SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
2
Ministério Público do Paraná e
Universidade Federal do Paraná fir-
mam parceria na terceira audiência
pública do Movimento Paraná Sem
Corrupção em Curitiba, realizada na
noite dia, 14 de maio, no Salão Nobre
da Faculdade de Direito da Universi-
dade Federal do Paraná, reuniu mais
de 160 pessoas, entre promotores e
procuradores de Justiça do MP-PR,
estudantes, representantes da Univer-
sidade, da Prefeitura de
Curitiba,lideranças e grupos sociais da
Capital
Participaram da audiência o pro-
curador-geral de Justiça, Gilberto
Giacoia, que fez a abertura do even-
to, o diretor do Setor de Ciências Ju-
rídicas da UFPR, professor Ricardo
Marcelo Fonseca, o secretário do
Governo Municipal Ricardo Mac
Donald Ghisi, representando o Prefei-
to de Curitiba, o promotor de Justiça
e coordenador estadual do Movimen-
to, Eduardo Cambi, e a promotora de
Justiça Swami Mougenot Bonfim, que
atua no Centro de Apoio Operacional
das Promotorias de Justiça das Comu-
nidades, além de outras autoridades.
Na abertura, o procurador-geral de
Justiça destacou a necessidade da atu-
ação conjunta da Prefeitura,Câmara
Municipal,Ufpr, Mídia e cidadãos na
construção de uma sociedade solidaria
e fraterna,com mobilização de lideran-
ças na busca da justiça social. Tam-
bém ressaltou a importância da
mobilização contra a Proposta de
Emenda Constitucional nº 37, que pre-
tende impedir o Ministério Público de
realizar investigações criminais. Na
ocasião, foram colhidas, inclusive,
assinaturas dos presentes em abaixo-
assinado contra a PEC 37.
FIRMADO O INTECÂMBIO
ENTRE UFPR E O MOVIMENTO
PARANÁ SEM CORRUPÇÃO
Durante a audiência, o Ministério
3ª AUDIÊNCIA PÚBLICA, MOVIMENTO PARANÁ SEM CORRUPÇÃO
REALIZA PARCERIA COM UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ
Público do Paraná e a Universidade
Federal do Paraná firmaram parceria
para ampliar o intercâmbio entre a Fa-
culdade de Direito da UFPR e o Mo-
vimento Paraná Sem Corrupção. Por
meio do curso de extensão “Ministé-
rio Público Universitário”,
estudantes de Direito serão
capacitados e sensibiliza-
dos a tornarem-se voluntá-
rios do Movimento. Desta
forma, terão a oportunida-
de de conhecer melhor o
trabalho do MP e partici-
par das ações da instituição
voltadas à transformação
da realidade social, por
meio da promoção e
efetivação dos direitos fun-
damentais dos cidadãos.
“Neste primeiro momento, os es-
tudantes poderão contribuir no com-
bate à corrupção, por meio do Movi-
mento e de suas ações, que visam o
fortalecimento da cidadania. Mas, ao
conhecerem melhor o MP e os outros
projetos e programas desenvolvidos
pela instituição, os acadêmicos terão
a oportunidade de participar de ou-
tras atividades voltadas à comunida-
de nas diversas áreas do Direito”, ex-
plicou o coordenador do Movimento
Paraná Sem Corrupção, promotor de
Justiça Eduardo Cambi.
TRANSPARÊNCIAE CONTOLE
SOCIAL
Durante o encontro, o promotor de
Justiça Cláudio Smirne Diniz, que
atua no CAOP de Proteção ao
Patrimônio Público, falou aos presen-
tes sobre Transparência. “No que diz
respeito especificamente ao
Patrimônio Público, imagina-se o
envolvimento da sociedade em dois
momentos importantes: na construção
dos Portais e no efetivo exercício do
controle social, a ser impulsionado
pela implementação desses Portais.
Essa aproximação com a sociedade é
fortalecida por encontros como o que
estamos realizando”, ressaltou o pro-
motor.
Outro tema da noite foi Segurança
Alimentar. O procurador de Justiça
Olympio de Sá Sotto Maior Neto, co-
ordenador do CAOP de Proteção aos
Direitos Humanos, destacou a ques-
tão da alimentação escolar. “A incon-
gruência, a contradição estabelecida
na realidade brasileira, é de se ter um
país extremamente rico e uma nação
absolutamente pobre. Mais do que
isso: um país que é o quinto maior pro-
dutor de alimentos do mundo, mas
cuja população é desnutrida e passa
fome. Em audiência realizada no in-
terior do Estado, tratando dos Direi-
tos Fundamentais e do Direito à Edu-
cação, houve a manifestação de uma
professora dizendo que na escola dela,
a poucos quilômetros de Curitiba, boa
parte dos alunos fazia a primeira re-
feição no momento da merenda esco-
lar. O indicativo é de que vivemos em
“vários Paranás” e que o discurso de
desenvolvimento e progresso, ainda
está distante destas riquezas produzi-
das no estado.
INSTITUIÇÕES
E LIDERANÇAS
Também estiveram presentes o
presidente da Câmara Municipal de
Curitiba, Paulo Salamuni; os procu-
radores de Justiça Joao Zaions Junior,
Clayton de Albuquerque Maranhão,
Rogerio Moreira Orrutea; o chefe do
Núcleo de Educação de Curitiba,
Maurício Pastor dos Santos; o
procurador-geral do Município,
Joel Macedo Soares Pereira Neto,
o administrador da regional da
Matriz, Maurício Figueiredo
Lima Neto; o inspetor Frederico,
da Guarda Municipal; o vice-pre-
sidente daAssociação Comercial
do Paraná, José Eduardo
Sarmento; e dos vereadores Pro-
fessora Josete e Professor
Galdino.
Os novos promotores substitutos
do MP-PR também participaram do
encontro, ocasião em que tiveram a
oportunidade de conhecer melhor a
metodologia das audiências públicas,
que vêm sendo realizadas em diver-
sas comarcas do Paraná para aproxi-
mar cada vez mais a instituição da po-
pulação.
Outros encontros – Esta foi a ter-
ceira de nove audiências do Movimen-
to Paraná Sem Corrupção programa-
das para Curitiba. A próxima será no
dia 28 de maio, na regional do
Pinheirinho, e tratará de temas como
Saúde Pública e Rede de Proteção.
Audiências no interior – Além de
Curitiba, integrantes do Movimento
estão realizando audiências públicas
em várias cidades do Estado. O obje-
tivo é discutir junto às comunidades
ações educativas que possam contri-
buir com a compreensão da popula-
ção sobre seus direitos e seus deve-
res, estimulando, assim, a participa-
ção e o controle social.
3
EXPEDIENTE
Diretor: Adilson da Costa Moreira
Fones 8433-7462 e 3328-0176
Dep. comerciail: Sharon Simão Zunino
Rua Canadá, 2108 - Ap. 31 - Bloco A9 - Bacacheri - Curitiba
E-mail: gazetasantacandida@gmail.com Tiragem: 10.000 exemplares
www.gazetasantacandida.com.br / www.santacandida.blogspot.com
As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal.
Anuncie aqui
Quem anuncia,
vende mais!
8433-7462
3328-0176
www.santacandida.blogspot.com
Nós, brasileiros, temos
provavelmente o melhor sistema de
filtragem de água nas mãos. Nada de
purificadores, torneira de cozinha com
filtros, nem galões com
água mineral. O melhor
mesmo para limpar a água
das impurezas é o bom e
velho filtro de barro.
Segundopesquisasnorte-
americanas, os filtros
tradicionais de barro com
câmara de filtragem de
cerâmicasãomuitoeficientes
na retenção de cloro,
pesticidas, ferro, alumínio,
chumbo(95%deretenção)e
ainda retém 99% de
Criptosporidiose (parasita
causador de doenças).
Os estudos relacionados
ao tema, que foram
publicadas no livro The Drinking
Water Book, também indicam que esses
sistemas de filtro de barro do Brasil,
considerados mais eficientes, são
baseados na filtragem por gravidade,
em que a água lentamente passa pelo
filtro e goteja num reservatório inferior.
Filtro de barro brasileiro é o mais
eficiente do mundo
Pesquisa indica filtro de barro brasileiro como mais eficiente do
mundo para purificar a água
Considerado um sistema ‘mais
calmo’, ele garante que micro-
organismos e sedimentos não
passem pelo filtro devido a uma
grande pressão exercida
pelo fluxo de água.
O processo lento é o
que o diferencia dos
filtros de forte pressão,
que recebem água da
torneira ou da tubulação,
os quais são prejudicados
exatamente pela força da
água, o que pode fazer
com que micro-
organismos, sedimentos
ou mesmo elementos
químicos, como ferro e
chumbo, cheguem ao
copo do consumidor.
Ainda de acordo com
o livro de pesquisas, o
consumidor precisa ficar alerta na
hora de comprar esse tipo de
produto, pois há tecnologias
lançadas que não são eficientes e
permitem a passagem de elementos
perigosos para a saúde.
EcoD
Convenhamos que a Política de
Comunicação do Governo Federal é
um fracasso absoluto.
A população brasileira, sem
educação política e sem canais
alternativos de informação, está à
mercê da manipulação de uma
Mídia Bandida Mercenária, que cria
um factóide atrás do outro para
beneficiar Corporações Econômicas
Apátridas, Gangs de Profissionais
Liberais e Quadrilhas de Políticos
O fracasso da política de comunicação de Dilma
Oligarcas, colocando em dúvida
cada programa estatal e gerando
insegurança permanente em relação
às ações governamentais e às
próprias instituições da República.
Este caso da mentirinha do Bolsa-
Família é pictórico para demonstrar
o grau de alienação em que
permanece a maioria das pessoas no
Brasil.
Até sexta-feira passada,
aparentemente, não havia problema
algum que recaísse sobre esse
programa social do Governo, mas a
base já vinha sendo minada por
ação articulada no subterrâneo,
melhor dizendo, no esgoto a céu
aberto da extrema-direita.
De repente, no fim-de-semana,
estouram, ao mesmo tempo, o
boato no Nordeste, com reflexo até
o Rio de Janeiro, e uma matéria da
Folha rebaixando 22 milhões de
brasileiros à miséria absoluta,
com o objetivo claro de atingir
frontalmente e negativamente o
Bolsa-Família que, por sinal, já
adquiriu projeção internacional,
sendo reconhecido, inclusive, pela
ONU que citou o programa social
do Brasil como referência para
erradicação da pobreza aos países
em desenvolvimento.
Estamos chegando ao ponto do
descontrole governamental
generalizado, face ao descrédito
implementado de forma direcionada
pela Mídia Bandida conluiada com
entidades privadas representativas
de grupos sociais reacionários da
pior espécie – os mesmos de
sempre com outros nomes – com a
intenção única de desbancar o
pouco que resta de política
humanista socializante no Governo
Federal, para frear o avanço
civilizatório no País.
Atualmente, a bandidagem
midiática que está sendo praticada
no Brasil não prejudica apenas
eleitoralmente a governante da vez,
o partido da governante ou a frente
partidária que a apóia, mas ataca
diretamente a essência da
Democracia, que é a Participação
Popular.
O Povo Brasileiro continua
totalmente alheio ao que se passa e
ao que se realiza efetivamente no
conjunto da Administração Pública,
porque foi alijado do contato direto
com os administradores públicos, os
quais, por sua vez, concederam a
uma Mídia Venal, que se vende aos
interesses empresariais, o poder de
intermediação da informação entre
governo e população.
E a omissão do Governo Federal,
em relação à área da Comunicação
Social, é de uma negligência
tamanha que chega às raias da
irresponsabilidade:
Dá o Bolsa-Família aos brasileiros
pobres e outorga o Bolsa-FamíGlia
a quatro grupos famiGliares que
monopolizam o Mercado de Mídia
no Brasil.
Assim, de desmentido em
desmentido governamental, os
Marinho, os Civita, os Frias e os
Mesquita vão enchendo as burras,
em todos os sentidos e significados
que possam ser aplicados à
expressão.
VIOMUDO – FrancoAtirador
Nota da Redação – Alguns setores
do PT tem nas mãos a possibilidade
de fortalecer a mídia alternativa,
mas não o fazem porque praticam
interesses rasteiros e inconfessáveis.
E justo eles que acreditavam
escrever os próprios nomes na
história...
4
Espaço
da Poesia
Antonio Pedro Flores Amaral
FELICIDADE
Ó FELICIDADE DA
BONDADE CELESTE!
SINTONIZA-SE PARA
SEMPRE
COMIGO PASSO A PASSO
ATÉ O PASSO MAIS FUNDO
FAÇAS NASCER
SETE ESTRELAS!
PARAILUMINAR
OS SETE DIAS SEMANAIS
JUNTOS SINTONIZADOS
ATAREMOS NUVENS!
E SUFOCAREMOS
AS MALDADES HUMANAS!
ILUMINANDO COM
LUZES CELESTES!
SEGUIREMOS:
FAÍSCANDOAS
SETE ESTRELAS DIVINAS
Mesmo os síndicos mais bem intencio-
nados e preocupados com a qualidade da
manutenção do condomínio podem se equi-
vocar ao definir as obras prioritárias a serem
executadas. Muitas vezes, são tantas as ne-
cessidades que o síndico não sabe nem por
onde começar. Fachadas, instalações elétri-
cas, elevadores, etc... O que será mais im-
portante?
O melhor instrumento do que os síndi-
cos dispõem para organizar a manutenção
é a inspeção predial. Ela serve para auxiliar
o síndico ou gestores na organização
e captação de recursos voltados à ma-
nutenção predial, em busca da formalização
e implementação do “plano de manutenção
predial”, aponta o engenheiro civil e admi-
nistrador de empresas Jerônimo Cabral Pe-
reira Fagundes Neto, diretor do Instituto Bra-
sileiro de Avaliações e Pericias de Engenha-
ria de São Paulo (IBAPE).
Segundo Jerônimo, a inspeção atua
como um verdadeiro “check-up” da
edificação.
“Dessa forma, auxilia os gestores ao
apontar a ordem de prioridades, afastando o
subjetivismo na classificação da prioridade,
dando lugar à necessidade técnica da inter-
venção.” A inspeção predial pode ser reali-
zada por engenheiros ou arquitetos (profis-
sionais regulamentados pelo CREA- Conse-
lho regional de engenharia e arquitetura).
Conforme a definição da Norma de Inspe-
ção Predial do IBAPE, “é a avaliação isola-
A inspeção predial é a melhor ferramenta para definir
um plano de manutenção para o condomínio.
da ou combinada das condições técnicas, de
uso e manutenção da edificação”. “A inspe-
ção deve ser utilizada pelo inspetor predial
como ferramenta para análise das condições
técnicas de uso e manutenção da edificação”,
completa Jerônimo. A inspeção poderá iden-
tificar problemas originados na sua fase cons-
trutiva, sejam eles pertinentes ao projeto, re-
lacionados ao fornecimento inadequado de
material ou ainda associados à utilização de
mão-de-obra destreinada que causam as cha-
madas anomalias construtivas. A inspeção
classifica, então, os problemas identificados
em função do risco à saúde e segurança dos
usuários. Os problemas são classificados se-
gundo o grau de urgência em relação à priori-
dade de intervenção, definindo-se, o plano de
manutenção, explica o engenheiro.
Jerônimo complementa que a inspeção
é uma das ferramentas da engenharia
diagnóstica, além da inspeção, vistoria e pe-
rícia são os outros conceitos para avaliar o
estado de conservação de um imóvel. “A prin-
cipal diferença entre vistoria e inspeção é que
o objetivo da vistoria e inspeção é que o ob-
jetivo da vistoria consiste na simples
constatação enquanto a inspeção pressupõe
a análise do risco. Na perícia, após a análi-
se, também deve-se investigar a origem e
as causas dos fatos analisados. “É impor-
tante notar que existe uma progressão nos
objetivos conforme a ferramenta utilizada”
orienta o Engenheiro.
Fonte: SECOVI Paraná
Escola Especial São Camilo parti-
cipou do projeto internacional de pre-
servação do meio ambiente, no dia 08
de Maio. Alunos no período da manhã
e da tarde plantaram varias espécies
de árvores ao lado da escola, beirando
o rio bacacheri Mirim do Bairro
SantaCândida.ENO Planting Day é um
evento aberto para escolas e grupos in-
teressados e meio ambiente e da paz.
Ele é organizado duas vezes por ano,
em maio e em setembro. O primeiro Dia
da Árvore Plantio ENO ocorreu há oito
anos, em 2004.
Nós plantamos árvores e começa-
Em vista ao Dia Nacional da Luta
Antimanicomial 2013, uma caminhada
e uma mesa redonda foi realizada no
dia 17 de Maio, em Curitiba,com o tema
“Trancar não, Acolher sim” ocorreram
A caminhada começou às 10h30 na
praça Santos Andrade,seguindo pela
Rua Xv de Novembro, Segundo técni-
cos em saúde, “foi a primeira vez, nos
últimos 25 anos, tivemos na rua xv de
Novembro com a presença criativa e
combativa de nossos usuários, técni-
cos, familiares e ativistas da rede
substitutiva de atenção à saúde men-
tal”. “Dialogamos com a população so-
bre a importância do tratamento extra-
hospitalar, em serviços públicos, não
asilares, e em casos de dependência
LUTA ANTIMANICOMIAL,“TRANCAR NÃO, ACOLHER SIM”
química e de álcool, a necessidade do
acolhimento baseado nos direitos hu-
manos. Apresentamos a necessidade
do acolhimento pautado nos direitos
humanos para os usuários de álcool e
outras drogas”. Cantaram: Trancar não
é tratar, Tratamento sim, cadeado não,
Não à internação compulsória.
O evento foi organizado pelo
Sindipsi/PR,Departamento de saúde
Mental SMS de Curitiba,Cress/
Pr,Coletivo da Luta Antimanicomial/
Pr(CLAM/PR) e pelo Centro Acadêmi-
co de Psicologia da FACEL ( CAPSI-
FACEL).No dia 18 de Maio também
houve manifestações de vários Caps
de Curitiba em comemoração da Data
do Movimento Antimanicomial.
ESCOLA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL
SÃO CAMILO NO “ENO PLANTING DAY”
mos a conhecer espécies nos locais de
plantio. O plantio de árvores é uma das
atividades mais populares no progra-
ma ENO. No dia 8 de Maio, milhares
de escolas e grupo sociais plantaram
árvores juntos e, novamente no dia 20
setembro de 2013 estarão multiplican-
do esta ideia.
Environment Online - ENO é uma
escola virtual global e rede para o de-
senvolvimento sustentável. Ela está em
funcionamento desde 2000 e atingiu
milhares de escolas em 150 países.Até
agora, plantaram mais de 9 milhões de
árvores e o objetivo é atingir 100 mi-
lhões de árvores até o final de 2017.
Escola de Educação Especial São
Camilo, - R. José Serrato,619 - Con-
tato: 3256-5760
5
Em 1969, na Universidade de
Stanford (EUA), o Prof. Phillip
Zimbardo realizou uma experiência
de psicologia social. Deixou duas
viaturas abandonadas na via pública,
duas viaturas idênticas, da mesma
marca, modelo e até cor. Uma
deixou em Bronx, na altura uma
zona pobre e conflituosa de Nova
York e a outra em Palo Alto, uma
zona rica e tranquila da Califórnia.
Duas viaturas idênticas
abandonadas, dois bairros com
populações muito diferentes e
uma equipe de especialistas em
psicologia social estudando as
condutas das pessoas em cada
região. Resultou que a viatura
abandonada em Bronx começou a
ser vandalizada em poucas horas.
Perdeu as rodas, o motor, os
espelhos, o rádio, etc. Levaram tudo
o que fosse aproveitável e aquilo que
não puderam levar, destruíram.
Contrariamente, a viatura
abandonada em PaloAlto manteve-
se intacta.
Um vidro partido numa viatura
abandonada transmite uma ideia de
deterioração, de desinteresse, de
despreocupação que vai quebrar os
códigos de convivência, como de
ausência de lei, de normas, de
regras, como que vale tudo. Cada
novo ataque que a viatura sofre
reafirma e multiplica essa ideia, até
que a escalada de atos cada vez
piores, se torna incontrolável,
desembocando numa violência
irracional. Em experiências
posteriores (James Q. Wilson e
George Kelling), desenvolveram a
AJustiçacondenouaMaternida-
deAlto Maracanã, em Colombo, na
RegiãoMetropolitanadeCuritiba,o
Estado do Paraná, o município de
Colombo e a União a pagarem uma
indenizaçãopordanosmoraisdeR$
70 mil a uma mãe que perdeu a filha
recém-nascidaporfaltadevagasem
UnidadesdeTerapiaIntensiva(UTIs)
para crianças.
O bebê de Silvana Ramos dos
Santos precisava ser internado em
uma Unidade de Terapia Intensiva
devidoaproblemasdesaúdeecom-
CONFIRA A TEORIA DAS JANELAS PARTIDAS. COMPARE
SE NÃO ESTÁ ACONTECENDO NO SEU BAIRRO
‘Teoria das Janelas Partidas’, a
mesma que de um ponto de vista
criminalístico, conclui que o delito
é maior nas zonas ondeo descuido,
a sujidade, a desordem e o maltrato
são maiores.
Se quebrar um vidro de uma
janela de um edifício e ninguém o
repara, muito rapidamente estarão
partidos todos os demais. Se uma
comunidade exibe sinais de
deterioração e isto parece não
importar a ninguém, então ali se
gerará o delito. Se cometer
‘pequenas faltas’(estacionar-se em
lugar proibido, exceder o limite de
velocidade ou passar-se um
semáforo vermelho) e as mesmas
não são sancionados, então
começam as faltas maiores e logo
delitos cada vez mais graves. Se
permitirmos atitudes violentas como
algo normal no desenvolvimento das
crianças, o padrão de
desenvolvimento será de maior
violência quando estas pessoas
forem adultas. Se os parques e
outros espaços públicos
deteriorados são progressivamente
abandonados pela maioria das
pessoas (que deixa de sair das suas
casas por temor a
criminalidade),estes mesmos
e s p a ç o s
abandonados pelas
pessoas são
progressivamente
ocupados pelos
delinquentes.
A Teoria das
Janelas Partidas foi
aplicada pela
primeira vez em
meados da década
de 80 no metro de
Nova York, o qual
se havia convertido
no ponto mais
perigoso da cidade. Começou-se
por combater as pequenas
transgressões: pichações
deteriorando o lugar, sujidade das
estações, ebriedade entre o público,
evasões ao pagamento de passagem,
pequenos roubos e desordens.
Os resultados foram evidentes.
Começando pelo pequeno
conseguiu-se fazer do metro um
lugar seguro. Posteriormente, em
1994, Rudolph Giuliani, prefeito de
Nova York, baseado na Teoria das
Janelas Partidas e na experiência do
metro, impulsionou uma política de
‘Tolerância Zero’. A estratégia
consistia em criar comunidades
limpas e ordenadas, não permitindo
transgressões à Lei e às normas de
convivência urbana.
O resultado prático foi uma
enorme redução de todos os índices
criminais da cidade de Nova York.
A expressão ‘Tolerância Zero’ soa
a uma espécie de solução autoritária
e repressiva, mas o seu conceito
principal é muito mais a prevenção
e promoção de condições sociais de
segurança. Não se trata de linchar o
delinquente, nem da prepotência da
polícia, de fato, a respeito dos
abusos de autoridade deve também
aplicar-se a tolerância zero. O que
marcou para varias cidades do
mundo foi que a Tolerância zero
colocou Nova York na lista das
cidades seguras.
Não é tolerância zero em relação
à pessoa que comete o delito, mas
em relação ao próprio delito. Trata-
se de criar comunidades limpas,
ordenadas, respeitosas da lei e dos
códigos básicos da convivência
social humana. O que estamos
fazendo para mudar o bairro?
Muitasliderançaspolíticascumprem
seus mandatos ao qual foram eleitos
e “apenas passam pelo bairro”,
muda a direção da escola, a chefia
da unidade de saúde enfim, todos
passam e o morador fica até o fim
de sua vida na comunidade com suas
dificuldades e limitações.
Justiça condena maternidade a indenizar mãe por morte de bebê
plicações no parto. Porém, a mater-
nidade, que não tinha UTI, não con-
seguiutransferênciaparaumleitoem
outro hospital.
“Eles colocaram respirador na
menina e a moça da maternidade dis-
se que eles estavam procurando vaga
na UTI”, relembrou Silvana.Adeci-
são da Justiça saiu no dia 3 de maio
e o caso aconteceu em 2008.
Amulherteveumagravidezderis-
coeoparto,programadoparaserfei-
to em um hospital da capital
paranaense,acabouacontecendoden-
trodeumaambulância.Comonenhu-
ma vaga na UTI foi liberada, a crian-
ça morreu um dia depois de nascer.
De acordo com a juíza que ana-
lisou o caso, Tani Maria Wurster, a
omissão dos responsáveis tirou do
bebê a chance de vida ou sobrevida.
A Justiça condenou a maternidade
pela falta de Unidade de Terapia In-
tensiva neonatal, e também consi-
derou a Prefeitura de Colombo, o
estado e a União como responsá-
veis pela morte da recém-nascida
por serem gestores do Sistema Úni-
co de Saúde (SUS).
“Município, estado e União de-
veriam de ter alavancado recursos
para que se tivesse uma UTI
neonatal. Fora isso, não havia uma
vaga de UTI neonatal no sistema”,
afirmouoadvogadodeSilvana,João
Natal Bertotti.
Em nota, o Hospital Maternida-
de Alto Maracanã e a Prefeitura de
Colombo informaram que não vão
falar sobre o assunto. Já Advocacia
Geral da União disse que vai recor-
rer da decisão.
6
Moradores da área de
abrangência da Unidade Básica de
saúde Fernando de Noronha estão
convidados a participar.
A conferência local de saúde é
dos mecanismos que a população
participa do processo de
formulação das políticas de saúde.
É apresentada uma análise da
situação local e geral de saúde da
população, discutidas propostas e
sugestões para os próximos dois
anos que norteará, o planejamento
na gestão da Unidade básica de
saúde e o Conselho Local de Saúde
(CLS).
O Conselho Distrital,
Municipal e Secretaria de Saúde
são as instâncias de
acompanhamento na Execução,
Deliberação e fiscalização, juntos
com os representantes eleitos nesta
Assembleia. O conselho local de
saúde é o organismo colegiado de
caráter deliberativo e permanente
composto por representantes do
governo (25%), profissionais da
saúde(25%) e usuário(50%).
O tema principal da conferência
será: AS DIVERSAS FASES DO
CUIDADOR; ACESSO E
VINCULO DO DEPENDENTE
QUÍMICO, proferida pela
DrªAdriane Wollmann, psicóloga
da SMS de Curitiba. Alem deste
CONFERÊNCIA DE SAÚDE US FERNANDO DE NORONHA, NO BAIRRO
SANTA CÂNDIDA SERÁ SÁBADO, DIA
tema central, os participantes
poderão discutir em grupo e na
plenária os problemas, propostas e
as possíveis soluções na prestação
dos serviços do SISTEMA ÚNICO
DE SAÚDE (SUS).
A Conferência tem início as 13
horas com inscrição dos
representantes dos grupos sociais,
entidades do bairro e representante
dos equipamentos públicos que
farão parte do Conselho Local de
Saúde gestão 2013 a 2015, com
encerramento as 17H30.Confira
Programação.
TEMA CENTRAL: AS
DIVERSAS FASES DO
CUIDADOR: ACESSO E
VÍNCULO DO DEPENDENTE
QUÍMICO
DATA: SÁBADO 08/06/2013
INICIO : 13 HORAS
LOCAL: CAPELA DA
IGREJA NOSSA SRª DE
MONTE CLARO
RUA: JOÃO MEQUETTI, 414
PX A RUA: FERNANDO DE
NORONHA
Palestrante: Dra. Adriane
Wollmann. (Psicóloga S.M.S)
13:00 confirmação das
inscrições dos delegados e
inscrições dos observadores;
13:45 abertura e composição
da mesa;
14:05 leitura e aprovação da
minuta do regimento interno:
14:15 perfil epidemiológico da
UMS;
14:30 teatro guarda municipal;
15:00 palestra principal com
Dra. Adriane Wollmann;
15:30 trabalho em grupo;
16:30 apresentação das
propostas dos grupos;
17:00 apresentação e
composição do novo conselho
local de saúde;
17:15 encerramento
7
Com vários setores do
Estado e do Município
durante o sábado e domingo
Nem mesmo as baixas tempera-
turas registradas no fim de semana
dos dias 18 e 19 de maio em
Colombo foram suficientes para im-
pedir que milhares de pessoas parti-
cipassem do Programa Paraná em
Ação – Mutirão da Cidadania que
nesta edição foi realizado nas depen-
dências da Escola Municipal Padre
Durval Secci no bairro Guaraituba.
Os dados da Secretaria de Estado de
Relações com a Comunidade, perto de
13 mil pessoas foram atendidas no
Mutirão da Cidadania – Paraná em
Ação, levado pelo Governo do Estado
aColombo,naRegiãoMetropolitanade
Curitiba. Nos dois dias, foram feitos 38
mil atendimentos nos diversos serviços
gratuitos à disposição dos moradores.
A grande estrutura física deslocada
para os pátios da escola abrigou seto-
res da administração municipal que
disponibilizou serviços importantes
para os moradores. A Secretaria do
Meio Ambiente distribuiu mudas de
árvores nativas da região, orientou so-
bre reciclagem, uso correto da água e
do solo. A Secretaria da Agricultura
fez a entrega em mudas de hortaliças,
orientou sobre o cultivo e deu infor-
mações sobre a atividade agrícola no
município. O Circuito Italiano de Tu-
rismo Rural foi apresentado aos mo-
radores pelos servidores da Secreta-
MUTIRÃO DA CIDADANIA PARANÁ EM AÇÃO REUNIU MILHARES
DE PESSOAS EM ATENDIMENTO SOCIAL EM COLOMBO
ria da Indústria Comércio e Turismo.
ASecretaria daAção Social e Traba-
lhofoiaresponsávelpelocadastramento
dos atendidos no Mutirão e ainda, reali-
zou uma mostra dos trabalhos desenvol-
vidosnosCentrosdeConvivênciasepro-
jetossociaiseainda,garantiuatendimento
das Assistentes Sociais e Advogados.
Os profissionais da Se-
cretaria da Saúde levaram
orientações em Saúde Bu-
cal, os técnicos da Vigilân-
cia Sanitária realizaram vi-
sitas nas residências que ti-
veram pedidos de orienta-
ções através de protocolos.
A área de nutrição realizou
trabalhos de avaliação do
Índice de Massa Corporal
(IMC) e palestras rápidas
sobre cuidados com a saúde. Também
foram disponibilizados testes de
Clicemia, aferição de
Pressão Arterial, testes
de urina e orientações
dos agentes de combate
à dengue. Através da
Coordenação de DST/
Aids foram realizados
testes e orientações e
aconselhamentos sobre
as doenças sexualmen-
te transmissíveis.
Através da Secreta-
ria da Administração, a
P r e f e i t u r a
disponibilizou apoio
logístico e de pessoal
para apoiar no forneci-
mento de documentos,
locação de equipamentos, alimenta-
ção e segurança. A Secretaria de Edu-
cação Cultura e Esportes apresentou
todo material que foi disponibilizado
aos alunos no Kit Escolar e ainda o
novo uniforme que está sendo distri-
buído nas escolas da Rede Municipal
de Educação. Durante o evento uma
equipe realizou oficinas com as cri-
anças que visitavam o stand.
A Prefeita Beti que esteve no
mutirão no sábado e domingo come-
morou os resultados destacando que
quem ganha com este ótimo relacio-
namento entre o Governo do Estado
e o Município é a população que se
beneficia com ações altamente posi-
tivas e necessárias para a população
colombense que é carente de atendi-
mento e orientações. O Vice-Prefeito
Ademir Goulart acompanhou a
Prefeita e não escondia a alegria de
ver a população interagindo com as
instituições e servidores públicos.
Também participaram do evento os
vereadores Gil Gera, Eurico Dino,
Waldirlei Bueno, Marquinho Berlese,
Alan Tatoo, Hélio Feitosa, Sidnei
Campos e Doliria Strapasson.
Fotos: Bruno do Carmo
8
9
O sorteio alcançará famílias inscritas
no cadastro da Companhia, com renda
de até R$ 1.600
A Companhia de Habitação Popular
de Curitiba (Cohab) vai realizar no dia
10 de junho sorteio de 108 imóveis que
estão em construção no bairro Santa
Cândida. Serão sorteados 95
apartamentos e 13 casas adaptadas para
pessoas com deficiência.
Participarão do sorteio famílias com
renda de até R$ 1.600 mensais que estão
inscritas no cadastro da Companhia e se
enquadram nos critérios de atendimento
do programa “Minha Casa, Minha Vida”,
que financia as obras. Estão aptas a
concorrer 40.457 famílias.
O sorteio será realizado em reunião
pública no Salão de Atos do Parque
Barigui e, além dos técnicos da Cohab,
também estarão presentes representantes
da Caixa Econômica Federal e de uma
empresa de auditoria externa.
Critérios
A realização de sorteio para definir a
destinação das unidades atende às
normas do governo federal para
funcionamento do MCMV. As famílias
participantes estão inseridas na chamada
faixa 1 do programa (renda de até R$
1.600), são moradoras da cidade de
Curitiba e atendem a pelo menos um
destes critérios: são chefiadas por
mulheres; desabrigadas de áreas de risco
ou insalubres; enfrentam situação de
vulnerabilidade habitacional ou social e
são assistidas pela rede de proteção social
do município; têm entre seus membros
pessoa com deficiência; têm no mínimo
um dependente com menos de 18 anos e
comprometem parte do orçamento com
o pagamento de aluguel.
As condições para enquadramento
das famílias foram estabelecidas na
portaria 610/2011 do Ministério das
Cidades, e na Resolução 19 do Concitiba
(Conselho da Cidade de Curitiba) –
organismo consultivo com integrantes do
Santa Cândida terá 108 imóveis sorteadas pela Cohab
setor público e da sociedade civil que
examina questões ligadas à gestão do
meio urbano.
O sorteio será dividido em duas
etapas. Na primeira delas, serão
definidos os contemplados com unidades
para atender às cotas previstas no
programa habitacional do município e na
legislação federal. Depois, será feito o
sorteio geral, com os demais
participantes.
São três as modalidades de cotas:
idosos, pessoas com deficiência e
famílias em situação de vulnerabilidade
habitacional. Cada um destes segmentos
tem direito a 3% das unidades, ou seja,
haverá três apartamentos reservados para
cada um destes grupos.
As casas adaptadas serão sorteadas
à parte e direcionadas às famílias que
identificaram no seu cadastro a presença
no núcleo familiar de pessoa usuária de
cadeira de rodas. Estão nesta situação
158 inscritos que concorrem às 13
unidades.
Identificação
Os 40,4 mil inscritos aptos a
participar do sorteio foram identificados
no cadastro da Cohab sem considerar a
data de inscrição, porque a
regulamentação do programa Minha
Casa, Minha Vida veda o atendimento de
famílias com renda de até R$ 1.600 pela
ordem cronológica de cadastramento.
A data de corte para a classificação
dos inscritos foi a última quinta-feira (23
de maio). Portanto, quem se inscreveu ou
atualizou sua inscrição até esta data está
participando do sorteio.
Entre os participantes do sorteio,
estão incluídos 158 usuários de cadeira
de rodas; 2.485 idosos, 1.559 pessoas
com deficiência e 1.059 vulneráveis.
As pessoas interessadas poderão
assistir à sessão pública de sorteio.
Utilizando o transporte coletivo da
cidade, o deslocamento até o Parque
Barigui pode ser feito por meio de uma
das linhas que passam pelo local: Capão
da Imbuia/Parque Barigui, São Braz,
Bigorrilho, Savóia, Saturno, Montana,
Mossunguê e Tuiuti/Barigui, além da
linha metropolitana Curitiba/Campo
Largo.
Informática
A realização do sorteio será feita com
a utilização de um programa
informatizado especialmente
desenvolvido para esta finalidade. Cada
família habilitada a participar do sorteio
receberá um número da sorte, criado pelo
sistema e distribuído aleatoriamente entre
os participantes.
O sistema retira, também de forma
aleatória, os números da sorte, mas o
sorteado será identificado pelo seu
número de inscrição na Cohab.Arelação
dos contemplados também será publicada
no site da Cohab. Eles serão notificados
oficialmente do resultado por meio de
correspondência da Companhia.
Empreendimentos
As 108 unidades a serem sorteadas
estão localizadas nos empreendimentos
Residencial Aroeira e Residencial
Imbuia, no final das ruas Wallace Landal
e Paulo Kulik, no Santa Cândida.
Os imóveis, com dois quartos, têm
custo final de R$ 54 e R$ 55 mil (de
acordo com a metragem) e estão
distribuídos em condomínios que contam
com área de estacionamento, parquinho
infantil e salão de festas com
churrasqueira comunitária.As prestações
terão valores entre R$ 25 e R$ 80, pelo
período de dez anos.
Reunião pública para sorteio de
famílias para compra de apartamentos e
casas adaptadas nos ResidenciaisAroeira
e Imbuia, no Santa Cândida.
Data: 10.06.2013 (segunda-feira)
Horário: 14h30
Local: Salão de Atos – Parque
Barigui
No próximo dia 5 de junho quatro jornais
de bairros de Curitiba farão uma homenagem
ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral
do Paraná, Desembargador Rogério Coelho,
com a entrega do Diploma Destaque Nacional,
em reconhecimento à eficiência do Tribunal
na apuração de votos nas últimas eleições e
no cadastramento biométrico dos eleitores
curitibanos.
Segundo o diretor do Jornal Santa Cândida,
Adilson da Costa Moreira, esta homenagem
é “um reconhecimento à agilidade e eficiência
dos serviços prestados por esse Tribunal à
democracia brasileira”.
Para José Gil, diretor do Jornal ÁguaVerde,
“oTRE do Paraná é um exemplo a ser seguido
não apenas pelos demais tribunais eleitorais
Jornais de bairros homenageiam o presidente do T.R.E. do Paraná
do país, mas por todo os países do nosso
continente latino-americano”.
Segundo o diretor do jornal do Centro
Cívico, Maurício Grabowski, “existe uma
filosofia de trabalho sério e eficiente de
algumas décadas na adoção de práticas em
gestão de qualidade, que apresenta os
melhores resultados em todo o país”.
Em 1991 Rogério Coelho foi convocado
para ser juiz substituto no Tribunal de
Justiça do Paraná (TJ-PR) e foi promovido
ao cargo de desembargador em dezembro
de 2004. Quatro anos depois, entrou na
corregedoria doTJ-PR. Em 2010, após atuar
como corregedor e vice presidente, foi eleito
presidente do Tribunal Regional Eleitoral
do Paraná (TRE-PR).
10
O fotógrafo Philip Toledano
lançou um livro revelando as
feições e o corpo de pessoas que
foram quase que totalmente
modificadas pelo excesso de
cirurgias plásticas.
Com fotos plácidas e expressões
serenas nos faz sentir repugnância
e proximidade, pois o livro “A
New King of Beauty” levanta a
questão: “Quando refazemos a nós
mesmos, estamos revelando nosso
verdadeiro caráter, ou estamos
arrancando nossa própria
identidade?” Philip arrisca dizer
que talvez nós estamos criando um
O que o excesso de plásticas pode fazer com as pessoas
novo tipo de beleza. Será?
O certo é que tudo ao extremo
é ruim. O que faz essas pessoas
modificarem seu corpo tão
drasticamente a ponto de não
parecerem em nada o que já foram
um dia revela uma falta de auto-
estima muito grande, o que
infelizmente nenhuma cirurgia
plástica é capaz de devolver.
A banalização das cirurgias
plásticas é algo que traz sérias
consequencias no futuro, além de
transformar algumas pessoas em
seres sem expressão própria - algo
muito estranho e bizarro.
11
O programa Paraná Alfabetiza-
do recebe inscrições de voluntári-
os até 14 de junho. Interessados em
ensinar jovens e adultos a ler e es-
crever devem procurar os 32 Nú-
cleos Regionais de Educação do
Paraná e se inscrever para as va-
gas de coordenadores de turmas ou
alfabetizadores voluntários.
O programa Paraná Alfabetiza-
do é uma ação coordenada pela Se-
cretaria de Estado da Educação,
em parceria com o Ministério da
Educação, Prefeituras e sociedade
civil. Ele atende pessoas com ida-
de acima de 15 anos e que não sa-
bem ler nem escrever. A meta é al-
fabetizar cerca de 40 mil pessoas
até o fim do ano.
O processo de alfabetização tem
duração prevista de oito meses,
com dez horas de aula por sema-
na, e as turmas podem ser locali-
zadas em escolas da rede estadual
ou municipal, centros comunitári-
os, igrejas e outros espaços físicos.
Os selecionados recebem bol-
Governo estadual cadastra
voluntários para alfabetizar
40 mil pessoas
sa-auxílio que varia de R$ 400,00
a R$ 750,00, dependendo do nú-
mero e do tipo de turmas. O can-
didato, que precisa ter ensino mé-
dio completo, deve encontrar seus
alunos e formar turmas na sua co-
munidade. Os editais estão dispo-
níveis na página
www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/
m o d u l e s / n o t i c i a s /
article.php?storyid=1233
Confira o cronograma da inscri-
ção atual do Paraná Alfabetizado:
Inscrição: até 14/06
Análise de documentação: 17/
06 a 19/06
Edital com resultados: 20/06
Recursos: 20/06 a 21/06
Julgamento dos recursos 24/06
a 25/06
Resultado final: 26/06
Início das atividades: 01/07, 01/
08 ou 02/09
Saiba mais sobre o trabalho do
governo do Estado em:
www.facebook.com/governopr e
www.pr.gov.br
No dia 26 de abril, convidados,
funcionários e amigos além de au-
toridades políticas comemoraram
os 20 anos da Metrolab Laboratóri-
os deAnálises Clínica na Sociedade
Duque de Caxias.Afarmacêutica e
bioquímica, Drª Carla Simone
Felipe,Diretora e Sócia Proprietá-
ria do laboratório apresentou em
data show, um histórico dos 20 anos
de lutas e conquistas. Atuante des-
de 1987, foi Secretaria de Saúde, bi-
oquímica e pesquisadora do labora-
tório Central do Estado do Paraná (
Lacen) diz, “No ano 1993 desem-
barcamos no Município de Rio
BrancodoSul,numa“PeruaKombi”
lotada com equipamentos de labo-
ratório e uma placa luminosa,com
o nome Hemolab Laboratorios de
Análise Clinica.Sócia e proprietária
juntamentecomobioquímicoAgton
Luiz Imianowskyl conta, ‘foi cres-
cendo o atendimento e passamos
atender os Municípios de Itaperuçú,
Cerro azul e Dr. Ulysses.Em Janei-
ro de 1996 iniciaram na Cidade de
Colombo ampliando para as cidades
de Bocaiúva do Sul e Almirante
Tamandaré.” Oferecemos o serviço
especializadoparaempresasemsaú-
de Ocupacional Clínicas e planos de
saúde, além de atender para o SUS.
Como forma de Homenagear a Re-
gião Metropolitana,onde já 15 anos
haviam levando qualidade e com
grande reconhecimento,alteram o
METROLAB COMEMORA 20 ANOS
NA SOCIEDADE DUQUE DE CAXIAS
mome para: Metrolab Laboratório
deAnálises Clínicas.O evento con-
tou com a presença da Deputada
Mara Lima( autora da Lei nº 16,935
– Outubro Rosa) e da porta-voz da
FEMAMA – Federação Brasileira
de Instituições Filantrópicas de
Apoio da Mama e Presidente do Ins-
tituto de Humanismo de desenvol-
vimento Social – HUMSOL, a Srª
Tania Mary Gomez,que palestrou
sobre a prevenção do Câncer de
Mama, abordando a saúde da
Mulher,Outubro Rosa e o Agosto
Azul(Saúde do Homem). Um exce-
lente Show de dança durante a pa-
lestra da Srª Tânia e na finalização
ao som da música da cantora Evelin
Raun foi servido o coquetel.
Unidades da Metrolab
Unidade Colombo/Sede – Rua
João Leal Fontoura 348 – Centro
Unidade Colombo /Maracanã –
Rua: Arquimedes 66 – lj 6
Unidade Colombo/ rio verde –
Rua da Pedreira 1305 – lj 2
UnidadeAlmirante Tamandaré –
Rua Lourenço Angelo Busato 520
Unidade Rio Branco do Sul –
Rua Coronel Carlos Pioli 98
Unidade Itaperuçu – Rua Salva-
dor André de Faria 100
Unidade Doutor Ulysses –Ave-
nida São João Batista s/n
Unidade Cerro Azul – Rua José
Prysiada 68
12
Os professores da rede estadual de
educação do Paraná que ingressam na
carreira com jornada de 40 horas sema-
nal ganham mais que o piso nacional. O
salário base inicial no Estado é de R$
2.089,88, enquanto o piso nacional fixa
R$ 1.567,00 para a mesma jornada. O
Governo do Estado paga ainda aos pro-
fessores R$ 609,66 por mês de auxílio
transporte.
Além de garantir salário maior que
o piso nacional, o governo estadual es-
tabeleceu um bom diálogo com os pro-
fissionais da educação nos últimos dois
anos. Com isso, o Paraná avançou na
valorização do magistério. Entre as me-
didas adotadas estão reajustes salariais
que somam 34,85%, e o pagamento pro-
moções e progressões atrasadas desde
2009, beneficiando mais de 65 mil ser-
vidores. Também houve contratação de
mais 17.261 servidores por concurso
público e um novo edital foi autorizado,
para 13.771 professores.
O balanço foi feito pelo vice-gover-
nador e secretário da Educação Flávio
Arns, nesta terça-feira (23/4), ao defen-
der a aprovação pela Assembleia
Legislativa de dois projetos encaminha-
dos pelo governador Beto Richa que
marcam avanços históricos para os pro-
fissionais da educação. Um dos proje-
tos garante a ampliação da hora-ativi-
dade para os professores e, o outro, in-
corpora no Plano de Cargos e Salários
dos Funcionários das escolas da rede es-
tadual o direito a progressões.
“As leis vão assegurar avanços me-
recidos pela dedicação, o trabalho e o
compromisso da categoria com a quali-
dade do ensino oferecido aos nossos alu-
nos”, disse o secretário. As propostas
devem ir ao plenário nesta quarta-feira.
CONTRATAÇÕES
Desde janeiro de 2011, foram con-
tratados 17.261 servidores por meio de
concurso público na área da educação.
Os novos professores, pedagogos e
agentes educacionais passaram a aten-
der 2,2 mil escolas nos 32 Núcleos Re-
gionais da Educação.
Um novo concurso já está em anda-
mento para a contratação de mais 13.771
profissionais. “A ação demonstra a pre-
ocupação do Governo do Estado asse-
gurar aos profissionais da educação uma
carreira estável, alicerce fundamental
para a qualidade do ensino”, afirma
Arns.
“Com o novo concurso teremos mais
de30milnovosprofessoresepedagogos
no quadro próprio. É uma das maiores
No Paraná, salário de ingresso
de professor é 33% maior
que o piso nacional
contratações da história do Paraná na
área de ensino e se deve ao empenho do
governador Beto Richa”, afirmou o se-
cretário da Educação.
Os profissionais contratados vão
atender todo o Estado e todas as disci-
plinas da matriz curricular.“Praticamen-
te completaremos o quadro próprio da
educação”, destacou o vice-governador
e secretário da Educação, Flávio Arns.
Segundo ele, os contratados também
possibilitam ampliar o contraturno es-
colar.
HORA-ATIVIDADE
A Secretaria da Educação vem au-
mentando a hora-atividade dos profes-
sores, tempo dedicado para o planeja-
mento do trabalho. Os professores já
passaram de quatro aulas semanais em
2010 para cinco aulas semanais em fe-
vereiro de 2013.
No decorrer deste ano, a hora-ativi-
dade aumentará ainda mais. Das 20 ho-
ras-aula semanais, os professores pas-
sarão a contar com o tempo de seis au-
las exclusivo para planejamento de tra-
balho, atendimento aos familiares, pes-
quisa e outras atividades que precisam
ser feitas fora de sala de aula, mas den-
tro da escola.
“A ideia é que a ampliação da jorna-
da extraclasse acrescente qualidade, atu-
alidade e profundidade aos conteúdos
trabalhados pelos professores em sala
de aula”, afirmaArns.
Outro compromisso que vem sendo
cumprido é da equiparação salarial do
magistério com os demais com os de-
mais técnicos de nível superior do Esta-
do. Com a próxima data base da cate-
goria, os professores terão novo aumen-
to salarial.
PLANO DE CARREIRA
AAssembleia também votará as ade-
quações propostas pelo Governo para o
Plano de Carreira dos Funcionários da
Educação Básica.Amedida aumenta as
oportunidades de promoções na carrei-
ra dos funcionários das escolas estadu-
ais que prestam serviços de apoio e ad-
ministrativo, proporcionando avanços e
ganhos salariais.
Advogados listaram 10 situações
que podem indicar violações aos
direitos do consumidor. Veja a seguir:
Seja em um pagamento de uma
dívida ou para solicitar o cancelamento
de uma compra pela internet, muitos
consumidores sentem que estão sendo
desrespeitado e não sabem como agir.
Muitos casos, inclusive, são facilmente
solucionados, sem precisar
necessariamente da ajuda de terceiros,
como órgãos de defesa do consumidor
ou a Justiça.
Os advogados Marco Antônio
Araujo Junior e Brunno Giancoli
listaram algumas situações que podem
indicar violações aos direitos do
consumidor. Veja a seguir:
1. O nome do consumidor deve ser
limpo até cinco dias após o
pagamento da dívida
De acordo com a decisão da STJ
(Superior Tribunal de Justiça), quando
o consumidor paga uma dívida
atrasada, seu nome deve ser retirado em
até cinco dias dos órgãos de proteção
ao crédito.
2. A construtora deve pagar
indenização por atraso em obra
Quando ocorre algum atraso na
entrega do imóvel, a construtora deve
indenizar o consumidor. De acordo com
o Ministério Público de São Paulo, os
atrasos superiores há 180 dias, a
construtora deve pagar uma multa
equivalente a 2% do valor
desembolsado pelo consumidor, mais
0,5% ao mês.
3. Os bancos devem oferecer
serviços gratuitos
Os consumidores não são obrigados
a contratarem um determinado pacote
de serviços do banco, pois ele que deve
oferecer gratuitamente uma quantidade
mínima de serviços.
Alguns exemplos de serviços
gratuitos são: fornecer o cartão de
débito, a realização sem custo quatro
saques e duas transferências por mês e
também até dois extratos e dez folhas
de cheque por mês.
4. Não existe valor mínimo para
comprar com cartão
Apesar de muitas lojas
estabelecerem limite, nenhuma pode
exigir um valor mínimo para se pagar
a compra com cartão. Conforme o Idec
(Instituto Brasileiro de Defesa do
Consumidor) e o Procon (Fundação de
Proteção e Defesa do Consumidor), se
a loja tem a opção de pagamento com o
cartão, ela está obrigada a aceitá-lo para
compras de qualquer valor, desde que
seja à vista.
5. O consumidor pode desistir de
compras feitas pela internet
O consumidor que faz compras pela
internet ou por telefone tem a opção de
desistir da compra, sem custo adicional,
10 casos em que seus direitos estão
sendo violados (e você não sabia)
desde que seja feito em sete dias após a
compra. O Procon-SP diz que a
contagem do prazo inicia-se a partir do
posterior à contratação ou recebimento
do produto. Conforme está no artigo 49
do Código de Defesa do Consumidor, a
contagem não é interrompida nos finais
de semana ou feriados.
6. O consumidor pode suspender
serviços sem custo
Uma vez por ano, o consumidor tem
direito de suspender serviços de telefone
fixo e celular, de TV a cabo, água e luz
sem custo adicional. No caso da TV e
telefone, o prazo máximo de suspensão
é de até 120 dias. Já no caso da água e
da luz, não existe um prazo máximo,
mas para religar o serviço, o consumidor
precisará pagar.
7. A cobrança indevida deve ser
devolvida em dobro
Qualquer pessoa que for vítima de
alguma cobrança indevida pode exigir
que o valor pago devolvido seja em
dobro e corrigido. Conforme consta do
artigo 42 do Código de Defesa do
Consumidor, se a conta de telefone foi
de R$ 150, por exemplo, mas o cliente
percebeu que o correto seria R$ 100, ele
tem direito de receber de volta não só
os R$ 50 pagos a mais, e sim R$ 100 (o
dobro) corrigidos.
8. O consumidor não precisa
contratar seguro de cartão de crédito
As administradoras de cartão de
crédito sempre oferecem aos clientes um
seguro que protege o consumidor contra
perda e roubo. Órgãos de defesa do
consumidor entendem que, caso o cartão
seja furtado e o cliente realizar o
bloqueio, toda compra feita a partir
deste momento será de responsabilidade
da administradora, independente que ele
tenha ou não o seguro.
9. Quem compra imóvel não
precisa contratar assessoria
Quando o comprador adquire um
imóvel ainda na planta, ele tende ser
cobrado pelo Sati (Serviço de
Assessoria Técnica Imobiliária), que
se trata de uma assistência por
advogados indicados pela
imobiliária. Mas esta cobrança não é
obrigatória. O contrato pode ser
fechado sem a contratação da
assessoria.
10. Passagens de ônibus têm
validade de um ano
As passagens de ônibus com data
e horário marcados têm validade de
um ano, conforme a Lei nº 11.975,
de 7/6/2009. Se o consumidor não
conseguir fazer a viagem na data da
passagem, deve comunicar a empresa
com antecedência de até três horas.
Depois, o consumidor pode usar o
bilhete para outra viagem, sem
nenhum custo adicional (mesmo
ocorrendo aumento de tarifa).
13
A banana contém três açúcares
naturais - sacarose, frutose e glicose,
combinados com fibra.Abanana dá
uma instantânea e substancial elevação
da energia.
Pesquisas provam que apenas duas
bananas fornecem energia suficiente
para um treino de 90 minutos
extenuantes. Não é à toa que a banana
é a fruta número um dos maiores
atletas do mundo.
Mas energia não é a única forma de
uma banana poder nos ajudar a manter
a forma. Pode também nos ajudar a
curar ou prevenir um grande número de
doenças. Tornando-se uma obrigação
adicionar a banana à nossa dieta diária.
Depressão: De acordo com recente
pesquisa realizada pela MIND, entre
pessoas que sofrem de depressão, as
pessoas se sentiam melhores após ter
comido uma banana. Isto porque a
banana contém triptofano, um tipo de
proteína que o corpo converte em
seratonina, reconhecida por relaxar,
melhorar o seu humor e, geralmente,
fazem você se sentir mais feliz.
TPM: Esqueça as pílulas - coma uma
banana. A vitamina B6 regula os níveis
de glicose no sangue, que podem afetar
seu humor.
Anemia: contendo muito ferro, bananas
estimulam a produção de hemoglobina
no sangue e ajudam nos casos de
anemia.
Pressão Arterial: Este fruto tropical é
muito rico em potássio, mas reduzido
em sódio, tornando-a perfeita para
combater a pressão alta. Tanto é assim,
que a Food and DrugAdministration
nos Estados Unidos, permitiu que a
indústria da banana oficialmente
informasse ao publico, que ao comer
essa fruta, ela poderá reduzir o risco de
pressão alta e infarto.
Cérebro: 200 estudantes da escola
Twickenham na Inglaterra tiveram
ajuda nos exames este ano, comendo
bananas no café da manhã, lanche e
almoço em uma tentativa de elevar sua
capacidade mental.Apesquisa mostrou
que o elevado teor de potássio na
Banana: mais do que um alimento natural, um remédio maravilhoso
banana, pode ajudar a aprendizagem,
tornando os alunos mais alertas. Na
Índia a banana é considerada um
remédio que fortalece o cérebro,
melhora a memória, e reduz os efeitos
do envelhecimento, sendo chamada de
“Fruta dos sábios”.
Constipação: com elevado teor de
fibra, incluir bananas na dieta pode
ajudar a normalizar as funções
intestinais, ajudando a superar o
problema sem recorrer a laxantes.
Ressaca: uma das formas mais rápidas
de curar uma ressaca é fazer uma
vitamina de banana, adoçado com mel.
A banana acalma o estômago e, com a
ajuda do mel aumenta os níveis de
açúcar no sangue, enquanto o leite
suaviza e reidrata o sistema.
Azia: têm efeito antiácido natural no
organismo, por isso, se você sofre de
azia, experimente comer uma banana
para aliviar.
Enjôo matinal: comer uma banana
entre as refeições ajuda a manter os
níveis de açúcar no sangue elevado e
evita as náuseas.
Picadas de mosquito: antes do creme
para picada de inseto, experimente
esfregar a zona afetada com a parte
interna da casca da banana. Muitas
pessoas acham excelentes para reduzir
o inchaço e a irritação.
Nervos: Bananas são ricas em
vitaminas do complexo B que ajuda a
acalmar o sistema nervoso e melhoram
o sono.
Excesso de pressão no trabalho:
Estudos do Instituto de Psicologia na
Áustria mostram que a pressão no
trabalho leva à excessiva ingestão de
alimentos como chocolate e biscoitos.
Estudando 5000 pacientes em
hospitais, pesquisadores concluíram
que os mais obesos eram os que mais
sofriam de pressão alta e ataques de
ansiedade. O relatório desse estudo,
concluiu que: para evitar que comamos
biscoitos e doces quando estamos
ansiosos, então é necessário que se
coma alimentos ricos em carboidratos a
cada duas horas para manter níveis
estáveis de açúcar no sangue, e é aí que
entra a nossa querida banana.
Úlcera: A banana é usada na dieta
diária contra desordens intestinais pela
sua textura macia e suavidade. É a
única fruta crua que pode ser comida
sem desgaste em casos de úlcera
crônica. Também neutraliza a acidez e
reduz a irritação, protegendo as
paredes do estômago.
Controle de temperatura: Muitas
culturas vêem a banana como fruta
‘refrescante’, que pode reduzir tanto a
temperatura física como emocional de
mulheres grávidas. Na Tailândia, por
exemplo, as grávidas comem bananas
para os bebês nascerem com
temperatura baixa.
SeasonalAffective Disorder (SAD): a
banana auxilia os que sofrem SAD,
porque contêm a vitamina B6 e
Triptofano, que nos acalma e nos faz
ficar bem humorados.
Fumar e Uso do Tabaco: As bananas
podem ajudar as pessoas que tentam
deixar de fumar. Vitaminas - A, B6 e
B12, assim como o potássio e
magnésio, ajudam o corpo a recuperar
dos efeitos da retirada da nicotina.
Stress: O potássio é um mineral vital,
que ajuda a normalizar os batimentos
cardíacos, levando oxigênio ao cérebro
e regula o equilíbrio de água no corpo.
Quando estamos estressados, nossa
taxa metabólica se eleva, reduzindo os
níveis de potássio que podem ser
reequilibrado com a ajuda da banana,
que é rica em potássio.
Infarto: de acordo com pesquisa
publicado no New England Journal of
Medicine, comer bananas como parte
de uma dieta regular, pode reduzir o
risco de morte por enfarto em até 40%.
Verrugas: os interessados em
alternativas naturais juram que se
quiser eliminar verrugas, pegar um
pedaço de casca de banana e colocá-lo
sobre a verruga, com o lado amarelo
para fora. Segure cuidadosamente a
casca no local com esparadrapo!
Assim, a banana é um remédio natural
para muitos males. Quando você
compará-lo com uma maçã, tem quatro
vezes mais proteínas, duas vezes mais
carboidratos, três vezes mais fósforo,
cinco vezes mais vitamina A e ferro e o
dobro das outras vitaminas e minerais.
Também é rica em potássio e é um dos
alimentos mais valiosos para nossa
saúde. Então talvez seja hora de mudar
essa frase em inglês, tão conhecida: 1
apple a day, keep the doctor away, e
que nós traduzindo deveríamos usar:
“Uma banana por dia mantém o doutor
sem freguesia!”
14
Um turista estava bebericando sua
tequila em um Restaurante em Cabo San
Lucas, quando notou uma bandeja
fervilhante, com uma comida de aparên-
cia deliciosa sendo servida na mesa ao
lado. Ele perguntou ao garçom:
- O que é que você acabou de servir?
O garçom respondeu:
- O senhor tem bom gosto! Estes são
chamados "Cojones de Toro”, os testícu-
los de um touro que combateu na arena
esta manhã. Uma delícia.
Cheirava tão bom que o turista disse:
- Que delícia, traga-me um prato desses.
- Sinto muito, senhor, disse o garçom.
Há apenas uma porção por dia, porque
há apenas uma luta de touro a cada
manhã. Se você vier amanhã cedo e
fizer o seu pedido, poderemos, com
certeza, lhe reservar esta iguaria.
Na manhã seguinte, o turista voltou, e
fez a sua reserva. Naquela noite foi-lhe
servido aquela única e especial iguaria
do dia. Depois de algumas mordidas e
fiscalizar o seu prato, ele chamou o
garçom e disse:
- Estão deliciosos, mas eles são peque-
nos, muito menores do que os que eu vi
você servindo ontem.
O garçom encolheu os ombros e
respondeu:
- Sim, senhor. As vezes o touro vence.
-o-o-o-o-o-
A caminho de casa um cara sentiu uma
dor de barriga e parou num shopping
para ir ao banheiro. Como o primeiro
sanitário estava ocupado, entrou no
seguinte. Quando estava sentado ouviu o
cara ao lado perguntar:
- E aí? Tudo bem? Embora não fosse de
dar conversa a desconhecidos em
banheiros públicos, respondeu:
- Bem...vai-se andando... Novamente o
cara ao lado perguntou:
- E então, o que andas fazendo? Embora
começasse a achar o assunto estranho,
respondeu: - Bem, agora estou aqui no
banheiro. Depois vou para casa... Então,
ouviu o cara ao lado dizer em tom
chateado: - Olha, tem um cara aqui ao
lado cagando, que me responde cada
vez que te faço uma pergunta... te ligo
depois...
-o-o-o-o-o-
A mulher se queixava, quase em
prantos, à sua empregada:
- Oh, Maria, acho que meu marido está
me enganando com a secretária!
- Não acredito. A senhora está dizendo
isso pra me deixar com ciúmes.
-o-o-o-o-o-
O médico chega pro cara que tá aflito,
fumando um cigarro atrás do outro,
enquanto espera novidades da
maternidade: - Tenho boas e más
notícias. - Pode me dar as más primeiro,
doutor!
- Foi um parto muito complicado...
Tivemos de fazer cesariana. Sua mulher
perdeu o útero, as trompas, o ovário...
- Pára doutor! E a boa notícia?
- O bebê vai aparecer no Fantástico!
Sexo com a paciente
Sentado na cadeira do seu consultório,
depois de ter transado com sua paciente,
pensando no que havia feito, sua
consciência lhe repetia:
- Mas o que é isso??? Olha o que eu fiz?
Que vergonha, perdi toda a ética
profissional!!!
Depois de se culpar por algum tempo,
observa que sobre seu ombro direito
aparece um diabinho que lhe diz:
- ESCUTA AQUI… NÃO SEJA IDIOTA…
HÁ UM MONTÃO DE MÉDICOS QUE
TRANSAM COM SEUS PACIENTES. O
QUE VOCÊ ACHA, QUE É O ÚNICO?
ESCUTA, SEU BABACA… ISSO É A
COISA MAIS NORMAL DO MUNDO!
O médico, convencido, concorda e diz
que o diabinho tem razão; realmente não
havia feito nada demais.
Mal acabou de dizer e notou que aparece
um anjinho em seu ombro que lhe diz ao
ouvido:
- Só não se esqueça que você é
VETERINÁRIO, VE-TE-RI-NÁÁÁ-RIO!!!
-o-o-o-o-o-
No consultório médico, uma loira
gostosíssima resolve tirar uma dúvida:
- Doutor é verdade que a gente pode
engravidar num banheiro público? - É sim
- respondeu o médico. - Acho melhor
você parar de transar lá!
-o-o-o-o-o-
Três amigos foram acampar. A barraca
era muito pequena, por isso eles tinham
que dormir bem juntos, no mesmo
colchão e com o mesmo cobertor.
Acontece que um dos três tinha um
insuportável e já famoso mau hálito, um
bafo do tipo ‘mata-urubu’. Ante aquela
inevitável proximidade física, um dos
outros dois fez a seguinte proposta: -
Bafinho, vamos combinar assim: quando
você precisar falar alguma coisa, você
bate palmas que a gente se esconde
debaixo do cobertor pra proteger as
narinas. Bafinho balançou a cabeça
concordando. Quando já estavam os três
devidamente cobertos e preparados para
dormir, Bafinho bate palmas. Os dois
amigos, mais que depressa, enfiam suas
cabeças debaixo do cobertor e, de lá do
fundo, gritam: - Pode falar, Bafinho! O
Bafinho responde: - Peidei.
-o-o-o-o-o-
Dois velhos estavam ouvindo um
religioso pelo rádio que dizia : - Coloque
uma mão no rádio e outra na parte
doente, que vou curá-los!! A velha coloca
uma mão no rádio e outra nas costas. O
velho coloca uma mão no rádio e outra
no bráulio. Então a senhora diz: - Seu
idiota! Ele disse que vai curar os doentes,
e não ressuscitar os mortos!!
-o-o-o-o-o-
O cego estava a um tempão sem ‘dar
uma’ e vivia pedindo: - Arruma uma
mulher pro ceguinho, arruma! Arruma
uma mulher pro ceguinho! Um amigo já
de saco cheio, resolve dar uma força pro
ceguinho e decidiu arrumar uma mulher
para ele. O ceguinho vai pra casa e fica e
esperando. Logo batem na porta. - Quem
é? - É a Sueli. Vim resolver seu
problema. O ceguinho todo
entusiasmado abre a porta. A mulher
senta-se na cama e ele diz: - Como é
que você está vestida, hein, hein, hein? -
Botinha de couro, vestido justo e uma
blusinha de seda, e nada por baixo. -
Ahhh - suspira o ceguinho - É hoje! Tira a
botinha, tira. - Como é que você está
agora? - Descalça, deitada na cama! - Ai
meu Deus, é hoje. Tira a blusinha, tira.
Como você está agora? - De seios nus,
só de sainha. - Tira a saia. Tira a saia,
por favor! E agora? - Estou nua, deitada
na cama, te esperando meu garanhão. -
Ai que é agora. Sueli... você já fez 69? -
Ainda não. Faço daqui a dois meses.
15
PROGRAMAÇÃO
Dia - 31/05 (sexta-feira) 18h3O - Adoração e Benção do
Santíssimo Sacramento - 19h30 - Trezena - Maria Mãe e
Mestra da Juventude
- Benção das Mães e Avós - Praça de alimentação
a partir das 18h00 - Dia - O1/06 (sábado)
19h30 - Trezena - Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida para a Juventude
- Benção dos objetos de devoção
- Noite da sopa - venda antecipada de convites. Serviremos para viagem -
Praça de alimentação, a partir das 14hOO
Dia - 02/06 (domingo)
19h00 Trezena - Vocacionados à Santidade - Benção da água - Praça de
alimentação das 08h00 às 13h00 e a partir das 18h00
Dia – 03/06 ( segunda – feira)
19h30 - Trezena - O que Deus exige de nós - Benção da saúde - Praça de
alimentação a partir das 18h00
Dia - 04/O6 (terça-feira)
19h30 - Trezena - Família cristã, berço de verdadeiras vocações - Benção
dos pães - Praça de alimentação a partir das 15h00
Dia - 05/06 (quarta-feira)
19h3O - Trezena - Família, espaço da fé do diálogo e do respeito mútuo -
Benção dos Pais e Avôs - Praça de alimentação a partir das 18h00
-
Dia - 06/06 (quinta-feira)
19h30 - Trezena - Juventude ou juventudes - Benção dos Jovens - Praça de
alimentação a partir das 18h00
Dia - 07/06 (sexta-feira)
19h30 - Trezena - Juventude e a opção pelo Reino de Deus - Benção das
chaves da casas - Praça de alimentação a partir das 18hOO
Dia - 08/06 (Sábado)
19h3O - Trezena - Juventude e a solidariedade com o universo dos pobres -
Benção das carteiras de trabalho - Praça de alimentação
a partir das 14h00
Dia - 09/06 (Domingo)
19h00 - Trezena - Juventude e as novas mídias desafio da evangelização -
Missa sertaneja - Benção das Pastorais e Movimentos
11h30 - Churrasco - venda antecipada de convites - Serviremos para viagem
- 15h00 - Show de prêmios - Praça de alimentação a partir das 18h00
Dia - 10/06 (segunda-feira)
19h3O - Trezena - Juventude e comunicação, redescobrindo o prazer de
conviver - Benção das crianças e adolescentes - Praça de alimentação
a partir das l8h00
Trezena em louvor a Santo Antônio - Paróquia Santo Antônio - Av. Paraná,1939 - Bairro Boa Vista
Dia -11/06 (terça-feira)
19h30 - Trezena - Por uma Igreja jovem com os jovens - Benção dos pães -
17h00 - Benção do bolo de Santo Antônio - Praça de alimentação
a partir das 15h00 - Venda do bolo de Santo Antônio
Dia -12/06 (quarta-feira)
19h30 - Trezena - Castidade, o corpo como templo do Espírito de Deus -
Benção dos namorados - Praça de alimentação a partir das 18h00 - Venda
do bolo de SantoAntônio
Dia 13 de junho - Dia de Santo Antônio
Missas - 07h00 - 12h00 - 16h00 - Benção dos carros o dia todo -
Benção das velas e Procissão às 19h00 - 20h00 - Missa Solene em
Louvor a Santo Antônio. Presidida por Dom José Mário, com o tema
"Eis-me aqui, envia-me"
Ernesto dos Santos (in Memoriam ) o cuidador
da “Capela de Santa Águida”
Devido ao crescimento da população residente no bairro de Vila Tingüi, no
dia 1 de novembro de 1965 o arcebispo metropolitano de Curitiba – D. Manu-
el da Silveira D’Elboux – fundou onde era a capela de S. João Batista uma
nova paróquia. O primeiro pároco foi o pe. Estanislau Pagacz Nesta época
compostadeemigrantespoloneses(colôniaSantaCândida),italianos(BoaVista)
e ambos de cultura religiosa catequizavam difundindo a fé católica,com rele-
vância a valorização das famílias mais distante, erigiam capelas na região da
paróquia.
No ano de 1972 a Associação das Senhoras de Caridade São Vicente de
Paulo que tinha o seu líder Padre Estanislau Pagacz , firmaram compromisso
em cartório com o Município de Curitiba, na construção de uma obra
assistencial no terreno hoje, sede daAssociação dos Moradores Fernando de
Noronha,(rua José Carlos Ribeiro Taborda esquina com a Rua Humberto
Cezarino).
A área doada pelo Município de Curitiba tinha destinação não somente a
construção de obras assistenciais, mas, benfeitorias que num prazo de 2 a 10
anos deveriam ser concluídas a contar da data da escritura lavrada em cartó-
rio, no dia 28 de Abril de 1972.
O padre Estanislau deliberou ao Senhor Ernesto dos Santos e sua esposa,
Norma dos Santos a incumbência de zelar pela pequena Capelinha de Madei-
ra construída sob a denominação de Santa Águeda. É sabido pelos mais anti-
gos da casa onde o Senhor Ernesto morava (rua Jose Carlos Ribeiro Taborda
esquina com a Rua Humberto Cezarino), pai, de Joel dos Santos. “São mais
de 40 anos de vida somente neste local, formamos três famílias entre irmãos
e filhos e, sempre fizemos benfeitorias necessárias, com diz Joel”.
O terreno com 371 metros tem ocupação desde 1972 e faz parte da planta
“ Lupinski” agregado da área onde é a sede da Associação dos Moradores
Fernando de Noronha. No mês de Abril de 1980, membros da Capela e da
Paróquia São João Batista fundaram estaAssociação do Bairro, sem preocu-
pação formal para a titularidade da área em cartório. Do ano 2006 a 2010
com 16 procurações pela identidade desta Entidade(São Vicente de Paulo)
em todo o município, concluímos não ter mais existência.
16
A Federação Comunitária da
Associações de Moradores de Curitiba
e Região Metropolitana, e Fecampar -
Federação das Entidades Comunitárias
eAssociações de Moradores do Paraná,
realizaram o 1º Seminário de
Capacitação de Lideranças e
Regularização Fundiária, em parceria
com governo do Estado no dia 27Abril,
das 9 às 17 horas, na Faculdade de
TecnologiaTupy, bairro Pinheirinho em
Curitiba. Pouco mais de 400 pessoas
entre representantes de associação de
moradores, grupos sociais e lideranças
políticas de Curitiba e dos Municípios
da Região Metropolitana de Curitiba.
O encontro teve a coordenação do
Presidente da Femoclam Nilson
Pereira.A apresentação dos painéis e
os palestrantes: João Pereira apresentou
o relatório de atividades da Femoclam,
Mounir Chaowiche sobre os planos da
Cohapar, Jonel Iurk Presidente da
Copel da Copel, Antonio Carlos
Belinatti Presidente da Sanepar,
Luciano Pizzato da Compagás,
Michelle Caputo Secretario Estadual de
Saúde; Nelson Cordeiro Justus, Diretor
de Regularização Fundiaria da
Cohapar, Guto Silva da Secretaria de
Administração do Estado, Nelsão da
Força Sindical (representando Sergio
Butka), Lineu Tomass, da Secretaria de
Desenvolvimento Urbano (
representando Ratinho Junior), Carlise
Kwiatkowski, Provopar, Gilsa Floriano
da Fundação da Ação Social de
Curitiba (representando o Prefeito
Gustavo Fruet).
Também estiveram presentes Paulo
Horácio, vereador de
Araucária,Vereador Mauro Ignácio de
Curitiba, que entregou diploma de
reconhecimento dos 27 anos de
atividades da Femoclam, Alan Bleik
diretor do Ciesc (Faculdade de
tecnologia Tupy) além de outras
personalidades políticas dos municípios
do Paraná.
O objetivo do encontro foi dar
capacitação às lideranças sobre o
trabalho de regularização fundiária do
governo do Paraná, além de informar
sobre ações de infraestrutura
desenvolvidas pelas empresas e
secretarias estaduais; “Este é mais um
1º SEMINARIO DE CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇAS –
REGULARIZAÇÃO FUNDIARIA E INFRAESTRUTURA
passo que o governo do Estado e as
lideranças comunitárias estão dando
juntos. É com esta união que estamos
construindo um novo Paraná”, declarou
o presidente da Cohapar, Mounir
Chaowiche(foto ao lado), durante a
abertura do encontro.
Para o diretor da Força Sindical,
Nelson Silva de Souza, momentos
como o deste sábado são importantes
por permitir uma integração de trabalho
entre governo e sociedade. “A
regularização fundiária é de suma
importância para a população, por isso
o sindicato é parceiro do governo neste
trabalho” afirmou.
O secretário estadual de Saúde,
Michele Caputo Neto(foto ao lado)
expos e defendeu projeto “Saúde mais
10”, Lei de Iniciativa Popular que
assegura o repasse efetivo e integral de
10% das receitas correntes brutas da
União para a saúde pública dos
Estados, alterando, dessa forma, a Lei
Complementar no 141, de 13 de janeiro
de 2012".Falou do compromisso na
construção do Hospital na Região
Norte de Curitiba e que, a diferença
política com o município de Curitiba
não impedirá a construção do Centro
de Regional de Especialidades (CRE
Boa Vista) na Regional de Saúde Boa
Vista, somente restando o município
arranjar o terreno”.
A presidente do Provopar, Carlise
Kwiatkowski falou dos programas e
também afirmou, o “compromisso na
luta para emancipar as famílias
paranaenses e dar assistência em casos
de extrema necessidade e urgência para
erradicar a miséria de muitas famílias
paranaenses”. Lembrou que, quando
prefeito de Curitiba, o governador Beto
Richa conseguiu dar melhor qualidade
de vida para 65% das famílias que
viviam em situação de vulnerabilidade
social. “Portanto, o Provopar Estadual,
assim como o Governo do Estado, está
de portas abertas para atender a toda
comunidade paranaense, acrescentou.
Nelson Cordeiro Justus(foto ao
lado), falou sobre o Tema Principal do
Seminário, dos instrumentos e
mecanismos específicos para a
regularização fundiária de interesse
social, com objetivo de facilitar o direito
do cidadão. Guto Silva Secretario da
Administração do Estado comunicou a
parceria com a femoclam na criação do
Telecentro( uma sala equipada com
computadores) na sede da Entidade,
com disponibilidade de acesso aos
cursos on line gratuitos e anúnciou que
no paraná, diversos espaços de
Telecentro serão inaugurados.
Nilson Pereira Presidente da
Entidade assinou diversos convênios de
Saúde,Seguro e outros, estendidos para
as Lideranças das Associações de
Bairros de Curitiba e Região
Metropolitana

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ESTADO DE DIREITO - 15 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 15 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 15 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 15 EDIÇÃOEstadodedireito
 
Apresentação das propostas da 2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropoli...
Apresentação das propostas da 2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropoli...Apresentação das propostas da 2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropoli...
Apresentação das propostas da 2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropoli...DiversidadeSexualSP
 
Discurso conferencia impunidade vs final dez 2013 2
Discurso conferencia impunidade vs final dez 2013 2Discurso conferencia impunidade vs final dez 2013 2
Discurso conferencia impunidade vs final dez 2013 2Novas da Guiné Bissau
 
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...DiversidadeSexualSP
 
2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...
2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...
2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...DiversidadeSexualSP
 
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...DiversidadeSexualSP
 
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...DiversidadeSexualSP
 
3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...
3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...
3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...DiversidadeSexualSP
 
O Dia Digital - “PANDEMIA NÃO PASSOU!”
O Dia Digital - “PANDEMIA NÃO PASSOU!”O Dia Digital - “PANDEMIA NÃO PASSOU!”
O Dia Digital - “PANDEMIA NÃO PASSOU!”ODiaMais
 
2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...
2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...
2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...DiversidadeSexualSP
 
Revista Unipampa Caçapava_ Revolução no Pampa_Transfprmaçao_Mainardi e Pimenta
Revista Unipampa Caçapava_ Revolução no Pampa_Transfprmaçao_Mainardi e PimentaRevista Unipampa Caçapava_ Revolução no Pampa_Transfprmaçao_Mainardi e Pimenta
Revista Unipampa Caçapava_ Revolução no Pampa_Transfprmaçao_Mainardi e PimentaLuiz Fernando Mainardi
 
1ª Conferência Estadual LGBT do Paraná
1ª Conferência Estadual LGBT do Paraná1ª Conferência Estadual LGBT do Paraná
1ª Conferência Estadual LGBT do ParanáGrupo Dignidade
 
Conferência Regional LGBT da Baixada Santista e Vale do Ribeira
Conferência Regional LGBT da Baixada Santista e Vale do RibeiraConferência Regional LGBT da Baixada Santista e Vale do Ribeira
Conferência Regional LGBT da Baixada Santista e Vale do RibeiraDiversidadeSexualSP
 
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...DiversidadeSexualSP
 
Informativo Fábrica de Imagens - ED. 16
Informativo Fábrica de Imagens - ED. 16Informativo Fábrica de Imagens - ED. 16
Informativo Fábrica de Imagens - ED. 16Thyago Nogueira
 
Produção textual - dissertação - exercícios
Produção textual - dissertação - exercíciosProdução textual - dissertação - exercícios
Produção textual - dissertação - exercíciosTio Pablo Virtual
 

Mais procurados (17)

ESTADO DE DIREITO - 15 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 15 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 15 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 15 EDIÇÃO
 
Apresentação das propostas da 2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropoli...
Apresentação das propostas da 2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropoli...Apresentação das propostas da 2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropoli...
Apresentação das propostas da 2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropoli...
 
Discurso conferencia impunidade vs final dez 2013 2
Discurso conferencia impunidade vs final dez 2013 2Discurso conferencia impunidade vs final dez 2013 2
Discurso conferencia impunidade vs final dez 2013 2
 
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
 
2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...
2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...
2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...
 
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
 
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
 
3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...
3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...
3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...
 
O Dia Digital - “PANDEMIA NÃO PASSOU!”
O Dia Digital - “PANDEMIA NÃO PASSOU!”O Dia Digital - “PANDEMIA NÃO PASSOU!”
O Dia Digital - “PANDEMIA NÃO PASSOU!”
 
2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...
2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...
2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...
 
Revista Unipampa Caçapava_ Revolução no Pampa_Transfprmaçao_Mainardi e Pimenta
Revista Unipampa Caçapava_ Revolução no Pampa_Transfprmaçao_Mainardi e PimentaRevista Unipampa Caçapava_ Revolução no Pampa_Transfprmaçao_Mainardi e Pimenta
Revista Unipampa Caçapava_ Revolução no Pampa_Transfprmaçao_Mainardi e Pimenta
 
1ª Conferência Estadual LGBT do Paraná
1ª Conferência Estadual LGBT do Paraná1ª Conferência Estadual LGBT do Paraná
1ª Conferência Estadual LGBT do Paraná
 
Conferência Regional LGBT da Baixada Santista e Vale do Ribeira
Conferência Regional LGBT da Baixada Santista e Vale do RibeiraConferência Regional LGBT da Baixada Santista e Vale do Ribeira
Conferência Regional LGBT da Baixada Santista e Vale do Ribeira
 
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
 
Informativo Fábrica de Imagens - ED. 16
Informativo Fábrica de Imagens - ED. 16Informativo Fábrica de Imagens - ED. 16
Informativo Fábrica de Imagens - ED. 16
 
Formulario de sugestao 2012
Formulario de sugestao 2012Formulario de sugestao 2012
Formulario de sugestao 2012
 
Produção textual - dissertação - exercícios
Produção textual - dissertação - exercíciosProdução textual - dissertação - exercícios
Produção textual - dissertação - exercícios
 

Semelhante a GAZETA SANTA CÂNDIDA MAIO 2013

ESTADO DE DIREITO - 38 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 38 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 38 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 38 EDIÇÃOEstadodedireito
 
ESTADO DE DIREITO - 36 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 36 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 36 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 36 EDIÇÃOEstadodedireito
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA ABRIL 2013
GAZETA SANTA CÂNDIDA ABRIL 2013GAZETA SANTA CÂNDIDA ABRIL 2013
GAZETA SANTA CÂNDIDA ABRIL 2013Adilson Moreira
 
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃOEstadodedireito
 
ESTADO DE DIREITO - 37 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 37 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 37 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 37 EDIÇÃOEstadodedireito
 
ESTADO DE DIREITO - 18 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 18 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 18 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 18 EDIÇÃOEstadodedireito
 
ESTADO DE DIREITO - 31 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 31 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 31 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 31 EDIÇÃOEstadodedireito
 
ESTADO DE DIREITO - 34 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 34 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 34 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 34 EDIÇÃOEstadodedireito
 
ESTADO DE DIREITO - 6 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 6 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 6 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 6 EDIÇÃOEstadodedireito
 
Jornal ipiranga seu estilo de vida - novembro
Jornal   ipiranga seu estilo de vida - novembroJornal   ipiranga seu estilo de vida - novembro
Jornal ipiranga seu estilo de vida - novembroElejota Editora
 
Relatório encontro internacional estado de direito
Relatório encontro internacional estado de direitoRelatório encontro internacional estado de direito
Relatório encontro internacional estado de direitoEstadodedireito
 
Folder+(modelo)+ ++++++seminário+de+mobilização
Folder+(modelo)+ ++++++seminário+de+mobilizaçãoFolder+(modelo)+ ++++++seminário+de+mobilização
Folder+(modelo)+ ++++++seminário+de+mobilizaçãocristiano mascarenhas
 
ESTADO DE DIREITO - 13 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 13 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 13 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 13 EDIÇÃOEstadodedireito
 
Artefato 1 2013_3aedicao_revisao
Artefato 1 2013_3aedicao_revisaoArtefato 1 2013_3aedicao_revisao
Artefato 1 2013_3aedicao_revisaoRafael Marajó
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 82 - 25/08/2016
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 82 - 25/08/2016Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 82 - 25/08/2016
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 82 - 25/08/2016Jornal Cidade
 
BARÃO DE INOHAN 143 - 12 de setembro de 2017
BARÃO DE INOHAN 143 - 12 de setembro de 2017BARÃO DE INOHAN 143 - 12 de setembro de 2017
BARÃO DE INOHAN 143 - 12 de setembro de 2017josé pery salgado
 

Semelhante a GAZETA SANTA CÂNDIDA MAIO 2013 (20)

ESTADO DE DIREITO - 38 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 38 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 38 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 38 EDIÇÃO
 
ESTADO DE DIREITO - 36 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 36 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 36 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 36 EDIÇÃO
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA ABRIL 2013
GAZETA SANTA CÂNDIDA ABRIL 2013GAZETA SANTA CÂNDIDA ABRIL 2013
GAZETA SANTA CÂNDIDA ABRIL 2013
 
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 24 EDIÇÃO
 
ESTADO DE DIREITO - 37 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 37 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 37 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 37 EDIÇÃO
 
ESTADO DE DIREITO - 18 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 18 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 18 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 18 EDIÇÃO
 
ESTADO DE DIREITO - 31 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 31 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 31 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 31 EDIÇÃO
 
ESTADO DE DIREITO - 34 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 34 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 34 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 34 EDIÇÃO
 
ESTADO DE DIREITO - 6 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 6 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 6 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 6 EDIÇÃO
 
Jornal ipiranga seu estilo de vida - novembro
Jornal   ipiranga seu estilo de vida - novembroJornal   ipiranga seu estilo de vida - novembro
Jornal ipiranga seu estilo de vida - novembro
 
Relatório encontro internacional estado de direito
Relatório encontro internacional estado de direitoRelatório encontro internacional estado de direito
Relatório encontro internacional estado de direito
 
Informativo_BC_Ed_0.2
Informativo_BC_Ed_0.2Informativo_BC_Ed_0.2
Informativo_BC_Ed_0.2
 
Folder+(modelo)+ ++++++seminário+de+mobilização
Folder+(modelo)+ ++++++seminário+de+mobilizaçãoFolder+(modelo)+ ++++++seminário+de+mobilização
Folder+(modelo)+ ++++++seminário+de+mobilização
 
Jornal digital 4496 qui 04-09-14
Jornal digital 4496 qui 04-09-14Jornal digital 4496 qui 04-09-14
Jornal digital 4496 qui 04-09-14
 
Apresentacao_2013__1.pptx
Apresentacao_2013__1.pptxApresentacao_2013__1.pptx
Apresentacao_2013__1.pptx
 
ESTADO DE DIREITO - 13 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 13 EDIÇÃOESTADO DE DIREITO - 13 EDIÇÃO
ESTADO DE DIREITO - 13 EDIÇÃO
 
Edição nº 15_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
Edição nº 15_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinvilleEdição nº 15_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
Edição nº 15_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
 
Artefato 1 2013_3aedicao_revisao
Artefato 1 2013_3aedicao_revisaoArtefato 1 2013_3aedicao_revisao
Artefato 1 2013_3aedicao_revisao
 
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 82 - 25/08/2016
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 82 - 25/08/2016Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 82 - 25/08/2016
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 82 - 25/08/2016
 
BARÃO DE INOHAN 143 - 12 de setembro de 2017
BARÃO DE INOHAN 143 - 12 de setembro de 2017BARÃO DE INOHAN 143 - 12 de setembro de 2017
BARÃO DE INOHAN 143 - 12 de setembro de 2017
 

Mais de Adilson Moreira

GAZETA DO SANTA CANDIDA, ABRIL DE 2023
GAZETA DO SANTA CANDIDA, ABRIL DE 2023GAZETA DO SANTA CANDIDA, ABRIL DE 2023
GAZETA DO SANTA CANDIDA, ABRIL DE 2023Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA FEVEREIRO 2023
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA FEVEREIRO 2023GAZETA DO SANTA CÂNDIDA FEVEREIRO 2023
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA FEVEREIRO 2023Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2021Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2021Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO 2021Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2021Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2021Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MAIO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MAIO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MAIO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MAIO 2021Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MARÇO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MARÇO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MARÇO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MARÇO 2021Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2020
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2020GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2020
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2020Adilson Moreira
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA, ABRIL 2020
GAZETA SANTA CÂNDIDA, ABRIL 2020GAZETA SANTA CÂNDIDA, ABRIL 2020
GAZETA SANTA CÂNDIDA, ABRIL 2020Adilson Moreira
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2020
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2020GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2020
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2020Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO DE 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO DE 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO DE 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO DE 2019Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2019Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, AGOSTO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, AGOSTO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, AGOSTO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, AGOSTO 2019Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2019Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019Adilson Moreira
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019Adilson Moreira
 
GAZETA SANTA CANDIDA, ABRIL 2019
GAZETA SANTA CANDIDA, ABRIL 2019GAZETA SANTA CANDIDA, ABRIL 2019
GAZETA SANTA CANDIDA, ABRIL 2019Adilson Moreira
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019Adilson Moreira
 

Mais de Adilson Moreira (20)

GAZETA DO SANTA CANDIDA, ABRIL DE 2023
GAZETA DO SANTA CANDIDA, ABRIL DE 2023GAZETA DO SANTA CANDIDA, ABRIL DE 2023
GAZETA DO SANTA CANDIDA, ABRIL DE 2023
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA FEVEREIRO 2023
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA FEVEREIRO 2023GAZETA DO SANTA CÂNDIDA FEVEREIRO 2023
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA FEVEREIRO 2023
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2021
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2021
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO 2021
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2021
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, SETEMBRO 2021
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MAIO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MAIO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MAIO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MAIO 2021
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MARÇO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MARÇO 2021GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MARÇO 2021
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, MARÇO 2021
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2020
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2020GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2020
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, EDIÇÃO DEZEMBRO 2020
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA, ABRIL 2020
GAZETA SANTA CÂNDIDA, ABRIL 2020GAZETA SANTA CÂNDIDA, ABRIL 2020
GAZETA SANTA CÂNDIDA, ABRIL 2020
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2020
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2020GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2020
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2020
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO DE 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO DE 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO DE 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, NOVEMBRO DE 2019
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, OUTUBRO 2019
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, AGOSTO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, AGOSTO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, AGOSTO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, AGOSTO 2019
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JULHO 2019
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2019
 
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019
GAZETA SANTA CÂNDIDA, MAIO 2019
 
GAZETA SANTA CANDIDA, ABRIL 2019
GAZETA SANTA CANDIDA, ABRIL 2019GAZETA SANTA CANDIDA, ABRIL 2019
GAZETA SANTA CANDIDA, ABRIL 2019
 
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, FEVEREIRO 2019
 

GAZETA SANTA CÂNDIDA MAIO 2013

  • 1.
  • 2. 2 Ministério Público do Paraná e Universidade Federal do Paraná fir- mam parceria na terceira audiência pública do Movimento Paraná Sem Corrupção em Curitiba, realizada na noite dia, 14 de maio, no Salão Nobre da Faculdade de Direito da Universi- dade Federal do Paraná, reuniu mais de 160 pessoas, entre promotores e procuradores de Justiça do MP-PR, estudantes, representantes da Univer- sidade, da Prefeitura de Curitiba,lideranças e grupos sociais da Capital Participaram da audiência o pro- curador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia, que fez a abertura do even- to, o diretor do Setor de Ciências Ju- rídicas da UFPR, professor Ricardo Marcelo Fonseca, o secretário do Governo Municipal Ricardo Mac Donald Ghisi, representando o Prefei- to de Curitiba, o promotor de Justiça e coordenador estadual do Movimen- to, Eduardo Cambi, e a promotora de Justiça Swami Mougenot Bonfim, que atua no Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça das Comu- nidades, além de outras autoridades. Na abertura, o procurador-geral de Justiça destacou a necessidade da atu- ação conjunta da Prefeitura,Câmara Municipal,Ufpr, Mídia e cidadãos na construção de uma sociedade solidaria e fraterna,com mobilização de lideran- ças na busca da justiça social. Tam- bém ressaltou a importância da mobilização contra a Proposta de Emenda Constitucional nº 37, que pre- tende impedir o Ministério Público de realizar investigações criminais. Na ocasião, foram colhidas, inclusive, assinaturas dos presentes em abaixo- assinado contra a PEC 37. FIRMADO O INTECÂMBIO ENTRE UFPR E O MOVIMENTO PARANÁ SEM CORRUPÇÃO Durante a audiência, o Ministério 3ª AUDIÊNCIA PÚBLICA, MOVIMENTO PARANÁ SEM CORRUPÇÃO REALIZA PARCERIA COM UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Público do Paraná e a Universidade Federal do Paraná firmaram parceria para ampliar o intercâmbio entre a Fa- culdade de Direito da UFPR e o Mo- vimento Paraná Sem Corrupção. Por meio do curso de extensão “Ministé- rio Público Universitário”, estudantes de Direito serão capacitados e sensibiliza- dos a tornarem-se voluntá- rios do Movimento. Desta forma, terão a oportunida- de de conhecer melhor o trabalho do MP e partici- par das ações da instituição voltadas à transformação da realidade social, por meio da promoção e efetivação dos direitos fun- damentais dos cidadãos. “Neste primeiro momento, os es- tudantes poderão contribuir no com- bate à corrupção, por meio do Movi- mento e de suas ações, que visam o fortalecimento da cidadania. Mas, ao conhecerem melhor o MP e os outros projetos e programas desenvolvidos pela instituição, os acadêmicos terão a oportunidade de participar de ou- tras atividades voltadas à comunida- de nas diversas áreas do Direito”, ex- plicou o coordenador do Movimento Paraná Sem Corrupção, promotor de Justiça Eduardo Cambi. TRANSPARÊNCIAE CONTOLE SOCIAL Durante o encontro, o promotor de Justiça Cláudio Smirne Diniz, que atua no CAOP de Proteção ao Patrimônio Público, falou aos presen- tes sobre Transparência. “No que diz respeito especificamente ao Patrimônio Público, imagina-se o envolvimento da sociedade em dois momentos importantes: na construção dos Portais e no efetivo exercício do controle social, a ser impulsionado pela implementação desses Portais. Essa aproximação com a sociedade é fortalecida por encontros como o que estamos realizando”, ressaltou o pro- motor. Outro tema da noite foi Segurança Alimentar. O procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto, co- ordenador do CAOP de Proteção aos Direitos Humanos, destacou a ques- tão da alimentação escolar. “A incon- gruência, a contradição estabelecida na realidade brasileira, é de se ter um país extremamente rico e uma nação absolutamente pobre. Mais do que isso: um país que é o quinto maior pro- dutor de alimentos do mundo, mas cuja população é desnutrida e passa fome. Em audiência realizada no in- terior do Estado, tratando dos Direi- tos Fundamentais e do Direito à Edu- cação, houve a manifestação de uma professora dizendo que na escola dela, a poucos quilômetros de Curitiba, boa parte dos alunos fazia a primeira re- feição no momento da merenda esco- lar. O indicativo é de que vivemos em “vários Paranás” e que o discurso de desenvolvimento e progresso, ainda está distante destas riquezas produzi- das no estado. INSTITUIÇÕES E LIDERANÇAS Também estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Paulo Salamuni; os procu- radores de Justiça Joao Zaions Junior, Clayton de Albuquerque Maranhão, Rogerio Moreira Orrutea; o chefe do Núcleo de Educação de Curitiba, Maurício Pastor dos Santos; o procurador-geral do Município, Joel Macedo Soares Pereira Neto, o administrador da regional da Matriz, Maurício Figueiredo Lima Neto; o inspetor Frederico, da Guarda Municipal; o vice-pre- sidente daAssociação Comercial do Paraná, José Eduardo Sarmento; e dos vereadores Pro- fessora Josete e Professor Galdino. Os novos promotores substitutos do MP-PR também participaram do encontro, ocasião em que tiveram a oportunidade de conhecer melhor a metodologia das audiências públicas, que vêm sendo realizadas em diver- sas comarcas do Paraná para aproxi- mar cada vez mais a instituição da po- pulação. Outros encontros – Esta foi a ter- ceira de nove audiências do Movimen- to Paraná Sem Corrupção programa- das para Curitiba. A próxima será no dia 28 de maio, na regional do Pinheirinho, e tratará de temas como Saúde Pública e Rede de Proteção. Audiências no interior – Além de Curitiba, integrantes do Movimento estão realizando audiências públicas em várias cidades do Estado. O obje- tivo é discutir junto às comunidades ações educativas que possam contri- buir com a compreensão da popula- ção sobre seus direitos e seus deve- res, estimulando, assim, a participa- ção e o controle social.
  • 3. 3 EXPEDIENTE Diretor: Adilson da Costa Moreira Fones 8433-7462 e 3328-0176 Dep. comerciail: Sharon Simão Zunino Rua Canadá, 2108 - Ap. 31 - Bloco A9 - Bacacheri - Curitiba E-mail: gazetasantacandida@gmail.com Tiragem: 10.000 exemplares www.gazetasantacandida.com.br / www.santacandida.blogspot.com As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal. Anuncie aqui Quem anuncia, vende mais! 8433-7462 3328-0176 www.santacandida.blogspot.com Nós, brasileiros, temos provavelmente o melhor sistema de filtragem de água nas mãos. Nada de purificadores, torneira de cozinha com filtros, nem galões com água mineral. O melhor mesmo para limpar a água das impurezas é o bom e velho filtro de barro. Segundopesquisasnorte- americanas, os filtros tradicionais de barro com câmara de filtragem de cerâmicasãomuitoeficientes na retenção de cloro, pesticidas, ferro, alumínio, chumbo(95%deretenção)e ainda retém 99% de Criptosporidiose (parasita causador de doenças). Os estudos relacionados ao tema, que foram publicadas no livro The Drinking Water Book, também indicam que esses sistemas de filtro de barro do Brasil, considerados mais eficientes, são baseados na filtragem por gravidade, em que a água lentamente passa pelo filtro e goteja num reservatório inferior. Filtro de barro brasileiro é o mais eficiente do mundo Pesquisa indica filtro de barro brasileiro como mais eficiente do mundo para purificar a água Considerado um sistema ‘mais calmo’, ele garante que micro- organismos e sedimentos não passem pelo filtro devido a uma grande pressão exercida pelo fluxo de água. O processo lento é o que o diferencia dos filtros de forte pressão, que recebem água da torneira ou da tubulação, os quais são prejudicados exatamente pela força da água, o que pode fazer com que micro- organismos, sedimentos ou mesmo elementos químicos, como ferro e chumbo, cheguem ao copo do consumidor. Ainda de acordo com o livro de pesquisas, o consumidor precisa ficar alerta na hora de comprar esse tipo de produto, pois há tecnologias lançadas que não são eficientes e permitem a passagem de elementos perigosos para a saúde. EcoD Convenhamos que a Política de Comunicação do Governo Federal é um fracasso absoluto. A população brasileira, sem educação política e sem canais alternativos de informação, está à mercê da manipulação de uma Mídia Bandida Mercenária, que cria um factóide atrás do outro para beneficiar Corporações Econômicas Apátridas, Gangs de Profissionais Liberais e Quadrilhas de Políticos O fracasso da política de comunicação de Dilma Oligarcas, colocando em dúvida cada programa estatal e gerando insegurança permanente em relação às ações governamentais e às próprias instituições da República. Este caso da mentirinha do Bolsa- Família é pictórico para demonstrar o grau de alienação em que permanece a maioria das pessoas no Brasil. Até sexta-feira passada, aparentemente, não havia problema algum que recaísse sobre esse programa social do Governo, mas a base já vinha sendo minada por ação articulada no subterrâneo, melhor dizendo, no esgoto a céu aberto da extrema-direita. De repente, no fim-de-semana, estouram, ao mesmo tempo, o boato no Nordeste, com reflexo até o Rio de Janeiro, e uma matéria da Folha rebaixando 22 milhões de brasileiros à miséria absoluta, com o objetivo claro de atingir frontalmente e negativamente o Bolsa-Família que, por sinal, já adquiriu projeção internacional, sendo reconhecido, inclusive, pela ONU que citou o programa social do Brasil como referência para erradicação da pobreza aos países em desenvolvimento. Estamos chegando ao ponto do descontrole governamental generalizado, face ao descrédito implementado de forma direcionada pela Mídia Bandida conluiada com entidades privadas representativas de grupos sociais reacionários da pior espécie – os mesmos de sempre com outros nomes – com a intenção única de desbancar o pouco que resta de política humanista socializante no Governo Federal, para frear o avanço civilizatório no País. Atualmente, a bandidagem midiática que está sendo praticada no Brasil não prejudica apenas eleitoralmente a governante da vez, o partido da governante ou a frente partidária que a apóia, mas ataca diretamente a essência da Democracia, que é a Participação Popular. O Povo Brasileiro continua totalmente alheio ao que se passa e ao que se realiza efetivamente no conjunto da Administração Pública, porque foi alijado do contato direto com os administradores públicos, os quais, por sua vez, concederam a uma Mídia Venal, que se vende aos interesses empresariais, o poder de intermediação da informação entre governo e população. E a omissão do Governo Federal, em relação à área da Comunicação Social, é de uma negligência tamanha que chega às raias da irresponsabilidade: Dá o Bolsa-Família aos brasileiros pobres e outorga o Bolsa-FamíGlia a quatro grupos famiGliares que monopolizam o Mercado de Mídia no Brasil. Assim, de desmentido em desmentido governamental, os Marinho, os Civita, os Frias e os Mesquita vão enchendo as burras, em todos os sentidos e significados que possam ser aplicados à expressão. VIOMUDO – FrancoAtirador Nota da Redação – Alguns setores do PT tem nas mãos a possibilidade de fortalecer a mídia alternativa, mas não o fazem porque praticam interesses rasteiros e inconfessáveis. E justo eles que acreditavam escrever os próprios nomes na história...
  • 4. 4 Espaço da Poesia Antonio Pedro Flores Amaral FELICIDADE Ó FELICIDADE DA BONDADE CELESTE! SINTONIZA-SE PARA SEMPRE COMIGO PASSO A PASSO ATÉ O PASSO MAIS FUNDO FAÇAS NASCER SETE ESTRELAS! PARAILUMINAR OS SETE DIAS SEMANAIS JUNTOS SINTONIZADOS ATAREMOS NUVENS! E SUFOCAREMOS AS MALDADES HUMANAS! ILUMINANDO COM LUZES CELESTES! SEGUIREMOS: FAÍSCANDOAS SETE ESTRELAS DIVINAS Mesmo os síndicos mais bem intencio- nados e preocupados com a qualidade da manutenção do condomínio podem se equi- vocar ao definir as obras prioritárias a serem executadas. Muitas vezes, são tantas as ne- cessidades que o síndico não sabe nem por onde começar. Fachadas, instalações elétri- cas, elevadores, etc... O que será mais im- portante? O melhor instrumento do que os síndi- cos dispõem para organizar a manutenção é a inspeção predial. Ela serve para auxiliar o síndico ou gestores na organização e captação de recursos voltados à ma- nutenção predial, em busca da formalização e implementação do “plano de manutenção predial”, aponta o engenheiro civil e admi- nistrador de empresas Jerônimo Cabral Pe- reira Fagundes Neto, diretor do Instituto Bra- sileiro de Avaliações e Pericias de Engenha- ria de São Paulo (IBAPE). Segundo Jerônimo, a inspeção atua como um verdadeiro “check-up” da edificação. “Dessa forma, auxilia os gestores ao apontar a ordem de prioridades, afastando o subjetivismo na classificação da prioridade, dando lugar à necessidade técnica da inter- venção.” A inspeção predial pode ser reali- zada por engenheiros ou arquitetos (profis- sionais regulamentados pelo CREA- Conse- lho regional de engenharia e arquitetura). Conforme a definição da Norma de Inspe- ção Predial do IBAPE, “é a avaliação isola- A inspeção predial é a melhor ferramenta para definir um plano de manutenção para o condomínio. da ou combinada das condições técnicas, de uso e manutenção da edificação”. “A inspe- ção deve ser utilizada pelo inspetor predial como ferramenta para análise das condições técnicas de uso e manutenção da edificação”, completa Jerônimo. A inspeção poderá iden- tificar problemas originados na sua fase cons- trutiva, sejam eles pertinentes ao projeto, re- lacionados ao fornecimento inadequado de material ou ainda associados à utilização de mão-de-obra destreinada que causam as cha- madas anomalias construtivas. A inspeção classifica, então, os problemas identificados em função do risco à saúde e segurança dos usuários. Os problemas são classificados se- gundo o grau de urgência em relação à priori- dade de intervenção, definindo-se, o plano de manutenção, explica o engenheiro. Jerônimo complementa que a inspeção é uma das ferramentas da engenharia diagnóstica, além da inspeção, vistoria e pe- rícia são os outros conceitos para avaliar o estado de conservação de um imóvel. “A prin- cipal diferença entre vistoria e inspeção é que o objetivo da vistoria e inspeção é que o ob- jetivo da vistoria consiste na simples constatação enquanto a inspeção pressupõe a análise do risco. Na perícia, após a análi- se, também deve-se investigar a origem e as causas dos fatos analisados. “É impor- tante notar que existe uma progressão nos objetivos conforme a ferramenta utilizada” orienta o Engenheiro. Fonte: SECOVI Paraná Escola Especial São Camilo parti- cipou do projeto internacional de pre- servação do meio ambiente, no dia 08 de Maio. Alunos no período da manhã e da tarde plantaram varias espécies de árvores ao lado da escola, beirando o rio bacacheri Mirim do Bairro SantaCândida.ENO Planting Day é um evento aberto para escolas e grupos in- teressados e meio ambiente e da paz. Ele é organizado duas vezes por ano, em maio e em setembro. O primeiro Dia da Árvore Plantio ENO ocorreu há oito anos, em 2004. Nós plantamos árvores e começa- Em vista ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial 2013, uma caminhada e uma mesa redonda foi realizada no dia 17 de Maio, em Curitiba,com o tema “Trancar não, Acolher sim” ocorreram A caminhada começou às 10h30 na praça Santos Andrade,seguindo pela Rua Xv de Novembro, Segundo técni- cos em saúde, “foi a primeira vez, nos últimos 25 anos, tivemos na rua xv de Novembro com a presença criativa e combativa de nossos usuários, técni- cos, familiares e ativistas da rede substitutiva de atenção à saúde men- tal”. “Dialogamos com a população so- bre a importância do tratamento extra- hospitalar, em serviços públicos, não asilares, e em casos de dependência LUTA ANTIMANICOMIAL,“TRANCAR NÃO, ACOLHER SIM” química e de álcool, a necessidade do acolhimento baseado nos direitos hu- manos. Apresentamos a necessidade do acolhimento pautado nos direitos humanos para os usuários de álcool e outras drogas”. Cantaram: Trancar não é tratar, Tratamento sim, cadeado não, Não à internação compulsória. O evento foi organizado pelo Sindipsi/PR,Departamento de saúde Mental SMS de Curitiba,Cress/ Pr,Coletivo da Luta Antimanicomial/ Pr(CLAM/PR) e pelo Centro Acadêmi- co de Psicologia da FACEL ( CAPSI- FACEL).No dia 18 de Maio também houve manifestações de vários Caps de Curitiba em comemoração da Data do Movimento Antimanicomial. ESCOLA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL SÃO CAMILO NO “ENO PLANTING DAY” mos a conhecer espécies nos locais de plantio. O plantio de árvores é uma das atividades mais populares no progra- ma ENO. No dia 8 de Maio, milhares de escolas e grupo sociais plantaram árvores juntos e, novamente no dia 20 setembro de 2013 estarão multiplican- do esta ideia. Environment Online - ENO é uma escola virtual global e rede para o de- senvolvimento sustentável. Ela está em funcionamento desde 2000 e atingiu milhares de escolas em 150 países.Até agora, plantaram mais de 9 milhões de árvores e o objetivo é atingir 100 mi- lhões de árvores até o final de 2017. Escola de Educação Especial São Camilo, - R. José Serrato,619 - Con- tato: 3256-5760
  • 5. 5 Em 1969, na Universidade de Stanford (EUA), o Prof. Phillip Zimbardo realizou uma experiência de psicologia social. Deixou duas viaturas abandonadas na via pública, duas viaturas idênticas, da mesma marca, modelo e até cor. Uma deixou em Bronx, na altura uma zona pobre e conflituosa de Nova York e a outra em Palo Alto, uma zona rica e tranquila da Califórnia. Duas viaturas idênticas abandonadas, dois bairros com populações muito diferentes e uma equipe de especialistas em psicologia social estudando as condutas das pessoas em cada região. Resultou que a viatura abandonada em Bronx começou a ser vandalizada em poucas horas. Perdeu as rodas, o motor, os espelhos, o rádio, etc. Levaram tudo o que fosse aproveitável e aquilo que não puderam levar, destruíram. Contrariamente, a viatura abandonada em PaloAlto manteve- se intacta. Um vidro partido numa viatura abandonada transmite uma ideia de deterioração, de desinteresse, de despreocupação que vai quebrar os códigos de convivência, como de ausência de lei, de normas, de regras, como que vale tudo. Cada novo ataque que a viatura sofre reafirma e multiplica essa ideia, até que a escalada de atos cada vez piores, se torna incontrolável, desembocando numa violência irracional. Em experiências posteriores (James Q. Wilson e George Kelling), desenvolveram a AJustiçacondenouaMaternida- deAlto Maracanã, em Colombo, na RegiãoMetropolitanadeCuritiba,o Estado do Paraná, o município de Colombo e a União a pagarem uma indenizaçãopordanosmoraisdeR$ 70 mil a uma mãe que perdeu a filha recém-nascidaporfaltadevagasem UnidadesdeTerapiaIntensiva(UTIs) para crianças. O bebê de Silvana Ramos dos Santos precisava ser internado em uma Unidade de Terapia Intensiva devidoaproblemasdesaúdeecom- CONFIRA A TEORIA DAS JANELAS PARTIDAS. COMPARE SE NÃO ESTÁ ACONTECENDO NO SEU BAIRRO ‘Teoria das Janelas Partidas’, a mesma que de um ponto de vista criminalístico, conclui que o delito é maior nas zonas ondeo descuido, a sujidade, a desordem e o maltrato são maiores. Se quebrar um vidro de uma janela de um edifício e ninguém o repara, muito rapidamente estarão partidos todos os demais. Se uma comunidade exibe sinais de deterioração e isto parece não importar a ninguém, então ali se gerará o delito. Se cometer ‘pequenas faltas’(estacionar-se em lugar proibido, exceder o limite de velocidade ou passar-se um semáforo vermelho) e as mesmas não são sancionados, então começam as faltas maiores e logo delitos cada vez mais graves. Se permitirmos atitudes violentas como algo normal no desenvolvimento das crianças, o padrão de desenvolvimento será de maior violência quando estas pessoas forem adultas. Se os parques e outros espaços públicos deteriorados são progressivamente abandonados pela maioria das pessoas (que deixa de sair das suas casas por temor a criminalidade),estes mesmos e s p a ç o s abandonados pelas pessoas são progressivamente ocupados pelos delinquentes. A Teoria das Janelas Partidas foi aplicada pela primeira vez em meados da década de 80 no metro de Nova York, o qual se havia convertido no ponto mais perigoso da cidade. Começou-se por combater as pequenas transgressões: pichações deteriorando o lugar, sujidade das estações, ebriedade entre o público, evasões ao pagamento de passagem, pequenos roubos e desordens. Os resultados foram evidentes. Começando pelo pequeno conseguiu-se fazer do metro um lugar seguro. Posteriormente, em 1994, Rudolph Giuliani, prefeito de Nova York, baseado na Teoria das Janelas Partidas e na experiência do metro, impulsionou uma política de ‘Tolerância Zero’. A estratégia consistia em criar comunidades limpas e ordenadas, não permitindo transgressões à Lei e às normas de convivência urbana. O resultado prático foi uma enorme redução de todos os índices criminais da cidade de Nova York. A expressão ‘Tolerância Zero’ soa a uma espécie de solução autoritária e repressiva, mas o seu conceito principal é muito mais a prevenção e promoção de condições sociais de segurança. Não se trata de linchar o delinquente, nem da prepotência da polícia, de fato, a respeito dos abusos de autoridade deve também aplicar-se a tolerância zero. O que marcou para varias cidades do mundo foi que a Tolerância zero colocou Nova York na lista das cidades seguras. Não é tolerância zero em relação à pessoa que comete o delito, mas em relação ao próprio delito. Trata- se de criar comunidades limpas, ordenadas, respeitosas da lei e dos códigos básicos da convivência social humana. O que estamos fazendo para mudar o bairro? Muitasliderançaspolíticascumprem seus mandatos ao qual foram eleitos e “apenas passam pelo bairro”, muda a direção da escola, a chefia da unidade de saúde enfim, todos passam e o morador fica até o fim de sua vida na comunidade com suas dificuldades e limitações. Justiça condena maternidade a indenizar mãe por morte de bebê plicações no parto. Porém, a mater- nidade, que não tinha UTI, não con- seguiutransferênciaparaumleitoem outro hospital. “Eles colocaram respirador na menina e a moça da maternidade dis- se que eles estavam procurando vaga na UTI”, relembrou Silvana.Adeci- são da Justiça saiu no dia 3 de maio e o caso aconteceu em 2008. Amulherteveumagravidezderis- coeoparto,programadoparaserfei- to em um hospital da capital paranaense,acabouacontecendoden- trodeumaambulância.Comonenhu- ma vaga na UTI foi liberada, a crian- ça morreu um dia depois de nascer. De acordo com a juíza que ana- lisou o caso, Tani Maria Wurster, a omissão dos responsáveis tirou do bebê a chance de vida ou sobrevida. A Justiça condenou a maternidade pela falta de Unidade de Terapia In- tensiva neonatal, e também consi- derou a Prefeitura de Colombo, o estado e a União como responsá- veis pela morte da recém-nascida por serem gestores do Sistema Úni- co de Saúde (SUS). “Município, estado e União de- veriam de ter alavancado recursos para que se tivesse uma UTI neonatal. Fora isso, não havia uma vaga de UTI neonatal no sistema”, afirmouoadvogadodeSilvana,João Natal Bertotti. Em nota, o Hospital Maternida- de Alto Maracanã e a Prefeitura de Colombo informaram que não vão falar sobre o assunto. Já Advocacia Geral da União disse que vai recor- rer da decisão.
  • 6. 6 Moradores da área de abrangência da Unidade Básica de saúde Fernando de Noronha estão convidados a participar. A conferência local de saúde é dos mecanismos que a população participa do processo de formulação das políticas de saúde. É apresentada uma análise da situação local e geral de saúde da população, discutidas propostas e sugestões para os próximos dois anos que norteará, o planejamento na gestão da Unidade básica de saúde e o Conselho Local de Saúde (CLS). O Conselho Distrital, Municipal e Secretaria de Saúde são as instâncias de acompanhamento na Execução, Deliberação e fiscalização, juntos com os representantes eleitos nesta Assembleia. O conselho local de saúde é o organismo colegiado de caráter deliberativo e permanente composto por representantes do governo (25%), profissionais da saúde(25%) e usuário(50%). O tema principal da conferência será: AS DIVERSAS FASES DO CUIDADOR; ACESSO E VINCULO DO DEPENDENTE QUÍMICO, proferida pela DrªAdriane Wollmann, psicóloga da SMS de Curitiba. Alem deste CONFERÊNCIA DE SAÚDE US FERNANDO DE NORONHA, NO BAIRRO SANTA CÂNDIDA SERÁ SÁBADO, DIA tema central, os participantes poderão discutir em grupo e na plenária os problemas, propostas e as possíveis soluções na prestação dos serviços do SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS). A Conferência tem início as 13 horas com inscrição dos representantes dos grupos sociais, entidades do bairro e representante dos equipamentos públicos que farão parte do Conselho Local de Saúde gestão 2013 a 2015, com encerramento as 17H30.Confira Programação. TEMA CENTRAL: AS DIVERSAS FASES DO CUIDADOR: ACESSO E VÍNCULO DO DEPENDENTE QUÍMICO DATA: SÁBADO 08/06/2013 INICIO : 13 HORAS LOCAL: CAPELA DA IGREJA NOSSA SRª DE MONTE CLARO RUA: JOÃO MEQUETTI, 414 PX A RUA: FERNANDO DE NORONHA Palestrante: Dra. Adriane Wollmann. (Psicóloga S.M.S) 13:00 confirmação das inscrições dos delegados e inscrições dos observadores; 13:45 abertura e composição da mesa; 14:05 leitura e aprovação da minuta do regimento interno: 14:15 perfil epidemiológico da UMS; 14:30 teatro guarda municipal; 15:00 palestra principal com Dra. Adriane Wollmann; 15:30 trabalho em grupo; 16:30 apresentação das propostas dos grupos; 17:00 apresentação e composição do novo conselho local de saúde; 17:15 encerramento
  • 7. 7 Com vários setores do Estado e do Município durante o sábado e domingo Nem mesmo as baixas tempera- turas registradas no fim de semana dos dias 18 e 19 de maio em Colombo foram suficientes para im- pedir que milhares de pessoas parti- cipassem do Programa Paraná em Ação – Mutirão da Cidadania que nesta edição foi realizado nas depen- dências da Escola Municipal Padre Durval Secci no bairro Guaraituba. Os dados da Secretaria de Estado de Relações com a Comunidade, perto de 13 mil pessoas foram atendidas no Mutirão da Cidadania – Paraná em Ação, levado pelo Governo do Estado aColombo,naRegiãoMetropolitanade Curitiba. Nos dois dias, foram feitos 38 mil atendimentos nos diversos serviços gratuitos à disposição dos moradores. A grande estrutura física deslocada para os pátios da escola abrigou seto- res da administração municipal que disponibilizou serviços importantes para os moradores. A Secretaria do Meio Ambiente distribuiu mudas de árvores nativas da região, orientou so- bre reciclagem, uso correto da água e do solo. A Secretaria da Agricultura fez a entrega em mudas de hortaliças, orientou sobre o cultivo e deu infor- mações sobre a atividade agrícola no município. O Circuito Italiano de Tu- rismo Rural foi apresentado aos mo- radores pelos servidores da Secreta- MUTIRÃO DA CIDADANIA PARANÁ EM AÇÃO REUNIU MILHARES DE PESSOAS EM ATENDIMENTO SOCIAL EM COLOMBO ria da Indústria Comércio e Turismo. ASecretaria daAção Social e Traba- lhofoiaresponsávelpelocadastramento dos atendidos no Mutirão e ainda, reali- zou uma mostra dos trabalhos desenvol- vidosnosCentrosdeConvivênciasepro- jetossociaiseainda,garantiuatendimento das Assistentes Sociais e Advogados. Os profissionais da Se- cretaria da Saúde levaram orientações em Saúde Bu- cal, os técnicos da Vigilân- cia Sanitária realizaram vi- sitas nas residências que ti- veram pedidos de orienta- ções através de protocolos. A área de nutrição realizou trabalhos de avaliação do Índice de Massa Corporal (IMC) e palestras rápidas sobre cuidados com a saúde. Também foram disponibilizados testes de Clicemia, aferição de Pressão Arterial, testes de urina e orientações dos agentes de combate à dengue. Através da Coordenação de DST/ Aids foram realizados testes e orientações e aconselhamentos sobre as doenças sexualmen- te transmissíveis. Através da Secreta- ria da Administração, a P r e f e i t u r a disponibilizou apoio logístico e de pessoal para apoiar no forneci- mento de documentos, locação de equipamentos, alimenta- ção e segurança. A Secretaria de Edu- cação Cultura e Esportes apresentou todo material que foi disponibilizado aos alunos no Kit Escolar e ainda o novo uniforme que está sendo distri- buído nas escolas da Rede Municipal de Educação. Durante o evento uma equipe realizou oficinas com as cri- anças que visitavam o stand. A Prefeita Beti que esteve no mutirão no sábado e domingo come- morou os resultados destacando que quem ganha com este ótimo relacio- namento entre o Governo do Estado e o Município é a população que se beneficia com ações altamente posi- tivas e necessárias para a população colombense que é carente de atendi- mento e orientações. O Vice-Prefeito Ademir Goulart acompanhou a Prefeita e não escondia a alegria de ver a população interagindo com as instituições e servidores públicos. Também participaram do evento os vereadores Gil Gera, Eurico Dino, Waldirlei Bueno, Marquinho Berlese, Alan Tatoo, Hélio Feitosa, Sidnei Campos e Doliria Strapasson. Fotos: Bruno do Carmo
  • 8. 8
  • 9. 9 O sorteio alcançará famílias inscritas no cadastro da Companhia, com renda de até R$ 1.600 A Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) vai realizar no dia 10 de junho sorteio de 108 imóveis que estão em construção no bairro Santa Cândida. Serão sorteados 95 apartamentos e 13 casas adaptadas para pessoas com deficiência. Participarão do sorteio famílias com renda de até R$ 1.600 mensais que estão inscritas no cadastro da Companhia e se enquadram nos critérios de atendimento do programa “Minha Casa, Minha Vida”, que financia as obras. Estão aptas a concorrer 40.457 famílias. O sorteio será realizado em reunião pública no Salão de Atos do Parque Barigui e, além dos técnicos da Cohab, também estarão presentes representantes da Caixa Econômica Federal e de uma empresa de auditoria externa. Critérios A realização de sorteio para definir a destinação das unidades atende às normas do governo federal para funcionamento do MCMV. As famílias participantes estão inseridas na chamada faixa 1 do programa (renda de até R$ 1.600), são moradoras da cidade de Curitiba e atendem a pelo menos um destes critérios: são chefiadas por mulheres; desabrigadas de áreas de risco ou insalubres; enfrentam situação de vulnerabilidade habitacional ou social e são assistidas pela rede de proteção social do município; têm entre seus membros pessoa com deficiência; têm no mínimo um dependente com menos de 18 anos e comprometem parte do orçamento com o pagamento de aluguel. As condições para enquadramento das famílias foram estabelecidas na portaria 610/2011 do Ministério das Cidades, e na Resolução 19 do Concitiba (Conselho da Cidade de Curitiba) – organismo consultivo com integrantes do Santa Cândida terá 108 imóveis sorteadas pela Cohab setor público e da sociedade civil que examina questões ligadas à gestão do meio urbano. O sorteio será dividido em duas etapas. Na primeira delas, serão definidos os contemplados com unidades para atender às cotas previstas no programa habitacional do município e na legislação federal. Depois, será feito o sorteio geral, com os demais participantes. São três as modalidades de cotas: idosos, pessoas com deficiência e famílias em situação de vulnerabilidade habitacional. Cada um destes segmentos tem direito a 3% das unidades, ou seja, haverá três apartamentos reservados para cada um destes grupos. As casas adaptadas serão sorteadas à parte e direcionadas às famílias que identificaram no seu cadastro a presença no núcleo familiar de pessoa usuária de cadeira de rodas. Estão nesta situação 158 inscritos que concorrem às 13 unidades. Identificação Os 40,4 mil inscritos aptos a participar do sorteio foram identificados no cadastro da Cohab sem considerar a data de inscrição, porque a regulamentação do programa Minha Casa, Minha Vida veda o atendimento de famílias com renda de até R$ 1.600 pela ordem cronológica de cadastramento. A data de corte para a classificação dos inscritos foi a última quinta-feira (23 de maio). Portanto, quem se inscreveu ou atualizou sua inscrição até esta data está participando do sorteio. Entre os participantes do sorteio, estão incluídos 158 usuários de cadeira de rodas; 2.485 idosos, 1.559 pessoas com deficiência e 1.059 vulneráveis. As pessoas interessadas poderão assistir à sessão pública de sorteio. Utilizando o transporte coletivo da cidade, o deslocamento até o Parque Barigui pode ser feito por meio de uma das linhas que passam pelo local: Capão da Imbuia/Parque Barigui, São Braz, Bigorrilho, Savóia, Saturno, Montana, Mossunguê e Tuiuti/Barigui, além da linha metropolitana Curitiba/Campo Largo. Informática A realização do sorteio será feita com a utilização de um programa informatizado especialmente desenvolvido para esta finalidade. Cada família habilitada a participar do sorteio receberá um número da sorte, criado pelo sistema e distribuído aleatoriamente entre os participantes. O sistema retira, também de forma aleatória, os números da sorte, mas o sorteado será identificado pelo seu número de inscrição na Cohab.Arelação dos contemplados também será publicada no site da Cohab. Eles serão notificados oficialmente do resultado por meio de correspondência da Companhia. Empreendimentos As 108 unidades a serem sorteadas estão localizadas nos empreendimentos Residencial Aroeira e Residencial Imbuia, no final das ruas Wallace Landal e Paulo Kulik, no Santa Cândida. Os imóveis, com dois quartos, têm custo final de R$ 54 e R$ 55 mil (de acordo com a metragem) e estão distribuídos em condomínios que contam com área de estacionamento, parquinho infantil e salão de festas com churrasqueira comunitária.As prestações terão valores entre R$ 25 e R$ 80, pelo período de dez anos. Reunião pública para sorteio de famílias para compra de apartamentos e casas adaptadas nos ResidenciaisAroeira e Imbuia, no Santa Cândida. Data: 10.06.2013 (segunda-feira) Horário: 14h30 Local: Salão de Atos – Parque Barigui No próximo dia 5 de junho quatro jornais de bairros de Curitiba farão uma homenagem ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, Desembargador Rogério Coelho, com a entrega do Diploma Destaque Nacional, em reconhecimento à eficiência do Tribunal na apuração de votos nas últimas eleições e no cadastramento biométrico dos eleitores curitibanos. Segundo o diretor do Jornal Santa Cândida, Adilson da Costa Moreira, esta homenagem é “um reconhecimento à agilidade e eficiência dos serviços prestados por esse Tribunal à democracia brasileira”. Para José Gil, diretor do Jornal ÁguaVerde, “oTRE do Paraná é um exemplo a ser seguido não apenas pelos demais tribunais eleitorais Jornais de bairros homenageiam o presidente do T.R.E. do Paraná do país, mas por todo os países do nosso continente latino-americano”. Segundo o diretor do jornal do Centro Cívico, Maurício Grabowski, “existe uma filosofia de trabalho sério e eficiente de algumas décadas na adoção de práticas em gestão de qualidade, que apresenta os melhores resultados em todo o país”. Em 1991 Rogério Coelho foi convocado para ser juiz substituto no Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) e foi promovido ao cargo de desembargador em dezembro de 2004. Quatro anos depois, entrou na corregedoria doTJ-PR. Em 2010, após atuar como corregedor e vice presidente, foi eleito presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR).
  • 10. 10 O fotógrafo Philip Toledano lançou um livro revelando as feições e o corpo de pessoas que foram quase que totalmente modificadas pelo excesso de cirurgias plásticas. Com fotos plácidas e expressões serenas nos faz sentir repugnância e proximidade, pois o livro “A New King of Beauty” levanta a questão: “Quando refazemos a nós mesmos, estamos revelando nosso verdadeiro caráter, ou estamos arrancando nossa própria identidade?” Philip arrisca dizer que talvez nós estamos criando um O que o excesso de plásticas pode fazer com as pessoas novo tipo de beleza. Será? O certo é que tudo ao extremo é ruim. O que faz essas pessoas modificarem seu corpo tão drasticamente a ponto de não parecerem em nada o que já foram um dia revela uma falta de auto- estima muito grande, o que infelizmente nenhuma cirurgia plástica é capaz de devolver. A banalização das cirurgias plásticas é algo que traz sérias consequencias no futuro, além de transformar algumas pessoas em seres sem expressão própria - algo muito estranho e bizarro.
  • 11. 11 O programa Paraná Alfabetiza- do recebe inscrições de voluntári- os até 14 de junho. Interessados em ensinar jovens e adultos a ler e es- crever devem procurar os 32 Nú- cleos Regionais de Educação do Paraná e se inscrever para as va- gas de coordenadores de turmas ou alfabetizadores voluntários. O programa Paraná Alfabetiza- do é uma ação coordenada pela Se- cretaria de Estado da Educação, em parceria com o Ministério da Educação, Prefeituras e sociedade civil. Ele atende pessoas com ida- de acima de 15 anos e que não sa- bem ler nem escrever. A meta é al- fabetizar cerca de 40 mil pessoas até o fim do ano. O processo de alfabetização tem duração prevista de oito meses, com dez horas de aula por sema- na, e as turmas podem ser locali- zadas em escolas da rede estadual ou municipal, centros comunitári- os, igrejas e outros espaços físicos. Os selecionados recebem bol- Governo estadual cadastra voluntários para alfabetizar 40 mil pessoas sa-auxílio que varia de R$ 400,00 a R$ 750,00, dependendo do nú- mero e do tipo de turmas. O can- didato, que precisa ter ensino mé- dio completo, deve encontrar seus alunos e formar turmas na sua co- munidade. Os editais estão dispo- níveis na página www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/ m o d u l e s / n o t i c i a s / article.php?storyid=1233 Confira o cronograma da inscri- ção atual do Paraná Alfabetizado: Inscrição: até 14/06 Análise de documentação: 17/ 06 a 19/06 Edital com resultados: 20/06 Recursos: 20/06 a 21/06 Julgamento dos recursos 24/06 a 25/06 Resultado final: 26/06 Início das atividades: 01/07, 01/ 08 ou 02/09 Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em: www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br No dia 26 de abril, convidados, funcionários e amigos além de au- toridades políticas comemoraram os 20 anos da Metrolab Laboratóri- os deAnálises Clínica na Sociedade Duque de Caxias.Afarmacêutica e bioquímica, Drª Carla Simone Felipe,Diretora e Sócia Proprietá- ria do laboratório apresentou em data show, um histórico dos 20 anos de lutas e conquistas. Atuante des- de 1987, foi Secretaria de Saúde, bi- oquímica e pesquisadora do labora- tório Central do Estado do Paraná ( Lacen) diz, “No ano 1993 desem- barcamos no Município de Rio BrancodoSul,numa“PeruaKombi” lotada com equipamentos de labo- ratório e uma placa luminosa,com o nome Hemolab Laboratorios de Análise Clinica.Sócia e proprietária juntamentecomobioquímicoAgton Luiz Imianowskyl conta, ‘foi cres- cendo o atendimento e passamos atender os Municípios de Itaperuçú, Cerro azul e Dr. Ulysses.Em Janei- ro de 1996 iniciaram na Cidade de Colombo ampliando para as cidades de Bocaiúva do Sul e Almirante Tamandaré.” Oferecemos o serviço especializadoparaempresasemsaú- de Ocupacional Clínicas e planos de saúde, além de atender para o SUS. Como forma de Homenagear a Re- gião Metropolitana,onde já 15 anos haviam levando qualidade e com grande reconhecimento,alteram o METROLAB COMEMORA 20 ANOS NA SOCIEDADE DUQUE DE CAXIAS mome para: Metrolab Laboratório deAnálises Clínicas.O evento con- tou com a presença da Deputada Mara Lima( autora da Lei nº 16,935 – Outubro Rosa) e da porta-voz da FEMAMA – Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio da Mama e Presidente do Ins- tituto de Humanismo de desenvol- vimento Social – HUMSOL, a Srª Tania Mary Gomez,que palestrou sobre a prevenção do Câncer de Mama, abordando a saúde da Mulher,Outubro Rosa e o Agosto Azul(Saúde do Homem). Um exce- lente Show de dança durante a pa- lestra da Srª Tânia e na finalização ao som da música da cantora Evelin Raun foi servido o coquetel. Unidades da Metrolab Unidade Colombo/Sede – Rua João Leal Fontoura 348 – Centro Unidade Colombo /Maracanã – Rua: Arquimedes 66 – lj 6 Unidade Colombo/ rio verde – Rua da Pedreira 1305 – lj 2 UnidadeAlmirante Tamandaré – Rua Lourenço Angelo Busato 520 Unidade Rio Branco do Sul – Rua Coronel Carlos Pioli 98 Unidade Itaperuçu – Rua Salva- dor André de Faria 100 Unidade Doutor Ulysses –Ave- nida São João Batista s/n Unidade Cerro Azul – Rua José Prysiada 68
  • 12. 12 Os professores da rede estadual de educação do Paraná que ingressam na carreira com jornada de 40 horas sema- nal ganham mais que o piso nacional. O salário base inicial no Estado é de R$ 2.089,88, enquanto o piso nacional fixa R$ 1.567,00 para a mesma jornada. O Governo do Estado paga ainda aos pro- fessores R$ 609,66 por mês de auxílio transporte. Além de garantir salário maior que o piso nacional, o governo estadual es- tabeleceu um bom diálogo com os pro- fissionais da educação nos últimos dois anos. Com isso, o Paraná avançou na valorização do magistério. Entre as me- didas adotadas estão reajustes salariais que somam 34,85%, e o pagamento pro- moções e progressões atrasadas desde 2009, beneficiando mais de 65 mil ser- vidores. Também houve contratação de mais 17.261 servidores por concurso público e um novo edital foi autorizado, para 13.771 professores. O balanço foi feito pelo vice-gover- nador e secretário da Educação Flávio Arns, nesta terça-feira (23/4), ao defen- der a aprovação pela Assembleia Legislativa de dois projetos encaminha- dos pelo governador Beto Richa que marcam avanços históricos para os pro- fissionais da educação. Um dos proje- tos garante a ampliação da hora-ativi- dade para os professores e, o outro, in- corpora no Plano de Cargos e Salários dos Funcionários das escolas da rede es- tadual o direito a progressões. “As leis vão assegurar avanços me- recidos pela dedicação, o trabalho e o compromisso da categoria com a quali- dade do ensino oferecido aos nossos alu- nos”, disse o secretário. As propostas devem ir ao plenário nesta quarta-feira. CONTRATAÇÕES Desde janeiro de 2011, foram con- tratados 17.261 servidores por meio de concurso público na área da educação. Os novos professores, pedagogos e agentes educacionais passaram a aten- der 2,2 mil escolas nos 32 Núcleos Re- gionais da Educação. Um novo concurso já está em anda- mento para a contratação de mais 13.771 profissionais. “A ação demonstra a pre- ocupação do Governo do Estado asse- gurar aos profissionais da educação uma carreira estável, alicerce fundamental para a qualidade do ensino”, afirma Arns. “Com o novo concurso teremos mais de30milnovosprofessoresepedagogos no quadro próprio. É uma das maiores No Paraná, salário de ingresso de professor é 33% maior que o piso nacional contratações da história do Paraná na área de ensino e se deve ao empenho do governador Beto Richa”, afirmou o se- cretário da Educação. Os profissionais contratados vão atender todo o Estado e todas as disci- plinas da matriz curricular.“Praticamen- te completaremos o quadro próprio da educação”, destacou o vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns. Segundo ele, os contratados também possibilitam ampliar o contraturno es- colar. HORA-ATIVIDADE A Secretaria da Educação vem au- mentando a hora-atividade dos profes- sores, tempo dedicado para o planeja- mento do trabalho. Os professores já passaram de quatro aulas semanais em 2010 para cinco aulas semanais em fe- vereiro de 2013. No decorrer deste ano, a hora-ativi- dade aumentará ainda mais. Das 20 ho- ras-aula semanais, os professores pas- sarão a contar com o tempo de seis au- las exclusivo para planejamento de tra- balho, atendimento aos familiares, pes- quisa e outras atividades que precisam ser feitas fora de sala de aula, mas den- tro da escola. “A ideia é que a ampliação da jorna- da extraclasse acrescente qualidade, atu- alidade e profundidade aos conteúdos trabalhados pelos professores em sala de aula”, afirmaArns. Outro compromisso que vem sendo cumprido é da equiparação salarial do magistério com os demais com os de- mais técnicos de nível superior do Esta- do. Com a próxima data base da cate- goria, os professores terão novo aumen- to salarial. PLANO DE CARREIRA AAssembleia também votará as ade- quações propostas pelo Governo para o Plano de Carreira dos Funcionários da Educação Básica.Amedida aumenta as oportunidades de promoções na carrei- ra dos funcionários das escolas estadu- ais que prestam serviços de apoio e ad- ministrativo, proporcionando avanços e ganhos salariais. Advogados listaram 10 situações que podem indicar violações aos direitos do consumidor. Veja a seguir: Seja em um pagamento de uma dívida ou para solicitar o cancelamento de uma compra pela internet, muitos consumidores sentem que estão sendo desrespeitado e não sabem como agir. Muitos casos, inclusive, são facilmente solucionados, sem precisar necessariamente da ajuda de terceiros, como órgãos de defesa do consumidor ou a Justiça. Os advogados Marco Antônio Araujo Junior e Brunno Giancoli listaram algumas situações que podem indicar violações aos direitos do consumidor. Veja a seguir: 1. O nome do consumidor deve ser limpo até cinco dias após o pagamento da dívida De acordo com a decisão da STJ (Superior Tribunal de Justiça), quando o consumidor paga uma dívida atrasada, seu nome deve ser retirado em até cinco dias dos órgãos de proteção ao crédito. 2. A construtora deve pagar indenização por atraso em obra Quando ocorre algum atraso na entrega do imóvel, a construtora deve indenizar o consumidor. De acordo com o Ministério Público de São Paulo, os atrasos superiores há 180 dias, a construtora deve pagar uma multa equivalente a 2% do valor desembolsado pelo consumidor, mais 0,5% ao mês. 3. Os bancos devem oferecer serviços gratuitos Os consumidores não são obrigados a contratarem um determinado pacote de serviços do banco, pois ele que deve oferecer gratuitamente uma quantidade mínima de serviços. Alguns exemplos de serviços gratuitos são: fornecer o cartão de débito, a realização sem custo quatro saques e duas transferências por mês e também até dois extratos e dez folhas de cheque por mês. 4. Não existe valor mínimo para comprar com cartão Apesar de muitas lojas estabelecerem limite, nenhuma pode exigir um valor mínimo para se pagar a compra com cartão. Conforme o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) e o Procon (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor), se a loja tem a opção de pagamento com o cartão, ela está obrigada a aceitá-lo para compras de qualquer valor, desde que seja à vista. 5. O consumidor pode desistir de compras feitas pela internet O consumidor que faz compras pela internet ou por telefone tem a opção de desistir da compra, sem custo adicional, 10 casos em que seus direitos estão sendo violados (e você não sabia) desde que seja feito em sete dias após a compra. O Procon-SP diz que a contagem do prazo inicia-se a partir do posterior à contratação ou recebimento do produto. Conforme está no artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor, a contagem não é interrompida nos finais de semana ou feriados. 6. O consumidor pode suspender serviços sem custo Uma vez por ano, o consumidor tem direito de suspender serviços de telefone fixo e celular, de TV a cabo, água e luz sem custo adicional. No caso da TV e telefone, o prazo máximo de suspensão é de até 120 dias. Já no caso da água e da luz, não existe um prazo máximo, mas para religar o serviço, o consumidor precisará pagar. 7. A cobrança indevida deve ser devolvida em dobro Qualquer pessoa que for vítima de alguma cobrança indevida pode exigir que o valor pago devolvido seja em dobro e corrigido. Conforme consta do artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor, se a conta de telefone foi de R$ 150, por exemplo, mas o cliente percebeu que o correto seria R$ 100, ele tem direito de receber de volta não só os R$ 50 pagos a mais, e sim R$ 100 (o dobro) corrigidos. 8. O consumidor não precisa contratar seguro de cartão de crédito As administradoras de cartão de crédito sempre oferecem aos clientes um seguro que protege o consumidor contra perda e roubo. Órgãos de defesa do consumidor entendem que, caso o cartão seja furtado e o cliente realizar o bloqueio, toda compra feita a partir deste momento será de responsabilidade da administradora, independente que ele tenha ou não o seguro. 9. Quem compra imóvel não precisa contratar assessoria Quando o comprador adquire um imóvel ainda na planta, ele tende ser cobrado pelo Sati (Serviço de Assessoria Técnica Imobiliária), que se trata de uma assistência por advogados indicados pela imobiliária. Mas esta cobrança não é obrigatória. O contrato pode ser fechado sem a contratação da assessoria. 10. Passagens de ônibus têm validade de um ano As passagens de ônibus com data e horário marcados têm validade de um ano, conforme a Lei nº 11.975, de 7/6/2009. Se o consumidor não conseguir fazer a viagem na data da passagem, deve comunicar a empresa com antecedência de até três horas. Depois, o consumidor pode usar o bilhete para outra viagem, sem nenhum custo adicional (mesmo ocorrendo aumento de tarifa).
  • 13. 13 A banana contém três açúcares naturais - sacarose, frutose e glicose, combinados com fibra.Abanana dá uma instantânea e substancial elevação da energia. Pesquisas provam que apenas duas bananas fornecem energia suficiente para um treino de 90 minutos extenuantes. Não é à toa que a banana é a fruta número um dos maiores atletas do mundo. Mas energia não é a única forma de uma banana poder nos ajudar a manter a forma. Pode também nos ajudar a curar ou prevenir um grande número de doenças. Tornando-se uma obrigação adicionar a banana à nossa dieta diária. Depressão: De acordo com recente pesquisa realizada pela MIND, entre pessoas que sofrem de depressão, as pessoas se sentiam melhores após ter comido uma banana. Isto porque a banana contém triptofano, um tipo de proteína que o corpo converte em seratonina, reconhecida por relaxar, melhorar o seu humor e, geralmente, fazem você se sentir mais feliz. TPM: Esqueça as pílulas - coma uma banana. A vitamina B6 regula os níveis de glicose no sangue, que podem afetar seu humor. Anemia: contendo muito ferro, bananas estimulam a produção de hemoglobina no sangue e ajudam nos casos de anemia. Pressão Arterial: Este fruto tropical é muito rico em potássio, mas reduzido em sódio, tornando-a perfeita para combater a pressão alta. Tanto é assim, que a Food and DrugAdministration nos Estados Unidos, permitiu que a indústria da banana oficialmente informasse ao publico, que ao comer essa fruta, ela poderá reduzir o risco de pressão alta e infarto. Cérebro: 200 estudantes da escola Twickenham na Inglaterra tiveram ajuda nos exames este ano, comendo bananas no café da manhã, lanche e almoço em uma tentativa de elevar sua capacidade mental.Apesquisa mostrou que o elevado teor de potássio na Banana: mais do que um alimento natural, um remédio maravilhoso banana, pode ajudar a aprendizagem, tornando os alunos mais alertas. Na Índia a banana é considerada um remédio que fortalece o cérebro, melhora a memória, e reduz os efeitos do envelhecimento, sendo chamada de “Fruta dos sábios”. Constipação: com elevado teor de fibra, incluir bananas na dieta pode ajudar a normalizar as funções intestinais, ajudando a superar o problema sem recorrer a laxantes. Ressaca: uma das formas mais rápidas de curar uma ressaca é fazer uma vitamina de banana, adoçado com mel. A banana acalma o estômago e, com a ajuda do mel aumenta os níveis de açúcar no sangue, enquanto o leite suaviza e reidrata o sistema. Azia: têm efeito antiácido natural no organismo, por isso, se você sofre de azia, experimente comer uma banana para aliviar. Enjôo matinal: comer uma banana entre as refeições ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue elevado e evita as náuseas. Picadas de mosquito: antes do creme para picada de inseto, experimente esfregar a zona afetada com a parte interna da casca da banana. Muitas pessoas acham excelentes para reduzir o inchaço e a irritação. Nervos: Bananas são ricas em vitaminas do complexo B que ajuda a acalmar o sistema nervoso e melhoram o sono. Excesso de pressão no trabalho: Estudos do Instituto de Psicologia na Áustria mostram que a pressão no trabalho leva à excessiva ingestão de alimentos como chocolate e biscoitos. Estudando 5000 pacientes em hospitais, pesquisadores concluíram que os mais obesos eram os que mais sofriam de pressão alta e ataques de ansiedade. O relatório desse estudo, concluiu que: para evitar que comamos biscoitos e doces quando estamos ansiosos, então é necessário que se coma alimentos ricos em carboidratos a cada duas horas para manter níveis estáveis de açúcar no sangue, e é aí que entra a nossa querida banana. Úlcera: A banana é usada na dieta diária contra desordens intestinais pela sua textura macia e suavidade. É a única fruta crua que pode ser comida sem desgaste em casos de úlcera crônica. Também neutraliza a acidez e reduz a irritação, protegendo as paredes do estômago. Controle de temperatura: Muitas culturas vêem a banana como fruta ‘refrescante’, que pode reduzir tanto a temperatura física como emocional de mulheres grávidas. Na Tailândia, por exemplo, as grávidas comem bananas para os bebês nascerem com temperatura baixa. SeasonalAffective Disorder (SAD): a banana auxilia os que sofrem SAD, porque contêm a vitamina B6 e Triptofano, que nos acalma e nos faz ficar bem humorados. Fumar e Uso do Tabaco: As bananas podem ajudar as pessoas que tentam deixar de fumar. Vitaminas - A, B6 e B12, assim como o potássio e magnésio, ajudam o corpo a recuperar dos efeitos da retirada da nicotina. Stress: O potássio é um mineral vital, que ajuda a normalizar os batimentos cardíacos, levando oxigênio ao cérebro e regula o equilíbrio de água no corpo. Quando estamos estressados, nossa taxa metabólica se eleva, reduzindo os níveis de potássio que podem ser reequilibrado com a ajuda da banana, que é rica em potássio. Infarto: de acordo com pesquisa publicado no New England Journal of Medicine, comer bananas como parte de uma dieta regular, pode reduzir o risco de morte por enfarto em até 40%. Verrugas: os interessados em alternativas naturais juram que se quiser eliminar verrugas, pegar um pedaço de casca de banana e colocá-lo sobre a verruga, com o lado amarelo para fora. Segure cuidadosamente a casca no local com esparadrapo! Assim, a banana é um remédio natural para muitos males. Quando você compará-lo com uma maçã, tem quatro vezes mais proteínas, duas vezes mais carboidratos, três vezes mais fósforo, cinco vezes mais vitamina A e ferro e o dobro das outras vitaminas e minerais. Também é rica em potássio e é um dos alimentos mais valiosos para nossa saúde. Então talvez seja hora de mudar essa frase em inglês, tão conhecida: 1 apple a day, keep the doctor away, e que nós traduzindo deveríamos usar: “Uma banana por dia mantém o doutor sem freguesia!”
  • 14. 14 Um turista estava bebericando sua tequila em um Restaurante em Cabo San Lucas, quando notou uma bandeja fervilhante, com uma comida de aparên- cia deliciosa sendo servida na mesa ao lado. Ele perguntou ao garçom: - O que é que você acabou de servir? O garçom respondeu: - O senhor tem bom gosto! Estes são chamados "Cojones de Toro”, os testícu- los de um touro que combateu na arena esta manhã. Uma delícia. Cheirava tão bom que o turista disse: - Que delícia, traga-me um prato desses. - Sinto muito, senhor, disse o garçom. Há apenas uma porção por dia, porque há apenas uma luta de touro a cada manhã. Se você vier amanhã cedo e fizer o seu pedido, poderemos, com certeza, lhe reservar esta iguaria. Na manhã seguinte, o turista voltou, e fez a sua reserva. Naquela noite foi-lhe servido aquela única e especial iguaria do dia. Depois de algumas mordidas e fiscalizar o seu prato, ele chamou o garçom e disse: - Estão deliciosos, mas eles são peque- nos, muito menores do que os que eu vi você servindo ontem. O garçom encolheu os ombros e respondeu: - Sim, senhor. As vezes o touro vence. -o-o-o-o-o- A caminho de casa um cara sentiu uma dor de barriga e parou num shopping para ir ao banheiro. Como o primeiro sanitário estava ocupado, entrou no seguinte. Quando estava sentado ouviu o cara ao lado perguntar: - E aí? Tudo bem? Embora não fosse de dar conversa a desconhecidos em banheiros públicos, respondeu: - Bem...vai-se andando... Novamente o cara ao lado perguntou: - E então, o que andas fazendo? Embora começasse a achar o assunto estranho, respondeu: - Bem, agora estou aqui no banheiro. Depois vou para casa... Então, ouviu o cara ao lado dizer em tom chateado: - Olha, tem um cara aqui ao lado cagando, que me responde cada vez que te faço uma pergunta... te ligo depois... -o-o-o-o-o- A mulher se queixava, quase em prantos, à sua empregada: - Oh, Maria, acho que meu marido está me enganando com a secretária! - Não acredito. A senhora está dizendo isso pra me deixar com ciúmes. -o-o-o-o-o- O médico chega pro cara que tá aflito, fumando um cigarro atrás do outro, enquanto espera novidades da maternidade: - Tenho boas e más notícias. - Pode me dar as más primeiro, doutor! - Foi um parto muito complicado... Tivemos de fazer cesariana. Sua mulher perdeu o útero, as trompas, o ovário... - Pára doutor! E a boa notícia? - O bebê vai aparecer no Fantástico! Sexo com a paciente Sentado na cadeira do seu consultório, depois de ter transado com sua paciente, pensando no que havia feito, sua consciência lhe repetia: - Mas o que é isso??? Olha o que eu fiz? Que vergonha, perdi toda a ética profissional!!! Depois de se culpar por algum tempo, observa que sobre seu ombro direito aparece um diabinho que lhe diz: - ESCUTA AQUI… NÃO SEJA IDIOTA… HÁ UM MONTÃO DE MÉDICOS QUE TRANSAM COM SEUS PACIENTES. O QUE VOCÊ ACHA, QUE É O ÚNICO? ESCUTA, SEU BABACA… ISSO É A COISA MAIS NORMAL DO MUNDO! O médico, convencido, concorda e diz que o diabinho tem razão; realmente não havia feito nada demais. Mal acabou de dizer e notou que aparece um anjinho em seu ombro que lhe diz ao ouvido: - Só não se esqueça que você é VETERINÁRIO, VE-TE-RI-NÁÁÁ-RIO!!! -o-o-o-o-o- No consultório médico, uma loira gostosíssima resolve tirar uma dúvida: - Doutor é verdade que a gente pode engravidar num banheiro público? - É sim - respondeu o médico. - Acho melhor você parar de transar lá! -o-o-o-o-o- Três amigos foram acampar. A barraca era muito pequena, por isso eles tinham que dormir bem juntos, no mesmo colchão e com o mesmo cobertor. Acontece que um dos três tinha um insuportável e já famoso mau hálito, um bafo do tipo ‘mata-urubu’. Ante aquela inevitável proximidade física, um dos outros dois fez a seguinte proposta: - Bafinho, vamos combinar assim: quando você precisar falar alguma coisa, você bate palmas que a gente se esconde debaixo do cobertor pra proteger as narinas. Bafinho balançou a cabeça concordando. Quando já estavam os três devidamente cobertos e preparados para dormir, Bafinho bate palmas. Os dois amigos, mais que depressa, enfiam suas cabeças debaixo do cobertor e, de lá do fundo, gritam: - Pode falar, Bafinho! O Bafinho responde: - Peidei. -o-o-o-o-o- Dois velhos estavam ouvindo um religioso pelo rádio que dizia : - Coloque uma mão no rádio e outra na parte doente, que vou curá-los!! A velha coloca uma mão no rádio e outra nas costas. O velho coloca uma mão no rádio e outra no bráulio. Então a senhora diz: - Seu idiota! Ele disse que vai curar os doentes, e não ressuscitar os mortos!! -o-o-o-o-o- O cego estava a um tempão sem ‘dar uma’ e vivia pedindo: - Arruma uma mulher pro ceguinho, arruma! Arruma uma mulher pro ceguinho! Um amigo já de saco cheio, resolve dar uma força pro ceguinho e decidiu arrumar uma mulher para ele. O ceguinho vai pra casa e fica e esperando. Logo batem na porta. - Quem é? - É a Sueli. Vim resolver seu problema. O ceguinho todo entusiasmado abre a porta. A mulher senta-se na cama e ele diz: - Como é que você está vestida, hein, hein, hein? - Botinha de couro, vestido justo e uma blusinha de seda, e nada por baixo. - Ahhh - suspira o ceguinho - É hoje! Tira a botinha, tira. - Como é que você está agora? - Descalça, deitada na cama! - Ai meu Deus, é hoje. Tira a blusinha, tira. Como você está agora? - De seios nus, só de sainha. - Tira a saia. Tira a saia, por favor! E agora? - Estou nua, deitada na cama, te esperando meu garanhão. - Ai que é agora. Sueli... você já fez 69? - Ainda não. Faço daqui a dois meses.
  • 15. 15 PROGRAMAÇÃO Dia - 31/05 (sexta-feira) 18h3O - Adoração e Benção do Santíssimo Sacramento - 19h30 - Trezena - Maria Mãe e Mestra da Juventude - Benção das Mães e Avós - Praça de alimentação a partir das 18h00 - Dia - O1/06 (sábado) 19h30 - Trezena - Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida para a Juventude - Benção dos objetos de devoção - Noite da sopa - venda antecipada de convites. Serviremos para viagem - Praça de alimentação, a partir das 14hOO Dia - 02/06 (domingo) 19h00 Trezena - Vocacionados à Santidade - Benção da água - Praça de alimentação das 08h00 às 13h00 e a partir das 18h00 Dia – 03/06 ( segunda – feira) 19h30 - Trezena - O que Deus exige de nós - Benção da saúde - Praça de alimentação a partir das 18h00 Dia - 04/O6 (terça-feira) 19h30 - Trezena - Família cristã, berço de verdadeiras vocações - Benção dos pães - Praça de alimentação a partir das 15h00 Dia - 05/06 (quarta-feira) 19h3O - Trezena - Família, espaço da fé do diálogo e do respeito mútuo - Benção dos Pais e Avôs - Praça de alimentação a partir das 18h00 - Dia - 06/06 (quinta-feira) 19h30 - Trezena - Juventude ou juventudes - Benção dos Jovens - Praça de alimentação a partir das 18h00 Dia - 07/06 (sexta-feira) 19h30 - Trezena - Juventude e a opção pelo Reino de Deus - Benção das chaves da casas - Praça de alimentação a partir das 18hOO Dia - 08/06 (Sábado) 19h3O - Trezena - Juventude e a solidariedade com o universo dos pobres - Benção das carteiras de trabalho - Praça de alimentação a partir das 14h00 Dia - 09/06 (Domingo) 19h00 - Trezena - Juventude e as novas mídias desafio da evangelização - Missa sertaneja - Benção das Pastorais e Movimentos 11h30 - Churrasco - venda antecipada de convites - Serviremos para viagem - 15h00 - Show de prêmios - Praça de alimentação a partir das 18h00 Dia - 10/06 (segunda-feira) 19h3O - Trezena - Juventude e comunicação, redescobrindo o prazer de conviver - Benção das crianças e adolescentes - Praça de alimentação a partir das l8h00 Trezena em louvor a Santo Antônio - Paróquia Santo Antônio - Av. Paraná,1939 - Bairro Boa Vista Dia -11/06 (terça-feira) 19h30 - Trezena - Por uma Igreja jovem com os jovens - Benção dos pães - 17h00 - Benção do bolo de Santo Antônio - Praça de alimentação a partir das 15h00 - Venda do bolo de Santo Antônio Dia -12/06 (quarta-feira) 19h30 - Trezena - Castidade, o corpo como templo do Espírito de Deus - Benção dos namorados - Praça de alimentação a partir das 18h00 - Venda do bolo de SantoAntônio Dia 13 de junho - Dia de Santo Antônio Missas - 07h00 - 12h00 - 16h00 - Benção dos carros o dia todo - Benção das velas e Procissão às 19h00 - 20h00 - Missa Solene em Louvor a Santo Antônio. Presidida por Dom José Mário, com o tema "Eis-me aqui, envia-me" Ernesto dos Santos (in Memoriam ) o cuidador da “Capela de Santa Águida” Devido ao crescimento da população residente no bairro de Vila Tingüi, no dia 1 de novembro de 1965 o arcebispo metropolitano de Curitiba – D. Manu- el da Silveira D’Elboux – fundou onde era a capela de S. João Batista uma nova paróquia. O primeiro pároco foi o pe. Estanislau Pagacz Nesta época compostadeemigrantespoloneses(colôniaSantaCândida),italianos(BoaVista) e ambos de cultura religiosa catequizavam difundindo a fé católica,com rele- vância a valorização das famílias mais distante, erigiam capelas na região da paróquia. No ano de 1972 a Associação das Senhoras de Caridade São Vicente de Paulo que tinha o seu líder Padre Estanislau Pagacz , firmaram compromisso em cartório com o Município de Curitiba, na construção de uma obra assistencial no terreno hoje, sede daAssociação dos Moradores Fernando de Noronha,(rua José Carlos Ribeiro Taborda esquina com a Rua Humberto Cezarino). A área doada pelo Município de Curitiba tinha destinação não somente a construção de obras assistenciais, mas, benfeitorias que num prazo de 2 a 10 anos deveriam ser concluídas a contar da data da escritura lavrada em cartó- rio, no dia 28 de Abril de 1972. O padre Estanislau deliberou ao Senhor Ernesto dos Santos e sua esposa, Norma dos Santos a incumbência de zelar pela pequena Capelinha de Madei- ra construída sob a denominação de Santa Águeda. É sabido pelos mais anti- gos da casa onde o Senhor Ernesto morava (rua Jose Carlos Ribeiro Taborda esquina com a Rua Humberto Cezarino), pai, de Joel dos Santos. “São mais de 40 anos de vida somente neste local, formamos três famílias entre irmãos e filhos e, sempre fizemos benfeitorias necessárias, com diz Joel”. O terreno com 371 metros tem ocupação desde 1972 e faz parte da planta “ Lupinski” agregado da área onde é a sede da Associação dos Moradores Fernando de Noronha. No mês de Abril de 1980, membros da Capela e da Paróquia São João Batista fundaram estaAssociação do Bairro, sem preocu- pação formal para a titularidade da área em cartório. Do ano 2006 a 2010 com 16 procurações pela identidade desta Entidade(São Vicente de Paulo) em todo o município, concluímos não ter mais existência.
  • 16. 16 A Federação Comunitária da Associações de Moradores de Curitiba e Região Metropolitana, e Fecampar - Federação das Entidades Comunitárias eAssociações de Moradores do Paraná, realizaram o 1º Seminário de Capacitação de Lideranças e Regularização Fundiária, em parceria com governo do Estado no dia 27Abril, das 9 às 17 horas, na Faculdade de TecnologiaTupy, bairro Pinheirinho em Curitiba. Pouco mais de 400 pessoas entre representantes de associação de moradores, grupos sociais e lideranças políticas de Curitiba e dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba. O encontro teve a coordenação do Presidente da Femoclam Nilson Pereira.A apresentação dos painéis e os palestrantes: João Pereira apresentou o relatório de atividades da Femoclam, Mounir Chaowiche sobre os planos da Cohapar, Jonel Iurk Presidente da Copel da Copel, Antonio Carlos Belinatti Presidente da Sanepar, Luciano Pizzato da Compagás, Michelle Caputo Secretario Estadual de Saúde; Nelson Cordeiro Justus, Diretor de Regularização Fundiaria da Cohapar, Guto Silva da Secretaria de Administração do Estado, Nelsão da Força Sindical (representando Sergio Butka), Lineu Tomass, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano ( representando Ratinho Junior), Carlise Kwiatkowski, Provopar, Gilsa Floriano da Fundação da Ação Social de Curitiba (representando o Prefeito Gustavo Fruet). Também estiveram presentes Paulo Horácio, vereador de Araucária,Vereador Mauro Ignácio de Curitiba, que entregou diploma de reconhecimento dos 27 anos de atividades da Femoclam, Alan Bleik diretor do Ciesc (Faculdade de tecnologia Tupy) além de outras personalidades políticas dos municípios do Paraná. O objetivo do encontro foi dar capacitação às lideranças sobre o trabalho de regularização fundiária do governo do Paraná, além de informar sobre ações de infraestrutura desenvolvidas pelas empresas e secretarias estaduais; “Este é mais um 1º SEMINARIO DE CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇAS – REGULARIZAÇÃO FUNDIARIA E INFRAESTRUTURA passo que o governo do Estado e as lideranças comunitárias estão dando juntos. É com esta união que estamos construindo um novo Paraná”, declarou o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche(foto ao lado), durante a abertura do encontro. Para o diretor da Força Sindical, Nelson Silva de Souza, momentos como o deste sábado são importantes por permitir uma integração de trabalho entre governo e sociedade. “A regularização fundiária é de suma importância para a população, por isso o sindicato é parceiro do governo neste trabalho” afirmou. O secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto(foto ao lado) expos e defendeu projeto “Saúde mais 10”, Lei de Iniciativa Popular que assegura o repasse efetivo e integral de 10% das receitas correntes brutas da União para a saúde pública dos Estados, alterando, dessa forma, a Lei Complementar no 141, de 13 de janeiro de 2012".Falou do compromisso na construção do Hospital na Região Norte de Curitiba e que, a diferença política com o município de Curitiba não impedirá a construção do Centro de Regional de Especialidades (CRE Boa Vista) na Regional de Saúde Boa Vista, somente restando o município arranjar o terreno”. A presidente do Provopar, Carlise Kwiatkowski falou dos programas e também afirmou, o “compromisso na luta para emancipar as famílias paranaenses e dar assistência em casos de extrema necessidade e urgência para erradicar a miséria de muitas famílias paranaenses”. Lembrou que, quando prefeito de Curitiba, o governador Beto Richa conseguiu dar melhor qualidade de vida para 65% das famílias que viviam em situação de vulnerabilidade social. “Portanto, o Provopar Estadual, assim como o Governo do Estado, está de portas abertas para atender a toda comunidade paranaense, acrescentou. Nelson Cordeiro Justus(foto ao lado), falou sobre o Tema Principal do Seminário, dos instrumentos e mecanismos específicos para a regularização fundiária de interesse social, com objetivo de facilitar o direito do cidadão. Guto Silva Secretario da Administração do Estado comunicou a parceria com a femoclam na criação do Telecentro( uma sala equipada com computadores) na sede da Entidade, com disponibilidade de acesso aos cursos on line gratuitos e anúnciou que no paraná, diversos espaços de Telecentro serão inaugurados. Nilson Pereira Presidente da Entidade assinou diversos convênios de Saúde,Seguro e outros, estendidos para as Lideranças das Associações de Bairros de Curitiba e Região Metropolitana