Móduloivpatricialongui

94 visualizações

Publicada em

MóduloivAVA

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
94
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Móduloivpatricialongui

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E POLÍTICAS EDUCACIONAIS DIVISÃO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL MÓDULO IV Curso: AVA no contexto da aprendizagem e avaliação Mediador (a) pedagógico (a): Elaine da Silva Santos Goulart Cursista: Patrícia Aparecida Ferreira Longui Marques PESQUISA: PRINCÍPIO CIENTÍFICO E EDUCATIVO
  2. 2. A QUESTÃO CURRICULAR Para Demo (2006), “a noção de professor precisa ser totalmente revista”, uma vez que é visto como alguém contratado para dar aulas, bastando ter graduação. Ou seja, professor é aquele que repassa conhecimento alheio. O professor precisa ser capaz, dentre outros itens, de:  ter suas próprias elaborações;  atualizar-se constantemente;  instigar seus alunos à realização de pesquisas;  ter domínio do conteúdo teórico;  possuir versatilidade metodológica;  criar espaços alternativos de compreensão e intervenção;  construir conhecimento novo;  ser agente de mudança na sociedade.
  3. 3. O importante, segundo Demo (2006), é compreender que “sem pesquisa não há estudo”. Faz-se necessário, também, saber equilibrar o tempo de pesquisa ao de sala de aula, pois, do contrário, conforme Demo (2006), tornar- se-á professor somente pesquisador, isolando-se da sala de aula.
  4. 4. QUEM É O ALUNO? Um ser acostumado à decoreba, à cópia, à escuta, à reprodução, à cola. Demo (2006) afirma que a maioria dos professores se espantaria se colocasse a pesquisa como prioridade ao aluno, pois esses docentes acreditam que ele é incapaz de realizar tal tarefa. Assim sendo, aula não é mais o instrumento mais instrutivo, conforme Demo (2006), desde a invenção dos modernos meios de comunicação, pois estes são mais eficientes neste quesito.
  5. 5. O aluno precisa pensar, elaborar, reelaborar, enfim, ter a competência de produzir. E o professor deve motivá-lo e propiciar condições de criatividade! “O maior problema não é o aluno que apenas aprende, mas o professor que apenas ensina.” (Demo, 2006)
  6. 6. A PROVA De acordo com Demo (2006), a maneira mais conveniente de avaliar é incentivando “a produção científica em ambiente próprio […] na qual o estudante possa enfrentar o desafio de crescer por si.” Assim, o mais importante não será o escutar ou o copiar, mas se o aluno será capaz de criar no aprender.
  7. 7. EDUCAÇÃO, PESQUISA, EMANCIPAÇÃO Deixar de ser ouvinte e copista na sala de aula é fundamental para não ser massa de manobra política. O mundo requer ser pensante, questionador, curioso, crítico e produtor de conhecimentos. Um ambiente meramente transmissivo e imitativo de informações não combina com a formação de sujeitos verdadeiramente cidadãos!

×