SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 42
Baixar para ler offline
1 
REDES 
SOCIAIS 
2015
O que era uma curiosidade é hoje em dia um canal no 
qual as marcas tiveram que aprender a comunicar, quer 
tenham presenças ativas ou não. 
Das redes sociais aos blogs, um novo conjunto de canais 
veio permitir às empresas e organizações alcançar um 
conjunto de objetivos, que vão do suporte ao cliente à 
geração de leads, participando em conjunto com os 
consumidores num novo tipo de conversação. 
10 anos depois do surgimento da Web 2.0, estas 
tecnologias criaram novos comportamentos e 
disponibilizam um conjunto de funcionalidades que 
apresentamos neste documento, permitindo decidir 
como melhor se posicionar na web social em 2015. 
2 
SOCIAL MEDIA
Para as empresas e organizações, antes dos canais, 
importa perceber como as diferentes táticas servem de 
base para atingir os objetivos de negócios. 
Content 
Marketing 
3 
SOCIAL MEDIA MARKETING 
+ Lucros 
+ Quota de Mercado 
+Vendas 
- Custos 
Ferramentas e Técnicas 
Objetivos 
de Negócio 
Métricas de Negócio 
Métricas de Social Media 
+ interação 
+ conversão 
- reclamações 
(…) 
Social 
Listening Social Ads …
As plataformas visuais têm vindo a ganhar predominância, com a maior penetração de 
smartphones a aumentar o volume de conteúdo gerado pelos utilizadores. 
4 
AS REDES SOCIAIS NO MUNDO 
1,350 
UTILIZADORES MENSAIS ATIVOS (MILHÕES) 
500 
200 
300 332 300 
120 
1,500 
1,000 
500 
0 
Facebook Twitter Instagram Google+ Linkedin Tumblr Pinterest
5 
AS REDES SOCIAIS EM PORTUGAL 
O Linkedin teve em 2014 um aumento de visitas, fruto de maior instabilidade no mercado 
de emprego, registando-se um crescimento anual de quase 400% pelo Instagram. 
4,100 
UTILIZADORES ÚNICOS MENSAIS (MILHARES) 
580 465 
280 
1,100 
603 
247 
5,000 
4,000 
3,000 
2,000 
1,000 
0 
Facebook Twitter Instagram Google+ Linkedin Tumblr Pinterest
FACEBOOK 
6
A maioria do tempo gasto no 
Facebook é dedicado ao Newsfeed, 
com mais de 80% dos acessos a 
acontecer via mobile. 
Este comportamento reduz a 
importância de apps e tabs, com 
apenas 1% destas a chegarem a 
mais de 2000 pessoas. 
A otimização de conteúdos para 
visualização na app mobile favorece 
igualmente as taxas de conversão e 
interação. 
7 
MAIS MOBILE, MENOS APPS
2015 será o ano em que o video 
ganha um maior destaque no 
Newsfeed, com a reprodução 
automática (sem som) a aumentar 
as visualizações de conteúdo, ao 
mesmo tempo que as campanhas 
de video permitem atingir novos 
objetivos, com melhor performance 
em Newsfeed que players externos 
(YouTube e outros). 
8 
MAIS VÍDEO NATIVO
Com um utilizador a receber uma 
média de 1,500 histórias por dia, o 
Facebook filtra as mais relevantes no 
News Feed, reduzindo-as para cerca de 
300 e deixando de fora o conteúdo 
promocional e de menor qualidade. 
De Posts Patrocinados a Custom 
Audiences, o Facebook permite às 
marcas chegar audiências certas sem 
as limitações do News Feed e atingir 
diferentes tipos de objetivos, da 
interação a vendas (numa análise de 45 
campanhas em 2013, em 70% dos 
casos, cada dólar gasto em Facebook 
representou 3 dólares de incremento 
em vendas). 
9 
LIMITES ORGÂNICOS, COBERTURA PAGA
Uso consistente da marca 
Tom, identidade e posicionamento 
Variar criatividade em anúncios 
Usar nova estrutura de campanhas 
Amplificar com Facebook Ads 
Optimizar para cobertura o 
conteúdo mais relevante 
Qualidade e simplicidade 
Conteúdos originais e textos curtos 
10 
MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
Com o decréscimo em cobertura orgânica em 
Facebook e consequente dificuldade das marcas 
serem consideradas pelo algoritmo de Newsfeed, é 
importante considerar alternativas que permitam 
ter uma presença em social media com menor 
dependência de media paga ao mesmo tempo que 
se atingem outro tipo de objetivos e audiências. 
11 
ALÉM DO FACEBOOK
TWITTER 
12
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
O Twitter posiciona-se em 2014 
como uma rede de informação, 
sendo usada por mais de 2/3 dos 
seus utilizadores em dispositivos 
móveis, publicando mensagens 
curtas de 140 caracteres. 
Com cerca de 300 milhões dos 
utilizadores ativos, a plataforma 
conta ainda com mais 500 
milhões de pessoas que a 
visitam mensalmente sem fazer 
login. 
Sendo na quase totalidade perfis 
públicos, permitem a 
monitorização de termos-chave 
relacionados com as marcas. 
13 
TWITTER
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
O Twitter é mais adequado para 
marcas que tiram partido da 
análise de informação para 
melhoria de produto ou serviço 
• Suporte ao consumidor 
(especialmente para serviços) 
• Monitorização 
• Aumento de consideração 
Geração de tráfego e leads 
• Aumentar audiência potencial 
(alternativa à fragmentação do Facebook) 
A plataforma é igualmente a preferida 
pelos Millenials para interação com 
programas de TV, figuras públicas e 
celebridades, amplificando os 
conteúdos existentes. 14 
PARA 
QUÊ?
15 
MAIS POSSIBILIDADES DE 
COMUNICAÇÃO 
Desde Setembro que o 
Twitter tem uma força de 
vendas em Portugal, 
permitindo o acesso a 
novas soluções 
publicitárias. 
A possibilidade de integrar 
informação nos links 
partilhados através dos 
Twitter Cards vem 
favorecer o tráfego e 
conversões.
Usar a pesquisa 
De termos relacionados com a marca à 
pesquisa sobre consumidores 
Desenvolver reputação 
Mais que followers, é a conquista de capital 
social que importa no longo prazo. 
Distribuir o conteúdo 
Usar ferramentas de agendamento para 
distribuir conteúdo em diferentes horários. 
Participar na cultura 
Criar conteúdo para o grupo a partir de 
comportamentos partilhados ou Trending 
Topics, em contexto com a marca 
Pensar antes de tweetar 
Ter em atenção os objetivos e tom da 
marca. 
16 
MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
INSTAGRAM 
17
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
Uma das redes sociais com 
crescimento mais rápido, o 
Instagram regista mais de 60 
milhões de fotos publicadas 
diariamente. 
Esta adopção foi igualmente 
acompanhada pelas 
organizações, com mais de 
86% das principais marcas 
mundiais a terem presença na 
rede de partilha de fotos, 
dedicando recursos para 
manter uma presença bem 
sucedida. 
18 
INSTAGRAM
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
A plataforma é particularmente 
eficiente em atingir os 
seguintes objetivos de 
comunicação: 
• Gerar notoriedade para 
marca ou produtos 
• Mudar ou reforçar 
percepções 
• Criar associações a eventos, 
celebridades ou tópicos de 
interesse. 
A impossibilidade de ter links 
na descrição torna-a menos 
eficiente na geração de leads e 
conversão direta. 19 
PARA 
QUÊ?
20 
NOVAS FERRAMENTAS 
CRIATIVAS 
A introdução do video 
(com o novo modo 
hyperlapse) e os novos 
filtros e ferramentas de 
edição vieram permitir 
novas formas de expressão, 
que garantem um contínuo 
interesse na plataforma e 
permitem solidificar a sua 
liderança como aplicação 
dedicada à partilha de 
conteúdos visuais.
21 
NOVAS 
POSSIBILIDADES DE 
PROMOÇÃO 
A possibilidade de enviar 
Mensagens Directas veio 
permitir novas mecânicas 
promocionais para as 
marcas. 
Apesar de ainda não 
confirmado para Portugal, 
os anúncios em Instagram 
serão uma das hipóteses a 
explorar pelas marcas que 
criam conteúdos 
específicos para a 
plataforma.
Ter uma identidade para Instagram 
Definir voz e tom adequado, e o que orienta 
o conteúdo e experiência 
Temas e frequência editorial 
Diversidade de conteúdos relacionados 
com a marca e que se adequem à 
plataforma, em frequência moderada 
Contexto 
Tirar partido de geolocalização, hashtag e 
tags em fotos para chegar a mais pessoas 
Autenticidade e simplicidade 
Dar privilégio a momentos autênticos, não 
promocionais, evitando abusar nas 
descrições e hashtags 
22 
MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
GOOGLE+ 
23
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
Mais do que uma rede social, o 
Google+ é uma plataforma 
agregadora de serviços 
Google, que passa a recolher 
informações comportamentais, 
associando-as a um perfil. 
É assim usado como serviço de 
identidade e não tanto como 
verdadeira rede social, com 
poucos utilizadores (sobretudo 
masculinos e com interesse em 
tecnologia) a criar conteúdo de 
modo regular para o fluxo de 
notícias no Google+. 
24 
GOOGLE+
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
As vantagens de uma presença 
em Google+ passam sobretudo 
pela sua integração com outros 
serviços Google, respondendo 
melhor aos seguintes objetivos 
• Posicionamento em SERP 
• Geração de tráfego 
Além das páginas de marca, as 
comunidades são outro veículo 
para as marcas estarem 
presentes na co-criação ou 
colaboração com parceiros ou 
consumidores. 
25 
PARA 
QUÊ?
Ligar a conta de YouTube a Google+ 
Permite o acesso a mais funcionalidades de 
gestão e a alteração fácil de nome 
Verificar e adicionar a conta a website 
Influencia a relevância em motores de 
pesquisa e permite a escolha de um URL 
personalizado 
Segmentar usando os círculos 
A classificação de seguidores em círculos 
permite uma comunicação mais dirigida 
Interagir com a comunidade 
Usando outros serviços associados como os 
Hangouts ou as comunidades. 
26 
MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
LINKEDIN 
27
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
Uma rede profissional por 
excelência, o Linkedin tem 
integrado as aquisições de 
serviços como Slideshare e 
Pulse para reforçar o 
posicionamento como fonte de 
informação especializada. 
Com mais de 300 milhões de 
utilizadores, as marcas 
encontram nesta rede e nas 
suas soluções uma forma de 
chegar a uma audiência 
especializada, em particular 
para B2B. 
28 
LINKEDIN
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
A partir da qualidade de 
informação disponível nos 
perfis pessoais Linkedin, é 
possível para as marcas: 
• Aumentar notoriedade e 
percepção 
• Gerar leads qualificados 
• Melhoria de reputação 
Para B2B, é habitual o uso do 
Linkedin como forma de 
liderança de opinião, com 
conteúdos dedicados para uma 
audiência profissional. 
29 
PARA 
QUÊ?
30 
DIVERSIDADE DE 
SOLUÇÕES 
Os novos formatos de post 
patrocinados para conteúdos de 
marca permitem igualmente uma 
maior cobertura, para além da 
audiência orgânica da página e de 
forma muita segmentada, baseada 
na informação dos perfis pessoais. 
As soluções de recrutamento 
permitem ir além dos objetivos de 
marketing e usar as redes sociais 
como fonte de vantagem 
competitiva.
Publicação regular de conteúdo 
Não limitado apenas a informação da 
empresa ou organização, mas 
sobretudo que seja informativo e 
interessante para a audiência que 
segue a página de marca 
Otimizar as palavras chave 
Além de tornar claro o objetivo da 
presença, facilita a descoberta através 
da pesquisa interna 
Encorajar a participação de 
colaboradores 
Além de serem a base mais segura, 
podem amplificar os conteúdos para 
as suas redes pessoais. 
31 
MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
TUMBLR 
32
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
Adquirido pela Yahoo em 2013, 
o Tumblr é hoje uma das 
plataformas sociais mais 
criativas, com milhares de 
utilizadores e marcas a 
publicarem na forma de 
microblog. 
A expressão pessoal é 
favorecida, com os diferentes 
tipos de atualizações (texto, 
imagem, citações, videos, links) 
a gerarem mais de 80 milhões 
de posts todos os dias, com 
tempo médio de visita superior 
a 20 minutos por dia. 
33 
TUMBLR
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
Posicionando-se como o anti- 
Facebook, o Tumblr permite 
chegar a um segmento mais 
jovem e criador de conteúdo, 
contribuindo para alcançar: 
• Notoriedade e influência 
• Tráfego e visualizações de 
conteúdo 
• Inovação para nichos de 
mercado 
• Redução de custos 
Podendo ser usado como 
substituição de blog da organização, 
é também uma solução para 
campanhas isoladas, como 
substituição de website. 34 
PARA 
QUÊ?
35 
MAIOR CRIATIVIDADE E 
NOVAS AUDIÊNCIAS 
O conteúdo para Tumblr 
é mais adequado a um 
segmento <35, 
conseguindo uma maior 
longevidade, graças à 
funcionalidade de reblog. 
O conteúdo pode 
igualmente ser 
promovido através das 
soluções publicitárias.
Ritmo regular de atualização 
Novo conteúdo e de qualidade é a 
melhor forma de manter os 
seguidores interessados 
Equilibrar conteúdos 
O conteúdo de marca, especialmente 
o visual, é mais bem recebido no 
Tumblr que noutras plataformas mas 
convém equilibrar para ter um nível de 
interação consistente. 
Envolver-se com a comunidade 
Colaborar com seguidores ou 
patrocinar encontros Tumblr locais. 
36 
MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
PINTEREST 
37
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
Uma ferramenta de 
bookmarks visuais, o 
Pinterest evolui para hoje ser 
uma das redes que mais 
explorou a dimensão visual 
da web. 
Com uma audiência 
tendencialmente feminina, a 
sua influência no processo 
de compra tem vindo a 
aumentar cada vez mais, 
com muitos consumidores a 
serem influenciados por 
sugestões encontradas no 
Pinterest. 
38 
PINTEREST
© Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. 
Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada 
A importância das imagens e 
ferramentas como Rich Pins 
tornam o Pinterest interessante 
para: 
• Social commerce 
• Geração de tráfego 
• Influência em pesquisa 
• Notoriedade e percepção 
Sendo um serviço de 
descoberta e seleção de 
conteúdos, é particularmente 
eficaz para retalho nas fases 
iniciais do funil de compra do 
consumidor. 39 
PARA 
QUÊ?
40 
MAIOR INTEGRAÇÃO COM 
ECOMMERCE 
A nova funcionalidade de 
Promoted Pins a lançar em 
2015, irá permitir aos 
utilizadores comprar 
diretamente a partir 
plataforma. 
Os Rich Pins a partir de 
ecommerce passam 
igualmente a informar os 
utilizadores que os guardaram 
das alterações de preço.
Criar perfil de negócio 
Ligar perfil a website, permitindo o acesso a 
rich pins e estatísticas. 
Respeitar a comunidade 
Fazer tag a utilizadores e dar crédito às 
fontes 
Enriquecer informação de pin 
Usar descrições ricas em keywords e 
alinhadas com as principais categorias, 
avaliar impacto em pesquisa. 
41 
MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
Redes Sociais para 2015

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Melhores Horários para Postar nas Redes Sociais
Melhores Horários para Postar nas Redes SociaisMelhores Horários para Postar nas Redes Sociais
Melhores Horários para Postar nas Redes Sociais
 
Novas Mídias - Impactos na Gestão da Comunicação e da Reputação
Novas Mídias - Impactos na Gestão da Comunicação e da ReputaçãoNovas Mídias - Impactos na Gestão da Comunicação e da Reputação
Novas Mídias - Impactos na Gestão da Comunicação e da Reputação
 
Novas Mídias e a Gestão da Reputação
Novas Mídias e a Gestão da ReputaçãoNovas Mídias e a Gestão da Reputação
Novas Mídias e a Gestão da Reputação
 
Publicidade Sólida e Líquida
Publicidade Sólida e LíquidaPublicidade Sólida e Líquida
Publicidade Sólida e Líquida
 
Mídias Sociais - Conceito e Relevância
Mídias Sociais - Conceito e RelevânciaMídias Sociais - Conceito e Relevância
Mídias Sociais - Conceito e Relevância
 
Marketing nas Redes Sociais – Uma abordagem prática
Marketing nas Redes Sociais – Uma abordagem práticaMarketing nas Redes Sociais – Uma abordagem prática
Marketing nas Redes Sociais – Uma abordagem prática
 
Modelo PPT para apresentação de propostas de redes sociais
Modelo PPT para apresentação de propostas de redes sociaisModelo PPT para apresentação de propostas de redes sociais
Modelo PPT para apresentação de propostas de redes sociais
 
Revista AMANHÃ
Revista AMANHÃRevista AMANHÃ
Revista AMANHÃ
 
eBook 4
eBook 4eBook 4
eBook 4
 
Workshop André Telles - Forum de Marketing 2010 por @andretelles
Workshop André Telles - Forum de Marketing 2010 por @andretellesWorkshop André Telles - Forum de Marketing 2010 por @andretelles
Workshop André Telles - Forum de Marketing 2010 por @andretelles
 
Mídias Digitais e Mídias Sociais
Mídias Digitais e Mídias SociaisMídias Digitais e Mídias Sociais
Mídias Digitais e Mídias Sociais
 
Mídias Sociais. Apresentação Senado Federal por @andretelles
Mídias Sociais. Apresentação Senado Federal por @andretellesMídias Sociais. Apresentação Senado Federal por @andretelles
Mídias Sociais. Apresentação Senado Federal por @andretelles
 
Apresentação Redes Sociais
Apresentação Redes SociaisApresentação Redes Sociais
Apresentação Redes Sociais
 
Planejamento e Execução de Ações em Mídias Sociais
Planejamento e Execução de Ações em Mídias SociaisPlanejamento e Execução de Ações em Mídias Sociais
Planejamento e Execução de Ações em Mídias Sociais
 
Redes Sociais - 10 Mandamentos de Social Media
Redes Sociais - 10 Mandamentos de Social MediaRedes Sociais - 10 Mandamentos de Social Media
Redes Sociais - 10 Mandamentos de Social Media
 
Aula 4 - O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...
Aula 4 -  O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...Aula 4 -  O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...
Aula 4 - O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...
 
Mídiais Sociais
Mídiais Sociais Mídiais Sociais
Mídiais Sociais
 
Marketing_redes_sociais
Marketing_redes_sociaisMarketing_redes_sociais
Marketing_redes_sociais
 
Consumer Trends: Bebês
Consumer Trends: BebêsConsumer Trends: Bebês
Consumer Trends: Bebês
 
Como fazer campanhas em redes sociais?
Como fazer campanhas em redes sociais?Como fazer campanhas em redes sociais?
Como fazer campanhas em redes sociais?
 

Destaque

Institucional Plano Digital Midia
Institucional Plano Digital MidiaInstitucional Plano Digital Midia
Institucional Plano Digital Midia
PLANO DIGITAL
 
Entrevista Filipa Caldeira, Pedro Batalha e Nuno Moreira, Partners da Fullsix...
Entrevista Filipa Caldeira, Pedro Batalha e Nuno Moreira, Partners da Fullsix...Entrevista Filipa Caldeira, Pedro Batalha e Nuno Moreira, Partners da Fullsix...
Entrevista Filipa Caldeira, Pedro Batalha e Nuno Moreira, Partners da Fullsix...
Fullsix Portugal
 
Prevenção rodoviária
Prevenção rodoviáriaPrevenção rodoviária
Prevenção rodoviária
Utilizadores
 

Destaque (20)

Redes sociais
Redes sociais Redes sociais
Redes sociais
 
Explorando o uso responsável das redes sociais
Explorando o uso responsável das redes sociaisExplorando o uso responsável das redes sociais
Explorando o uso responsável das redes sociais
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes Sociais
 
Redes sociais- Pontos positivos e negativos
Redes sociais- Pontos positivos e negativosRedes sociais- Pontos positivos e negativos
Redes sociais- Pontos positivos e negativos
 
Digital in 2017: Southern Europe
Digital in 2017: Southern EuropeDigital in 2017: Southern Europe
Digital in 2017: Southern Europe
 
Planejamento em Ambientes Digitais
Planejamento em Ambientes DigitaisPlanejamento em Ambientes Digitais
Planejamento em Ambientes Digitais
 
Comunicação na web
Comunicação na webComunicação na web
Comunicação na web
 
Institucional Plano Digital Midia
Institucional Plano Digital MidiaInstitucional Plano Digital Midia
Institucional Plano Digital Midia
 
Comunicação sincronizada: O Poder está no "Ser Digittal"
Comunicação sincronizada: O Poder está no "Ser Digittal" Comunicação sincronizada: O Poder está no "Ser Digittal"
Comunicação sincronizada: O Poder está no "Ser Digittal"
 
SUPER BOCK + FULLSIX = INOVAÇÃO
SUPER BOCK + FULLSIX = INOVAÇÃOSUPER BOCK + FULLSIX = INOVAÇÃO
SUPER BOCK + FULLSIX = INOVAÇÃO
 
Facebook para marcas
Facebook para marcasFacebook para marcas
Facebook para marcas
 
Entrevista Filipa Caldeira, Pedro Batalha e Nuno Moreira, Partners da Fullsix...
Entrevista Filipa Caldeira, Pedro Batalha e Nuno Moreira, Partners da Fullsix...Entrevista Filipa Caldeira, Pedro Batalha e Nuno Moreira, Partners da Fullsix...
Entrevista Filipa Caldeira, Pedro Batalha e Nuno Moreira, Partners da Fullsix...
 
Trabalhando com as Redes sociais
Trabalhando com as Redes sociaisTrabalhando com as Redes sociais
Trabalhando com as Redes sociais
 
#memeclube S2E1 · “Cersibon e o tiopês: as linguagens da internet”
#memeclube S2E1 · “Cersibon e o tiopês: as linguagens da internet”#memeclube S2E1 · “Cersibon e o tiopês: as linguagens da internet”
#memeclube S2E1 · “Cersibon e o tiopês: as linguagens da internet”
 
Prevenção rodoviária
Prevenção rodoviáriaPrevenção rodoviária
Prevenção rodoviária
 
Como configurar contas Redes Sociais Parte II
Como configurar contas Redes Sociais Parte IIComo configurar contas Redes Sociais Parte II
Como configurar contas Redes Sociais Parte II
 
#memeclube S1E1 · “LOLcats: os gatos dominam as internets”
#memeclube S1E1 · “LOLcats: os gatos dominam as internets”#memeclube S1E1 · “LOLcats: os gatos dominam as internets”
#memeclube S1E1 · “LOLcats: os gatos dominam as internets”
 
Trabalho de Planejamento e Estratégias em PP
Trabalho de Planejamento e Estratégias em PPTrabalho de Planejamento e Estratégias em PP
Trabalho de Planejamento e Estratégias em PP
 
Redes Sociais: Estrategias e Mensuração, por Martha Gabriel
Redes Sociais: Estrategias e Mensuração, por Martha GabrielRedes Sociais: Estrategias e Mensuração, por Martha Gabriel
Redes Sociais: Estrategias e Mensuração, por Martha Gabriel
 

Semelhante a Redes Sociais para 2015

Oprt online public relations tools - slideshare
Oprt   online public relations tools - slideshareOprt   online public relations tools - slideshare
Oprt online public relations tools - slideshare
ZéZé Almeida
 
Redes sociais e comunicação corporativa introdução
Redes sociais e comunicação corporativa   introduçãoRedes sociais e comunicação corporativa   introdução
Redes sociais e comunicação corporativa introdução
Patricia Barão
 
Linkone - proposta comercial
Linkone - proposta comercialLinkone - proposta comercial
Linkone - proposta comercial
Matheus Fortunato
 
Mídia texto mudanças que farão diferença nos planos de publicidade online da ...
Mídia texto mudanças que farão diferença nos planos de publicidade online da ...Mídia texto mudanças que farão diferença nos planos de publicidade online da ...
Mídia texto mudanças que farão diferença nos planos de publicidade online da ...
Professor Sérgio Duarte
 

Semelhante a Redes Sociais para 2015 (20)

Oprt online public relations tools - slideshare
Oprt   online public relations tools - slideshareOprt   online public relations tools - slideshare
Oprt online public relations tools - slideshare
 
Como gerar negócios em Redes Sociais
Como gerar negócios em Redes SociaisComo gerar negócios em Redes Sociais
Como gerar negócios em Redes Sociais
 
Redes sociais e comunicação corporativa introdução
Redes sociais e comunicação corporativa   introduçãoRedes sociais e comunicação corporativa   introdução
Redes sociais e comunicação corporativa introdução
 
Optime m sociais101_fasttrack-pt_9-22-2011
Optime m sociais101_fasttrack-pt_9-22-2011Optime m sociais101_fasttrack-pt_9-22-2011
Optime m sociais101_fasttrack-pt_9-22-2011
 
Panorama Redes Sociais 2014 - Abril 2014
Panorama Redes Sociais 2014 - Abril 2014Panorama Redes Sociais 2014 - Abril 2014
Panorama Redes Sociais 2014 - Abril 2014
 
Mídias Sociais para Empresas
Mídias Sociais para EmpresasMídias Sociais para Empresas
Mídias Sociais para Empresas
 
Youtube - estrategias de comunicação
Youtube - estrategias de comunicaçãoYoutube - estrategias de comunicação
Youtube - estrategias de comunicação
 
Apresentação do Lares Procuraqui nas Redes Sociais
Apresentação do Lares Procuraqui nas Redes SociaisApresentação do Lares Procuraqui nas Redes Sociais
Apresentação do Lares Procuraqui nas Redes Sociais
 
Linkone - proposta comercial
Linkone - proposta comercialLinkone - proposta comercial
Linkone - proposta comercial
 
Aula 6 - Marketing Digital
Aula 6 - Marketing DigitalAula 6 - Marketing Digital
Aula 6 - Marketing Digital
 
Biz miz o1 m5_u5.1_r2_pt
Biz miz o1 m5_u5.1_r2_ptBiz miz o1 m5_u5.1_r2_pt
Biz miz o1 m5_u5.1_r2_pt
 
Digitalks - BH
Digitalks - BHDigitalks - BH
Digitalks - BH
 
Twitter
TwitterTwitter
Twitter
 
Redes sociais para pequenas - como se destacar?
Redes sociais para pequenas - como se destacar?Redes sociais para pequenas - como se destacar?
Redes sociais para pequenas - como se destacar?
 
As Redes Sociais
As Redes SociaisAs Redes Sociais
As Redes Sociais
 
Tendencias Digitais para 2016
Tendencias Digitais para 2016Tendencias Digitais para 2016
Tendencias Digitais para 2016
 
Redes sociais - Estudo
Redes sociais - EstudoRedes sociais - Estudo
Redes sociais - Estudo
 
La Mosca Comunicação
La Mosca ComunicaçãoLa Mosca Comunicação
La Mosca Comunicação
 
iGloo Media - Soluções em Comunicação
iGloo Media - Soluções em ComunicaçãoiGloo Media - Soluções em Comunicação
iGloo Media - Soluções em Comunicação
 
Mídia texto mudanças que farão diferença nos planos de publicidade online da ...
Mídia texto mudanças que farão diferença nos planos de publicidade online da ...Mídia texto mudanças que farão diferença nos planos de publicidade online da ...
Mídia texto mudanças que farão diferença nos planos de publicidade online da ...
 

Redes Sociais para 2015

  • 2. O que era uma curiosidade é hoje em dia um canal no qual as marcas tiveram que aprender a comunicar, quer tenham presenças ativas ou não. Das redes sociais aos blogs, um novo conjunto de canais veio permitir às empresas e organizações alcançar um conjunto de objetivos, que vão do suporte ao cliente à geração de leads, participando em conjunto com os consumidores num novo tipo de conversação. 10 anos depois do surgimento da Web 2.0, estas tecnologias criaram novos comportamentos e disponibilizam um conjunto de funcionalidades que apresentamos neste documento, permitindo decidir como melhor se posicionar na web social em 2015. 2 SOCIAL MEDIA
  • 3. Para as empresas e organizações, antes dos canais, importa perceber como as diferentes táticas servem de base para atingir os objetivos de negócios. Content Marketing 3 SOCIAL MEDIA MARKETING + Lucros + Quota de Mercado +Vendas - Custos Ferramentas e Técnicas Objetivos de Negócio Métricas de Negócio Métricas de Social Media + interação + conversão - reclamações (…) Social Listening Social Ads …
  • 4. As plataformas visuais têm vindo a ganhar predominância, com a maior penetração de smartphones a aumentar o volume de conteúdo gerado pelos utilizadores. 4 AS REDES SOCIAIS NO MUNDO 1,350 UTILIZADORES MENSAIS ATIVOS (MILHÕES) 500 200 300 332 300 120 1,500 1,000 500 0 Facebook Twitter Instagram Google+ Linkedin Tumblr Pinterest
  • 5. 5 AS REDES SOCIAIS EM PORTUGAL O Linkedin teve em 2014 um aumento de visitas, fruto de maior instabilidade no mercado de emprego, registando-se um crescimento anual de quase 400% pelo Instagram. 4,100 UTILIZADORES ÚNICOS MENSAIS (MILHARES) 580 465 280 1,100 603 247 5,000 4,000 3,000 2,000 1,000 0 Facebook Twitter Instagram Google+ Linkedin Tumblr Pinterest
  • 7. A maioria do tempo gasto no Facebook é dedicado ao Newsfeed, com mais de 80% dos acessos a acontecer via mobile. Este comportamento reduz a importância de apps e tabs, com apenas 1% destas a chegarem a mais de 2000 pessoas. A otimização de conteúdos para visualização na app mobile favorece igualmente as taxas de conversão e interação. 7 MAIS MOBILE, MENOS APPS
  • 8. 2015 será o ano em que o video ganha um maior destaque no Newsfeed, com a reprodução automática (sem som) a aumentar as visualizações de conteúdo, ao mesmo tempo que as campanhas de video permitem atingir novos objetivos, com melhor performance em Newsfeed que players externos (YouTube e outros). 8 MAIS VÍDEO NATIVO
  • 9. Com um utilizador a receber uma média de 1,500 histórias por dia, o Facebook filtra as mais relevantes no News Feed, reduzindo-as para cerca de 300 e deixando de fora o conteúdo promocional e de menor qualidade. De Posts Patrocinados a Custom Audiences, o Facebook permite às marcas chegar audiências certas sem as limitações do News Feed e atingir diferentes tipos de objetivos, da interação a vendas (numa análise de 45 campanhas em 2013, em 70% dos casos, cada dólar gasto em Facebook representou 3 dólares de incremento em vendas). 9 LIMITES ORGÂNICOS, COBERTURA PAGA
  • 10. Uso consistente da marca Tom, identidade e posicionamento Variar criatividade em anúncios Usar nova estrutura de campanhas Amplificar com Facebook Ads Optimizar para cobertura o conteúdo mais relevante Qualidade e simplicidade Conteúdos originais e textos curtos 10 MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
  • 11. Com o decréscimo em cobertura orgânica em Facebook e consequente dificuldade das marcas serem consideradas pelo algoritmo de Newsfeed, é importante considerar alternativas que permitam ter uma presença em social media com menor dependência de media paga ao mesmo tempo que se atingem outro tipo de objetivos e audiências. 11 ALÉM DO FACEBOOK
  • 13. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada O Twitter posiciona-se em 2014 como uma rede de informação, sendo usada por mais de 2/3 dos seus utilizadores em dispositivos móveis, publicando mensagens curtas de 140 caracteres. Com cerca de 300 milhões dos utilizadores ativos, a plataforma conta ainda com mais 500 milhões de pessoas que a visitam mensalmente sem fazer login. Sendo na quase totalidade perfis públicos, permitem a monitorização de termos-chave relacionados com as marcas. 13 TWITTER
  • 14. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada O Twitter é mais adequado para marcas que tiram partido da análise de informação para melhoria de produto ou serviço • Suporte ao consumidor (especialmente para serviços) • Monitorização • Aumento de consideração Geração de tráfego e leads • Aumentar audiência potencial (alternativa à fragmentação do Facebook) A plataforma é igualmente a preferida pelos Millenials para interação com programas de TV, figuras públicas e celebridades, amplificando os conteúdos existentes. 14 PARA QUÊ?
  • 15. 15 MAIS POSSIBILIDADES DE COMUNICAÇÃO Desde Setembro que o Twitter tem uma força de vendas em Portugal, permitindo o acesso a novas soluções publicitárias. A possibilidade de integrar informação nos links partilhados através dos Twitter Cards vem favorecer o tráfego e conversões.
  • 16. Usar a pesquisa De termos relacionados com a marca à pesquisa sobre consumidores Desenvolver reputação Mais que followers, é a conquista de capital social que importa no longo prazo. Distribuir o conteúdo Usar ferramentas de agendamento para distribuir conteúdo em diferentes horários. Participar na cultura Criar conteúdo para o grupo a partir de comportamentos partilhados ou Trending Topics, em contexto com a marca Pensar antes de tweetar Ter em atenção os objetivos e tom da marca. 16 MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
  • 18. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada Uma das redes sociais com crescimento mais rápido, o Instagram regista mais de 60 milhões de fotos publicadas diariamente. Esta adopção foi igualmente acompanhada pelas organizações, com mais de 86% das principais marcas mundiais a terem presença na rede de partilha de fotos, dedicando recursos para manter uma presença bem sucedida. 18 INSTAGRAM
  • 19. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada A plataforma é particularmente eficiente em atingir os seguintes objetivos de comunicação: • Gerar notoriedade para marca ou produtos • Mudar ou reforçar percepções • Criar associações a eventos, celebridades ou tópicos de interesse. A impossibilidade de ter links na descrição torna-a menos eficiente na geração de leads e conversão direta. 19 PARA QUÊ?
  • 20. 20 NOVAS FERRAMENTAS CRIATIVAS A introdução do video (com o novo modo hyperlapse) e os novos filtros e ferramentas de edição vieram permitir novas formas de expressão, que garantem um contínuo interesse na plataforma e permitem solidificar a sua liderança como aplicação dedicada à partilha de conteúdos visuais.
  • 21. 21 NOVAS POSSIBILIDADES DE PROMOÇÃO A possibilidade de enviar Mensagens Directas veio permitir novas mecânicas promocionais para as marcas. Apesar de ainda não confirmado para Portugal, os anúncios em Instagram serão uma das hipóteses a explorar pelas marcas que criam conteúdos específicos para a plataforma.
  • 22. Ter uma identidade para Instagram Definir voz e tom adequado, e o que orienta o conteúdo e experiência Temas e frequência editorial Diversidade de conteúdos relacionados com a marca e que se adequem à plataforma, em frequência moderada Contexto Tirar partido de geolocalização, hashtag e tags em fotos para chegar a mais pessoas Autenticidade e simplicidade Dar privilégio a momentos autênticos, não promocionais, evitando abusar nas descrições e hashtags 22 MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
  • 24. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada Mais do que uma rede social, o Google+ é uma plataforma agregadora de serviços Google, que passa a recolher informações comportamentais, associando-as a um perfil. É assim usado como serviço de identidade e não tanto como verdadeira rede social, com poucos utilizadores (sobretudo masculinos e com interesse em tecnologia) a criar conteúdo de modo regular para o fluxo de notícias no Google+. 24 GOOGLE+
  • 25. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada As vantagens de uma presença em Google+ passam sobretudo pela sua integração com outros serviços Google, respondendo melhor aos seguintes objetivos • Posicionamento em SERP • Geração de tráfego Além das páginas de marca, as comunidades são outro veículo para as marcas estarem presentes na co-criação ou colaboração com parceiros ou consumidores. 25 PARA QUÊ?
  • 26. Ligar a conta de YouTube a Google+ Permite o acesso a mais funcionalidades de gestão e a alteração fácil de nome Verificar e adicionar a conta a website Influencia a relevância em motores de pesquisa e permite a escolha de um URL personalizado Segmentar usando os círculos A classificação de seguidores em círculos permite uma comunicação mais dirigida Interagir com a comunidade Usando outros serviços associados como os Hangouts ou as comunidades. 26 MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
  • 28. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada Uma rede profissional por excelência, o Linkedin tem integrado as aquisições de serviços como Slideshare e Pulse para reforçar o posicionamento como fonte de informação especializada. Com mais de 300 milhões de utilizadores, as marcas encontram nesta rede e nas suas soluções uma forma de chegar a uma audiência especializada, em particular para B2B. 28 LINKEDIN
  • 29. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada A partir da qualidade de informação disponível nos perfis pessoais Linkedin, é possível para as marcas: • Aumentar notoriedade e percepção • Gerar leads qualificados • Melhoria de reputação Para B2B, é habitual o uso do Linkedin como forma de liderança de opinião, com conteúdos dedicados para uma audiência profissional. 29 PARA QUÊ?
  • 30. 30 DIVERSIDADE DE SOLUÇÕES Os novos formatos de post patrocinados para conteúdos de marca permitem igualmente uma maior cobertura, para além da audiência orgânica da página e de forma muita segmentada, baseada na informação dos perfis pessoais. As soluções de recrutamento permitem ir além dos objetivos de marketing e usar as redes sociais como fonte de vantagem competitiva.
  • 31. Publicação regular de conteúdo Não limitado apenas a informação da empresa ou organização, mas sobretudo que seja informativo e interessante para a audiência que segue a página de marca Otimizar as palavras chave Além de tornar claro o objetivo da presença, facilita a descoberta através da pesquisa interna Encorajar a participação de colaboradores Além de serem a base mais segura, podem amplificar os conteúdos para as suas redes pessoais. 31 MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
  • 33. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada Adquirido pela Yahoo em 2013, o Tumblr é hoje uma das plataformas sociais mais criativas, com milhares de utilizadores e marcas a publicarem na forma de microblog. A expressão pessoal é favorecida, com os diferentes tipos de atualizações (texto, imagem, citações, videos, links) a gerarem mais de 80 milhões de posts todos os dias, com tempo médio de visita superior a 20 minutos por dia. 33 TUMBLR
  • 34. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada Posicionando-se como o anti- Facebook, o Tumblr permite chegar a um segmento mais jovem e criador de conteúdo, contribuindo para alcançar: • Notoriedade e influência • Tráfego e visualizações de conteúdo • Inovação para nichos de mercado • Redução de custos Podendo ser usado como substituição de blog da organização, é também uma solução para campanhas isoladas, como substituição de website. 34 PARA QUÊ?
  • 35. 35 MAIOR CRIATIVIDADE E NOVAS AUDIÊNCIAS O conteúdo para Tumblr é mais adequado a um segmento <35, conseguindo uma maior longevidade, graças à funcionalidade de reblog. O conteúdo pode igualmente ser promovido através das soluções publicitárias.
  • 36. Ritmo regular de atualização Novo conteúdo e de qualidade é a melhor forma de manter os seguidores interessados Equilibrar conteúdos O conteúdo de marca, especialmente o visual, é mais bem recebido no Tumblr que noutras plataformas mas convém equilibrar para ter um nível de interação consistente. Envolver-se com a comunidade Colaborar com seguidores ou patrocinar encontros Tumblr locais. 36 MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS
  • 38. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada Uma ferramenta de bookmarks visuais, o Pinterest evolui para hoje ser uma das redes que mais explorou a dimensão visual da web. Com uma audiência tendencialmente feminina, a sua influência no processo de compra tem vindo a aumentar cada vez mais, com muitos consumidores a serem influenciados por sugestões encontradas no Pinterest. 38 PINTEREST
  • 39. © Fullsix 2014. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial não autorizada A importância das imagens e ferramentas como Rich Pins tornam o Pinterest interessante para: • Social commerce • Geração de tráfego • Influência em pesquisa • Notoriedade e percepção Sendo um serviço de descoberta e seleção de conteúdos, é particularmente eficaz para retalho nas fases iniciais do funil de compra do consumidor. 39 PARA QUÊ?
  • 40. 40 MAIOR INTEGRAÇÃO COM ECOMMERCE A nova funcionalidade de Promoted Pins a lançar em 2015, irá permitir aos utilizadores comprar diretamente a partir plataforma. Os Rich Pins a partir de ecommerce passam igualmente a informar os utilizadores que os guardaram das alterações de preço.
  • 41. Criar perfil de negócio Ligar perfil a website, permitindo o acesso a rich pins e estatísticas. Respeitar a comunidade Fazer tag a utilizadores e dar crédito às fontes Enriquecer informação de pin Usar descrições ricas em keywords e alinhadas com as principais categorias, avaliar impacto em pesquisa. 41 MELHORES PRÁTICAS PARA MARCAS