Cacela a Velha

437 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
437
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cacela a Velha

  1. 1. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica CACELA-A-VELHA Vila Real de Santo António Faculdade de Arquitectura | Conservação, Restauro e Reabilitação | Arq. José Aguiar | 4º Ano | Turma B Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  2. 2. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica A VilaDistrito: FaroConcelho: Vila Real de Santo AntónioFreguesia: Vila Nova de CacelaFoi classificada como Imóvel de Interesse Público em 6 de Março de 1996. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  3. 3. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica A Vila • Povoação de origens muito antigas, caracteriza-se pela típica arquitectura popular, de casas brancas, com portas e janelas emolduradas a azul; • Conserva as suas características tradicionais; • Situada no extremo Este do Parque Natural de Ria Formosa, onde acaba a ria; Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  4. 4. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica A Vila • A Aldeia foi, em outros tempos, designada por "Cacila" ou "Qastala“, que significava prado, devido à grande aptidão agrícola dos terrenos da zona; • Constituiu ponto de passagem para navegadores gregos e fenícios; os romanos ampliaram- na e os árabes deram-lhe o prestígio; • A fortaleza de Cacela terá sido mandada construir no século X; Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  5. 5. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica A Vila • Durante o período islâmico e a época medieval foi um importante centro populacional, tendo sido conquistada aos mouros em 1240; • Em 1840, para além da igreja, dos antigos paços do concelho e da residência do pároco, o número de moradias não ia além de seis. • No início do presente século, o número de fogos não ultrapassaria os 20, número que se manteve até aos dias de hoje. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  6. 6. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Mapa Cheios e Vazios Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  7. 7. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Número de Pisos Dois Pisos Um Piso Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  8. 8. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Espaços Descanso e de Passagem Espaços de Pausa Espaços de Passagem Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  9. 9. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Edifícios com e sem uso Edifícios ao abandono Edifícios em uso Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  10. 10. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Usos Habitação Restauração Habitação e Restauração Militar Comércio/Serviços Religioso Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  11. 11. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Estado de Conservação Em Bom Estado Em Estado Razoável Em Estado Degradado Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  12. 12. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Público e Privado Público Misto Privado Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  13. 13. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Principais Problemas da Vila Problemas de Natureza Social: • Fraca Fixação de Pessoas; • Fracas Acessibilidades; • População reduzida e de faixa etária elevada; • Número de visitantes elevado, especialmente na época balnear; • Fraca oferta de interesses não ligados à natureza; • Isolamento relativamente às cidades mais próximas. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  14. 14. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Principais Problemas da Vila Vantagens: • Forte conotação cultural e histórica; • Forte ligação à natureza; • Isolamento ao stress urbano. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  15. 15. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Principais Problemas da Vila Problemas de ordem urbana: • Fraco estado de conservação dos edifícios; • Ausência de integração urbana; • Desproporção de valências; • Ausência de espaços lúdicos; • Ausência de edifícios públicos; • Ausência de sombreamento; • Ausência de espaços de repouso; • Casas disponíveis para arrendamento balnear. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  16. 16. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Eventos em Cacela-a-Velha Durante o período de Verão são realizados eventos, alguns para crianças com o objectivo de as integrar no contexto histórico e cultural da vila. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  17. 17. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Eventos em Cacela-a-Velha O Espaço usado para estes eventos é a zona central da vila, que de uma forma improvisada, se adapta à actividade. Contudo o espaço não se encontra minimamente qualificado para a realização de eventos públicos. Existe uma grande deficiência na qualificação do espaço exterior e de uma relação de edifício público e espaço exterior. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  18. 18. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica A Proposta O pátio interior seria reabilitado transformando o antigo cemitério num espaço de lazer e de utilização da população, que complementa as funcionalidades do edificado; Este espaço exterior seria um espaço de reunião ocasional da população, um espaço de lazer; Seria considerada também a integração (formal ou não) da casa do pároco no projecto, procurando uma articulação directa com o centro da vila. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  19. 19. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica A Proposta Esta instituição seria responsável pela organização promoção de eventos no espaço público adjacente ao edifício. Através de mobiliário urbano, e arquitectura efémera, é possível estender a intenção da instituição ao exterior. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  20. 20. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica Estado do Edifício O edifício apresenta um estado de conservação razoável, embora com vários problemas de deterioração de fachada. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  21. 21. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Análise da Vila Histórica A Proposta Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  22. 22. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Enquadramento do Exercício O exercício surge na continuidade de uma proposta de revitalização de uma parte da antiga Vila, na cadeira de Conservação, Restauro e Reabilitação. Pressupõe-se que após a análise do sítio, seja considerada a elaboração de uma proposta que vise o favorecimento dos habitantes da vila, assim como dos turistas. A vila possui várias carências, que devem ser colmatadas de modo a resolver ou atenuar os problemas. A Zona de Intervenção O Antigo Cemitério de Cacela-a-Velha situa-se na área central da vila, tem uma forte conotação histórica e simbólica para os habitantes. Neste espaço privilegiado, que consiste praticamente no único espaço vazio semi-privado, são realizados vários eventos relacionados com a Vila. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  23. 23. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto O Conceito No seguimento do descrito no ponto anterior, são os eventos realizados no Antigo Cemitério que servem de mote à intervenção. Este espaço não possui qualquer estrutura de apoio aos eventos, no entanto isto não inviabiliza a realização dos eventos. É feita projecção de cinema ao ar livre, lançamento de livros, pequenas conferências, pequenas feiras artesanais no exterior e até reuniões ou actividades relacionadas com arqueologia. A ideia prende-se com a atribuição de infra-estruturas de apoio a estes eventos que decorrem no interior do Antigo Cemitério. Existe também um segundo objectivo, relacionado também com eventos na Vila, eventos exteriores ao cemitério neste caso. No pequeno largo adjacente ao Cemitério são realizados eventos relacionados com Danças Mouras, pequenos workshops para crianças e demonstrações da cultura árabe. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  24. 24. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  25. 25. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto A Intervenção Para apoiar estes eventos, é proposta a construção de dois elementos, um em cada extremo do Antigo Cemitério. Esta construção seria feita em materiais pouco intrusivos, fáceis de retirar respeitando o principio da reversibilidade, e considerando o construído da vila. O muro que limita o Antigo Cemitério será mantido, e os elementos construídos serão implantados dentro dos limites, com um afastamento que permite a colocação de zonas de arrumo destinadas a albergar o mobiliário necessário para os eventos. O pé direito destes volumes, é de um piso, isto para que o impacto visual na imagem da vila seja mínimo. Assim, a altura do construído fica idêntica à cota do muro, proporcionando alguma omissão dos volumes e respeitando a intenção futura do plano de salvaguarda, de dotar a vila apenas de edifícios de piso térreo. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  26. 26. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto A princípio era colocada a hipótese de se substituir o muro existente pela estrutura que albergaria os dois volumes, e que corresponderia, volumetricamente, ao muro. Esta estrutura teria dois planos que se movimentavam de modo a criar uma pala e área de entrada ao recinto. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  27. 27. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Hipótese de Bancada e projecção de arrumação filmes. simultâneas. Perspectiva geral da estrutura. Estes estudos correspondem a essa primeira fase do projecto. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  28. 28. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Estudos de alçados dessa mesma fase. Antes Entretanto, essa ideia foi colocada de parte. O facto de se destruir o muro do antigo cemitério não era a atitude mais Depois correcta do ponto de vista da salvaguarda da vila, por ser um local de forte simbolismo e um ícone. Corte Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  29. 29. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Uma nova proposta, punha a hipótese de substituir parte do muro por paineis pivotantes brancos, que funcionassem como entrada, de modo a que o recinto se pudesse relacionar mais facilmente com a praça, aquando de eventos na vila. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  30. 30. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Estudos para o funcionamento dos painéis pivotantes, alçado, corte, e ainda estudos para mobiliário. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  31. 31. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Colocava-se também a hipótese de se criarem percursos no interior do recinto, e surge a ideia de haverem dois pisos em cada volume que proporcionassem espaços técnicos e de estar para os visitantes. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  32. 32. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Numa primeira fase do projecto a ideia baseava-se em dois pisos para que existisse o máximo de versatilidade possível. Mostra-se aqui o exemplo de utilização do espaço com uma pequena conferencia ou palestra, com o apoio de projecção de imagens na parte superior do volume. A perspectiva parte do piso superior do bloco oposto. O mesmo volume, apenas com o descer da tela permitiria também a passagem de películas durante a noite, actividade que também já se faz na vila, embora com condições diferentes. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  33. 33. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Piso Inferior Estudos para plantas Piso Superior Foi então abandonada a ideia dos dois pisos por não ser compatível com o plano de salvaguarda da vila, que pretende manter todos os edifícios à cota térrea, porém a organização em planta manteve-se. A única alteração foi a contemplação do local onde se encontram as ossadas, que apesar de serem mantidas no mesmo local, terão uma estrutura de protecção acessível à população e mais digna Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  34. 34. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Estudos para o funcionamento dos dispositivos mecânicos. Funcionamento da tela de projecção: estrutura que se encontra dentro de um dos volumes e que sobe através de rodas dentadas, e dentro da qual se encontra uma tela que é enrolada e desenrolada conforme as necessidades (desenhos do lado direito). Em baixo: embainhamento de cabos para a cobertura removível. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  35. 35. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Os volumes situam-se no extremo do terreno de intervenção, articulando o centro com as funções albergadas pelo construído. Existe uma cobertura têxtil que se desenvolve através de dois cabos pré- esforçados longitudinalmente ao terreno. Através das bainhas e cabos, é possível estender a cobertura de modo a causar situações de sombra. Em exemplo, mostra-se a cobertura recolhida e aberta. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  36. 36. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto A integração do sistema de cobertura e do construído é conseguido através da cor e da leitura da imagem da vila. Mantendo a Mesma imagem urbana, a proposta é Colocada em segundo plano na ideia da Vila. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  37. 37. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto O interior resulta num espaço amplo, com pouca intervenção mas muito versátil funcionalmente. A cota do terreno foi reduzida em cerca de 1m para possibilitar que o construído não causasse um impacto forte na vila. Na imagem da esquerda é possível perceber o espaço de águas (balcão, lavatório, e espaço de máquina), a preservação das ossadas, e o bloco de instalações sanitárias. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  38. 38. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Com a cobertura corrida o espaço fica agora com protecção contra a incidência solar directa, proporcionando algum conforto nas horas de maior calor. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  39. 39. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto O bloco oposto é caracterizado pelo seu piso mais elevado relativamente à cota do terreno para possibilitar um sistema activo na realização de eventos. Aqui situa-se a tela de projecção, e permite que o espaço funcione como palco para albergar conferências, palestras, danças ou outros pequenos espectáculos. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  40. 40. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto 1 2 3 O funcionamento da tela está associado a um sistema se pórtico que se eleva a partir do bloco (estando integrado neste), 4 5 de onde se desenrola a tela. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  41. 41. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Exemplo em situação de projecção de cinema ou películas. É possível estender a tela durante a noite e colocar cerca de 40 pessoas sentadas. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  42. 42. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Exemplo de situação de convívio. A versatilidade do espaço permite também albergar eventos de convívio como almoços ou reuniões. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  43. 43. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Exemplo de situação de conferência. O bloco versátil encarrega-se aqui de proporcionar o espaço necessário para uma conferência. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  44. 44. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção O Projecto Exemplo de situação de festividade. Articulando os blocos com o espaço interior é possível conciliar por exemplo festividades populares ou pequenos espectáculos de dança com a vila. Estes eventos poderiam estender-se ao exterior, mantendo este espaço como um espaço de apoio. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  45. 45. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção Conclusão Na Vila de Cacela-A-Velha, percebemos através das analises urbanas que existe um grande défice em espaços de estar públicos ou espaços de paragem e de sombra. Aliás os espaços de sombra são praticamente inexistentes. Os eventos realizados acabam por se tornar incómodos para quem os vê e quem os faz, muito por culpa deste défice. E são os eventos, para além da própria cultura e arquitectura da vila que trazem visitantes para a Cacela. Daí surgiu a ideia de proporcionar, no espaço do Antigo Cemitério um equipamento de apoio a todas estas carências. Um equipamento cujas palavras-chave seriam versatilidade, pouca intrusividade, reversibilidade, e imagem. O facto de ser necessário manter a imagem da vila é um conceito fundamental no projecto. Desta forma é possível conciliar vários eventos no mesmo espaço, e até estender os eventos ao exterior. De outra perspectiva, é também possível tornar o espaço como um apoio aos eventos culturais exteriores através de zona de descanso, arrumos ou comes e bebes. A versatilidade do espaço potencia eventos como conferencias, cinema, convívio, festividades populares, exposições tradicionais, feiras do livro, ou até pequenos espetaculos de dança que se passam no exterior. Este tipo de versatilidade pode convencer turistas e visitantes a tomar Cacela-A-Velha como uma vila para viver e não apenas uma estância balnear, assim como proporcionar um espaço destinado aos habitantes da própria vila, podendo ser usado para várias outras situações. Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950
  46. 46. Conservação, Restauro e ReabilitaçãoCacela-A-Velha Proposta de Intervenção Faculdade de Arquitectura | UTL Conservação, Restauro e Reabilitação | Arq.º José Aguiar | MIArq4B Gustavo Macedo #5881 | Margarida Mesquita #6182 | Pedro Nunes #6255 | Vanessa Ferrão #5950

×