Tipos de sermões

535 visualizações

Publicada em

Tipos de sermões

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
535
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
49
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipos de sermões

  1. 1. TIPOS DE SERMÕESTIPOS DE SERMÕES Há basicamenteHá basicamente três tipos detrês tipos de sermõessermões
  2. 2. A.A.Sermão TemáticoSermão Temático 1.1. O Assunto ou Tema Determina oO Assunto ou Tema Determina o Sermão.Sermão.  É o tipo mais usado, é mais fácilÉ o tipo mais usado, é mais fácil prepara-lo.prepara-lo.  Selecione o tema e defina a idéia centralSelecione o tema e defina a idéia central e busque os textos bíblicos,e busque os textos bíblicos,  É muito usado para sermões doutrináriosÉ muito usado para sermões doutrinários e evangelísticos,e evangelísticos,  Os textos tem que ser progressivos eOs textos tem que ser progressivos e elucidativos, tem que haver umelucidativos, tem que haver um crescendo.crescendo.
  3. 3. A.A. Sermão TemáticoSermão Temático 2.2. Uma Idéia de um Sermão Doutrinário:Uma Idéia de um Sermão Doutrinário: 2.1. Os Sinais indicam, Jesus está voltando!2.1. Os Sinais indicam, Jesus está voltando! 2.1.1. Os sinais na natureza,2.1.1. Os sinais na natureza, 2.1.2. Os sinais político-sociais,2.1.2. Os sinais político-sociais, 2.1.3. Os sinais religiosos.2.1.3. Os sinais religiosos.
  4. 4. B.B. O Sermão TextualO Sermão Textual 1.1. O Sermão é tirado de um textoO Sermão é tirado de um texto bíblico pequeno, geralmente um sóbíblico pequeno, geralmente um só verso, de onde vêm a idéia central everso, de onde vêm a idéia central e as divisões principais.as divisões principais. Conduz-se o ouvinte para dentro daConduz-se o ouvinte para dentro da Bíblia.Bíblia. Escolha o texto, defina a idéia centralEscolha o texto, defina a idéia central e busque a seqüência, de preferênciae busque a seqüência, de preferência na ordem do texto bíblico.na ordem do texto bíblico.
  5. 5. 2.2. Ordem Conforme o Texto.Ordem Conforme o Texto. 2.1. Cristo é tudo para o crente2.1. Cristo é tudo para o crente (João(João 14:6)14:6) 2.1.1. Cristo é o2.1.1. Cristo é o caminhocaminho para opara o céu,céu, 2.1.2. Cristo é a2.1.2. Cristo é a verdadeverdade queque orienta,orienta, 2.1.3. Cristo é a2.1.3. Cristo é a vidavida que salva.que salva. B.B. O Sermão TextualO Sermão Textual
  6. 6. C.C. O Sermão ExpositivoO Sermão Expositivo 1.1. Todas as idéias saem do textoTodas as idéias saem do texto e do contexto.e do contexto.  A idéia central, as divisõesA idéia central, as divisões principais e as subdivisões saemprincipais e as subdivisões saem da passagem maior da Bíblia eda passagem maior da Bíblia e são interpretadas à luz dosão interpretadas à luz do contexto.contexto.
  7. 7. C.C. O Sermão ExpositivoO Sermão Expositivo  Pode ser:Pode ser:  Uma Parábola,Uma Parábola,  Um Salmo,Um Salmo,  Um Capítulo (Curto),Um Capítulo (Curto),  Um Episódio.Um Episódio.  Possuí maior volume dePossuí maior volume de conteúdo Bíblico.conteúdo Bíblico.
  8. 8. C.C. O Sermão ExpositivoO Sermão Expositivo  O pregador leva o ouvinte aO pregador leva o ouvinte a reviver as circunstâncias e osreviver as circunstâncias e os sentimentos que produziramsentimentos que produziram aquele texto.aquele texto.  Este modelo de sermão honra aEste modelo de sermão honra a Bíblia, alimenta a igreja eBíblia, alimenta a igreja e desenvolve o pregador.desenvolve o pregador.  O propósito do pregador estáO propósito do pregador está em harmonia, com o propósitoem harmonia, com o propósito do escritor Bíblico.do escritor Bíblico.
  9. 9. C.C. O Sermão ExpositivoO Sermão Expositivo 2.2. Para se elaborar este Sermão,Para se elaborar este Sermão, estuda-se:estuda-se: 2.1. O Histórico,2.1. O Histórico, 2.2. A Gramática,2.2. A Gramática, 2.3. E a Literatura.2.3. E a Literatura.  Respeitando-se sempre oRespeitando-se sempre o contexto.contexto.
  10. 10. C.C. O Sermão ExpositivoO Sermão Expositivo 3.3. Características Básicas de umCaracterísticas Básicas de um Sermão Expositivo.Sermão Expositivo. 3.1. Texto único,3.1. Texto único, 3.2. Fidelidade ao texto,3.2. Fidelidade ao texto, 3.3. As partes ligada entre si – Coesão,3.3. As partes ligada entre si – Coesão, 3.4. O ouvinte é conduzido do ponto de3.4. O ouvinte é conduzido do ponto de partida ao ponto de chegada – Opartida ao ponto de chegada – O Movimento.Movimento.
  11. 11. C.C. O Sermão ExpositivoO Sermão Expositivo 4.4. Como Organizar O SermãoComo Organizar O Sermão ExpositivoExpositivo:: 4.1. Estude bem, o texto e o contexto4.1. Estude bem, o texto e o contexto Bíblico,Bíblico, 4.2. Enumere os pontos altos e idéias mais4.2. Enumere os pontos altos e idéias mais fortes do texto,fortes do texto, 4.3. Descubra o pensamento principal que4.3. Descubra o pensamento principal que o levará à idéia central,o levará à idéia central, 4.4. Escolha a seqüência das divisões de4.4. Escolha a seqüência das divisões de acordo com o clímax que desejaacordo com o clímax que deseja chegar,chegar, 4.5. Respeite a ordem do texto Bíblico.4.5. Respeite a ordem do texto Bíblico.
  12. 12. C.C. O Sermão ExpositivoO Sermão Expositivo 5.5. Explorando o conteúdoExplorando o conteúdo doutrinário do texto.doutrinário do texto. 5.1. O Cristão e o Novo Nascimento5.1. O Cristão e o Novo Nascimento (João 3:1-(João 3:1- 15)15) 5.1.1. A necessidade do novo nascimento5.1.1. A necessidade do novo nascimento (v.v.3-5)(v.v.3-5) 5.1.2. O mistério do novo nascimento (v.v. 6-5.1.2. O mistério do novo nascimento (v.v. 6- 10)10) 5.1.3. A recompensa do novo nascimento (v.5.1.3. A recompensa do novo nascimento (v. 15)15)
  13. 13. ““Pregação: Trinta minutosPregação: Trinta minutos capazes de ressuscitar mortos”.capazes de ressuscitar mortos”. RuskinRuskin
  14. 14. C.C. O Sermão ExpositivoO Sermão Expositivo 6.6. Três Tipos de Pregadores:Três Tipos de Pregadores: 6.1. O que você não pode escutar,6.1. O que você não pode escutar, 6.2. Aquele que você pode escutar,6.2. Aquele que você pode escutar, 6.3. Aquele que você precisa escutar!6.3. Aquele que você precisa escutar!  Um sermão pregado semUm sermão pregado sem capacidade já nasce morto!capacidade já nasce morto!  Bons pregadores, ouvem sempreBons pregadores, ouvem sempre excelentes pregadores.excelentes pregadores.
  15. 15. Estratégias para uma pregaçãoEstratégias para uma pregação dinâmica e significativadinâmica e significativa 1. Pregue com autoridade. Tire seu sermão da Bíblia
  16. 16. Estratégias para uma pregaçãoEstratégias para uma pregação dinâmica e significativadinâmica e significativa 2. Preocupe-se mais com as pessoas do que com o seu sermão. Fale para as necessidades de seus ouvintes.
  17. 17. Estratégias para uma pregaçãoEstratégias para uma pregação dinâmica e significativadinâmica e significativa 3. Fale para a unidade completa do ser humano: cabeça, coração e corpo.
  18. 18. Estratégias para uma pregaçãoEstratégias para uma pregação dinâmica e significativadinâmica e significativa 4. Comprometa as pessoas com a verdade apresentada. Nunca termine seu sermão sem um apelo.
  19. 19. Estratégias para uma pregaçãoEstratégias para uma pregação dinâmica e significativadinâmica e significativa 5. Prove com ilustrações da vida real que a teoria funciona.
  20. 20. Estratégias para uma pregaçãoEstratégias para uma pregação dinâmica e significativadinâmica e significativa 6. Leia muito. Nesta vida nada se cria, tudo se transforma.
  21. 21. Estratégias para uma pregaçãoEstratégias para uma pregação dinâmica e significativadinâmica e significativa 7. Liberte-se das notas. As mãos, os olhos e a voz são poderosos instrumentos de comunicação.
  22. 22. Estratégias para uma pregaçãoEstratégias para uma pregação dinâmica e significativadinâmica e significativa 8. Seja claro, fale a linguagem de povo, mas não seja vulgar.
  23. 23. Estratégias para uma pregaçãoEstratégias para uma pregação dinâmica e significativadinâmica e significativa 9. Pregue muito e coloque em prática o que você aprendeu. Quanto mais você pregar, pregará melhor.
  24. 24. Estratégias para uma pregaçãoEstratégias para uma pregação dinâmica e significativadinâmica e significativa 10. Permita ser usado por Deus. Você é apenas um instrumento nas mãos de Deus.

×