EVOLUÇÃO
TECTONO-SEDIMENTAR DA
BACIA DO SÃO FRANCISCO

Alexandre Berner
Frederico S. de Miranda
Vivian Cristina de Oliveir...
1 - Introdução
2 - Litoestratigrafia
3 - Tectônica, geologia estrutural e evolução
1 - Introdução
1.1 - Localização

Figura 1.1 – Mapa das
bacias sedimentares
brasileiras com indicação
da Bacia do São
Fran...
1 - Introdução
1.2 – Contexto
geotectônico

Figura 1.2 – Localização do Cráton
do São Francisco no contexto
geotectônico d...
1 - Introdução
1.2 – Contexto
geotectônico

Figura 1.3 – Localização da
Bacia. do São Francisco no
contexto do Cráton São
...
2 - Litoestratigrafia

Figura 2.1 – Arcabouço estratigráfico da Bacia do São Francisco (modificado de
Romeiro-Silva & Zála...
2 - Litoestratigrafia
Tectono-Seqüências

Três Marias

Bambuí

Macaúbas/Paranoá

Litoestratigrafia

Fm. Serra Saudade
Fm. ...
3 – Tectônica, Geologia Estrutural e
Evolução
3.1 – Arcabouço
Tectônico

Figura 3.2 – Mapa esquemático
da bacia, mostrando...
3 – Tectônica, Geologia Estrutural e
Evolução

3.1 – ArcabouçoTectônico

Figura 3.3 – Mapas de anomalias magnéticas e de a...
3 – Tectônica, Geologia Estrutural e
Evolução

3.1 – ArcabouçoTectônico

Figura 3.4 - Mapa geológico
esquemático da Bacia ...
3 – Tectônica, Geologia Estrutural e
Evolução

3.1 – ArcabouçoTectônico

Figura 3.5 – Seções sísmicas da porção SW da Baci...
3 – Tectônica, Geologia Estrutural e
Evolução

3.2 – Evolução Tectono-sedimentar

Figura 3.7a – Ilustração esquemática da ...
3 – Tectônica, Geologia Estrutural e
Evolução

3.2 – Evolução Tectono-sedimentar

Figura 3.7a – Ilustração esquemática da ...
3 – Tectônica, Geologia Estrutural e
Evolução

3.2 – Evolução Tectono-sedimentar

Figura 3.7a – Ilustração esquemática da ...
3 – Tectônica, Geologia Estrutural e
Evolução

3.2 – Evolução Tectono-sedimentar

Figura 3.7a – Ilustração esquemática da ...
3 – Tectônica, Geologia Estrutural e
Evolução

3.2 – Evolução Tectono-sedimentar

Figura 3.7a – Ilustração esquemática da ...
3 – Tectônica, Geologia Estrutural e
Evolução

3.2 – Evolução Tectono-sedimentar

Figura 3.7a – Ilustração esquemática da ...
Discussões
- 

Aplicabilidade

- 

Limites

- 

Sub-bacias
Discussões

Obrigado!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Evolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São Francisco

2.835 visualizações

Publicada em

MIRANDA, F. S.; BERNER, A.; PESSOA, V. C. O. Evolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São Francisco. XIV SIMPÓSIO DE GEOLOGIA DE MINAS GERAIS; X SIMPÓSIO DE GEOLOGIA DO SUDESTE, Diamantina, MG, 2007

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.835
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
114
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Evolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São Francisco

  1. 1. EVOLUÇÃO TECTONO-SEDIMENTAR DA BACIA DO SÃO FRANCISCO Alexandre Berner Frederico S. de Miranda Vivian Cristina de Oliveira Pessoa
  2. 2. 1 - Introdução 2 - Litoestratigrafia 3 - Tectônica, geologia estrutural e evolução
  3. 3. 1 - Introdução 1.1 - Localização Figura 1.1 – Mapa das bacias sedimentares brasileiras com indicação da Bacia do São Francisco na porção central do país (modificado do SIG do Brasil, CPRM 2003).
  4. 4. 1 - Introdução 1.2 – Contexto geotectônico Figura 1.2 – Localização do Cráton do São Francisco no contexto geotectônico da plataforma Sul Americana (modificado de Simth & Sandwell 1997).
  5. 5. 1 - Introdução 1.2 – Contexto geotectônico Figura 1.3 – Localização da Bacia. do São Francisco no contexto do Cráton São Francisco com as faixas móveis neoproterozóicas adjacentes, megasseqüências proterozóicas e coberturas fanerozóicas. Limite da bacia marcado em vermelho (modificado de Alkmin, 2001).
  6. 6. 2 - Litoestratigrafia Figura 2.1 – Arcabouço estratigráfico da Bacia do São Francisco (modificado de Romeiro-Silva & Zálan 2007)
  7. 7. 2 - Litoestratigrafia Tectono-Seqüências Três Marias Bambuí Macaúbas/Paranoá Litoestratigrafia Fm. Serra Saudade Fm. Três Marias Cong. Samburá Fm. Sete Lagoas Fm. Serra de Sta.Helena Fm. Lagoa do Jacaré Cong. Carrancas Fm. Jequitaí Gr. Vazante Gr. Canastra Gr. Macaubas Fm. Salinas Gr. Paranoá Estágio Foreland Subsidência Ambiente Deposicional Flexural (por carga tectônica) Leque aluviais, fluviodeltáicos. Termoflexural Marinho, glaciomarinho, estuarino. Termoflexural Sinéclise Marinho Rift– Margem Passiva Mecânica Lacustre, fluvial, fan delta, leque aluvial, glaciocontinentais. Termoflexural Mecânica Espinhaço S.Gr.Espinhaço Gr. Araí Eólico, marinho raso. Lacustre, fluvial,leque aluvial,eólico, fan delta. Rift - Sag Tabela 2.1 – Correlação das unidades litoestratigráficas convencionais com as tectono-seqüências utilizadas neste trabalho.
  8. 8. 3 – Tectônica, Geologia Estrutural e Evolução 3.1 – Arcabouço Tectônico Figura 3.2 – Mapa esquemático da bacia, mostrando a estruturação do embasamento com destaque para a calha central (Baixo de Pirapora) e os altos adjacentes (Alto de Sete Lagoas e Alto de Januária), modificado de Alkmin et al. 2001.
  9. 9. 3 – Tectônica, Geologia Estrutural e Evolução 3.1 – ArcabouçoTectônico Figura 3.3 – Mapas de anomalias magnéticas e de ar livre, respectivamente, da Bacia do São Francisco. É possível reconhecer a estruturação regional NW do embasamento às quais se associam feições NE de menor porte (construído a partir dos dados do SIG do Brasil, CPRM, 2003).
  10. 10. 3 – Tectônica, Geologia Estrutural e Evolução 3.1 – ArcabouçoTectônico Figura 3.4 - Mapa geológico esquemático da Bacia do São Francisco representando os diferentes compartimentos estruturais, oeste, central e leste, bem como a principal direção dos esforços tectônicos no brasiliano. Notar que estes convergem para o centro da bacia (modificado de Alkmin et al. 2001). Três Marias Sete Lagoas
  11. 11. 3 – Tectônica, Geologia Estrutural e Evolução 3.1 – ArcabouçoTectônico Figura 3.5 – Seções sísmicas da porção SW da Bacia do São Francisco. É possível notar a deformação thin-skinned da porção superior da bacia e o efeito da deformação thick-skined sobre esta. Os principais pacotes de sismofácies apresentam boa correspondência com as megasseqüências que preenchem a bacia (modificado de Romeiro-Silva & Zálan, 2005).
  12. 12. 3 – Tectônica, Geologia Estrutural e Evolução 3.2 – Evolução Tectono-sedimentar Figura 3.7a – Ilustração esquemática da evolução tectono-sedimentar da Bacia do São Francisco
  13. 13. 3 – Tectônica, Geologia Estrutural e Evolução 3.2 – Evolução Tectono-sedimentar Figura 3.7a – Ilustração esquemática da evolução tectono-sedimentar da Bacia do São Francisco
  14. 14. 3 – Tectônica, Geologia Estrutural e Evolução 3.2 – Evolução Tectono-sedimentar Figura 3.7a – Ilustração esquemática da evolução tectono-sedimentar da Bacia do São Francisco
  15. 15. 3 – Tectônica, Geologia Estrutural e Evolução 3.2 – Evolução Tectono-sedimentar Figura 3.7a – Ilustração esquemática da evolução tectono-sedimentar da Bacia do São Francisco
  16. 16. 3 – Tectônica, Geologia Estrutural e Evolução 3.2 – Evolução Tectono-sedimentar Figura 3.7a – Ilustração esquemática da evolução tectono-sedimentar da Bacia do São Francisco
  17. 17. 3 – Tectônica, Geologia Estrutural e Evolução 3.2 – Evolução Tectono-sedimentar Figura 3.7a – Ilustração esquemática da evolução tectono-sedimentar da Bacia do São Francisco
  18. 18. Discussões -  Aplicabilidade -  Limites -  Sub-bacias
  19. 19. Discussões Obrigado!

×