O SISTEMA DIGESTIVO
O sistema digestivo serve para digerir os alimentos. O SISTEMA DIGESTIVO A digestão inicia-se na boca, onde a comida se tr...
<ul><li>Os dentes reduzem os alimentos a pequenos fragmentos pela a saliva, ficando assim formado o bolo alimentar. É na b...
<ul><li>Os dentes estão implantados nos alvéolos escavados nos maxilares. Ao longo da vida, o ser humano possui duas denti...
<ul><li>O estômago é uma espécie de bolsa volumosa e elástica, com a capacidade de 1 a 1,5 l, em cuja parede existem peque...
<ul><li>No estômago, devido à acção dos músculos da sua parede os alimentos ficam sujeitos a movimentos de deslocação de u...
<ul><li>Os nutrientes têm de chegar às células para aí serem utilizados conforme o seu valor plástico, energético ou regul...
<ul><li>No intestino delgado, durante quatro a seis horas, os alimentos são sujeitos a movimento intestinais, movimentos p...
<ul><li>O quimo transforma-se, assim, num líquido leitoso - o  quilo  - formado por partículas de pequeníssimas dimensões....
 
TRABALHO REALIZADO POR: <ul><li>Diogo Andrade nº 2 turma 5º G </li></ul><ul><li>Jéssica Pereira nº 7 turma 5º G </li></ul>...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Sistema Digestivo

9.888 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.888
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
188
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
203
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Sistema Digestivo

  1. 1. O SISTEMA DIGESTIVO
  2. 2. O sistema digestivo serve para digerir os alimentos. O SISTEMA DIGESTIVO A digestão inicia-se na boca, onde a comida se transforma em bolo alimentar, depois passa para o esófago. Quando o bolo alimentar chega ao estômago transforma-se em quimo. De seguida vai para o intestino delgado e transforma-se em quilo. Aí os nutrientes passam para o sangue através da absorção digestiva. As substâncias que não que não são absorvidas passam o intestino grosso e transformam-se em fezes.
  3. 3. <ul><li>Os dentes reduzem os alimentos a pequenos fragmentos pela a saliva, ficando assim formado o bolo alimentar. É na boca que se inicia a transformação dos alimentos a primeira etapa de uma viagem de 10 metros ao longo ao tubo digestivo .A boca é uma cavidade para onde é encaminhada a saliva produzida pelas glândulas salivares e onde situam-se a língua e os dentes. </li></ul>Na boca
  4. 4. <ul><li>Os dentes estão implantados nos alvéolos escavados nos maxilares. Ao longo da vida, o ser humano possui duas dentições sucessivas: a primeira dentição com 20 dentes e a definitiva com 32. </li></ul><ul><li>A coroa é a parte do dente que fica fora do maxilar e a raiz é a parte que fica no interior do alvéolo. Entre a coroa e a raiz existe um estrangulamento o colo. </li></ul><ul><li>Na polpa dentária existem ramificações de vasos sanguíneos e de nervos. </li></ul>Os dentes
  5. 5. <ul><li>O estômago é uma espécie de bolsa volumosa e elástica, com a capacidade de 1 a 1,5 l, em cuja parede existem pequenas glândulas - glândulas gástricas . Quando chegam ao estômago, os alimentos recebem o suco gástrico produzido por estas glândulas. </li></ul>O estômago
  6. 6. <ul><li>No estômago, devido à acção dos músculos da sua parede os alimentos ficam sujeitos a movimentos de deslocação de um lado para o outro - movimentos peristálticos, durante cerca de três horas. Estes movimentos facilitam a mistura dos alimentos com o suco gástrico, constituindo-se uma massa, chamada quimo, que vai passar, aos jactos, para o intestino delgado. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Os nutrientes têm de chegar às células para aí serem utilizados conforme o seu valor plástico, energético ou regulador. Torna-se indispensável, então, separar os nutrientes e, em alguns casos, reduzi-los a formas mais simples. </li></ul>Intestino Delgado
  8. 8. <ul><li>No intestino delgado, durante quatro a seis horas, os alimentos são sujeitos a movimento intestinais, movimentos peristálticos, que facilitam não só a sua mistura com o suco pancreático, a bílis e o suco intestinal, mas também a sua deslocação ao longo daquele órgão. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>O quimo transforma-se, assim, num líquido leitoso - o quilo - formado por partículas de pequeníssimas dimensões. Estas partículas atravessam a parede do intestino nas vilosidades e passam para o sangue - absorção digestiva . </li></ul>
  10. 11. TRABALHO REALIZADO POR: <ul><li>Diogo Andrade nº 2 turma 5º G </li></ul><ul><li>Jéssica Pereira nº 7 turma 5º G </li></ul><ul><li>Leonardo Borges nº 10 turma 5º G </li></ul><ul><li>Henrique Polónio nº 19 turma 5º G </li></ul><ul><li>Sofia Mendes nº 22 turma 5º G </li></ul>

×