Redação 1: Orientações para produção de texto

7.973 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.973
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
253
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Redação 1: Orientações para produção de texto

  1. 1. R e d a ç ã o<br />ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS<br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  2. 2. Orientações gerais para a produção de textos.<br />Deixar de ler ou mesmo ler de forma errada ou desatenta os textos, pode levá-lo a desenvolver um tema diferente do que foi proposto, o que implicará a desconsideração de seu mesmo. <br /> Lembre-se: o não-atendimento do que um tema determina resulta na desconsideração do texto, o que significa que a redação terá nota zero, como já citado.<br />Outro aspecto avaliado na redação é o da variedade lingüística utilizada. Para o desenvolvimento do tema proposto, é necessário o uso da língua escrita culta, ou, em outras palavras, do português escrito padrão, isto quer dizer, nada de emprego de gírias como “tipo assim”, “muita gente”, ”curtir um baratinho”, “cara”, "deu mó mole”, “bagulho”, “treta”... não se aventure a usar a linguagem do MSN , ORKUT ou outro(s) que são um meio de expressão perfeitamente aceitável nos diálogos travados pelos internautas ou por alguns personagens nos textos narrativos. O padrão culto da língua é utilizado para a circulação do saber e da informação.<br />Evite as abreviações. Procure escrever as palavras por extenso. As abreviações são considerações incorretas.<br />4. Nas citações, use aspas , coloque a vírgula e um verbo seguido do nome de quem disse ou escreveu aquilo. Exemplo: “O que é escrito sem esforço é geralmente lido sem prazer.”, disse Samuel Johnson. <br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  3. 3. Orientações gerais para a produção de textos.<br />Nunca repita várias vezes a mesma palavra. Um dos erros que mais prejudica a expressão adequada de suas idéias é a insistente repetição de uma mesma palavra. Isso causa uma impressão desagradável a quem lê sua redação, além de sugerir pobreza de vocabulário. Quando você constatar que repetiu várias vezes o mesmo vocábulo, procure imediatamente encontrar sinônimos que possam ser usados em substituição a ele.<br />6. Procure não inovar, por sua conta, o alfabeto da língua portuguesa. Evidentemente, certas caligrafias apresentam algumas variações no modo de escrever determinadas letras do alfabeto. No entanto, essa possível variação não deve ser exagerada a ponto de tornar a letra praticamente irreconhecível.<br />Embora não haja na prova recomendação quanto ao tipo de letra a ser usado, é evidente que o texto precisa apresentar um mínimo de legibilidade. Uma redação totalmente ilegível não tem como ser avaliada.<br />8. Para evitar deslizes ortográficos ou mesmo desvios gramaticais, como de concordância verbal e nominal ou regência verbal, recomenda-se que você escreva antes um rascunho e só depois de uma boa revisão passe sua redação a limpo no espaço adequado.<br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  4. 4. Orientações gerais para a produção de textos.<br />A proposta de redação inclui ainda algumas recomendações, como se refere ao número de linhas. É difícil imaginar um texto com um mínimo de consistência argumentativa com menos de 15 linhas. <br />Faça uso adequado dos recursos léxicos e gramaticais necessários para a construção da argumentação. Isso irá relevar a capacidade de articular as partes do texto. Aqui é importante o uso correto dos mecanismos articulatórios da língua, os instrumentos de coesão, como os conectivos (conjunções), os tempos verbais, a pontuação etc.<br />11. Faça uso adequado dos recursos léxicos e gramaticais necessários para a construção da argumentação. Isso irá relevar a capacidade de articular as partes do texto. Aqui é importante o uso correto dos mecanismos articulatórios da língua, os instrumentos de coesão, como os conectivos (conjunções), os tempos verbais, a pontuação etc.<br />12. Evite clichês (lugares comuns) e frases feitas. Exemplos: “subir os degraus da glória”, "fazer das tripas coração", "encerrar com chave de ouro", “silêncio mortal", "calorosos aplausos", "mais alta estima". <br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  5. 5. Noções sobre elementos coesivos<br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  6. 6. Noções sobre elementos coesivos<br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  7. 7. Noções sobre elementos coesivos<br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  8. 8. Noções sobre elementos coesivos / texto exemplo<br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  9. 9. O QUE DEVE SER OBSERVADO NA REVISÃO DO TEXTO<br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  10. 10. O que revisar no texto<br />Vejamos alguns pontos que você precisa se atentar na hora de revisar seu texto: Quanto à estética, observe: a) Se a letra está legível: não quer dizer “letra bonita”, mas sim a preocupação de gerar entendimento para quem ler o texto. b) Se há paragrafação: disposição correta dos parágrafos. Estes devem estar bem estruturados e delimitados por pontuação. c) Se as margens estão regulares: as palavras devem ir até o fim da linha, a não ser que seja um poema. d) O travessão: se há o espaçamento devido antes da utilização deste. e) Se há rasuras: o melhor é que elas não existam! Mas caso ocorram, prefira riscar com um só risco o termo errado e colocá-lo entre parênteses. Coloque a palavra correta acima, ou continue a escrever normalmente, caso o erro aconteça no momento da escrita e na folha definitiva. <br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  11. 11. O que revisar no texto<br />Quanto à gramática, observe: a) Ortografia: as palavras estão escritas da maneira correta? b) Acentuação: há vírgulas em excesso ou falta delas? Há vírgula onde deveria existir ponto final? c) Concordância verbal e nominal: observe se todos os verbos concordam com seus sujeitos e se os substantivos estão concordando com o artigo, numeral, pronome ou adjetivo que os acompanha. d) Regência verbal: veja se a regência do verbo está coerente com seu complemento. e) Colocação pronominal: os pronomes estão posicionados corretamente? Fique atento principalmente aos do caso oblíquo (me, te, se, o, os, a, as, lhe, lhes, nos e vos). <br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  12. 12. O que revisar no texto<br />Quanto à estilística, observe: a) Repetição de palavras, com atenção especial ao pronome “que” e também de idéias: empobrecem o texto. b) Frases longas: deixam o texto confuso. c) Se há elementos conectivos: são essenciais para a coesão (mas, porém, contudo, entretanto, etc.) d) Emprego de palavras ou de argumentos em lugares errados. Quanto à estrutura, observe: a) Se há uma idéia central que norteia o texto ou um conflito básico a ser solucionado. b) Se há uma sequência de fatos enquadrados em uma lógica-temporal. c) Se há presença dos aspectos do tipo de texto escolhido: dissertação (exposição e defesa de argumentos); narração (conflito e exposição da personagem); descrição (características do local e fatos relatados), e assim por diante. Por último, veja a conclusão: ela deve ter no máximo cinco linhas e conter de forma resumida o que foi falado com a apresentação de uma solução para o conflito ou de uma opinião sobre o que foi exposto. <br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />
  13. 13. Vídeo Aula / Dicas de Redação<br />MAC - Construindo Saberes Prof. Gilberto Ulissys <br />

×