Uma Abordagem NeurocomputacionalUma Abordagem Neurocomputacional
Prof. Dr.Prof. Dr. GesivaldoGesivaldo SantosSantos -- ges...
Introduziremos aqui o conceito de padrões neuronais
policronos, cuja sincronização permite que, um
mesmo conjunto de neurô...
•Autobiográfica e de fatos.
•Expressas por declarações.
•Autobiográfica e de fatos.
•Expressas por declarações.
MEMMEMÓÓRI...
• Memória de operacional.
• Memória de Curto prazo e Ritmo TETA.
• Memória de Longo Prazo.
• Memória de operacional.
• Mem...
•Anatomia cortical (6 camadas).
•Atividade sustentada.
•Anatomia cortical (6 camadas).
•Atividade sustentada.
REDES NEURAI...
•DA D1 e nível cortical ótimo.•DA D1 e nível cortical ótimo.
TDRL:TDRL:
ModelosModelos dede MemMemóóriaria
SistemaSistema ...
ModelosModelos dede MemMemóóriaria
OrganizaOrganizaççãoão EstruturalEstrutural
ESTÁGIOS DA MEMÓRIA :ESTÁGIOS DA MEMÓRIA :
...
C. Entorrinal
CPFL
A B
•The Bind Problem.
• Sincronização como estações de rádio.
•The Bind Problem.
• Sincronização como estações de rádio.
SINC...
9 9 8 3 9 4 0 4
Onda Teta
Onda Gama Conjunto
•Estimulação elétrica.
•Sinalização via 2º mensageiros.
•Ativação gêncica.
•Reforço sináptico.
•Memória e vício.
•Estimula...
•Transferência da Memória operacional para
curto prazo.
• Córtex Entorrinal (II) -> CA3 <-> CA1.
• CA1 -> Córtex Entorrina...
•Transferência da Memória longo prazo do
hipocampo para neocórtex.
•Transferência da Memória longo prazo do
hipocampo para...
ModelosModelos dede MemMemóóriaria
SincronizaSincronizaççãoão EEGEEG
•BLA induz sincronização gama.
•A amígdala facilita consolidação de memória
em outras áreas.
•BLA induz sincronização gama...
• Rede Padrão e peptídeo A-Beta.
• Alzheimer como Diabestes Cerebral
Oligomeros concorrem com InsulinaR.
InsulinaR desloca...
• Atividade física e eu-estresse.
• Atividade intelectal desafiadora.
• Jogos decomputador.
• Atividade física e eu-estres...
Memoria abnepi final
Memoria abnepi final
Memoria abnepi final
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Memoria abnepi final

610 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
610
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Memoria abnepi final

  1. 1. Uma Abordagem NeurocomputacionalUma Abordagem Neurocomputacional Prof. Dr.Prof. Dr. GesivaldoGesivaldo SantosSantos -- gesii@uol.com.brgesii@uol.com.br AAprendizagemprendizagem &&MMememóóriaria
  2. 2. Introduziremos aqui o conceito de padrões neuronais policronos, cuja sincronização permite que, um mesmo conjunto de neurônios concorra para codificar diferentes tipos de eventos, dando à memória operacional sua característica dinâmica essencial de armazenamento informacional temporário para a execução de tarefas cognitivas mais complexas. Introduziremos aqui o conceito de padrões neuronais policronos, cuja sincronização permite que, um mesmo conjunto de neurônios concorra para codificar diferentes tipos de eventos, dando à memória operacional sua característica dinâmica essencial de armazenamento informacional temporário para a execução de tarefas cognitivas mais complexas. OBJETIVOS:OBJETIVOS: ModelosModelos dede MemMemóóriaria IntroduIntroduççãoão
  3. 3. •Autobiográfica e de fatos. •Expressas por declarações. •Autobiográfica e de fatos. •Expressas por declarações. MEMMEMÓÓRIA EXPLICITA:RIA EXPLICITA: ModelosModelos dede MemMemóóriaria OrganizaOrganizaççãoão FuncionalFuncional MEMMEMÓÓRIA IMPLICITA:RIA IMPLICITA: •Automática e reflexiva. •Caráter motor e sensorial. •Memória Emocional. •Automática e reflexiva. •Caráter motor e sensorial. •Memória Emocional.
  4. 4. • Memória de operacional. • Memória de Curto prazo e Ritmo TETA. • Memória de Longo Prazo. • Memória de operacional. • Memória de Curto prazo e Ritmo TETA. • Memória de Longo Prazo. TIPOS DE MEMTIPOS DE MEMÓÓRIA:RIA: ModelosModelos dede MemMemóóriaria Organização Temporal
  5. 5. •Anatomia cortical (6 camadas). •Atividade sustentada. •Anatomia cortical (6 camadas). •Atividade sustentada. REDES NEURAIS CPF:REDES NEURAIS CPF: ModelosModelos dede MemMemóóriaria MemMemóóriaria OperacionalOperacional NEURÔNIOS PIRAMIDAIS:NEURÔNIOS PIRAMIDAIS: •Biestabilidade. •Capacidade de alternar entre estados a partir de inputs excitatórios. •Biestabilidade. •Capacidade de alternar entre estados a partir de inputs excitatórios.
  6. 6. •DA D1 e nível cortical ótimo.•DA D1 e nível cortical ótimo. TDRL:TDRL: ModelosModelos dede MemMemóóriaria SistemaSistema dede RecompensaRecompensa MODELOS ATENCIONAIS:MODELOS ATENCIONAIS: •DA D1 + Hiperatividade. •DA D1 – Desatento. •DA D1 + Hiperatividade. •DA D1 – Desatento.
  7. 7. ModelosModelos dede MemMemóóriaria OrganizaOrganizaççãoão EstruturalEstrutural ESTÁGIOS DA MEMÓRIA :ESTÁGIOS DA MEMÓRIA : CODIFICAÇÃO CONSOLIDAÇÃOESTABILIZAÇÃO APRIMORAMENTO EVOCAÇÃO DESESTABILIZAÇÃO RECONSOLIDAÇÃO DEGRADAÇÃO
  8. 8. C. Entorrinal CPFL A B
  9. 9. •The Bind Problem. • Sincronização como estações de rádio. •The Bind Problem. • Sincronização como estações de rádio. SINCRONIZASINCRONIZAÇÇÃO TEMPORAL:ÃO TEMPORAL: ModelosModelos dede MemMemóóriaria SegmentaSegmentaççãoão TemporalTemporal •Onda Gama (30-80 Hz). •Onda Teta (4-8 Hz). •Células piramidais CA3 -> CA1. •Codificação de lugar (Place cells). •Onda Gama (30-80 Hz). •Onda Teta (4-8 Hz). •Células piramidais CA3 -> CA1. •Codificação de lugar (Place cells).
  10. 10. 9 9 8 3 9 4 0 4 Onda Teta Onda Gama Conjunto
  11. 11. •Estimulação elétrica. •Sinalização via 2º mensageiros. •Ativação gêncica. •Reforço sináptico. •Memória e vício. •Estimulação elétrica. •Sinalização via 2º mensageiros. •Ativação gêncica. •Reforço sináptico. •Memória e vício. CCÁÁLCIO & VIAS METABLCIO & VIAS METABÓÓLICAS:LICAS: ModelosModelos dede MemMemóóriaria MemMemóóriaria de Longode Longo PrazoPrazo
  12. 12. •Transferência da Memória operacional para curto prazo. • Córtex Entorrinal (II) -> CA3 <-> CA1. • CA1 -> Córtex Entorrinal, comparação. • Comparação Rescorla-Wagner. •Transferência da Memória operacional para curto prazo. • Córtex Entorrinal (II) -> CA3 <-> CA1. • CA1 -> Córtex Entorrinal, comparação. • Comparação Rescorla-Wagner. SINCRONIZASINCRONIZAÇÇÃO CORTICAL :ÃO CORTICAL : ModelosModelos dede MemMemóóriaria CodificaCodificaççãoão && EvocaEvocaççãoão •Manutenção da Memória Operacional durante LTP precoce. •Manutenção da Memória Operacional durante LTP precoce.
  13. 13. •Transferência da Memória longo prazo do hipocampo para neocórtex. •Transferência da Memória longo prazo do hipocampo para neocórtex. SHARP WAVES & SPINDLESS :SHARP WAVES & SPINDLESS : ModelosModelos dede MemMemóóriaria SonoSono REM e SWSREM e SWS •Sharp wave ripler –hipocampo. •Spindless no EEG. •Sincronia SWR e Spindless. •Sharp wave ripler –hipocampo. •Spindless no EEG. •Sincronia SWR e Spindless.
  14. 14. ModelosModelos dede MemMemóóriaria SincronizaSincronizaççãoão EEGEEG
  15. 15. •BLA induz sincronização gama. •A amígdala facilita consolidação de memória em outras áreas. •BLA induz sincronização gama. •A amígdala facilita consolidação de memória em outras áreas. AMIGDALA:AMIGDALA: ModelosModelos dede MemMemóóriaria MemMemóóriaria EmocionalEmocional •Assim, estímulos neutros tendem a ser desinteressantes. •O conteúdo afetivo parece interferir na formação de LTP. •Assim, estímulos neutros tendem a ser desinteressantes. •O conteúdo afetivo parece interferir na formação de LTP.
  16. 16. • Rede Padrão e peptídeo A-Beta. • Alzheimer como Diabestes Cerebral Oligomeros concorrem com InsulinaR. InsulinaR desloca oligômeros. Publicação PNAS-2009. • Rede Padrão e peptídeo A-Beta. • Alzheimer como Diabestes Cerebral Oligomeros concorrem com InsulinaR. InsulinaR desloca oligômeros. Publicação PNAS-2009. ALZHEIMER:ALZHEIMER: ModelosModelos dede EstudoEstudo Demências & DegradaDemências & Degradaçção de memão de memóóriasrias
  17. 17. • Atividade física e eu-estresse. • Atividade intelectal desafiadora. • Jogos decomputador. • Atividade física e eu-estresse. • Atividade intelectal desafiadora. • Jogos decomputador. MALHANDO O CMALHANDO O CÉÉREBRO:REBRO: ModelosModelos dede MemMemóóriaria NeurogêneseNeurogênese & mem& memóóriaria

×