SlideShare uma empresa Scribd logo
DISCIPLINAS: METODOLOGIA E TCC
PROFESSORA: MARTHA ALMEIDA EMAIL: marthacalmeida@gmail.com
IDENTIFICAÇÃO DO TRABALHO E DA AUTORIA
AUTOR: GELCINE ANGELA DA SILVA
EMAIL: gelcineangela@yahoo.com.br
ORIENTADOR: JOSE ALVES DE SOUZA
EMAIL: jose.souza@pitagoras.com.br
TÍTULO PROVISÓRIO DO TRABALHO: APLICAÇÃO DA NR-10 EM INSTALACOES
ELÉTRICAS TEMPORÁRIAS EM CANTEIROS DE OBRAS
CURSO: PÓS-GRADUAÇÃO DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO
ÁREA DA PESQUISA: SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADES
DADOS SOBRE A PESQUISA
1 TEMA (Assunto a ser estudado. Desenvolver em até três laudas)
A NR-10 (BRASIL, 2013), intitulada Segurança em Instalação e Serviço em Eletricidade, determina
os requisitos e condições mínimas, como também suas medidas de controles e sistemas preventivos, com o
objetivo de garantir a segurança e saúde dos trabalhadores que estejam diretas ou indiretamente ligados às
instalações elétricas e serviços com eletricidade. Essa norma destaca os riscos adicionais de outras naturezas
a que os trabalhadores estão expostos.
A fim de atender à norma regulamentadora NR-10, os canteiros de obra devem ser adequados à
condição de trabalho considerando-se a segurança de seus trabalhadores, sem esperar a cobrança do
Ministério do Trabalho e Emprego. As condições de trabalho e as instalações elétricas, se forem inadequadas
às normas de segurança, expõem todos os trabalhadores da obra ao perigo que pode contribuir para uma
fatalidade.
A segurança é indispensável para manter um ambiente seguro nos canteiros de obras.
A energia elétrica é um risco invisível e permanente nas instalações, uma vez (que) não cumprido os
procedimentos de segurança pode expor todos os trabalhadores ao perigo.
Para Cotrim, (2003), o perigo está presente tanto para o eletricista que por acidente pode encostar em
quadro de distribuição energizado, como para o trabalhador que toca na carcaça energizada de um motor
elétrico, (bem) como para a dona de casa que encosta a mão na caixa metálica de uma máquina de lavar
roupa, colocada sob tensão por falha de isolamento.
Segundo Cotrim, (2003), choque elétrico é uma perturbação de natureza que tem consequências
diferentes ao manifestar no organismo do ser humano, e dependendo de sua intensidade e tempo do choque
elétrico, a corrente elétrica passada pelo organismo pode provocar maiores danos e efeitos patofisiológicos
no homem.
PLANO DE PESQUISA
É muito importante que o local de trabalho tenha seu próprio planejamento de resgate em caso de
primeiros socorros, atendimento apropriada às circunstâncias emergenciais características das suas
atividades e instalações de acordo com Pereira e Sousa, (2010).
De acordo a NBR 5410 (2004, p. 18), “as pessoas e os animais devem ser protegidos contra choques
elétricos, seja o risco associado a contato acidental com parte viva perigosa, seja a falhas que possam colocar
uma massa acidentalmente sob tensão”.
Conforme A NR-10 (BRASIL, 2013), em todos os serviços executados em instalações elétricas
devem ser previstas e adotadas, prioritariamente, medidas de proteção coletiva aplicáveis, mediante
procedimentos, às atividades a serem desenvolvidas, de forma a garantir a segurança e a saúde dos
trabalhadores.
Na utilização de equipamentos elétricos no canteiro de obra é importante lembrar que o aterramento é
uma medida prevenção coletiva contra acidente. Para Cotrim (2003, p. 113), “pode-se falar também no
aterramento de trabalho (temporário), cujo objetivo é permitir ações seguras de manutenção em partes da
instalação normalmente sob tensão, posta fora de serviços para fim. Trata-se de um aterramento provisório”
Segundo Cotrim, (2003) o aterramento do equipamento é a ligação intencional da carcaça com a
terra, pode ser realizada utilizando-se apenas os condutores elétricos necessários.
A Fundacentro (2007, p. 110) “A redução do quadro atual de acidentes de trabalho envolvendo
instalações elétricas necessita da adoção de novos métodos e dispositivos que permitam o uso seguro e
adequado da eletricidade, reduzindo o nível de perigo às pessoas, as perdas de energia, os danos às
instalações elétricas e aos bens”
Algo constante em uma obra são os fios e cabos, aos quais não se dá a importância necessária e se
tornam um risco para os trabalhadores. Segundo FILHO, (2001, p. 63). ” os fios e cabos, quando expostos ao
tráfego, devem ser protegidos contra riscos de desgaste mecânico, pois podem sofrer avarias em caso de
atrito sobre superfícies cortantes ou abrasivas”.
O básico fornecido pela empresa em atendimento a norma Brasileira NR-10 (2013, p. 106), "nos
trabalhos em instalações elétricas, quando as medidas de proteção coletiva forem tecnicamente inviáveis ou
insuficientes para controlar os riscos, devem ser adotados equipamentos de proteção individual específicos e
adequados as atividades desenvolvidas ”.
2 DELIMITAÇÕES/ PROBLEMA (Registre aqui a pergunta que direciona a sua pesquisa)
Estudo da literatura dos requisitos de segurança das instalações elétricas temporárias em canteiros de
obras de acordo com a NR-10.
3 JUSTIFICATIVA (Em tópicos, registre o “porquê”, os motivos pessoais, científicos, profissionais,
sociais e acadêmicos que justificam a pesquisa). Ex.:
 O problema envolve uma parcela significativa de pessoas: 30% da comunidade tal.
O trabalhador do canteiro de obra deve ser amparado pela legislação uma vez que estão expostos a
perigos e riscos diversos e nem sempre possuem equipamentos e condições seguras para desenvolver suas
atividades. Cabe à empresa adequar às recomendações das normas regulamentadoras, pensando em sua
imagem diante de eventuais fiscalizações do Ministério do Trabalho e Emprego.
4 OBJETIVOS
GERAL
Revisar a literatura proposta para os trabalhos temporários em canteiro de obra, com segurança em
instalações e serviços com eletricidade de acordo NR-10.
ESPECÍFICOS
1. Demonstrar as condições seguras para atividades temporárias no canteiro de obra;
2. Identificar os perigos e os riscos pertinentes ao canteiro de obra;
3. Explicar a importância do atendimento à norma regulamentadora.
5 HIPÓTESE (Elabore uma resposta dissertativa ao problema formulado.)
6 METODOLOGIA (Como pretende desenvolver o trabalho? Registre detalhadamente, em itens, o “como”
você realizará o trabalho (defina o objeto de estudo, o raciocínio lógico, os fins, os meios, a abordagem, o
instrumento de coleta de dados, o universo, a amostra, os sujeitos.). Informar os teóricos//teorias que
sustentarão a pesquisa, quais os critérios de seleção dos textos que formarão o corpus de pesquisa, que
descritores foram utilizados para selecionar os textos, quais os critérios de exclusão de textos foram
utilizados.
O artigo abordará uma revisão literária, realizada por meio de pesquisa em artigos e publicações de
cunho científico da Biblioteca da faculdade e pesquisa google cientifico.
Revisão bibliográfica da Norma Regulamentadora NR-10, titulada Segurança em Instalações e
Serviços em Eletricidade, NBR 5410 - Associação Brasileira de Normas Técnicas e estudos de trabalhos de
conclusão de cursos.
Teóricos:
COTRIM, Ademaro A.M.B;
Lourenco, S. R. SILVA T.A.F FILHO, S.C.D.S.
Bom, Phelipe A.O.
Pereira J.G.
Sousa, J.J.B.D.
7 CRONOGRAMA (Baseando-se no quadro apresentado na Aula 1, desenvolva o seu cronograma.)
DATA ATIVIDADE
02/12/2016 Definição de tema, delimitação do tema (problema)
03/12/2016 a 16/12/2016 Elaboração do Projeto de Pesquisa
16/12/2016 Entrega da versão inicial do Projeto de Pesquisa
01/01/2017 a 31/01/2017 Revisão de Projeto de Pesquisa
01/02/2017 Entrega da versão final do projeto de Pesquisa
02/12/2016 a 01/02/2017 Leitura e fechamentos.
01/02/2017 Estruturação do artigo. Definições metodológicas.
01/02/2017 a 28/02/2017 Elaboração do artigo
01/03/2017 Entrega da primeira versão do artigo para avaliação
08/03/2017 Entrega da versão definitiva do artigo para avaliação
25/03/2017 Entrega dos slides para avaliação
08/04/2017 Apresentação e defesa para avaliadora
REFERÊNCIAS (Faça a lista em ordem alfabética das referências bibliográficas que você utilizará em seu
trabalho. Usar padrão ABNT)
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5410: Instalações elétricas de baixa
tensão. 2ª. ed. Rio de Janeiro, 2004.
BOM, Phelipe A.O. Análise do Atendimento à NR-10 em Canteiros de Obras de Construções Verticais no
Município de Curitiba (PR). Curitiba, 2014.
BRASIL. NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade. 71ª Edição. São Paulo: ATLAS
2013.
COTRIM, Ademaro A.M.B. Instalações Elétricas. 4ª Edição. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2003.
FUNDAÇÃO COMITÊ DE GESTÃO EMPRESARIAL. Curso Básico de Segurança em Instalações e
Serviços em Eletricidade. 1ª. ed. Rio de Janeiro: Editora Fundação COGE, 2005.
FILHO, A. R. (coord.) et al. Engenharia de segurança do trabalho na indústria da construção. São Paulo:
Fundacentro, 2001. Pág. 57 a 86.
LOURENÇO, S. R.; SILVA, T. A. F.; FILHO, S. C. D. S. Um estudo sobre os efeitos da eletricidade no
corpo humano sob a égide da saúde e segurança do trabalho. Exacta, São Paulo, V, n. 1, Jan./Jun. 2007. 135-
143.
PEREIRA, J. G.; SOUSA, J. J. B. D. Manual de Auxílio na Interpretação e Aplicação da NR-10. 1ª. ed. São
Paulo: Ministério do Trabalho e Emprego, 2010.
.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (19)

curso-de-nr-12-unochapeco
curso-de-nr-12-unochapecocurso-de-nr-12-unochapeco
curso-de-nr-12-unochapeco
 
Apresentação nr12-senai-rev.052
Apresentação nr12-senai-rev.052Apresentação nr12-senai-rev.052
Apresentação nr12-senai-rev.052
 
O que e NR 12 - norma regulamentadora de seguranca de maquinas e equipamentos
O que e NR 12 - norma regulamentadora de seguranca de maquinas e equipamentosO que e NR 12 - norma regulamentadora de seguranca de maquinas e equipamentos
O que e NR 12 - norma regulamentadora de seguranca de maquinas e equipamentos
 
Nr 12 anexo VII
Nr 12 anexo VIINr 12 anexo VII
Nr 12 anexo VII
 
Nr 12 comentada
Nr 12 comentadaNr 12 comentada
Nr 12 comentada
 
Treinamentosegurancadotrabalho
TreinamentosegurancadotrabalhoTreinamentosegurancadotrabalho
Treinamentosegurancadotrabalho
 
Apresentação nr12 abraman
Apresentação nr12 abramanApresentação nr12 abraman
Apresentação nr12 abraman
 
Nr12 apresentacao-maquinas-e-equipamentos-mte
Nr12 apresentacao-maquinas-e-equipamentos-mteNr12 apresentacao-maquinas-e-equipamentos-mte
Nr12 apresentacao-maquinas-e-equipamentos-mte
 
Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013
Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013
Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013
 
Palestra nr12-22062017
Palestra nr12-22062017Palestra nr12-22062017
Palestra nr12-22062017
 
Nr 12 - Principais tópicos
Nr 12 - Principais tópicosNr 12 - Principais tópicos
Nr 12 - Principais tópicos
 
NR 12 - Comentários
NR 12 - ComentáriosNR 12 - Comentários
NR 12 - Comentários
 
Capacitação nr 12
Capacitação nr 12Capacitação nr 12
Capacitação nr 12
 
Apostila nr 12
Apostila nr 12Apostila nr 12
Apostila nr 12
 
Prensas
PrensasPrensas
Prensas
 
Análise de risco de um torno mecânico
Análise de risco de um torno mecânicoAnálise de risco de um torno mecânico
Análise de risco de um torno mecânico
 
Minicurso nr 12
Minicurso nr 12Minicurso nr 12
Minicurso nr 12
 
Segurança de máq. e equip. de trabalho
Segurança de máq. e equip. de trabalhoSegurança de máq. e equip. de trabalho
Segurança de máq. e equip. de trabalho
 
Ciesp nr 12
Ciesp nr 12Ciesp nr 12
Ciesp nr 12
 

Destaque

Mueble multifuncional lamar
Mueble multifuncional lamarMueble multifuncional lamar
Mueble multifuncional lamarpaolatezanos
 
Caries dental-1225577806698513-81
Caries dental-1225577806698513-81Caries dental-1225577806698513-81
Caries dental-1225577806698513-81Tatiana Franco
 
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASAPLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASAgelcine Angela
 
RD Comisión GRD - Unidocente
RD Comisión GRD - UnidocenteRD Comisión GRD - Unidocente
RD Comisión GRD - UnidocenteAllpanchis
 
T t-9686-st-patricks-day-informative-powerpoint
T t-9686-st-patricks-day-informative-powerpointT t-9686-st-patricks-day-informative-powerpoint
T t-9686-st-patricks-day-informative-powerpointjennybell1981
 
Детский сад и спорт. Отчет по проекту
Детский сад и спорт. Отчет по проектуДетский сад и спорт. Отчет по проекту
Детский сад и спорт. Отчет по проектуyul7059
 
Automação reconhecimento de padrões
Automação reconhecimento de padrões Automação reconhecimento de padrões
Automação reconhecimento de padrões gelcine Angela
 
Sarjapura Road Cluster presentation at 8th Curated session of KSWNKSWN
Sarjapura Road Cluster presentation at 8th Curated session of KSWNKSWNSarjapura Road Cluster presentation at 8th Curated session of KSWNKSWN
Sarjapura Road Cluster presentation at 8th Curated session of KSWNKSWNbiomeshubha
 
Decimo proyecto de aula periodo 1 nuevo
Decimo proyecto de aula periodo 1 nuevo Decimo proyecto de aula periodo 1 nuevo
Decimo proyecto de aula periodo 1 nuevo Guillermo Mondragon
 

Destaque (20)

Custo ambientais
Custo ambientaisCusto ambientais
Custo ambientais
 
Mueble multifuncional lamar
Mueble multifuncional lamarMueble multifuncional lamar
Mueble multifuncional lamar
 
2017 - Seminario de Libertad Emocional: Asentando la bases 1/8
2017 - Seminario de Libertad Emocional: Asentando la bases 1/82017 - Seminario de Libertad Emocional: Asentando la bases 1/8
2017 - Seminario de Libertad Emocional: Asentando la bases 1/8
 
Caries dental-1225577806698513-81
Caries dental-1225577806698513-81Caries dental-1225577806698513-81
Caries dental-1225577806698513-81
 
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASAPLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
 
RD Comisión GRD - Unidocente
RD Comisión GRD - UnidocenteRD Comisión GRD - Unidocente
RD Comisión GRD - Unidocente
 
Scholary Project Presentation
Scholary Project PresentationScholary Project Presentation
Scholary Project Presentation
 
T t-9686-st-patricks-day-informative-powerpoint
T t-9686-st-patricks-day-informative-powerpointT t-9686-st-patricks-day-informative-powerpoint
T t-9686-st-patricks-day-informative-powerpoint
 
Endodoncia
EndodonciaEndodoncia
Endodoncia
 
Детский сад и спорт. Отчет по проекту
Детский сад и спорт. Отчет по проектуДетский сад и спорт. Отчет по проекту
Детский сад и спорт. Отчет по проекту
 
Automação reconhecimento de padrões
Automação reconhecimento de padrões Automação reconhecimento de padrões
Automação reconhecimento de padrões
 
Higiene oral
Higiene oralHigiene oral
Higiene oral
 
Sarjapura Road Cluster presentation at 8th Curated session of KSWNKSWN
Sarjapura Road Cluster presentation at 8th Curated session of KSWNKSWNSarjapura Road Cluster presentation at 8th Curated session of KSWNKSWN
Sarjapura Road Cluster presentation at 8th Curated session of KSWNKSWN
 
Curso generalidades de gestión documental barranquilla
Curso generalidades de gestión documental   barranquillaCurso generalidades de gestión documental   barranquilla
Curso generalidades de gestión documental barranquilla
 
Decimo proyecto de aula periodo 1 nuevo
Decimo proyecto de aula periodo 1 nuevo Decimo proyecto de aula periodo 1 nuevo
Decimo proyecto de aula periodo 1 nuevo
 
Sequences
SequencesSequences
Sequences
 
Bill evans]yata45
Bill evans]yata45Bill evans]yata45
Bill evans]yata45
 
Telemedicina
TelemedicinaTelemedicina
Telemedicina
 
Arequipe yesii
Arequipe yesiiArequipe yesii
Arequipe yesii
 
Task 5
Task 5Task 5
Task 5
 

Semelhante a PLANO DE PESQUISA - SEGURANÇA

Semelhante a PLANO DE PESQUISA - SEGURANÇA (20)

Instalações elétricas em áreas potencialmente explosivas v11
Instalações elétricas em áreas potencialmente explosivas  v11Instalações elétricas em áreas potencialmente explosivas  v11
Instalações elétricas em áreas potencialmente explosivas v11
 
Apost 2 10 12
Apost  2 10 12Apost  2 10 12
Apost 2 10 12
 
NR10 - CURSO.ppt
NR10 - CURSO.pptNR10 - CURSO.ppt
NR10 - CURSO.ppt
 
TCC de segurança do trabalho
TCC de segurança do trabalhoTCC de segurança do trabalho
TCC de segurança do trabalho
 
NR 10.ppt
NR 10.pptNR 10.ppt
NR 10.ppt
 
bizzo-vestimentas-ideal-works.pdf
bizzo-vestimentas-ideal-works.pdfbizzo-vestimentas-ideal-works.pdf
bizzo-vestimentas-ideal-works.pdf
 
Curso nr10
Curso nr10Curso nr10
Curso nr10
 
Manual nr 10
Manual nr 10Manual nr 10
Manual nr 10
 
Manual nr 10
Manual nr 10Manual nr 10
Manual nr 10
 
Manual nr 10
Manual nr 10Manual nr 10
Manual nr 10
 
Manual nr 10
Manual nr 10Manual nr 10
Manual nr 10
 
09_A-importancia-da-norma_160_171.pdf
09_A-importancia-da-norma_160_171.pdf09_A-importancia-da-norma_160_171.pdf
09_A-importancia-da-norma_160_171.pdf
 
Curso NR10 Instituto Keynes
Curso NR10 Instituto KeynesCurso NR10 Instituto Keynes
Curso NR10 Instituto Keynes
 
NR10 BASICO - Introdução à segurança com eletricidade
NR10 BASICO - Introdução à segurança com eletricidadeNR10 BASICO - Introdução à segurança com eletricidade
NR10 BASICO - Introdução à segurança com eletricidade
 
Nr 10 comentada
Nr 10 comentadaNr 10 comentada
Nr 10 comentada
 
NR10-curso_para_atuar_no_sistema_elétrico_de_potência
NR10-curso_para_atuar_no_sistema_elétrico_de_potênciaNR10-curso_para_atuar_no_sistema_elétrico_de_potência
NR10-curso_para_atuar_no_sistema_elétrico_de_potência
 
Arco elétrico
Arco elétricoArco elétrico
Arco elétrico
 
Nr 10
Nr 10Nr 10
Nr 10
 
Curso de Norma Regulamentadora nr 10 sep.pptx
Curso de Norma Regulamentadora nr 10 sep.pptxCurso de Norma Regulamentadora nr 10 sep.pptx
Curso de Norma Regulamentadora nr 10 sep.pptx
 
LAUDO TECNICO - Serraria-desdobre madeira.PDF
LAUDO TECNICO  - Serraria-desdobre madeira.PDFLAUDO TECNICO  - Serraria-desdobre madeira.PDF
LAUDO TECNICO - Serraria-desdobre madeira.PDF
 

Mais de gelcine Angela

COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)gelcine Angela
 
Apresentaçao Lavanderia Hospitalar
Apresentaçao Lavanderia HospitalarApresentaçao Lavanderia Hospitalar
Apresentaçao Lavanderia Hospitalargelcine Angela
 
Trabalho gestão ambiental e siderurgia
Trabalho gestão ambiental e siderurgiaTrabalho gestão ambiental e siderurgia
Trabalho gestão ambiental e siderurgiagelcine Angela
 
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2gelcine Angela
 
Apresentação logistica 2015
Apresentação logistica 2015Apresentação logistica 2015
Apresentação logistica 2015gelcine Angela
 
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA gelcine Angela
 
GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015gelcine Angela
 
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇOGESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇOgelcine Angela
 
Trabalho de Ergonomia 2015
Trabalho de Ergonomia 2015Trabalho de Ergonomia 2015
Trabalho de Ergonomia 2015gelcine Angela
 
TCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUSTCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUSgelcine Angela
 
TCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUSTCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUSgelcine Angela
 
Apresentação mecânica do solo
Apresentação  mecânica do solo Apresentação  mecânica do solo
Apresentação mecânica do solo gelcine Angela
 
Excesso transito cidade Ipatinga
 Excesso  transito cidade Ipatinga Excesso  transito cidade Ipatinga
Excesso transito cidade Ipatingagelcine Angela
 

Mais de gelcine Angela (20)

COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
 
Apresentaçao Lavanderia Hospitalar
Apresentaçao Lavanderia HospitalarApresentaçao Lavanderia Hospitalar
Apresentaçao Lavanderia Hospitalar
 
Trabalho marketing
Trabalho marketingTrabalho marketing
Trabalho marketing
 
Trabalho gestão ambiental e siderurgia
Trabalho gestão ambiental e siderurgiaTrabalho gestão ambiental e siderurgia
Trabalho gestão ambiental e siderurgia
 
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
 
Kanban
Kanban Kanban
Kanban
 
Apresentação logistica 2015
Apresentação logistica 2015Apresentação logistica 2015
Apresentação logistica 2015
 
ENGENHARIA TRABALHO
ENGENHARIA TRABALHOENGENHARIA TRABALHO
ENGENHARIA TRABALHO
 
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
 
GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015
 
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇOGESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
 
TRIZ
TRIZTRIZ
TRIZ
 
Trabalho de Ergonomia 2015
Trabalho de Ergonomia 2015Trabalho de Ergonomia 2015
Trabalho de Ergonomia 2015
 
A voz do_cliente
A voz do_clienteA voz do_cliente
A voz do_cliente
 
TCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUSTCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUS
 
TCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUSTCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUS
 
Apresentação mecânica do solo
Apresentação  mecânica do solo Apresentação  mecânica do solo
Apresentação mecânica do solo
 
RELATÓRIO DE ESTAGIO
RELATÓRIO DE ESTAGIORELATÓRIO DE ESTAGIO
RELATÓRIO DE ESTAGIO
 
Excesso transito cidade Ipatinga
 Excesso  transito cidade Ipatinga Excesso  transito cidade Ipatinga
Excesso transito cidade Ipatinga
 
Trabalho de fabrica
Trabalho de fabricaTrabalho de fabrica
Trabalho de fabrica
 

PLANO DE PESQUISA - SEGURANÇA

  • 1. DISCIPLINAS: METODOLOGIA E TCC PROFESSORA: MARTHA ALMEIDA EMAIL: marthacalmeida@gmail.com IDENTIFICAÇÃO DO TRABALHO E DA AUTORIA AUTOR: GELCINE ANGELA DA SILVA EMAIL: gelcineangela@yahoo.com.br ORIENTADOR: JOSE ALVES DE SOUZA EMAIL: jose.souza@pitagoras.com.br TÍTULO PROVISÓRIO DO TRABALHO: APLICAÇÃO DA NR-10 EM INSTALACOES ELÉTRICAS TEMPORÁRIAS EM CANTEIROS DE OBRAS CURSO: PÓS-GRADUAÇÃO DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO ÁREA DA PESQUISA: SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADES DADOS SOBRE A PESQUISA 1 TEMA (Assunto a ser estudado. Desenvolver em até três laudas) A NR-10 (BRASIL, 2013), intitulada Segurança em Instalação e Serviço em Eletricidade, determina os requisitos e condições mínimas, como também suas medidas de controles e sistemas preventivos, com o objetivo de garantir a segurança e saúde dos trabalhadores que estejam diretas ou indiretamente ligados às instalações elétricas e serviços com eletricidade. Essa norma destaca os riscos adicionais de outras naturezas a que os trabalhadores estão expostos. A fim de atender à norma regulamentadora NR-10, os canteiros de obra devem ser adequados à condição de trabalho considerando-se a segurança de seus trabalhadores, sem esperar a cobrança do Ministério do Trabalho e Emprego. As condições de trabalho e as instalações elétricas, se forem inadequadas às normas de segurança, expõem todos os trabalhadores da obra ao perigo que pode contribuir para uma fatalidade. A segurança é indispensável para manter um ambiente seguro nos canteiros de obras. A energia elétrica é um risco invisível e permanente nas instalações, uma vez (que) não cumprido os procedimentos de segurança pode expor todos os trabalhadores ao perigo. Para Cotrim, (2003), o perigo está presente tanto para o eletricista que por acidente pode encostar em quadro de distribuição energizado, como para o trabalhador que toca na carcaça energizada de um motor elétrico, (bem) como para a dona de casa que encosta a mão na caixa metálica de uma máquina de lavar roupa, colocada sob tensão por falha de isolamento. Segundo Cotrim, (2003), choque elétrico é uma perturbação de natureza que tem consequências diferentes ao manifestar no organismo do ser humano, e dependendo de sua intensidade e tempo do choque elétrico, a corrente elétrica passada pelo organismo pode provocar maiores danos e efeitos patofisiológicos no homem. PLANO DE PESQUISA
  • 2. É muito importante que o local de trabalho tenha seu próprio planejamento de resgate em caso de primeiros socorros, atendimento apropriada às circunstâncias emergenciais características das suas atividades e instalações de acordo com Pereira e Sousa, (2010). De acordo a NBR 5410 (2004, p. 18), “as pessoas e os animais devem ser protegidos contra choques elétricos, seja o risco associado a contato acidental com parte viva perigosa, seja a falhas que possam colocar uma massa acidentalmente sob tensão”. Conforme A NR-10 (BRASIL, 2013), em todos os serviços executados em instalações elétricas devem ser previstas e adotadas, prioritariamente, medidas de proteção coletiva aplicáveis, mediante procedimentos, às atividades a serem desenvolvidas, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores. Na utilização de equipamentos elétricos no canteiro de obra é importante lembrar que o aterramento é uma medida prevenção coletiva contra acidente. Para Cotrim (2003, p. 113), “pode-se falar também no aterramento de trabalho (temporário), cujo objetivo é permitir ações seguras de manutenção em partes da instalação normalmente sob tensão, posta fora de serviços para fim. Trata-se de um aterramento provisório” Segundo Cotrim, (2003) o aterramento do equipamento é a ligação intencional da carcaça com a terra, pode ser realizada utilizando-se apenas os condutores elétricos necessários. A Fundacentro (2007, p. 110) “A redução do quadro atual de acidentes de trabalho envolvendo instalações elétricas necessita da adoção de novos métodos e dispositivos que permitam o uso seguro e adequado da eletricidade, reduzindo o nível de perigo às pessoas, as perdas de energia, os danos às instalações elétricas e aos bens” Algo constante em uma obra são os fios e cabos, aos quais não se dá a importância necessária e se tornam um risco para os trabalhadores. Segundo FILHO, (2001, p. 63). ” os fios e cabos, quando expostos ao tráfego, devem ser protegidos contra riscos de desgaste mecânico, pois podem sofrer avarias em caso de atrito sobre superfícies cortantes ou abrasivas”. O básico fornecido pela empresa em atendimento a norma Brasileira NR-10 (2013, p. 106), "nos trabalhos em instalações elétricas, quando as medidas de proteção coletiva forem tecnicamente inviáveis ou insuficientes para controlar os riscos, devem ser adotados equipamentos de proteção individual específicos e adequados as atividades desenvolvidas ”. 2 DELIMITAÇÕES/ PROBLEMA (Registre aqui a pergunta que direciona a sua pesquisa) Estudo da literatura dos requisitos de segurança das instalações elétricas temporárias em canteiros de obras de acordo com a NR-10.
  • 3. 3 JUSTIFICATIVA (Em tópicos, registre o “porquê”, os motivos pessoais, científicos, profissionais, sociais e acadêmicos que justificam a pesquisa). Ex.:  O problema envolve uma parcela significativa de pessoas: 30% da comunidade tal. O trabalhador do canteiro de obra deve ser amparado pela legislação uma vez que estão expostos a perigos e riscos diversos e nem sempre possuem equipamentos e condições seguras para desenvolver suas atividades. Cabe à empresa adequar às recomendações das normas regulamentadoras, pensando em sua imagem diante de eventuais fiscalizações do Ministério do Trabalho e Emprego. 4 OBJETIVOS GERAL Revisar a literatura proposta para os trabalhos temporários em canteiro de obra, com segurança em instalações e serviços com eletricidade de acordo NR-10. ESPECÍFICOS 1. Demonstrar as condições seguras para atividades temporárias no canteiro de obra; 2. Identificar os perigos e os riscos pertinentes ao canteiro de obra; 3. Explicar a importância do atendimento à norma regulamentadora. 5 HIPÓTESE (Elabore uma resposta dissertativa ao problema formulado.) 6 METODOLOGIA (Como pretende desenvolver o trabalho? Registre detalhadamente, em itens, o “como” você realizará o trabalho (defina o objeto de estudo, o raciocínio lógico, os fins, os meios, a abordagem, o instrumento de coleta de dados, o universo, a amostra, os sujeitos.). Informar os teóricos//teorias que sustentarão a pesquisa, quais os critérios de seleção dos textos que formarão o corpus de pesquisa, que descritores foram utilizados para selecionar os textos, quais os critérios de exclusão de textos foram utilizados. O artigo abordará uma revisão literária, realizada por meio de pesquisa em artigos e publicações de cunho científico da Biblioteca da faculdade e pesquisa google cientifico. Revisão bibliográfica da Norma Regulamentadora NR-10, titulada Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, NBR 5410 - Associação Brasileira de Normas Técnicas e estudos de trabalhos de conclusão de cursos. Teóricos: COTRIM, Ademaro A.M.B; Lourenco, S. R. SILVA T.A.F FILHO, S.C.D.S. Bom, Phelipe A.O. Pereira J.G. Sousa, J.J.B.D.
  • 4. 7 CRONOGRAMA (Baseando-se no quadro apresentado na Aula 1, desenvolva o seu cronograma.) DATA ATIVIDADE 02/12/2016 Definição de tema, delimitação do tema (problema) 03/12/2016 a 16/12/2016 Elaboração do Projeto de Pesquisa 16/12/2016 Entrega da versão inicial do Projeto de Pesquisa 01/01/2017 a 31/01/2017 Revisão de Projeto de Pesquisa 01/02/2017 Entrega da versão final do projeto de Pesquisa 02/12/2016 a 01/02/2017 Leitura e fechamentos. 01/02/2017 Estruturação do artigo. Definições metodológicas. 01/02/2017 a 28/02/2017 Elaboração do artigo 01/03/2017 Entrega da primeira versão do artigo para avaliação 08/03/2017 Entrega da versão definitiva do artigo para avaliação 25/03/2017 Entrega dos slides para avaliação 08/04/2017 Apresentação e defesa para avaliadora REFERÊNCIAS (Faça a lista em ordem alfabética das referências bibliográficas que você utilizará em seu trabalho. Usar padrão ABNT) ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5410: Instalações elétricas de baixa tensão. 2ª. ed. Rio de Janeiro, 2004. BOM, Phelipe A.O. Análise do Atendimento à NR-10 em Canteiros de Obras de Construções Verticais no Município de Curitiba (PR). Curitiba, 2014. BRASIL. NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade. 71ª Edição. São Paulo: ATLAS 2013. COTRIM, Ademaro A.M.B. Instalações Elétricas. 4ª Edição. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2003. FUNDAÇÃO COMITÊ DE GESTÃO EMPRESARIAL. Curso Básico de Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade. 1ª. ed. Rio de Janeiro: Editora Fundação COGE, 2005. FILHO, A. R. (coord.) et al. Engenharia de segurança do trabalho na indústria da construção. São Paulo: Fundacentro, 2001. Pág. 57 a 86. LOURENÇO, S. R.; SILVA, T. A. F.; FILHO, S. C. D. S. Um estudo sobre os efeitos da eletricidade no corpo humano sob a égide da saúde e segurança do trabalho. Exacta, São Paulo, V, n. 1, Jan./Jun. 2007. 135- 143. PEREIRA, J. G.; SOUSA, J. J. B. D. Manual de Auxílio na Interpretação e Aplicação da NR-10. 1ª. ed. São Paulo: Ministério do Trabalho e Emprego, 2010. .