Trabalho hist

3.767 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.767
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
181
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho hist

  1. 1. Sociedade Medieval
  2. 2. CLASSES PRIVILEGIADAS NOBREZA
  3. 3. NOBREZA <ul><li>Possuíam grandes propriedades de terras </li></ul><ul><li>Viviam em grandes castelos </li></ul><ul><li>Prestigiados </li></ul>
  4. 4. NOBREZA <ul><li>Não pagavam, e sim cobravam, impostos </li></ul><ul><li>Poderiam portar armas </li></ul><ul><li>Possuíam exércitos próprios </li></ul><ul><li>Tinham direito de serem julgados em tribunais próprios </li></ul><ul><li>Aplicavam a justiça </li></ul>
  5. 6. NOBREZA <ul><li>Praticavam a atividade militar </li></ul><ul><li>Participavam de torneios e justas </li></ul><ul><li>Caçavam </li></ul>
  6. 7. CLASSES PRIVILEGIADAS CLERO
  7. 8. CLERO
  8. 9. CLERO <ul><li>Estava dividido em ALTO e BAIXO clero </li></ul><ul><li>O Alto Clero detinha poderes e altos cargos no Estado; provinham da nobreza; altas regalias e privilégios. </li></ul><ul><li>O Baixo Clero não provinha da nobreza tampouco tinha regalias e privilégios. </li></ul>
  9. 10. CLERO <ul><li>Não pagava impostos </li></ul><ul><li>Tinham tribunais próprios </li></ul><ul><li>Recebiam grandes quantidades de terra e outros bens </li></ul><ul><li>Era neles que o saber e a educação estavam concentrados; foram responsáveis pela tradução de textos romanos e gregos, escreveram inúmeros livros e criaram as universidades </li></ul><ul><li>Acolhiam pessoas no mosteiro </li></ul><ul><li>Gozavam de prestígio com a população </li></ul><ul><li>Estavam presentes em todos os momentos da vida </li></ul><ul><li>Prestavam assistência aos mais pobres e aos doentes </li></ul>
  10. 11. CLERO <ul><li>Havia também o clericato guerreiro – inúmeros bispos comandavam exércitos próprios e defendiam suseranos </li></ul><ul><li>Outros modos de combate foram introduzidos com as ordens TEMPLÁRIA e HOSPITALÁRIA. </li></ul>
  11. 12. CLERO – Ordem Templária <ul><li>Criada em Jerusalém, no ano de 1119 por Hugo de Payens </li></ul><ul><li>Ajudava os peregrinos e defendia a Terra Santa dos Muçulmanos </li></ul>
  12. 13. CLERO – Ordem Hospitalária <ul><li>Criada em Jerusalém, no ano de 1080 </li></ul><ul><li>Era constituída somente por nobres </li></ul>
  13. 14. CLASSES NÃO-PRIVILEGIADAS CAMPONESES
  14. 15. CAMPONESES <ul><li>Dividiam-se em SERVOS e COLONOS </li></ul><ul><li>Os colonos eram homens livres </li></ul><ul><li>Os servos não eram homens livres; serviam no castelo ou domínio eclesiático (ex: Abadia ou Mosteiro) ou trabalhavam no feudo; não podiam sair do domínio no qual serviam sem a autorização do seu senhor </li></ul>
  15. 16. CAMPONESES
  16. 17. CLASSES NÃO-PRIVILEGIADAS ARTESÃOS
  17. 18. ARTESÃOS <ul><li>Concentravam-se em oficinas, onde um mestre-artesão ensinava tudo que sabia aos aprendizes, além de fornecer comida e vestimentas, em troca de mão de obra barata e fiel </li></ul>
  18. 19. RELAÇÕES FEUDO-VASSÁLICAS <ul><li>O contrato de vassalagem consistia em três etapas: HOMENAGEM, JURAMENTO DE FIDELIDADE e INVESTIDURA </li></ul>
  19. 20. HOMENAGEM <ul><ul><ul><li>O vassalo submetia-se à autoridade do senhora mais poderoso (suserano) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Passava a ser reconhecido como o “homem do senhor” </li></ul></ul></ul>
  20. 21. JURAMENTO DE FIDELIDADE <ul><li>O vassalo jurava cumprir o que fora acordado </li></ul>
  21. 22. INVESTIDURA <ul><li>O vassalo recebia o feudo que poderia ser transmitido de geração em geração </li></ul>
  22. 23. RELAÇÕES DE DEPENDÊNCIA
  23. 24. INTEGRANTES DO GRUPO <ul><li>Lucas Colenghi </li></ul><ul><li>Pedro Furtado </li></ul><ul><li>Pedro Tiago Bernardes </li></ul><ul><li>Tiago Lucas Tadeu </li></ul>

×