slide share

54 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

slide share

  1. 1. Colégio Inovação Anorexia Novembro-2013
  2. 2. Colégio Inovação Anorexia Discente:Gilvan Vitor Docente:Valdisséia Novembro-2013
  3. 3. Índice: Neste trabalho, falarei sobre anorexia, que causa bulimia e transtorno mental, alimentar entre outros...
  4. 4. Anorexia: a pessoa pensa que está gorda e começa a parar de comer e quando come é muito pouco, quando se vê dentro de um tempo já dá até pra ver os ossos dessa pessoa. E ela sempre acha que está gorda, e nosso corpo precisa de energia e conseqüentemente a pessoa vai ficando fraca e chega um tempo que o corpo não resiste e a pessoa morre. A anorexia tem muito a ver com a bulimia que é quando a pessoa também pensa que está gorda e fica com aquilo na mente como na anorexia e geralmente como normalmente mas logo depois que se alimenta, vai ao banheiro para se forçar a vomitar, as consequências acham que são as mesmas da anorexia,. mas a pessoa emagrece menos.
  5. 5. Consumir bebida alcoólica em excesso e deixar de se alimentar. Esses são os principais sintomas que caracterizam um distúrbio muito comum nos dias de hoje. A anorexia alcoólica, ou drunkorexia, como foi batizada informalmente nos Estados Unidos (drunk em inglês significa bêbado), atinge principalmente, jovens e adultos de 20 a 40 anos. As causas são as mais diversas.
  6. 6. Problemas emocionais Nas mulheres, o distúrbio está muito associado ao estado emocional. Problemas como depressão e ansiedade são uma das causas que levam as mulheres a beber demais. “Nesses casos, o álcool funciona como anestésico para emoções negativas e a pessoa frustrada, consome para esquecer os problemas”, explica a psicóloga Ana Stuart. “O alcoolismo esconde carências profundas e a anorexia é a negação da vida. É um processo depressivo, em que a pessoa desiste de viver. Na anorexia alcoólica, os dois problemas aparecem simultaneamente”, completa.
  7. 7. Emagrecer a todo custo Por outro lado, a busca pela perda de peso pode ser proposital e estar relacionada ao desejo de se adequar ao padrão de beleza vigente. As modelos magras que figuram nas passarelas e estampam capas de revistas, se transformam em um ideal a ser alcançado pelas mulheres comuns. O álcool então, é utilizado como auxiliador no processo de emagrecimento. Age como um inibidor de apetite e à medida que seu efeito passa, a pessoa consome doses maiores e com mais freqüência, evitando com isso, a ingestão de nutrientes.
  8. 8. O vício que pode levar à perda de peso No caso de jovens, é comum comportamentos que incentivam um grande consumo de álcool em um curto espaço de tempo. Na busca pela aceitação pelo grupo, muitos adolescentes acabam tornando-se viciados em bebidas alcoólicas. E aí, podem trocar a comida por álcool não por opção, mas por uma conseqüência fisiológica.Porque o álcool causa, organicamente, a sensação de saciedade. Por isso é comum encontrar mendigos que bebem muito. No grupo de apoio à alcoólatras, conhecido como AA (Alcoólicos Anônimos), essa situação é bastante comum. Nelson (que prefere não relevar o sobrenome por conta de uma tradição de anonimato do AA) sabe bem como é isso. Ele já foi alcoólatra e hoje trabalha na sede dos Alcoólicos Anônimos de Juiz de Fora. Nelson explica que, quando a pessoa bebe além do limite que o organismo suporta, acaba perdendo o apetite.O álcool dá a falsa sensação de saciedade, mas ele não tem as vitaminas e os nutrientes de que a pessoa precisa para o organismo se suprir. Quando termina a embriagues, dá tremedeira. Tanto pela falta do álcool, quanto pela fraqueza do organismo. E aí, a pessoa bebe de novo e não come. E se comer, a bebida não para no estômago, dá enjôo, completa. E aí, o emagrecimento é questão de tempo.
  9. 9. Conclusão:A anorexia é uma doença que é causada emocionalmente, a pessoa quer emagrecer e para isso ela fica sem comer e isso acaba se tornando um vício por que a pessoa mesmo estando raquítica ela continua pensando que está gorda e assim continua emagrecendo até a morte se não começar um tratamento.Isso me ajudou a perceber que as pessoas não dão valor á vida e me ajudou a entender que eu sou feliz com o que eu tenho sendo gordo ou magro.

×