Fernando Pessoa por ele mesmo <ul><li>Fernando Antonio Nogueira Pessoa, nasceu em 1888, em Lisboa... </li></ul>
 
<ul><li>Características temáticas </li></ul><ul><li>Identidade perdida </li></ul><ul><li>Consciência do absurdo da existên...
Características Estilísticas <ul><li>Grande sensibilidade musical </li></ul><ul><li>verso geralmente curto (2 a 7 sílabas)...
As temáticas de Fernando Pessoa <ul><li>O fingimento artístico; </li></ul><ul><li>A dor de pensar; </li></ul><ul><li>A fra...
A Obra <ul><li>Poesia de <Cancioneiro>; </li></ul><ul><li>Poesias Coligidas; </li></ul><ul><li>Mensagem; </li></ul><ul><li...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fernando pessoa por ele mesmo

820 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Fernando pessoa por ele mesmo

  1. 1. Fernando Pessoa por ele mesmo <ul><li>Fernando Antonio Nogueira Pessoa, nasceu em 1888, em Lisboa... </li></ul>
  2. 3. <ul><li>Características temáticas </li></ul><ul><li>Identidade perdida </li></ul><ul><li>Consciência do absurdo da existência </li></ul><ul><li>Recusa da realidade, enquanto aparência </li></ul><ul><li>Tensão sinceridade/fingimento, consciência/inconsciência </li></ul><ul><li>Oposição sentir/pensar, pensamento/vontade, esperança/desilusão </li></ul><ul><li>... </li></ul><ul><li>Anti-sentimentalismo: intelectualizarão da emoção </li></ul><ul><li>Estados negativos: egotismo, solidão , cepticismo, tédio... </li></ul><ul><li>Inquietação metafísica, dor de viver </li></ul><ul><li>Auto-análise </li></ul>O Estilo de Fernando Pessoa
  3. 4. Características Estilísticas <ul><li>Grande sensibilidade musical </li></ul><ul><li>verso geralmente curto (2 a 7 sílabas) </li></ul><ul><li>predomínio da quadra e da quintilha </li></ul><ul><li>Adjetivação expressiva </li></ul><ul><li>Linguagem sóbria e nobre – equilíbrio clássico </li></ul><ul><li>Pontuação emotiva </li></ul><ul><li>Comparações, metáforas originais, oxímoros </li></ul><ul><li>Uso de símbolos </li></ul>
  4. 5. As temáticas de Fernando Pessoa <ul><li>O fingimento artístico; </li></ul><ul><li>A dor de pensar; </li></ul><ul><li>A fragmentação do eu/Resignação dorida; </li></ul>
  5. 6. A Obra <ul><li>Poesia de <Cancioneiro>; </li></ul><ul><li>Poesias Coligidas; </li></ul><ul><li>Mensagem; </li></ul><ul><li>Poesias Inéditas (1919-1930); </li></ul><ul><li>Poemas para Lili; </li></ul><ul><li>Chuvas Oblíquas; </li></ul><ul><li>Passos da Cruz; </li></ul><ul><li>Poesias de Orpheu; </li></ul>

×