SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
institutogamaliel.com http://www.institutogamaliel.com/portaldateologia/morrer-para-viver/teologia
Morrer para Viver
Quando olho para a situação do mundo em minha volta, me sinto muito mal.
Sinto algo como tristeza e culpa. Tristeza por ver tanta coisa errada
acontecendo cada dia com mais intensidade e culpa por não fazer nada de substancial para mudar isto.
Na maioria das vezes em que nos sentimos tão mal, buscamos consolo na palavra de Deus e quase sempre
encontramos, mas neste caso, a Palavra de Deus acentuou o sentimento mais ainda. São tantos exemplos de
pessoas que se sentiram assim com grande dor e culpa pelo mal generalizado e também clamaram a Deus e não
ouviram a resposta que esperavam.
O coração humano é enganoso, egoísta, cruel, vingativo e outras mazelas mais, e sempre clama baseado nestas
qualidades. Mas a resposta de Deus, mesmo quando apenas um extremo e perturbador silêncio, é muito superior à
vontade humana.
Hoje não devemos esperar ouvir Deus falar como fazia com alguns profetas, que ouviam uma voz humana ou eram
visitados por anjos. Este tempo é passado e hoje temos a revelação completa de Deus na pessoa de Jesus e nas
páginas das escrituras. Tudo o que precisamos ouvir está bem perto de nós, mais real do que o ar que respiramos.
Imagino que, se meu coração imperfeito, cheio de defeitos que tenho de combater dia e noite, pode se entristecer
com a situação do mundo, quanto mais o Espírito Santo, que é puro e perfeito amor?
Então pergunto:
O QUE FALTA ? AMOR? CORAGEM? DESPRENDIMENTO? INCENTIVO?
Creio que estas coisas e algumas outras mais, tudo saltando das páginas das escrituras, aos olhos de quem quer
sentir. Digo isto pois sei bem que a maioria dos “cristãos” luta bravamente pra sufocar a dor e vergonha de ver almas
se perdendo e até se enganam com o fato de mentirem pra si mesmos, com suas vestes diferenciadas, rostos
contritos e orações balbuciadas, regadas por lágrimas mornas, em suas reuniões solenes.
Como me entristeço por saber que, na maioria das vezes, acabo embarcando na mesma mentira. Reunimos-nos em
nome de Jesus, mas cada um traz consigo seus próprios anseios egoístas, mesmo quando finge estar
evangelizando os perdidos. São palavras vazias de sentimento e atitude que acabam mais afastando do que
atraindo para Deus.
Um pequeno consolo é saber que, ao longo de toda a história da humanidade, nunca faltou quem se sentisse
perturbado e fosse incentivado por Deus a fazer alguma coisa a respeito. É certo que muitos dos que foram
despertados por Deus não sentiam tal pressão entes que Deus lhes revelasse, mas há os que já se sentiam
responsáveis e por isto foram chamados e ensinados a agir.
Um caso que me chama muito a atenção é o profeta Jonas. Certamente que ele estava incomodado com o mal
causado pelos povos bárbaros que tanto afligiam Israel, mas não passava pela sua cabeça que a culpa era do seu
próprio povo, que trocava o Deus de Israel por deuses pagãos.
O paralelo entre Jonas e a igreja dos dias atuais é chocante e esclarecedor.
1 – Assim como nós, Jonas se incomoda com o mal, mas não consegue ver que este mal é fruto da incredulidade do
próprio povo de Deus. Trocamos a comunhão verdadeira com Deus e o seu povo, por rituais vazios e hipócritas.
2 – Quando chamado para intervir, luta com todas as forças para não ter de confrontar pessoalmente o problema, do
mesmo jeito também ocorre com a grande maioria de nós, cristãos da igreja dos últimos dias. É mais fácil e cômodo
contribuir com missões do que participar ativamente.
3 – Assim como Jonas, fugimos pois acreditamos que somos nós quem faremos o trabalho, com nosso intelecto,
força, vontade … Mas só quando descobrimos que teremos de enfrentar os 3 dias no ventre da terra e ressuscitar à
beira mar, é que então estaremos aptos a fazer a vontade de Deus.
Preparou, pois, o Senhor um grande peixe, para que tragasse a Jonas; e esteve Jonas três dias e três noites nas
entranhas do peixe. Jonas 1:17
Mesmo quando finalmente se faz algo que Deus quer que seja feito, esperamos o resultado imediato e à nossa
maneira, mas assim como o Filho do Homem usou o paralelo de Jonas para falar de sua própria morte e
ressurreição, igualmente deve acontecer conosco, se quisermos realizar a tarefa que nos é proposta.
O apóstolo Paulo também passou pela experiência de maneira dramática, para que ficasse registrado e nós
fossemos abençoados com tal revelação.
E esteve três dias sem ver, e não comeu nem bebeu. Atos 9:9
Outra experiência que dramatiza o sepultamento simbólico e posterior renascimento é o caso do apóstolo Pedro:
E o galo cantou segunda vez. E Pedro lembrou-se da palavra que Jesus lhe tinha dito: Antes que o galo cante duas
vezes, três vezes me negarás. E, retirando-se dali, chorou. Marcos 14:72
Através da negação, Pedro foi confrontado com seu verdadeiro eu e então pode finalmente entender quem é o
verdadeiro Senhor.
Há muitos exemplos de renascimentos nas escrituras, mas estes três são suficientes para nos fazer pensar sobre
nossa situação.
Jonas nos mostra nossa relutância em buscar a Deus para vencer nosso ego e então, renascidos da água e do
Espírito, marcharmos triunfalmente, levando a mensagem de salvação ao mundo perdido, mesmo que achemos
nosso mundo pior do que Nínive.
O exemplo de Paulo mostra a luta entre a religiosidade e o amor. Muitos cristãos vivem uma vida de religiosidade e
até mesmo perseguem aqueles que não andam de acordo com seus próprios estilos de interpretação do que seja a
vontade de Deus. Assim como Paulo, pensam que estão agradando a Deus e tomam atitudes extremas para que
suas ideias sejam aceitas. Mas um encontro direto com o Senhor lhes faz analisarem suas próprias vidas e as
escamas são finalmente tiradas de seus olhos e a verdade resplandece.
Pedro nos mostra a impetuosidade sem fundamentos. Assim como Pedro, a maioria dos cristãos faz muito barulho,
mas na hora em que sua fé for inquirida, tudo se desmoronará. São corredores velocistas, acreditando que estão
numa corrida de 100 metros, mas após um confronto com o Senhor, percebem que estamos numa maratona onde o
que importa é chegar ao final integro e acompanhado da maior quantidade possível de companheiros de equipe.
Com isto percebo que a resposta para a questão da tristeza por ver o mal prevalecer e da culpa por se sentir inerte é
o sepultamento e renascimento diário com o Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá
muito fruto. João 12:24
Assim como a palavra de Deus é uma semente plantada em nosso coração, nossa vida também é uma semente
plantada no solo do mundo, que deve crescer e dar fruto, gerando mais sementes e assim, proporcionando o
crescimento do reino de Deus. Mas se a semente não morrer e germinar, ela apodrece.
Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho. Filipenses 1:21
Este é outro ponto crucial. A prioridade da vida cristã não é ser abençoado e sim, abençoar todos os que for possível
com o que Cristo nos dá. Se vivemos para Cristo, a morte não nos assustará. Nosso único medo será ver as
pessoas se perderem, morrendo sem Cristo.
Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de
glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor. 2 Coríntios 3:18
Somente esta constância diária pode nos manter sempre rumo ao alvo.
Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, A saber:
Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos,
serás salvo. Romanos 10:8-9
Confessar ao Senhor Jesus é algo que pode até ser feito superficialmente e enganar aos homens, mas crer é algo
impossível de falsificar. Deus conhece os pensamentos do homem mais do que o próprio homem, e não é possível
enganar o criador.
Se realmente cremos na ressurreição, então não temos o que temer.
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o
presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor
de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8:38-39

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Morrendo Diariamente - John Owen
Morrendo Diariamente - John Owen Morrendo Diariamente - John Owen
Morrendo Diariamente - John Owen Silvio Dutra
 
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na fé
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na féLIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na fé
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na féErberson Pinheiro
 
Ebd 1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
Ebd  1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.Ebd  1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
Ebd 1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua
 Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua
Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tanguaantonio vieira
 
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.Márcio Martins
 
Ebd 1° trimestre 2017 lição 7 Benignidade: um Escudo Protetor contra as Por...
Ebd  1° trimestre 2017 lição 7  Benignidade: um Escudo Protetor contra as Por...Ebd  1° trimestre 2017 lição 7  Benignidade: um Escudo Protetor contra as Por...
Ebd 1° trimestre 2017 lição 7 Benignidade: um Escudo Protetor contra as Por...GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.Márcio Martins
 
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as PorfiasBenegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as PorfiasMárcio Martins
 
2021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 012021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 01Joel Silva
 
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejasLBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejasNatalino das Neves Neves
 
Falando sobre a graça em jesus
Falando sobre a graça em jesusFalando sobre a graça em jesus
Falando sobre a graça em jesusRafael Negrao
 
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizadesLBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizadesNatalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 07 - BENIGNIDADE: UM ESCUDO PROTETOR CONTRA AS PORFIAS
LIÇÃO 07 - BENIGNIDADE: UM ESCUDO PROTETOR CONTRA AS PORFIASLIÇÃO 07 - BENIGNIDADE: UM ESCUDO PROTETOR CONTRA AS PORFIAS
LIÇÃO 07 - BENIGNIDADE: UM ESCUDO PROTETOR CONTRA AS PORFIASLourinaldo Serafim
 
Alegria Fruto do Espirito, Inveja Habito da Velha Natureza
Alegria Fruto do Espirito, Inveja Habito da Velha NaturezaAlegria Fruto do Espirito, Inveja Habito da Velha Natureza
Alegria Fruto do Espirito, Inveja Habito da Velha NaturezaMárcio Martins
 
Carta aos filipenses o verdadeiro evangelho explicado.
Carta aos filipenses o verdadeiro evangelho explicado. Carta aos filipenses o verdadeiro evangelho explicado.
Carta aos filipenses o verdadeiro evangelho explicado. Rafaelpedro25
 
Por Que Devemos Ganhar Almas
Por Que Devemos Ganhar AlmasPor Que Devemos Ganhar Almas
Por Que Devemos Ganhar Almasguesta7345f8
 
Fidelidade Firmes na Fé.
Fidelidade Firmes na Fé.Fidelidade Firmes na Fé.
Fidelidade Firmes na Fé.Márcio Martins
 
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizadeslição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizadesErberson Pinheiro
 

Mais procurados (20)

Morrendo Diariamente - John Owen
Morrendo Diariamente - John Owen Morrendo Diariamente - John Owen
Morrendo Diariamente - John Owen
 
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na fé
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na féLIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na fé
LIÇÃO 9 – Fidelidade, firmes na fé
 
Ebd 1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
Ebd  1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.Ebd  1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
Ebd 1° trimestre 2017 lição 8 a bondade que confere a vida.
 
Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua
 Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua
Lição 07 - Benignidade Um escudo Protetor contra as Porfias tangua
 
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotosLivro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
 
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
Paz de Deus: Antídoto Contra as Inimizades.
 
Ebd 1° trimestre 2017 lição 7 Benignidade: um Escudo Protetor contra as Por...
Ebd  1° trimestre 2017 lição 7  Benignidade: um Escudo Protetor contra as Por...Ebd  1° trimestre 2017 lição 7  Benignidade: um Escudo Protetor contra as Por...
Ebd 1° trimestre 2017 lição 7 Benignidade: um Escudo Protetor contra as Por...
 
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
Mansidão:Torna o Crente Apto Para Evitar Pelejas.
 
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as PorfiasBenegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
Benegnidade: um Escudo Protetor Contra as Porfias
 
2021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 012021 1º trimestre jovens lição 01
2021 1º trimestre jovens lição 01
 
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejasLBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
LBA Lição 10 - Mansidão, torna o crente apto para evitar pelejas
 
Falando sobre a graça em jesus
Falando sobre a graça em jesusFalando sobre a graça em jesus
Falando sobre a graça em jesus
 
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizadesLBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
LBA Lição 5 - Paz de deus, antídoto contra as inimizades
 
Entreguei minha vida pra jesus e-book
Entreguei minha vida pra jesus   e-bookEntreguei minha vida pra jesus   e-book
Entreguei minha vida pra jesus e-book
 
LIÇÃO 07 - BENIGNIDADE: UM ESCUDO PROTETOR CONTRA AS PORFIAS
LIÇÃO 07 - BENIGNIDADE: UM ESCUDO PROTETOR CONTRA AS PORFIASLIÇÃO 07 - BENIGNIDADE: UM ESCUDO PROTETOR CONTRA AS PORFIAS
LIÇÃO 07 - BENIGNIDADE: UM ESCUDO PROTETOR CONTRA AS PORFIAS
 
Alegria Fruto do Espirito, Inveja Habito da Velha Natureza
Alegria Fruto do Espirito, Inveja Habito da Velha NaturezaAlegria Fruto do Espirito, Inveja Habito da Velha Natureza
Alegria Fruto do Espirito, Inveja Habito da Velha Natureza
 
Carta aos filipenses o verdadeiro evangelho explicado.
Carta aos filipenses o verdadeiro evangelho explicado. Carta aos filipenses o verdadeiro evangelho explicado.
Carta aos filipenses o verdadeiro evangelho explicado.
 
Por Que Devemos Ganhar Almas
Por Que Devemos Ganhar AlmasPor Que Devemos Ganhar Almas
Por Que Devemos Ganhar Almas
 
Fidelidade Firmes na Fé.
Fidelidade Firmes na Fé.Fidelidade Firmes na Fé.
Fidelidade Firmes na Fé.
 
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizadeslição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
lição 5 - Paz de Deus Antídoto contra as inimizades
 

Destaque

Conocimiento refinado
Conocimiento refinadoConocimiento refinado
Conocimiento refinadoDon Jones
 
Ana lucia urrea
Ana lucia urreaAna lucia urrea
Ana lucia urreamarrolons
 
No nos quejemos, demos Gracias a Dios
No nos quejemos, demos Gracias a DiosNo nos quejemos, demos Gracias a Dios
No nos quejemos, demos Gracias a DiosMarco Eguía
 
Primertrimestre2013 2014
Primertrimestre2013 2014Primertrimestre2013 2014
Primertrimestre2013 2014soniamarpr
 
Pitú - Drinks Fluorescentes - E-nation
Pitú - Drinks Fluorescentes - E-nationPitú - Drinks Fluorescentes - E-nation
Pitú - Drinks Fluorescentes - E-nationAmpla Comunicação
 
Impacto da Lei Sarbanes Oxley (SOX) nas ações da empresas brasileiras listada...
Impacto da Lei Sarbanes Oxley (SOX) nas ações da empresas brasileiras listada...Impacto da Lei Sarbanes Oxley (SOX) nas ações da empresas brasileiras listada...
Impacto da Lei Sarbanes Oxley (SOX) nas ações da empresas brasileiras listada...Victor Tubino
 
Luta pela terra, judiciário e violência
Luta pela terra, judiciário e violênciaLuta pela terra, judiciário e violência
Luta pela terra, judiciário e violênciapastoraldaterra.ro
 
Mprado metodologia governança corporativa 2013
Mprado metodologia governança corporativa 2013Mprado metodologia governança corporativa 2013
Mprado metodologia governança corporativa 2013Wanderson Rodrigues
 
Reportagem revista siará
Reportagem revista siaráReportagem revista siará
Reportagem revista siaráErmeson Vieira
 
APUNTES TRABAJO FINAL
APUNTES TRABAJO FINALAPUNTES TRABAJO FINAL
APUNTES TRABAJO FINALalinciarte
 
4. access parte 1
4. access parte 14. access parte 1
4. access parte 1lmozo
 
Identificación de anuncios y títulos
Identificación de anuncios y títulosIdentificación de anuncios y títulos
Identificación de anuncios y títuloserikaintriago33
 
Una sola bahia usb
Una sola bahia usbUna sola bahia usb
Una sola bahia usbManubichi
 

Destaque (20)

Conocimiento refinado
Conocimiento refinadoConocimiento refinado
Conocimiento refinado
 
Eng. alimentos
Eng. alimentosEng. alimentos
Eng. alimentos
 
Ana lucia urrea
Ana lucia urreaAna lucia urrea
Ana lucia urrea
 
No nos quejemos, demos Gracias a Dios
No nos quejemos, demos Gracias a DiosNo nos quejemos, demos Gracias a Dios
No nos quejemos, demos Gracias a Dios
 
Primertrimestre2013 2014
Primertrimestre2013 2014Primertrimestre2013 2014
Primertrimestre2013 2014
 
Ebede meleque
Ebede melequeEbede meleque
Ebede meleque
 
Pitú - Drinks Fluorescentes - E-nation
Pitú - Drinks Fluorescentes - E-nationPitú - Drinks Fluorescentes - E-nation
Pitú - Drinks Fluorescentes - E-nation
 
Impacto da Lei Sarbanes Oxley (SOX) nas ações da empresas brasileiras listada...
Impacto da Lei Sarbanes Oxley (SOX) nas ações da empresas brasileiras listada...Impacto da Lei Sarbanes Oxley (SOX) nas ações da empresas brasileiras listada...
Impacto da Lei Sarbanes Oxley (SOX) nas ações da empresas brasileiras listada...
 
Estabilidade
EstabilidadeEstabilidade
Estabilidade
 
Luta pela terra, judiciário e violência
Luta pela terra, judiciário e violênciaLuta pela terra, judiciário e violência
Luta pela terra, judiciário e violência
 
Proyecto ilustrador forma y tema
Proyecto ilustrador  forma y tema Proyecto ilustrador  forma y tema
Proyecto ilustrador forma y tema
 
Mprado metodologia governança corporativa 2013
Mprado metodologia governança corporativa 2013Mprado metodologia governança corporativa 2013
Mprado metodologia governança corporativa 2013
 
Reportagem revista siará
Reportagem revista siaráReportagem revista siará
Reportagem revista siará
 
Atesa2011
Atesa2011Atesa2011
Atesa2011
 
Act19 iace
Act19 iaceAct19 iace
Act19 iace
 
53093415 livro-protocolos-das-up as-24-horas
53093415 livro-protocolos-das-up as-24-horas53093415 livro-protocolos-das-up as-24-horas
53093415 livro-protocolos-das-up as-24-horas
 
APUNTES TRABAJO FINAL
APUNTES TRABAJO FINALAPUNTES TRABAJO FINAL
APUNTES TRABAJO FINAL
 
4. access parte 1
4. access parte 14. access parte 1
4. access parte 1
 
Identificación de anuncios y títulos
Identificación de anuncios y títulosIdentificación de anuncios y títulos
Identificación de anuncios y títulos
 
Una sola bahia usb
Una sola bahia usbUna sola bahia usb
Una sola bahia usb
 

Semelhante a Morrer para viver

Restaurando o ferido
Restaurando o feridoRestaurando o ferido
Restaurando o feridoarthurgomes33
 
JORMI - Jornal Missionário nº 95
JORMI - Jornal Missionário nº 95JORMI - Jornal Missionário nº 95
JORMI - Jornal Missionário nº 95Almir Rodrigues
 
JORMI - Jornal Missionário n° 95
JORMI - Jornal Missionário n° 95JORMI - Jornal Missionário n° 95
JORMI - Jornal Missionário n° 95Almir Rodrigues
 
JORMIi - jornal missionário nº 82
JORMIi  - jornal missionário nº 82JORMIi  - jornal missionário nº 82
JORMIi - jornal missionário nº 82Almir Rodrigues
 
Voz da Paróquia - Julho 2012
Voz da Paróquia - Julho 2012Voz da Paróquia - Julho 2012
Voz da Paróquia - Julho 2012jesmioma
 
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZA MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZCristiane Patricio
 
ANTES SÓ DO QUE MAL ACOMPANHADO
ANTES SÓ DO QUE MAL ACOMPANHADOANTES SÓ DO QUE MAL ACOMPANHADO
ANTES SÓ DO QUE MAL ACOMPANHADOCristiane Patricio
 
DUREZA DA LEI NOS DEIXA SEM GRAÇA - VÓL I
DUREZA DA LEI NOS DEIXA SEM GRAÇA - VÓL IDUREZA DA LEI NOS DEIXA SEM GRAÇA - VÓL I
DUREZA DA LEI NOS DEIXA SEM GRAÇA - VÓL ICristiane Patricio
 
Folheto Cristão
Folheto CristãoFolheto Cristão
Folheto Cristãoibramada
 
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013Gerson G. Ramos
 
JORMI - Jornal Missionário n° 91
JORMI - Jornal Missionário n° 91JORMI - Jornal Missionário n° 91
JORMI - Jornal Missionário n° 91Almir Rodrigues
 
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...Instituto Teológico Gamaliel
 
10 pecados contra o espírito santo
10 pecados contra o espírito santo10 pecados contra o espírito santo
10 pecados contra o espírito santoAlex Olivindo
 

Semelhante a Morrer para viver (20)

Restaurando o ferido
Restaurando o feridoRestaurando o ferido
Restaurando o ferido
 
PERDÃO.pptx
PERDÃO.pptxPERDÃO.pptx
PERDÃO.pptx
 
Feridas na Alma
Feridas na AlmaFeridas na Alma
Feridas na Alma
 
JORMI - Jornal Missionário nº 95
JORMI - Jornal Missionário nº 95JORMI - Jornal Missionário nº 95
JORMI - Jornal Missionário nº 95
 
JORMI - Jornal Missionário n° 95
JORMI - Jornal Missionário n° 95JORMI - Jornal Missionário n° 95
JORMI - Jornal Missionário n° 95
 
JORMIi - jornal missionário nº 82
JORMIi  - jornal missionário nº 82JORMIi  - jornal missionário nº 82
JORMIi - jornal missionário nº 82
 
Voz da Paróquia - Julho 2012
Voz da Paróquia - Julho 2012Voz da Paróquia - Julho 2012
Voz da Paróquia - Julho 2012
 
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZA MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
 
ANTES SÓ DO QUE MAL ACOMPANHADO
ANTES SÓ DO QUE MAL ACOMPANHADOANTES SÓ DO QUE MAL ACOMPANHADO
ANTES SÓ DO QUE MAL ACOMPANHADO
 
O mensageiro da cruz watchman nee
O mensageiro da cruz   watchman neeO mensageiro da cruz   watchman nee
O mensageiro da cruz watchman nee
 
Jormi - Jornal Missionário n° 44
Jormi - Jornal Missionário n° 44Jormi - Jornal Missionário n° 44
Jormi - Jornal Missionário n° 44
 
DUREZA DA LEI NOS DEIXA SEM GRAÇA - VÓL I
DUREZA DA LEI NOS DEIXA SEM GRAÇA - VÓL IDUREZA DA LEI NOS DEIXA SEM GRAÇA - VÓL I
DUREZA DA LEI NOS DEIXA SEM GRAÇA - VÓL I
 
Folheto Cristão
Folheto CristãoFolheto Cristão
Folheto Cristão
 
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013
Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento_Resumo_632013
 
GUERRA
GUERRAGUERRA
GUERRA
 
O mensageiro da cruz
O mensageiro da cruzO mensageiro da cruz
O mensageiro da cruz
 
JORMI - Jornal Missionário n° 91
JORMI - Jornal Missionário n° 91JORMI - Jornal Missionário n° 91
JORMI - Jornal Missionário n° 91
 
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
 
10 pecados contra o espírito santo
10 pecados contra o espírito santo10 pecados contra o espírito santo
10 pecados contra o espírito santo
 
Vença o sofrimento com Jesus!
Vença o sofrimento com Jesus!Vença o sofrimento com Jesus!
Vença o sofrimento com Jesus!
 

Morrer para viver

  • 1. institutogamaliel.com http://www.institutogamaliel.com/portaldateologia/morrer-para-viver/teologia Morrer para Viver Quando olho para a situação do mundo em minha volta, me sinto muito mal. Sinto algo como tristeza e culpa. Tristeza por ver tanta coisa errada acontecendo cada dia com mais intensidade e culpa por não fazer nada de substancial para mudar isto. Na maioria das vezes em que nos sentimos tão mal, buscamos consolo na palavra de Deus e quase sempre encontramos, mas neste caso, a Palavra de Deus acentuou o sentimento mais ainda. São tantos exemplos de pessoas que se sentiram assim com grande dor e culpa pelo mal generalizado e também clamaram a Deus e não ouviram a resposta que esperavam. O coração humano é enganoso, egoísta, cruel, vingativo e outras mazelas mais, e sempre clama baseado nestas qualidades. Mas a resposta de Deus, mesmo quando apenas um extremo e perturbador silêncio, é muito superior à vontade humana. Hoje não devemos esperar ouvir Deus falar como fazia com alguns profetas, que ouviam uma voz humana ou eram visitados por anjos. Este tempo é passado e hoje temos a revelação completa de Deus na pessoa de Jesus e nas páginas das escrituras. Tudo o que precisamos ouvir está bem perto de nós, mais real do que o ar que respiramos. Imagino que, se meu coração imperfeito, cheio de defeitos que tenho de combater dia e noite, pode se entristecer com a situação do mundo, quanto mais o Espírito Santo, que é puro e perfeito amor? Então pergunto: O QUE FALTA ? AMOR? CORAGEM? DESPRENDIMENTO? INCENTIVO? Creio que estas coisas e algumas outras mais, tudo saltando das páginas das escrituras, aos olhos de quem quer sentir. Digo isto pois sei bem que a maioria dos “cristãos” luta bravamente pra sufocar a dor e vergonha de ver almas se perdendo e até se enganam com o fato de mentirem pra si mesmos, com suas vestes diferenciadas, rostos contritos e orações balbuciadas, regadas por lágrimas mornas, em suas reuniões solenes. Como me entristeço por saber que, na maioria das vezes, acabo embarcando na mesma mentira. Reunimos-nos em nome de Jesus, mas cada um traz consigo seus próprios anseios egoístas, mesmo quando finge estar evangelizando os perdidos. São palavras vazias de sentimento e atitude que acabam mais afastando do que atraindo para Deus. Um pequeno consolo é saber que, ao longo de toda a história da humanidade, nunca faltou quem se sentisse perturbado e fosse incentivado por Deus a fazer alguma coisa a respeito. É certo que muitos dos que foram despertados por Deus não sentiam tal pressão entes que Deus lhes revelasse, mas há os que já se sentiam responsáveis e por isto foram chamados e ensinados a agir. Um caso que me chama muito a atenção é o profeta Jonas. Certamente que ele estava incomodado com o mal causado pelos povos bárbaros que tanto afligiam Israel, mas não passava pela sua cabeça que a culpa era do seu próprio povo, que trocava o Deus de Israel por deuses pagãos. O paralelo entre Jonas e a igreja dos dias atuais é chocante e esclarecedor. 1 – Assim como nós, Jonas se incomoda com o mal, mas não consegue ver que este mal é fruto da incredulidade do próprio povo de Deus. Trocamos a comunhão verdadeira com Deus e o seu povo, por rituais vazios e hipócritas.
  • 2. 2 – Quando chamado para intervir, luta com todas as forças para não ter de confrontar pessoalmente o problema, do mesmo jeito também ocorre com a grande maioria de nós, cristãos da igreja dos últimos dias. É mais fácil e cômodo contribuir com missões do que participar ativamente. 3 – Assim como Jonas, fugimos pois acreditamos que somos nós quem faremos o trabalho, com nosso intelecto, força, vontade … Mas só quando descobrimos que teremos de enfrentar os 3 dias no ventre da terra e ressuscitar à beira mar, é que então estaremos aptos a fazer a vontade de Deus. Preparou, pois, o Senhor um grande peixe, para que tragasse a Jonas; e esteve Jonas três dias e três noites nas entranhas do peixe. Jonas 1:17 Mesmo quando finalmente se faz algo que Deus quer que seja feito, esperamos o resultado imediato e à nossa maneira, mas assim como o Filho do Homem usou o paralelo de Jonas para falar de sua própria morte e ressurreição, igualmente deve acontecer conosco, se quisermos realizar a tarefa que nos é proposta. O apóstolo Paulo também passou pela experiência de maneira dramática, para que ficasse registrado e nós fossemos abençoados com tal revelação. E esteve três dias sem ver, e não comeu nem bebeu. Atos 9:9 Outra experiência que dramatiza o sepultamento simbólico e posterior renascimento é o caso do apóstolo Pedro: E o galo cantou segunda vez. E Pedro lembrou-se da palavra que Jesus lhe tinha dito: Antes que o galo cante duas vezes, três vezes me negarás. E, retirando-se dali, chorou. Marcos 14:72 Através da negação, Pedro foi confrontado com seu verdadeiro eu e então pode finalmente entender quem é o verdadeiro Senhor. Há muitos exemplos de renascimentos nas escrituras, mas estes três são suficientes para nos fazer pensar sobre nossa situação. Jonas nos mostra nossa relutância em buscar a Deus para vencer nosso ego e então, renascidos da água e do Espírito, marcharmos triunfalmente, levando a mensagem de salvação ao mundo perdido, mesmo que achemos nosso mundo pior do que Nínive. O exemplo de Paulo mostra a luta entre a religiosidade e o amor. Muitos cristãos vivem uma vida de religiosidade e até mesmo perseguem aqueles que não andam de acordo com seus próprios estilos de interpretação do que seja a vontade de Deus. Assim como Paulo, pensam que estão agradando a Deus e tomam atitudes extremas para que suas ideias sejam aceitas. Mas um encontro direto com o Senhor lhes faz analisarem suas próprias vidas e as escamas são finalmente tiradas de seus olhos e a verdade resplandece. Pedro nos mostra a impetuosidade sem fundamentos. Assim como Pedro, a maioria dos cristãos faz muito barulho, mas na hora em que sua fé for inquirida, tudo se desmoronará. São corredores velocistas, acreditando que estão numa corrida de 100 metros, mas após um confronto com o Senhor, percebem que estamos numa maratona onde o que importa é chegar ao final integro e acompanhado da maior quantidade possível de companheiros de equipe. Com isto percebo que a resposta para a questão da tristeza por ver o mal prevalecer e da culpa por se sentir inerte é o sepultamento e renascimento diário com o Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto. João 12:24 Assim como a palavra de Deus é uma semente plantada em nosso coração, nossa vida também é uma semente plantada no solo do mundo, que deve crescer e dar fruto, gerando mais sementes e assim, proporcionando o
  • 3. crescimento do reino de Deus. Mas se a semente não morrer e germinar, ela apodrece. Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho. Filipenses 1:21 Este é outro ponto crucial. A prioridade da vida cristã não é ser abençoado e sim, abençoar todos os que for possível com o que Cristo nos dá. Se vivemos para Cristo, a morte não nos assustará. Nosso único medo será ver as pessoas se perderem, morrendo sem Cristo. Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor. 2 Coríntios 3:18 Somente esta constância diária pode nos manter sempre rumo ao alvo. Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Romanos 10:8-9 Confessar ao Senhor Jesus é algo que pode até ser feito superficialmente e enganar aos homens, mas crer é algo impossível de falsificar. Deus conhece os pensamentos do homem mais do que o próprio homem, e não é possível enganar o criador. Se realmente cremos na ressurreição, então não temos o que temer. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8:38-39