5ºA                A revolta dos legumes: a era dos biológicos       Era uma vez um planeta, que tal como a Terra, tinha a...
combate, não deixando o esparregado levantar-se, ganhando assim o combate.Os legumes despediram-se dizendo que apenas era ...
Em casa, ele contou aos legumes o que se tinha passado e decidiramque o menino ia ajudá-los a vencer os outros reinos. E a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

5ºa a revolta dos legumes a era dos biológicos

634 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
634
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

5ºa a revolta dos legumes a era dos biológicos

  1. 1. 5ºA A revolta dos legumes: a era dos biológicos Era uma vez um planeta, que tal como a Terra, tinha alguns habitantes.Era o planeta dos Três Reinos. Tal como o próprio nome indica, esse planeta tinha três reinos: o reinodos legumes, o reino da carne e o reino do peixe. Um dia, os reinos da carne e do peixe uniram-se. O reino dos legumesrevoltou-se, pondo à frente do caso, os legumes biológicos, que eram os maisexperientes nesse tipo de coisas. Declararam guerra dizendo: -Nós, os legumes biológicos vamos vencer esta guerra, pois as nossasarmas são muito mais poderosas, não precisamos de produtos químicos paravos vencer, somos 100% naturais! No dia seguinte, à hora do almoço, saltaram para dentro do prato. Foram convocados para este combate, um esparregado de espinafres,do reino dos legumes e dos reinos da carne e do peixe, um naco de carne. Malentraram para dentro do prato, o menino não os queria comer e, a mãe disse-lhe: -Filho, sabes que esta comida te faz muito bem, pois tem vegetais ecarne. Se não comes alimentos saudáveis, podes ficar doente; já tens seteanos e sabes isso! O menino dizia que os alimentos se estavam a mexer e, tinha razão,porque tinha começado a batalha, entre o naco de carne e o esparregado deespinafres. O combate começou com uma investida violenta do esparregado deespinafres que não deu hipótese de defesa ao naco de carne, que se tinhadistraído com a conversa da mãe e do menino. O esparregado, cego pela glória,foi deitado ao «chão» pelo naco de carne, que já só se concentrava no
  2. 2. combate, não deixando o esparregado levantar-se, ganhando assim o combate.Os legumes despediram-se dizendo que apenas era uma batalha perdida, eera só a primeira e que isso, nunca mais aconteceria! Logo que começou o combate, à hora de jantar, o legume convocado doreino dos legumes era o brócolo e do reino do peixe e da carne, o bacalhaucom natas. Assim, começou a batalha. O menino não queria voltar a comer. E a mãe continuava a dizer: -Filho, sabes que tens de comer, aliás, todos temos de comer… O filho respondia: -Mãe, os legumes e o peixe estão-se a mexer! O menino começou a comer os brócolos e os legumes começaram aficar sem membros para lutar. Assim, aos legumes surgiu uma ideia, que foicontar ao rapaz o seu segredo. O menino reagiu bem e prometeu não contar o segredo. No entanto, foiapanhado a falar com eles, mas conseguiu desviar a conversa da mãe, sendopreciso que um brócolo bebé lhe «mordesse», porque ele estava determinadoa contar à mãe o segredo deles. - Porque é que me mordeste? -perguntou o menino. - Porque tinha fome.- replicou o brócolo. - Então para de fazer isso, porque quem é para comer, és tu! - Pois é, já me esquecia! - Mas porque é que andam em guerra e não vivem em paz? - Podia ser, mas anda tudo entretido com os combates. No dia seguinte, na escola, ele contou aos amigos. - Tu estás maluco! - disseram os seus amigos.
  3. 3. Em casa, ele contou aos legumes o que se tinha passado e decidiramque o menino ia ajudá-los a vencer os outros reinos. E assim, conseguiramvencê-los juntos.

×