SlideShare uma empresa Scribd logo
EEEFM Dr.HORTÊNSIO DE SOUSA RIBEIRO




View of Cadaqués Pani. ca. 1921. Oil on canvas .Salvador
Dali Museum, From Mount St. Petersburg, FL, USA



                        O Aprendizado da Arte


     O aprendizado artístico é um desenvolvimento diferente de cada artista. Eles sempre
fazem uma renovação da arte. O público faz parte desse processo e fica em sintonia com
a arte. O mais legal é os diversos tipos de critérios de julgamento artístico, que são para
todos os gostos.
     Para apreciar melhor a arte exige informação e treinamento, pra uma melhor forma
de apresentação. Nascemos dotados de sensibilidade e da capacidade de fruição estética,
mas para apreciar profundamente a obra de arte, precisando de informação.
      O ideal é saber um pouco sobre o artista, pra conhecer melhor a obra e os estilos
utilizados pra alcançarmos níveis diversos de compreensão, para essa apreciação
estética as informações ficam mais claras para as possibilidades de contemplação.
        A nossa sensibilidade se aprimora cada vez mais. O aprimoramento de nossa
sensibilidade nos ajuda a compreender a arte, seus sentidos e significados. É na aula de
arte que estou tendo a oportunidade de saber a importância disso tudo.




Aluna: Mayara Galdino de Sousa, 29.
Disciplina: ARTE            Série: 9° ano D
Professor: Gilson Nunes

                Campina Grande, 17 de setembro de 2010.
Trabalho de arte 4

Mais conteúdo relacionado

Destaque

primera alternativa(computacion)deyby
primera alternativa(computacion)deybyprimera alternativa(computacion)deyby
primera alternativa(computacion)deyby
Deyby Andia Pillaca
 
Oab evento0001
Oab evento0001Oab evento0001
Oab evento0001DDP
 
Homologação de diplomas estrangeiros
Homologação de diplomas estrangeirosHomologação de diplomas estrangeiros
Homologação de diplomas estrangeiros
Laerte Silva
 
Rangel cleiton
Rangel cleitonRangel cleiton
Rangel cleiton
Agência Assim
 
Exercicio ficha de estoque dre
Exercicio ficha de estoque   dreExercicio ficha de estoque   dre
Exercicio ficha de estoque dre
simuladocontabil
 
Seq.5
Seq.5Seq.5
Seq.5
vanda300
 
Cédula de identidade de estrangeiro
Cédula de identidade de estrangeiroCédula de identidade de estrangeiro
Cédula de identidade de estrangeiro
juramentado02
 
La leche
La lecheLa leche
Anny
AnnyAnny
Anny
disinha
 
Pauta 3º encontro
Pauta 3º encontroPauta 3º encontro
Pauta 3º encontro
Luciana
 
Mapa conceitual
Mapa conceitualMapa conceitual
Mapa conceitual
11021971
 
hoja de vida monica vargas 11a
hoja de vida monica vargas 11ahoja de vida monica vargas 11a
hoja de vida monica vargas 11a
monica vargas
 
Máfia da merenda atuava em PE, AL, MA e SP
Máfia da merenda atuava em PE, AL, MA e SPMáfia da merenda atuava em PE, AL, MA e SP
Máfia da merenda atuava em PE, AL, MA e SP
Daniel Guedes
 
Folheto feira da leitura
Folheto feira da leituraFolheto feira da leitura
Folheto feira da leitura
ecoleitura
 
PSF O Melhor Caminho a seguir entre as Tormentas
PSF O Melhor Caminho a seguir entre as TormentasPSF O Melhor Caminho a seguir entre as Tormentas
PSF O Melhor Caminho a seguir entre as Tormentas
Ana Mendonca
 
As bacterias e_as_enfermidades
As bacterias e_as_enfermidadesAs bacterias e_as_enfermidades
As bacterias e_as_enfermidades
cienciasfaro
 
7ª série 15ª lista
7ª série   15ª  lista7ª série   15ª  lista
7ª série 15ª lista
escolazilah
 
O Imaginário Brasileiro
O Imaginário BrasileiroO Imaginário Brasileiro
O Imaginário Brasileiro
+ Aloisio Magalhães
 
Globalización
GlobalizaciónGlobalización
Router unidad educativa julio maria matovelle 2do bgu"A" 27/01/2015
Router unidad educativa julio maria matovelle  2do bgu"A" 27/01/2015Router unidad educativa julio maria matovelle  2do bgu"A" 27/01/2015
Router unidad educativa julio maria matovelle 2do bgu"A" 27/01/2015
Domenica Priscilla
 

Destaque (20)

primera alternativa(computacion)deyby
primera alternativa(computacion)deybyprimera alternativa(computacion)deyby
primera alternativa(computacion)deyby
 
Oab evento0001
Oab evento0001Oab evento0001
Oab evento0001
 
Homologação de diplomas estrangeiros
Homologação de diplomas estrangeirosHomologação de diplomas estrangeiros
Homologação de diplomas estrangeiros
 
Rangel cleiton
Rangel cleitonRangel cleiton
Rangel cleiton
 
Exercicio ficha de estoque dre
Exercicio ficha de estoque   dreExercicio ficha de estoque   dre
Exercicio ficha de estoque dre
 
Seq.5
Seq.5Seq.5
Seq.5
 
Cédula de identidade de estrangeiro
Cédula de identidade de estrangeiroCédula de identidade de estrangeiro
Cédula de identidade de estrangeiro
 
La leche
La lecheLa leche
La leche
 
Anny
AnnyAnny
Anny
 
Pauta 3º encontro
Pauta 3º encontroPauta 3º encontro
Pauta 3º encontro
 
Mapa conceitual
Mapa conceitualMapa conceitual
Mapa conceitual
 
hoja de vida monica vargas 11a
hoja de vida monica vargas 11ahoja de vida monica vargas 11a
hoja de vida monica vargas 11a
 
Máfia da merenda atuava em PE, AL, MA e SP
Máfia da merenda atuava em PE, AL, MA e SPMáfia da merenda atuava em PE, AL, MA e SP
Máfia da merenda atuava em PE, AL, MA e SP
 
Folheto feira da leitura
Folheto feira da leituraFolheto feira da leitura
Folheto feira da leitura
 
PSF O Melhor Caminho a seguir entre as Tormentas
PSF O Melhor Caminho a seguir entre as TormentasPSF O Melhor Caminho a seguir entre as Tormentas
PSF O Melhor Caminho a seguir entre as Tormentas
 
As bacterias e_as_enfermidades
As bacterias e_as_enfermidadesAs bacterias e_as_enfermidades
As bacterias e_as_enfermidades
 
7ª série 15ª lista
7ª série   15ª  lista7ª série   15ª  lista
7ª série 15ª lista
 
O Imaginário Brasileiro
O Imaginário BrasileiroO Imaginário Brasileiro
O Imaginário Brasileiro
 
Globalización
GlobalizaciónGlobalización
Globalización
 
Router unidad educativa julio maria matovelle 2do bgu"A" 27/01/2015
Router unidad educativa julio maria matovelle  2do bgu"A" 27/01/2015Router unidad educativa julio maria matovelle  2do bgu"A" 27/01/2015
Router unidad educativa julio maria matovelle 2do bgu"A" 27/01/2015
 

Semelhante a Trabalho de arte 4

Trabalho de arte 7
Trabalho de arte   7Trabalho de arte   7
Trabalho de arte 7
Professor Gilson Nunes
 
Trabalho de arte 3
Trabalho de arte 3Trabalho de arte 3
Trabalho de arte 3
Professor Gilson Nunes
 
Trabalho de arte 1
Trabalho de arte 1Trabalho de arte 1
Trabalho de arte 1
Professor Gilson Nunes
 
Trabalho de arte 6
Trabalho   de arte  6Trabalho   de arte  6
Trabalho de arte 6
Professor Gilson Nunes
 
Trabalho de arte 8
Trabalho de arte 8Trabalho de arte 8
Trabalho de arte 8
Professor Gilson Nunes
 
Trabalho de arte 9
Trabalho de arte 9Trabalho de arte 9
Trabalho de arte 9
Professor Gilson Nunes
 
Auto Estima Da Identidade Surda
Auto Estima Da Identidade SurdaAuto Estima Da Identidade Surda
Auto Estima Da Identidade Surda
asustecnologia
 
Trabalho de arte 2
Trabalho de arte 2Trabalho de arte 2
Trabalho de arte 2
Professor Gilson Nunes
 
A linguagem da arte - Arte e artistas - O belo e a formação do gosto.pptx
A linguagem da arte - Arte e artistas - O belo e a formação do gosto.pptxA linguagem da arte - Arte e artistas - O belo e a formação do gosto.pptx
A linguagem da arte - Arte e artistas - O belo e a formação do gosto.pptx
GleidsonJordan2
 
Processos
ProcessosProcessos
Processos
Alfredo Lopes
 
artes.pdf na educação de infância DGE- PT
artes.pdf na educação de infância DGE- PTartes.pdf na educação de infância DGE- PT
artes.pdf na educação de infância DGE- PT
Denise Serra
 
Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)
Fábia Michelle Pereira
 
Atps de artes, criatividade e recreação
Atps de artes, criatividade e recreaçãoAtps de artes, criatividade e recreação
Atps de artes, criatividade e recreação
leticiamenezesmota
 
A Arte como Recurso Educacional de Reflexão
 A Arte como Recurso Educacional de Reflexão     A Arte como Recurso Educacional de Reflexão
A Arte como Recurso Educacional de Reflexão
Vis-UAB
 
Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014
VIVIAN TROMBINI
 
Apostila de artes visuais 2014
Apostila de artes visuais 2014 Apostila de artes visuais 2014
Apostila de artes visuais 2014
Tininha Souza
 
Pibid
PibidPibid
35 127-1-pb
35 127-1-pb35 127-1-pb
35 127-1-pb
marleneevang
 
Vamos falar de arte(1)
Vamos falar de arte(1)Vamos falar de arte(1)
Vamos falar de arte(1)
Luis Silva
 
A valorização da arte
A valorização da arteA valorização da arte
A valorização da arte
Cláudia Reis
 

Semelhante a Trabalho de arte 4 (20)

Trabalho de arte 7
Trabalho de arte   7Trabalho de arte   7
Trabalho de arte 7
 
Trabalho de arte 3
Trabalho de arte 3Trabalho de arte 3
Trabalho de arte 3
 
Trabalho de arte 1
Trabalho de arte 1Trabalho de arte 1
Trabalho de arte 1
 
Trabalho de arte 6
Trabalho   de arte  6Trabalho   de arte  6
Trabalho de arte 6
 
Trabalho de arte 8
Trabalho de arte 8Trabalho de arte 8
Trabalho de arte 8
 
Trabalho de arte 9
Trabalho de arte 9Trabalho de arte 9
Trabalho de arte 9
 
Auto Estima Da Identidade Surda
Auto Estima Da Identidade SurdaAuto Estima Da Identidade Surda
Auto Estima Da Identidade Surda
 
Trabalho de arte 2
Trabalho de arte 2Trabalho de arte 2
Trabalho de arte 2
 
A linguagem da arte - Arte e artistas - O belo e a formação do gosto.pptx
A linguagem da arte - Arte e artistas - O belo e a formação do gosto.pptxA linguagem da arte - Arte e artistas - O belo e a formação do gosto.pptx
A linguagem da arte - Arte e artistas - O belo e a formação do gosto.pptx
 
Processos
ProcessosProcessos
Processos
 
artes.pdf na educação de infância DGE- PT
artes.pdf na educação de infância DGE- PTartes.pdf na educação de infância DGE- PT
artes.pdf na educação de infância DGE- PT
 
Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)
 
Atps de artes, criatividade e recreação
Atps de artes, criatividade e recreaçãoAtps de artes, criatividade e recreação
Atps de artes, criatividade e recreação
 
A Arte como Recurso Educacional de Reflexão
 A Arte como Recurso Educacional de Reflexão     A Arte como Recurso Educacional de Reflexão
A Arte como Recurso Educacional de Reflexão
 
Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014
 
Apostila de artes visuais 2014
Apostila de artes visuais 2014 Apostila de artes visuais 2014
Apostila de artes visuais 2014
 
Pibid
PibidPibid
Pibid
 
35 127-1-pb
35 127-1-pb35 127-1-pb
35 127-1-pb
 
Vamos falar de arte(1)
Vamos falar de arte(1)Vamos falar de arte(1)
Vamos falar de arte(1)
 
A valorização da arte
A valorização da arteA valorização da arte
A valorização da arte
 

Mais de Professor Gilson Nunes

A reforma política que queremos
A reforma política que queremosA reforma política que queremos
A reforma política que queremos
Professor Gilson Nunes
 
Carta de um professor aos paraibanos
Carta de um professor aos paraibanosCarta de um professor aos paraibanos
Carta de um professor aos paraibanos
Professor Gilson Nunes
 
PNE - 2011-2020: construindo um presente tardio
PNE - 2011-2020: construindo um presente tardioPNE - 2011-2020: construindo um presente tardio
PNE - 2011-2020: construindo um presente tardio
Professor Gilson Nunes
 
O planeta movido a internet é escravo...
O planeta movido a internet é escravo...O planeta movido a internet é escravo...
O planeta movido a internet é escravo...
Professor Gilson Nunes
 
Segredos da arte brasileira 1
Segredos da arte brasileira 1Segredos da arte brasileira 1
Segredos da arte brasileira 1
Professor Gilson Nunes
 
Cubismo 1907-1914
Cubismo   1907-1914Cubismo   1907-1914
Cubismo 1907-1914
Professor Gilson Nunes
 
Trabalho de arte 10
Trabalho de arte 10Trabalho de arte 10
Trabalho de arte 10
Professor Gilson Nunes
 
Arte abstrata 1910 1950
Arte abstrata        1910 1950Arte abstrata        1910 1950
Arte abstrata 1910 1950
Professor Gilson Nunes
 
Trabalho de arte 5
Trabalho de arte 5Trabalho de arte 5
Trabalho de arte 5
Professor Gilson Nunes
 
Neo-impressionismo 4
Neo-impressionismo 4Neo-impressionismo 4
Neo-impressionismo 4
Professor Gilson Nunes
 
Neo-impressionismo - 3
Neo-impressionismo - 3Neo-impressionismo - 3
Neo-impressionismo - 3
Professor Gilson Nunes
 
Neo-impressionismo parte 2
Neo-impressionismo parte 2Neo-impressionismo parte 2
Neo-impressionismo parte 2
Professor Gilson Nunes
 
Neo-impressionismo parte 1
Neo-impressionismo parte 1Neo-impressionismo parte 1
Neo-impressionismo parte 1
Professor Gilson Nunes
 
Reflexão epistemológica dos estudos culturais numa perspectiva da educação
Reflexão epistemológica dos estudos culturais numa perspectiva da educaçãoReflexão epistemológica dos estudos culturais numa perspectiva da educação
Reflexão epistemológica dos estudos culturais numa perspectiva da educação
Professor Gilson Nunes
 
Ricardo coutinho e a classe artística campinense
Ricardo coutinho e a classe artística campinenseRicardo coutinho e a classe artística campinense
Ricardo coutinho e a classe artística campinense
Professor Gilson Nunes
 
Porfessor da Paraíba luta por um piso salarial nacional de r$ 3.800 reais.
Porfessor da Paraíba  luta por um piso salarial nacional  de r$ 3.800 reais.Porfessor da Paraíba  luta por um piso salarial nacional  de r$ 3.800 reais.
Porfessor da Paraíba luta por um piso salarial nacional de r$ 3.800 reais.
Professor Gilson Nunes
 
Pós impressionismo
Pós impressionismoPós impressionismo
Pós impressionismo
Professor Gilson Nunes
 
Questionário arte egípcia.
Questionário arte egípcia.Questionário arte egípcia.
Questionário arte egípcia.
Professor Gilson Nunes
 
Arte grega: história da escultura
Arte grega: história da esculturaArte grega: história da escultura
Arte grega: história da escultura
Professor Gilson Nunes
 
Arte grega: história da pintura.
Arte grega: história da pintura.Arte grega: história da pintura.
Arte grega: história da pintura.
Professor Gilson Nunes
 

Mais de Professor Gilson Nunes (20)

A reforma política que queremos
A reforma política que queremosA reforma política que queremos
A reforma política que queremos
 
Carta de um professor aos paraibanos
Carta de um professor aos paraibanosCarta de um professor aos paraibanos
Carta de um professor aos paraibanos
 
PNE - 2011-2020: construindo um presente tardio
PNE - 2011-2020: construindo um presente tardioPNE - 2011-2020: construindo um presente tardio
PNE - 2011-2020: construindo um presente tardio
 
O planeta movido a internet é escravo...
O planeta movido a internet é escravo...O planeta movido a internet é escravo...
O planeta movido a internet é escravo...
 
Segredos da arte brasileira 1
Segredos da arte brasileira 1Segredos da arte brasileira 1
Segredos da arte brasileira 1
 
Cubismo 1907-1914
Cubismo   1907-1914Cubismo   1907-1914
Cubismo 1907-1914
 
Trabalho de arte 10
Trabalho de arte 10Trabalho de arte 10
Trabalho de arte 10
 
Arte abstrata 1910 1950
Arte abstrata        1910 1950Arte abstrata        1910 1950
Arte abstrata 1910 1950
 
Trabalho de arte 5
Trabalho de arte 5Trabalho de arte 5
Trabalho de arte 5
 
Neo-impressionismo 4
Neo-impressionismo 4Neo-impressionismo 4
Neo-impressionismo 4
 
Neo-impressionismo - 3
Neo-impressionismo - 3Neo-impressionismo - 3
Neo-impressionismo - 3
 
Neo-impressionismo parte 2
Neo-impressionismo parte 2Neo-impressionismo parte 2
Neo-impressionismo parte 2
 
Neo-impressionismo parte 1
Neo-impressionismo parte 1Neo-impressionismo parte 1
Neo-impressionismo parte 1
 
Reflexão epistemológica dos estudos culturais numa perspectiva da educação
Reflexão epistemológica dos estudos culturais numa perspectiva da educaçãoReflexão epistemológica dos estudos culturais numa perspectiva da educação
Reflexão epistemológica dos estudos culturais numa perspectiva da educação
 
Ricardo coutinho e a classe artística campinense
Ricardo coutinho e a classe artística campinenseRicardo coutinho e a classe artística campinense
Ricardo coutinho e a classe artística campinense
 
Porfessor da Paraíba luta por um piso salarial nacional de r$ 3.800 reais.
Porfessor da Paraíba  luta por um piso salarial nacional  de r$ 3.800 reais.Porfessor da Paraíba  luta por um piso salarial nacional  de r$ 3.800 reais.
Porfessor da Paraíba luta por um piso salarial nacional de r$ 3.800 reais.
 
Pós impressionismo
Pós impressionismoPós impressionismo
Pós impressionismo
 
Questionário arte egípcia.
Questionário arte egípcia.Questionário arte egípcia.
Questionário arte egípcia.
 
Arte grega: história da escultura
Arte grega: história da esculturaArte grega: história da escultura
Arte grega: história da escultura
 
Arte grega: história da pintura.
Arte grega: história da pintura.Arte grega: história da pintura.
Arte grega: história da pintura.
 

Trabalho de arte 4

  • 1. EEEFM Dr.HORTÊNSIO DE SOUSA RIBEIRO View of Cadaqués Pani. ca. 1921. Oil on canvas .Salvador Dali Museum, From Mount St. Petersburg, FL, USA O Aprendizado da Arte O aprendizado artístico é um desenvolvimento diferente de cada artista. Eles sempre fazem uma renovação da arte. O público faz parte desse processo e fica em sintonia com a arte. O mais legal é os diversos tipos de critérios de julgamento artístico, que são para todos os gostos. Para apreciar melhor a arte exige informação e treinamento, pra uma melhor forma de apresentação. Nascemos dotados de sensibilidade e da capacidade de fruição estética, mas para apreciar profundamente a obra de arte, precisando de informação. O ideal é saber um pouco sobre o artista, pra conhecer melhor a obra e os estilos utilizados pra alcançarmos níveis diversos de compreensão, para essa apreciação estética as informações ficam mais claras para as possibilidades de contemplação. A nossa sensibilidade se aprimora cada vez mais. O aprimoramento de nossa sensibilidade nos ajuda a compreender a arte, seus sentidos e significados. É na aula de arte que estou tendo a oportunidade de saber a importância disso tudo. Aluna: Mayara Galdino de Sousa, 29. Disciplina: ARTE Série: 9° ano D Professor: Gilson Nunes Campina Grande, 17 de setembro de 2010.