SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
Ministério da Educação
Universidade Federal do Pampa/Campus de Jaguarão
Programa de Pós-Graduação em Educação
Curso de Mestrado Profissional
Ministério da Educação
Mestranda: Gisiane Vieira Añaña
Orientadora: Profª Dra. Jane Schumacher
IV Encontro
Dia 30/9/2013
Lembrar...
DIREITO
Consolida a autonomia da escola e os seus
vários atores podem pensar , executar e
avaliar seu próprio trabalho.
DEVER
Trata-se do elemento responsável pela vida
da escola em seu tempo institucional.
DIMENSÕES
PEDAGÓGICA
POLÍTICA
ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA
JURÍDICA
PEDAGÓGICA
Definir as ações educativas da escola, visando a efetivação de
seus propósitos e sua intencionalidade
* Gestão do currículo
* Tempo pedagógico
* Equipes docentes
* Formação continuada
* Recursos didáticos
* Desenvolvimento de projetos educativos
POLÍTICA
Compromisso com a formação do cidadão para um tipo de
sociedade
* Formulação de mecanismos de participação da comunidade local e
escolar na construção e consolidação de um projeto político
pedagógico;
* Implementação das relações da escola com o sistema de ensino e
com a sociedade.
ADMINISTRATIVO – FINANCEIRA
Desenvolvimento das condições para a concretização da proposta
educativa da escola
* Gestão financeira e do patrimônio da escola;
* Manutenção e conservação do espaço físico;
* Administração de pessoal (docentes e funcionários) da escola.
JURÍDICA
Relação da escola com outras instâncias do sistema de ensino
* Municipal
* Estadual
* Federal
* Com outras instituições
COMO FAZER O PPP?
O projeto político-pedagógico é entendido, como a própria
organização do trabalho pedagógico da escola. A
construção do projeto político pedagógico parte dos
princípios de igualdade, qualidade, liberdade, gestão
democrática e valorização do magistério. A escola é
concebida como espaço social marcado pela manifestação
de práticas contraditórias, que apontam para a luta e/ou
acomodação de todos os envolvidos na organização do
trabalho pedagógico.
DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO E PERMANÊNCIA
DO ESTUDANTE NA ESCOLA COM SUCESSO
VALORIZAÇÃO DOS
PROFISSIONAIS DA
EDUCAÇÃO
AU
T
O
N
O
M
IA
GESTÃOESCOLAR
RELAÇÃO
ESCOLA-COMUNIDADE
ORGANIZAÇÃO
CURRICULAR
QUALIDADE
DE
ENSINO
PARA
TODAS AS
ESCOLAS
IMPORTANTE LEMBRAR...
Que devemos analisar e compreender a organização do
trabalho pedagógico no sentido de se gestar uma nova
organização que reduza os efeitos de sua divisão do
trabalho, de sua fragmentação e do controle hierárquico.
Nessa perspectiva, a construção do projeto político-
pedagógico é um instrumento de luta, é uma forma de
contrapor-se à fragmentação do trabalho pedagógico e sua
rotinização à dependência e aos efeitos negativos do poder
autoritário e centralizador dos órgãos da administração
central.
A construção do projeto político-pedagógico, para
gestar uma nova organização do trabalho
pedagógico, passa pela reflexão anteriormente
feita sobre os princípios.
Acreditamos que a análise dos elementos
constitutivos da organização trará contribuições
relevantes para a construção do projeto político
pedagógico.
Pelo menos sete elementos básicos podem ser
apontados:
1) as finalidades da escola;
2) a estrutura organizacional;
3) o currículo;
4) o tempo escolar;
5) o processo de decisão;
6) as relações de trabalho;
7) a avaliação.
PARTES SIGNIFICADO FUNÇÃO
I – Marco Referencial
1 - Marco Situacional
•Financeiro/Administrativo
•Pedagógico
•Sócio-cultural
2 - Marco conceitual
•Perfil/Finalidade da educação
3 - Marco Operacional
•Como/Quem/Com quem/Quando
Ideal
•O que desejamos
Tomada de posição:
Explicitação das opções e
valores assumidos
Posicionamento:
Político
Pedagógico
Tensionar a realidade no
sentido da sua
superação/transformação
Fornecer parâmetros,
critérios para o Diagnóstico
II – Diagnóstico
Pesquisa + Análise
↓
Necessidades
Busca das necessidades
•A partir da análise da
realidade e/ou da
comparação com o ideal
saber a que distância
estamos do desejado
Conhecer a realidade
Julgar a realidade
Chegar às necessidades
III – Programação
•Ação concreta
•Linha de ação
•Atividade permanente
Proposta de ação
•O que é necessário e
possível para diminuir a
distância em relação ao
Decidir a ação para
diminuir a distância em
relação ao ideal desejado
INTRODUÇÃO
DIAGNÓSTICO
•Contexto da escola; Caracterização da escola (identidade);
Resultados educacionais; Convivência na escola.
DEFINIÇÃO DAS BASES DO PPP
•Diretrizes; Fundamentos; Dispositivos legais; Currículo.
PLANO DE ATIVIDADES
•Prioridades; Objetivos; Metas; Previsão e provisão de
recursos.
IMPLEMENTAÇÃOIMPLEMENTAÇÃO
•Acompanhamento e assistência à execução; Avaliação.
Referências:
VEIGA, Ilma Passos Alencastro. (org) Projeto político pedagógico da
escola: uma construção possível. 14a edição Papirus, 2002.
Ivonete Sacramento
net.escola@hotmail.com
ROTEIRO PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO
INTRODUÇÃO
• Apresentação do Projeto. Comentários sucintos sobre os objetivos de
sua elaboração, circunstâncias em que foi elaborado, idéias centrais,
relevância etc.
DIAGNÓSTICO
Contexto da escola
• Ambiente social, cultural e físico: a comunidade em que a escola está inserida -
características da população, costumes, lazer, grupos comunitários, lideranças
comunitárias, associações, clubes, igrejas, acesso a meios de comunicação etc;
localização física da escola – características do bairro, ruas, praças, espaços de
lazer, equipamentos comunitários, instituições educativas, meios de acesso,
sistema de transporte, situação das residências, saneamento, serviços de saúde,
comércio.
• Situação socioeconômica e educacional da comunidade: ocupações principais,
níveis de renda, condições de trabalho, acesso a bens de consumo, níveis de
escolaridade da população, crianças fora da escola, principais setores de atividade
econômica, perfil profissional dos pais, acesso aos serviços de saúde e de
assistência social, condições de habitação etc. População atendida pela escola:
nível de instrução dos pais e irmãos, qualificação profissional, hábitos alimentares
e de higiene, lazer etc.
Caracterização da escola (identidade)
• Histórico da escola: fundação, denominação, lideranças históricas, vínculos
com egressos, participação na comunidade.
• Situação física da escola: condições da edificação, dimensões,
dependências, espaços para atividades pedagógicas e de lazer, biblioteca,
estado de conservação, instalações hidráulicas e sanitárias, paisagismo,
conforto ambiental (iluminação, ventilação, etc); adequação de salas de
aula.
• Recursos humanos e materiais: quantitativos do corpo docente, discente,
administrativo e de apoio; vínculos funcionais; distribuição de funções e
tarefas; nível de formação inicial e acesso à formação continuada
(qualificação). Características dos alunos. Condições de trabalho e estudo
de professores na escola. Condições de trabalho dos servidores da escola.
Direitos e deveres. Recursos materiais disponíveis e sua adequação:
móveis, equipamentos, material didático.
• Gestão da escola: forma de provimento da direção; estilo de gestão;
conselho escolar; associação de pais e mestres; grêmio escolar;
gerenciamento de recursos materiais e financeiros: política adotada para o
atendimento da demanda (oferta de vagas); funcionamento de biblioteca;
funcionamento da secretaria; sistema de coleta e registro de dados.
• Organização da escola e do ensino: estatuto, regimento, planos e projetos
existentes; distribuição e ocupação do tempo e dos espaços pedagógicos;
constituição de turmas; número de turmas; períodos ou turnos de
funcionamento; organização em séries ou ciclos; existência de classes de
aceleração; sistema de recuperação; distribuição do tempo escolar;
condições de atendimento a portadores de necessidades especiais;
condições de atendimento a jovens e adultos.
• Relações entre a escola e a comunidade: formas de participação da
comunidade educativa (pais, autoridades locais, associações de moradores,
clubes de mães); parcerias com entidades, órgãos públicos e empresas;
parcerias com organizações da sociedade civil; relacionamento com outras
escolas; utilização dos espaços da escola pela comunidade; trabalho
voluntário; relacionamento escola-família (APM); participação dos alunos
(Grêmio); relações da escola com o órgão gestor da educação (Secretaria
Municipal de Educação).
• Currículo: Verificar como a escola vem trabalhando: o atendimento à base
nacional comum; como está posta a parte diversificada; forma de
composição curricular; definição de conteúdos curriculares;
interdisciplinaridade (integração de disciplinas) e transversalidade
(definição de temas transversais); distribuição do tempo pelos
componentes curriculares; orientação didática adotada; atividades
didáticas integradas; adequação dos materiais da biblioteca ao currículo;
materiais didáticos adotados: escolha e adequação; parâmetros de
avaliação adotados; instrumentos de avaliação.
Resultados educacionais
• Desempenho escolar dos alunos: aprovação, reprovação e evasão.
Relação entre idade e série. Medidas que estão sendo tomadas
para a melhoria do desempenho dos alunos.
• Desempenho global da escola: avaliação do desempenho global da
escola: índices alcançados em relação a outras escolas do município
e do estado. Dados do censo escolar. Medidas que estão sendo
tomadas em relação a problemas. Relações institucionais e com a
comunidade atendida.
Convivência na escola
• Relações interpessoais na escola. Formas de tratamento de
questões de violência externa, interna; indisciplina.
DEFINIÇÃO DAS BASES DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO OU
PROPOSTA PEDAGÓGICA
Diretrizes
Tendo em vista os resultados do diagnóstico, definição dos compromissos
gerais a serem assumidos pelo coletivo da escola. Concretização da Política
Educacional do Sistema no âmbito da unidade escolar, tendo em vista o
atendimento de suas características particulares, quanto a gestão (aspectos
administrativos, financeiros e pedagógicos) e ação docente e atividades de
apoio.
Fundamentos
Concepções, conceitos e princípios que fundamentarão o trabalho da escola:
conceito de educação, papel da educação, papel da escola pública, concepção
de aprendizagem, concepção de avaliação, perfil do cidadão a ser formado etc.
Dispositivos legais
Dispositivos legais e normativos a serem considerados e o que
eles determinam em relação à educação escolar.
Ver: Constituição federal de 1988, Lei de Diretrizes e Bases da
Educação Nacional (Lei 9934/96), Plano Nacional de
Educação, Plano estadual de Educação, Plano Municipal de
educação, Parâmetros Curriculares Nacionais, disposições do
CNE, e do CEE e do CME, regimento da escola.
Currículo
Concepção de currículo a ser trabalhada. Objetivos gerais e
específicos a atingir Base comum. Definição da parte
diversificada. Definição da forma de composição curricular.
definição de conteúdos curriculares e sua distribuição no
tempo. Definição da orientação pedagógica a ser adotada.
Definição de parâmetros, critérios e formas de avaliação da
aprendizagem. Definição de critérios para elaboração, escolha
e uso de material didático. Definição de espaços pedagógicos
interdisciplinares e temas transversais. Aspectos ou áreas
prioritárias no que diz respeito à aprendizagem.
PLANO DE ATIVIDADES
Prioridades
Considerar os problemas mais urgentes ou mais graves detectados no
diagnóstico, em relação a: contexto da escola, características da escola,
resultados educacionais e convivência na escola.
Objetivos
Definir objetivos gerais e específicos em relação aos problemas definidos,
quanto a: contexto da escola, características da escola, resultados
educacionais e convivência na escola.
Metas
Para cada objetivo específico, definir metas. Metas são desdobramentos dos
objetivos que indicam os resultados esperados em termos quantitativos e
em determinados prazos.
Previsão e provisão de recursos
Definir a necessidade de recursos para o alcance de objetivos ou metas.
IMPLEMENTAÇÃO
Acompanhamento e assistência à execução
Prever o modo pelo qual a equipe de direção da escola
deverá acompanhar a execução do Plano, bem como o
trabalho dos professores, apoiando-os nas dificuldades
que surgirem, provendo os recursos necessários, etc.
Poderão ser previstas reuniões periódicas para discussão
do andamento do projeto.
Avaliação
O projeto deve ser objeto de avaliação contínua para
permitir o atendimento de situações imprevistas,
correção de desvios e ajustes das atividades propostas.
Podem ser previstos momentos de avaliação (semestral,
anual, bianual), com participação de toda a comunidade
escolar.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolar
Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolarSupervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolar
Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolarfrancinethmedeiros
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolarAnanda Lima
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
ApresentaçãoCenpec
 
Formação continuada de professores em exercício
Formação continuada de professores em exercícioFormação continuada de professores em exercício
Formação continuada de professores em exercícioShirley Lauria
 
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADEPPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADEQUEDMA SILVA
 
Síntese e Estrutura de um ppp
Síntese  e  Estrutura de um pppSíntese  e  Estrutura de um ppp
Síntese e Estrutura de um pppEmilly Martins
 
03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolarJoao Balbi
 
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISJose Wilson Melo
 
Formação sobre o papel do supervisor escolar
Formação sobre o papel do supervisor escolarFormação sobre o papel do supervisor escolar
Formação sobre o papel do supervisor escolarMaria Cecilia Silva
 
Planejamento de Ensino
Planejamento de EnsinoPlanejamento de Ensino
Planejamento de EnsinoLene Reis
 
Práticas em Supervisão Escolar
Práticas em Supervisão EscolarPráticas em Supervisão Escolar
Práticas em Supervisão Escolardelicia2
 
APRESENTAÇÃO DO PPP ESCOLA MUN. PROF. LUIZ MARANHÃO FILHO PARTE I - ESCOLA
APRESENTAÇÃO DO PPP ESCOLA MUN. PROF. LUIZ MARANHÃO FILHO PARTE I - ESCOLAAPRESENTAÇÃO DO PPP ESCOLA MUN. PROF. LUIZ MARANHÃO FILHO PARTE I - ESCOLA
APRESENTAÇÃO DO PPP ESCOLA MUN. PROF. LUIZ MARANHÃO FILHO PARTE I - ESCOLAEder Nogueira
 
Slides sobre planejamento
Slides sobre planejamentoSlides sobre planejamento
Slides sobre planejamentofamiliaestagio
 
Projeto político pedagógico ppp
Projeto político pedagógico pppProjeto político pedagógico ppp
Projeto político pedagógico pppgisianevieiraanana
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Joao Balbi
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavaresCÉSAR TAVARES
 

Mais procurados (20)

Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolar
Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolarSupervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolar
Supervisao escolar-o-papel-do-supervisor-escolar
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Formação continuada de professores em exercício
Formação continuada de professores em exercícioFormação continuada de professores em exercício
Formação continuada de professores em exercício
 
REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16
REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16
REELABORAÇÃO DO PPP - REUNIÃO 29.04.16
 
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADEPPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
 
Síntese e Estrutura de um ppp
Síntese  e  Estrutura de um pppSíntese  e  Estrutura de um ppp
Síntese e Estrutura de um ppp
 
03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar
 
Pde
PdePde
Pde
 
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
 
Formação sobre o papel do supervisor escolar
Formação sobre o papel do supervisor escolarFormação sobre o papel do supervisor escolar
Formação sobre o papel do supervisor escolar
 
Planejamento de Ensino
Planejamento de EnsinoPlanejamento de Ensino
Planejamento de Ensino
 
Práticas em Supervisão Escolar
Práticas em Supervisão EscolarPráticas em Supervisão Escolar
Práticas em Supervisão Escolar
 
APRESENTAÇÃO DO PPP ESCOLA MUN. PROF. LUIZ MARANHÃO FILHO PARTE I - ESCOLA
APRESENTAÇÃO DO PPP ESCOLA MUN. PROF. LUIZ MARANHÃO FILHO PARTE I - ESCOLAAPRESENTAÇÃO DO PPP ESCOLA MUN. PROF. LUIZ MARANHÃO FILHO PARTE I - ESCOLA
APRESENTAÇÃO DO PPP ESCOLA MUN. PROF. LUIZ MARANHÃO FILHO PARTE I - ESCOLA
 
Slides sobre planejamento
Slides sobre planejamentoSlides sobre planejamento
Slides sobre planejamento
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Gestão escolar
 
Projeto político pedagógico ppp
Projeto político pedagógico pppProjeto político pedagógico ppp
Projeto político pedagógico ppp
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavares
 

Destaque

Arte e inovacao_forgrad_2013_solange_medina_ketzer_pucrs
Arte e inovacao_forgrad_2013_solange_medina_ketzer_pucrsArte e inovacao_forgrad_2013_solange_medina_ketzer_pucrs
Arte e inovacao_forgrad_2013_solange_medina_ketzer_pucrsgisianevieiraanana
 
Ssmag plano de carreira do magistério
Ssmag  plano de carreira do magistérioSsmag  plano de carreira do magistério
Ssmag plano de carreira do magistériogisianevieiraanana
 
Ppp incluir no meu projeto de intervenção
Ppp incluir no meu projeto de intervençãoPpp incluir no meu projeto de intervenção
Ppp incluir no meu projeto de intervençãogisianevieiraanana
 
MATERIAL ORGANIZADO PELA PROFESSORA ELENA BILLIG MELLO
MATERIAL ORGANIZADO PELA PROFESSORA ELENA BILLIG MELLOMATERIAL ORGANIZADO PELA PROFESSORA ELENA BILLIG MELLO
MATERIAL ORGANIZADO PELA PROFESSORA ELENA BILLIG MELLOgisianevieiraanana
 
Pedagogia da alternância
Pedagogia da alternânciaPedagogia da alternância
Pedagogia da alternânciaarlete buchardt
 

Destaque (7)

Arte e inovacao_forgrad_2013_solange_medina_ketzer_pucrs
Arte e inovacao_forgrad_2013_solange_medina_ketzer_pucrsArte e inovacao_forgrad_2013_solange_medina_ketzer_pucrs
Arte e inovacao_forgrad_2013_solange_medina_ketzer_pucrs
 
Diretrizes operacionais
Diretrizes operacionaisDiretrizes operacionais
Diretrizes operacionais
 
Ssmag plano de carreira do magistério
Ssmag  plano de carreira do magistérioSsmag  plano de carreira do magistério
Ssmag plano de carreira do magistério
 
Ppp incluir no meu projeto de intervenção
Ppp incluir no meu projeto de intervençãoPpp incluir no meu projeto de intervenção
Ppp incluir no meu projeto de intervenção
 
MATERIAL ORGANIZADO PELA PROFESSORA ELENA BILLIG MELLO
MATERIAL ORGANIZADO PELA PROFESSORA ELENA BILLIG MELLOMATERIAL ORGANIZADO PELA PROFESSORA ELENA BILLIG MELLO
MATERIAL ORGANIZADO PELA PROFESSORA ELENA BILLIG MELLO
 
Pedagogia da alternância
Pedagogia da alternânciaPedagogia da alternância
Pedagogia da alternância
 
Ppp reflexoes
Ppp reflexoesPpp reflexoes
Ppp reflexoes
 

Semelhante a Autonomia escolar e gestão democrática

A construção do projeto poltico pedagogico
A construção do projeto poltico  pedagogico A construção do projeto poltico  pedagogico
A construção do projeto poltico pedagogico Elena Zarate
 
Ppp incluir no meu projeto de intervenção
Ppp incluir no meu projeto de intervençãoPpp incluir no meu projeto de intervenção
Ppp incluir no meu projeto de intervençãogisianevieiraanana
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoElicio Lima
 
Projeto politico pedagogico
Projeto politico pedagogicoProjeto politico pedagogico
Projeto politico pedagogicolabteotonio
 
Projeto Político Pedagógico www.professorpalmito.com.br
Projeto Político Pedagógico www.professorpalmito.com.brProjeto Político Pedagógico www.professorpalmito.com.br
Projeto Político Pedagógico www.professorpalmito.com.brProf Palmito Rocha
 
9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...
9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...
9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...Paulo Lima
 
Gestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública municípioGestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública municípionilvacirilo
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar LOCIMAR MASSALAI
 
Conselho Escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagógico
Conselho Escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagógicoConselho Escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagógico
Conselho Escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagógicoUBIRAJARA COUTO LIMA
 
Projeto pol+¡tico pedag+¦gico texto word 2003
Projeto pol+¡tico pedag+¦gico texto word 2003Projeto pol+¡tico pedag+¦gico texto word 2003
Projeto pol+¡tico pedag+¦gico texto word 2003familiaestagio
 
Texto projeto pol+¡tico pedag+¦gico
Texto projeto pol+¡tico pedag+¦gicoTexto projeto pol+¡tico pedag+¦gico
Texto projeto pol+¡tico pedag+¦gicofamiliaestagio
 
Planejamentoescolar
PlanejamentoescolarPlanejamentoescolar
PlanejamentoescolarLu Nery
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICAPROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICALidia Carvalho
 
5a Jornada Plano De Acao
5a Jornada Plano De Acao5a Jornada Plano De Acao
5a Jornada Plano De AcaoSolange Duarte
 

Semelhante a Autonomia escolar e gestão democrática (20)

A construção do projeto poltico pedagogico
A construção do projeto poltico  pedagogico A construção do projeto poltico  pedagogico
A construção do projeto poltico pedagogico
 
Ppp incluir no meu projeto de intervenção
Ppp incluir no meu projeto de intervençãoPpp incluir no meu projeto de intervenção
Ppp incluir no meu projeto de intervenção
 
Plano de gestão CHAPA 1
Plano de gestão CHAPA 1Plano de gestão CHAPA 1
Plano de gestão CHAPA 1
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
 
Projeto politico pedagogico
Projeto politico pedagogicoProjeto politico pedagogico
Projeto politico pedagogico
 
Projeto Político Pedagógico www.professorpalmito.com.br
Projeto Político Pedagógico www.professorpalmito.com.brProjeto Político Pedagógico www.professorpalmito.com.br
Projeto Político Pedagógico www.professorpalmito.com.br
 
PPP - e.e. Adolfo
PPP - e.e. AdolfoPPP - e.e. Adolfo
PPP - e.e. Adolfo
 
9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...
9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...
9.A construção do projeto político pedagógico da escola como prática de gestã...
 
Gestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública municípioGestão democrática da escola pública município
Gestão democrática da escola pública município
 
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar Plano Anual de Ação da Direção Escolar
Plano Anual de Ação da Direção Escolar
 
Plano de gestão escolar 2016
Plano de gestão escolar 2016Plano de gestão escolar 2016
Plano de gestão escolar 2016
 
Conselho Escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagógico
Conselho Escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagógicoConselho Escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagógico
Conselho Escolar e o aproveitamento significativo do tempo pedagógico
 
Projeto pol+¡tico pedag+¦gico texto word 2003
Projeto pol+¡tico pedag+¦gico texto word 2003Projeto pol+¡tico pedag+¦gico texto word 2003
Projeto pol+¡tico pedag+¦gico texto word 2003
 
Texto projeto pol+¡tico pedag+¦gico
Texto projeto pol+¡tico pedag+¦gicoTexto projeto pol+¡tico pedag+¦gico
Texto projeto pol+¡tico pedag+¦gico
 
Politico
PoliticoPolitico
Politico
 
Planejamentoescolar
PlanejamentoescolarPlanejamentoescolar
Planejamentoescolar
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICAPROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
PROJETO INTERDISCIPLINAR SOBRE GESTÃO DEMOCRÁTICA
 
A escola
A escolaA escola
A escola
 
5a Jornada Plano De Acao
5a Jornada Plano De Acao5a Jornada Plano De Acao
5a Jornada Plano De Acao
 
Ppp 1
Ppp 1Ppp 1
Ppp 1
 

Mais de gisianevieiraanana (20)

Apresentação ppp dez 2013
Apresentação ppp dez 2013Apresentação ppp dez 2013
Apresentação ppp dez 2013
 
Apresentação dia 3 blog
Apresentação dia 3  blogApresentação dia 3  blog
Apresentação dia 3 blog
 
Convite dia 3 de nov
Convite dia 3 de novConvite dia 3 de nov
Convite dia 3 de nov
 
Resumo ii sifedoc
Resumo ii sifedocResumo ii sifedoc
Resumo ii sifedoc
 
Apresentação gisiane unipampa
Apresentação gisiane unipampaApresentação gisiane unipampa
Apresentação gisiane unipampa
 
Apresentação gisiane unipampa
Apresentação gisiane unipampaApresentação gisiane unipampa
Apresentação gisiane unipampa
 
2º slide montevideu
2º slide montevideu2º slide montevideu
2º slide montevideu
 
2º slide montevideu
2º slide montevideu2º slide montevideu
2º slide montevideu
 
Avaliação do v encontro
Avaliação do v encontroAvaliação do v encontro
Avaliação do v encontro
 
Manual de operacoes_do_pronera_2012
Manual de operacoes_do_pronera_2012Manual de operacoes_do_pronera_2012
Manual de operacoes_do_pronera_2012
 
Pronera
ProneraPronera
Pronera
 
Modelo de ppp
Modelo de pppModelo de ppp
Modelo de ppp
 
Vii seminário nacional diálogos com paulo freire programação
Vii seminário nacional diálogos com paulo freire  programaçãoVii seminário nacional diálogos com paulo freire  programação
Vii seminário nacional diálogos com paulo freire programação
 
Agenda del cuarto seminario
Agenda del cuarto seminarioAgenda del cuarto seminario
Agenda del cuarto seminario
 
Roteiro do v encontro
Roteiro do v encontroRoteiro do v encontro
Roteiro do v encontro
 
Mais educação
Mais educaçãoMais educação
Mais educação
 
Importante ppp do campo
Importante   ppp do campoImportante   ppp do campo
Importante ppp do campo
 
Evento no uruguay
Evento no uruguayEvento no uruguay
Evento no uruguay
 
Projeto+smed+2013
Projeto+smed+2013Projeto+smed+2013
Projeto+smed+2013
 
Apresentacao jagaurao outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao outubro de 2013
 

Autonomia escolar e gestão democrática

  • 1. Ministério da Educação Universidade Federal do Pampa/Campus de Jaguarão Programa de Pós-Graduação em Educação Curso de Mestrado Profissional Ministério da Educação Mestranda: Gisiane Vieira Añaña Orientadora: Profª Dra. Jane Schumacher
  • 4. DIREITO Consolida a autonomia da escola e os seus vários atores podem pensar , executar e avaliar seu próprio trabalho.
  • 5. DEVER Trata-se do elemento responsável pela vida da escola em seu tempo institucional.
  • 6.
  • 8. PEDAGÓGICA Definir as ações educativas da escola, visando a efetivação de seus propósitos e sua intencionalidade * Gestão do currículo * Tempo pedagógico * Equipes docentes * Formação continuada * Recursos didáticos * Desenvolvimento de projetos educativos
  • 9. POLÍTICA Compromisso com a formação do cidadão para um tipo de sociedade * Formulação de mecanismos de participação da comunidade local e escolar na construção e consolidação de um projeto político pedagógico; * Implementação das relações da escola com o sistema de ensino e com a sociedade.
  • 10. ADMINISTRATIVO – FINANCEIRA Desenvolvimento das condições para a concretização da proposta educativa da escola * Gestão financeira e do patrimônio da escola; * Manutenção e conservação do espaço físico; * Administração de pessoal (docentes e funcionários) da escola.
  • 11. JURÍDICA Relação da escola com outras instâncias do sistema de ensino * Municipal * Estadual * Federal * Com outras instituições
  • 12.
  • 13. COMO FAZER O PPP? O projeto político-pedagógico é entendido, como a própria organização do trabalho pedagógico da escola. A construção do projeto político pedagógico parte dos princípios de igualdade, qualidade, liberdade, gestão democrática e valorização do magistério. A escola é concebida como espaço social marcado pela manifestação de práticas contraditórias, que apontam para a luta e/ou acomodação de todos os envolvidos na organização do trabalho pedagógico.
  • 14. DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO E PERMANÊNCIA DO ESTUDANTE NA ESCOLA COM SUCESSO VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO AU T O N O M IA GESTÃOESCOLAR RELAÇÃO ESCOLA-COMUNIDADE ORGANIZAÇÃO CURRICULAR QUALIDADE DE ENSINO PARA TODAS AS ESCOLAS
  • 15. IMPORTANTE LEMBRAR... Que devemos analisar e compreender a organização do trabalho pedagógico no sentido de se gestar uma nova organização que reduza os efeitos de sua divisão do trabalho, de sua fragmentação e do controle hierárquico. Nessa perspectiva, a construção do projeto político- pedagógico é um instrumento de luta, é uma forma de contrapor-se à fragmentação do trabalho pedagógico e sua rotinização à dependência e aos efeitos negativos do poder autoritário e centralizador dos órgãos da administração central.
  • 16. A construção do projeto político-pedagógico, para gestar uma nova organização do trabalho pedagógico, passa pela reflexão anteriormente feita sobre os princípios. Acreditamos que a análise dos elementos constitutivos da organização trará contribuições relevantes para a construção do projeto político pedagógico.
  • 17. Pelo menos sete elementos básicos podem ser apontados: 1) as finalidades da escola; 2) a estrutura organizacional; 3) o currículo; 4) o tempo escolar; 5) o processo de decisão; 6) as relações de trabalho; 7) a avaliação.
  • 18. PARTES SIGNIFICADO FUNÇÃO I – Marco Referencial 1 - Marco Situacional •Financeiro/Administrativo •Pedagógico •Sócio-cultural 2 - Marco conceitual •Perfil/Finalidade da educação 3 - Marco Operacional •Como/Quem/Com quem/Quando Ideal •O que desejamos Tomada de posição: Explicitação das opções e valores assumidos Posicionamento: Político Pedagógico Tensionar a realidade no sentido da sua superação/transformação Fornecer parâmetros, critérios para o Diagnóstico II – Diagnóstico Pesquisa + Análise ↓ Necessidades Busca das necessidades •A partir da análise da realidade e/ou da comparação com o ideal saber a que distância estamos do desejado Conhecer a realidade Julgar a realidade Chegar às necessidades III – Programação •Ação concreta •Linha de ação •Atividade permanente Proposta de ação •O que é necessário e possível para diminuir a distância em relação ao Decidir a ação para diminuir a distância em relação ao ideal desejado
  • 19.
  • 20. INTRODUÇÃO DIAGNÓSTICO •Contexto da escola; Caracterização da escola (identidade); Resultados educacionais; Convivência na escola. DEFINIÇÃO DAS BASES DO PPP •Diretrizes; Fundamentos; Dispositivos legais; Currículo. PLANO DE ATIVIDADES •Prioridades; Objetivos; Metas; Previsão e provisão de recursos. IMPLEMENTAÇÃOIMPLEMENTAÇÃO •Acompanhamento e assistência à execução; Avaliação.
  • 21. Referências: VEIGA, Ilma Passos Alencastro. (org) Projeto político pedagógico da escola: uma construção possível. 14a edição Papirus, 2002. Ivonete Sacramento net.escola@hotmail.com
  • 22. ROTEIRO PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO INTRODUÇÃO • Apresentação do Projeto. Comentários sucintos sobre os objetivos de sua elaboração, circunstâncias em que foi elaborado, idéias centrais, relevância etc. DIAGNÓSTICO Contexto da escola • Ambiente social, cultural e físico: a comunidade em que a escola está inserida - características da população, costumes, lazer, grupos comunitários, lideranças comunitárias, associações, clubes, igrejas, acesso a meios de comunicação etc; localização física da escola – características do bairro, ruas, praças, espaços de lazer, equipamentos comunitários, instituições educativas, meios de acesso, sistema de transporte, situação das residências, saneamento, serviços de saúde, comércio. • Situação socioeconômica e educacional da comunidade: ocupações principais, níveis de renda, condições de trabalho, acesso a bens de consumo, níveis de escolaridade da população, crianças fora da escola, principais setores de atividade econômica, perfil profissional dos pais, acesso aos serviços de saúde e de assistência social, condições de habitação etc. População atendida pela escola: nível de instrução dos pais e irmãos, qualificação profissional, hábitos alimentares e de higiene, lazer etc.
  • 23. Caracterização da escola (identidade) • Histórico da escola: fundação, denominação, lideranças históricas, vínculos com egressos, participação na comunidade. • Situação física da escola: condições da edificação, dimensões, dependências, espaços para atividades pedagógicas e de lazer, biblioteca, estado de conservação, instalações hidráulicas e sanitárias, paisagismo, conforto ambiental (iluminação, ventilação, etc); adequação de salas de aula. • Recursos humanos e materiais: quantitativos do corpo docente, discente, administrativo e de apoio; vínculos funcionais; distribuição de funções e tarefas; nível de formação inicial e acesso à formação continuada (qualificação). Características dos alunos. Condições de trabalho e estudo de professores na escola. Condições de trabalho dos servidores da escola. Direitos e deveres. Recursos materiais disponíveis e sua adequação: móveis, equipamentos, material didático. • Gestão da escola: forma de provimento da direção; estilo de gestão; conselho escolar; associação de pais e mestres; grêmio escolar; gerenciamento de recursos materiais e financeiros: política adotada para o atendimento da demanda (oferta de vagas); funcionamento de biblioteca; funcionamento da secretaria; sistema de coleta e registro de dados.
  • 24. • Organização da escola e do ensino: estatuto, regimento, planos e projetos existentes; distribuição e ocupação do tempo e dos espaços pedagógicos; constituição de turmas; número de turmas; períodos ou turnos de funcionamento; organização em séries ou ciclos; existência de classes de aceleração; sistema de recuperação; distribuição do tempo escolar; condições de atendimento a portadores de necessidades especiais; condições de atendimento a jovens e adultos. • Relações entre a escola e a comunidade: formas de participação da comunidade educativa (pais, autoridades locais, associações de moradores, clubes de mães); parcerias com entidades, órgãos públicos e empresas; parcerias com organizações da sociedade civil; relacionamento com outras escolas; utilização dos espaços da escola pela comunidade; trabalho voluntário; relacionamento escola-família (APM); participação dos alunos (Grêmio); relações da escola com o órgão gestor da educação (Secretaria Municipal de Educação). • Currículo: Verificar como a escola vem trabalhando: o atendimento à base nacional comum; como está posta a parte diversificada; forma de composição curricular; definição de conteúdos curriculares; interdisciplinaridade (integração de disciplinas) e transversalidade (definição de temas transversais); distribuição do tempo pelos componentes curriculares; orientação didática adotada; atividades didáticas integradas; adequação dos materiais da biblioteca ao currículo; materiais didáticos adotados: escolha e adequação; parâmetros de avaliação adotados; instrumentos de avaliação.
  • 25. Resultados educacionais • Desempenho escolar dos alunos: aprovação, reprovação e evasão. Relação entre idade e série. Medidas que estão sendo tomadas para a melhoria do desempenho dos alunos. • Desempenho global da escola: avaliação do desempenho global da escola: índices alcançados em relação a outras escolas do município e do estado. Dados do censo escolar. Medidas que estão sendo tomadas em relação a problemas. Relações institucionais e com a comunidade atendida. Convivência na escola • Relações interpessoais na escola. Formas de tratamento de questões de violência externa, interna; indisciplina.
  • 26. DEFINIÇÃO DAS BASES DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO OU PROPOSTA PEDAGÓGICA Diretrizes Tendo em vista os resultados do diagnóstico, definição dos compromissos gerais a serem assumidos pelo coletivo da escola. Concretização da Política Educacional do Sistema no âmbito da unidade escolar, tendo em vista o atendimento de suas características particulares, quanto a gestão (aspectos administrativos, financeiros e pedagógicos) e ação docente e atividades de apoio. Fundamentos Concepções, conceitos e princípios que fundamentarão o trabalho da escola: conceito de educação, papel da educação, papel da escola pública, concepção de aprendizagem, concepção de avaliação, perfil do cidadão a ser formado etc.
  • 27. Dispositivos legais Dispositivos legais e normativos a serem considerados e o que eles determinam em relação à educação escolar. Ver: Constituição federal de 1988, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9934/96), Plano Nacional de Educação, Plano estadual de Educação, Plano Municipal de educação, Parâmetros Curriculares Nacionais, disposições do CNE, e do CEE e do CME, regimento da escola. Currículo Concepção de currículo a ser trabalhada. Objetivos gerais e específicos a atingir Base comum. Definição da parte diversificada. Definição da forma de composição curricular. definição de conteúdos curriculares e sua distribuição no tempo. Definição da orientação pedagógica a ser adotada. Definição de parâmetros, critérios e formas de avaliação da aprendizagem. Definição de critérios para elaboração, escolha e uso de material didático. Definição de espaços pedagógicos interdisciplinares e temas transversais. Aspectos ou áreas prioritárias no que diz respeito à aprendizagem.
  • 28.
  • 29. PLANO DE ATIVIDADES Prioridades Considerar os problemas mais urgentes ou mais graves detectados no diagnóstico, em relação a: contexto da escola, características da escola, resultados educacionais e convivência na escola. Objetivos Definir objetivos gerais e específicos em relação aos problemas definidos, quanto a: contexto da escola, características da escola, resultados educacionais e convivência na escola. Metas Para cada objetivo específico, definir metas. Metas são desdobramentos dos objetivos que indicam os resultados esperados em termos quantitativos e em determinados prazos. Previsão e provisão de recursos Definir a necessidade de recursos para o alcance de objetivos ou metas.
  • 30. IMPLEMENTAÇÃO Acompanhamento e assistência à execução Prever o modo pelo qual a equipe de direção da escola deverá acompanhar a execução do Plano, bem como o trabalho dos professores, apoiando-os nas dificuldades que surgirem, provendo os recursos necessários, etc. Poderão ser previstas reuniões periódicas para discussão do andamento do projeto. Avaliação O projeto deve ser objeto de avaliação contínua para permitir o atendimento de situações imprevistas, correção de desvios e ajustes das atividades propostas. Podem ser previstos momentos de avaliação (semestral, anual, bianual), com participação de toda a comunidade escolar.