Contraceção cirúrgica

568 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
568
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Contraceção cirúrgica

  1. 1. Contracepção Cirúrgica
  2. 2.  Introdução Os métodos cirúrgicos ou de esterilização voluntária visam bloquear os canais que, no homem ou na mulher, são responsáveis pelo contacto entre o esperma e o óvulo potenciando a ocorrência de uma gravidez. Como se tratam de métodos potencialmente irreversíveis, ou de carácter permanente, estão indicados apenas para quem está seguro da decisão de não querer ter mais filhos.
  3. 3.  É o único método de contracepção definitiva, sendo utilizada por muitos casais. A esterilização feminina consiste na ligadura tubária, ou laqueadura. A masculina é a vasectomia. Devemos ressaltar que a vasectomia é um procedimento que não requer hospitalização, é feita sob anestesia local e não causa nenhum tipo de disfunção sexual. Esses métodos são de altíssima eficácia, mas suas indicações são bastante específicas.
  4. 4. Vasectomia
  5. 5. Laqueação
  6. 6.  Vasectomia é uma interrupção cirúrgica dos canais deferentes para evitar a saída de espermatozóides na ejaculação e assim provocar a esterilização do homem. Laqueação as trompas de Falópio são laqueadas ou bloqueadas impedindo a junção entre o oócito II e os espermatozóides.
  7. 7.  Fim Trabalho Realizado por: André Lopes Diogo Rodrigues Nelson Ruben Saul Teixeira 9º A

×