Grupo Sinal Amigo

408 visualizações

Publicada em

Trabalho de Área de Projecto realizado pelos alunos do 12ºano da Escola Secundária de Santo André, Barreiro.
2010/2011

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
408
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Grupo Sinal Amigo

  1. 1. 10 ANOS<br />GRUPO SINAL AMIGO<br />Escola Secundária de <br />Sto. André<br />23 de Novembro de 2010 <br />1<br />
  2. 2. FUNDAÇÃO DO GIL<br />Finais de 1999<br />Dar uma nova missão à mascote da Expo 98, o Gil<br />Objectivo – Apoio à reintegração social da criança hospitalizada por razões sociais<br />Reacção à necessidades dos Hospitais<br />Criação de projectos <br />Captação de apoios<br />Cumprimento do objectivo<br />2<br />
  3. 3. ORGÃOS SOCIAIS<br />3<br />
  4. 4. 4<br />CASA DO GIL<br />FUTURO EM CASA<br />SAUDE EM FAMILIA<br /> DIA DO GIL<br />UMAD<br />
  5. 5. FUNDAÇÃO DO GIL<br />5<br />SAUDE EM FAMILIA<br />A Norte<br />DIA DO GIL<br />Hora do Conto<br />Hora da Música Hora da Descoberta<br />UMAD<br />Unidades móveis de apoio ao domicilio<br />FUTURO EM CASA<br />CASA DO GIL<br />Centro de Acolhimento Temporário Pós-Hospitalar<br />FISIOTERAPIA AO DOMICILIO<br />
  6. 6. 6<br />APOIO AOS HOSPITAIS<br />
  7. 7. APOIO AOS HOSPITAIS<br />Resposta a solicitações das pediatrias de qualquer Hospital a nível Nacional. <br />Ex:<br />Obras na enfermaria<br />Equipamentos clínicos<br />Equipamentos que promovam a qualidade do serviço pediátrico <br />Obras em casa das famílias das crianças hospitalizadas com vista ao seu retorno à família<br />Agilização de processos ligados à reintegração da<br /> criança hospitalizada<br />7<br />
  8. 8. DIA DO GIL<br />8<br />
  9. 9. DIA DO GIL<br />Hora do Conto / Hora da Música / Hora da Descoberta<br />Todas as semanas em 28 Hospitais a nível nacional, incluindo Madeira e Açores<br />Contadores de Histórias contam histórias com as crianças baseadas no livro<br />Músicos que recriam sons e constroem musicas com as crianças<br />Realizado por profissionais e voluntários<br />Formação dos voluntários por parte dos profissionais<br />Abrangência de 10 000 crianças e 7 000 adultos (pais/familiares) por ano<br />150 colaboradores<br />9<br />
  10. 10. umad<br />10<br />
  11. 11. UMADUNIDADE MÓVEL DE APOIO AO DOMICILIO<br />Duas UMAD – <br />- 1ª inaugurada em Maio 2006, está ao serviço do Hospital de Sta. Maria<br />- 2ª inaugurada em Junho de 2009, está ao serviço dos Hospitais de Dona Estefânia e do Fernando Fonseca (Amadora Sintra)<br />Fundação do Gil responsável pela Carrinha, transformação e equipamento, manutenção, Coordenadora de Projecto e Motorista<br />Hospitais responsáveis pela equipa clínica<br />Apoio ao domicilio às crianças com doenças crónicas<br />11<br />
  12. 12. Abordagem social e clínica<br />Formação à família<br />Já foram efectuadas cerca de 3000 visitas, a mais de 500 crianças<br />Já percorreram mais de 100 000 Km<br />12<br />
  13. 13. APOIO DE FISIOTERAPIA<br />Tratamento de fisioterapia às crianças acompanhadas pela UMAD e que dele necessitem<br />Mediante indicação médica<br />Fundação do Gil responsável pelo carro, pela manutenção e pelo técnico de fisioterapia<br />13<br />
  14. 14. CASA DO GIL<br />14<br />
  15. 15. CASA DO GIL<br />1º CENTRO DE ACOLHIMENTO TEMPORÁRIO PÓS-HOSPITALAR<br />“REINVENTAR VIDAS”<br />Inauguração 13 de Julho de 2006 <br />Acolhe crianças que estão indevidamente nos Hospitais já com alta clínica mas sem alta social<br />Recebe crianças de qualquer hospital a nível nacional<br />Capacidade para 18 crianças dos 0 aos 12 anos<br />Capacidade para 4 pais em permanência<br />Equipa de enfermagem, educativa, social …. 34 colaboradores<br />15<br />
  16. 16. CASA DO GIL<br />OBJECTIVO<br />Reinventar a vida da criança com vista à sua reintegração social na família/sociedade<br />Estruturar a criança de forma a fazer face ao seu projecto de vida com a maior qualidade e dignidade possível<br />Desenvolver e trabalhar a rede social da zona de reintegração da criança de forma a apoiá-la minimizando os riscos.<br />Através de:<br />Trabalhar/agir no tempo da criança<br />16<br />
  17. 17. Coordenação e articulação com as estruturas existentes na comunidade<br />Responsabilizar os órgãos competentes e as pessoas afectas ao processo<br />Manter a rotatividade como um dos princípios da Casa<br />Formação permanente à equipa e a todos os intervenientes no processo <br />Adaptabilidade a cada situação assumindo cada criança como uma entidade única plena de direitos e deveres<br />Assumir e agir de acordo com o principio de que a criança tem direito a uma família <br />Trabalho de terreno<br />17<br />
  18. 18. RESULTADOS<br />Média de tempo de acolhimento na Casa do Gil - 7 Meses<br />Já acolhemos crianças de 8 nacionalidades diferentes<br />Acolhemos em média 20 crianças por ano, e saem no mesmo ano 80%<br />Já passaram na Casa do Gil cerca de 100Crianças<br />90% foram re/integradas na família<br />18<br />
  19. 19. FUTURO EM CASA<br />Criar redes sociais nos diferentes PALOP – Angola, Guiné, Cabo Verde, Moçambique eS. Tomé e Príncipe - de acordo com a especificidade e capacidade de cada um<br />Agilizar e garantir a vinda das crianças com maior urgência clínica<br />Garantir o apoio e acompanhamento após o seu regresso<br />Prevenir que venham acompanhantes indevidos, aproveitando apenas a oportunidade para a imigração ilegal<br />Evitar o drama social em que estes processos se tornam, inevitavelmente<br />19<br />
  20. 20. Apoiar no próprio país o desenvolvimento e consolidação dos meios clínicos para evitar que tenham que vir para Portugal<br />20<br />
  21. 21. SAUDE EM FAMÍLIA<br />21<br />
  22. 22. SAUDE EM FAMILIA<br />Nasceu em 2009<br />Projecto a Norte - Hospitais da zona do grande Porto <br />Apoio às famílias das crianças Hospitalizadas ou em Hospital de Dia – Ambulatório<br />Apoiar a família ao domicilio a melhorar as condições sociais de forma a promover uma melhor qualidade de vida para a criança minimizando os riscos clínicos e sociais. <br />22<br />
  23. 23. ORÇAMENTO E SUSTENTABILIDADE DA FUNDAÇÃO DO GIL<br />Orçamento Geral da Fundação do Gil<br />1 milhão de Euros anual<br />Formas de captação<br />Fundraising<br />Mecenato<br />Patrocínios<br />Parcerias<br />Merchandising<br />Campanhas<br />23<br />
  24. 24. PORQUÊ APOIAR<br />Pelo trabalho desenvolvido e pelo impacto que tem na sociedade<br />Pela urgente necessidade de sustentabilidade e crescimento<br />Porque a “Fundação do Gil” é uma marca social forte e credível com 10 anos de provas dadas<br />Somos fiscalmente aliciantes para o patrocinador, estamos ao Abrigo da Lei do Mecenato<br />Capacidade de retorno de visibilidade aos parceiros<br />…. Mas sobretudo porque a responsabilidade social é uma obrigação de todos…. E as crianças da Fundação do Gil são as crianças… de todos nós<br />24<br />
  25. 25. COMO APOIAR<br />Donativos – Cheque em nome da Fundação do Gil ou transferência bancária - NIB 0035 05570003420053079<br />Fazer compras no Continente online e ajudar a encher a Despensa da Casa do Gil<br />Aderir à nossa campanha de recolha de tinteiros e toners usados<br />Catálogo de Natal<br />Mais formas de ajudar em www.fundacaodogil.pt<br />25<br />
  26. 26. 26<br />Se quiser pode começar desde já a ajudar a Fundação do Gil<br />LIGUE<br /> 760 300 330<br />Obrigada. Eu acredito… Acreditem também<br />

×