As estrelas

208 visualizações

Publicada em

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
208
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As estrelas

  1. 1.  Uma estrela é uma grande e luminosa esfera de plasma, mantida íntegra pela gravidade. Ao fim de sua vida, uma estrela pode conter também uma proporção de matéria degenerada. A estrela mais próxima da Terra é o Sol, que é a fonte da maior parte da energia do planeta. Outras estrelas são visíveis da Terra durante a noite, quando não são ofuscadas pela luz do Sol ou bloqueadas por fenômenos atmosféricos. Historicamente, as estrelas mais importantes da esfera celeste foram agrupadas em constelações e asterismos, e as estrelas mais brilhantes ganharam nomes próprios. Extensos catálogos de estrelas foram compostos pelos astrônomos, o que permite a existência de designações padronizadas.
  2. 2.  Estrelas são formadas por nuvens de gás interestelar, que por sua vez são constituídas por poeira e hidrogênio. A baixas temperaturas, átomos desse elemento se combinam para formar moléculas, dando origem a essas nuvens. Quando completa seu desenvolvimento, a estrela lança o material do qual é feita de volta ao espaço interestelar, enriquecendo o meio no qual novos corpos celestes se formarão. Veja o processo de formação no infográfico.
  3. 3.  Anã branca, Anã vermelha, Anã Marrom, Binária Eclipsante, Estrelas binárias, Estrela de nêutrons, Estrela variável , Estrela Gigante Azul, Gigantes Vermelhas, Estrelas Supergigantes,Nebulosa, Nebulosa planetária, Estrelas Supergigantes, Nova, Pulsar, Quasar, Supernova, Variável cefeída
  4. 4.  O Universo é uma espécie de organismo gigante que está sempre em evolução e tudo que existe nele vive passando por constantes transformações. E não é diferente com as majestosas estrelas que, como nós, vivem por um tempo e morrem, em um dos espetáculos mais incríveis e belos que esse Universo nos proporciona.
  5. 5.  Quando pensamos em uma estrela, a primeira coisa que vem à cabeça é aquela bola flamejante, tal como o Sol, que brilha no céu e nos dá toda a energia e luz que precisamos para manter a Terra funcionando, como um planeta capaz de sustentar vida.  Só que aquele fogo tem que vir de algum lugar, afinal nada surge do nada. E como se bem sabe, as estrelas como o Sol não são simples bolas de fogo, elas na verdade são usinas nucleares poderosas, caso contrário seu fogo se apagaria em pouquíssimo tempo.
  6. 6.  Para gerar seu calor e luz, as estrelas usam a gravidade enorme do seu núcleo, que faz os átomos que estão lá, em sua maioria hidrogênio e hélio (os elementos mais leves da tabela periódica), acabem se fundindo devido a pressão. Só que quando dois átomos se fundem, um pedaço de matéria sobra e acaba virando energia pura, assim as estrelas conseguem chegar a enormes temperaturas e queimam por bilhões de anos, usando esse sistema chamado fusão nuclear.
  7. 7.  Conforme os anos vão passando, ou melhor, os bilhões de anos vão passando, as estrelas, cada vez mais fundem materiais mais pesados, pois quando ela funde os mais leves, acaba gerando outros novos, que são mais pesados. Só que chega a um ponto onde a fusão dos materiais torna-se tão poderosa, que a estrela começa a crescer e ficar mais quente, pois a fusão nuclear de materiais pesados é mais forte.  Assim, conforme ela gasta todo seu combustível inicial, a estrela começa a decair, inchando e engolindo, se existirem, os planetas próximos. Até que ela chega a um ponto em que a pressão interna é tão grande, que a gravidade enorme existente nela não é mais o bastante para manter a estrela unida, como um só corpo.
  8. 8.  Depois de passar por diversos estágios, a estrela colapsa, gerando uma explosão gigante, conhecida como supernova, que espalha os mais diversos materiais pela galáxia.  Dessa maneira morrem as estrelas agonizantes, mas essa morte na verdade é um novo início, pois os materiais que elas geraram, os elementos mais pesados, podem se unir e formar planetas.Essa é a vida e a morte de uma estrela.

×