0 Sist. de Combate à Incêndio TIG/CPBS Implantação 17 0 0 0 0 Repotenc. VV's - CPBS A contratar 10 43 33 0 0 Novo CN-01 - TIG A contratar 0 23 23 26 60 Drenagem do Pátio - TIG A contratar 0 12 12 12 12 Total 77 78 68 38 72 PDIC – Portos Sul – Investimentos
  15. 15. R$ 104 MM 2014 DIPN Principais Projetos Status 2014 2015 2016 2017 2018 Subst. dos VV's 01, 02 e 03 Implantação 33 264 14 0 0 Revitalização Elétrica e Automação A contratar 7 12 122 252 259 Subst. do VV 04 A contratar 0 82 12 5 0 Revitalização do TR-315K-0 A contratar 53 38 36 0 0 Total 93 397 184 256 259 PDIC – Portos Norte – Investimentos
  16. 16. R$ 203 MM 2014 DILN Principais Projetos Status 2014 2015 2016 2017 2018 Integridade Estrutural EFC-VP Implantação 80 38 0 0 0 Obras Artes Especiais Implantação 42 4 0 0 0 Ponte sobre o Rio Tocantins A contratar 4 116 111 7 0 Centro de Excelência em Logística A contratar 11 23 21 0 0 Total 137 182 132 7 0 PDIC – Ferrovia Logística Norte – Investimentos
  17. 17. R$ 107 MM 2014 DIVM Principais Projetos Status 2014 2015 2016 2017 2018 Obras de Infraestrutura Implantação / parte a contratar 35 36 33 36 35 Projeto OAEs EFVM Implantação / parte a contratar 36 49 50 57 48 Vedações e Passarelas Implantação / parte a contratar 8 20 19 18 20 Sinalização EFVM - BH ao Pátio 5 A contratar 12 67 22 11 0 Total 91 171 123 133 103 PDIC – Ferrovia Vitória Minas – Investimentos
  18. 18. Principais Projetos Status 2014 2015 2016 2017 2018 Sinalização do Pátio Laboreau A Contratar 10 18 0 0 0 R$ 37 MM 2014 DIIL R$ 15 MM 2014 Capital PDIC – Gestão Integrada e Capital – Investimentos
  19. 19. Demanda de orçamento de projetos por ano (R$ milhões) Projetos em Implantação e Mão de Obra Contratada (R$ milhões e MOD/MOI (PICO) Mão de Obra Contratada Número de Projetos em Implantação Nota : Os números refletem a visão atual da carteira de projetos, a qual deverá ser priorizada conforme estratégia e disponibilidade orçamentária para os próximos ciclos. PDIC – Projetos em Implantação
  20. 20. Previsão de contratação de projetos – R$ MM Quantidade de projetos A contratar Nota 1: Ao iniciar o processo de suprimentos considera-se que todo o projeto passa a ser empenhado; Nota 2: Os projetos que já se encontram em fase de implantação não estão sendo considerados Previsão de contratação de projetos em 2014 por área cliente (R$ milhões) Previsão de contratação de projetos PDIC – Projetos a Contratar
  21. 21. Plano de Aquisições 2014 a 2018 - Oportunidades Montagem Eletromecanica Equipamentos Obras e Serviços Estrutura Metálica Engenharia/Gerenciamento Do total de compras de R$ 2,47 Bi, 64% das compras da Diretoria de Projetos Correntes pertencem ao setor de Prestação de Serviços. Em 2014 serão adquiridos R$ 1,43 Bi. Obras nos Sites do ES/RJ/MG
  22. 22. Planejamento Demanda – Projetos Correntes 2014 - 2017 - DILO
  23. 23. 1) Acesse o site da Vale: www.vale.com; 2) Clique no ícone Brasil. 2 1 Como se candidatar às oportunidades Vale
  24. 24. 3) No topo da tela, clique em Pessoas; 4) Em seguida, clique em Oportunidades no Brasil. 3 4 Como se candidatar às oportunidades Vale
  25. 25. 5) No lado esquerdo da tela, clique em Empregos. 5 Como se candidatar às oportunidades Vale
  26. 26. 6) Será aberta uma tela para o preenchimento do Currículo. Somente após preenchimento completo do Currículo, é que então será possível visualizar ás vagas e se inscrever em uma delas. 6 Como se candidatar às oportunidades Vale
  27. 27. Muito obrigado! Giuliano Santos Departamento de Implantação de Projetos Correntes da Logística Muito obrigado! Giuliano Santos Departamento de Implantação de Projetos Correntes da Logística

×