Arte no pós guerra

573 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
573
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arte no pós guerra

  1. 1. ESCOLA ESTADUAL CHICO MENDES PROFESSORA: GEISA A arte do Pós Guerra.
  2. 2. A ARTE NO PÓS GUERRA  Compreende-se pela deformação da realidade para expressar de forma subjetiva a natureza e o ser humano, enfatizando à expressão de sentimentos em relação à descrição objetiva da realidade. Entendido desta forma, o pós guerra não tem uma época ou um momento, define o sentimento do artista após o sentimento de perda, após toda loucura ou sanidade após a guerra.
  3. 3. 'QUADRO VERMELHO COM CAVALOS', DE HEINRICH CAMPEDONK
  4. 4. 'QUADRO VERMELHO COM CAVALOS', DE HEINRICH CAMPEDONK. Uma profunda confusão abatia-se sobre a população a arte passa por um período de adequação entre a ficção e a realidade o seu súbito imaginário.
  5. 5. NU DEITADO COM GATO É OBRA DE MAX PECHSTEIN.
  6. 6. NU DEITADO COM GATO É OBRA DE MAX PECHSTEIN Esta obra representa a solidão em e depressão que a população vivia na época devido a perda de familiares, esposas sem maridos, filhos sem pais. O quadro demonstra uma mulher solitária deitada em uma cama na companhia de um gato.
  7. 7. O OLHO CRÍTICO SOBRE A ARTE
  8. 8. O OLHO CRÍTICO SOBRE A ARTE O ser humano no tom avermelhado, simbolizando o sangue derramado. A ausência de vestimentas, mostrando o desapego causado pela guerra, são traços marcantes no pós guerra.
  9. 9. “CABEÇA ENTRE OS QUARTOS DE UM BOI ESQUARTEJADO” – FRANCIS BACON
  10. 10. “CABEÇA ENTRE OS QUARTOS DE UM BOI ESQUARTEJADO” – FRANCIS BACON Um exemplo de uma pintura abstracionista, tudo vira arte após a guerra, tudo que demonstre sentimentos, sejam eles de dor ou de alegria, de distanciamento ou proximidade da realidade, tudo tratado e relacionado a arte.
  11. 11. “RODA DE BICICLETA”, DO ARTISTA PLÁSTICO MARCEL DUCHAMP.
  12. 12. “RODA DE BICICLETA”, DO ARTISTA PLÁSTICO MARCEL DUCHAMP: Essa ideia de romper com a imagem que se tinha do Velho Mundo, e dar lugar ao progresso, ciência, modernidade, racionalismo e ordem. Sem dúvida, intelectuais de outras regiões do mundo tinham esta impressão e assim colocavam a Europa como um exemplo a ser seguido de arte e modernidade.
  13. 13. ARTE NO PÓS GUERRA EXPANDINDO A ARTE NA ARQUITETURA
  14. 14. ARTE NO PÓS GUERRA :EXPANDINDO A ARTE NA ARQUITETURA A arquitetura passou pela combinação de materiais e a maquina como forma de inspirarão foi o mais usado para a escultura. Esta escultura feita logo após a segunda guerra mundial pelo artista Richard Serra.
  15. 15. PINTURA SEM NOME - CY TWOMBLY
  16. 16. PINTURA SEM NOME - CY TWOMBLY Da mesma geração de expressionistas abstratos e artistas pop como Jasper Johns e Robert Rauschenberg, Twombly andou na contramão da arte do pós-guerra. Decidiu se mudar para a Itália, onde viveu mais de 50 anos, quando o mundo da arte havia se transferido para Nova York, epicentro da escola do expressionismo abstrato pela qual se consagrou.
  17. 17.  Mas Twombly demorou a conquistar os críticos. E os artistas: o minimalista Donald Judd, por exemplo, desclassificou sua pintura como "pingos e ondulações com uma ou outra linha a lápis".  Por trás do caos aparente das telas, havia sempre uma referência, explícita ou não, a um arsenal de autores que lhes davam alicerce conceitual dos versos de Catulo aos de Ezra Pound.
  18. 18. Apresentado por Ana Paula,Clara e Suellen Cristina,como complemento de nota referente ao 2° Bimestre n disciplina de História. Água Clara,MS,Junho 2013.
  19. 19. FONTES Sites consultas de imagens e texto:  Arquitetandoteoria.blogspot.com  Infoescola.com  Noseahistoria.wordpress.com

×