SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Unidade 1
• Povos indígenas na América: astecas, maias, incas e tupis.
• Povos e culturas africanas: malineses, bantos e iorubás.
1
Os astecas
Viveram emAztlán,nonorte
da América,atépor voltado
séculoXII.
Chegaramao Valedo México
no iníciodoséculoseguintee,
em1325,fundarama cidade
de Tenochtitlán.
Os astecasdominaram
diversospovos daregião,
fundandoo ImpérioAsteca.
Tenochtitlán,localizadaà
beira dolagoTexcoco, foia
capitaldesseImpério.
Alémde pagar impostos,os
povosdominadoseram
obrigadosa cultuardeuses
astecas.
2
Saberes e técnicas astecas
Em Tenochtitlán, destacavam-se as chinampas, ilhas artificiaisfeitas sobre estacas
fixadas no fundo dolago.
A fertilidadedas terras pantanosas garantia a produção de alimentos.
Nessas ilhas,os astecas cultivavam flores, verduras e plantas medicinais, entre outros.
Tenochtitlán era também cortada por canais e aquedutos, ruas largase retas.
3
Os maias
• Os ancestrais maiasviviam nas montanhas da atual Guatemala desde 2500 a.C.
• Domesticaram o milho,a pimenta e o feijão e se estabeleceram na Península de Yucatán.
• Viviam em cidades-Estado e nunca chegaram a constituir um império.
• Em caso de guerra contra um inimigocomum, as cidades se organizavam em confederações.
4
Civilização maia
Fonte: DUBY, Georges. Atlas historique mondial.Paris:
Larousse,2011. p. 236.
Desenvolveu-se na áreaque corresponde ao atual sul doMéxico, quase toda a Guatemala,partedeEl Salvador, partede
Honduras e Belize.
5
Esteio para os templos religiosos.
Algumas tinham mais de 60 metros de
altura.
Muitas cidades surgiram em torno de
centros religiosos.
As pirâmides
Sociedade maia
Nobres e sacerdotes ajudavam o governante máximo de cada cidade a dirigi-la.
Abaixodeles vinham os artesãos e os trabalhadores livres, agricultoresem sua
maioria.
Camponeses pagavam impostos entregando parte doque produziam e com
trabalhos gratuitos.
6
Os incas
Acredita-se que osincas chegaram à Cordilheirados Andes por volta doséculo XIII.
• Começaram como camponeses e pastores e ergueram a cidade de Cuzco.
Aos poucos, ampliaramseus domínios, aliando-se aospovos da regiãoousubmetendo-os.
• Em 1438, fundaram o ImpérioInca, divididoem váriasregiõesadministrativas.
7
Inca
Sacerdotes e chefes militares
Artesãos, soldados, projetistas e funcionários
públicos
Camponeses
Sociedade inca
Imperador eravisto como semidivino e possuía enormes poderes.
Eram provenientes da nobreza.
Viviam em cidades e eram sustentadospelo governo.
Constituíama maior parcelada
população.
8
Técnica e trabalho incas
Produção agrícola
Sistema de terraços:
• nos degraus mais altos, cultivo de vegetais resistentes ao
frio;
• nos do meio, cultivo de milho, abóbora e feijão;
• nos mais baixos, plantio de árvores frutíferas.
Pastoreio
Criação de lhama e alpaca:
• animais usados no transporte;
• dos quais se obtinha o leite e a lã.
9
Os tupis
Calcula-se que, em 1500, a
população tupi era de 1
milhão de pessoas.
Origem comum dos povos tupis: a
atual Floresta Amazônica.
Por volta de 500 a.C., eles
começaram a se expandir.
Também obtinham alimento por
meio da caça e da pesca.
Praticavam a agricultura, com
destaque para o cultivo da
mandioca.
Entre ostupis que habitavam o
litoralestavam: os tupinambás.
10
África: aspectos físicos
Fonte: SOUZA,
Marinade Mello
e. Áfricae Brasil
africano.São
Paulo: Ática,
2006. p. 13.
• Saara: viviampovos nômades, chamados
berberes.
• Sahel: viviampovos negroschamados,
genericamente,de sudaneses (bambaras,fulas,
mandingas, hauçás).
11
Império do Mali
Localizado no Sudão
Ocidental, entre osrios
Senegal e Níger.
O que se sabe sobre
esse Império provém
dos griôs.
Fundado por Sundiata
Keita, que venceu os
sossos em 1235 e
outros povos vizinhos.
Sundiata Keita
converteu-se ao
islamismo.
No Mali, oimperador
era a maior autoridade,
mas ele ouvia seus
auxiliares.
12
Tombuctu
Situada àsmargens dorio
Níger.
No século XIV,
tornou-se também um
importante centro
intelectual do mundo.
Ponto de chegada e de
partida das caravanas
comerciais que
atravessavam o
deserto.
13
A força e o declínio do Império do Mali
O Império do Malichegou a ter
cerca de 45 milhões de habitantes
e durou 230 anos.
Entrou em declínio devido a
conflitos entre seus líderes e ao
surgimento de novos centros de
poder.
Motivos que podemexplicara longa
duraçãodoImpériodo Mali
Poderosoexército.
Controlede áreasde extração doouro.
Estruturaadministrativaeficiente.
Consultaaospovos dominadoserespeitoàssuastradiçõese religiões.
14
Os bantos
Viviam e vivem ao sul do
deserto do Saara.
Possuíam uma origem comum e
falavam línguas aparentadas
(línguas bantas).
Deslocaram-se de onde hoje é a
República dos Camarõespara o
centro, o leste e osul da África.
Os bantos eram povos
agricultores e tinham domínio
sobre a produção de ferro.
15
Reino do Congo
A baciadorio Zaire era habitadapor grupos bantos,como o bacongo,o luba,o lundae o quicongo.
Segundoumatradição,no finaldo séculoXIII,osbacongosdominaramgruposmenores falantesdo umbundo
e do quicongo.
Nimi-a-Lukenirecebeu o títulode manicongoe passouaser consideradoo herói fundadordo Reinodo Congo.
O Reinodo Congopassoua controlarum amploterritório,sendointensoo comércio nessereino.
16
Bantos no Brasil
 Maioriados africanosque entraramcomo
escravosno Brasil,entreosséculos XVI e XIX,
erafalantede línguas bantas.
 Influência das línguas bantas noportuguês
brasileiro.
Berimbau
Moleque
Quiabo
Palavras deorigem banta
17
Os iorubás
Construíram uma civilizaçãomarcadamente urbana.
Cidades de ruas e avenidas retas e mercados
movimentados.
Principais cidades: Ifé, Keto e Oió (capital política).
Os iorubás não chegaram a compor um Estado
centralizado.
Ifé era considerada a cidade sagrada dos iorubás.
18
Política e economia
• Capital política.
• Nela havia bairrosespecializados em curtume, serralheriae fundição.
Cidade de Oió
• Esplendor entre os séculos XII e XV.
• Cidade sagrada dos iorubás.
• Em Ifé, o poder político era exercido pelo oni.
Ifé
 Economia baseada nocomércio.
 Comerciantescirculavam por terrae pelos riosem canoas carregadasdeprodutos.
19
Iorubás no Brasil
Música
Olodum
Ilê Aiyê
MargarethMenezes
Artes plásticas
Emanoel Araújo
Mestre Didi
Carybé
Menelaw Sete
Herdeiros da influência iorubá
 Trazidosao Brasilprincipalmente após a destruição da cidade de Oióem 1830.
 Grandenúmero entroupelo portode Salvador.
20

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividades de História Astecas
Atividades de História  Astecas Atividades de História  Astecas
Atividades de História Astecas
Doug Caesar
 
resumo - segundo ciclo da borracha - acre
resumo - segundo ciclo  da borracha - acreresumo - segundo ciclo  da borracha - acre
resumo - segundo ciclo da borracha - acre
Eduardo Carneiro
 

Mais procurados (20)

Atividades de História Astecas
Atividades de História  Astecas Atividades de História  Astecas
Atividades de História Astecas
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
 
Historia fontes historicas
Historia fontes historicasHistoria fontes historicas
Historia fontes historicas
 
Oriente Médio
Oriente MédioOriente Médio
Oriente Médio
 
Populaçao brasileira
Populaçao brasileiraPopulaçao brasileira
Populaçao brasileira
 
Redes de comunicaçâo e transporte
Redes de comunicaçâo e transporteRedes de comunicaçâo e transporte
Redes de comunicaçâo e transporte
 
Índios brasileiros
Índios brasileirosÍndios brasileiros
Índios brasileiros
 
resumo - segundo ciclo da borracha - acre
resumo - segundo ciclo  da borracha - acreresumo - segundo ciclo  da borracha - acre
resumo - segundo ciclo da borracha - acre
 
As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2018)
 
Astecas maias e incas
Astecas maias e incasAstecas maias e incas
Astecas maias e incas
 
Atividades adaptadas- História --1.pdf
Atividades adaptadas- História --1.pdfAtividades adaptadas- História --1.pdf
Atividades adaptadas- História --1.pdf
 
A Formação do Povo Brasileiro
A Formação do Povo BrasileiroA Formação do Povo Brasileiro
A Formação do Povo Brasileiro
 
O Brasil no mundo - 7º Ano (2017)
O Brasil no mundo - 7º Ano (2017)O Brasil no mundo - 7º Ano (2017)
O Brasil no mundo - 7º Ano (2017)
 
Reinos africanos
Reinos africanosReinos africanos
Reinos africanos
 
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e AbsolutismoFormação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
 
ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
ÁFRICA
 
7º ano unidade 5 - Região Norte
7º ano   unidade 5 - Região Norte7º ano   unidade 5 - Região Norte
7º ano unidade 5 - Região Norte
 
A china antiga
A china antigaA china antiga
A china antiga
 
Tópico 5 historia 6 ano1
Tópico 5 historia 6 ano1Tópico 5 historia 6 ano1
Tópico 5 historia 6 ano1
 
7º ano unidade 6 - Nordeste do Brasil
7º ano   unidade 6 - Nordeste do Brasil7º ano   unidade 6 - Nordeste do Brasil
7º ano unidade 6 - Nordeste do Brasil
 

Semelhante a Hsc povos-tradicionais-amerindios-e-africanos

7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
Edna Calderaro
 
Trabalho sobre as Civilizações Rodrigo Coelho
Trabalho sobre as Civilizações  Rodrigo CoelhoTrabalho sobre as Civilizações  Rodrigo Coelho
Trabalho sobre as Civilizações Rodrigo Coelho
ceufaias
 

Semelhante a Hsc povos-tradicionais-amerindios-e-africanos (20)

7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
 
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
 
Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"
Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"
Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"
 
Incas
IncasIncas
Incas
 
DiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas Americanos
DiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas AmericanosDiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas Americanos
DiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas Americanos
 
Fdocumentos.tips povos e-culturas-africanas-malineses-centenas-de-povos-com-c...
Fdocumentos.tips povos e-culturas-africanas-malineses-centenas-de-povos-com-c...Fdocumentos.tips povos e-culturas-africanas-malineses-centenas-de-povos-com-c...
Fdocumentos.tips povos e-culturas-africanas-malineses-centenas-de-povos-com-c...
 
América
AméricaAmérica
América
 
Povos pré-colombianos.ppt
Povos pré-colombianos.pptPovos pré-colombianos.ppt
Povos pré-colombianos.ppt
 
Os Astecas - Prof. Altair Aguilar
Os Astecas - Prof. Altair AguilarOs Astecas - Prof. Altair Aguilar
Os Astecas - Prof. Altair Aguilar
 
América antiga
América antigaAmérica antiga
América antiga
 
Civilizações Americanas
Civilizações AmericanasCivilizações Americanas
Civilizações Americanas
 
Aula sobre povos pré colombianos
Aula sobre povos pré colombianosAula sobre povos pré colombianos
Aula sobre povos pré colombianos
 
Incas e astecas apostila
Incas e astecas apostilaIncas e astecas apostila
Incas e astecas apostila
 
O impacto da conquista da américa
O impacto da conquista da américaO impacto da conquista da américa
O impacto da conquista da américa
 
Povos pré colombianos e pré-cabralinos
Povos pré colombianos e pré-cabralinosPovos pré colombianos e pré-cabralinos
Povos pré colombianos e pré-cabralinos
 
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptxINCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
 
Trabalho sobre as Civilizações Rodrigo Coelho
Trabalho sobre as Civilizações  Rodrigo CoelhoTrabalho sobre as Civilizações  Rodrigo Coelho
Trabalho sobre as Civilizações Rodrigo Coelho
 
África e América para o 7º ano fundamental II
África e América para o 7º ano fundamental IIÁfrica e América para o 7º ano fundamental II
África e América para o 7º ano fundamental II
 
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdfAMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
 
América diferentes culturas
América   diferentes culturasAmérica   diferentes culturas
América diferentes culturas
 

Mais de Giselda morais rodrigues do

Mais de Giselda morais rodrigues do (20)

DISCIPLINA FRATYRA FEMUR.docx
DISCIPLINA FRATYRA FEMUR.docxDISCIPLINA FRATYRA FEMUR.docx
DISCIPLINA FRATYRA FEMUR.docx
 
360426450 caca-palavras-sobre-renascimento
360426450 caca-palavras-sobre-renascimento360426450 caca-palavras-sobre-renascimento
360426450 caca-palavras-sobre-renascimento
 
Ap cs história- 7° ano - correto
Ap cs   história- 7° ano - corretoAp cs   história- 7° ano - correto
Ap cs história- 7° ano - correto
 
Avaliação história 7º ano setembro - gabarito
Avaliação história 7º ano   setembro - gabaritoAvaliação história 7º ano   setembro - gabarito
Avaliação história 7º ano setembro - gabarito
 
Caapalavrasidademdiaeja 160916013034
Caapalavrasidademdiaeja 160916013034Caapalavrasidademdiaeja 160916013034
Caapalavrasidademdiaeja 160916013034
 
Planejamento g4 e13 a 17 de setembro
Planejamento g4 e13 a 17 de setembroPlanejamento g4 e13 a 17 de setembro
Planejamento g4 e13 a 17 de setembro
 
Planej. giselda g4 e 24-05 à 28 de maio
Planej. giselda g4 e  24-05 à 28 de maioPlanej. giselda g4 e  24-05 à 28 de maio
Planej. giselda g4 e 24-05 à 28 de maio
 
Campo de experiências codigos g4 copia
Campo de experiências codigos g4   copiaCampo de experiências codigos g4   copia
Campo de experiências codigos g4 copia
 
Apostila completa 2 semestre 2021 (1) (1)
Apostila completa 2 semestre 2021 (1) (1)Apostila completa 2 semestre 2021 (1) (1)
Apostila completa 2 semestre 2021 (1) (1)
 
Apostila g418
Apostila g418Apostila g418
Apostila g418
 
6 anol portuguesaprofessor3cadernonovo
6 anol portuguesaprofessor3cadernonovo6 anol portuguesaprofessor3cadernonovo
6 anol portuguesaprofessor3cadernonovo
 
Livro u2 (1)
Livro u2 (1)Livro u2 (1)
Livro u2 (1)
 
18 caua pereira rosa de almeida
18 caua pereira rosa de almeida18 caua pereira rosa de almeida
18 caua pereira rosa de almeida
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Livro projeto gato xadrez 1
Livro projeto gato xadrez 1Livro projeto gato xadrez 1
Livro projeto gato xadrez 1
 
Cadernodofuturo matemtica-3anoprof-171112071214
Cadernodofuturo matemtica-3anoprof-171112071214Cadernodofuturo matemtica-3anoprof-171112071214
Cadernodofuturo matemtica-3anoprof-171112071214
 
20190218100452 thumb be6ano_linguaportuguesa
20190218100452 thumb be6ano_linguaportuguesa20190218100452 thumb be6ano_linguaportuguesa
20190218100452 thumb be6ano_linguaportuguesa
 
Aula2
Aula2Aula2
Aula2
 
FISIOTERAPIA
FISIOTERAPIAFISIOTERAPIA
FISIOTERAPIA
 
Diretrizes brasileiras de obesidade
Diretrizes brasileiras de obesidadeDiretrizes brasileiras de obesidade
Diretrizes brasileiras de obesidade
 

Último

atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 

Último (20)

Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 

Hsc povos-tradicionais-amerindios-e-africanos

  • 1. Unidade 1 • Povos indígenas na América: astecas, maias, incas e tupis. • Povos e culturas africanas: malineses, bantos e iorubás. 1
  • 2. Os astecas Viveram emAztlán,nonorte da América,atépor voltado séculoXII. Chegaramao Valedo México no iníciodoséculoseguintee, em1325,fundarama cidade de Tenochtitlán. Os astecasdominaram diversospovos daregião, fundandoo ImpérioAsteca. Tenochtitlán,localizadaà beira dolagoTexcoco, foia capitaldesseImpério. Alémde pagar impostos,os povosdominadoseram obrigadosa cultuardeuses astecas. 2
  • 3. Saberes e técnicas astecas Em Tenochtitlán, destacavam-se as chinampas, ilhas artificiaisfeitas sobre estacas fixadas no fundo dolago. A fertilidadedas terras pantanosas garantia a produção de alimentos. Nessas ilhas,os astecas cultivavam flores, verduras e plantas medicinais, entre outros. Tenochtitlán era também cortada por canais e aquedutos, ruas largase retas. 3
  • 4. Os maias • Os ancestrais maiasviviam nas montanhas da atual Guatemala desde 2500 a.C. • Domesticaram o milho,a pimenta e o feijão e se estabeleceram na Península de Yucatán. • Viviam em cidades-Estado e nunca chegaram a constituir um império. • Em caso de guerra contra um inimigocomum, as cidades se organizavam em confederações. 4
  • 5. Civilização maia Fonte: DUBY, Georges. Atlas historique mondial.Paris: Larousse,2011. p. 236. Desenvolveu-se na áreaque corresponde ao atual sul doMéxico, quase toda a Guatemala,partedeEl Salvador, partede Honduras e Belize. 5
  • 6. Esteio para os templos religiosos. Algumas tinham mais de 60 metros de altura. Muitas cidades surgiram em torno de centros religiosos. As pirâmides Sociedade maia Nobres e sacerdotes ajudavam o governante máximo de cada cidade a dirigi-la. Abaixodeles vinham os artesãos e os trabalhadores livres, agricultoresem sua maioria. Camponeses pagavam impostos entregando parte doque produziam e com trabalhos gratuitos. 6
  • 7. Os incas Acredita-se que osincas chegaram à Cordilheirados Andes por volta doséculo XIII. • Começaram como camponeses e pastores e ergueram a cidade de Cuzco. Aos poucos, ampliaramseus domínios, aliando-se aospovos da regiãoousubmetendo-os. • Em 1438, fundaram o ImpérioInca, divididoem váriasregiõesadministrativas. 7
  • 8. Inca Sacerdotes e chefes militares Artesãos, soldados, projetistas e funcionários públicos Camponeses Sociedade inca Imperador eravisto como semidivino e possuía enormes poderes. Eram provenientes da nobreza. Viviam em cidades e eram sustentadospelo governo. Constituíama maior parcelada população. 8
  • 9. Técnica e trabalho incas Produção agrícola Sistema de terraços: • nos degraus mais altos, cultivo de vegetais resistentes ao frio; • nos do meio, cultivo de milho, abóbora e feijão; • nos mais baixos, plantio de árvores frutíferas. Pastoreio Criação de lhama e alpaca: • animais usados no transporte; • dos quais se obtinha o leite e a lã. 9
  • 10. Os tupis Calcula-se que, em 1500, a população tupi era de 1 milhão de pessoas. Origem comum dos povos tupis: a atual Floresta Amazônica. Por volta de 500 a.C., eles começaram a se expandir. Também obtinham alimento por meio da caça e da pesca. Praticavam a agricultura, com destaque para o cultivo da mandioca. Entre ostupis que habitavam o litoralestavam: os tupinambás. 10
  • 11. África: aspectos físicos Fonte: SOUZA, Marinade Mello e. Áfricae Brasil africano.São Paulo: Ática, 2006. p. 13. • Saara: viviampovos nômades, chamados berberes. • Sahel: viviampovos negroschamados, genericamente,de sudaneses (bambaras,fulas, mandingas, hauçás). 11
  • 12. Império do Mali Localizado no Sudão Ocidental, entre osrios Senegal e Níger. O que se sabe sobre esse Império provém dos griôs. Fundado por Sundiata Keita, que venceu os sossos em 1235 e outros povos vizinhos. Sundiata Keita converteu-se ao islamismo. No Mali, oimperador era a maior autoridade, mas ele ouvia seus auxiliares. 12
  • 13. Tombuctu Situada àsmargens dorio Níger. No século XIV, tornou-se também um importante centro intelectual do mundo. Ponto de chegada e de partida das caravanas comerciais que atravessavam o deserto. 13
  • 14. A força e o declínio do Império do Mali O Império do Malichegou a ter cerca de 45 milhões de habitantes e durou 230 anos. Entrou em declínio devido a conflitos entre seus líderes e ao surgimento de novos centros de poder. Motivos que podemexplicara longa duraçãodoImpériodo Mali Poderosoexército. Controlede áreasde extração doouro. Estruturaadministrativaeficiente. Consultaaospovos dominadoserespeitoàssuastradiçõese religiões. 14
  • 15. Os bantos Viviam e vivem ao sul do deserto do Saara. Possuíam uma origem comum e falavam línguas aparentadas (línguas bantas). Deslocaram-se de onde hoje é a República dos Camarõespara o centro, o leste e osul da África. Os bantos eram povos agricultores e tinham domínio sobre a produção de ferro. 15
  • 16. Reino do Congo A baciadorio Zaire era habitadapor grupos bantos,como o bacongo,o luba,o lundae o quicongo. Segundoumatradição,no finaldo séculoXIII,osbacongosdominaramgruposmenores falantesdo umbundo e do quicongo. Nimi-a-Lukenirecebeu o títulode manicongoe passouaser consideradoo herói fundadordo Reinodo Congo. O Reinodo Congopassoua controlarum amploterritório,sendointensoo comércio nessereino. 16
  • 17. Bantos no Brasil  Maioriados africanosque entraramcomo escravosno Brasil,entreosséculos XVI e XIX, erafalantede línguas bantas.  Influência das línguas bantas noportuguês brasileiro. Berimbau Moleque Quiabo Palavras deorigem banta 17
  • 18. Os iorubás Construíram uma civilizaçãomarcadamente urbana. Cidades de ruas e avenidas retas e mercados movimentados. Principais cidades: Ifé, Keto e Oió (capital política). Os iorubás não chegaram a compor um Estado centralizado. Ifé era considerada a cidade sagrada dos iorubás. 18
  • 19. Política e economia • Capital política. • Nela havia bairrosespecializados em curtume, serralheriae fundição. Cidade de Oió • Esplendor entre os séculos XII e XV. • Cidade sagrada dos iorubás. • Em Ifé, o poder político era exercido pelo oni. Ifé  Economia baseada nocomércio.  Comerciantescirculavam por terrae pelos riosem canoas carregadasdeprodutos. 19
  • 20. Iorubás no Brasil Música Olodum Ilê Aiyê MargarethMenezes Artes plásticas Emanoel Araújo Mestre Didi Carybé Menelaw Sete Herdeiros da influência iorubá  Trazidosao Brasilprincipalmente após a destruição da cidade de Oióem 1830.  Grandenúmero entroupelo portode Salvador. 20