REVITALIZAÇÃO URBANA DO DESATIVADO PORTO MADERO EM BUENOS AIRES, ARGENTINA BIBLIOGRAFIA: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRAND...
PUERTO MADERO 1989, ANTES DA REVITALIZAÇÃO Na maior parte dos casos de abandono do porto, a solução adotada embasou-se na ...
SITUAÇÃO DO PUERTO MADERO APÓS A RECUPERAÇÃO DA ÁREA, EM 2001. A recuperação da utilização do Puerto Madero não só represe...
FOTO AÉREA DA ÁREA DO PUERTO MADERO. LOCALIZAÇÃO EM RELAÇÃO À CIDADE DE BUENOS AIRES
FOTO AÉREA DA ÁREA DO PUERTO MADERO.
PORTO NOVO, CONSTRUÍDO ENTRE 1911 E 1919 .
PROJETOS PARA O PORTO DE BUENOS AIRES NO DECORRER DO SÉCULO XIX. Fonte: Site www.puertomadero.com/historia.cfm.
EVOLUÇÃO URBANA DE BUENOS AIRES AO LONGO DOS SÉCULOS.
PLANOS URBANOS PARA BUENOS AIRES DESDE SUA FUNDAÇÃO ATÉ O SÉCULO XX
ESBOÇOS DE LE CORBUSIER (DE  CIMA PARA BAIXO): MAPA DO CONTINENTE AMERICANO, NO QUAL COMPARA NOVA YORK A BUENOS AIRES; COR...
CROQUI DE LE CORBUSIER RETRATANDO A IMAGEM DA CIDADE DE NEGÓCIOS SOBRE O RIO .
AO LONGO DE VÁRIAS DÉCADAS, COMO VISTO, ORIGINOU-SE VARIADAS PROPOSTAS PARA A ÁREA, MOTIVADAS PELO ALTO INTERESSE DECORRID...
CORTES TRANSVERSAIS DO SETOR – CIDADE RIO: EM TODOS SE EVIDENCIA A DIFERENCIAÇÃO COMPOSITIVA DO TECIDO URBANO, FORMADO POR...
IMPLANTAÇÃO DO PROJETO DE URBANIZAÇÃO PARA O PUERTO MADERO.
DIAGRAMA DE ORGANIZAÇÃO DO PROJETO EM QUATRO DIQUES.
DIAGRAMA DE ZONEAMENTO E EIXOS DE CIRCULAÇÃO.
PLANO MESTRE PARA ARBORIZAÇÃO DO PUERTO MADERO: DIAGRAMA DE ZONEAMENTO E EIXOS DE CIRCULAÇÃO
PLANO DE MASSAS PROPOSTO PELO PLANO MESTRE PARA O PUERTO MADERO.
ESTUDO MORFOLÓGICO DAS EDIFICAÇÕES PROPOSTAS PELO PLANO MESTRE PARA O PUERTO MADERO.
CORTE TRANSVERSAL DO PUERTO MADERO, TRAÇADO NA DIREÇÃO DA CIDADE AO RIO.
VISTA AÉREA DO CONJUNTO PARA O SUL. COMPLEXO ONDE SE INSERE O PROJETO DE NORMAN FOSTER VISTA AÉREA DO CONJUNTO PARA O NORT...
PONTE LA MUJER- SANTIAGO CALATRAVA ANTIGAS EDIFICAÇÕES DA JUNTA NACIONAL DE GRÃOS. PARQUE MUJERES ARGENTINAS MOINHOS DEL P...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação porto madero2

7.241 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.241
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
314
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação porto madero2

  1. 1. REVITALIZAÇÃO URBANA DO DESATIVADO PORTO MADERO EM BUENOS AIRES, ARGENTINA BIBLIOGRAFIA: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ARQUITETURA-DISSERTAÇÃO DE MESTRADO-LUCIANE GIACOMET-ORIENTADORA: CLAUDIA PIANTÁ COSTA CABRAL-PROGRAMA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA-PORTO ALEGRE - 2008
  2. 2. PUERTO MADERO 1989, ANTES DA REVITALIZAÇÃO Na maior parte dos casos de abandono do porto, a solução adotada embasou-se na refuncionalização do espaço, mediante o desenvolvimento de projetos urbanos
  3. 3. SITUAÇÃO DO PUERTO MADERO APÓS A RECUPERAÇÃO DA ÁREA, EM 2001. A recuperação da utilização do Puerto Madero não só representa um exemplo bem-sucedido de revitalização de toda uma área, no caso a portuária, como também constitui a intervenção urbana mais importante das últimas décadas na capital argentina, considerando sua modalidade de gestão e seu real impacto.
  4. 4. FOTO AÉREA DA ÁREA DO PUERTO MADERO. LOCALIZAÇÃO EM RELAÇÃO À CIDADE DE BUENOS AIRES
  5. 5. FOTO AÉREA DA ÁREA DO PUERTO MADERO.
  6. 6. PORTO NOVO, CONSTRUÍDO ENTRE 1911 E 1919 .
  7. 7. PROJETOS PARA O PORTO DE BUENOS AIRES NO DECORRER DO SÉCULO XIX. Fonte: Site www.puertomadero.com/historia.cfm.
  8. 8. EVOLUÇÃO URBANA DE BUENOS AIRES AO LONGO DOS SÉCULOS.
  9. 9. PLANOS URBANOS PARA BUENOS AIRES DESDE SUA FUNDAÇÃO ATÉ O SÉCULO XX
  10. 10. ESBOÇOS DE LE CORBUSIER (DE CIMA PARA BAIXO): MAPA DO CONTINENTE AMERICANO, NO QUAL COMPARA NOVA YORK A BUENOS AIRES; CORTE TRANSVERSAL DA AMÉRICA DO SUL: DESDE A CORDILHEIRA DOS ANDES ATÉ O RIO DA PRATA. ESBOÇOS DE LE CORBUSIER (DE CIMA PARA BAIXO): CORTE TRANSVERSAL DE BUENOS AIRES, MOSTRANDO A RELAÇÃO DA CIDADE COM O RIO; PLANTA BAIXA DA PLATAFORMA DE CONCRETO ARMADO E DA CITTÉ DES AFFAIRES.
  11. 11. CROQUI DE LE CORBUSIER RETRATANDO A IMAGEM DA CIDADE DE NEGÓCIOS SOBRE O RIO .
  12. 12. AO LONGO DE VÁRIAS DÉCADAS, COMO VISTO, ORIGINOU-SE VARIADAS PROPOSTAS PARA A ÁREA, MOTIVADAS PELO ALTO INTERESSE DECORRIDO DA ESTRATÉGICA LOCALIZAÇÃO E PELAS INÚMERAS POSSIBILIDADES OFERECIDAS PELAS PARTICULARES CONDIÇÕES DO ENTORNO. ESTE PROCESSO GEROU UMA SÉRIE DE INTERROGAÇÕES, FINALIZANDO COM A INCORPORAÇÃO JURÍDICA DA PROPRIEDADE, ATRAVÉS DA CRIAÇÃO DA CORPORAÇÃO ANTIGO PUERTO MADERO, CUJO PRINCIPAL OBJETIVO CONSISTIU NA GESTÃO DO DESENVOLVIMENTO DA ÁREA. O PONTO DE PARTIDA PARA A PROMOÇÃO DO CONCURSO SURGIU EM VIRTUDE DAS ALTERNATIVAS DE PROJETO LEVANTADAS ANTERIORMENTE, QUE DERAM ORIGEM A DEBATES PÚBLICOS, COM A PARTICIPAÇÃO DE DISTINTOS ORGANISMOS, SETORES DE OPINIÃO E DA COMUNIDADE. O CONCURSO FOI PROMOVIDO COM O OBJETIVO DE AVALIAR AS ALTERNATIVAS DE DESENVOLVIMENTO URBANÍSTICO PARA A ÁREA DO ANTIGO PUERTO MADERO. ENTRE OS ASSESSORES DO CONCURSO – QUE DEFINIRAM AS BASES E O PROGRAMA INDICATIVO DE NECESSIDADES -, ESTAVAM OS ARQUITETOS PABLO HUBERMAN E JORGE MOSCATO, PELA MUNICIPALIDADE, E HERIBERTO ALLENDE E ODÍLIA SUÁREZ, PELA SOCIEDADE. O CONCURSO TEVE COMO META PRINCIPAL A CAPTAÇÃO PLURAL DE IDÉIAS E PROPOSIÇÕES, GERANDO UMA VASTA GAMA DE PAUTAS AO DEBATE PARA A POSTERIOR CONFECÇÃO DO PLANO MESTRE PARA A URBANIZAÇÃO DA ÁREA. A AMPLA PARTICIPAÇÃO DOS ARQUITETOS POSSIBILITOU A SELEÇÃO DAS MELHORES PROPOSTAS QUE GERARAM AS DIRETRIZES DO PROJETO FINAL. OS PRÊMIOS PRINCIPAIS FORAM EQUIPARADOS EM NÍVEL DE DESENVOLVIMENTO, DE FORMA QUE, APÓS A PREMIAÇÃO, FORMOU-SE UMA NOVA EQUIPE, CONSTITUÍDA PELOS REPRESENTANTES DOS GRUPOS VENCEDORES, TENDO COMO FINALIDADE A ELABORAÇÃO DE UM PROJETO DEFINITIVO. A EQUITE DEFINITIVA ERA COMPOSTA POR: JUAN MANUEL BORTHAGARAY, CARLOS MARRE(701), ENRIQUE GARCIA ESPIL, MARIANA LEIDEMANN, ANTONIO TUFANO(708), CRISTIAN CAMICER, RÔMULO PÉREZ, E EUGENIO XAUS,PABLO DOVAL, (803),. DIAGRAMA DE ZONEAMENTO E EIXOS DE CIRCULAÇÃO DA PROPOSTA 701. DIAGRAMA DE ZONEAMENTO E EIXOS DE CIRCULAÇÃO DA PROPOSTA 708. DIAGRAMA DE ZONEAMENTO E EIXOS DE CIRCULAÇÃO DA PROPOSTA 803.
  13. 13. CORTES TRANSVERSAIS DO SETOR – CIDADE RIO: EM TODOS SE EVIDENCIA A DIFERENCIAÇÃO COMPOSITIVA DO TECIDO URBANO, FORMADO POR VARIADAS ESCALAS, QUE VÃO DESDE O ESPAÇO PÚBLICO ABERTO, PASSANDO POR EDIFICAÇÕES LONGITUDINAIS DE BAIXA ALTURA E CHEGANDO À TORRE. E VISTAS AÉREAS
  14. 14. IMPLANTAÇÃO DO PROJETO DE URBANIZAÇÃO PARA O PUERTO MADERO.
  15. 15. DIAGRAMA DE ORGANIZAÇÃO DO PROJETO EM QUATRO DIQUES.
  16. 16. DIAGRAMA DE ZONEAMENTO E EIXOS DE CIRCULAÇÃO.
  17. 17. PLANO MESTRE PARA ARBORIZAÇÃO DO PUERTO MADERO: DIAGRAMA DE ZONEAMENTO E EIXOS DE CIRCULAÇÃO
  18. 18. PLANO DE MASSAS PROPOSTO PELO PLANO MESTRE PARA O PUERTO MADERO.
  19. 19. ESTUDO MORFOLÓGICO DAS EDIFICAÇÕES PROPOSTAS PELO PLANO MESTRE PARA O PUERTO MADERO.
  20. 20. CORTE TRANSVERSAL DO PUERTO MADERO, TRAÇADO NA DIREÇÃO DA CIDADE AO RIO.
  21. 21. VISTA AÉREA DO CONJUNTO PARA O SUL. COMPLEXO ONDE SE INSERE O PROJETO DE NORMAN FOSTER VISTA AÉREA DO CONJUNTO PARA O NORTE PARQUE MICAELA BASTIDAS. GALAPÃO 9 ANTES E DEPOIS PONTE LA MUJER- SANTIAGO CALATRAVA TRILHOS FEROVIÁRIOS
  22. 22. PONTE LA MUJER- SANTIAGO CALATRAVA ANTIGAS EDIFICAÇÕES DA JUNTA NACIONAL DE GRÃOS. PARQUE MUJERES ARGENTINAS MOINHOS DEL PRATA YATCH CLUB GUINDASTES EDIFIAÇÕES TERCIÁRIAS

×