ORÇAMENTO PÚBLICO

INCIDÊNCIA POLÍTICA E O PROCESSO
DE PARTICIPAÇÃO POPULAR
ORÇAMENTO PÚBLICO
É um instrumento de planejamento e
execução das finanças públicas.
Está intimamente ligado à previsão
da...
IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO
ORÇAMENTÁRIO
• Pressupõe o conhecimento da realidade e a tomada
de decisões técnicas, política...
De onde vêm os recursos do
orçamento público?
Os recursos para as políticas públicas vêm
dos impostos, taxas e contribuiçõ...
Exemplos de RECEITAS dos municípios
IMPOSTO

DECRIÇÃO

IPTU

Imposto Predial e Territorial Urbano, cobrado
anualmente em d...
Exemplos de DESPESAS dos municípios
PRINCIPIOS DO ORÇAMENTO
Anualidade
Equilíbrio
Exclusividade
Legalidade
Publicidade

Unidade
Universalidade
Característica do orçamento público

Apesar de transformado em Lei após
apreciação do Poder Legislativo, o
orçamento públi...
Quem elabora o orçamento público?
•A elaboração do orçamento público e uma
atribuição do poder executivo.
•Sua elaboração ...
Quem fiscaliza o orçamento público?

Controle Interno: implementação
instrumentos e instâncias internas
controle nos diver...
Quem fiscaliza o orçamento público?
Controle Externo: exercido pelo Poder
Legislativo de cada esfera de governo.
Os Tribun...
Quem fiscaliza o orçamento público?
Controle Social: realizado pela sociedade
tanto nos espaços institucionais
de
particip...
LEIS ORÇAMENTÁRIAS
Artigo 165 da Constituição Federal
Lei do Plano Plurianual – PPA
Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO
...
Lei do Plano Plurianual - PPA

É um plano de médio prazo, através do qual se
procura ordenar as ações do governo que levem...
Lei de Diretrizes Orçamentárias - LDO

Norteia a elaboração do orçamento de forma a
adequar às diretrizes e objetivos esta...
Lei Orçamentária Anual - LOA

É elaborada para possibilitar a concretização das
situações planejadas no Plano Plurianual.
...
LEIS ORÇAMENTÁRIAS
PRAZOS
DOCUMENTO LEGAL

ENCAMINHAMENTO DEVOLUÇÃO AO
AO CONGRESSO
EXECUTIVO

LEI DE DIRETRIZES
ORÇAMENTÁRIAS - LDO

15/04

...
ELABORAÇÃO

ACOMPANHAMENTO
E AVALIAÇÃO

APRECIAÇÃO E
VOTAÇÃO

CICLO
ORÇAMENTÁRIO
EXECUÇÃO

SANÇÃO E
PÚBLICAÇÃO
CICLO ORÇAMENTÁRIO
Incidência Política

ELABORAÇÃO

Fundos Especiais
Conselhos de Políticas Públicas
Incidência Política

APRECIAÇÃO E
VOTAÇÃO

Audiência Públicas
Sugestões da sociedade civil
Emendas Parlamentares
Incidência Política

EXECUÇÃO

ACOMPANHAMENTO
E AVALIAÇÃO

Prestações de Contas nos Conselhos
Monitoramento da Execução Or...
ATORES DO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO
Executivo: Elaboração, Execução e Controle Interno.
Legislativo: Apreciação, Aprovação e C...
IMPORTÂNCIA DO ORÇAMENTO

ACOMPANHAMENTO
E AVALIAÇÃO
OBRIGADO
Geraldo Lourenço
Assistente Social
Especialista em Políticas Públicas - UFMG
Analista de Políticas Públicas da Pr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Orçamento público

1.198 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.198
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
119
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Orçamento público

  1. 1. ORÇAMENTO PÚBLICO INCIDÊNCIA POLÍTICA E O PROCESSO DE PARTICIPAÇÃO POPULAR
  2. 2. ORÇAMENTO PÚBLICO É um instrumento de planejamento e execução das finanças públicas. Está intimamente ligado à previsão das Receitas e fixação das Despesas públicas.
  3. 3. IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO • Pressupõe o conhecimento da realidade e a tomada de decisões técnicas, políticas e administrativas • Permite a organização e norteia a implementação das políticas públicas • Permite a visualização das prioridades de governo, das ações e metas previstas, dos recursos disponíveis num determinado período de tempo, visando à obtenção de resultados.
  4. 4. De onde vêm os recursos do orçamento público? Os recursos para as políticas públicas vêm dos impostos, taxas e contribuições cobrados à população pelas três esferas de governo.
  5. 5. Exemplos de RECEITAS dos municípios IMPOSTO DECRIÇÃO IPTU Imposto Predial e Territorial Urbano, cobrado anualmente em decorrência da propriedade urbana. Ex: Terrenos e edificações ISS ITBI Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, incide sobre a prestação de qualquer tipo de serviço no município. Ex: Trabalhadores autônomos e Prestadores de Serviços. Imposto de Transmissão de Bens Imóveis incide sobre o repasse inter-vivos de bens imóveis e direito a eles relativos. Ex: Venda de uma casa.
  6. 6. Exemplos de DESPESAS dos municípios
  7. 7. PRINCIPIOS DO ORÇAMENTO Anualidade Equilíbrio Exclusividade Legalidade Publicidade Unidade Universalidade
  8. 8. Característica do orçamento público Apesar de transformado em Lei após apreciação do Poder Legislativo, o orçamento público brasileiro é autorizativo.
  9. 9. Quem elabora o orçamento público? •A elaboração do orçamento público e uma atribuição do poder executivo. •Sua elaboração e obrigatória a todas as esferas de governo. •A construção do orçamento deve estar pautada em diagnósticos da realidade de cada localidade e nas prioridades estabelecidas para cada política pública.
  10. 10. Quem fiscaliza o orçamento público? Controle Interno: implementação instrumentos e instâncias internas controle nos diversos órgãos poderes, como por exemplo Ouvidorias e Controladorias. de de e as
  11. 11. Quem fiscaliza o orçamento público? Controle Externo: exercido pelo Poder Legislativo de cada esfera de governo. Os Tribunais de Contas (da União, dos Estados e de alguns municípios) são órgãos auxiliares do Legislativo no controle externo.
  12. 12. Quem fiscaliza o orçamento público? Controle Social: realizado pela sociedade tanto nos espaços institucionais de participação, como Conselhos e Conferências, quanto nos espaços de articulação da própria sociedade, como nas Redes e Fóruns.
  13. 13. LEIS ORÇAMENTÁRIAS Artigo 165 da Constituição Federal Lei do Plano Plurianual – PPA Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO Lei de Orçamento Anual - LOA
  14. 14. Lei do Plano Plurianual - PPA É um plano de médio prazo, através do qual se procura ordenar as ações do governo que levem a atingir as metas e objetivos fixados para o período de quatro anos, tanto no governo federal como nos governos estaduais e municipais.
  15. 15. Lei de Diretrizes Orçamentárias - LDO Norteia a elaboração do orçamento de forma a adequar às diretrizes e objetivos estabelecidos no plano plurianual, restrito ao ano a que se refere. Define as metas em termos de programas.
  16. 16. Lei Orçamentária Anual - LOA É elaborada para possibilitar a concretização das situações planejadas no Plano Plurianual. Obedece a Lei de Diretrizes Orçamentárias estabelecendo a programação das ações a serem executadas para alcançar os objetivos determinados, cujo cumprimento se dará durante o exercício financeiro.
  17. 17. LEIS ORÇAMENTÁRIAS
  18. 18. PRAZOS DOCUMENTO LEGAL ENCAMINHAMENTO DEVOLUÇÃO AO AO CONGRESSO EXECUTIVO LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS - LDO 15/04 17/07 LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL - LOA 31/08 22/12 PLANO PLURIANUAL - PPA 31/08 22/12
  19. 19. ELABORAÇÃO ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO CICLO ORÇAMENTÁRIO EXECUÇÃO SANÇÃO E PÚBLICAÇÃO
  20. 20. CICLO ORÇAMENTÁRIO
  21. 21. Incidência Política ELABORAÇÃO Fundos Especiais Conselhos de Políticas Públicas
  22. 22. Incidência Política APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO Audiência Públicas Sugestões da sociedade civil Emendas Parlamentares
  23. 23. Incidência Política EXECUÇÃO ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO Prestações de Contas nos Conselhos Monitoramento da Execução Orçamentária Audiências Públicas no Legislativo
  24. 24. ATORES DO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO Executivo: Elaboração, Execução e Controle Interno. Legislativo: Apreciação, Aprovação e Controle Externo (com auxílio do TCU). Judiciário: Julgamento de irregularidades aferidas no controle. Ministério Público: Quando acionado, realiza investigação e abre processo para incriminar os responsáveis por irregularidades. Pode sugerir prioridades ou emitir recomendações Conselhos: Com base em diagnósticos, sugerir prioridades e emitir resoluções Movimentos Sociais: Monitorar e participar do processo de elaboração
  25. 25. IMPORTÂNCIA DO ORÇAMENTO ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO
  26. 26. OBRIGADO Geraldo Lourenço Assistente Social Especialista em Políticas Públicas - UFMG Analista de Políticas Públicas da Prefeitura de BH Contatos 9248-1943 contato@geraldolourenco.com www.geraldolourenco.com

×