tratamento de agua

3.857 visualizações

Publicada em

como é feito o tratamento de agua no SESC- caldas novas

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.857
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
108
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

tratamento de agua

  1. 1. CFJPF – SESC CALDAS NOVAS TRATAMENTO DE ÁGUAResponsável: Sr. João Vencerlau – Chefe de ManutençãoQuímico Responsável: Sr. Luiz RochaOperadores: Pascoal Xavier e Paulo Humberto Maio 2010 1
  2. 2. CURIOSIDADESTabela 1. Situação da reserva de água doce no mundo (UNESCO, 1999)SITUAÇÃO DA RESERVA DE ÁGUA DOCE POR PESSOA NO MUNDOAno Quantidade1950 16,8 mil m31998 7,3mil m32018 (projeção) 4,8mil m3 2 (http: // www.moderna.com.br/moderna/didaticos/projeto/2006/1/mundo/)
  3. 3. CURIOSIDADESTabela 2. Consumo Sustentável - manual de educação (MMA/IDEC).CONSUMO DOMÉSTICO DE ÁGUA POR ATIVIDADEAtividade Quantidade (em litros)Descarga no vaso sanitário tradicional 10 a 16Banho no chuveiro 15Lavar roupa no tanque 150Lavar as mãos 3a5Lavar roupa com máquina de lavar 150Lavar louça em lava-louça 20 a 25Escovar os dentes com água escorrendo 11Lavagem do automóvel com mangueira 100 3
  4. 4. TRATAMENTO - USO DOMÉSTICO Portaria n.º 518, de 25 de março de 2004Art. 4.º ... adotadas as seguintes definições:I – “água potável – água para consumo humano cujosparâmetros microbiológicos, físicos, químicos e radioativosatendam ao padrão de potabilidade e que não ofereça riscos àsaúde”; 4
  5. 5. MÉTODO DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA UTILIZADO NA COLÔNIACaptação Subterrânea – poços termais, com perfurações de280 a 500 m feitas no solo para captar a água dos aquíferossubterrâneos. Bombas instaladas no aquífero, enviam a águapara a superfície por tubulações (isenta de contaminação porbactérias e vírus, sem turbidez). 5
  6. 6. TRATAMENTO DA ÁGUA TERMAL Tratamento de água para captação subterrânea:A água captada através de poços profundos, na maioria dasvezes, não precisa ser tratada, bastando apenas a desinfecçãocom cloro. Isso ocorre porque, nesse caso, a água nãoapresenta qualquer turbidez, eliminando as outras fases quesão necessárias ao tratamento das águas superficiais. 6
  7. 7. Processo de reutilização de águaAs piscinas são abastecidas pela água captada em poços termais de grande profundidade. 7
  8. 8. ABASTECIMENTO DA ESTAÇÃOA água que abastece a estação vem daspiscinas, onde usamos uma tabela semanalde descarte, que chega aos tanques de águabruta para posteriormente serem tratadoscom produtos químicos. Após esta etapa aágua passa por processos de remoção dasimpurezas, como o óleo bronzeador. Emseguida essa água é filtrada e recebe adiçãode cloro, sendo direcionada para osreservatórios de água reciclada.
  9. 9. TRATAMENTONo tratamento são usados produtos químicos como osulfato de alumínio, hipoclorito de sódio (cloro), comdosagens recomendadas pelo químico responsável, querealiza visitas quinzenais, onde são feitas coletas paraanálise da água, mensalmente.Floculação - remoção das partículas de sujeira se inicia notanque de mistura rápida com a adição de sulfato dealumínio. (formação de flocos). Os flocos misturam-se,ganhando peso,volume e consistência. 9
  10. 10. TRATAMENTOFiltração – separação das impurezas que não foramsedimentadas no processo de decantação (filtros constituídospor camadas de areia suportadas por cascalho de diversostamanhos que retêm a sujeira ainda restante.Desinfecção – adição de cloro (eliminação de microorganismosnocivos, garantindo também a qualidade da água nas redes dedistribuição e nos reservatórios. 10
  11. 11. RESERVAÇÃOFinalidade da armazenagem da água em reservatórios: manter a regularidade do abastecimento, mesmo quando énecessário paralisar a produção para manutenção em qualqueruma das unidades do sistema. atender às demandas extraordinárias, como as que ocorremnos períodos de calor intenso ou quando, durante o dia, usa-semuita água ao mesmo tempo (na hora do almoço, porexemplo).Classificação dos reservatórios quanto à sua posição emrelação ao solo: subterrâneos (enterrados), apoiados eelevados. 11
  12. 12. ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA – SESC CALDAS NOVAS Construída em março de 1997 12
  13. 13. TANQUE MISTURADOR DE SULFATO
  14. 14. SISTEMA DE MISTURA (HOMOGENIZAÇÃO) A água que chega a estação de tratamento percorre esse circuito de tubos onde recebe adtivos químicos como cloro e sulfato de alumínio. É a primeira etapa do processo de tratamento.
  15. 15. TANQUE DE FLOCULAÇÃO Floculação é uma etapa do processo em que, após adicionar o coagulante sulfato de alumínio, as partículas em suspensão se tornam pequenos flocos (flóculos), decantando em seguida.
  16. 16. PROCESSO DE FLOCULAÇÃO Os flocos são arrastados para cima pelo processo de micro bolhas, em um raspador, com pás motorizadas promovem o giro da água, de forma muito lenta, propiciando que as partículas se unam formando os flocos de impurezas. onde se faz a varredura das impurezas indesejadas.
  17. 17. PROCESSO DE CLORAÇÃO O passo seguinte é a cloração, que através de uma bomba dosadora, são adicionados à água, de 1,0 a 1,5 mg/l de cloro, que é suficiente para completar desinfecção.
  18. 18. PROCESSO DE FILTRAÇÃO Após a cloração a etapa final é a filtração, até então removidos aproximadamente, 80 a 85% de toda a impureza que chegou na E.T.A. O restante de 15 a 20%, o filtro se encarrega dessa remoção, estando assim à água própria para consumo.
  19. 19. TANQUES DE ARMAZENAGEM DE ÁGUA RECICLADA E TRATADA
  20. 20. 13 RESERVATÓRIOS DE ÁGUADOS 13 RESERVATÓRIOS 5 SÃODESTINADOS AO ARMAZENAMENTO DE ÁGUARECICLADA, UTILIZADA NAS PISCINAS ELIMPEZA DE ÁREAS COMUNS.OS OUTROS 8 RESERVATÓRIOS ARMAZENAMÁGUA TRATADA, PÓTAVEL, PRÓPIA PARA OCOSUMO.

×