SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
A razão da existência da igreja só pode ser
completamente articulada em vista da comissão que
Jesus lhe deu. Foi para o cumprimento dessa missão que
a igreja foi chamada “para sair” do mundo, a fim de viver
um relacionamento salvador com Cristo.
A igreja primitiva vinculava o batismo ao envolvimento no
ministério da igreja. Por causa deste claro fundamento
teológico, era inimaginável o que alguns defendem
atualmente – que alguém pudesse ser batizado e não se
unir à igreja.
Capítulo 4 o que fazemos...
Capítulo 4 o que fazemos...
Capítulo 4 o que fazemos...

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Destaque (14)

A Lei Maior
A Lei MaiorA Lei Maior
A Lei Maior
 
Homilética 3
Homilética 3Homilética 3
Homilética 3
 
A crítica e seus efeitos
A crítica e seus efeitos A crítica e seus efeitos
A crítica e seus efeitos
 
Palestra casais Compatibilidade
Palestra casais CompatibilidadePalestra casais Compatibilidade
Palestra casais Compatibilidade
 
Manual da igreja Anciãos cap. 8
Manual da igreja Anciãos   cap. 8Manual da igreja Anciãos   cap. 8
Manual da igreja Anciãos cap. 8
 
Capítulo 1 a grande comissão
Capítulo 1 a grande comissãoCapítulo 1 a grande comissão
Capítulo 1 a grande comissão
 
Tempo com a família
Tempo com a famíliaTempo com a família
Tempo com a família
 
A cura da esquizofrenia 1ed
A cura da esquizofrenia 1edA cura da esquizofrenia 1ed
A cura da esquizofrenia 1ed
 
A crítica e seus efeitos jpeg
A crítica e seus efeitos jpegA crítica e seus efeitos jpeg
A crítica e seus efeitos jpeg
 
Como controlar o medo de falar em público
Como controlar o medo de falar em públicoComo controlar o medo de falar em público
Como controlar o medo de falar em público
 
Tipos de sermões
Tipos de sermõesTipos de sermões
Tipos de sermões
 
Capítulo 2 O Que é um Discípulo?
Capítulo 2 O Que é um Discípulo?Capítulo 2 O Que é um Discípulo?
Capítulo 2 O Que é um Discípulo?
 
Treinamento Diáconos IASD
Treinamento Diáconos IASDTreinamento Diáconos IASD
Treinamento Diáconos IASD
 
Planejamento desbravadores
Planejamento desbravadoresPlanejamento desbravadores
Planejamento desbravadores
 

Mais de Gilson Barbosa (11)

2.4 A narrativa da criação no Apocalipse.pptx
2.4 A narrativa da criação no Apocalipse.pptx2.4 A narrativa da criação no Apocalipse.pptx
2.4 A narrativa da criação no Apocalipse.pptx
 
Capítulo 3 missão no testamento
Capítulo 3 missão no testamentoCapítulo 3 missão no testamento
Capítulo 3 missão no testamento
 
História da iasd
História da iasdHistória da iasd
História da iasd
 
Curso de diretoria Desbravadores - História
Curso de diretoria Desbravadores - HistóriaCurso de diretoria Desbravadores - História
Curso de diretoria Desbravadores - História
 
A pessoa de cristo
A pessoa de cristoA pessoa de cristo
A pessoa de cristo
 
Introdução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia pptIntrodução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia ppt
 
Planejando a igreja local
Planejando a igreja localPlanejando a igreja local
Planejando a igreja local
 
Mi 10a
Mi 10aMi 10a
Mi 10a
 
MI 10
MI 10MI 10
MI 10
 
Reunião de líderes jovens 2012
Reunião de líderes jovens 2012Reunião de líderes jovens 2012
Reunião de líderes jovens 2012
 
Sabado1 Semana Mordomia 2012
Sabado1 Semana Mordomia 2012Sabado1 Semana Mordomia 2012
Sabado1 Semana Mordomia 2012
 

Último

O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
thandreola
 

Último (11)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 

Capítulo 4 o que fazemos...

  • 1.
  • 2. A razão da existência da igreja só pode ser completamente articulada em vista da comissão que Jesus lhe deu. Foi para o cumprimento dessa missão que a igreja foi chamada “para sair” do mundo, a fim de viver um relacionamento salvador com Cristo.
  • 3. A igreja primitiva vinculava o batismo ao envolvimento no ministério da igreja. Por causa deste claro fundamento teológico, era inimaginável o que alguns defendem atualmente – que alguém pudesse ser batizado e não se unir à igreja.