<ul><li>Como contar a história da Cinderela às crianças… </li></ul>Como contar a história da Cinderela às crianças…
<ul><li>… de maneira a que elas  </li></ul><ul><li>não nos chamem  </li></ul><ul><li>“ COTAS”!!! </li></ul>
Há bué da time havia uma garina cujo cota já tinha esticado o pernil… garina cota da garina
… e que vivia com a chunga da madrasta e as melgas das filhas dela.
A Cinderela, Cindy para os amigos, parecia que vivia na prisa, sem tempo para sequer enviar uns mails.
Com este desatino só lhe apetecia dar de frosques, porque a madrasta e as melgas das filhas dela faziam bué da cenas.
É então que a Cindy fica a saber de alta cena que ia acontecer: uma PARTY!!!!
A gaja curtiu tótil a ideia, mas as outras chavalas cortaram-lhe as bases.
Ela ficou completamente passada, mas  depois de andar à toa durante um coche, apareceu-lhe  uma fada  baril!!!
A fada abichou-lhe uma farpela bacana e a Cindy…
… ficou a parecer uma g’anda febra!
 
Só que ela só podia afiambrar da cena até ao bater das 12.
A tipa mordeu o esquema e foi p’á borga sempre a abrir!
Ao entrar na party  topou um mano  cheio da papel,  que era bom  c’umó milho  e que também  a galou.
Aí a Cindy passou-se dos carretos e desbundaram “all night long” …
… até que ao ouvir das 12 ela teve de se axandrar e bazou.
O mitra ficou completamente abardinado quando ela deu de fuga e foi atrás dela… <ul><li>… mas só encontrou </li></ul><ul><...
No dia seguinte, com uma alta fezada, mandou o seu mano de confiança meter-se nos calcantes…
… para ir à procura do chispe que entrasse no chanato.
Como era alto cromo, teve uma vaca descomunal e encontrou a maluca!!!!
Foi um grande desatino para as outras fatelas que tiveram um g’anda vaipe…
… quando souberam que eles iam juntar os trapos!!
No fim, a garina e o chavalo curtiram largo e foram mesmo bué da happy!!
E pronto… já não vais fazer figura  de “cota”  a partir de agora!!! <ul><li>Ticha Cruz 2006 </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cinderelaparaajuventude

924 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
924
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cinderelaparaajuventude

  1. 1. <ul><li>Como contar a história da Cinderela às crianças… </li></ul>Como contar a história da Cinderela às crianças…
  2. 2. <ul><li>… de maneira a que elas </li></ul><ul><li>não nos chamem </li></ul><ul><li>“ COTAS”!!! </li></ul>
  3. 3. Há bué da time havia uma garina cujo cota já tinha esticado o pernil… garina cota da garina
  4. 4. … e que vivia com a chunga da madrasta e as melgas das filhas dela.
  5. 5. A Cinderela, Cindy para os amigos, parecia que vivia na prisa, sem tempo para sequer enviar uns mails.
  6. 6. Com este desatino só lhe apetecia dar de frosques, porque a madrasta e as melgas das filhas dela faziam bué da cenas.
  7. 7. É então que a Cindy fica a saber de alta cena que ia acontecer: uma PARTY!!!!
  8. 8. A gaja curtiu tótil a ideia, mas as outras chavalas cortaram-lhe as bases.
  9. 9. Ela ficou completamente passada, mas depois de andar à toa durante um coche, apareceu-lhe uma fada baril!!!
  10. 10. A fada abichou-lhe uma farpela bacana e a Cindy…
  11. 11. … ficou a parecer uma g’anda febra!
  12. 13. Só que ela só podia afiambrar da cena até ao bater das 12.
  13. 14. A tipa mordeu o esquema e foi p’á borga sempre a abrir!
  14. 15. Ao entrar na party topou um mano cheio da papel, que era bom c’umó milho e que também a galou.
  15. 16. Aí a Cindy passou-se dos carretos e desbundaram “all night long” …
  16. 17. … até que ao ouvir das 12 ela teve de se axandrar e bazou.
  17. 18. O mitra ficou completamente abardinado quando ela deu de fuga e foi atrás dela… <ul><li>… mas só encontrou </li></ul><ul><li>pelo caminho o chanato </li></ul><ul><li>da dama. </li></ul>
  18. 19. No dia seguinte, com uma alta fezada, mandou o seu mano de confiança meter-se nos calcantes…
  19. 20. … para ir à procura do chispe que entrasse no chanato.
  20. 21. Como era alto cromo, teve uma vaca descomunal e encontrou a maluca!!!!
  21. 22. Foi um grande desatino para as outras fatelas que tiveram um g’anda vaipe…
  22. 23. … quando souberam que eles iam juntar os trapos!!
  23. 24. No fim, a garina e o chavalo curtiram largo e foram mesmo bué da happy!!
  24. 25. E pronto… já não vais fazer figura de “cota” a partir de agora!!! <ul><li>Ticha Cruz 2006 </li></ul>

×