Guernica ou o manifesto político de P. PicassoUm dos quadros que melhortransmite todo o desesperoadvindo     da   guerra  ...
É tempo de pensar no outro Mundo, cujos povos vivemem palco de guerra, e para os   quais nada resta senão   esperar por di...
•Picasso não tinha sido muito afetado pela I Guerra Mundial esó com a Guerra Civil Espanhola se interessou por política,to...
• Rapidamente o painel se transforma num  objeto de protesto e denúncia contra a  violência, a guerra e a barbárie:•     "...
De onde vem a genial monumentalidade que faz de         Guernica uma obra tão singular?• “Evoca, por uma série de  poderos...
Citando o artista:• "Quando alguém deseja exprimir a  guerra, pode achar que é mais  elegante e literário representá-la  p...
• Picasso recorre a formas dramáticas,  violentas,    a    fragmentações    e  metamorfoses anatômicas que se por um  lado...
• A comprovar isso atente-se nas várias figuras que o pintor  representa neste quadro que aparentemente livre, obedece  co...
Hoje, olhar para Guernica é partilhar o horror que Picasso sentiu há 75 anos perante as imagens da destruição dapovoação. ...
ATIVIDADE•   PESQUISA SOBRE A GUERRA CIVIL ESPANHOLA:   Quando começou e terminou?   Quem estava em conflito?   O Brasi...
Guernica
Guernica
Guernica
Guernica
Guernica
Guernica
Guernica
Guernica
Guernica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Guernica

1.508 visualizações

Publicada em

Este slide mostra uma análise do quadro Guernica, de Pablo Picasso.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.508
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
44
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guernica

  1. 1. Guernica ou o manifesto político de P. PicassoUm dos quadros que melhortransmite todo o desesperoadvindo da guerra é ointemporal Guernica de PabloPicasso, fazendo plena justiça àexpressão "uma imagem valepor mil palavras".
  2. 2. É tempo de pensar no outro Mundo, cujos povos vivemem palco de guerra, e para os quais nada resta senão esperar por dias de paz.
  3. 3. •Picasso não tinha sido muito afetado pela I Guerra Mundial esó com a Guerra Civil Espanhola se interessou por política,tornando-se vivamente solidário com os republicanos. As fotografias que aparecem na imprensa no início de Maio de1937 relativas ao bombardeamento de Guernica (antiga capitaldo País Basco) em 36 de Abril tocam-no profundamente.Passado pouco mais de um mês e após 45 estudospreliminares, sai do seu atelier de Paris o painel Guernica(3.50x7.82 m) para ser colocado na frontaria do pavilhãoespanhol da Exposição de Paris de 1937 dedicada aoprogresso e à paz.
  4. 4. • Rapidamente o painel se transforma num objeto de protesto e denúncia contra a violência, a guerra e a barbárie:• "O quadro converte-se numa manifestação da cultura na luta política, ou melhor dizendo, no símbolo da cultura que se opõe à violência: Picasso opõe a criação do artista à destruição da guerra"
  5. 5. De onde vem a genial monumentalidade que faz de Guernica uma obra tão singular?• “Evoca, por uma série de poderosas imagens, a agonia da guerra total", chegando a constituir uma visão profética da desgraça da guerra que nos ameaça hoje e que nos ameaçará no próximo século”.
  6. 6. Citando o artista:• "Quando alguém deseja exprimir a guerra, pode achar que é mais elegante e literário representá-la por um arco e uma flecha, que de fato, são esteticamente mais belos, mas quanto a mim (...) utilizaria uma metralhadora”.
  7. 7. • Picasso recorre a formas dramáticas, violentas, a fragmentações e metamorfoses anatômicas que se por um lado criam figuras que não aderem a nenhum modelo "real", por outro exprimem toda a realidade e agonia da dor insuportável.
  8. 8. • A comprovar isso atente-se nas várias figuras que o pintor representa neste quadro que aparentemente livre, obedece contudo a um rigoroso esquema em termos de construção:• Imagine a tela dividida em 4 retângulos, com um triângulo cujo vértice corresponde ao eixo vertical que a divide em duas partes iguais.• A mãe chorando a morte do filho (descendentes da Pietà...) e o ameaçador touro de cabeça humana, no 1º retângulo, o "olho" luminoso do candeeiro que derrama uma luz inóspita (no 2º), a mulher com a lâmpada na mão recordando-nos a Estátua da Liberdade no 3º) e o homem que em desespero levanta os braços ao céu (no 4º).• Repare ainda no cadáver empunhando a espada partida (um emblema da resistência heróica) e o cavalo ferido que aparecem no referido triângulo. O cavalo é à semelhança do touro uma figura saída da mitologia espanhola; representa o povo que agoniza sob o jugo opressor do touro, símbolo da brutalidade, das forças do mal.
  9. 9. Hoje, olhar para Guernica é partilhar o horror que Picasso sentiu há 75 anos perante as imagens da destruição dapovoação. Por isso, aqui vai um desejopara o novo ano: que em 2012 tratados como os de Dayton não fiquem pelo papel e que haja sempre um pensamento na mente dos homens: GUERNICA NUNCA MAIS!
  10. 10. ATIVIDADE• PESQUISA SOBRE A GUERRA CIVIL ESPANHOLA: Quando começou e terminou? Quem estava em conflito? O Brasil fez parte? Em que condição? Por que ela teve início? Quais foram os motivos? A tragédia espanhola adquiriu dimensão internacional? Quem eram os manifestantes? Qual o resultado da guerra? Mortes? Etc....

×