Prova20102

6.517 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Prova20102

  1. 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PROSEL 2010 / PRISE SUBPROGRAMA XII 2ª ETAPA BOLETIM DE QUESTÕES LEIA, COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 1. Este Boletim de Questões é constituído 9. É terminantemente proibida a de 60 questões objetivas. comunicação entre candidatos. ATENÇÃO 2. Você receberá, também, um CARTÃO- 10. Quando for marcar o Cartão- RESPOSTA destinado à marcação das Resposta, proceda da seguinte respostas. maneira: 3. Confira seu nome, número de inscrição a) Faça uma revisão das alternativas na parte superior do CARTÃO- marcadas no Boletim de Questões. RESPOSTA que você recebeu. b) Assinale, inicialmente, no Boletim de Questões, a alternativa que julgar 4. No caso de não coincidir seu nome e correta, para depois marcá-la no número de inscrição, devolva-o ao fiscal Cartão-Resposta definitivamente. e peça-lhe o seu. Se o seu cartão não c) Marque o Cartão-Resposta, usando for encontrado, solicite um cartão caneta esferográfica com tinta azul ou virgem, o que não prejudicará a preta, preenchendo completamente o correção de sua prova. círculo correspondente à alternativa 5. Após a conferência, assine seu nome no escolhida para cada questão. espaço correspondente do CARTÃO- d) Ao marcar a alternativa do Cartão- RESPOSTA, utilizando caneta Resposta, faça-o com cuidado, esferográfica de tinta preta ou azul. evitando rasgá-lo ou furá-lo, tendo atenção para não ultrapassar os 6. Para cada uma das questões existem 5 limites do círculo. (cinco) alternativas, classificadas com Marque certo o seu cartão como indicado: as letras a, b, c, d, e. Só uma responde corretamente ao quesito proposto. Você CERTO deve marcar no Cartão-Resposta apenas uma letra. Marcando mais de e) Além de sua resposta e assinatura, uma, você anulará a questão, mesmo nos locais indicados, não marque que uma das marcadas corresponda à nem escreva mais nada no Cartão- alternativa correta. Resposta. 11. Releia estas instruções antes de 7. O CARTÃO-RESPOSTA não pode ser entregar a prova. dobrado, nem amassado, nem rasgado. 12. Assine a lista de presença, na linha correspondente, o seu nome, do LEMBRE-SE mesmo modo como foi assinado no 8. A duração desta prova é de 5 (cinco) seu documento de identidade. horas, iniciando às 8 (oito) horas e terminando às 13 (treze) horas. BOA PROVA!
  2. 2. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Leia o Texto 1 para responder às questões 1 e 2. TEXTO 1 ÓLEO NA PLATAFORMA, ÁGUA NO MAR Técnicas avançadas desenvolvidas com exclusividade pelos cientistas do Centro de Pesquisas da Petrobrás dificultam o escoamento da água nos reservatórios do fundo do mar sem interferir na passagem do óleo. Na superfície a água que chega é tratada e devolvida ao oceano sem prejudicar o meio ambiente. Quando se extrai petróleo das profundezas do oceano, não é apenas óleo que jorra. O poço produz grande quantidade de água misturada ao precioso líquido viscoso. Nos estágios iniciais da produção, o óleo toma conta praticamente de todo o poço. Só que essa produção diminui à medida que o campo envelhece. Com o passar do tempo, o volume de água pode ser superior ao óleo até 90%. A associação óleo e água do mar é uma das maiores dificuldades para as empresas petrolíferas de todo mundo. (In: Revista Superinteressante. ano 15, nº. 05/ maio-2001. P. 74) 1. Tomando outras leituras possíveis do Texto 1, 2. Na passagem do Texto 1, “Quando se extrai afirma-se que: petróleo das profundezas do oceano, não é apenas óleo que jorra.” Leia-se, também, que a além de trabalhar a água misturada com jorra: óleo, também ocorrem problemas com o equipamento, somados a agressões aos a uma série de problemas sociais, pois os resultados da pesquisa, além de elevados perfuradores e operadores dos poços investimentos que nem sempre retornam petrolíferos não têm um salário compatível em forma de produtividade ou com os riscos da profissão, além de rentabilidade, pois qualquer quantidade de conviverem com produtos tóxicos água misturada ao petróleo é problemático específicos, calor e desperdícios químicos nas refinarias. que podem tornar as águas dos rios e mares menos apropriadas para certos fins. b o processo de envelhecimento dos poços perfurados no leito do mar avança na b o controle absoluto e total de derrames de medida em que a produção de petróleo se petróleo no mar em zonas costeiras, além mistura com maior quantidade de água dos rios, com a utilização de petroleiros quando os dois compostos chegam à maiores, sem custos adicionais de superfície e seguem para o apuro nas produção, armazenagem e transporte, o refinarias. que, em 2010, poderá tornar mais baratos os preços da gasolina e do álcool. c apesar de os problemas enfrentados com a mistura de água e petróleo serem a tônica c uma fonte de riqueza inquestionável, em das pesquisas para as explorações função de o petróleo e seus derivados se petrolíferas no fundo do mar, inclusive do apresentarem com reservas inesgotáveis Centro de Pesquisas da Petrobrás, novas para os próximos 500 anos, principalmente tecnologias avançadas permitem, apesar no Kwait, na Alemanha e na Indonésia. dos percentuais diferenciados dos estágios d a morte de seres aquáticos por asfixia, pois iniciais de produção até o envelhecimento prejudica a assimilação de oxigênio pelas dos poços perfurados, que as explorações águas; as aves aquáticas sofreriam por obtenham um bom desenvolvimento e hipotermia ou afogamento. Além disso, o rentabilidade. petróleo tem natureza tóxica, causando d o volume de água, às vezes superior em danos à saúde do homem pelo efeito até 90%, adicionado ao petróleo que é cumulativo na cadeia alimentar. retirado do leito do mar, nos campos e a ausência total de elementos poluentes petrolíferos brasileiros, jorra juntamente em função de o petróleo ser natural, e com impurezas que podem causar apenas o álcool, a gasolina e o óleo diesel, prejuízos aos equipamentos usados nas seus derivados, apresentarem um altíssimo perfurações, inclusive nos poços que ainda grau de produção de poluentes terrestres, estão em seus estágios iniciais. marítimos e aéreos. e o volume de petróleo e de água, mesmo superior a 90%, nos poços do pré-sal, garante à Petrobrás e suas distribuidoras um perfeito escoamento de óleo e água salgada, que é devolvida aos rios sem nenhum prejuízo. UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 2
  3. 3. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Leia o Texto 2 para responder às questões 3 4. Considere as seguintes afirmativas sobre o e 4. Texto 2. TEXTO 2 I. O ser humano muda com o tempo, embora se saiba que há certas restrições às MUDAM-SE OS TEMPOS, MUDAM-SE AS mudanças; no entanto isso é inevitável. VONTADES Assim foi com a tecnologia bélica com suas inúmeras inovações, assim é com a Mudam-se os tempos, mudam-se as maneira de o homem enxergar a vida: uma vontades, hora pensa-se de um jeito, em outra, nada muda-se o ser, muda-se a confiança: é mais como antes. todo o mundo é composto de mudança, II. O ser humano vive muitas experiências tomando sempre novas qualidades. diárias, que possibilitam consequências muito positivas sempre que se tem Continuamente vemos novidades, vontade, como é o caso, por exemplo, do diferentes em tudo da esp’rança; tempo reservado à escola, que são momentos agradáveis. Nesse tempo, os do mal ficam as mágoas na lembrança, alunos são bem produtivos, porque estão e do bem, se algum houve, as saudades. sempre dispostos ao aprendizado. III. As mudanças geram transformações. Se O tempo cobre o chão de verde manto, pensamos nas consequências agradáveis, que já coberto foi de neve fria, lembramos com entusiasmo e e em mil converte em choro o doce canto. contentamento do que foi bom em nossas vidas. É natural que isso aconteça, pois E, afora este mudar-se cada dia, momentos agradáveis sempre serão lembrados com saudosismo por nós. Mas, outra mudança faz de mor1 espanto; dos desagradáveis, só queremos distância, que não se muda já como soía2. mesmo que eles tenham ficado em nossa lembrança. 1: mor – maior IV. As mudanças são inerentes à vida do ser 2: soía – costumava humano, mas não é somente com este ser (CAMÕES, Luiz Vaz de. Antologia escolar portuguesa. que isso acontece, basta lembrarmos das Rio de Janeiro: Fename, 1970, p. 319.) estações do ano. Com o verão, vem o calor; o frio vem com o inverno. É sempre assim: numa hora a natureza é seca; 3. Leia as afirmativas a seguir: noutra, é molhada; numa é fria; noutra é I. Na primeira estrofe, as ideias de mudar, amena. mudanças, se referem à palavra homem Sobre as afirmativas acima, a alternativa que está apagada. correta é: II. Na segunda estrofe, os acontecimentos a I e II adversos causam boas recordações, assim como ajudam a esquecer as mágoas. b I e III III. Na primeira estrofe, observa-se que as c II e III mudanças trazem novos conhecimentos, d III e IV consequentemente novas maneiras de analisar o mundo. e II e IV IV. Na terceira estrofe, o termo verde manto foi usado no sentido de uma vida inteira repleta de esperança. V. Na terceira estrofe, coberto foi de neve fria indica que, o campo permanecia tomado pela neve. Sobre as afirmativas acima, a alternativa correta é: a I e III b I e IV c II e III d II e V e III e V UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 3
  4. 4. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Leia o Texto 3 para responder às questões 5, 6 e 7. Texto 3 Foto: Fabiano Accorsi. A paulista Ana Carolina Pugliesi Sanches, 15 anos, conversa com 700 pessoas no MSN. "Quando a gente conhece uma pessoa virtualmente, a amizade nasce pelo que ela é, não pela aparência física", ela avalia. A rotina on-line de Ana Pugliesi é condizente com os hábitos de sua geração. A antropóloga americana Anne Kirsh, que trabalhou na Microsoft e hoje está num centro de estudos da inovação, na Dinamarca, cunhou a expressão "nativos da geração digital" para definir os jovens que não conheceram o mundo antes do e-mail. Os "nativos" dedicam bastante tempo aos sites de relacionamento, nos quais podem compartilhar conhecimento, músicas, fotos, filmes e muita conversa furada. O maior desses espaços é o MySpace, com 70 milhões de pessoas cadastradas. Em um mês, os usuários realmente ativos do site americano chegam a 60 milhões. Em média, cada um permanece conectado duas horas e dez minutos por dia. Outro campeão em popularidade, o Facebook, cujo criador tem apenas 23 anos, atingiu 33 milhões de usuários cadastrados, segundo a última conta. Estima-se que 260 milhões de pessoas freqüentem sites de relacionamento em comunidades virtuais em todo o mundo. O preferido dos brasileiros é o pioneiro Orkut, com 50 milhões de cadastros – os chamados perfis, mas muitos deles são duplicados. É uma forma de driblar o limite máximo de 1.000 contatos por perfil. (Revista Veja, 2007) 5. Sobre o Texto 3, considere as afirmativas a 6. Marque a alternativa correta a partir das ideias seguir: do Texto 3. I. O recurso coesivo usuários realmente a O universo digital constitui um claro ativos remete a nativos da geração digital. separador entre gerações, ainda que não II. Outro permite a progressão do texto, no seja privativo de nenhuma delas. Menos entanto não possibilita a inserção de novas conhecido é seu impacto no informações ao texto. comportamento daqueles que nasceram nesta era tomada pela tecnologia. III. Rotina é definida pela antropóloga Anne b Galileu inventou a ciência. Talvez essa Kirsh como os jovens que não conheceram frase não seja de todo justa, já que muitos o mundo antes do e-mail. antes dele haviam plantado as sementes do IV. Nos quais substitui o termo que viria a se tornar a ciência moderna no relacionamento, já que essa é uma de suas século XVII. O que Galileu fez de funções; a outra é de conectivo. revolucionário foi desenvolver o método que torna a ciência possível, chamado de V. Preferido dos brasileiros faz referência a validação empírica. sites de relacionamento, já que o Orkut é c A ambição do Google supera os limites dos considerado um site desse tipo. mecanismos de busca e propaganda. A Sobre as afirmativas acima, a alternativa missão da corporação é muito mais ampla: correta é: organizar e disponibilizar toda a informação do mundo, como forma de possibilitar a I e III conhecimento. É um site que sabe seu b I e IV nome, o que você escreve, o que você busca e, também, onde você está. c II e III d O mais notável nesta geração é o fim da d IeV separação entre o mundo real e o virtual. Um diálogo por mensagem instantânea é e II e IV hoje tão intenso quanto um encontro cara a cara e, muitas vezes, até mais íntimo. e “Lari-lari”, “do nada pra lugar nenhum”, “conversa fiada”, “potoca” também são produtos da alta tecnologia virtual, usados por toda a sociedade que se considera moderna. UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 4
  5. 5. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 7. Ainda sobre o Texto 3, considere as afirmativas 9. Até hoje a humanidade luta para reduzir os a seguir: efeitos do Tempo sobre a Beleza física. I. A relação entre realmente e virtualmente Recursos tecnológicos usados pela medicina existe em virtude de os nativos da geração têm atraído pessoas interessadas em conservar digital usarem efetivamente o computador a juventude e a auto-estima. Veja como Olavo como meio de compartilhar suas Bilac trata a relação dos seres humanos com o experiências. Tempo. II. A amizade, após o advento dos sítios de Expira a primavera. O sol fulgura relacionamentos, é privilégio da internet, na Com o brilho extremo... E aí vêm as noites qual jovens se relacionam uns com os [frias, outros para compartilhar conhecimentos, a Aí vem o inverno da velhice escura... partir dos quais nasce uma amizade pelo que a pessoa é. Ah! Pudesse eu fazer, novo Ezequias, III. É claro que as gerações que nasceram Que o sol poente dessa formosura antes do advento dos sítios de Volvesse à aurora dos primeiros dias! relacionamentos não conhecem a nova Nos tercetos acima, vê-se: forma de trocar experiências, e por isso não farão mais nenhuma amizade. a uma oposição entre o nascer do sol e a IV. Apesar da alta tecnologia, também são juventude. encontradas formas de corrupção entre os b imagens efêmeras para metaforizar a usuários dos sítios de relacionamentos que, alegria da maturidade. por serem virtuais, permitem também formas criminosas nestes relacionamentos. c frio e calor como sinônimos de Beleza. Sobre as afirmativas acima, a alternativa d poente e nascente como metáforas do vigor correta é: juvenil. a I e II b II e III e inverno e velhice tratados como c III e IV experiências inevitáveis e tristes. d I e III 10. Cesário Verde cultivou um realismo permeado e I e IV por impressões acerca da vida urbana. A 8. A burguesia criou e aprimorou toda a tecnologia dinâmica da cidade e seus avanços tecnológicos mercantil e urbana. Passamos das moedas não fascinam o poeta. Seus versos mostram, cunhadas em cobre ao cartão de crédito, por sutilmente, que a prática antiética capitalista, exemplo; das aldeias e vilas povoadas por fundamentada na exploração econômica, é artesões às metrópoles industrializadas. A mascarada pelo suposto progresso das cidades. sociedade concentrou-se no anseio por dinheiro Assinale os versos que confirmam essa ideia. e tecnologia, mas, individualmente, alguns a “não desejemos, – nós, os sem defeitos –, artistas tendem a romper com um modelo de que os tísicos pereçam! má teoria, vida pautado na produção e no enriquecimento. se pelos meus o apuro principia, Marque a alternativa em que Álvares de se a morte nos procura em nossos leitos! Azevedo vale-se do humor para criticar o pragmatismo (praticidade) do modelo de b “hoje entristeço. Lembro-me dos coxos, sociedade capitalista. dos surdos, dos manhosos, dos manetas. a “Triste de noite na janela a vejo Sulcavam as calçadas, as muletas; E de seus lábios o gemido escuto cantavam, no pomar, os pintarroxos!” É leve a criatura vaporosa c “contudo, nós não temos na fazenda, Como a frouxa fumaça de um charuto” nem uma planta só de mero ornato! b “O degrau das igrejas é meu trono, cada pé mostra-se útil, é sensato, Minha pátria é o vento que respiro, por mais aromas que recenda!” Minha mãe é a lua macilenta, E a preguiça a mulher por quem suspiro.” d “e sinto, se me ponho a recordar c “É ela! É ela! – murmurou tremendo, tanto utensílio, tantas perspectivas, E o eco ao longe murmurou – é ela! as tradições antigas, primitivas, Eu vi a minha fada aérea e pura – e a formidável alma popular!” A minha lavadeira na janela” e “semelham-se a gaiolas, com viveiros, d “Acordo palpitante...inda a procuro; as edificações somente emadeiradas: Embalde a chamo, embalde as minhas como morcegos, ao cair das badaladas, [lágrimas saltam de viga em viga os mestres Banham meus olhos, e suspiro e gemo...” [carpinteiros.” e “Eu deixo a vida como deixa o tédio Do deserto o poento caminheiro, Como as horas de um longo pesadelo Que se desfaz ao dobre de um sineiro.” UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 5
  6. 6. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 11. Você lerá, a seguir, versos de Álvares de 13. Machado de Assis sempre esteve na contramão Azevedo e de Castro Alves sobre temas das certezas objetivas que deram suporte ao variados. Assinale aqueles em que o conteúdo pensamento científico da segunda metade do pode ser associado à ideia de tecnologia e século XIX, isso se percebe nos momentos em progresso econômico que dominou o final do que relativiza ironicamente o comportamento século XIX. de suas personagens. Com base nisso, assinale a opção em que o comentário do autor revela a “Ver a Itália e morrer!...Entre meus sonhos esse procedimento. Eu vejo-a de volúpia adormecida” b “Já da morte o palor me cobre o rosto, a “D. Paula ouviu tudo calada; depois falou Nos lábios meus o alento desfalece,” também. Concordava que a sobrinha fosse c “A praça! A praça é do povo leviana; era próprio da idade.” Como o céu é do condor” b “Venancinha recolheu-se logo, e, como a d “Deus! Ó Deus! Onde estás que não luz era agora maior, saiu da sala com os [respondes? olhos baixos, para que o criado não lhe Em que mundo em que estrela tu te visse a comoção.” [escondes c “Conrado riscou um fósforo, acendeu o Embuçado nos céus?” cigarro, e fez-lhe um gesto de gracejo, e “Dos pampas, das savanas desta soberba para desconversar; mas a mulher teimou.” [América d “D. Camila entrou na casa dos trinta e não Prorrompe o hino livre, o hino do trabalho; lhe custou passar adiante.” E ao canto dos obreiros, na orquestra e “Era o neto. Ela, porém ia tão apertadinha, [audaz do malho!” tão cuidadosa da criança, tão a miúdo, tão sem outra senhora, que antes parecia mãe 12. Leia os comentários abaixo sobre os contos No do que avó; e muita gente pensava que Moinho, de Eça de Queirós, O Rebelde, de era mãe. Que tal fosse a intenção de D. Inglês e Sousa e a peça teatral Fr. Luís de Camila não o juro eu ("Não jurarás", MAT. Sousa, de Almeida Garrett. Analise-os e V, 34).” assinale aqueles que contêm somente afirmações corretas. 14. Havia nas fazendas e engenhos uma divisão do trabalho e, portanto, de domínio de tecnologia, a Os realistas-naturalistas que viveram em cuja distribuição correspondia, muitas vezes, às uma época de forte expansão da preferências pessoais dos senhores por seus racionalidade científica, produziram, às escravos. Com base nisso, assinale a opção em vezes,personagens idealizados, como Paulo que as frases se referem à ocupação de Isaura da Rocha, de O Rebelde, contrariando o correspondente ao fato de ter perdido a estima que a observação racional do de Leôncio no romance A Escrava Isaura. comportamento humano revela, a saber, que não há ninguém absolutamente a “Depois de muita hesitação (...) optou perfeito. enfim pela carreira do comércio que lhe b D. Maria da Piedade, do conto No Moinho, é pareceu ser a mais independente e segura uma personagem adequada à racionalidade de todas;” (GUIMARÃES:p.15) correspondente ao avanço tecnológico de b “À medida que a menina foi crescendo e fins do século XIX, de vez que suas entrando em idade, foi-lhe ela mesmo avaliações da realidade são coerentes, ensinando a ler e escrever, a coser e a como a que faz do praticante da botica, seu rezar.” (GUIMARÃES:p.18) amante. c “Exilou-a da sala, onde apenas desempenhava levianos e delicados c As opiniões das personagens de Fr. Luís de serviços, para a senzala e os fragueiros Sousa são fundadas em dados racionais, trabalhos da roça, recomendando bem ao como a de Telmo Pais que garante o feitor que não lhe poupasse serviço nem retorno de D. João de Portugal com base castigo. O feitor porém (...) seduzido pelos na carta em que ele afirma voltar um dia encantos da mulata, em vez de trabalhos e “vivo ou morto”. surras, só lhe dava carícias e presentes, d D. Maria de Noronha é a única personagem (...)” (GUIMARÃES:pg.17/18) de Fr. Luís de Sousa que se recusa a d “Era o feitor. Acompanhava-o um mulato analisar a realidade a partir de ainda novo, (...) conduzindo uma roda de fundamentos religiosos. fiar. e Os romances escritos por Adrião, no conto - Anda cá - disse o feitor (...) esta roda te No Moinho, ajudam D. Maria da Piedade a pertence e tuas parceiras que te dêem ter uma visão dos fatos alicerçada naquele tarefa para hoje.” (GUIMARÃES: pg. 51) tipo de razão que fundamenta o e “Pois que tem isso?... continua a cantar... conhecimento tecnológico. tens a voz tão bonita!...” (GUIMARÃES:p.11) UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 6
  7. 7. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 15. A evolução de beneficiamento do café foi crescente, a partir do último quartel do século XIX, sobretudo nas fazendas do Oeste Paulista. Fábricas como a Lidgerwood, a MacHardy e outras passaram a fornecer Fábricas, dgerwood, máquinas de boa qualidade, que contribuiriam para melhorar o processo produtivo do café e modificar, ao ser instaladas, a própria arquitetura do espaço de produção das fazendas. Assim sendo afirma-se que, sendo, nestes tipos de fazendas, a entrada de m quinas e de novas técnicas de produção máquinas produção: a alterou a composição da força de trabalho, pois os escravos especializados em carpintaria, marcenaria, lterou construção civil, etc., existentes na maioria delas, não eram habituados à leitura de manuais e habituados desenhos, nem capazes de promover adaptações técnicas eventualmente necessárias, projetando neste contexto a figura dos “maquinistas”, que desta maneira se tornaram agentes fundamentais na implantação e funcionamento das novas insinstalações mecânicas. b modificou a estrutura hierárquica nestas fazendas, pois o trabalho passou a ser organizado a partir das odificou relações de produção baseadas no sistema de parceria, que foi introduzido neste contexto em questão e que projetou, no cenário da cultura cafeeira, a figura do capataz que, por se tratar em geral de um imigrante italiano, reunia as condições necessárias para administrar todo o processo produtivo, ou seja, da preparação do terreno até a exportação pelo porto de Santos. c favoreceu os trabalhadores livres que viviam nos arredores destas fazendas, pois tais sujeitos tinham qualificação suficiente para o manuseio das novas técnicas de produção, ao contrário dos escravos que não desenvolveram habilidades para o uso das máquinas e das novas técnicas que foram introduzidas novas no processo produtivo em questão, garantindo deste modo, a inserção da mão de obra livre nacional garantindo, no mercado de trabalho agrícola, evitando a imigração europ ia para esta região. europeia d consolidou as relações de trabalho basea onsolidou baseadas na exploração da mão-de-obra escrava, posto que as obra novas técnicas introduzidas nestas fazendas representavam uma exceção no Brasil imperial e por esta e, razão, não tiveram incentivo algum por parte das autoridades políticas locais, que passaram a defend defender com maior rigor a manutenção da escravidão nestas fazendas sob pena de perderem o apoio dos fazendeiros do Oeste Paulista que não podiam pagar pelas inovações tecnológicas. e contribuiu para o crescimento da produção nesta região, revigorando a malha ferroviária da época, ontribuiu construída para o escoamento da produção cafeeira em larga escala pelas fazendas, cujos proprietários haviam transformado os seus escravos em trabalhadores meeiros, livres do ônus da produção e participantes dos lucros da exportação, fato que estimulou a aprovação da lei Áurea pelo Estado Imperial em favor dos poucos escravos existentes no Brasil naquele contexto. 16. A arquitetura, da forma, como está descrita ao lado, é um claro exemplo da/do: a renascença italiana, que teve como características o apego demasiado ao caráter religioso como se religioso, observa na obra arquitetônica em questão, desprezando as manifestações artítisticas cujo tema envolvesse demasiadamente aspectos referentes ao humano tais como o sofrim sofrimento e os prazeres mundanos. b projeto de reurbanização da cidade de Roma, cujo rojeto objetivo era o de apagar da cidade a memória da cultura medieval presente na Península Itálica, dominada pela forte presença muçulmana e bizantina, fruto da presença árabe naqu naquela região durante a Idade Média. c paixão que os renascentistas nutriam pelos aixão clássicos, retomados nos elementos como o arco na Brunelleschi (1377-1446) 1446) foi um fachada da Capela em questão, na ênfase de apela excelente ourives, escultor, matemático, teorias de base racional contidas na matemática e relojoeiro e arquiteto florentino. Ele é mais na engenharia e na dependência da aritmética para conhecido, porém, como o pai da engenharia onhecido, moderna. Ele não somente descobriu a produzir a beleza e harmonia na arquitetura. perspectiva matemática como lançou o projeto da d criação de uma nova mentalidade europ riação europeia igreja em plano central, que veio a substituir a expressa na simetria da constução da fachada da basílica medieval. Somente ele foi capaz de Capela em destaque que se baseava no raciocínio construir o domo da catedral de Florença (figura ença lógico e matemático, e desprezava os aspectos da acima). Sua técnica consistiu em construir duas religiosidade popular dominantes na Cristandade células, uma apoiando a outra, encimadas por medieval, que considerava a arquitetura uma uma clarabóia estabilizando o conjunto. No dádiva dos deuses. projeto da capela de Pazzi, ele utilizou motivos e permanência da ermanência mentalidade medieval nas clássicos na fachada, ilustrando a retomada das produções artísticas e culturais presentes no formas romanas e a ênfase renascentista na anas cenário urbano de Roma, caracterizado pelo simetria e na regularidade. predomínio de prédios pertencentes à Igreja como (Fonte: STRICKLAND, Carol. Arte Comentada: da a Capela de Pazzi, em destaque, revelando a pré-história ao pós-moderno. RJ: Ediouro, 2002. p. moderno. 39.) principal preocupação dos renascentistas na arquitetura. UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 7
  8. 8. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Texto 4 Leia o Texto 5, reflita e escolha a opção correta. “Corre, corre, cavaleiro Texto 5 Pela porta de São Pedro Vai dizer a Santa Luzia Nós, José II, pela graça de Deus eleito Que me mande o lenço branco Imperador Romano, sempre Augusto, Rei da Pra tirar esse argueiro” Germânia, Hungria, Boêmia etc., Arquiduque da (fonte: http://www.aguaforte.com/ herbarium/ Áustria, Duque de Borgonha e da Lorena etc. influenciaportuguesa.html, acesso em 26 set 09: (...). Considerando que a supressão da servidão 15 h ) e a introdução de um regime mais maleável Glossário: estabelecido segundo o exemplo do nosso Argueiro: palhinha, aresta, cisco que entra no olho domínio hereditário da Áustria exerceram a Santa Luzia: santa protetora dos olhos. mais útil influência no melhoramento da agricultura e da indústria, e que a razão e a 17. O Texto 4 exemplifica uma das práticas de caridade falam a favor desta mudança, cura, comum no Brasil dos séculos XVI e XVII. decidimos abolir totalmente, de agora em Tal prática, analisada à luz do contexto colonial diante, a servidão e introduzir em seu lugar um brasileiro, demonstra: regime mais flexível de trabalho. (...) Dada em a os abusos dos colonizadores que Viena, 1o. de Novembro de 1791. desprezaram o conhecimento das FREITAS, Gustavo. 900 textos e documentos de lideranças locais sobre o uso de ervas com História. 2a.Ed, Lisboa, Plátano, s.d. p. 29. poder curativo, de tal modo que tais 18. O chamado “despotismo esclarecido”, adotado práticas foram extintas da memória e da por algumas “cabeças coroadas” da Europa de cultura popular. fins do século XVIII, está relacionado ao b a defesa incondicional dos sujeitos sociais declínio político do absolutismo. São que praticavam a medicina popular como características desta forma de “despotismo”: a formas alternativas de tratamento nas adoção de reformas liberais relativas à doenças consideradas focos de contagio à participação da sociedade civil na vida política do país e à expansão do trabalho livre, população local. condicionada a contratos de trabalho entre as c o espírito de religiosidade, marcado pela fé partes interessadas. Dentre os desdobramentos cristã, impregnado na mentalidade e nas das medidas reformistas dos “déspotas crenças populares na colônia, semelhante esclarecidos” destacam-se propostas voltadas às práticas de cura em Portugal e em para o “progresso econômico e social”, como: outros países da Europa Medieval. a as revoluções liberais que ocorreram na d o ensino nos conventos coloniais, que se Europa do século XVIII e impulsionaram a baseavam nos ensinamentos contidos nos transformação das monarquias absolutistas livros médicos de medicina popular relativa em monarquias liberais, chefiadas por seus aos cuidados dos órgãos humanos, trazidos “déspotas esclarecidos”. da Europa pelos Jesuítas. b a retração do livre comércio pelo e a presença da religiosidade cristã nas continente europeu no século XVIII, o que práticas medicinais que, em tese, impediu o desenvolvimento das relações econômicas capitalistas e emperrou a representavam o saber e a ação adoção de reformas políticas de caráter catequética das diversas ordens religiosas liberal. que operaram na Colônia em favor das c o declínio das grandes potências crenças locais. colonialistas europeias Portugal e Espanha, que gradualmente abriram espaço para o livre comércio entre países europeus e colônias americanas. d a adoção de relações de trabalho estipuladas segundo princípios capitalistas: respeito à propriedade privada, venda da mão-de-obra em troca de salário, obediência à dinâmica de produção de cada fábrica ou manufatura. e a abolição do regime absolutista e a pronta constituição de um Estado Liberal, regulador de relações contratuais de trabalho. UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 8
  9. 9. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 19. O pensamento iluminista esteve, em grande Leia o Texto 6 para responder à questão 20. medida, assentado sobre uma concepção de Texto 6 razão matemática e experimental. O surgimento da noção de ciência moderna é Podemos dar conta boa e certa que, em historicamente marcado pelos avanços das quarenta anos, pela tirania e diabólicas ações dos ciências naturais, impulsionadas por novas espanhóis, morreram injustamente mais de doze teorias, invenções e descobertas, na maioria, milhões de pessoas, homens, mulheres e crianças; desenvolvidas no século XVI e que alcançaram e verdadeiramente eu creio, e penso não ser seu ponto de consolidação com a física absolutamente exagerado, que morreram mais de newtoniana do século XVIII. Considerando as quinze milhões. (...) relações entre a chamada Revolução Técnico- Os espanhóis, com seus cavalos, suas Científica e o surgimento do movimento espadas e lanças começaram a praticar crueldades intelectual iluminista, é correto afirmar que: estranhas; entravam nas vilas, burgos e aldeias, não a a dúvida metodológica cartesiana e o poupando nem as crianças e os homens velhos, nem experimentalismo newtoniano estão na as mulheres grávidas e parturientes e lhes abriam o base de uma concepção de razão científica ventre e as faziam em pedaços como se estivessem aplicável pelos filósofos iluministas para a golpeando cordeiros fechados em seu redil. Faziam apostas sobre quem, de um golpe só de espada, compreensão de questões como o papel do fenderia e abriria um homem pela metade, ou quem, Estado na sociedade, o ordenamento mais habilmente e mais destramente, de um só econômico dos países, a organização da golpe lhe cortaria a cabeça. sociedade civil na vida política, etc. LAS CASAS, Frei Bartolomeu de. Brevíssima relação da b a Igreja católica é reconhecida no seu destruição das Índias Ocidentais: o paraíso destruído. papel de instituição reguladora da vida Porto Alegre, L&PM, 1996, p. 27-31. moral dos cidadãos, estipulando os preceitos da conduta cristã como 20. Sobre as condições que propiciaram a norteadores dos direitos e deveres da conquista espanhola das grandes civilizações sociedade civil, garantidos pela ação do pré-colombianas, a alternativa correta é: Estado. a a associação entre equipamentos de guerra c havia uma tendência à crítica da difusão (canhões, cavalos, espadas, por exemplo) dos valores da civilização europeia, como que garantiram superioridade bélica, e a expressam as ideias de Jean-Jacques adoção de uma estratégia de incorporação Rousseau, em prol da relativização da total do povo subjugado na dominação noção de “progresso” nas sociedades religiosa, territorial, linguística, etc. ocidentais e nas sociedades indígenas da b a realização de uma longa guerra de América. conquista que permitiu a permanência de d parcela destacada dos iluministas defendia bolsões de resistência de povos nativos à a criação de um “governo dos sábios dominação espanhola, que continuaram (filósofos)” que impulsionaria o resistindo às tentativas de controle dos desenvolvimento das sociedades europeias modernos estados nacionais latino- de acordo com os preceitos da razão americanos. científica e que, ao mesmo tempo, buscaria c a ação devastadora das epidemias manter as desigualdades entre os estratos difundidas entre os nativos a partir do sociais. contato com os europeus, fator e as novas teorias e experimentos da preponderante para a subjugação político Revolução Técnico-Científica vieram a ser militar das grandes civilizações pré- absorvidos como novas formas de colombianas. conhecimento e tecnologias aplicáveis ao d a dominação imperialista do cristianismo progresso econômico dos países europeus, professado pelos espanhóis, que buscou sem provocar impacto sobre a ordem suplantar as crenças religiosas de astecas e política ideológica vigente nas Monarquias incas sem ter sofrido quaisquer resistências Absolutistas. locais. e a incorporação da dominação espanhola no calendário cosmológico das civilizações pré- colombianas, anunciada pelas revelações escatológicas dos profetas incas e astecas. UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 9
  10. 10. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Texto 7 Texto 8 “[...] Mais ou menos no início da Era Cristã, O homem através dos tempos: do meio natural começaram a aparecer nas várzeas do rio Amazonas ao meio técnico-científico-informacional aldeias indígenas que eram bem maiores e mais Os revolucionários avanços tecnológicos permanentes do que as aldeias dos grupos que que ocorreram a partir do final da Segunda Guerra vivem do cultivo de raízes tropicais nas regiões de Mundial, foram responsáveis para que as condições terras firmes, áreas de florestas mais afastadas socioeconômicas e culturais alcançassem os níveis (áreas não sujeitas à inundação ou alagação) [...] A atuais de globalização. Esses avanços resultaram em grande quantidade de sítios arqueológicos nas alterações na relação tempo-espaço no planeta. várzeas demonstra também que essa faixa de Uma das características desse processo é a terreno era mais densamente habitada que as áreas exigência da fluidez: de mensagens, ideias, produtos do interior. Esses dados arqueológicos são e etc. Essa fluidez se baseia na formação de redes referendados pelos relatos históricos europeus dos que aumentam a competitividade, em várias séculos XVI-XVII que descrevem as sociedades direções, servindo por sua vez a emergência de indígenas das várzeas como grupos socialmente novos conteúdos a fatos anteriormente já estratificados e que habitavam em grandes aldeias existentes, a exemplo do narcotráfico e conflitos de organizadas em unidades políticas centralizadas comandadas por chefes poderosos. naturezas distintas. Contraditoriamente o processo de globalização é também responsável pela (BARRETO, Mauro. As sociedades indígenas na Amazônia fragmentação do espaço, que contribui para que antes do contato com os europeus.IN FONTES, Edilza determinadas regiões consideradas periféricas (org). Contando a História do Pará: da conquista a fiquem excluídas de acordos e vantagens da sociedade da borracha, vol. I(século XVI- XIX).- Belém: E. Motion, 2002, p.14) (re)organização geopolítica econômica mundial. 21. A partir da leitura do Texto 7 e dos estudos O Texto 8 aborda as transformações históricos que se tem sobre o assunto é correto ocorridas no espaço geográfico mundial como dizer que os grupos indígenas que habitavam a resultado das relações históricas entre sociedade e Amazônia antes da chegada dos europeus: natureza através dos tempos. A partir de sua leitura, responda às questões de 22 a 28. a viviam de forma semelhante em relação à organização econômica, visto que, a 22. Os avanços tecnológicos foram responsáveis fertilidade do solo, provocada pelas pelas condições que resultaram nos níveis enchentes do rio Amazonas, fez com que atuais de globalização. A respeito do desenvolvessem técnicas agrícolas que entendimento atual de globalização é correto contribuíram para o aumento da população, afirmar que: as quais mais tarde foram utilizadas pelos a o elevado grau de internacionalização dos europeus. capitais produtivos transformou as b eram basicamente coletores de frutos, empresas multinacionais em sementes e raízes comestíveis, caçadores conglomerados que contribuem para a de animais de pequeno porte e redução do crescimento da economia e pescadores. Os que passaram a acampar agravamento da atual crise econômica em pequenas palhoças, às margens dos mundial. rios da região, tornaram-se agricultores e b devido o uso da internet ter reduzido as construíram aldeias maiores e mais possibilidades de acesso aos serviços e às densamente povoadas informações, as concepções da relação c tanto as sociedades que viviam nas áreas tempo - espaço se mantêm inalteradas de terra firme como as que habitavam a desde o período pós-Segunda Guerra várzea possuíam um nível de complexidade Mundial. nas suas relações de trabalho que impressionaram os europeus quando aqui c a lentidão da expansão capitalista nos chegaram, o que os estimulou a escravizá- países em via de desenvolvimento é los. resultado da era da globalização que, d apresentavam uma cultura material através das grandes corporações diferenciada, mesmo tendo vivido na multinacionais, influencia de forma mesma época e, muitas vezes, em áreas reduzida na dinâmica econômica desses próximas, pois as nações indígenas que países. viviam nas áreas de várzea apresentavam d a globalização do processo produtivo um nível maior de complexidade na sua promove, nos dias de hoje, a redução do organização política, social e na confecção consumo e do comércio, consequência da de seus objetos. invasão de mercadorias, que ocorre e plantavam basicamente o milho e a prioritariamente nos países desenvolvidos. mandioca, utilizando–os também como e neste processo, ocorre a troca instantânea moeda de troca, o que facilitou as relações de informações e consequente fechamento comerciais entre as diversas nações de transações comerciais e/ou financeiras, indígenas, que aqui se localizavam, e entre favorecendo a intensificação da elas e os grupos europeus. competitividade no mercado mundial. UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 10
  11. 11. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 23. A queda do Muro de Berlim e a reunificação “(...) Poucos conseguem perceber as influências das Alemanhas Ocidental e Oriental da globalização em todos os níveis de nossas vidas: simbolizaram o início de uma nova era. Como pessoal, familiar, na cidade/campo/estado ou país. características da fase, entre a bipolaridade e a Neste contexto sócio-econômico-cultural, a multipolaridade, destacam-se o (a): informação passa a ter um papel central, a relativo atraso tecnológico em que vivia o constituindo-se no maior poder de inter-relação mundo socialista, sobretudo na área da existente, tendo, inclusive, suplantado o poder econômico.” microeletrônica, a insatisfação da população com a chamada “burguesia ALMEIDA,Marina S. Rodrigues. Pensando a Globalização, dourada” (elite política) e ainda a influência a Violência e o Ser Humano. Acessado em:26/09/2009. Disponível em:www.revistapsicologia.com.br da televisão, ou revolução das comunicações que levou ao Leste Europeu 24. A partir da citação acima e dos seus o conhecimento de outras perspectivas de conhecimentos geográficos, é verdadeiro modos de vida da sociedade capitalista. afirmar que o (a): b crescente presença dos Países ricos no a poder da informação se faz em escala Leste Europeu, sobretudo E.U.A e Japão mundial através de diversos fatores, sendo através da transferência de capital e a internet, um dos que mais tem tecnologia, desenvolvendo rapidamente o favorecido o propagar dessas informações. parque industrial destes países Tal processo continua crescendo, consolidando, por conseguinte, suas contribuindo desta forma para uma influências no contexto econômico mundial. harmonização em escala mundial dos c consolidação da hegemonia socialista no hábitos culturais ocidentais. espaço mundial, através da introdução dos b referencial cultural constitui um dos mecanismos da economia de mercado, a elementos explicativos ligados à privatização das empresas estatais, e do organização do espaço geográfico mundial. fortalecimento das tropas soviéticas do A partir da mundialização das relações Afeganistão, onde o exército estava humanas de hoje, este foi totalmente comprometido desde os anos de 1970. aniquilado, pois provoca o esfacelamento d crescimento da indústria bélica na antiga de culturas regionais e a dissolução das União Soviética, bem como a implantação características individuais da maioria das de uma série de reformas político- populações, que ficam sem história e sem econômicas internas e iniciativas na área identidade. da política externa, criando um clima de c avançar cada vez mais intenso do poder da liberdade que não só colocou o povo nas informação contribui de forma significativa ruas como representou a emergência do para a difusão pelo mundo de símbolos do regime capitalista na ex-URSS. modo de vida capitalista, a exemplo do e uma significativa melhora nos padrões de consumo de determinados produtos e/ou vida da população do Leste Europeu, marcas como Coca-cola e artigos evidenciada na qualidade da alimentação, esportivos da Nike. da moradia e da assistência médica. Isto d cultura de cada povo e de cada lugar levou a população a desenvolver um modo ganha novos elementos com a globalização de vida marcado, fundamentalmente, pelo e avanço tecnológico das comunicações, consumo, individualismo e desperdício. promovendo a estandardização cultural em escala mundial, atingindo até mesmo as sociedades mais isoladas. e avanço dos meios de comunicação provocou significativas transformações em vários aspectos da vida das sociedades contemporâneas, que passam a viver em um espaço mais denso de fluxos informacionais, contribuindo decisivamente para a total unificação cultural dessas sociedades. UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 11
  12. 12. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 25. A discussão sobre o narcotráfico permeia os 26. A intensificação do comércio mundial, mais diversos ambientes diplomático- resultante da expansão e da fragmentação do administrativos e assume posição de destaque processo produtivo das multinacionais, aliada à nas agendas dos Estados americanos e no queda das barreiras fiscais em diferentes restante do mundo. Tal debate giraria, em países, fomentou a formação de alianças e dos torno, principalmente, das políticas de blocos econômicos regionais. Sobre as segurança nacional, uma vez que o mesmo diferenças sócio-econômicas no interior deles e congregaria e patrocinaria a criminalidade entre eles afirma-se que o(a): “organizada” em diferentes nações do espaço a NAFTA, apresenta forte integração mundial. Sobre o exposto, é correto afirmar econômica e cultural, o que pode ser que: observado no uso do idioma inglês como a o crime organizado que controla o tráfico segunda língua da população do México- de drogas apresenta características país integrante do bloco -, bem como na empresariais para se adaptar ao mercado livre circulação de pessoas dentro dos global e não tem conseguido se ligar a países que o formam, tal como ocorre na atividades legais, o que dificulta a lavagem União Europeia. do dinheiro oriundo desta atividade ilícita. b APEC apresenta reduzidas diferenças sócio- b o narcotráfico vem se apresentando nos econômicas no seu interior, consequência países mais pobres como alternativa de do desenvolvimento acelerado e trabalho e geração de renda, harmônicos de seus membros que principalmente nas regiões periféricas dos expandiram seus mercados e aproximaram grandes centros urbanos, ocupando, na suas economias ao contexto norte- maioria das vezes, o vácuo deixado pelo americano. Estado e promovendo a cultura da paz, c União Europeia, oriunda do antigo bem como a valorização da vida. Mercado Comum Europeu, apresenta, se c o crescimento da demanda por cocaína nos comparado aos demais blocos, menor Estados Unidos e Europa, nas últimas desnível socioeconômico interno, ao passo décadas do século XX, minimizou o tráfico que o NAFTA possui maior desnível de drogas nos países andinos, socioeconômico interno, em virtude da transformando tal atividade de proporções crescente dependência e vulnerabilidade ambiciosas em um negócio de magnitudes econômica mexicana. modestas. d MERCOSUL constitui uma zona de livre d hoje as rotas do narcotráfico alcançam o comércio, sendo que as mercadorias mundo inteiro e não diferenciam países fabricadas nos seus países membros produtores de países consumidores. Este circulam entre eles totalmente isentas de mercado global atinge lucros que podem tarifa de importação, contudo, não se ser comparados a determinados setores da chegou ainda hoje a um acordo entre seus indústria, o que afere um imenso poder ao componentes, sobre a livre circulação de tráfico de drogas. pessoas dentro do bloco. e a guerra promovida pelos Estados Unidos e formação da União Europeia representa um na América Latina contra o narcotráfico, novo tipo de colonialismo, caracterizado em particular contra a produção de coca na pela deteriorização das condições de vida Bolívia, Peru e Colômbia está diretamente dos trabalhadores europeus, relacionada a sua preocupação com a principalmente dos países recém garantia da soberania e autonomia destes introduzidos no bloco. Destaca-se, neste estados-nação no continente. contexto, a intensificação de problemas sociais (desemprego, violência urbana dentre outros) a exemplo da Alemanha e Espanha. UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 12
  13. 13. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 28. Ao longo do século XX, com continuidade no – Emergentes na crista da onda século XXI, a humanidade vem-se deparando com a temática de busca pela paz e da resolução dos conflitos que envolvem vários “Estudo feito por um economista inglês (Jim grupos sociais. Esses ocorrem em realidades O’ Neill) aponta países emergentes como geográficas e momentos históricos distintos, líderes no cenário econômico mundial até adquirindo nos dias atuais novos conteúdos, 2050.” que muitas vezes resultam em novas LEAL, Milton. Emergentes na crista da reconfigurações territoriais, a exemplo do onda.Geografia: conhecimento prático.nº 22;ano 2009. (a/s): a lutas que ocorrem entre Índia e Paquistão 27. No atual contexto do mundo globalizado, onde pelo controle do território da Caxemira, a competitividade é essencial, países que possui nuances religiosas, a área emergentes como Brasil, Rússia, Índia e China disputada tem uma posição estratégica (os chamados BRICs) são considerados pelo privilegiada, no norte da Índia e muito economista acima citado como “os países do próximo aos mananciais localizados nas futuro”. A respeito da repercussão desses regiões montanhosas do Tibete e do países na economia mundial e regional é Himalaia. Após vários anos de conflitos, a correto afirmar que: Caxemira foi considerada oficialmente a apesar do grande sucesso dos BRICs, esses como Paquistanesa. países emergentes pouco se preocupam em b que ocorreu na Europa após o término da refletir as alterações que estão ocorrendo Guerra Fria, com a ocorrência de vários na economia mundial e com a necessidade conflitos nacionalistas que se estenderam de representação em instituições desde as Repúblicas bálticas como a financeiras internacionais. Lituânia, dentre outras, até a Região do b essas quatro maiores economias Adrático, o caso da Iugoslávia. Tais emergentes se propõem a atuar de forma movimentos resultaram numa grande coordenada na reforma do sistema reconfiguração territorial desse país com a financeiro, exigindo maiores poderes para emergência de várias novas nações. os países em desenvolvimento não só nas c recente criação do Estado Palestino, com instituições financeiras internacionais como aceitação pelo Estado Judeu de todas as também na ONU (Organização das Nações terras contidas na Faixa de Gaza e término Unidas). da ação militar nesses territórios. Esses c os BRICs valorizam as reflexões sobre as conflitos que existiam há séculos chegaram reformas das mudanças na economia ao fim recentemente com o Acordo de mundial em detrimento da transferência de Oslo, baseado no princípio de “terra por tecnologia para a produção de paz”. biocombustíveis e desenvolvimento técnico d recente reconhecimento da independência da produção agrícola. da Chechênia (antiga República Russa), d a China é considerada como o único país após diversas tentativas conflituosas. O dos BRICs que apresenta uma produção desejo separatista tinha como elemento energética gerada por fontes baratas e motivador a importância econômica da pouco poluentes, contribuindo para que região devido principalmente às reservas esse grupo multilateral apresente carência petrolíferas que possui; ressalte-se que em fontes de energias renováveis. esta região possui reduzida diversidade étnico-religiosas, com predominância de e a crescente dívida externa das empresas e turcos-muçulmanos. dos bancos e a manutenção de uma inflação baixa na Rússia, favorecem o e ampla reorganização territorial que ocorreu desenvolvimento econômico dos países dos de forma pacífica no continente africano BRICs e também promove maior suporte que, em tempos de colonização europeia, econômico para os países pobres. teve em seu espaço uma espécie de “loteamento” pelas nações colonizadoras, sem respeito às etnias que, na maioria das vezes, foram agrupadas em um mesmo território, apesar das diferenças culturais entre estas. UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 13
  14. 14. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 29. Santos Dumont, interessado por aparelhos mais 30. O CNRS, órgão governamental francês pesados que o ar, construiu um biplano e responsável pela pesquisa para o prendeu ao dirigível Santos Dumont n0 14, desenvolvimento de novas tecnologias, mantém batizando essa nova estrutura com nome de centenas de laboratórios próprios. Fica na 14-Bis. Mesmo com as limitações tecnológicas França, mais precisamente em Grenoble, o da época, Santos Dumont voou 60 metros a ESRF (European Synchrotron Research uma altura de dois metros. Após grandes Facility), uma gigantesca estrutura em forma modificações estruturais, repete sua proeza em de anel (duas circunferências concêntricas) que 23 de outubro de 1906 no campo de Bagatelle abriga centenas de laboratórios à disposição de (Paris) e, sob os aplausos de todos, voou 240 qualquer cientista da comunidade européia. metros a uma altura de 6 metros. Considerando Fonte: NEXUS, Ciência & Tecnologia, Nº 2 , ANO II de que partiu sempre do mesmo ponto A conforme 2002, (p.40).Texto adaptado. ilustram as figuras abaixo, então afirma-se que uma relação trigonométrica válida para os ângulos e nessas condições é: Fonte: História da Física, Moacir Costa Ferreira – São Paulo, EDICON, 1998. (p.110); Texto adaptado. primeira experiência: Acelerador de partículas em Grenoble na França. Suponha que na parede interna do anel existam vários pontos de abastecimento de energia distribuídos todos a uma mesma altura, de tal segunda experiência: modo que o arco de circunferência entre dois pontos consecutivos quaisquer, seja sempre correspondente a um ângulo central de 300 (centro do anel). Nessas condições, a diferença entre o número de triângulos que podem ser formados por esses pontos de abastecimento de energia e o número de diagonais do polígono formado por esses pontos é exatamente: a 124 1 b 136 a tgα = tgβ 3 c 146 2 d 154 b tgα = tgβ 3 e 166 c tg α = tg β 31. Uma loja de um shopping Center na cidade de Manaus divulga inscrições para um torneio de 4 Games. Para realizar essas inscrições, a loja d tgα = tgβ 3 gerou um código de inscrição com uma sequência de quatro dígitos distintos, sendo o 5 primeiro elemento da sequência diferente de e tgα = tgβ 3 zero. A quantidade de códigos de inscrição que podem ser gerados utilizando os elementos do conjunto {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9} é: a 4.500 b 4.536 c 4.684 d 4.693 e 5.000 UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 14
  15. 15. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 32. A economia do estado de Santa Catarina 34. A calculadora Calculator funciona em esteve, em 2002, fortemente voltada para praticamente qualquer celular que tenha exportação de manufaturados com maior valor suporte a Java. Você pode indicar funções agregado. Isso exigiu, na época, maior matemáticas com uma ou mais variáveis. empenho de pesquisadores de diversas áreas Acionando o comando Options Evaluate das esferas municipal, estadual, federal e podemos gravar, por exemplo a função f(x) = privada. A tarefa da Funcitec é financiar Ciência cos(x), conforme ilustra a figura abaixo. & Tecnologia por meio da abertura frequente de editais abertos e com referências competitivas Para desenhar o gráfico claras. A figura abaixo apresenta alguns dados dessa função f(x) = cos(x), que ilustram a busca para financiamento de acione o comando Options pesquisas de um desses editais promovidos New e digite: plot(- π , π ,f) pela Funcitec. e, em seguida, Options Evaluate. O gráfico que melhor representa a função www.celularshow. com.br f(x) gerado na Calculator é: a Fonte: NEXUS, Ciência & Tecnologia, Nº 2 , ANO II de 2002, (p.40).Texto adaptado. b Nessas condições, afirma-se que a probabilidade de um projeto escolhido aleatoriamente, dentre o total dos projetos apresentados, não ser da região sul é de: a 233⁄433 b 301⁄433 c 403⁄433 c d 517⁄433 e 530⁄433 33. A emissão de certidão negativa de débitos, ilustrada no gráfico abaixo, evidencia as duas modalidades disponibilizadas pela receita federal. Considerando que, em 2006, foram emitidas 12 milhões de CND, então o número d de CND’s emitidas pela internet foi de: e Fonte: www.receita.fazenda.gov.br a 8,34 milhões b 9,76 milhões c 10,15 milhões d 10,85 milhões e 11,64 milhões UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 15
  16. 16. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 38. Um dos experimentos marcantes do século 35. XVII, que provou de forma incontestável a existência da pressão atmosférica, foi realizado por Otto von Guericke, construtor da primeira bomba de vácuo, em Magdeburg, na Alemanha. Ele construiu dois hemisférios de cobre (figura abaixo), uniu-os, retirou o ar do interior, produzindo um vácuo de aproximadamente um décimo da pressão atmosférica, e mostrou que, mesmo duas parelhas de oito cavalos cada uma, puxando os hemisférios em sentidos contrários, não conseguiu separá-los. Fonte: www.receita.fazenda.gov.br O gráfico acima mostra a evolução da entrega de declarações e documentos, via internet. A média, em milhões de unidades, de entrega de declarações e documentos no período de 2000 a 2005 é: a 22,4 b 28,5 c 33,6 Gravura do livro de Otto von Guericke. Disponível em: d 40,5 <www.on.br>. Acesso em 12/08/2009. e 45,6 36. O processo de envelhecimento do ser humano provoca diversas modificações no organismo. F F No aparelho auditivo, algumas células não se renovam e vão ficando cada vez mais 60 cm danificadas, tornando difícil ouvir sons agudos. Mundo Estranho, n° 51, set./2009, p. 36, (com adaptações). Com base nessas informações, nesse estágio da vida, o ser humano percebe melhor os sons de: Se o diâmetro dos hemisférios era de a maior comprimento de onda. aproximadamente 60 cm e considerando a b menor intensidade. pressão atmosférica igual a 1,0 x 105 N/m2, é c maior frequência. correto afirmar que: d menor amplitude. a se o experimento fosse realizado em um e maior altura. local de maior altitude, a força para separar 37. De um modo simplificado, um furacão funciona os hemisférios teria o mesmo valor. da seguinte maneira: a água do mar evapora, b a força que mantinha os hemisférios unidos sobe na forma de ar quente e chega até o topo. era uma força de sucção exercida pelo Aí o ar esfria, se condensa e cai de volta no vácuo no interior dos hemisférios. mar. Esse é o “motor” do furacão. Super Interessante, n° 57, out./2008, (com adaptações). c a força mínima para separar os hemisférios deveria ter intensidade de Para acabar com um furacão, a solução aproximadamente 2,5 x 108 N. proposta pelos cientistas é interromper esse ciclo. Nesse caso, para interromper o ciclo do d se o vácuo no interior dos hemisférios fosse furacão, deve-se: aumentado, a força para separá-los seria maior. a aumentar a evaporação da água do mar. e a força que mantinha os hemisférios unidos b reduzir a incidência de raios solares no era produzida pelo peso da coluna de ar, de topo do furacão. 60 cm de altura, que envolvia os c aumentar a densidade do ar no topo do hemisférios. furacão. d aumentar a temperatura do ar no topo do furacão. e reduzir o tempo de queda do produto da condensação do ar. UEPA PROSEL 2010 – 2ª Etapa / PRISE - Subprograma XII Pág. 16

×