Embalagem  colar de renda de bilro Disciplina: Programação Visual I Prof. Ms Cicero de Brito Equipe:Graça Batista, Ivonild...
O produto <ul><li>Colar de renda de bilro;  artesanalmente elaborado por rendeiras dos Morros da Mariana, município de Ilh...
 
O colar <ul><li>É um acessório derivado  de uma aplicação denominada “camélia”, utilizada  inicialmente para  a confecção ...
A ideia da embalagem <ul><li>linha cognitiva com apelo voltado para o mais suave, a exemplo  de tons verdes, amarelo banan...
Ainda a ideia  <ul><li>Ou seja,  utilização de  cores que expressam a suavidade e ao mesmo tempo a contemporaneidade.   </...
Mais da ideia <ul><li>Sem esquecer o que remete ao local pois nada é mais contemporâneo e   global  que a valorização da i...
A construção
Sobre a construção <ul><li>A imagem da renda foi vetorizada e transformada em  estampa nos tons  verde, cor de rosa  e azu...
Ainda a construção <ul><li>Depois a imagem da renda tradicional dos Morros da Mariana ficou pronta para ser aplicada  a em...
A definição da embalagem <ul><li>Foram testadas varias embalagens  </li></ul><ul><li>O norte era conseguir uma que valoriz...
O porquê da embalagem <ul><li>invólucro que acondiciona o produto, com as funções de conter, proteger, identificar, promov...
Outras funções... <ul><li>A ideia era não  apenas ser um meio de preservação do produto, mas também importante fator de id...
Após diversos testes...
Eis que se opta pela  embalagem “baú”
Baú <ul><li>Originalmente uma grande mala na qual se guardam  preciosos   pertences; Ex: baú do tesouro </li></ul><ul><li>...
O baú do nosso tesouro <ul><li>Tão atraente aberto quanto fechado; </li></ul><ul><li>Funcional e decorativo e prática; </l...
As versões de lay out
As versões lay out
Lay out escolhido – externo e interno
O lay out  do baú
Rendas de Bilro <ul><li>Destaque na embalagem externa em tipologia  manuscrita para fazer alusão ao que é feito a mao. </l...
 
Muito obrigada! Graça Batista, Ivonilde e Simone
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Embalagem Colar Renda

2.044 visualizações

Publicada em

Desenvolvimento de embalagem para colar de renda de bilro

Publicada em: Design, Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.044
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Embalagem Colar Renda

  1. 1. Embalagem colar de renda de bilro Disciplina: Programação Visual I Prof. Ms Cicero de Brito Equipe:Graça Batista, Ivonilde e Simone
  2. 2. O produto <ul><li>Colar de renda de bilro; artesanalmente elaborado por rendeiras dos Morros da Mariana, município de Ilha Grande, Norte do Piauí </li></ul>
  3. 4. O colar <ul><li>É um acessório derivado de uma aplicação denominada “camélia”, utilizada inicialmente para a confecção de peças do vestuário. </li></ul>
  4. 5. A ideia da embalagem <ul><li>linha cognitiva com apelo voltado para o mais suave, a exemplo  de tons verdes, amarelo banana.  </li></ul>
  5. 6. Ainda a ideia <ul><li>Ou seja,  utilização de cores que expressam a suavidade e ao mesmo tempo a contemporaneidade.  </li></ul><ul><li>Baseado  no fato do colar ser acessório feminino... E também renda ter apelo mais romântico   sem deixar, no entanto, de estar  sintonizado com a atualidade pois se mostra com uma nova forma de uso, novo design.  </li></ul>
  6. 7. Mais da ideia <ul><li>Sem esquecer o que remete ao local pois nada é mais contemporâneo e   global que a valorização da identidade de cada um. </li></ul><ul><li>Assim a localidade dos Morros da Mariana está representada pela cor  as folhas do delta, as flores nas casas  dos moradores, o céu azul...   </li></ul>
  7. 8. A construção
  8. 9. Sobre a construção <ul><li>A imagem da renda foi vetorizada e transformada em  estampa nos tons  verde, cor de rosa  e azul... </li></ul>
  9. 10. Ainda a construção <ul><li>Depois a imagem da renda tradicional dos Morros da Mariana ficou pronta para ser aplicada a embalagem. </li></ul>
  10. 11. A definição da embalagem <ul><li>Foram testadas varias embalagens </li></ul><ul><li>O norte era conseguir uma que valorizasse o produto, mostrando-o como algo desejável, atraente, contemporâneo (up to date) mas tambem romântico e com identidade, com raiz. </li></ul>
  11. 12. O porquê da embalagem <ul><li>invólucro que acondiciona o produto, com as funções de conter, proteger, identificar, promover e ainda ajudar a vender. </li></ul><ul><li>O uso desejado => embalagem para presente. </li></ul>
  12. 13. Outras funções... <ul><li>A ideia era não apenas ser um meio de preservação do produto, mas também importante fator de identificação, agregando individualidade e identidade. </li></ul>
  13. 14. Após diversos testes...
  14. 15. Eis que se opta pela embalagem “baú”
  15. 16. Baú <ul><li>Originalmente uma grande mala na qual se guardam preciosos pertences; Ex: baú do tesouro </li></ul><ul><li>Canastra; </li></ul><ul><li>Caixa de forma retangular, com a tampa convexa, geralmente revestida de couro. </li></ul>
  16. 17. O baú do nosso tesouro <ul><li>Tão atraente aberto quanto fechado; </li></ul><ul><li>Funcional e decorativo e prática; </li></ul><ul><li>Custo acessível </li></ul><ul><li>Aparência atrativa e original que o individualiza; </li></ul><ul><li>Facilmente reconhecido; </li></ul><ul><li>Formas, desenhos e cores adequadas ao produto, remetendo ao artesanal, a renda; </li></ul><ul><li>Adaptável ao principal incentivo do produto: levar em conta o gosto do consumidor; </li></ul><ul><li>Possibilidade de ser aproveitado depois de vazio </li></ul>
  17. 18. As versões de lay out
  18. 19. As versões lay out
  19. 20. Lay out escolhido – externo e interno
  20. 21. O lay out do baú
  21. 22. Rendas de Bilro <ul><li>Destaque na embalagem externa em tipologia manuscrita para fazer alusão ao que é feito a mao. </li></ul><ul><li>Formas de contato internamente </li></ul><ul><li>Valorização da “artesania”. </li></ul>
  22. 24. Muito obrigada! Graça Batista, Ivonilde e Simone

×