SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
AS DIMENSÕES DA IMAGEMProf.ª. Giorgia Barreto L. Parrião [2017]
DIREÇÃO DE ARTE
A IMAGEM
A interpretação dos estímulos visuais vai ser ainda filtrado pelos:
▪ Estados psicológicos: a psique individual
▪ Condicionamentos culturais: influência social na construção do vocabulário visual
▪ Expectativas ambientais: limites ou possibilidades geradas pelos componentes
geográficos em que se está inserido
PRINCÍPIOS VISUAIS
Uma imagem é composta por níveis diferenciados de informação visual:
▪ Significado (input visual) - os sistemas simbólicos que identificam ações,
organizações, estados de espírito, direções, instruções, etc.
▪ Se espalham num espectro que vai do mimético (intuitivo, complexo e
representacional) até o abstrato (estudado, simplificado, signico).
• Representação (Material Visual) - O nível representacional. É onde se
comunica por “modelos” que substituem o objeto/experiência.
• Neste nível que nasce o termo “uma imagem vale mais que mil palavras”.
PRINCÍPIOS VISUAIS
▪ Estrutura abstrata (visualidade) –
“Trata-se da subestrutura, da
composição elementar abstrata,
e, portanto, da mensagem visual
pura” .
▪ Se caracteriza por um grande
poder de resposta do receptor.
O Batismo de Cristo
Piero Della Francesca
1440-1450
A Liberdade guia o Povo
Eugène Delacroix
1830
PRINCÍPIOS VISUAIS
A visualidade impõe uma pergunta:
▪ COMO e O QUÊ as mensagens visuais comunicam?
O “acontecimento visual” é forma integrada ao conteúdo. O
conteúdo é influenciado, por sua vez, pelas partes que o compõem:
cor, forma, tom, textura, dimensão, proporção e as relações
compositivas com o significado. [Rudolf Arhein]
▪ Primária/Principal: É o primeiro lugar visualizado pelo observador. Deve conter um
elemento forte para atrair a atenção e o interesse.
▪ Secundária: A visão se desloca em diagonal para o lado inferior oposto.
▪ Morta: Devem ser preenchidas com aspectos atrativos para que a leitura se torne
ordenada com racionalidade, sem o deslocamento brutal da visão. Por isso deve-se
colocar elementos de grande atração visual para conduzir a leitura de forma confortável
e rápida.
▪ Centro Ótico: Está situado um pouco acima do centro geométrico, quando do cruzamento
das diagonais. A altura varia de acordo com as dimensões da pagina dependendo da
relação: altura x largura.
▪ Centro Geométrico : Deve-se observar as mesmas características das zonas mortas.
15
ZONAS DE VISUALIZAÇÃO
16
1- Zona Primária
2- Zona Secundária
3- Zona Morta
4- Zona Morta
5- Centro ótico
6- Centro Geométrico
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 17
1- Zona Primária
2- Zona Secundária
3- Zona Morta
4- Zona Morta
5- Centro ótico
6- Centro Geométrico
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 18
1- Zona Primária
2- Zona Secundária
3- Zona Morta
4- Zona Morta
5- Centro ótico
6- Centro Geométrico
19
BIBLIOGRAFIA
Direção de Arte em Propaganda
Newton Cesár
Editora Senac, 2006
Prof.ª Giorgia Barreto Lima Parrião 20
Obrigada!
Obrigada!!!
Prof.ª. Giorgia Barreto

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a As dimensões da imagem

OPC 02 LINGUAGEM VISUAL
OPC 02 LINGUAGEM VISUALOPC 02 LINGUAGEM VISUAL
OPC 02 LINGUAGEM VISUALOdair Tuono
 
Artes teoria desenho (1)
Artes teoria desenho (1)Artes teoria desenho (1)
Artes teoria desenho (1)Júlia Pereira
 
Sixtaxe linguagem visual exercícios
Sixtaxe linguagem visual exercíciosSixtaxe linguagem visual exercícios
Sixtaxe linguagem visual exercíciosDhione Oliveira
 
Conteudos Módulo II
Conteudos Módulo IIConteudos Módulo II
Conteudos Módulo IICarina Lopes
 
Relações interpessoais2
Relações interpessoais2Relações interpessoais2
Relações interpessoais2Nuno Pereira
 
Projetomultimidia
ProjetomultimidiaProjetomultimidia
Projetomultimidiareideson
 
Leitura de Imagens/Texto Icónico
Leitura de Imagens/Texto IcónicoLeitura de Imagens/Texto Icónico
Leitura de Imagens/Texto IcónicoVanda Sousa
 
Leitura de Imagens
Leitura de ImagensLeitura de Imagens
Leitura de ImagensRaquel158
 
COMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADE
COMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADECOMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADE
COMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADEKleiton Renzo
 
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2Denise Lima
 

Semelhante a As dimensões da imagem (16)

OPC 02 LINGUAGEM VISUAL
OPC 02 LINGUAGEM VISUALOPC 02 LINGUAGEM VISUAL
OPC 02 LINGUAGEM VISUAL
 
Aula EE - composicao
Aula EE - composicaoAula EE - composicao
Aula EE - composicao
 
Aula EE-composicao
Aula EE-composicaoAula EE-composicao
Aula EE-composicao
 
Linhas
LinhasLinhas
Linhas
 
Artes teoria desenho (1)
Artes teoria desenho (1)Artes teoria desenho (1)
Artes teoria desenho (1)
 
Sixtaxe linguagem visual exercícios
Sixtaxe linguagem visual exercíciosSixtaxe linguagem visual exercícios
Sixtaxe linguagem visual exercícios
 
Conteudos Módulo II
Conteudos Módulo IIConteudos Módulo II
Conteudos Módulo II
 
Relações interpessoais2
Relações interpessoais2Relações interpessoais2
Relações interpessoais2
 
A linguagem visual
A linguagem visualA linguagem visual
A linguagem visual
 
Projetomultimidia
ProjetomultimidiaProjetomultimidia
Projetomultimidia
 
Leitura de Imagens/Texto Icónico
Leitura de Imagens/Texto IcónicoLeitura de Imagens/Texto Icónico
Leitura de Imagens/Texto Icónico
 
Leitura de Imagens
Leitura de ImagensLeitura de Imagens
Leitura de Imagens
 
COMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADE
COMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADECOMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADE
COMPOSIÇÃO E PERCEPÇÃO - COMUNICAÇÃO VISUAL - 3º PERÍODO - PUBLICIDADE
 
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
 
Agenda 09
Agenda 09Agenda 09
Agenda 09
 
A mente
A menteA mente
A mente
 

Mais de Giorgia Barreto Lima Parrião

059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...Giorgia Barreto Lima Parrião
 
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...Giorgia Barreto Lima Parrião
 
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...Giorgia Barreto Lima Parrião
 

Mais de Giorgia Barreto Lima Parrião (20)

Conheça a Terapeuta Giorgia Barreto
Conheça a Terapeuta Giorgia BarretoConheça a Terapeuta Giorgia Barreto
Conheça a Terapeuta Giorgia Barreto
 
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
 
CirculoCromático.pdf
CirculoCromático.pdfCirculoCromático.pdf
CirculoCromático.pdf
 
Semiótica em Design - Aula1
Semiótica em Design - Aula1Semiótica em Design - Aula1
Semiótica em Design - Aula1
 
Semiótica em Design - Aula4
Semiótica em Design - Aula4Semiótica em Design - Aula4
Semiótica em Design - Aula4
 
Semiótica em Design - Aula3
Semiótica em Design - Aula3Semiótica em Design - Aula3
Semiótica em Design - Aula3
 
Semiótica em Design - Aula 2
Semiótica em Design - Aula 2Semiótica em Design - Aula 2
Semiótica em Design - Aula 2
 
Semiótica - Aula 4
Semiótica - Aula 4Semiótica - Aula 4
Semiótica - Aula 4
 
Semiótica - Aula 3
Semiótica - Aula 3Semiótica - Aula 3
Semiótica - Aula 3
 
Semiótica - Aula 2
Semiótica - Aula 2Semiótica - Aula 2
Semiótica - Aula 2
 
Semiótica - Aula 1
Semiótica - Aula 1Semiótica - Aula 1
Semiótica - Aula 1
 
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
 
Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)
Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)
Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)
 
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
 
Introdução ao Illustrator
Introdução ao IllustratorIntrodução ao Illustrator
Introdução ao Illustrator
 
Introdução ao Photoshop
Introdução ao PhotoshopIntrodução ao Photoshop
Introdução ao Photoshop
 
Agência de Publicidade: áreas e setores
Agência de Publicidade:  áreas e setoresAgência de Publicidade:  áreas e setores
Agência de Publicidade: áreas e setores
 
Processos de Comunicação
Processos de ComunicaçãoProcessos de Comunicação
Processos de Comunicação
 
Fundamentos imagem
Fundamentos imagemFundamentos imagem
Fundamentos imagem
 
O que é propaganda???
O que é propaganda???O que é propaganda???
O que é propaganda???
 

As dimensões da imagem

  • 1. AS DIMENSÕES DA IMAGEMProf.ª. Giorgia Barreto L. Parrião [2017] DIREÇÃO DE ARTE
  • 2. A IMAGEM A interpretação dos estímulos visuais vai ser ainda filtrado pelos: ▪ Estados psicológicos: a psique individual ▪ Condicionamentos culturais: influência social na construção do vocabulário visual ▪ Expectativas ambientais: limites ou possibilidades geradas pelos componentes geográficos em que se está inserido
  • 3. PRINCÍPIOS VISUAIS Uma imagem é composta por níveis diferenciados de informação visual: ▪ Significado (input visual) - os sistemas simbólicos que identificam ações, organizações, estados de espírito, direções, instruções, etc. ▪ Se espalham num espectro que vai do mimético (intuitivo, complexo e representacional) até o abstrato (estudado, simplificado, signico).
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. • Representação (Material Visual) - O nível representacional. É onde se comunica por “modelos” que substituem o objeto/experiência. • Neste nível que nasce o termo “uma imagem vale mais que mil palavras”.
  • 8.
  • 9.
  • 10. PRINCÍPIOS VISUAIS ▪ Estrutura abstrata (visualidade) – “Trata-se da subestrutura, da composição elementar abstrata, e, portanto, da mensagem visual pura” . ▪ Se caracteriza por um grande poder de resposta do receptor. O Batismo de Cristo Piero Della Francesca 1440-1450
  • 11.
  • 12.
  • 13. A Liberdade guia o Povo Eugène Delacroix 1830
  • 14. PRINCÍPIOS VISUAIS A visualidade impõe uma pergunta: ▪ COMO e O QUÊ as mensagens visuais comunicam? O “acontecimento visual” é forma integrada ao conteúdo. O conteúdo é influenciado, por sua vez, pelas partes que o compõem: cor, forma, tom, textura, dimensão, proporção e as relações compositivas com o significado. [Rudolf Arhein]
  • 15. ▪ Primária/Principal: É o primeiro lugar visualizado pelo observador. Deve conter um elemento forte para atrair a atenção e o interesse. ▪ Secundária: A visão se desloca em diagonal para o lado inferior oposto. ▪ Morta: Devem ser preenchidas com aspectos atrativos para que a leitura se torne ordenada com racionalidade, sem o deslocamento brutal da visão. Por isso deve-se colocar elementos de grande atração visual para conduzir a leitura de forma confortável e rápida. ▪ Centro Ótico: Está situado um pouco acima do centro geométrico, quando do cruzamento das diagonais. A altura varia de acordo com as dimensões da pagina dependendo da relação: altura x largura. ▪ Centro Geométrico : Deve-se observar as mesmas características das zonas mortas. 15 ZONAS DE VISUALIZAÇÃO
  • 16. 16 1- Zona Primária 2- Zona Secundária 3- Zona Morta 4- Zona Morta 5- Centro ótico 6- Centro Geométrico
  • 17. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 17 1- Zona Primária 2- Zona Secundária 3- Zona Morta 4- Zona Morta 5- Centro ótico 6- Centro Geométrico
  • 18. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 18 1- Zona Primária 2- Zona Secundária 3- Zona Morta 4- Zona Morta 5- Centro ótico 6- Centro Geométrico
  • 19. 19 BIBLIOGRAFIA Direção de Arte em Propaganda Newton Cesár Editora Senac, 2006
  • 20. Prof.ª Giorgia Barreto Lima Parrião 20 Obrigada! Obrigada!!! Prof.ª. Giorgia Barreto