Embalagens e movimentação de cargas

11.063 visualizações

Publicada em

Material de apoio para a disciplina Armazenamento e Movimentação de materiais

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.063
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
149
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Embalagens e movimentação de cargas

  1. 1. Embalagens e movimentação de cargas parte 1 De acordo com a definição oferecida pela Associação Brasileira de Embalagem “aembalagem é um recipiente ou envoltura que armazena produtos temporariamente e serveprincipalmente para agrupar unidades de um produto, com vista à sua manipulação, transporte ouarmazenamento”. Ainda há que entender que embalagens possuem outras funções como proteger oconteúdo, informar sobre condições de manipulação, riscos de movimentação, exibir a composiçãodo item (requisito legais), ingredientes que compõe o produto, forma adequada dearmazenamento, etc. A embalagem ainda é um, elemento mercadológico importante, que através de gráficos,desenhos logotipos e logomarcas, além de seu design fazem com que empresas, marcas e produtossejam mais facilmente identificados. Embalar, ou acondicionar, mercadorias e objetos em pacotes, fardos, caixas e outros, paraprotegê-los de riscos ou facilitar o seu transporte também são processos de embalagem. Atualmente, do ponto de vista comercial, quase todos os produtos usam embalagens, querna fase final, quer em alguma fase intermediária do ciclo produtivo. Podemos observar o uso deprocessos e tipos diferentes de embalagens da produção até a entrega ao consumidor final. Disponível em http://www.uaiembalagens.com.br /pagina.asp?id=10 A complexidade da economia, assim como dos processos de fabricação e decomercialização, colocam a necessidade de uso cada vez maior de processos de embalagem, o queafeta diretamente as técnicas de armazenagem. Produtos que usam embalagens têm menos problemas com perdas, danos e avarias noprocesso de manipulação, armazenamento e transporte. As embalagens apresentam grande variedade de formas, de modelos e de materiais comque são confeccionadas e elaboradas. As embalagens fazem parte da vida cotidiana das pessoas de diversas maneiras, quer deforma direta, quer de forma indireta, ou mesmo mais sutil.
  2. 2. Produtos e a embalagens são tão inter-relacionados que não podemos considerados umsem o outro. As embalagens chegam a definir o produto. Para o processo de desenvolvimento de novos produtos, por conseqüências, fica difícil nãolevar em consideração a embalagem. O produto não pode ser planejado sem considerar suaembalagem. Pra tanto as embalagens são objetos de estudo da engenharia, do marketing, dacomunicação, da legislação, da economia, entre outros. Há inclusive pesquisas setoriais realizadas pela Associação Brasileira de Embalagem emconjunto com a Fundação Getúlio Vargas (ABRE/FGV) que apontam que para muitos produtos aembalagem é o seu símbolo. São, por exemplo, os frascos de perfume, o extintor de incêndio, as caixas de fósforos, osvasilhames de refrigerante ou de cerveja, entre outros. Na disputa comercial, as embalagens lutampela atenção na prateleira dos pontos-de-venda. Constantemente são realizados estudos para o aprimoramento na conveniência do uso, naaparência, na possibilidade de reaproveitamento, no volume, no peso, na portabilidade, nascaracterísticas dos materiais com que são elaboradas. A embalagem deve estar adequada ao processamento e uso moderno, social eambientalmente adequada. Deve prever situações de reuso e de reciclagem, além do estilo de vida do seu compradorou de seus usuários. Para alguns produtos o design, a forma, e a função da embalagem são tão importantesquanto seu conteúdo. Chega-se a afirmar que os padrões gráficos, cores e formas de numa embalagem moldama personalidade dos produtos, isso é mais fácil de se verificar com os produtos que tem distribuiçãoem massa, ou que são exibidos nas prateleiras de mercados. Embalagens são veículos de comunicação e estabelecem relação com o consumidor dessesitens. Dessa forma as embalagens deve realizar a comunicação, ou seja, devem comunicar enviarmensagens claras, facilmente compreendidas, e de fácil reprodução nas mídias visuais. A linguagem de uma marca deve ser foneticamente fácil de pronunciar entre as pessoas,assim como na mídia de áudio. Dos dez mil produtos expostos nas prateleiras dos supermercados, aproximadamente,estima-se que algo em torno de 5% possuam propaganda massiva na mídia, de acordo com aABRE. Isso na verdade só mostra a necessidade dos atrativos visuais da embalagem, que mesmosem comunicação ativa nos meios de comunicação e divulgação. A embalagem é um elemento de vendas, um "vendedor silencioso", que atua no momentoonde o comprador estabelece sua decisão de compra, daí sua importância no para o mercadoconsumidor. Um dos efeitos da globalização dos mercados é a oferta cada vez maior de produtos. Issofez com que houvesse um aumento da competitividade entre empresas, pó que ampliou a buscapelo aumento da qualidade dos itens. Isso também afetou a indústria de embalagens, também aumentou suas exigências dequalidade de produtos, a preços e características cada vez mais competitivas.Tipos de embalagem
  3. 3. As embalagens podem ser primárias, secundárias ou terciárias, e sua utilização é umadefinição gerencial que leva em consideração aspectos de produção, de marketing e econômicos.Uma vez adotadas ainda devem observar aspectos legais e de logística. Embalagem primária São embalagens normalmente de uso comercial. São aquelas que envolvem oudeterminam o recipiente, e ficam em contato direto com o produto. Sua finalidade é essencialmente comercial. São exemplos desse tipo de embalagens frascos, garrafas e blisters. Disponível em http://www.casagrande.org.br/informacoes-tecnicas- para-o-produtor-rural/recomendacoes-tecnicas-para- a-producao-abate-processamento-e-comercializacao- de-frangos-de-corte-coloniais Embalagem secundária Soa as embalagens com destinação a acomodar, conter, um conjunto de embalagensprimárias. Em alguns casos acomodam apenas uma embalagem primária. Sua finalidade regular é comercial, ,mas tendo em vista que acomodam um conjunto maiorde embalagens primárias, já tem impacto na armazenagem e movimentação de cargas. São exemplo de embalagens secundárias, engradados, e caixas que acomodam caixasindividuas de produtos. Disponível em http://www.pmg.com.br/ site/loja/detalheItem.aspx?item=8 Embalagem terciária São embalagens com finalidade de transporte. Algumas vezes definem valor ou temindicativo comercial, mas seu uso é específico para transporte.
  4. 4. Facilitam o armazenamento e simplificam a movimentação de cargas. Se utilizamembalagens terciárias dado que conseguem ser movimentados mais rapidamente, normalmentecom o uso de instrumentos e maquinário adequando. Como exemplos de embalagens terciárias temos, os pallets, os containeres, os barris e assacas. Disponível em http://metodologiacientifica- rosilda.blogspot.com/2009/01/movimentao- transporte-e-armazenagem-de.htmlO impacto no marketing Os projetos de embalagens de itens para o consumo final devem ser voltados para aconveniência do consumidor. Além das questões de comunicação apresentadas devem promover a boa acomodação dosprodutos nas prateleiras dos varejistas e dar condições para a ampliação da proteção durante oprocesso comercial. Além de chamar a atenção do consumidor no ponto-de-venda e de informar ascaracterísticas e atributos vem conter tamanho e proporção adequadas ao seu público-alvo. Embalagens devem ser construídas e elaboradas de acordo não apenas com o interessedas empresas, mas de acordo com as características do público a que se destinam. Isso interferediretamente em critérios de design, formas, tamanho, cores, entre outros elementos que aembalagem delimitará. Muitos produtos são delimitados e seu formato comercial é determinado por suaembalagem, como o caso de bebidas e demais produtos alimentícios, por exemplo.Impacto na Logística Do ponto de vista da logística, que considera a situação não apenas no ponto-de-vendamas na cadeia de suprimentos e distribuição até lá, os produtos e as peças são embaladosnormalmente em caixas de papelão, caixas, sacos, ou mesmo barris, para maior eficiência nomanuseio, acondicionamento e transporte. Usam-se, assim, embalagens para agrupar produtos. Essas embalagens e são chamadas desecundárias ou terciárias.
  5. 5. Questões como cubagem, fragilidade (de itens ou embalagens) utilizadas em operações ouem linhas de produção, determinam as necessidades de manuseio e de instrumentos detransportes. As embalagens secundárias são projetadas para que sua cubagem gere aproveitamento deespaços, sendo sempre que possível totalmente utilizada, sem espaços livres, evitando dessa formaavarias, danos e estragos. É importante, então, padronizar embalagens.Avarias e mais Embalagens devem proteger os produtos contra avarias durante o manuseio e aarmazenagem, já comentamos, como também proteger contra furtos. A proteção contra avarias auxilia no processo de comercialização, evitando que produtosnovos percam valor comercial por problemas ou falhas em sua apresentação.Contudo a proteção tem limites, e é necessário adequá-la ao produto. Deve-se levar em conta o material utilizado na embalagem e o grau desejado de proteção,há alternativas onde os materiais se mostram inadequado, com relação ao seu custo, o que torna oprocesso inadequado. A fragilidade de produtos podem ser medidas por testes. Esses testes podem, enormalmente avaliam, produtos e embalagens. Produtos e embalagens são submetidos a testes que envolvem a utilização de máquinas eequipamentos que medem a resistência contra impactos, choque, contra vibrações e variações detemperatura, em alguns casos, submetendo a temperaturas extremamente baixas e ao fogo. Isso se dá dada as condições de manuseio, armazenagem e transporte que produtos eembalagens podem ser submetidos. Isso tudo tem que ocorrer, mas os produtos devem serpreservados para o correto uso e utilização. Quanto menos controle a empresa possuir sobre os ambientes físicos pelos quais seusprodutos circularem e permanecerem armazenados, maiores deverão ser as precauções com aembalagem. Normalmente verificam-se avarias relativas a vibrações, impactos, perfurações,compressão, que podem, inclusive ocorrer simultaneamente. O transporte pode gerar ambiente para danos e avarias, que podem ser reduzidas oumesmo eliminadas por sistemas de “amarração” ou fixação de volumes. Fixação ou amarração podeser feita na carroceria do veículo de transporte, ou ainda podem ser utilizados calços para impedir odeslizamento, ou enchimento e revestimento para reduzir os impactos da vibração, e mesmo dechoque entre as mercadorias. Isso envolve o correto uso dos veículos e dos meios de transporte. Fatores externos como altos ou baixos níveis de umidade, comum em nossa região, altasou baixas temperaturas, além de materiais estranhos, podem levar a avarias.
  6. 6. Estes fatores externos, normalmente, estão fora de controle logístico mas afetam oconteúdo das embalagens, podendo gerar perdas significativas.

×