Desenvolvimento normal por_faixa_etaria.doc_condensado

1.418 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.418
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desenvolvimento normal por_faixa_etaria.doc_condensado

  1. 1. 1 DESENVOLVIMENTO NORMAL POR FAIXA ETÁRIA 1º MÊS DE VIDA (RN à 1 MÊS) a) MOVIMENTAÇÃO ATIVA  Movimentos maciços indiferenciados e em bloco (em supino);  Movimentos rastejantes (em prono);  Movimentação simétrica;  Em supino apresenta uma grande variedade de movimentos sem finalidade aparente;  Desloca constantemente a cabeça de um lado para outro;  Maior movimentação de MMII (pedalagem ou cruzamento);  Apresenta movimentos lentos, mas bruscos, e sem rítmo ou sincronismo. No final deste período os movimentos se tornam mais suaves;  Aumenta movimentação em resposta a estímulos dolorosos;  Podem ser observados tremores dos MMSS até o final do 1º mês;  Estas características são melhor observadas nos estados de alerta ativo ou choro. A movimentação neste período é muito influenciada pelos estados comportamentais;  Em prematuros observam-se movimentos atetóides contínuos (dedos e braços), já nos RN à termo esses movimentos são periódicos (obs: em bebês apáticos esses movimentos são raros e em RN´s que sofreram anóxia são exagerados);  São observados movimentos de abrir e fechar mãos;  Mostram sincronismo com a fala dos adultos; * Anormalidades: presença de movimentos muito rápidos e exagerados ou diminuição de movimentação, clônus frequentes e convulsões. Manutenção da mão constantemente fechada (com polegar aduzido por baixo dos outros dedos) e da cabeça rodada para um dos lados. b) ATIVIDADE REFLEXA  No final do mês a postura do tronco e membros podem estar sob a influência do RTCA.  Com a movimentação da cabeça ou pela estimulação auditiva intensa desencadeia-se o Reflexo de Moro;  Sob a influência da Reação de Retificação da Cabeça Sobre o Corpo roda parcialmente para o lado.  Refl. Magnético: forte  Refl. de Marcha: forte  Reação de Colocação dos pés: forte  Reação de Colocação das mãos: forte  Refl. de Galant: forte  Refl. Glabelar: forte  Refl. dos olhos de boneca: forte (inibição em torno da segunda semana)  Refl. de Moro: fraco no início do período e forte no final  Refl. Tônico Labiríntico (RTL): fraco, quando presente.  RTCA: ausente ou fraco no início do período, mais visível no final (ainda não sendo forte)  Refl. de Preensão Palmar: muito forte  Refl. de Preensão Plantar: forte  Reação de Endireitamento da cabeça sobre o corpo: forte  Manobra de propulsão: forte  Refl. de Busca: forte  Refl. de Babkin: forte  Refl. de Sucção: forte  Refl. de Extensão Cruzada: forte  Refl. de Retirada: forte  Refl. cutâneo Plantar em Extensão: fraco  Retorno do antebraço sobre o braço: forte;  Retorno dos MMII à flexão: forte. * Anormalidades: hiper ou hiporeflexia. c) POSTURA E REAÇÕES DE EQUILÍBRIO
  2. 2. 2  Postura simétrica às vezes podendo ser influenciada pelo RTCA, principalmente no final do período;  Os membros se mantém simétricamente em flexão e adução;  Mãos fechadas com polegar por cima dos outros dedos (ocasionalmente por baixo);  Cabeça rodada para um dos lados;  Discreto opistótono fisiológico (da cabeça, pelo RTL);  Forte postura flexora: peso corporal a nível da face e cintura escapular, os pés não tocam a superfície;  Reações de equilíbrio estão ausentes. *Anormalidades: opistótono, postura de batráquio, marcada assimetria, ausência de postura flexora, pronação de MMSS e manutenção da mão fechada com polegares escondidos sob os outros dedos. d) TÔNUS MUSCULAR  Predomínio do tônus flexor (próprio do RN).  Observa-se uma hipertonia flexora e uma hipotonia de axial extensora;  Tracionado para sentar, a cabeça pende para trás.  Sentado, o tronco permanece levemente fletido com flexão dos MMSS, a cabeça oscila entre ereta e pendente (faz tentativas de elevar a cabeça);  Em prono, não há elevação da cabeça no início do período e no final do mesmo há elevação da cabeça por alguns instantes;  Controle de cabeça ausente;  Ângulo poplíteo de 90º e pé/perna de 0º;  Na suspensão ventral a cabeça permanece pendente. e) COORDENAÇÕES SENSÓRIOMOTORAS  Iniciando óculo-cefálica: acompanha objetos até a linha média se colocados em foco.  Sucção da mão em prono (inicio da buco-manual)  Início da óculo-manual (tenta tocar o que vê em condições controladas)  Localiza direção dos sons (audio-cefálica) f) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS  Olhos se movem em todas as direções, músculos bem desenvolvidos, mas sem coordenação;  Fixação ocular (início em torno de 4 semanas);  Ausência de acomodação pupilar ( vê a um foco de  20 a 25 cm de distância);  Preferem figuras contrastantes (preto e branco), padrões complexos e curvos, reconhecem a face humana e são atraídos por movimentos. Tem memória visual;  Preferência por objetos tridimencionais;  Paralelismo dos eixos visuais;  Orientação do olhar para a luz e para a fonte sonora;  Reação pupilar bem desenvolvida;  Início do movimento ocular vertical;  Respondem a diferentes estímulos sensoriais (tato, paladar e olfato); g) COMUNICAÇÃO  Os reflexos de busca, sucção e deglutição são importantes no desenvolvimento da fala  boca = alimentação = sobrevivência = comunicação;  Choro (primeira forma de produção de som);  Respiração abdominal, caixa torácica hipodesenvolvida pela pouca movimentação;  Pequenos ruídos com a garganta (posteriorizados);  Distinguem diferentes sons (preferem vozes agudas);  Expressões faciais semelhantes as do adulto;  Prestam atenção quando falam com ele (diminuem a atividade motora); 2º MÊS DE VIDA (1 A 2 MESES) a) MOVIMENTAÇÃO ATIVA  Chutes alternados de maior intensidade e raras vezes simultâneos;  Os movimentos são mais suaves do que no mês anterior, demonstrando um início da coordenação dos movimentos;  Movimentação assimétrica (fisiológica);  Aumenta movimentação com a apresentação de estímulos (luminosos, auditivos e visuais).
  3. 3. 3 b) ATIVIDADE REFLEXA E REAÇÕES  Início da Reação de Retificação Labiríntica (eixo sagital);  Já consegue se adaptar a pequenas alterações posturais mas por pouco tempo.  Ocorre diminuição ou desaparecimento da resposta dos seguintes reflexos e reações:  Refl. Magnético  Refl. de Marcha:  Refl. de Galant  Refl. Glabelar  Refl. dos olhos de boneca  Manobra de propulsão  Refl. de Busca  Refl. de Extensão Cruzada  Retorno do antebraço sobre o braço  Retorno dos MMII à flexão  Outros reflexos e reações presentes:  Refl. de Retirada: forte  Refl. cutâneo Plantar em Extensão: forte  Reação de Colocação dos pés: forte  Reação de colocação das mãos: forte  Refl. de Moro: forte  Refl. Tônico Labiríntico (RTL): fraco, quando presente.  RTCA: aumentando  Refl. de Preensão Palmar: forte  Refl. de Preensão Plantar: forte  Reação de Endireitamento da cabeça sobre o corpo: forte  Refl. de Babkin: forte  Refl. de Sucção: forte *Anormalidades: RTL muito visível (forte), RTCA fixado para um dos lados, assimetrias nas respostas reflexas e exacerbação ou ausência das respostas reflexas. C) POSTURA E REAÇÕES DE EQUILÍBRIO  Assimétrica;  Diminuição da postura flexora: MMSS em flexão e leve abdução; MMII em rotação externa e leve abdução; em supino, os pés ainda não tocam a superfície. Pelve encontra-se mais baixa (início da anteroversão)  Cabeça rodada para um dos lados. *Anormalidades: permanência de postura flexora global/ retração de ombros e punhos fechados permanentemente. Presença de opistótono. RTCA fixado para um dos lados. D) TÔNUS MUSCULAR  Diminuição do tônus flexor mas ainda há predomínio do mesmo, o que já permite alguma extensão na postura prona  eleva cabeça por alguns segundos em prono mas o quadril ainda permanece fletido;  Permite maior movimentação passiva ;  Tracionado para sentar a cabeça acompanha o movimento. Na posição sentada a cabeça pende para frente com tentativas de endireitamento, não está tão oscilante, e o tronco ainda é instável;  Em suspensão ventral a cabeça permanece no mesmo plano do corpo, extensão geral de todo o resto do corpo. *Anormalidades: tônus flexor muito predominante impedindo a movimentação espontânea do bebê. Hipotonia. Ausência total de controle de cabeça. E) COORDENAÇÕES SENSÓRIOMOTORAS  C. Óculo-cefálica: ultrapassando a linha média no eixo horizontal e início do eixo vertical; Segue pessoas em movimento;  Coordenações relativas aos movimentos das mãos: segura e solta objetos; tocar, segurar, abrir, afastar, voltar a tocar; esboço de preensão;  C. Buco-manual: sucção dos dedos com facilitação (no colo); em supino leva mão a boca;  C. Óculo-manual: olha a mão;  C. Audio-cefálica: já está estabelecida (roda a cabeça para o lado da estimulação sonora);
  4. 4. 4 *Anormalidades: Não inicia coordenações em uma ou em todas as áreas:  Não localiza objetos sonoros;  Não segue objetos estimulantes;  Não segue pessoas. F) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS  Melhora da acuidade visual e coordenação dos movimentos oculares (início da elevação dos olhos).  Fixa alguma coisa por um curto período de tempo;  Acompanha uma pessoa ou objeto a partir da posição frontal até 90 para um dos lados. *Anormalidades: não faz contato visual/ não fixa olhar/ forte estrabismo G) COMUNICAÇÃO  Sons estalidos e gemidos posteriores, inicialmente;  Início da lalação;  Arrulho;  Reage a sorriso de outras pessoas;  Choro diferenciado; *Anormalidades:  Não sorri;  Não inicia lalação;  Não arrulha; 3º MÊS DE VIDA (2 A 3 MESES) A) MOVIMENTAÇÃO ATIVA  R.T.C.A. - influenciando mas pode ser quebrado facilmente  As mãos podem ser trazidas à linha média e permanecem predominantemente abertas  Movimentos mais coordenados  Criança brinca com as mãos (por muito tempo), começa o reconhecimento;  Prono:  Consegue se mover mais/ passa da postura assimétrica para a postura simétrica sózinho  Mãos ficam fechadas, mas às vezes se abrem  Boa extensão de cabeça e início da extensão do tronco  Início do apoio sobre os antebraços (Puppy) e da transferência de peso nesta posição;  Chutes alternados em prono B) ATIVIDADE REFLEXA E REAÇÕES  R.T.C.A. tem seu pico mas pode ser quebrado  Reações posturais aumentando  Reflexos que desaparecem (resposta negativa):  R. dos pontos cardeais  R. dos olhos de boneca  R. de Glabela  R. Magnético  R. de marcha  R. de Galant  R. de Preensão  c) POSTURA  Assimétrica   flexão dos membros/ pés tocam o chão  Em prono já não apresenta grande flexão de quadril/MMII em leve abdução e rotação externa, joelhos semi fletidos.  Elevação da cabeça em prono. d) TÔNUS MUSCULAR   do tônus flexor  Bom controle de cabeça quando tracionado para sentar e sentado  Influenciado pelo RTCA
  5. 5. 5  Tônus extensor   Manobra de echarpe (cachecol)  mão quase toca o solo  Suspensão ventral : cabeça acima da linha do corpo e) COORDENAÇÕES SENSÓRIOMOTORAS  Óculo cefálica quase completa (segue a 180º)  Fixação do objeto por tempo prolongado (interrompe movimentação)  Atividades das mãos  gretagem  arranhar, segurar e soltar  preensão sob o controle do tato  orientação da palma  atividades isoladas dos dedos  C. buco-manual  introduz polegar abduzido na boca  Faz junção de mãos em decúbito lateral  Segura chocalhos por pequenos períodos de tempo (solta-o involuntariamente)  Leva objetos à boca  Descoberta tátil - do nariz - dos olhos - outras partes do rosto  Coordenação para levar a mão ao tronco f) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS  Diferencia vários tipos de sons  Acompanha objetos em várias direções, dissocia olhar da cabeça e do corpo  Visão convergente para objeto apresentado na linha média  Início da coordenação binocular  Explora objetos e ambiente com a visão  amplitude visual de 180  Pestaneja com ameaça visual g) COMUNICAÇÃO  Riso social  Sente prazer em emitir sons  Sons mais elaborados (th)  Choro diferenciado  Reage a estados de humor da mãe e à alterações ambientais (agitação)  Pode ser consolado facilmente  Necessita de atenção 4º MÊS DE VIDA (3 A 4 MESES) A) MOVIMENTAÇÃO ATIVA  Menos influenciada pelo RTCA  Mãos podem ser facilmente trazidas na linha média, alcançarem os joelhos (trabalho ativo dos abdominais), e o corpo gira em bloco para os lados  A criança brinca com as mãos  Movimentos maciços ainda ocorrem quando intenciona fazer algum movimento (ex: pegar objeto)  Chutes alternados  Maior coordenação dos movimentos  Em prono:  Cabeça em ext de quase 90º  Inicia apoio de antebraço  Mãos com maior movimentação  Rastejar alternante  Movimentos natatórios  Maior qualidade de movimentação em relação ao mês anterior  Início da preensão palmar voluntária (3ª etapa da COM)  Bebês mais tranqüilos que no mês anterior  Sentada move a cabeça em todas as direções
  6. 6. 6  Independência dos movimentos em diferentes articulações b) ATIVIDADE REFLEXA E REAÇÕES  Boas reações posturais  Pouca influência dos padrões tonicos posturais (RTCA, RTL)  Reações de equilíbrio em prono e em supino se iniciando  Reflexos e reações em inibição: . Moro . Positiva de apoio . RTCA . Ext. cruzada . Preensão palmar . RTL . Propulsão . R. de endireitamento da cabeça/Corpo . Sucção . Babkin  Reflexos e reações que aparecem:  Laudau (início)  Endireitamento labiríntico  Início paraquedas (esboço)  Inicia apoio definitivo de pé. c) POSTURA  Passa de assimétrica para simétrica  Articulação em posição neutra   flexões articulares  Junção de mãos e dos pés  Cabeça para os lados, mas às vezes permanece na linha média  Em prono:  Postura em ext. simétrica  Equilíbrio de cabeça  Apoio de antebraço (Puppy)  MMII em rotação externa e flexão leve  Postura de balanceio d) TÔNUS  Tracionado para sentar  Ótimo controle da cabeça  Inicia/ ajuda no movimento  Sentada  Tronco instável, mas melhor  Cabeça estável  Diminui cifose torácica  Inicia hipotonia fisiológica (  predomínio flexor) e) COORDENAÇÕES SENSÓRIO MOTORAS  Tenta pegar o que vê  Movimentos de preensão ainda descoordenados; grosseiros/ necessita da ajuda da mãe para realizá-los  Leva objetos à boca ( resiste à sua retirada)  Manutenção dos objetos na mão  Coordenação para junção de mãos em supino  Buco-manual:  Leva objetos moles à boca  Leva objetos duros à boca (final do mês)  Óculo-manual:  Segura os objetos quando vistos no mesmo campo visual  Segura o que vê (final do mês)  Puxa roupas f) VISÃO  Movimentos de um olho e outro bem coordenados (ausência total de estrabismo)  Visão central e periférica desenvolvidas  Discriminação de cores  Acomodação visual bem desenvolvida (foco)  Associação da visão aos outros órgãos sensitivos
  7. 7. 7  Olhos localizam e mão alcança objeto (Início da função Viso-motora)  Identifica a mãe  Diferencia face séria/ face sorrindo g) COMUNICAÇÃO  Já ri alto  Arrulha  Melhora contato com ambiente  Mostra sinais que permitem saber as suas necessidades  Lalação  Gritos  Resposta vocal/social 5º MÊS DE VIDA (4 a 5 meses) a) MOVIMENTAÇÃO ATIVA  Virá-se facilmente para os decúbitos laterais (inicia dissociação)  Leva pés à boca (início)  Apalpa o corpo, e consegue alcançar os pés  Eleva a cabeça (flexão) em supino  Preensão voluntária  preensão digito-palmar  Em prono:  Faz transferência de peso (início)  Movimentos natatórios  Já usa as mãos  Tenta mover-se contrariamente à gravidade  Tenta alcançar objetos à distância  Período de rápida organização cortical/ passa a ter dominância das atividades corticais  Pode rolar de prono para supino (início)  Início de ponte (elevação do quadril em supino)  Início da transferência de peso e do PIVOTE  girar em torno de si com prevalência das atividades de MMSS  Início do arrastar para trás (impulsão MMSS) * Anormalidades:  Não se move contra a gravidade  Move-se assimetricamente  Move-se em padrões totais  Não move a cabeça na posição sentada (com apoio) b) ATIVIDADE REFLEXA E REAÇÕES  Boas reações posturais labirínticas nas diferentes posições  Reação de retificação do corpo/corpo (início)  Equilíbrio em prono bom  Desaparecem ou ficam cada vez mais fracos os reflexos que estavam em inibição no estágio anterior:  Moro  RTCA  Preensão palmar  Propulsão  Babkin  R. de endireitamento da cabeça sobre o corpo  R. de Landau  (aumentando)  Paraquedas (iniciando) * Anormalidades:  Persistência muito forte do RTCA, influenciando tônus e movimentação  Persistência do RTL  Persistência de outros reflexos primitivos c) POSTURAS  Simétrica  Permanece sentado com apoio (tronco ereto)
  8. 8. 8  Em prono faz apoio de mãos com ext. de cotovelos (início)  Postura de rã (aumenta a hipotonia fisiológica)  Senta sozinho sem apoio por alguns segundos (início do apoio de tripé, melhora do controle do tronco) * Anormalidades:  Assimetria  Fixada em RTCA  Não altera postura d) TÔNUS  Normal ou hipotonia fisiológica  Capacidade de regular o tônus para determinada atividade motora  Aumenta a mobilidade articular  Manobra do echarpe  cotovelo entre linha média (++) e axilar do lado oposto  Tracionada para sentar :  Colabora bem com bom controle de cabeça  Ajuda no movimento  Sentado sem apoio faz apoio de tripé, cai sempre para frente  Astasia/abasia * Anormalidades:  Opistótono  Hipertonia ou hipotonia exagerada  Padrão flexor ou extensor  Cabeça não acompanha movimentos e não colabora quando é tracionada para sentar e) COORDENAÇÕES SENSÓRIO MOTORAS  Brinca com seus dedos (pés e mãos)  Apalpa seu corpo  Explora as possibilidades dos objetos/brinca com eles  Brinca de “cuti” (início)  Come biscoito sozinha  Todas as CSMPs estão formadas  Início das CSMS  Segura mamadeira  Busca visual do brinquedo perdido, pegando-o, se estiver ao seu alcance  Segura um objeto, olha outro f) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS  Reconhece diferentes tonalidades acústicas  Repete ruídos variando tonalidades  Coordenação práxica olho/mão g) COMUNICAÇÃO  Acalma-se com música  Sílabas: dá-dá, guí-guí, ré-ré  Sorri para sua imagem no espelho  Diferencia pessoas conhecidas das desconhecidas  Grita alto  Contato social influenciado pelas reações da mãe  Estende braços para ser apanhado 6º MÊS DE VIDA (5 a 6 MESES) a) MOVIMENTAÇÃO ATIVA  Virá se com facilidade para os lados e para outro decúbito (do ventral para o dorsal com mais facilidade)  Toca freqüentemente partes do tronco e MMII (pé é mais explorado/colocado na boca)  Em supino passa a maior parte do tempo com a cabeça elevada  Faz ponte  Movimentos bem coordenados e livres (mesmo em ações mais complexas)
  9. 9. 9  Boa movimentação em prono (ainda movimentos natatórios); manipula bem objetos/ transfere peso/inicia elevação do tronco com o solo  Movimentos das articulações bem independentes  Freqüentemente os pés passam pelo seu campo visual B) ATIVIDADE REFLEXA E REAÇÕES  Reação de equilíbrio em prono boa e em supino iniciando  Reação postural labiríntica: boa  Reação de proteção para frente: boa  Reação de paraquedas: boa  R. de anfíbio (iniciando ou + )  R. de Landau ( I e II): presentes  Desaparecendo R. de colocação das mãos  R. cutâneo plantar: em extensão  R. de endireitamento do corpo sobre o corpo (início ou +) C) POSTURAS  Simétrico  Permanece sentado sem apoio (apoio de tripé e por alguns segundos sem apoio das mãos)  Prefere decúbito dorsal ou ficar sentado  Geralmente MMII permanecem fletidos e abduzidos, muito próximos ao tronco. d) TÔNUS  Tracionada para sentar colabora muito  Prefere posição ortostática  Controle de tronco moderado ou bom  Senta-se bem sem apoio de tronco e já consegue permanecer por alguns segundos sem as mãos apoiadas no chão  Apoio de pé melhorando  Hipotonia fisiológica (mas não impedindo movimentação)  Boa abdução de quadril e ADM de todas as articulações  Ângulo poplíteo  150º  Echarpe (afasta cada vez mais da linha média em direção ao lado oposto) e) COORDENAÇÕES SENSÓRIAS MOTORAS  CSMSs bem desenvolvidas  Faz bom uso das mãos quando estabilizada (preensão palmar)  Passa objetos de uma mão para outra  Pega objetos à distância/segue queda de objetos  Pega pequenos objetos iniciando pinça  Pega objetos com as duas mãos  Boa interação com o ambiente/explora o ambiente  Brinca de “cuti” (pano ou obstáculo)  Se interessa por objetos maiores (pinça tipo “grasping”, com toda mão)  Busca objeto que caiu de sua mão  Olha mais de 2 objetos  Ainda leva objetos à boca  Segura um objeto/aproxima-se de outro  Resiste a retirada de um objeto  Discrimina tamanhos f) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS  Acuidade visual boa/ próxima do adulto  Convergência binocular bem desenvolvida  Associação óptica/tátil/auditiva e gustativa  Identifica mãe  Distingue materiais/superfícies agradáveis ou desagradáveis g) COMUNICAÇÃO  Balbucios
  10. 10. 10  “Conversa sozinha”  Boa silabação/ faz junção das sílabas  Diz papá e mamã sem significado  Imita sons  Ri alto e arrulha alto  Reage a estranhos  Interage bem com a mãe  Nota imagem no espelho (e gosta) /acaricia imagem  Reage bem ao ambiente  Gritos diferenciados quando necessita  Procura se fazer notada PONTOS IMPORTANTES NA EVOLUÇÃO DE 0 - 6 MESES 1. A extensão progressiva é um elemento fundamental para a evolução dos padrões motores. 2. As reações protetoras para frente são automáticas, facilitando a propriocepção e um feedforward inicial. 3. A evolução em prono para a liberação da cintura escapular e da cintura pélvica 4. A transferência de peso para explorar objetos 5. A importância da visão para orientação espacial e feedback 6. A repetição dos movimentos para que o feedback aconteça e haja integração para o automatismo. 7º MÊS DE VIDA (6 a 7 MESES) a) MOVIMENTAÇÃO ATIVA  Muda constantemente de decúbito ( rola dissociado)  Já sinaliza quando quer ser erguida (eleva braços e flete a cabeça)  Inicia arrastar em prono  Movimentação simétrica  Pode iniciar o rastejar ou engatinhar  Movimentação mais estável  Boa movimentação de todas as articulações  Saltita ativamente, quando suspenso pelas axilas  Leva constantemente pé na boca em supino  Inicia preensão radial  Na postura sentada, já libera as mãos por um tempo maior  Se alimenta sozinha com bolachas e pães b) ATIVIDADE REFLEXA E REAÇÕES  Landau +  R.P.L. + em todas as direções  R. de equilíbrio em supino bom e em prono (iniciando reação de equilíbrio sentada)  R. de proteção para os lados  ou iniciando  R. de anfíbio +  Preensão plantar  (em inibição)  R. de endireitamento do corpo sobre o corpo + ou   R. de colocação das mãos: - ou   R. de paraquedas  (bem estabelecida) c) POSTURA  Simétrico  Varia dependendo da necessidade  De pé é simétrica - flexão de quadril e com ext. dos segmentos  Senta sem apoio d) TÔNUS  Normal  Sentá-se bem sem apoio, usa as mãos para manipular objetos/flexão da coluna  De pé oscila entre flexão e extensão/sustenta peso quando sustentada pela axila  Em Suspensão Ventral, eleva a cabeça e o tronco e) C.S.M.  Transfere um cubo de uma mão a outra
  11. 11. 11  Identifica dois objetos diferentes  Exercita as CSMSs (generalização)  Brinca com os objetos (balança o chocalho)  Imita gestos ou sons que os adultos lhe fazem f) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS  Diferencia superfícies agradáveis e desagradáveis  Pode mover os olhos em todas as direções sem o movimento conjunto da cabeça G) COMUNICAÇÃO  Diz sílabas e suas combinações (mamãe, papai)  Imita sons  Conta coisas às pessoas (mesmo sem conseguir ser entendida)  Experimenta os novos ruídos e exercitá-os  Estão bem atentas ao meio ambiente  Estranham pessoas e as observam com receio  Gosta da sua imagem no espelho (toca e bate nela)  Mímica facial  Escuta atenciosamente o que lhe falam e reage conforme o tom de voz  Grita alto e baixo (vocaliza conforme necessidades) 8º MÊS DE VIDA (7 a 8 MESES) a) Movimentação ativa  Mudança de decúbito segundo a necessidade ou preferência  Fica na postura de gatas e às vezes já engatinha (sem dissociação)  Em prono virá-se em torno do próprio eixo  Adota posturas intermediárias  Arrastá-se em prono com facilidade (MMII fletidos)  Às vezes, já passa da postura prona (gatas) para sentada  De supino, puxá-se para sentar  Passa da postura sentada para prono  Move-se constantemente para explorar ambiente e alcançar objetos desejados  Sentada realiza rotação do tronco (início) e apresenta boa coordenação dos movimentos. As mãos estão livres para o bebê usá-las.  Movimentos oculares e da cabeça bruscos e sem queda, quando sentado.  Segurado pelas axilas, já pode realizar marcha descontrolada  Faz supinação  Bate palmas  Morde brinquedos  Aponta objetos com indicador  Às vezes, já permanece em pé segurando nos móveis b) ATIVAÇÃO DOS REFLEXOS E REAÇÕES  R. de Preensão plantar + ou   R.P.L. muito boas  R. de Proteção para frente e para os lados +  R. de equilíbrio  Supino: ++  Prono: ++  Sentado:   Reação de colocação das mãos:   Landau I e II: +  Anfíbio: +  R. cutâneo abdominal: +  R. de Endireitamento do corpo sobre o corpo: +  R.T.C.S.: início c) POSTURA  Simétrica  Passa de prono para supino e vice-versa  Passa de prono para gatas e vice-versa  De pé  já mostra boa postura (com apoio)
  12. 12. 12  Sentado por aproximadamente 1 minuto com tronco ereto  Em supino  MMII estendidos e aduzidos d) TÔNUS  Hipotonia fisiológica  Boa ADM  Sentada mostra tronco ereto com bom controle de tronco  Em pé se mostra mais estável e) C.S.M.  Pode estar iniciando o primeiro subestágio das atividades intencionais  Pega (ou tenta) dois objetos com a mesma mão  Bate palmas/ bate as mãos na superfície  Se estimulada dá “tchau”  “Brinca de cuti”  Intencionalmente larga objetos e os recupera  Faz pinça digital inferior  Explora o objeto que pega  Brinca com as mãos e os pés  Interesse por argolas  Busca objetos fora do alcance  De pé olha pés (como também nas outras posturas)  Descoberta dos órgãos genitais f) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS  Sem alterações g) COMUNICAÇÃO  Já pode dizer palavras com significados  “Fala” o tempo todo  Estranha muito  Seleciona com quem quer falar  “Manipula” ambiente para obter o que quer (pais)  Aceita ajuda quando pertinente * BENEFÍCIOS DO ATO DE ENGATINHAR *  Manutenção da cabeça na vertical e movimento livre em todas as direções, uma vez que acompanha os estímulos visuais e auditivos.  Desenvolve a fixação do olhar, girar a cabeça nem sempre basta p/ ver algo muito alto ou muito p/ o lado e por isso os olhos se acostumam a mover-se em posições extremas (percepção visual).  Músculos dos MsSs, especialmente os usados p/ estender, são treinados.  Mão se dobra para trás ao nível do punho e os dedos se abrem, flexionando-se ligeiramente e apontam para frente. Isto representa a preparação natural p/ o posicionamento da mão ao segurar objetos, utensílios, etc.  Padrão de MsIs se torna mais avançado, porque os quadris e joelhos flexionam-se alternadamente, tornozelo se estende. O desenvolvimento do SNC permite uma diferenciação mais fina do movimento destas 3 articulações.  Padrão de movimento cruzado traz, pequenas rotações e flexões da CV que leva: marcha  natural  flexível  vertical Movimentos rítmicos em todo o corpo são executados durante o engatinhar.  Bom exercício inicial de equilíbrio, porque centro de gravidade não se encontra tão alto, caso criança fique parada / 4 apoios, 3 apoios / quando quer atingir alguma coisa, 2 apoios/ quando está realmente engatinhando. De vez em quando a criança se ajoelha/ se exercita/ centro de gravidade mais alto.
  13. 13. 13 A passagem de peso de um MS para MI, de um lado para outro é treinada, tornando o ato de engatinhar uma preparação natural para a marcha ereta. 9º e l0º MESES DE VIDA a) MOVIMENTAÇÃO ATIVA  Passa fácil de prono para sentado (passando por gatas)  Passa de supino para sentado, com ou sem rodar  Virá-se com facilidade sentada (em torno do próprio eixo)  Passa para postura de pé segurando em objeto ou nas pessoas (postura semi- ajoelhada ou puxada)  De pé, dobra e estica MMII  Inicia marcha com apoio (segurando em objetos)  Movimentos dissociados, boa transferência de peso em prono  Engatinha dissociado (prefere engatinhar)  Sentada, manipula constantemente objetos  Não fica sem atividade  Joga brinquedos  Faz pinça, bate com as mãos  Se interessa por objetos pequenos (sujeiras)  Brinca com movimentos de língua e com saliva  Faz balanceio em gatas  De pé com apoio, levanta um pé  Faz pinça inferior (polegar e lado do indicador) b) ATIVIDADE REFLEXA E REAÇÕES  De pé, se cair, cai sentada  R de Preensão Plantar: desaparece  R. de Landau: forte  Inicia Reação de proteção pra trás  R de endireitamento do corpo sobre o corpo: forte  R.T.C.S. presentes  Boa reação de equilíbrio{nas posturas deitada e sentada, iniciando na postura de gatas} c) POSTURAS  Não gosta das posturas deitadas, passa para outras posturas.  Permanece de pé com apoio com boa estabilidade  Às vezes já fica em pé sem apoio por alguns segundos  Simétrico  Pode retomar postura assimétrica para simétrico  Pode adotar posturas intermediárias (dec. lateral com apoio de antebraço/semi-ajoelhada)  Permanece sentado com tronco reto por longo tempo d) TÔNUS  Diminui a hipotonia fisiológica  Movimentos intermediários realizados com maior facilidade  Boa abdução do quadril  Boa A.D.M de todas as articulações  Boa regulação tônica seg. a movimentação  Em suspensão ventral  forte extensão de M.M.I.I. e tronco e) C.S.M.  Explora constantemente objetos, ambiente e seu corpo  Coloca objetos dentro de um recipiente e os tira  Tenta comer com colher/tenta beber em xícara ou copo  É curiosa e as vezes se expõe ao perigo (precisa ser vigiada)  Exercita capacidade de ajustar seu corpo no espaço  Quando solicitada oferece objetos mas não os dá  Compara 2 objetos  Segura um objeto em cada mão, larga um para pegar o outro que lhe é apresentado  Puxa objetos amarrados por cordões
  14. 14. 14  Empurra e puxa um objeto com auxílio de outro  C.S.M.S.s bem desenvolvidas/ Atividades intencionais  Ainda não tem permanência do objeto bem desenvolvida  C.S.M.P.s de MMII completadas  Afasta e aproxima objetos com os pés. f) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS  Interessa-se por ruídos menos perceptíveis (tique-taque)  Distingue diferentes materiais  Reage a ruídos agradáveis e desagradáveis g) COMUNICAÇÃO  Boa vocalização silábica  Já pode dizer palavras  Entende perguntas simples, é atenta ao que lhe falam  Chora quando não tem o que quer  É seletivo nos contatos sociais  Esconde-se atrás de objetos  Sabe expressar vontades para pessoas conhecidas  Reage ao sim e ao não  Sabe o ponto fraco dos adultos  Reage ao chamado de seu nome, reage a elogios e broncas  Começa a brincar com os outros  Se distrai com facilidade  Faz não com a cabeça  Faz tchau, bate palmas 11º e l2º MESES DE VIDA a) MOVIMENTAÇÃO ATIVA  Passa para todas as posturas sozinha  Boa movimentação na postura sentada e gatas, faz dissociação e transferência de peso  Andam segurando nos móveis  De pé, abaixam-se para pegar algo e levantam-se de cócoras  Se locomovem rapidamente de gatas  Algumas crianças iniciam marcha sem apoio, com base alargada  Ficam em pé sem apoio  Às vezes, faz postura de urso  Marcha sem dissociação  Pode andar apoiado em apenas uma mão  Passa de um móvel a outro, andando  Ajuda a se vestir  De pé, saltita alternado b) ATIVIDADE REFLEXA E REAÇÕES  Boas reações posturais labirínticas  Reações de equilíbrio em supino, prono, sentado e gatas, boas  Inicia equilíbrio em pé  Reação de proteção para frente, lados e trás: boas  Reflexo de Landau: inibindo c) POSTURAS  Não gosta das posturas supino e prono  Simétrico  Sentada: boa flexão do quadril, tronco ereto  Em pé: base alargada, bem retificado d) TÔNUS   hipotonia  Boa regulação para movimentação
  15. 15. 15 e) C.S.M.  1º subestágio das atividades intencionais  Aplicação das C.S.M.Ss a novas situações  Persistência substancial do objeto (que foi escondido)  A criança utiliza outras pessoas para satisfazer os seus desejos  A criança tenta satisfazer os seus desejos e necessidades de alguma forma (experimentalmente/ tentativa e erro)  Joga objetos a distância para ver a trajetória e o resultado (no final do período)  Põe e tira objetos de um recipiente  Estabelece relações entre imagens visuais e táteis  Introduz objetos menores em maiores (inicia)  Acha brinquedos escondidos  Bate um objeto no outro  Explora detalhes dos objetos  Explora o corpo  Bebe em copo sozinha  Pinça superior f) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS  Visão de formas e distâncias bem desenvolvida;  Permanência da imagem dos objetos;  Boa acomodação e convergência visual  Diâmetro do globo ocular com 90% do adulto g) COMUNICAÇÃO  Diz 1 a 3 palavras com significado  Entende o que falam  Reage ao que falam  Faz-se entender  Reconhece a sua imagem no espelho  Reconhece pessoas de seu convívio  Seleciona pessoas para contato  Torná-se mais autônoma  Aprende com facilidade * Os autores consideram os 12 meses como o marco do início da fala. À partir de 1 ano a criança aperfeiçoa as atividades já adquiridas e progressivamente adquire novas atividades. 13º - l8º e 19º - 24º MESES DE VIDA a) MOVIMENTAÇÃO ATIVA 1 ano e 3 meses  Geralmente usa a marcha para se locomover, ainda de forma “descoordenada” (às vezes parece estar correndo, chocando-se com a mobília/parede)  Anda sem apoio: - com base alargada - quadris e joelhos ligeiramente flexionados - sem rotação da coluna e quadril - sem mobilidade ideal da articulação do pé - a barriga para frente para aumentar a curvatura lombar - MmSs erguidos para aumentar o equilíbrio  Tem toda a movimentação possível na postura sentada (rotação, gira no seu eixo,...)  Para ficar de pé, quando apoiada em móveis ou objetos, passa pela postura semi-ajoelhada e sem apoio faz postura de urso  Algumas crianças já andam segurando objetos na mão  Tentam tirar peças de roupa, colaboram ao serem trocados.  Sem apoio, abaixam para pegar objetos e depois levantam (cócoras)
  16. 16. 16  Tenta fazer pequenas tarefas domésticas que a mãe faz  Sobe escadas de gatinhas  Rabisca em folha de papel  Come com colher sozinha com punho em pronação e rot. interna. l ano e 6 meses  Diminui base durante a marcha  Anda segurando objetos  Abaixa e levanta de cócoras com bons estágios intermediários  Anda para trás ou roda no lugar  Chuta bola  De pé, joga bola (atira para frente)  Sobe escada de pé com ajuda (duplo apoio)  Controla bem início e término da marcha  Desembrulha coisas  Despe peças de roupas fáceis (abaixa a calça e abre/fecha o zíper)  Auxilia no vestir (braços na manga e pés na calça)  Tira sapatos desabotoados  Brinca concentrada  Movimentos dos ombros livres  Bebe bem em copos ou xícaras, segurando copo com uma mão só  Estágios motores intermediários bons em todas as posturas  Corre descoordenadamente  Sentá-se em cadeirinha e no pinico (inicia controle esfincteriano)  Sobe em sofás, camas, cadeiras (trepa)  Puxa brinquedos e carrinhos, acaricia boneca  Preensão palmar cruzada: - mão inteira envolve o objeto, e só segura, não se move - braço não se apoia, movimentos grosseiros - braço voltado para dentro, com desvio ulnar da mão e extensão do indicador l ano e 9 meses  Desce escada com auxílio  Sobe escadas segurando o corrimão  Monta quebra-cabeça simples (tenta) b) ATIVIDADES REFLEXAS E REAÇÕES -Após l ano:  Reflexo cutâneo plantar em flexão  R de Landau desaparece  R.P.L. persiste por toda a vida  Paraquedas persiste por toda a vida  R. de Prot. persiste por toda a vida  R. de Anfíbios persiste por toda a vida  R cutâneo abdominal persiste por toda a vida  R. de Endireitamento do corpo sobre o corpo - desaparece aos cinco anos  RTCS desaparece aos dois anos  R de equilíbrio em pé: bom (++) aos l8 meses  R de equilíbrio persistem por toda a vida c) POSTURAS -Após l ano:  Adota todas as posturas  Sentada quadril fletido, tronco ereto  De pé - tronco ereto- pés separados- pés próximos  Marcha - base alargada rot. int. de MMII (valgo)  Base boa - MMII retificados
  17. 17. 17  Adota posturas intermediárias facilmente d) TÔNUS -Após l ano:  Normal  Boa regulação para movimentação e) C.S.M. E COGNIÇÃO 1 ano e 3 meses:  Rabisca  Põe e tira objetos de recipientes (em torno de 6)  Pega objetos atrás de sí  Tenta arrumar objetos  Pinça superior  Brinca de esconder realmente  Explora ambiente andando/pega tudo  Faz torre com dois cubos  Joga brinquedos à distância l ano e 6 meses:  Lembrá-se de onde estão escondidos certos objetos quando escondidos na sua frente  Tenta por objetos em ordem  Vira uma figura para posição correta  Já fantasia nas brincadeiras  Folheia livro (vira 2/3 páginas)  Faz torre de 4 cubos  Mostra partes do corpo l ano e 9 meses:  Torre de cinco cubos  Emparelha objetos com a sua figura  Separa objetos semelhantes  Aponta figura nomeada f) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS Após l ano:  Diferencia superfícies  Diferencia tamanhos e formas  Inicia diferenciação de cores: vermelho/ amarelo/ verde/ azul g) COMUNICAÇÃO l ano:  Conta experiências imediatas  Refere-se a si próprio pelo nome 1 ano e 3 meses:  Vocaliza 4 a 5 palavras  Oferece brinquedos aos outros l ano e 6 meses:  l0 palavras l ano e 9 meses:  20 palavras  Cumprimenta pessoas quando lembrada
  18. 18. 18 2 À 5 ANOS DE VIDA a) MOVIMENTAÇÃO ATIVA 2 a 3 anos  Corre bem sem cair  Maturação completa da marcha: - equilíbrio - rotação da coluna - boa articulação/ mobilidade do pé - balanço natural dos MmSs - transferência de peso para a passada do pé (fase de balanço)  Sobe e desce escada sozinho  Vira folha de livros (grossa)  Veste peças de roupas simples  Desabotoa roupas e tira  Imita atividades domésticas  Monta quebra-cabeça simples  Busca objetos quando solicitado  Salta no lugar com os dois pés (não tem noção de profundidade)  Abre porta pela maçaneta  Joga bola com direção  Chuta bola  Pedala triciclo  Brinca de encaixar  Faz movimento de rosca  Faz bola de argila ou massinha  Dá cambalhota com ajuda  Chupa no canudo  Separa comida com garfo, mas não come só  Mastiga e engole  Escova os dentes, por imitação  Anda na ponta dos pés (2 anos e 6 meses)  Pode passar longos períodos sem urinar  50 % das noites podem ser secas 3 a 4 anos  Alterna pés ao subir escadas  Salta pequenas alturas  Pedala velocípede  Fica num pé só  Come sozinha  Passa líquido de um recipiente a outro  Preensão em pincel: - só os dedos são utilizados - mão ainda em desvio ulnar - inicia algum movimento de punho  Desabotoa botões  Lava e enxuga a mão  Controle da urina durante o dia  75% das noites secas 4 a 5 anos  Pula para frente  Desce escadas alternando pés  Joga bola para cima  Salta num pé só  Fica num pé só por 8 segundos  Toma banho sozinho, mas não lava costas, pescoço e nem orelha  Veste-se e despe-se sozinho  Amarra sapatos (faz laço)
  19. 19. 19  Brinca com o grupo (coopera)  Corre, desviando-se de obstáculos  Anda sobre viga estreita  Pula para trás  Pula para frente várias vezes seguidas  Pula de alturas maiores  90% das noites secas (completamente independente aos 6 anos)  Consegue usar a faca para passar a manteiga no pão  Preensão adulta: - em supinação - coordenação dos dedos  Recorta bem com tesoura (retas e curvas): - boa coordenação entre visão e mão - habilidade motora - força nos dedos Depois do 5 anos  Passa para sentado a partir de supino sem rotação de tronco  Pula uma altura de 10cm do chão  Salta alternando os pés  Consegue pedalar bicicleta de 2 rodas com auxílio  Brinca de estátua (Placing)  Conhece direita e equerda  Regula temperatura da água para o banho  Faz um laço  Independente no banheiro  Coopera nas tarefas de casa b) ATIVIDADES REFLEXAS E REAÇÕES -Após l ano:  Idem as anteriormente citadas c) POSTURAS -Após l ano:  Adota todas as posturas d) TÔNUS -Após l ano:  Normal  Boa regulação para movimentação e) C.S.M. E COGNIÇÃO 2 a 3 anos:  Cubos sequenciados – trem  Constrói torres de até 6 cubos  Enfia 4 contas grandes em um fio  Imita risco vertical e horizontal circular  Faz encaixes  Faz cruz  Encontra objetos quando solicitados  Nomeia objetos  Aponta pequeno e grande  Arruma blocos aos pares 3 a 4 anos:  Torre com 9 cubos  Aponta l0 partes de corpo quando solicitado  Aponta meninos e meninas (diferença entre sexos)
  20. 20. 20  Aponta curto e comprido, largo e estreito, pesado e leve  Conta até l0 objetos com o adulto  Nomeia 3 formas geométricas  Faz pequenos quebra-cabeças 4 a 5 anos:  Desenha figuras humanas com 2 partes (cabeça/ tronco / membros)  Faz edifícios  Nomeia cores  Identifica se o objeto está em primeiro, no meio ou último lugar  Nota a ausência de um objeto num grupo de três f) VISÃO E ÓRGÃOS SENSORIAIS -Após l ano:  Aos 2 anos, a mielinização do nervo óptico está completa  Faculdade visual igual a do adulto  A maturação do sistema visual ocorre até o sexto/oitavo ou décimo ano de vida g) COMUNICAÇÃO 2 anos:  Frases simples  50 palavras 3 anos:  Forma sentenças  Pede “mais um”  Obedece ordens dos pais (50%)  Diz por favor e obrigado  Usa plurais  Demonstra sentimentos  Boa compreensão  Canta músicas simples/dança  Pede permissão para fazer as coisas  Espera sua vez 4 anos:  Coopera com as outras crianças nas brincadeiras  Conta “estórias”  Dá ordens critica  Gosta de chamar atenção  Investiga significado de palavras  Participa ativamente da conversa de adultos  Pede desculpas GRANDES MARCOS:  Controle de cabeça: 3 a 5 meses  Rolar: 5 a 6 meses  Sentar-se: 6 a 8 meses  Balbuciar: 2 a 6 meses  Arrastar-se: 7 a 8 meses  Ficar de gatas: 8 a 9 meses  Engatinhar: 8 a l0 meses  Ficar em pé com apoio: 7 a l0 meses  Ficar em pé sem apoio: ll meses a l ano e 3 meses  Correr: l ano e seis meses a 3 anos  Falar: mais ou menos l2 meses  Ficar em l pé só: 3 anos e seis meses a 4 anos DICAS IMPORTANTES  É importante saber olhar para a criança.  Tem que se considerar a criança como um todo e não como partes  Relembrar as influências externas do ambiente/afetividade  Carência ambiental  Saber o que a criança necessita para conseguir um desenvolvimento satisfatório.

×