SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
GESTÃO DE PESSOAS 
SORRISO- MT 2013
Trabalho apresentado para a avaliação da disciplina de Gestão de Pessoas do 
curso de Administração, administrada pelo professor ESP: Jazon Pereira. 
Pelo Acadêmico (a): Juliézia Moreira de Bessa 
SORRISO-MT 24 de setembro de 2013
James C. Hunter 
É um consultor-chefe da empresam J.D.HUNTER Associats, LLC, uma 
empresa estadunidense de consultoria de trabalho e treinamento, fundada em 
1985. Lastreado nos anos de sua experiência profissional, Hunter, alem de 
consultor, tornou-se também instrutor e palestrante, principalmente na área de 
liderança funcional e organização de grupos comunitários. 
Atualmente ele mora em Michigan (EUA) com esposa e filha.
COMO 
SE TORNAR UM LIDER SERVIDOR 
OS PRINCIPIOS DE LIDERANÇA DE 
O MONGE E O EXECUTIVO
Informações sobre o livro 
De acordo com James C. Hunter o livro tem dois objetivos: 
1- Objetivo é compilar de maneira simples, concisa e clara os princípios de 
liderança servidora apresentados em seu livro anterior. 
2- É proporcionar um guia que facilite a aplicação desses princípios em sua 
vida e no trabalho . 
Este livro mostra que o desenvolvimento de liderança e a construção do 
caráter são a mesma coisa, ambos exigem mudanças. Os princípios da 
liderança servidora podem ser aprendidos e aplicados por quem tem a 
vontade e a intenção de mudar, crescer e melhorar. 
Como se tornar um líder servidor apresenta aplicações praticas do 
conceito de liderança servidora, já detalhada no livro “O MONGE E O 
EXECUTIVO”. E traz ainda ensinamentos sobre como funcionam as 
empresas bem sucedidas à busca do profissional com o perfil ideal, os 
planos de renumeração por resultados, as maneiras de tornar mais 
desafiador as avaliações de lideranças e os treinamentos eficientes. 
James C. Hunter defende a tese de que os lideres devem ter caráter, uma 
base espiritual muito forte e a consciência de que liderança não é poder e 
sim autoridade, conquistada com amor, dedicação, e respeito pelas 
pessoas. 
O autor mostra que é preciso praticar diariamente as habilidades da 
liderança servidora para que elas se tornem um habito. Basta se engajar 
em um processo de melhoria continua , aceitar feedback de seus 
subordinados e estar dispostos a assumir os riscos para eliminar a 
distancia entre o que você precisa mudar para se tornar um líder realmente 
eficaz.
Capitulo 01 
Ele começa mostrando que todas as empresas têm o CHUCHY, e que 
nós passamos todo o tempo tentando silenciar os nossos CHUCHYS 
pessoais. 
A maioria dos problemas nas empresas começa pela liderança, elas 
estão mais interessadas nas opiniões que vão causar do que cuidar, zelar, 
amar, dividir instruir e liderar as pessoas. 
Para termos sucesso no nosso propósito, temos que conhecer a 
diferença entre líder e gerente, só assim conseguiremos trabalhar com as 
pessoas por mais tempo. 
Gerente; Em geral, autoritário e centralizador, acredita erroneamente 
que tem todas as respostas, resolve todos os problemas e consegue que 
as pessoas fiquem do seu lado por medo. 
Líder; Conquista pessoas, envolve-as de forma que coloquem seu 
coração, mente espírito, criatividade e exelencia a serviço de um objetivo. 
“Liderança não é ser chefe, um bom profissional não quer dizer que é um 
bom líder”. 
Você já nasce líder, cabe a você escolher ser um bom líder ou se vai 
ser gerente. O gerente a responsabilidade dele é maior, a imagem é mais 
dura sem falar que chega só no final do caminho para colher os resultados, 
os poucos aliados foram intimidados. 
O líder pode ser pai, mãe, pastor, treinador, professor e etc. A imagem é 
positiva seus seguidores sente orgulho e no final o líder esta ao lado de 
pessoas que não são só seguidores, mas também parceiros. 
Um bom líder leva você a fazer coisas boas, desenvolver os bons 
sentimentos, ampliar a criatividade, o líder trabalha com o caráter e em 
cima de seu caráter, nos da escolha, opções, estímulos. 
O líder sempre deixa sua marca, cabe a nos procura e saber conhecê. 
Capitulo 02 
As duas coisas que é certa é a morte e as opções (escolhas). Hoje a 
vida que você leva depende das suas escolhas, só de não escolher é uma 
escolha. 
Uma de nossa escolha é entre o poder ou a autoridade, pois não 
podemos ter os dois. 
Poder é a capacidade de obrigar, por causa da sua posição ou força, os 
outros a obedecerem a sua vontade, mesmo que eles preferissem não o
fazer. Autoridade muito diferente de poder, já que ela envolve a 
habilidade de levar os outros a fazerem de bom grado, sua vontade. 
Nas empresas o poder funciona, os gerentes conseguem as coisas na 
base da imposição. Mas o poder ele cresce sempre e à medida que cresce 
destrói o relacionamento. 
O relacionamento é à base de todas as empresas com os funcionários, 
colegas sócios filho conjugue e principalmente com clientes. Sem eles não há 
negocio 
Não é de hoje o estilo de liderança baseada no poder, vêm a milhares de 
anos. 
Um exemplo as grandes pirâmides do Egito. 
Hoje esse método de liderança esta aplicado em lares familiares: pai no 
topo, mãe no meio e as crianças na base. 
O poder ele nem sempre é descartável, às vezes você precisa para atender as 
necessidades de um individuo ou da organização. Mas na questão de liderança 
tenha autoridade e não poder. 
Capitulo 03 
Começa apontando Jesus Cristo como o maior líder de todos os tempos. 
E ainda é, pela influencia, e mostrou a essência, o verdadeiro significado de 
liderança. 
“Para ser líder primeiro precisa servir” 
“Quando o discípulo esta pronto o mestre chega” 
Quando nós sacrificamos e servimos os outros, estamos desenvolvendo 
autoridade e em consequência influenciamos as pessoas. Qualquer pessoa 
pode servir e liderar, se servimos os outros, temos de perdoar, pedir desculpas, 
e dar uma segunda chance mesmo se não sentimos a vontade para isso. 
“Não precise esperar o momento certo, o momento é você que faz, não 
podemos ser egoísta, agir como crianças de dois anos “eu primeiro”, o certo” 
você primeiro “ e “ nós fazemos” . 
Quer ser grande líder, observe , espelhe nos grandiosos de antes;
Gandhi, Madre Teresa e principalmente Jesus Cristo, que mesmo com toda 
aquela gloria, foi humilde e pensou sempre em primeiro lugar nos outros. 
Capitulo 04 
Ele introduz o conceito do amor na liderança, amor à família, aos 
funcionários, a organização e principalmente amor ao que faz amor a sua 
profissão. 
O amor não é só você dizer “eu amo” tem que demonstrar, com gesto 
atitudes, palavras , se ama mostre ,provem. Quando se é líder, o amor dentro 
da liderança se encaixa com em um casamento, por exemplo; 
“O amor é paciente, o amor é gentil, não é pomposo e arrogante 
(humilde), não age de maneira inconveniente (respeitoso), não procura seu 
próprio interesse (altruísta), não se regozija na injustiça, mas na verdade 
(honesto) suporta todas as coisas, nunca falta (dedicado).” 
Se você é líder tem que ser gentil , pois é através da gentileza que 
aprecia, encoraja os outros. Ser gentil, mas também é preciso ser humilde, pois 
o amor é companheiro da humildade. E você precisa dos dois para tomar 
decisões certas . Lideres humilde não quer dizer inferior, menos capacitado, ao 
contrario ele pode não saber tudo, mas é humilde o bastante para admitir, 
estudar, buscar novas informações e se garante. 
Mesmo na liderança o líder é capaz de respeitar, dividir, pois o líder ele 
não ganhou esse respeito pela posição ele conquistou esse respeito. O líder 
altruísta coloca as necessidades dos outros acima das suas. Abre mão do seu 
momento por um minuto feliz do funcionário. 
Líder tem que saber pedir perdão, se erra reconheça e pede perdão, se 
não errou chama o funcionário conversa faz um acordo . Pedir perdão não é 
demonstração de fraqueza ao é de corajem. O líder precisa ser honesto, e 
garantir um ambiente de trabalho o mais honesto possível. O método de evitar 
os grupos destrutivos das empresas e garantir um local melhor é o líder 
conhecer, interagir com os seus funcionários. 
Liderança precisa gostar do que faz ai sim você vai ter compromisso 
com a organização, pessoas, trabalho etc. Começa agir espontaneamente, 
procura fazer as coisas de que gosta, não faz só por que prometeu. Trabalhe, 
crie por prazer e não por obrigação. 
“SEJA FIEL AS SUAS ESCOLHAS”
Capitulo 05 
Começa citando um dos casos que resolveu e serviu de inspiração para 
o seu livro. 
Que é o fato das pessoas serem educadas e amáveis, só com quem ele se 
julgue importantes. As pessoas não se dão ao trabalho de escutar os seus 
funcionários, por achar que eles não são importantes. 
Às vezes na organização a questão da responsabilidade é dividida 
desonesta e desigual , é dada muita para uma pessoa com capacidade para 
pouca e vice-versa . Com isso não favorecemos ninguém a não sermos nós 
mesmos. 
Disciplinar é conhecer os seus funcionários, qual o cargo se encaixa 
melhor, onde tem mais dificuldade, e apoia-los, eliminando-as dificuldades 
deles. 
Líder precisa saber hora de chamar atenção, hora de relaxar, hora de 
dar bronca e hora de descontrair, hora de ser profissional, e hora de se colega 
para sair juntos. 
O líder ele conhece e age no seu tempo. 
Capitulo 06 
O modo como nos exercitamos, e usamos a nossa natureza humana é-nos 
que escolhemos como será se vai ser em beneficio do bem ou em 
beneficio do mal, pois assim que nascemos foi nos dado o direito ao Livio 
arbítrio. Temos também o senso comum, que nos faz pensar antes de agir se 
desenvolvido muito tempo esse “músculo moral” alcançaremos a sastifaçao 
imediata. O músculo moral também conhecido como caráter. 
Capitulo 07 
Caráter é uma palavra que tem recebido muita atenção nos últimos 
anos. 
Há quem sugira que o caráter pessoal não tem nada a ver com 
liderança. Mas uma das características para se ter uma boa liderança é ter 
personalidade, que é a mascara que usamos para o mundo ver. Ela pode ser 
falsa ou verdadeira, se for verdadeira vem acompanhada do caráter, que é a 
firmeza moral de uma pessoa, portanto é o sinal visível de sua natureza 
inferior. E o que somos por baixo de nossa personalidade (mascara).
A cada dia que passa ele cresce ao contrario da personalidade que se 
forma na infância, o caráter cresce e desenvolve a nossa força moral, ética, 
comportamento, valores, princípios adequados. Os bons e maus hábitos 
formam o nosso caráter, que são fortemente influenciados tanto pela 
hereditariedade quanto pelo ambiente. Influenciados, sim, determinados, não. 
O caráter é basicamente a soma total de nossos hábitos, virtudes, vicios 
. E saber o que é certo e o errado, fazer o bem e evitar fazer o mal, nos 
tornarmos justos e praticarmos atos justos, resumindo caráter são questão de 
escolha, basicamente a escolha certa. 
O caráter era construído tendo como base a metáfora do banco de três pernas. 
Uma perna representava o lar, onde as crianças aprendiam conceitos 
morais ao longo de anos de disciplinas afetuosas. A segunda e terceira perna 
representa a escola e a comunidade, onde se esperava dos estudantes e 
membros os mais altos padrões de comportamento. 
As opções que fazemos no dia a dia não apenas determinam o que somos 
hoje mas também o que vamos ser amanha. 
Capitulo 08 
Poucos consideram a liderança como uma habilidade que precisa ser 
aprendida, desenvolvida e refinada ao longo do tempo. Você pode aprender 
sobre liderança por meio de leitura de um livro, participando de seminário ou 
assistindo a um videoteipe. 
A boa noticia sobre o desenvolvimento da inteligência emocional 
(caráter) dos seres humanos é que ela não é fixada geneticamente, como o 
QI, que muda pouco depois da adolescência. 
A ma noticia é que precisamos fazer um grande esforço para romper 
hábitos antigos e substituí-los por novos. 
Quando qualidades de caráter são incentivadas no local de trabalho e as 
pessoas tem a oportunidade de coloca-las em praticas, os efeitos espalham-se 
por toda sociedade. O objetivo não é ser perfeito afinal ninguém consegue o 
tempo todo. É fundamental permanecer empenhado e confiante, pois o objetivo 
é se mantiver em movimento. 
Portanto esqueça a perfeição, nossa sociedade é exigente com os 
lideres, mas é da natureza humana errar, causar decepções, recuar sentir 
medo, avançar novamente. Tudo isso faz parte é do nosso instintito de 
sobrevivência.
Capitulo 09 
A motivação é um componente importante da liderança. Toda ação cria 
uma ação, ações impulsionadas pelas consequências, cria se uma reação. 
A verdadeira motivação consiste em manter a pessoa entusiasmada 
querendo agir, dar o melhor de si a equipe. Motivar é influenciar e inspirar a 
ação. Não é só o dinheiro, benefícios, presentes, e etc. Que motiva as pessoas 
é gostar do que faz poder compartilhar suas alegrias, sonhos, pesares, 
preocupações, e você sentir seguro no ambiente de trabalho, ter alto estima 
etc. 
Os seres humanos tem um profundo anseio por significado e propósito 
em sua vida, e retribuição a quem os ajuda a conseguir essa necessidade. 
Essa necessidade é a maior motivação do homem. 
O líder precisa assumir esse lado “missionário” e mostrar os valores da 
empresa, o que ela preza o que ela tenta realizar e a quem serve. Como 
lideres, temos a responsabilidade de providenciar um ambiente saudável para 
os nossos funcionários. Respeite o seu pessoal, faça um elogio sincero e 
especifico, saiba a hora certa e como fazer esse elogio. Seja o primeiro a dar 
bom dia, quando chega,, desenvolva habilidade de fazer perguntas, mas não 
perguntas idiotas, inteligentes que motive o pessoal a buscar as respostas. 
As pessoas querem fazer parte de uma empresa de que posam se 
orgulhar, em que os padrões para admissão e as expectativas cotidianas sejam 
elevadas, e as pessoas fiquem felizes quando vão para casa a noite porque se 
sentem fazendo a coisa certa, o que gosta. 
Constrói um ambiente de trabalho positivo, onde as pessoas podem 
viver e trabalhar sem barreiras e distrações necessárias. Sem diferenciais 
sociais, políticas, étnicas, raciais e outras, superam pelo um objetivo maior. 
Ensina pelo exemplo, corrija o errado, elogia o certo. 
Motiva a si mesmo sempre, pois a verdadeira motivação vem de dentro 
para fora, depois motive seus companheiros, colegas, parceiros etc. 
.
liderança
liderança

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho motivação e liderança lp
Trabalho motivação e liderança lpTrabalho motivação e liderança lp
Trabalho motivação e liderança lp
parrinha1
 
Eduardo alves o monge e o executivo paper
Eduardo alves o monge e o executivo paperEduardo alves o monge e o executivo paper
Eduardo alves o monge e o executivo paper
Eduardo Ribeiro
 
estudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristãestudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristã
Reginaldo Pacheco
 
Liderança e seus princípios
Liderança e seus princípiosLiderança e seus princípios
Liderança e seus princípios
eliasgoncalves
 

Mais procurados (20)

Lideranca
LiderancaLideranca
Lideranca
 
Apostila liderança PGs - 1. Conceitos básicos de liderança
Apostila liderança PGs - 1. Conceitos básicos de liderançaApostila liderança PGs - 1. Conceitos básicos de liderança
Apostila liderança PGs - 1. Conceitos básicos de liderança
 
125564970 resumo-o-monge-e-o-executivo
125564970 resumo-o-monge-e-o-executivo125564970 resumo-o-monge-e-o-executivo
125564970 resumo-o-monge-e-o-executivo
 
Trabalho motivação e liderança lp
Trabalho motivação e liderança lpTrabalho motivação e liderança lp
Trabalho motivação e liderança lp
 
O Líder servidor II - A essência da liderança na prática
O Líder servidor II - A essência da liderança na práticaO Líder servidor II - A essência da liderança na prática
O Líder servidor II - A essência da liderança na prática
 
Apresentação do tema motivação da equipe
Apresentação do tema motivação da equipeApresentação do tema motivação da equipe
Apresentação do tema motivação da equipe
 
O monge e o executivo
O monge e o executivo O monge e o executivo
O monge e o executivo
 
Formação de valores e ética - Aula 1
Formação de valores e ética - Aula 1Formação de valores e ética - Aula 1
Formação de valores e ética - Aula 1
 
Resumo Livro - O Monge e o Executivo
Resumo Livro - O Monge e o ExecutivoResumo Livro - O Monge e o Executivo
Resumo Livro - O Monge e o Executivo
 
Eduardo alves o monge e o executivo paper
Eduardo alves o monge e o executivo paperEduardo alves o monge e o executivo paper
Eduardo alves o monge e o executivo paper
 
Resumo do livro - O monge e o executivo - uma história sobre a essência da li...
Resumo do livro - O monge e o executivo - uma história sobre a essência da li...Resumo do livro - O monge e o executivo - uma história sobre a essência da li...
Resumo do livro - O monge e o executivo - uma história sobre a essência da li...
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
 
Palestra motivacional 3
Palestra motivacional 3Palestra motivacional 3
Palestra motivacional 3
 
FAÇA O QUE TE MANDO, NÃO FAÇA O QUE FAÇO. Aprendendo com os erros de líderanç...
FAÇA O QUE TE MANDO, NÃO FAÇA O QUE FAÇO. Aprendendo com os erros de líderanç...FAÇA O QUE TE MANDO, NÃO FAÇA O QUE FAÇO. Aprendendo com os erros de líderanç...
FAÇA O QUE TE MANDO, NÃO FAÇA O QUE FAÇO. Aprendendo com os erros de líderanç...
 
Lições de liderança - O monge e o executivo
Lições de liderança - O monge e o executivoLições de liderança - O monge e o executivo
Lições de liderança - O monge e o executivo
 
Cultura organizacional
Cultura organizacionalCultura organizacional
Cultura organizacional
 
estudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristãestudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristã
 
Para obter mais feedback, seja mais receptível aos comentários
Para obter mais feedback, seja mais receptível aos comentáriosPara obter mais feedback, seja mais receptível aos comentários
Para obter mais feedback, seja mais receptível aos comentários
 
Liderança e seus princípios
Liderança e seus princípiosLiderança e seus princípios
Liderança e seus princípios
 
Princípios da Motivação no Trabalho
Princípios da Motivação no TrabalhoPrincípios da Motivação no Trabalho
Princípios da Motivação no Trabalho
 

Semelhante a liderança

Slides sobre liderança e gestão de pessoas
Slides sobre liderança e gestão de pessoasSlides sobre liderança e gestão de pessoas
Slides sobre liderança e gestão de pessoas
PaulaSandoval55
 
2012 03-07 - harvard business school - lidando com seu chefe incompetente
2012 03-07 - harvard business school - lidando com seu chefe incompetente2012 03-07 - harvard business school - lidando com seu chefe incompetente
2012 03-07 - harvard business school - lidando com seu chefe incompetente
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Aula 20 desenvolvendo a arte de administrar
Aula 20   desenvolvendo a arte de administrarAula 20   desenvolvendo a arte de administrar
Aula 20 desenvolvendo a arte de administrar
Luiz Siles
 
A23 paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
A23   paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipeA23   paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
A23 paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
Marcelo Krug
 
A23 paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
A23   paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipeA23   paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
A23 paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
BIBrasil
 
Fala do trabalho de comunicacao
Fala do trabalho de comunicacaoFala do trabalho de comunicacao
Fala do trabalho de comunicacao
Rafael Sena
 

Semelhante a liderança (20)

A essência da liderança.pptx
A essência da liderança.pptxA essência da liderança.pptx
A essência da liderança.pptx
 
Slides sobre liderança e gestão de pessoas
Slides sobre liderança e gestão de pessoasSlides sobre liderança e gestão de pessoas
Slides sobre liderança e gestão de pessoas
 
Lideranca 120402214620-phpapp01
Lideranca 120402214620-phpapp01Lideranca 120402214620-phpapp01
Lideranca 120402214620-phpapp01
 
2012 03-07 - harvard business school - lidando com seu chefe incompetente
2012 03-07 - harvard business school - lidando com seu chefe incompetente2012 03-07 - harvard business school - lidando com seu chefe incompetente
2012 03-07 - harvard business school - lidando com seu chefe incompetente
 
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
 
Uma historia sobre_a_essencia_da__lideranca
Uma historia sobre_a_essencia_da__liderancaUma historia sobre_a_essencia_da__lideranca
Uma historia sobre_a_essencia_da__lideranca
 
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
 
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
 
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
 
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
 
Definições
DefiniçõesDefinições
Definições
 
Pnt04
Pnt04Pnt04
Pnt04
 
Aula 20 desenvolvendo a arte de administrar
Aula 20   desenvolvendo a arte de administrarAula 20   desenvolvendo a arte de administrar
Aula 20 desenvolvendo a arte de administrar
 
Desenvolvendo a Liderança
Desenvolvendo a LiderançaDesenvolvendo a Liderança
Desenvolvendo a Liderança
 
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potxLider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
 
Lider-Liderança- Espírita
Lider-Liderança- Espírita Lider-Liderança- Espírita
Lider-Liderança- Espírita
 
A23 paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
A23   paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipeA23   paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
A23 paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
 
A23 paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
A23   paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipeA23   paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
A23 paper - perfil business intelligence - é impossível motivar a equipe
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Fala do trabalho de comunicacao
Fala do trabalho de comunicacaoFala do trabalho de comunicacao
Fala do trabalho de comunicacao
 

Mais de Universidade Unesa

Liderana gesto-de-equipes-1-passo-como-ser-lder-120404292235259-4
Liderana gesto-de-equipes-1-passo-como-ser-lder-120404292235259-4Liderana gesto-de-equipes-1-passo-como-ser-lder-120404292235259-4
Liderana gesto-de-equipes-1-passo-como-ser-lder-120404292235259-4
Universidade Unesa
 
Lideranaeseusprincpios 100727210641-phpapp02
Lideranaeseusprincpios 100727210641-phpapp02Lideranaeseusprincpios 100727210641-phpapp02
Lideranaeseusprincpios 100727210641-phpapp02
Universidade Unesa
 
Lideranaemotivao 140203114643-phpapp02
Lideranaemotivao 140203114643-phpapp02Lideranaemotivao 140203114643-phpapp02
Lideranaemotivao 140203114643-phpapp02
Universidade Unesa
 
Liderana 1210184941713462-8 (1)
Liderana 1210184941713462-8 (1)Liderana 1210184941713462-8 (1)
Liderana 1210184941713462-8 (1)
Universidade Unesa
 
Liderana 140316043242-phpapp02
Liderana 140316043242-phpapp02Liderana 140316043242-phpapp02
Liderana 140316043242-phpapp02
Universidade Unesa
 

Mais de Universidade Unesa (16)

Manual de interpretação e aplicação da nr 10
Manual de interpretação e aplicação da nr 10Manual de interpretação e aplicação da nr 10
Manual de interpretação e aplicação da nr 10
 
Lideranca
LiderancaLideranca
Lideranca
 
Liderança 01
Liderança 01Liderança 01
Liderança 01
 
Liderana o-caminho-para-o-sucesso-1222751372562725-8
Liderana o-caminho-para-o-sucesso-1222751372562725-8Liderana o-caminho-para-o-sucesso-1222751372562725-8
Liderana o-caminho-para-o-sucesso-1222751372562725-8
 
Liderana gesto-de-equipes-1-passo-como-ser-lder-120404292235259-4
Liderana gesto-de-equipes-1-passo-como-ser-lder-120404292235259-4Liderana gesto-de-equipes-1-passo-como-ser-lder-120404292235259-4
Liderana gesto-de-equipes-1-passo-como-ser-lder-120404292235259-4
 
Lideranaeseusprincpios 100727210641-phpapp02
Lideranaeseusprincpios 100727210641-phpapp02Lideranaeseusprincpios 100727210641-phpapp02
Lideranaeseusprincpios 100727210641-phpapp02
 
Lideranaemotivao 140203114643-phpapp02
Lideranaemotivao 140203114643-phpapp02Lideranaemotivao 140203114643-phpapp02
Lideranaemotivao 140203114643-phpapp02
 
Liderana 1210184941713462-8
Liderana 1210184941713462-8Liderana 1210184941713462-8
Liderana 1210184941713462-8
 
Liderana 1210184941713462-8 (1)
Liderana 1210184941713462-8 (1)Liderana 1210184941713462-8 (1)
Liderana 1210184941713462-8 (1)
 
Liderana 140316043242-phpapp02
Liderana 140316043242-phpapp02Liderana 140316043242-phpapp02
Liderana 140316043242-phpapp02
 
Liderana 120517174738-phpapp01
Liderana 120517174738-phpapp01Liderana 120517174738-phpapp01
Liderana 120517174738-phpapp01
 
Liderana 120517174738-phpapp01 (1)
Liderana 120517174738-phpapp01 (1)Liderana 120517174738-phpapp01 (1)
Liderana 120517174738-phpapp01 (1)
 
Liderana 120214132210-phpapp02
Liderana 120214132210-phpapp02Liderana 120214132210-phpapp02
Liderana 120214132210-phpapp02
 
Guia nr 33 mte
Guia nr 33 mteGuia nr 33 mte
Guia nr 33 mte
 
liderança
liderançaliderança
liderança
 
Fundação cesgranrio
Fundação cesgranrioFundação cesgranrio
Fundação cesgranrio
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 

liderança

  • 1. GESTÃO DE PESSOAS SORRISO- MT 2013
  • 2. Trabalho apresentado para a avaliação da disciplina de Gestão de Pessoas do curso de Administração, administrada pelo professor ESP: Jazon Pereira. Pelo Acadêmico (a): Juliézia Moreira de Bessa SORRISO-MT 24 de setembro de 2013
  • 3. James C. Hunter É um consultor-chefe da empresam J.D.HUNTER Associats, LLC, uma empresa estadunidense de consultoria de trabalho e treinamento, fundada em 1985. Lastreado nos anos de sua experiência profissional, Hunter, alem de consultor, tornou-se também instrutor e palestrante, principalmente na área de liderança funcional e organização de grupos comunitários. Atualmente ele mora em Michigan (EUA) com esposa e filha.
  • 4. COMO SE TORNAR UM LIDER SERVIDOR OS PRINCIPIOS DE LIDERANÇA DE O MONGE E O EXECUTIVO
  • 5. Informações sobre o livro De acordo com James C. Hunter o livro tem dois objetivos: 1- Objetivo é compilar de maneira simples, concisa e clara os princípios de liderança servidora apresentados em seu livro anterior. 2- É proporcionar um guia que facilite a aplicação desses princípios em sua vida e no trabalho . Este livro mostra que o desenvolvimento de liderança e a construção do caráter são a mesma coisa, ambos exigem mudanças. Os princípios da liderança servidora podem ser aprendidos e aplicados por quem tem a vontade e a intenção de mudar, crescer e melhorar. Como se tornar um líder servidor apresenta aplicações praticas do conceito de liderança servidora, já detalhada no livro “O MONGE E O EXECUTIVO”. E traz ainda ensinamentos sobre como funcionam as empresas bem sucedidas à busca do profissional com o perfil ideal, os planos de renumeração por resultados, as maneiras de tornar mais desafiador as avaliações de lideranças e os treinamentos eficientes. James C. Hunter defende a tese de que os lideres devem ter caráter, uma base espiritual muito forte e a consciência de que liderança não é poder e sim autoridade, conquistada com amor, dedicação, e respeito pelas pessoas. O autor mostra que é preciso praticar diariamente as habilidades da liderança servidora para que elas se tornem um habito. Basta se engajar em um processo de melhoria continua , aceitar feedback de seus subordinados e estar dispostos a assumir os riscos para eliminar a distancia entre o que você precisa mudar para se tornar um líder realmente eficaz.
  • 6. Capitulo 01 Ele começa mostrando que todas as empresas têm o CHUCHY, e que nós passamos todo o tempo tentando silenciar os nossos CHUCHYS pessoais. A maioria dos problemas nas empresas começa pela liderança, elas estão mais interessadas nas opiniões que vão causar do que cuidar, zelar, amar, dividir instruir e liderar as pessoas. Para termos sucesso no nosso propósito, temos que conhecer a diferença entre líder e gerente, só assim conseguiremos trabalhar com as pessoas por mais tempo. Gerente; Em geral, autoritário e centralizador, acredita erroneamente que tem todas as respostas, resolve todos os problemas e consegue que as pessoas fiquem do seu lado por medo. Líder; Conquista pessoas, envolve-as de forma que coloquem seu coração, mente espírito, criatividade e exelencia a serviço de um objetivo. “Liderança não é ser chefe, um bom profissional não quer dizer que é um bom líder”. Você já nasce líder, cabe a você escolher ser um bom líder ou se vai ser gerente. O gerente a responsabilidade dele é maior, a imagem é mais dura sem falar que chega só no final do caminho para colher os resultados, os poucos aliados foram intimidados. O líder pode ser pai, mãe, pastor, treinador, professor e etc. A imagem é positiva seus seguidores sente orgulho e no final o líder esta ao lado de pessoas que não são só seguidores, mas também parceiros. Um bom líder leva você a fazer coisas boas, desenvolver os bons sentimentos, ampliar a criatividade, o líder trabalha com o caráter e em cima de seu caráter, nos da escolha, opções, estímulos. O líder sempre deixa sua marca, cabe a nos procura e saber conhecê. Capitulo 02 As duas coisas que é certa é a morte e as opções (escolhas). Hoje a vida que você leva depende das suas escolhas, só de não escolher é uma escolha. Uma de nossa escolha é entre o poder ou a autoridade, pois não podemos ter os dois. Poder é a capacidade de obrigar, por causa da sua posição ou força, os outros a obedecerem a sua vontade, mesmo que eles preferissem não o
  • 7. fazer. Autoridade muito diferente de poder, já que ela envolve a habilidade de levar os outros a fazerem de bom grado, sua vontade. Nas empresas o poder funciona, os gerentes conseguem as coisas na base da imposição. Mas o poder ele cresce sempre e à medida que cresce destrói o relacionamento. O relacionamento é à base de todas as empresas com os funcionários, colegas sócios filho conjugue e principalmente com clientes. Sem eles não há negocio Não é de hoje o estilo de liderança baseada no poder, vêm a milhares de anos. Um exemplo as grandes pirâmides do Egito. Hoje esse método de liderança esta aplicado em lares familiares: pai no topo, mãe no meio e as crianças na base. O poder ele nem sempre é descartável, às vezes você precisa para atender as necessidades de um individuo ou da organização. Mas na questão de liderança tenha autoridade e não poder. Capitulo 03 Começa apontando Jesus Cristo como o maior líder de todos os tempos. E ainda é, pela influencia, e mostrou a essência, o verdadeiro significado de liderança. “Para ser líder primeiro precisa servir” “Quando o discípulo esta pronto o mestre chega” Quando nós sacrificamos e servimos os outros, estamos desenvolvendo autoridade e em consequência influenciamos as pessoas. Qualquer pessoa pode servir e liderar, se servimos os outros, temos de perdoar, pedir desculpas, e dar uma segunda chance mesmo se não sentimos a vontade para isso. “Não precise esperar o momento certo, o momento é você que faz, não podemos ser egoísta, agir como crianças de dois anos “eu primeiro”, o certo” você primeiro “ e “ nós fazemos” . Quer ser grande líder, observe , espelhe nos grandiosos de antes;
  • 8. Gandhi, Madre Teresa e principalmente Jesus Cristo, que mesmo com toda aquela gloria, foi humilde e pensou sempre em primeiro lugar nos outros. Capitulo 04 Ele introduz o conceito do amor na liderança, amor à família, aos funcionários, a organização e principalmente amor ao que faz amor a sua profissão. O amor não é só você dizer “eu amo” tem que demonstrar, com gesto atitudes, palavras , se ama mostre ,provem. Quando se é líder, o amor dentro da liderança se encaixa com em um casamento, por exemplo; “O amor é paciente, o amor é gentil, não é pomposo e arrogante (humilde), não age de maneira inconveniente (respeitoso), não procura seu próprio interesse (altruísta), não se regozija na injustiça, mas na verdade (honesto) suporta todas as coisas, nunca falta (dedicado).” Se você é líder tem que ser gentil , pois é através da gentileza que aprecia, encoraja os outros. Ser gentil, mas também é preciso ser humilde, pois o amor é companheiro da humildade. E você precisa dos dois para tomar decisões certas . Lideres humilde não quer dizer inferior, menos capacitado, ao contrario ele pode não saber tudo, mas é humilde o bastante para admitir, estudar, buscar novas informações e se garante. Mesmo na liderança o líder é capaz de respeitar, dividir, pois o líder ele não ganhou esse respeito pela posição ele conquistou esse respeito. O líder altruísta coloca as necessidades dos outros acima das suas. Abre mão do seu momento por um minuto feliz do funcionário. Líder tem que saber pedir perdão, se erra reconheça e pede perdão, se não errou chama o funcionário conversa faz um acordo . Pedir perdão não é demonstração de fraqueza ao é de corajem. O líder precisa ser honesto, e garantir um ambiente de trabalho o mais honesto possível. O método de evitar os grupos destrutivos das empresas e garantir um local melhor é o líder conhecer, interagir com os seus funcionários. Liderança precisa gostar do que faz ai sim você vai ter compromisso com a organização, pessoas, trabalho etc. Começa agir espontaneamente, procura fazer as coisas de que gosta, não faz só por que prometeu. Trabalhe, crie por prazer e não por obrigação. “SEJA FIEL AS SUAS ESCOLHAS”
  • 9. Capitulo 05 Começa citando um dos casos que resolveu e serviu de inspiração para o seu livro. Que é o fato das pessoas serem educadas e amáveis, só com quem ele se julgue importantes. As pessoas não se dão ao trabalho de escutar os seus funcionários, por achar que eles não são importantes. Às vezes na organização a questão da responsabilidade é dividida desonesta e desigual , é dada muita para uma pessoa com capacidade para pouca e vice-versa . Com isso não favorecemos ninguém a não sermos nós mesmos. Disciplinar é conhecer os seus funcionários, qual o cargo se encaixa melhor, onde tem mais dificuldade, e apoia-los, eliminando-as dificuldades deles. Líder precisa saber hora de chamar atenção, hora de relaxar, hora de dar bronca e hora de descontrair, hora de ser profissional, e hora de se colega para sair juntos. O líder ele conhece e age no seu tempo. Capitulo 06 O modo como nos exercitamos, e usamos a nossa natureza humana é-nos que escolhemos como será se vai ser em beneficio do bem ou em beneficio do mal, pois assim que nascemos foi nos dado o direito ao Livio arbítrio. Temos também o senso comum, que nos faz pensar antes de agir se desenvolvido muito tempo esse “músculo moral” alcançaremos a sastifaçao imediata. O músculo moral também conhecido como caráter. Capitulo 07 Caráter é uma palavra que tem recebido muita atenção nos últimos anos. Há quem sugira que o caráter pessoal não tem nada a ver com liderança. Mas uma das características para se ter uma boa liderança é ter personalidade, que é a mascara que usamos para o mundo ver. Ela pode ser falsa ou verdadeira, se for verdadeira vem acompanhada do caráter, que é a firmeza moral de uma pessoa, portanto é o sinal visível de sua natureza inferior. E o que somos por baixo de nossa personalidade (mascara).
  • 10. A cada dia que passa ele cresce ao contrario da personalidade que se forma na infância, o caráter cresce e desenvolve a nossa força moral, ética, comportamento, valores, princípios adequados. Os bons e maus hábitos formam o nosso caráter, que são fortemente influenciados tanto pela hereditariedade quanto pelo ambiente. Influenciados, sim, determinados, não. O caráter é basicamente a soma total de nossos hábitos, virtudes, vicios . E saber o que é certo e o errado, fazer o bem e evitar fazer o mal, nos tornarmos justos e praticarmos atos justos, resumindo caráter são questão de escolha, basicamente a escolha certa. O caráter era construído tendo como base a metáfora do banco de três pernas. Uma perna representava o lar, onde as crianças aprendiam conceitos morais ao longo de anos de disciplinas afetuosas. A segunda e terceira perna representa a escola e a comunidade, onde se esperava dos estudantes e membros os mais altos padrões de comportamento. As opções que fazemos no dia a dia não apenas determinam o que somos hoje mas também o que vamos ser amanha. Capitulo 08 Poucos consideram a liderança como uma habilidade que precisa ser aprendida, desenvolvida e refinada ao longo do tempo. Você pode aprender sobre liderança por meio de leitura de um livro, participando de seminário ou assistindo a um videoteipe. A boa noticia sobre o desenvolvimento da inteligência emocional (caráter) dos seres humanos é que ela não é fixada geneticamente, como o QI, que muda pouco depois da adolescência. A ma noticia é que precisamos fazer um grande esforço para romper hábitos antigos e substituí-los por novos. Quando qualidades de caráter são incentivadas no local de trabalho e as pessoas tem a oportunidade de coloca-las em praticas, os efeitos espalham-se por toda sociedade. O objetivo não é ser perfeito afinal ninguém consegue o tempo todo. É fundamental permanecer empenhado e confiante, pois o objetivo é se mantiver em movimento. Portanto esqueça a perfeição, nossa sociedade é exigente com os lideres, mas é da natureza humana errar, causar decepções, recuar sentir medo, avançar novamente. Tudo isso faz parte é do nosso instintito de sobrevivência.
  • 11. Capitulo 09 A motivação é um componente importante da liderança. Toda ação cria uma ação, ações impulsionadas pelas consequências, cria se uma reação. A verdadeira motivação consiste em manter a pessoa entusiasmada querendo agir, dar o melhor de si a equipe. Motivar é influenciar e inspirar a ação. Não é só o dinheiro, benefícios, presentes, e etc. Que motiva as pessoas é gostar do que faz poder compartilhar suas alegrias, sonhos, pesares, preocupações, e você sentir seguro no ambiente de trabalho, ter alto estima etc. Os seres humanos tem um profundo anseio por significado e propósito em sua vida, e retribuição a quem os ajuda a conseguir essa necessidade. Essa necessidade é a maior motivação do homem. O líder precisa assumir esse lado “missionário” e mostrar os valores da empresa, o que ela preza o que ela tenta realizar e a quem serve. Como lideres, temos a responsabilidade de providenciar um ambiente saudável para os nossos funcionários. Respeite o seu pessoal, faça um elogio sincero e especifico, saiba a hora certa e como fazer esse elogio. Seja o primeiro a dar bom dia, quando chega,, desenvolva habilidade de fazer perguntas, mas não perguntas idiotas, inteligentes que motive o pessoal a buscar as respostas. As pessoas querem fazer parte de uma empresa de que posam se orgulhar, em que os padrões para admissão e as expectativas cotidianas sejam elevadas, e as pessoas fiquem felizes quando vão para casa a noite porque se sentem fazendo a coisa certa, o que gosta. Constrói um ambiente de trabalho positivo, onde as pessoas podem viver e trabalhar sem barreiras e distrações necessárias. Sem diferenciais sociais, políticas, étnicas, raciais e outras, superam pelo um objetivo maior. Ensina pelo exemplo, corrija o errado, elogia o certo. Motiva a si mesmo sempre, pois a verdadeira motivação vem de dentro para fora, depois motive seus companheiros, colegas, parceiros etc. .