UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
PROSEL 2010 / PRISE SUBPROGRAMA XIII
               1ª ETAPA
     BOLETIM DE QUESTÕES




 ...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

   Leia o Texto 1 para responder às questões de 1 a 4.             3. A “relação emocional...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

     Leia o Texto 3, para responder à questão 6.                   8. Assinale a frase que...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

   Leia os versos de Camões que se seguem, para                    Leia com atenção o exce...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

     O Texto 5 aborda as transformações                         16. “O atual meio técnico-...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

17. O relativo domínio das sociedades humanas                18. “Não é exagero afirmar qu...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

19. As mudanças ocorridas com o processo de                     20. A produção de impactos...
UNIVERSID
                                                    DADE DO ESTADO DO PARÁ

        Abaste
             ecimento...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ




   História Viva, Ano I, nº 5, Março 2004. P.37.
24. A análise da imagem acima e os con...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

                          Texto 6                                    27. Dos movimentos he...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

29. A interligação Norte-Sul é um dos mais                      32. O gráfico abaixo repre...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

34. No processo de geração de um sinal de vídeo                                           ...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

37. No jogo de futebol entre Brasil e Chile do dia 9            39. O mais novo brinquedo ...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

41. Cientistas da Universidade de Brasília utilizaram              44. Na etapa 2 do proce...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

                        Texto 9                                                           ...
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

   As questões de número 52 e 53 referem-se ao                      53. Sobre a estrutura ...
Prova20101
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Prova20101

10.767 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.767
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
91
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prova20101

  1. 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PROSEL 2010 / PRISE SUBPROGRAMA XIII 1ª ETAPA BOLETIM DE QUESTÕES LEIA, COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 1. Este Boletim de Questões é constituído 10. É terminantemente proibida a de 56 questões objetivas. comunicação entre candidatos. 2. Você receberá, também, um CARTÃO- ATENÇÃO RESPOSTA destinado à marcação das 11. Quando for marcar o Cartão- respostas. Resposta, proceda da seguinte maneira: 3. Confira seu nome, número de inscrição a) Faça uma revisão das alternativas na parte superior do CARTÃO- marcadas no Boletim de Questões. RESPOSTA que você recebeu. b) Assinale, inicialmente, no Boletim de 4. No caso de não coincidir seu nome e Questões, a alternativa que julgar número de inscrição, devolva-o ao fiscal correta, para depois marcá-la no e peça-lhe o seu. Se o seu cartão não Cartão-Resposta definitivamente. for encontrado, solicite um cartão c) Marque o Cartão-Resposta, usando virgem, o que não prejudicará a caneta esferográfica com tinta azul ou correção de sua prova. preta, preenchendo completamente o círculo correspondente à alternativa 5. Após a conferência, assine seu nome no escolhida para cada questão. espaço correspondente do CARTÃO- d) Ao marcar a alternativa do Cartão- RESPOSTA, utilizando caneta Resposta, faça-o com cuidado, esferográfica de tinta preta ou azul. evitando rasgá-lo ou furá-lo, tendo atenção para não ultrapassar os 6. Para cada uma das questões existem 5 limites do círculo. (cinco) alternativas, classificadas com as letras a, b, c, d, e. Só uma responde Marque certo o seu cartão como indicado: corretamente ao quesito proposto. Você deve marcar no Cartão-Resposta CERTO apenas uma letra. Marcando mais de e) Além de sua resposta e assinatura, uma, você anulará a questão, mesmo nos locais indicados, não marque que uma das marcadas corresponda à nem escreva mais nada no Cartão- alternativa correta. Resposta. 12. Releia estas instruções antes de 7. O CARTÃO-RESPOSTA não pode ser entregar a prova. dobrado, nem amassado, nem rasgado. 13. Assine a lista de presença, na linha LEMBRE-SE correspondente, o seu nome, do mesmo modo como foi assinado no 8. A duração desta prova é de 5 (cinco) seu documento de identidade. horas, iniciando às 8 (oito) horas e terminando às 13 (treze) horas. BOA PROVA!
  2. 2. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Leia o Texto 1 para responder às questões de 1 a 4. 3. A “relação emocional entre homem e blocos cinza”, demonstra que: Texto 1 a a arquitetura atual deveria empregar “A função estética dos produtos promove a dimensões místico-mediativas associadas sensação de bem-estar, identificando o usuário com ao usuário no cotidiano. produto, durante o processo de uso. Em paralelo ao b a arquitetura preconizaria a necessidade e mundo da racionalidade e do pensamento lógico, há liberdade de manufatura de usos nos o mundo dos sentimentos, que, nos dias atuais, vai prédios modernos. se separando rapidamente de uma atitude racional, remetendo à forma primitiva da experiência humana. c a arquitetura proporcionaria em suas Um estudo de Alexander Mitscherlich demonstra que construções firmeza e estabilidade o pensamento econômico racional produziu, no necessárias aos seus usuários. campo do urbanismo, uma arquitetura cinza de d a arquitetura de nossos dias priorizaria o blocos de concreto, que não satisfazem as manufaturado, o material, o simples e o necessidades psíquicas das pessoas. Este tipo de requintado construtivo. arquitetura impede qualquer possibilidade de relação emocional entre o homem e os blocos cinza. A e a arquitetura moderna possibilitaria a deficiente função estética destas formas impede uma otimização sensorial de suas construções. relação saudável com o objeto. Isso deveria estimular o designer industrial a reconsiderar tais tipos de 4. Na expressão: “Em PARALELO ao mundo da atitude, ditadas pela lógica racional e critérios racionalidade e do pensamento lógico há o puramente econômicos.” mundo dos sentimentos,...”. O termo em (LÖBACH, Bernd. Design industrial. Rio de Janeiro: destaque é usado no sentido de ideias: ESDI, 2000. p. 64.) a alternadas, que conservam a mesma distância do começo ao fim. 1. De acordo com o Texto 1, afirma-se que o b que se confrontam, que se comparam, que designer industrial: se superam. I. É um promotor de vendas quando produz o c que se repetem ou se assemelham. interesse estético pelos produtos. d em forma de quadrilátero semelhantes em II. Deve atentar exclusivamente para as seus ângulos de pontos de vista. questões práticas e econômicas de e que caminham a par, ou se desenvolvem na produção. mesma proporção. III. Deve-se preocupar apenas com a automação e racionalidade do produto. Leia o Texto 2, para responder à questão 5. IV. Deve contribuir com a estética do produto Texto 2 para atrair a atenção do usuário. A CURA DO CIÚME De acordo com as afirmativas acima, a alternativa correta é: Neurocientistas descobrem que o sentimento ativa os mesmos circuitos cerebrais que uma dor de a I, II e IV dente; isso abre a possibilidade de um dia b II e III resolvermos as desilusões amorosas pingando um c II e IV simples remedinho. (Revista Galileu, setembro, 2009, p. 60) d I e IV e II, III e IV 5. Sobre o Texto 2, é correto afirmar que: 2. O texto em questão é técnico por excelência, a o ciúme é uma dor amorosa. entretanto podem-se encontrar nele várias expressões figuradas. Assinale a alternativa em b uma simples gotinha de remédio acaba com que se encontra uma dessas expressões: a desilusão amorosa. a ... demonstra que o pensamento econômico c a ciência descobriu um remédio para a racional produziu, no campo do desilusão amorosa. urbanismo... d a dor de dente causa a desilusão amorosa. b a função estética dos produtos promove a e a desilusão amorosa causa a dor de dente. sensação de bem-estar. c ... uma arquitetura cinza de blocos de concreto... d isso deveria estimular o designer industrial a reconsiderar tais tipos de atitude. e ... vai se separando rapidamente de uma atitude racional... UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 2
  3. 3. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Leia o Texto 3, para responder à questão 6. 8. Assinale a frase que se refere a um momento do desenvolvimento tecnológico associável à Texto 3 época do Trovadorismo. a “Antes da invenção da imprensa, os livros O Brasil conta com um super-herói. Ele reproduziam-se pelo processo de cópia exportou 29,5 milhões de sacas, com manuscrita em folhas de pergaminho. faturamento de US$ 4,7 bilhões no ano passado (SARAIVA:2005,p.37) e gera nada menos que 8,4 milhões de b “Outras invenções e aperfeiçoamentos empregos. E quer saber mais o que ele faz? técnicos [...] surgem abrindo caminhos para Pode prevenir doenças, como asma e depressão, a ciência conexamente matemática e dá mais disposição, melhora a concentração e experimental, que será um fato no final do até o desempenho dos atletas. Com uma ajuda século XVI com os trabalhos de Galileu.” dessas, quem não constrói um grande país? (SARAIVA:2005, p.172) Pois é, Brasil, continue contando com ele. Beba café. c “Como vimos, Coimbra fica ligada, em (Revista Galileu, 2009, p. 11) 1864, à rede européia do caminho–de-ferro (rede ferroviária).” (SARAIVA:2005,p.797) 6. A palavra e/ou expressão que fundamenta e d “[...] as primeiras sínteses dos compostos determina a ideia central do Texto 3 é: orgânicos, as primeiras descobertas da bioquímica [...] tudo isso sugeria com efeito a super-herói. a unidade material de todos os b doenças . fenômenos,[...]”(SARAIVA:2005,p.799) c atletas. e “A descoberta da tipografia em meados do d café. século XV é estimulada pela existência de um público em crescimento, e dólares. [...]”(SARAIVA:2005, p.172) Leia o Texto 4 para responder à questão 7. 9. Do ponto de vista técnico, é correto afirmar Texto 4 sobre a farsa O Velho da Horta, de Gil Vicente: a utiliza a língua espanhola e a portuguesa Chegou o Honda City, o carro exato para a nos diálogos. sua vida. Exato no conforto do amplo espaço b assinala o tempo com informações precisas, interno, ar condicionado digital e direção com evitando dúvidas sobre o seu fluxo. assistência elétrica EPS. Exato na comodidade do c mantém a tradição do classicismo antigo na porta-malas com incríveis 506 litros de elaboração de um herói destruído pelos capacidade. Exato no desempenho, com toda a deuses que determinam o seu destino. tecnologia do motor i-VTEC, câmbio Paddle Shit e d fixa as ações dos personagens em um aceleração Drive by Wire. Exato na segurança do espaço reduzido. duplo airbag frontal e freios a disco com ABS e e elabora personagens psicologicamente bem EBD. Exato no design moderno, com linhas desenvolvidos, como é o caso da Moça por arrojadas e detalhes que fazem do Honda City quem o velho se apaixona. exatamente o carro que você sempre quis. Incrível como, mesmo superando todas as 10. O uso da tecnologia permitiu aos portugueses suas expectativas, este carro seja exatamente o realizar grandes descobertas marítimas. Essas que você está esperando. Chegou o Honda City. descobertas, entretanto, provocaram graves Exato. problemas éticos, que levaram muitos poetas a (Revista Galileu, setembro, 2009, p. 21) perderem a certeza do valor que elas poderiam ter, produzindo, por conta disso, versos em que 7. Como se observa no texto, a palavra EXATO é passam a falar da inconstância das coisas. usada para convencer que o Honda City é um Localize os versos de Camões que refletem essa carro: noção de ser o mundo um ambiente de incertezas. a necessário. a “Mudam-se os tempos, mudam-se as b requisitado. [vontades, c comprado. Muda-se o ser, muda-se a confiança;” d perfeito. b “Farei que amor a todos avivente e solicitado. Pintando mil segredos delicados” c “Sete anos de pastor Jacó servia Labão, pai de Raquel, serrana bela,” d “Chove nela graça tanta Que dá graça à formosura.” e “Manda-me amor que cante docemente O que ele em minha alma tem impresso.” UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 3
  4. 4. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Leia os versos de Camões que se seguem, para Leia com atenção o excerto abaixo, para responder à questão 11. responder à questão 13. Enquanto quis fortuna que tivesse Enquanto o sábio arreiga* o pensamento Esperança de algum contentamento, Nos fenômenos teus, oh Natureza O gosto de um suave pensamento Ou solta árduo problema, ou sobre a mesa Me fez que seus efeitos escrevesse. Volve o subtil geométrico instrumento: [...] Porém, temendo amor que aviso desse Minha escritura a algum juízo isento, Eu louco, cego, eu mísero, eu perdido Escureceu-me o engenho co* tormento, De ti só trago cheia, ó Jonia, a mente : Para que seus enganos não dissesse. Do mais, e de mim mesmo ando esquecido * com ... *fixa 11. Localize, nas opções abaixo, o verso em que o poeta registra o modo pelo qual o Amor interfere na sua escritura (tecnologia de 13. No poema acima, Bocage constrói um sujeito linguagem) para impedi-lo de prevenir o leitor poético que: quanto aos seus efeitos. a pratica a racionalidade científica e a “Esperança de algum contentamento,” tecnológica. b “O gosto de um suave pensamento” b se expressa em versos heptassílabos (redondilha maior) típicos do racionalismo c “Me fez que seus efeitos escrevesse” clássico renascentista. d “Porém, temendo amor que aviso desse” c apresenta uma atitude oposta à da e “Escureceu-me o engenho co* tormento” racionalidade científica e tecnológica. d para se opor à racionalidade científica e 12. Gregório de Matos Guerra faz referência à tecnológica não utiliza rimas. própria técnica de estruturação do poema nos e opõe o bucolismo à racionalidade objetiva versos: da ciência e da tecnologia. a “Em todo o sacramento está Deus todo, 14. Cláudio Manuel da Costa descreve uma técnica E todo assiste inteiro em qualquer parte;” usada no processo da mineração do ouro nos b “Não é fácil viver entre os insanos, versos: Erra, quem presumir que sabe tudo, a “As diferentes formas do trabalho, Se o atalho não soube dos seus danos.” Com que o sábio mineiro entre o cascalho c “Não vira em minha vida a formosura, Busca o loiro metal; e com que passa Ouvia falar nela cada dia”. Logo a purificá-lo a escassa Tábua ou canal do liso bulinete*;” d “Três dúzias de casebres remendados, *calha usada para lavagem do ouro Seis becos, de mentrastos entupidos, Quinze soldados, rotos e despidos, b “Vê-se outro mineiro, que se ocupa Doze porcos na praça bem criados.” Em penetrar por mina o duro monte” c ”Entre serras estoutro* (mineiro) vai e “Um soneto começo em vosso gabo; buscando Contemos esta regra por primeira, As betas de ouro; aquele vai trepando Já lá vão duas, e esta é a terceira, Pelo escabroso monte, e as águas guia Já este quartetinho está no cabo.” Pelos canais, que lhe abre a pedra fria” * este outro d “Este é o rio, a montanha é esta, Estes os troncos, estes os rochedos;” e “Leve pois a fortuna os seus favores; Eu os desprezo já; porque é loucura Comprar a tanto preço as minhas dores:” UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 4
  5. 5. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ O Texto 5 aborda as transformações 16. “O atual meio técnico-científico-informacional ocorridas no espaço geográfico mundial como impôs às sociedades contemporâneas novas resultado das relações históricas entre sociedade formas de comportamento e nem sempre estas e natureza através dos tempos. A partir de sua podem ser consideradas éticas no que diz leitura responda às questões de 15 a 21. respeito à qualidade de vida das populações e à preservação ambiental (...). A China, país de Texto 5 regime socialista, considerado uma das economias que mais cresce no mundo, insere-se O HOMEM ATRAVÉS DOS TEMPOS: DO MEIO no atual contexto econômico mundial como NATURAL AO MEIO TÉCNICO- CIENTÍFICO grande exportador de produtos industrializados, INFORMACIONAL enormes investimentos em infraestrutura, com construção de portos, hidrelétricas dentre outros Durante milhares de anos o planeta foi habitado equipamentos(...).” por caçadores e coletores. Nesse período a natureza Adaptado:http://www.suapesquisa.com/geografia/ comandava direta e indiretamente as ações do economia_da_china.htm homem e a precariedade das técnicas disponíveis fazia com que ela triunfasse. Com a domesticação Apesar deste crescimento alucinante, este país, das plantas e dos animais, característica da que é considerado uma das maiores economias Revolução do Neolítico, intensificou-se a criação de do mundo, oferece também: técnicas destinadas a ampliar o controle humano sobre a natureza. a a utilização em larga escala de combustíveis Mais tarde a invenção e difusão das máquinas fósseis (carvão mineral e petróleo) que têm através da Revolução Industrial intensificaram as gerado um grande nível de poluição do ar. Os mudanças ao meio natural. Esse domínio das rios também têm sido vítimas deste sociedades humanas sobre a natureza acelerou o crescimento econômico, apresentando altos potencial produtivo, com tecnologias que afetaram índices de poluição, em especial os que têm profundamente a agropecuária e a indústria e, ao sido utilizados para a instalação de mesmo tempo, intensificaram as alterações hidrelétricas. ambientais. b um rígido controle do governo sobre o salário A partir do meio técnico-científico-informacional da classe operária que, mesmo assim, o espaço geográfico ganhou novos conteúdos e apresenta uma das mais elevadas impôs à sociedade novos comportamentos, onde o mercado graças à ciência, à técnica e à informação remunerações do mundo, o que estimula a tornou-se um mercado global. produção industrial do país, considerada não só a maior em quantidade como também a de melhor qualidade. 15. Como comentado no Texto 5, a história das relações entre sociedade e natureza se c novos e maciços investimentos na área evidenciou através da substituição de um meio educacional, em especial a tecnológica, que natural a um meio cada vez mais artificializado. prioriza como espaço principal para aplicação A respeito da dinâmica da produção do espaço a área rural, fato que melhorou geográfico, através dos tempos, é correto consideravelmente o nível da qualidade de afirmar que: vida da população camponesa, que ainda é a maior porcentagem do contingente total do a o período técnico-científico foi responsável país. pela redução da multinacionalização das empresas e da internacionalização da d restrita influência na economia do resto do produção no espaço geográfico. mundo, haja vista que, apesar de grande produção industrial, seu maior mercado b o meio técnico-científico-informacional é consumidor é interno devido especialmente à responsável pela configuração de um grande população absoluta que possui, sendo espaço que atrai atividades empresariais o excedente consumido nos outros países dinâmicas, para lugares valorizados pela asiáticos. Tal fato está relacionado infraestrutura da era da informação. principalmente à pequena diversificação de c no período em que o espaço geográfico era sua produção industrial. comandado pela natureza, as características e reduzida emissão de gases considerados predominantes eram a aceleração dos causadores do efeito estufa, graças ao fluxos internacionais de mercadorias e a emprego de tecnologias avançadas no setor integração dos mercados financeiros. industrial, em especial nas unidades d o advento da era da informação possibilitou consideradas mais poluidoras como a a intensa transformação da relação tempo- indústria de curtumes, e ainda a total espaço, originando a diminuição das substituição da energia das termoelétricas, distâncias, e total inclusão digital de por outro tipo, a originada de hidrelétricas, populações de países mais carentes de fato possível devido à construção da Represa infraestrutura de comunicações. de 3 Gargantas, (a maior do mundo). e as inovações tecnológicas como o advento do uso da eletricidade e a utilização do petróleo, durante o período técnico, foram responsáveis pela redução do fluxo de pessoas e mercadorias no espaço mundial. UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 5
  6. 6. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 17. O relativo domínio das sociedades humanas 18. “Não é exagero afirmar que o espaço geográfico sobre a natureza ocasionou reflexos na relação contemporâneo é o resultado das de apropriação e utilização dos recursos transformações introduzidas pela Revolução naturais - particularmente a terra - e no Industrial em suas diferentes etapas. O modo desenvolvimento das nações. Os países com de vida atual é (...) fruto das transformações diferentes realidades geográficas e níveis de trazidas pela tecnologia industrial.(...) A desenvolvimento técnico diversos, apresentam ciência, no estágio atual, está estreitamente também distintos problemas de origem ligada à atividade industrial e às outras (...) fundiária. Sobre o assunto é correto afirmar econômicas: agricultura, pecuária, que: serviços.(...), componente fundamental para as empresas, o desenvolvimento científico e a no espaço mundial, o Japão se destaca pelo tecnológico é revertido em novos produtos (...) predomínio das pequenas propriedades, redução de custos, permitindo (...) maior consequência da reforma agrária capacidade de competição num mercado cada implantada logo após a 2ª Guerra Mundial, vez mais disputado.” seguido da introdução de técnicas modernas, máquinas e fertilizantes, que Orbita.starmedia.com/geoplanetbr/indústria.html- garante um ritmo acelerado de produção acessado em 17/09/2009 agrícola, apesar de sua reduzida superfície. No contexto da citação acima, é correto afirmar b na América Latina, os grandes proprietários que: rurais, apesar de se apresentarem em a embora a ciência esteja diretamente ligada menor número, detêm o domínio das áreas ao atual desenvolvimento industrial, as destinadas à agricultura. Assim, atividades deste setor que apresentam concentração fundiária, elevada maior crescimento são aquelas que produtividade e auto-suficiência se simplesmente transformam matérias-primas apresentam como as marcas da produção em produtos manufaturados. agrícola nesta região. b este avanço tecnológico, no setor industrial, c a estrutura fundiária concentrada no espaço provoca a substituição dos trabalhadores geográfico mundial e o baixo uso de humanos por robôs ou máquinas tecnologias, tanto nos países ricos como inteligentes sempre em busca de maior nos países pobres, vem promovendo uma competitividade. Tal fato origina entre nova configuração do campo desde o início outras consequências o chamado do século XX. Destaca-se neste contexto o “desemprego estrutural”, algo bem avanço do agronegócio e da agroindústria. característico e presente na indústria d a chegada do capitalismo às terras contemporânea. expropriadas dos senhores feudais c um setor considerado de ponta, nesta fase originaram os latifúndios, os quais são as técnico-científica-informacional, é a bases ainda hoje da estrutura fundiária do biotecnologia e, particularmente, a espaço geográfico mundial. Como exceções engenharia genética, que atua em várias destacam-se as antigas colônias que direções, sendo que, na agropecuária, o promoveram reforma agrária logo após as surgimento dos cultivos com sementes lutas de independência. transgênicas atingiu alta produtividade, e uma diferença fundamental da política conseguindo com isto diminuir agrícola dos países ricos em relação aos significativamente a fome endêmica de pobres é o fato de o Estado bancar o custo alguns países africanos e asiáticos. da produção. Tal iniciativa dos países ricos d o avanço do setor de engenharia genética resulta do tipo de relação que possui tem possibilitado não só a prevenção de “Terra”, priorizando o mercado externo. doenças congênitas, mas também a seleção das características genéticas das pessoas, antes mesmo do nascimento, fato considerado ético e aceito por unanimidade entre as comunidades científicas e religiosas. e uma grande vantagem deste avanço técnico-científico na indústria é a distribuição homogênea, pelo espaço geográfico global, das vantagens advindas do mesmo, atingindo com igual intensidade as diferentes sociedades contemporâneas da Terra. UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 6
  7. 7. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 19. As mudanças ocorridas com o processo de 20. A produção de impactos ambientais representa modernização técnico-científica sobre a um problema desde que o homem abandonou a dinâmica produtiva do campo introduziu, neste vida nômade e tornou-se sedentário. Tal fato espaço, nova forma de conceber as relações de intensificou-se à medida que as técnicas trabalho e a relação homem-natureza. Neste evoluíam e possibilitavam maior domínio das contexto é correto afirmar que: sociedades sobre a natureza. Neste contexto é a a chamada agropecuária moderna, correto afirmar que, nas áreas urbanas: caracterizada pelo uso intensivo de recursos a o aprimoramento das técnicas na tecnológicos no campo, como máquinas, construção civil intensificou o processo de insumos, dentre outros, concorreu de forma verticalização, contribuindo para a retenção significativa para a diminuição de problemas de calor e alteração na circulação do ar com ambientais e sociais tão comuns aos países consequente formação das “ilhas de calor”. pobres. b de grandes aglomerações industriais o b grande parte das propriedades rurais é consumo de elevada quantidade de energia administrada como uma empresa familiar, e matérias-primas produzem significativa controlando-se os custos da produção em quantidade de resíduos sólidos, líquidos e todas as etapas do preparo do solo a gasosos, que são quase sempre colheita. Tais empreendimentos primam reaproveitados com reciclagens, pela autonomia do trabalho e sociabilidade minimizando intensamente os desequilíbrios camponesa. no meio ambiente urbano. c ocorre a especialização da produção c o acúmulo de poeiras, fuligens e gases resultante da imposição de grandes poluentes promovem a ocorrência da corporações transnacionais do setor inversão térmica, fenômeno que costuma alimentício, que ditam as regras ao ocorrer no verão quando a lenta penetração mercado mundial. A substituição de do ar quente provoca a inversão das ecossistemas importantes por áreas de camadas atmosféricas. monoculturas implicou na auto-suficiência d a intensificação do processo de alimentar dos países pobres. industrialização leva ao aumento da d o modelo de desenvolvimento agrícola, produção de esgotos domiciliares e conhecido como revolução verde, resultou industriais que, ao lançarem os detritos em no processo de desconcentração da terra rios e mares, provocam a presença cada nos países onde foi implantado, bem como vez mais significativa de oxigênio, contribuiu significativamente para a fortalecendo a manutenção e proliferação eliminação da fome mundial. da vida aquática. e tais mudanças tendem a desarticular as e têm diminuído o uso de combustíveis práticas agrícolas de trabalho familiar, fósseis nos veículos automotores com impondo o plantio de culturas que intensa substituição por biocombustíveis, interessam ao mercado mundial de fato que tem contribuído para a melhoria da alimentos. Ao mesmo tempo se processam qualidade do ar nas grandes metrópoles, a diferentes movimentos de lutas pela terra, exemplo do que ocorre em New York e especialmente nos países latino- Pequim. americanos. 21. A geopolítica mundial atual tem apresentado como uma de suas características principais a relativa multipolaridade, em que vários polos de crescimento vêm influenciando o ritmo das atividades econômicas sobre o planeta. Neste cenário, a disputa pela base material energética é um dos aspectos que mais têm impulsionado o quadro político mundial de instabilidade e conflitos. Neste contexto, é verdadeiro afirmar que: a as atividades econômicas, na maior parte do espaço mundial, ao manterem como matriz energética prevalecente as fontes de recursos renováveis, e com forte preponderância dos bio-combustíveis, impõem aos países um grande desafio pela busca de novas técnicas de produção e matérias-primas adequadas, sendo o domínio tecnológico motivo de disputas. b alguns países que possuem grandes extensões de florestas, recursos renováveis, a exemplo do Brasil e Estados Unidos, mantêm como matriz energética o uso de usinas elétricas alimentadas por carvão de origem vegetal, como alternativa para não dependência ao petróleo. Tal fato tem sido responsável, nos últimos anos, pela intensificação do desmatamento nesses países. c surge mundialmente uma nova diretriz que se impõe em função da luta contra a escassez, mas também motivada pelo positivo e crescente movimento de conscientização dos povos pela preservação ambiental do planeta, reafirmando-se atualmente como uma bandeira internacional do pensamento progressista mundial. d no caso do Brasil, sua localização geográfica o torna um dos maiores retentores da maior fonte natural energética do planeta, os recursos hídricos, além de ter um clima totalmente tropical e grande disponibilidade de terras e florestas, fatos que possibilitarão uma grande produção de energia renovável e o domínio técnico-científico da mesma. e não só o petróleo tem sido motivo de questões geopolíticas e até diplomáticas entre países fornecedores e compradores, mas também o gás natural, considerado um combustível poluidor e altamente tóxico. O fornecimento de gás natural motivou questões desta natureza entre Brasil e Venezuela, principal produtor latino-americano deste recurso energético. UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 7
  8. 8. UNIVERSID DADE DO ESTADO DO PARÁ Abaste ecimento d água em Roma de “Que seria de todos nós sem a água? Em m muitas cidade a água é trazida de rios situado m es, os no alto das montanhas. Às vezes, ela percorr . re ce entenas de quilômetros, levada através d e de ca anais especiiais de pedr chamado aquedutos ra, os s. Nos locais em que é necessário atravessar algum N m m aquedutos se elevam acima do sol vale, esses a lo em forma d de arcos, n na forma dde graciosaas pontes.” (LANGLEY, An ndrew & SOUZA Philip. Jorna de Roma: 80 ZA, al 00 a. C. – 400 d.C. Lond dres: Walker B Books. p.24 s/d d.) História Viva. Ano I. Nº 6. Abril 20 a 004. p.55 22 A informaç 2. ção acima ppermite ao le eitor do Jorn nal de Roma, c concluir que e: 23. O tipo de embarcaçã na figura acima é u e ão a uma a os re ecursos téc cnicos utilizados pelos expressão das técn o nicas de navegação d n dos romano os foram insuficient tes para a gregos a ta técnica associada às antigos. Est construução de graandes templos e palácio os, estratégia de guerra contra os persas revelo as p ou: mas f foram eficientes na execução de a uma política ex xpansionista que torn a nou pequen nos projetos urbanos c s como no caso possív o predom vel mínio político dos gregos no o s da construção c dos aquuedutos que Mar Egeu. distribu uíam água n cidade at na té 100 km de distânccia do centr urbano. ro b o des senvolvimen nto naval que se torn q nou eficaz no combate naval, mas ineficiente no e s b os aqu uedutos, coonstruídos n cidade de na comér rcio marítimo. Roma, representa aram a um só tempo o predom mínio dos ro omanos na invenção e a mites técnicos de navegação dos greg c os lim s gos ção de técnicas que lhe permitira utilizaç es am que provocaram o domínio pe ersa na regiã ão. resolveer problemmas urbano os, como o d a insuuficiência té écnica da na avegação fo o oi abastecimento de água e a pe erpetuação das principal fator da sujeição dos gregos ao a d conquistas roma anas representadas na Impér persa. rio arquiteetura. e o preedomínio do gregos so os obre os povvos c a técn nica de construção do aquedut os tos os, inclusive romanos, em razão da antigo e utilizad da superou u a expeectativa dos frota e especializada em batalhas navais. romano quanto à possibilidad de ter água os de potáve em suas casas pois, no início da el , Repúbl lica, pensavva-se que a população romana teria qu a ue viver ààs custas da distribuuição de águ feita pelo etruscos, os ua os mais hábeis arquitetos de entãão. d as pon cos e as linhas retas dos ntes, os arc aqueduutos romano deram a este tipo de os construução mais c caráter estéttico e artísti ico do que funcional, posto que a água que se e pensav em distrib va buir pelos diversos cana ais que a compunham mal cheg m gava às cas sas que fic cavam nos arrredores das cidades. s e a prin ncipal função dos aq quedutos e era interlig gar as diversas regiões da cidade de Roma, prevendo a possível inv vasão bárbar ra, que, em busca de água potáv e vel, ameaçava a sobrevivência dos romano os, por issso, então, os romano criaram este tipo de os construução que protegia a cidade dos possíve invasores eis s. UEPA PROSEL 2 2010 – 1ª Etap / PRISE - Su pa ubprograma XI III Pág. 8
  9. 9. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ História Viva, Ano I, nº 5, Março 2004. P.37. 24. A análise da imagem acima e os conhecimentos historiográficos sobre o mundo do trabalho na Rhazes (865-925 ou 935), o descobridor do Idade Média indicam: sarampo, estudou filosofia e belas-artes, depois a o uso da tração animal no campo, como voltou-se para as ciências naturais. Redigiu técnica agrícola, no contexto em questão, numerosos livros sobre magia, venenos e representou uma revolução na agricultura medicamentos. Aos 30 anos, voltou-se para a medieval. medicina prática, atuando como médico tanto em cidades do Oriente quanto do Ocidente Medieval. b a superação do uso intensivo da mão-de- Sua obra mais popular foi comentada pelo célebre obra servil nos trabalhos agrícolas, o que anatomista do Renascimento Andreas Vessal. Ele impedia, nos séculos anteriores, a teria sido o primeiro a descrever os sintomas do introdução de inovações técnicas na sarampo e da varíola. agricultura. História: a ciência na idade média. Scientific American c a relação do camponês com as técnicas e Vol. I. p.55 recursos agrícolas introduzidos na Baixa Idade Média pelos árabes na Península 25. O exercício da medicina na antiguidade e no Ibérica. medievo representou: d o desenvolvimento das técnicas de a a superação das crenças populares tal qual produção inventadas e utilizadas pelos a existente na Grécia, onde se acreditava camponeses para arar as terras nos banhos curativos no templo do deus pertencentes aos senhores feudais. Esculápio. e a operação da charrua pelos senhores para b a redução das mortes provocadas por garantir a produção de alimentos no período epidemias tal qual ocorreu em fins do em que os servos se revoltavam contra a século XIV, quando a Europa foi assolada superexploração servil. pela Peste Negra. c o avanço das ciências a despeito da pressão psicológica empreendida pela Igreja sobre a cristandade medieval. d o fim do domínio exercido pela igreja nas questões relacionadas às explicações dadas para justificar as doenças que acometiam os cristãos. e a confirmação da ideia corrente de que, na Idade Média, não havia produção de conhecimento técnico-científico suficiente para superar as epidemias da época. UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 9
  10. 10. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Texto 6 27. Dos movimentos heréticos medievais, o que teve maior influência foi a dos cátaros (que em “A Idade Média equipou a Europa. Mostrou- grego quer dizer “puros”). Entre suas se conquistadora e inovadora no domínio da características identifica-se: tecnologia, sabendo aperfeiçoar e difundir a uma hierarquia em sua organização, em técnicas que muitas vezes lhe eram anteriores. cujo topo estavam os perfeitos, os quais Se é um exagero falar da revolução tecnológica, deveriam fazer a pregação aos seus houve uma forte aceleração de um processo adeptos da importância do casamento. tecnológico até então muito lento. A Idade Média continuou a ser um mundo de madeira, mas b a crença na ressurreição e o combate ao aumentou seriamente a utilização da pedra e do princípio da reencarnação aceito pela Igreja ferro. (...) Católica até o período da Baixa Idade Os transportes terrestres foram Média. aperfeiçoados pelo arranjo e conservação das c o princípio de que Jesus era o Salvador estradas, pela construção de carroças maiores e enviado por Deus para redimir a mais sólidas, pelo arranjo da atrelagem de humanidade, mas não admitiam que ele animais de cargas (...), pela construção de fosse Deus. pontes e pela abertura de novas vias, a mais célebre das quais foi a Via Alpina de S. Gotardo, d a busca por uma perfeição pois, como no século XIII.” acreditavam na reencarnação, precisavam ter uma vida pura para garantir uma vida futura melhor. (Le GOFF, Jacques. A velha e nova Europa. Lisboa: Gradiva, 1994, IN MOCELLIN, Renato e Camargo, Rouvane. Passaporte e a pregação sobre a necessidade de seus para a História.S.Paulo:Editora do Brasil, 2007, pag.13). adeptos constituírem famílias, como forma de se livrarem das tentações que uma 26. A partir da leitura do Texto 6 e dos seus liberdade sexual poderia trazer. estudos históricos, é correto afirmar que a Idade Média: 28. a é ainda considerada por muitos historiadores como a “Idade das Trevas” devido à ausência de instrumentos e/ou realizações que identificassem alguma tecnologia. b é um período em que houve um desenvolvimento tecnológico, e nele se identifica o aperfeiçoamento de transportes e a construção de pontes e aberturas de vias. c hoje está sendo renomeada como o “período das luzes”, visto muitos estudiosos terem descoberto que nele ocorreu uma verdadeira revolução tecnológica no campo das construções. d no campo das construções arquitetônicas, Entre as sociedades pré-colombianas temos os registra mudanças significativas, como por Incas, que apresentavam conhecimentos exemplo, a substituição do uso da madeira matemáticos e construíram instrumentos pela pedra e pelo ferro. técnicos que os auxiliavam na contagem numérica. A foto acima é de um desses e aperfeiçoou diversas técnicas herdadas do instrumentos chamado de quipo, e com eles os mundo antigo, ao mesmo tempo que Incas: promoveu uma aceleração do processo tecnológico dos meios de transporte, a projetavam suas plantações. substituindo a tração animal pela utilização b calculavam as horas do dia. do vapor. c realizavam seus recenseamentos. d previam os eclipses. e afastavam os espíritos nos rituais de magia. UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 10
  11. 11. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 29. A interligação Norte-Sul é um dos mais 32. O gráfico abaixo representa o número de modernos sistemas de fornecimento de energia notificações relacionadas a fraudes, invasões e do mundo. São 3.015 torres, cada uma com 30 tentativas de invasão sofridas por usuários de metros de altura. Supondo que a empresa que computador. foi contratada para montagem das torres, utilizou a seguinte estratégia: no 1º dia, foram montadas 2 torres; no 2º, 2 torres; no 3º, 2 torres; e assim por diante. O número aproximado de dias para montar as 3.015 torres foi de: a 1.434,6 b 1.507,5 c 1.604,6 d 1.734,4 e 1.904,7 30. O consumo de energia no Brasil cresceu 5,6% em 2008, se comparado a 2007, de acordo com Analisando o gráfico, observa-se que: levantamento divulgado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE). Considerando todas a as notificações foram decrescentes entre as formas de energia utilizadas, foram 2006 e 2008. consumidos, em 2007, 252 milhões de b em 2006 aconteceu o maior número de toneladas equivalentes de petróleo (tep). notificações. Nessas condições, o crescimento do consumo c a razão de notificações entre 2004 e 2005 é de energia no Brasil em 2008, foi de: 37863/34000. Fonte: Texto Adaptado do site http://www.oglobo.globo.com/pais/Mat/2009 d em 2008 houve o maior número de notificações. a 14,112 milhões de tep e em 2006 as notificações duplicaram em b 15,120 milhões de tep relação às notificações de 2005. c 15,456 milhões de tep d 16,120 milhões de tep 33. Em uma loja o preço da TV 47” LCD Full é de e 17,498 milhões de tep R$ 5.000,00, e recebe um aumento de 5%. No mês seguinte a mesma TV é anunciada em oferta, pelo valor de R$ 4.500,00. O percentual 31. A Fiat está desenvolvendo o primeiro carro de desconto dado pela loja para essa TV foi de elétrico nacional. O modelo já está em fase de aproximadamente: testes. Duas diferenças são marcantes: são absolutamente silenciosos e não emitem a 55% fumaça. Sua autonomia é de 120 km, o b 42% equivalente a um quarto da autonomia de um c 34% carro movido a combustão. A autonomia do carro a combustão é: d 28% (Texto adaptado da revista Veja, 09/09/09) e 14% a 400 km b 450 km c 480 km d 500 km e 550 km UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 11
  12. 12. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 34. No processo de geração de um sinal de vídeo Texto 7 por meio dos sensores CCD/CMOS, quanto maior a quantidade de luz recebida por um Em geral os problemas de gosto e odor em determinado pixel, mais intensa a corrente águas de abastecimento são de natureza elétrica gerada (efeito fotoelétrico na superfície complexa e, sobretudo, de solução tecnológica foto-sensível do pixel) e, portanto, maior a difícil e onerosa tal como o processo de adsorção. carga concentrada nos acumuladores Há muitos modelos matemáticos que procuram individuais associados a cada pixel. Em outras descrever a relação entre a quantidade de palavras, quanto maior a luminosidade maior adsorvato por unidade de adsorvente e a será a corrente gerada. Essa relação no sensor concentração de adsorvato na água. Um desses é sempre diretamente proporcional. O gráfico modelos é o de Freundlich, que está baseado na abaixo que melhor representa a relação da distribuição do adsorvato entre a fase sólida luminosidade com a voltagem é: (adsorvente) e a fase líquida (água) no equilíbrio. Fonte: Texto adaptado de www.fazendovideo.com.br/ Sua expressão pode ser dada por: log log vtsin3.asp log , onde: a • " " é a quantidade de adsorvato por unidade de adsorvente (M.M-1); • " " é a concentração de adsorvato remanescente em solução, no equilíbrio (M.L-3) • " ”e " ” são constantes determinadas empiricamente. b (Texto adaptado da ABES, vol.11 – n0 4/2006 e vol.14 – n0 1/2009) 35. De acordo com o Texto 7, é correto afirmar que: a k = q.Cn b K = nqC c c K = q.n C d q K= n C e K = q.C 36. Dados recentes divulgados pelo Ministério do d Meio Ambiente mostram que os motores de automóvel com menor potência poluem mais do que os motores com maior potência. Três automóveis diferentes foram acelerados uniformemente, a partir do repouso, durante 10s, alcançando as velocidades mostradas na tabela abaixo: Massa do Velocidade Automóvel Automóvel (kg) (m/s) A 800 30 e B 1000 25 C 1200 40 É correto afirmar que o automóvel: a A polui mais que o B b A polui menos que o C c B polui menos que o C d B é o mais poluente e A é o menos poluente UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 12
  13. 13. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 37. No jogo de futebol entre Brasil e Chile do dia 9 39. O mais novo brinquedo da linha BEN 10 é um de setembro, pelas eliminatórias da copa do artefato em forma de concha, com massa de mundo de 2010, uma emissora de televisão, aproximadamente 100 g, que pode subir e usando alguns recursos tecnológicos, forneceu descer verticalmente e até flutuar, como as distâncias percorridas pelos jogadores mostrado na figura abaixo. Por controle remoto, durante o jogo. A tabela abaixo mostra esses uma hélice é acionada dentro da concha, valores para três jogadores durante o primeiro impulsionando o ar para baixo, fazendo com tempo da partida. que o brinquedo se desloque do solo até flutuar, em repouso, a uma altura H. Considerando a aceleração da gravidade igual a Jogador Distância percorrida Tempo 10 m/s2, é correto afirmar que: (m) (min) Daniel Alves 4100 45 André Santos 4300 45 Maicon 4500 45 Sobre as informações acima, é correto afirmar que: I. Dos três jogadores, Maicon foi quem alcançou a maior velocidade escalar média. H II. A velocidade escalar média do jogador André Santos foi de aproximadamente 5,7 km/h. III. Com os dados da tabela, é possível calcular a quando o brinquedo é acelerado, a força de as acelerações escalares médias dos propulsão tem módulo igual ao peso do jogadores. brinquedo. IV. O módulo do deslocamento vetorial do b durante todo o movimento do brinquedo, a jogador Daniel Alves foi de 4100 m. intensidade de sua aceleração é igual a 10 A alternativa que só contém afirmativas m/s2. corretas é a: c a força de propulsão no brinquedo, na posição de altura H, tem módulo igual a 1 N. a I e II d durante o movimento do brinquedo, o b I e III trabalho da força peso é igual à variação da c II e III sua energia cinética. d I e IV e se a altura H for igual a 1 m, a energia e II e IV potencial gravitacional será igual a 1000 J. 38. Certa emissora de televisão que opera em canal 40. Um carro sem motorista transporta passageiros fechado utiliza, em suas transmissões, satélites entre um terminal e um dos estacionamentos de comunicação do tipo geoestacionário. do aeroporto de Londres. Em certo trecho, o Satélites desse tipo orbitam no plano equatorial carro se movimenta a uma velocidade de terrestre e têm período igual ao de rotação da 30 km/h, gastando um tempo de 4 minutos. Terra. Sabendo que a Lua gasta Folha Online, Notícias, 14/08/2009 (com adaptações). aproximadamente 27 dias para dar uma volta Admita que na Europa a emissão de gases completa em torno da Terra e que o raio da sua poluentes esteja num patamar de 130 g/km. A órbita é R, a expressão que representa o raio quantidade de gases poluentes emitidos no da órbita de um satélite geoestacionário é: referido trecho é: a R /27 a 130 g b R /9 b 260 g c R /3 c 390 g d R /(27)1/2 d 520 g e R /(3)1/2 e 650 g UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 13
  14. 14. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 41. Cientistas da Universidade de Brasília utilizaram 44. Na etapa 2 do processo, os produtos obtidos uma técnica inédita para criar um propulsor a pertencem, respectivamente, às funções plasma, capaz de diminuir em até 30% a inorgânicas: potência elétrica necessária ao funcionamento a sal, base e óxido. de foguetes e satélites artificiais. Quando o propulsor produz e acelera o plasma, o satélite b sal, sal e óxido. se movimenta na direção oposta ao do fluxo de c base, base e óxido. plasma. Além disso, os propulsores aumentam d base, hidreto e sal. a vida útil de satélites geoestacionários, porque corrigem a altitude e a órbita dos mesmos. O e sal, ácido e hidreto. princípio físico que explica a propulsão de foguetes movidos a plasma é conhecido como: 45. Em relação ao cálcio, elemento presente nas a Conservação da energia mecânica. substâncias carbonato de cálcio e sulfeto de b Conservação da quantidade de movimento. cálcio, na etapa 2 do processo, é correto afirmar que: c Lei da gravitação universal. d Lei dos períodos de Kepler. a se encontra no terceiro período da tabela periódica. e Lei das órbitas de Kepler. b possui quatro elétrons na camada mais 42. Um paciente infectado pelo vírus A H1N1, externa. causador da doença conhecida como gripe c apresenta caráter não metálico. suína, repousa num leito de hospital. Ao tossir, d possui tendência de formar íons de carga gotículas são lançadas em todas as direções positiva. com a mesma velocidade escalar, sendo que na vertical elas atingem uma altura máxima de e pertence à família dos metais alcalinos. 5 m. Sendo a aceleração da gravidade igual a 10 m/s2, a distância mínima que se deve 46. O físico-químico inglês Michael Faraday (1791- manter deste paciente para não ser atingido 1867) estudou o comportamento de materiais pelas gotículas é: quanto à condutividade elétrica. Atualmente, a 2m professores de Química utilizam diversos b 4m experimentos para explicar a condutividade elétrica para seus alunos. Em um experimento c 6m sobre condutividade elétrica, é esperado que: d 8m I. Uma solução aquosa de açúcar (sacarose) e 10 m conduza corrente elétrica. II. Uma solução aquosa de soda cáustica O Texto 8 refere-se às questões 43 a 45. (hidróxido de sódio) conduza corrente elétrica. Texto 8 III. Uma solução aquosa de sal de cozinha (cloreto de sódio) não conduza corrente Um grande avanço químico revolucionou a elétrica. produção de sabões: em 1791, Nicolas Leblanc IV. Uma solução aquosa de ácido clorídrico (1742-1806) concluiu o desenvolvimento do (ácido muriático) conduza corrente elétrica. método de síntese da barrilha (Na2CO3) a partir da salmoura (NaCl aq). Essa síntese se processa De acordo com as afirmativas acima, a em duas etapas: alternativa correta é: Etapa 1: a I, II e III NaCl + H2SO4 → Na2SO4 + HCl (não-balanceada) b II, III e IV Etapa 2: c III e IV Na2SO4 + CaCO3 + 2C → Na2CO3 + CaS + 2CO2 d II e IV Adaptado de: Vanin, José Atílio. Alquimistas e químicos: o e I passado, o presente e o futuro 2ª ed. São Paulo, Moderna, 2005. 43. Na etapa 1 os coeficientes estequiométricos da equação balanceada são, respectivamente: a 1, 1, 1, 1 b 1, 1, 2, 2 c 2, 1, 1, 2 d 2, 2, 2, 1 e 2, 2, 2, 2 UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 14
  15. 15. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ Texto 9 Texto 10 O ser humano criou várias maneiras de As novas tecnologias de comunicação ajudam captar energia da natureza. De todos, as usinas a prevenção das doenças sexualmente nucleares são disparado o mais polêmico. transmissíveis com o mínimo possível de Nenhuma forma de energia tem um passado tão exposição. Quanto a isso, a campanha Muito horrível. A fissão nuclear (processo prazer, sexo sem DST, consiste em um site que representado pela equação X) é a tecnologia que permite aos usuários o envio de cartões virtuais gerou as bombas de Hiroshima e Nagasaki (pelo com manifestações clínicas da AIDS1, Herpes2, menos 130000 mortos em poucos segundos, no Gonorréia3 e Sífilis4, dentre outras, como forma ano de 1945), que deixou o mundo tremendo de de alertar seus parceiros sobre DST’s. medo de uma destruição total durante a Guerra (HTTP://virgula.uol.com.br/ver/notícia/tecnologia/2009 Fria e que, em 1986, matou 32 operários no /08/18/216909-cartao-virtual-criado-pelo-governo- acidente da usina de Chernobyl. alerta-parceiros-sobre-dsts, acesso em 18/09/2009, com modificações). (Adaptado: Rev. Superinteressante, 2007, disponível em: http://super.abril.com.br/revista/ 241/ materia _revista _240343.shtml? pagina=1 acessado em: 19/09/09). 50. Sobre as doenças em destaque, no Texto 10, afirma-se que: 47. A equação X, citada no Texto 9, que representa a fissão nuclear é: I. Causada pelo vírus da imunodeficiência humana, o número 1 ataca e destrói os 235 U + 4 α → 141 Ba + 92 Br + 3 4 α + Energia linfócitos. a 90 2 56 36 2 II. O número 2 tem como agente causador 1 1 2 0 b 1H + 1H → 1 H + + 1 e + Energia uma bactéria que pode ocasionar má formação fetal levando à morte do bebê. 235 U + 1 1 c η → 141 Ba + 36 Br + 3 0 η 92 + Energia 92 0 56 III. O tratamento com antibióticos específicos do número 3 promove a cura, e a d 235 U + 4α → 231 Th + Energia 90 2 88 abstinência sexual evita a disseminação da doença. e 234 90 Th → −0 β + 234 Po 1 91 + Energia IV. O número 4 tem como agente etiológico uma bactéria que causa lesões conhecidas 48. Diversos gases, em diferentes regiões, gerados como cancro em ambos os sexos. por indústrias, veículos e queimadas, têm De acordo com as afirmativas acima, a tornado a chuva mais ácida que o normal, alternativa correta é: ocasionando diversos problemas ambientais. Os a I e II principais gases que provocam a chuva ácida são: b II e III a CO2, SO2, SO3, NO2 c II, III e IV b CO2, FeO, SO3, CaO d I, III e IV c CO3, SO3, FeO, NO2 e I, II, III e IV d CO2, SO2, SO4, CaO e CO2, SO3, FeO, NO3 51. A mitose, nos seres eucariontes é o processo de divisão responsável pelo crescimento, 49. Na indústria, diversas reações químicas são desenvolvimento e reposição de células empregadas para obtenção das mais variadas envelhecidas de um organismo. Nesse substâncias que são utilizadas em diferentes processo, a célula envolvida, origina duas fins. Abaixo são descritas cinco equações células geneticamente idênticas à célula mãe. químicas: Sobre a palavra destacada, afirma-se que: I. NaOH + HCl → A + H2O a na metáfase ocorre a formação da placa II. 2 KOH + H2SO4 → B + H2O equatorial. III. Al(OH)3 + HCl → C + 3 H2O b a anáfase é marcada pelo término da IV. Ba(OH)2 + HBr → D + 2 H2O migração das cromátides irmãs. V. KOH + HI → E + H2O c a placa equatorial é evidenciada na anáfase. Nas equações químicas, as letras A, B, C, D e E, representam, respectivamente, as fórmulas: d a telófase caracteriza-se pela separação dos centrômeros. a NaCl; KSO4; AlCl; BaBr3 e KI e o desaparecimento dos nucléolos ocorre na b HCl; KSO3; AlCl2; BaBr e KH metáfase. c NaH; K2SO4; AlCl3; BaBr2 e KI d NaCl; K2SO3; AlCl3; BaBr3 e K2O e NaCl; K2SO4; AlCl3; BaBr2 e KI UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 15
  16. 16. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ As questões de número 52 e 53 referem-se ao 53. Sobre a estrutura de número 4, na figura do Texto 11. Texto 11, afirma-se que: Texto 11 I. No transporte ativo, por difusão simples, muitas substâncias entram e saem da O desenvolvimento de ferramentas tecnológicas célula espontaneamente. avançadas, como a microscopia eletrônica, promoveu o incremento das pesquisas biológicas, possibilitando II. É capaz de englobar partículas líquidas pelo um estudo mais detalhado da superfície externa e processo de pinocitose. interna da célula, como apresentado na figura a III. As moléculas de lipídios ficam imersas na seguir: camada fluida de proteínas. IV. É uma estrutura lipoproteica, constituída 1 principalmente de fosfolipídios e proteínas. De acordo com as afirmativas acima, a 2 alternativa correta é: a I, II e III b I, III e IV c II, III e IV d II e III e II e IV Texto 12 O abacaxi é um autêntico fruto das regiões 3 tropicais e subtropicais, muito consumido em todo o mundo. É rico em vitamina C1, carotenóides2, vitaminas do complexo B e minerais como o 4 potássio3, manganês e cálcio. Além dessas qualidades nutricionais conhecidas previamente, (Fonte: Amabis e Martho: Biologia das células, 2004) análises tecnológicas modernas, identificaram que essa fruta possui uma enzima4, a bromelina, presente no caule, nas folhas e no fruto, que auxilia 52. Na figura do Texto 11, estão ilustrados diversos na digestão de proteínas. componentes celulares. Sobre os componentes (Fonte:Ciência Hoje, volume 39, 2002. Patrícia Maria enumerados, afirma-se que: Pontes Thé) I. O número 1 pode armazenar diversos compostos orgânicos e inorgânicos. 54. Sobre o Texto 12, afirma-se que: II. O componente de número 2 caracteriza um tipo de plasto que está presente em todas I. O número 1 é uma substância orgânica, as células eucarióticas. hidrossolúvel, que previne infecções e o III. A estrutura de número 1 pode se formar a escorbuto. partir das membranas do retículo II. Presente em certas plantas, algas e endoplasmático ou do complexo de golgi. bactérias, o número 2 atua diretamente na respiração celular, e sua deficiência no IV. A fotossíntese, que ocorre na estrutura de organismo humano pode levar à cegueira número 2, tem início com a absorção de total. energia luminosa por moléculas de clorofila. III. O número 3 auxilia no funcionamento das V. A estrutura de número 3 confere rigidez ao células nervosas e influencia o processo de corpo das plantas e acha-se constituída contração muscular. também por micofibrilas de celulose. IV. O número 4 age em substratos específicos De acordo com as afirmativas acima, a que aceleram inúmeras reações químicas alternativa correta é: nas células. a I, II e V De acordo com as afirmativas acima, a b I, III, IV e V alternativa correta é: c I, II, III e IV a II e III d II, III, IV e V b I, II e III e I, II, III, IV e V c I, III e IV d II, III e IV e I, II, III e IV UEPA PROSEL 2010 – 1ª Etapa / PRISE - Subprograma XIII Pág. 16

×