,              .                                                                                                          ...
,     •.•••• }    I..                 "<,          .:~.                                                                   ...
,:">                 "             ,-                                  ,   "                                              ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ata emergência abastecimento d'água paracuru

1.908 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.908
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.590
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ata emergência abastecimento d'água paracuru

  1. 1. , . . - . ,. . ... "".- , :. ,. , ..... ..! :. ~. . ,I . ~ - -- .. . """, . - . ATA DE REUNIAO COM ,PARTICIPANTES DO COMITE INfEGRADO DE -, ,COMBATÊÀ.-SECA, SOB A PRESIDENCIA DÓ SECRETÁRiO. DE D~SENVÓLVIMENTO AGlÁRIODO .EST~O DO CEARÁ.,P ARA> DEFrN1R .~. / , ,AÇÕES SOBR&O COLAPSO DE AGUA DA CIDADE DE PARACURU ,, • - 1- ••• j • -.. _ .; , ...••, ;.- _. . PÃRACWÜ.DIA:24/0 1/2013 .PARTICmANTES:iMEMBI}Oê DA CAGECE, DEFESA 9VIL ESTADUAL, .. .: DEFESKCWIL: MUNICIPAL, COGERH,. :.PREFEITURA DE PARÀcu~u",~" ,:, ,. . . -r- PETROBRAS ..cBMCE<- SOHIDkA. - ..;.,.", :- --. ,- - .. (" , " . / _.. ·DAQOS·J3)ALAGOA~ - ., - o YÇ>LÚME:~~OPA-LAGOA NO ANO DE 2009Ê, DE 15úMIL M~.EM .. OUTUBRODE.20-l2::51.3ÔO~, E AGORA rs MILMJ_: . - -: .. . .. , ;-, .:~ .0:., o " ,.,"-:~"",." . " " .. r . II,~ D~GNOSTICO DA~SITUAÇÃo-ATtJAf DE. ABASJiECI}1ENTO DA~IDADE. ·D~fARACURTh., ,- . . ,( . . . " _ ..) - c . ... , A LAGOA . DE: PARACURU--RESPOSAVEL PELO ABASTECIMENTO· DA,~ , " CIDADE DÉ,PARACURU-E bA UN-RNCE QUE TEM A CAPACIDADE DE 150:~, --•_ f/ ~F , . M.:lLM3 ESTÁ COM APENAS 10 9,;;;DESSE VOLm1E, COM uMA À,LAMINA pE ~.: .:. , AGÚADISPONfVEL • PU CAPtAÇÃO É nE~APENAS 40CM:EESTAR • ••••• .t ". .. ., -. o. _. ,. o,:. 1 . , J . : . :,1, " " • ~. 1., __ , . REBAIXANDOJCERCA DE lCM PORDIA; O Qtlg NA AUSENCIA DE CHUVlA , ... .. ,- . . , 10DELEVARO COPLAPSOD1L"AGOA F;M CE~CA DE NqMÁ2qM()10,n~S~: , __, (, , POQENI1ü->O: COLtJ>~p. (~CÔ~R, .ANTE;S. iPELA,DE,QRÀDf!;AO )?i.. . •• .QUALIDADE DA AGUA AINDA NAO OCORRERAM CHUVAS NA REGIAO,- <. _ -." . l -, _ ..~, . .. ,"." .... ~. _ :._. " ...~- ", _,_. ~~., , . -. ." . _:~ ~"" . < • .: ," _ . • . " PRA. MUDARESSEQUADRO, DE ,MODO:-,QtIE:"TANTq A CID~E:UF ", j "; . ,~. - ·l PAR,ACu;RU-,. QU~TO:A rETROBRAS P9DERÃO TER o FORNEClly:1ENFO;:i)Ei.. " " AGVA SySPENSOi:O QUE :SERIA AGRA VADOPEtA APRQXIMlDD:e,DO ;, • -- i CARNAVAL. QUE E BAS"rANTE PÓPULARNESSA CIDADE, ,QUANDO,"4 POPULAÇÃO PRATICAMENrn TRIPLICA. . " . "i .•..• .. . . ,, . ,. ] "~., . " . ." ~ I~, " "". J," - . ,. - - " ,, -" -- ,; . n-(PRQPOSTASb~SOLlJÇÃOEMER,GENCIAbDEAB~STE,CIME-NTO ., i" ". , _. .~~ . . , . ~) ,I" I. I. , " ," .• ::,~ -.. • , .f, .. l. . i,, ., PÓS~VA.RIAS~UNIpES A .COMSÊGMPNjOS.LIGADOS A-,PROBLEMÁTICA,. .._ .. :TENDO A FRENTE O COMITÊ INTEGRADObE ,COMBATE À SECA, cÍffióou- ,, ; .) SE A DEFINIÇÃO DE vÁRIAs PRÓPOSTAS P.ERTINENTES AO PROBLEMÁ:" . EXISTENJ;E, QUE SÃO:, . -" .. " ": ~__ " I , • ~. 1 - . i- . . . ~. - .-- 1). J>~RFURAÇÃO DE rocos.. . -, ---,- ~CIALMENTE FORAMLEVAmADKS" AS-~rrUÀçÕES DOS" ONZE .. poÇOS EXISTENTES E UTILIZADAS -:PARA· O ABASTECIMENTO ,DPk" CIDAoEDE PARACURU ATE À DECADA DE -90: ESSSE ESTUDO FOl" . .,. REALIZADO POR ., -GEOLOGOS" DA" SOHIDRÁ E CAGECE, "AGOMPANHADOSPOR AGENTES) DA DEFESA CIVTh ESTADUAL E / MUNlCIP AL.·O ESTImO REvELOl] QUE rooósos ONZE POÇOS ESTio· EMCÔNDIÇÕES INViÁ. VEIS DE UTILIZAÇÃO, ENTRETANTO OS MESMO CAPTAM AGUADEUM LENÇOL .FREATICO PAS DUNAS, AS MARGENS " DALAGOA;:O QUE PERMITE AFERFÜRAÇÃO: DE NOVOS POÇOS NA MARGBM DOS, POÇOS ANTIGOS O. QUE. PEM1ITE A OBTENÇÃO! DE ,. . 1 r .~- . , . /
  2. 2. , •.•••• } I.. "<, .:~. ,.., .. ,",:, ~, ., " " . -. . ,~ I . , , ~ ~ , ,~ ", • _ . VAZOES EQUIVALENTES EM fORNO DE 5M POR HORA" EM POÇO,S A .. 3 ,SEREM ,PERFURADOS NESSAS IMEDIAÇÕES .. DESTA FORMA À- PERFURAÇÃO DE NOVOS, POÇOS. SE APRESENTA. COM,O A; MEilIo.R E,: 1. - ".-, -: .. . . ,MAIS~,> .: RÁPIDA. ,-,. ALTERJ~ATIV,Ç." ,PARA. ., __ SOúl]fJIONAR O;., ", "" ; EMERGENCIAiMElNTEO. PROBLEMA DE ABAStECIMENTO, DA CIDADE",-, ,;,/ o, " E DA UNIDADE.DA PETROBRAS:ESTIMA-SE QUE SERIAM NECÉSsÁRIO. " " CERCA DE 10(DEZ) POÇOS ]?ARA SE OBTER A VAZÃO DA, DEMÃNDA, , rQUBE CERCA DE t5. tis PRACIDADE,CERCA DEAOMILM3PQR MÊs, p~:. () ABAS~CIMENTO DA ClDAJjE; ",~,.É 4,~," M3 PO~ M?§,:9A, :, ," -gETROBRAS;. SALIEliTAMOS QUE O AQUJf,ER() EM QUESTAO, JAFOI ~,: .,~~i;t~O~i=~~~ ~,:., ~M POTENCIAL FÂVO~~t;PARA sUPlmcA =: " LL,,, .. ",- .. . {; .- _...., 1" , .~ , "I., -: ). ,,2) LIlI1PEiADOS pot<ITOS ImRECARGAEREGiÕESASSOREADASDA" , ,~.~LAGOA, , " , sÓ»: ESSA,AI, ttRN-ÀfIV A SURGID .ANTERIORMENTE A DISCUSSÃOMArS ÀPROFUNDÁDA .:PARA SUPRIR O,, ABASTECIMENTO EM (CRISE. ACREDITA· SE: , .QUÊ ARETIRADA~EMATERIAL;bEPOSITADb .xo. ,. / . LONGO DOS ÁNOSFORMANDO UMA ESPESSA CAMADA DE LAMA","., ! RODE: coNTRrâútR: PARA A lvÍELHoRA DA RÉêARGA DÀ LAGOA:;A), i, " ," PARTIR BÂSDbNASE~lSEU m-iTORNO, ENTRETANTO OSricmCÓS r PARTICIPANTES: DA PRESEl-,j"rEREUNlÃO·QUESTIQNAM O!,SÉU REAL. rc, , BENEEICIOE ALER.TÁM PAMO ,RISêO;DA :REMOÇÃO DA CAMADA . !, ,, .• , , ,,,IMPÉRMEA~L . DA~LAQOA,PRbyO~ANDp-~, :~ItTRAÇÃO; E ",. REDUZINDO A RESERVA HIDRICA~DAMESMA,E NAo..GARANTE~O"- AUMENTO DA DISPONIBILIDADEHÍDRICAÔAtAGOÀ" OESTE·MOBO, , .Oi- . ~mENJ)EU~SE QUEES,SA SOLUçÃ,O REQUER JvWS ESTUÓOSE PODERÁ ," ... ~ .". > SER REALIZÀDA EM.MOMENTOPOSTER1bR~SALIENTANDOQúE ESTE ,", - :, .. . /. - .. ,. . ,_ _, . ," , I ,~" -. ._ . MANANCIAL ~AINDA "E E SERA-A PRINCIPAL FONTE ,.DE "AJ3~STEÓMEmOPÚBLi€O pA. CIDADE. ORÇAMENTO Ai>RESENTÁDb ;.: , I PELAPREIElTURA,MuNiéIPALDE.2ARACURUESTlMAEMR$ 96.000;00, " I·· OSE;RVIÇÜI>E LIMPEZA DA LAGOA." - "., , , . , . . " "-." ,J. •• " "3).SOLUÇAO DEFINITIvA ,:" , , r; .:. . :- .. -I: ,- ESSA RÉUNIÃo TEVE,CARA:rER A nuscx DE SQbUÇÃO EMERGENC!ÀL; -, . E--AIND NÃO. ,FOIlDEmIFICÁDA kMELHOR I)EfINlÇë)DE CARATER • {o :- PERMANI;NTE. A CO~ERf[ DISP9.ES DE uM ,ESTlIDO D9 ,AQUIFERÔ BARREIRAS DA REGIAO PECEMlPARACURU QUE DEVERA SERVIR DE- {f • ,"ReASE :.PARA ESTUDOS MAIS APROFtrNDÀDOS;QUE, PODEM APONTAR ,. " ,SObUÇÕESDEFINITIVÃS DO ABASTECIMENTOFUTURO DA CIDADE. " t" . . ... ; /. ......_ ) -/. . CONCLUSÃO ,/ J ,DEvIDo A PREVISÃO DO, COLAPS,PEMINENTE ,DO SISTEMÁDE, " . ABASTECIMENTO E CONSIDERANDO ANÃO OCORRÊNCIA DE CHUVAS NESSE PERÍODO; REQUERENDO UMA OBRA CQMUMA URGÊNCIA DE POUCOS DIAS. CONSTATOU-SE TAMBÉM QUE EM RAzÃO DO TEMPO EXIGUO OS" ORGÃOS ,.DE ,RECURSOS HIDRICOS, DO ESTAJ)O .. "".- . . . - ( , " , . I .~
  3. 3. ,:"> " ,- , " I; , , f . Ç.." I , " • (SRWSOHIDRA), A CAGECE E PREFEITURA MuNIC1,.PAL NÃO TERIAM, CONDIÇÃO DE VIABILIZAE: ESSES "RECURSOS ·EM TEMPO HÁBIL. " DIANTE DISSO O COMITÊ, INTEGRADO DEmMBATE A SECA RESOLVEU ,SOLICITAR O: APOIO DÁ PETROBRASPARA ,A SÓLuçA,ó EMER" ENCIAL IND TrAnA ,. ..,"x . , G _, -.........- lÁ nlm APPOPRTA PPTDAnp~~ TA~tfUi;l.f , .&-.J .••..•. --•.-. ••• " ••• ~,""- .&..&...J..I.:.L~-~.J.-L).to:.) . .1;r-1..J.V.HJ~lYJ... .~ v- UEPENnE DESSE MANANCIAL. . .. , .~ :", - ", ., ." É>wftE DO QUADRO EXPOSTOQCOMIrn f1lTEGRADéÚ::lE,COMBATEA ~ ":l : ,,,: ,SECA~ APRESENTA A PETROBRAS UMASOÜCITAçÃQPARA QWEA, , " "ÉMPRES-À FINANCIE EMERGENCIALMENTE, A EXECUÇÃO DA .OBRA :sYGERmA, ..~U" SE!A, A PERFURAÇÃO J?f:1 O(DiiZ} PoÇOS" eO:.M , ~RQEJ1NDIDA.I?E MEDIA DE 25" MET~DS. EM TORNQ DA LAGObc, . ,INêLT::h:NDO A lNSTALAÇÃODOS EQWAMENTOS DE BOMBEAMENTO rih(;:, m(D""P7 pnrnç: Á1:.. PP1:tPTTI,rpA l,fTn-.TrrTOÀ TCl.f,OÀrti, "1:;Q1~",AV.1 L" " .....,.. _ u .......,~~l .•.. ..•. .., y......,o..J. A, ---LV--.. <o,.;; "IR -L..l~ -V1.- A: ..l. ..•..- •...• .. -L..LI....l.. 0 lV.l.Ui. ".J..-.Ll Ll...LJ~.i..JiV.1. .J. L CAGECÉSE COMPROMETERAM Â"REAÚZAAO POS1;EAMENTO E ElmRGIZÂ.çÃO DAARE ONDE SERÃO-IN5TALABOSOS POÇOS" FrCOU ,," ", -DEFINIDO NA REUNIÃO QpE A DEMA;ND,ADE AGUA D,A PETROBRAS "i l POR "E8.SES" POÇOS; _ JUNTAMENTE " COM <D, , . • , . •. ) < • ,.. ", • --- -. - _ ." • :- ., " " r "SER.:ATENPIDA , ,ÁBÀSTECIMENTO DÁ ~CiDADE-" SALIENTANDO QUEA -AGUA DQS , ,: POÇOS, SEGUNDO ESPECIALISTA" POSSUI QUALIDADEBÂSTANtE" " ,~~O~Q~~~~tU~~§L~~O~~~:i~~!C~p~~~~~~~;ggO:,~· .. . . : FICANDO, A, PETROBRAS ISENTADO· CUSTO- DE ENERGlA no" .. i I, ,"- BOMBEAMENTÓDÂ,:LAGOA. -, ," , ,-: ", ~ . __,. __ ._ _ ~. ,. - • r . ...:. . ~. ; ", ! .:. -, ÉIMPORT ANWERESStL T~R QUE D1ANTEDA iMPoss~ÍLIDioEi~A-- ," .. .: J •.• PETRÓBRAS ATENDER 0:; REFERIDO PEj)tDO~; E ,,DIANTE bÊSSA c .~, " ,, , ~iru:~çÃO -DEAL TO: RrSÇ,Q DE eg.L~SQ, A SECRETÁÍÚÂI?ÔS ,RECURSOS HI))RICOS- DO ESTADO. PODERA SUSPENDER A RETIRADA-. . . ~. ~ . .. i - .• _ . " DE ÂGU,ADA PETROBRAs DA LAGOA "COM BASE NO PRINCIPIO LEGAL ,. -, I " ", DA, L~hES.TADUAL ,DE. ,..-RECURSOS HÍ:I)RiCÓSEM PRIÇ>RlZAR,O :ABASTEClMENTO HOMANO EM SITUAÇÕES DEESCASSEZ HIbRICA. ,: r, .. .. ", (,, ., / . , A CÓGERB, DISPONIOBILIZARÁ OU:rRQS. "MÃNANCIAIS PARAÓ.,· ABASTECIMENTO DE AGUA EM CASO, DE COLAPSO DA· LAGOA OU ". RETrRADADE SVA CAPTAÇAO, DÁ, MESMA, SENDO INICIALMENTE S1JÓBRiDbs A LAGOADACANABRAVA, EMPARÀIPABA EOCANAi ,.,SITXOS, NOVOS-PECÉM, OBSERVANDO, AS ÇO~IÇOES CONTRÀ TUAIê , EXISTENTES ENTRE A COGERH E A PETROBRAS:, . -_.. . " " f.- o ORÇAMENTOPÀRA CqNSTRUÇÂÓ,jfINSTALAÇÃODOS .io Y(DE~b POÇOS FOI ES1:IMADO EM R$ 114.000,00 (CENTd E QUATORZÉ MIL REAIS) COM CUSTO_UNITÁRIO DE R$-11.400,OOPOR poço; CONFORME , ORÇAMENTO DE MENOR PREÇO EM ANE)ÇO ";pRESENTADO ,POR TRÊS, , , " . " " " , I " EMPRESAS CONSULTADAS. _ :. : ~.~. _ " .).. NA CERTEZA DÓ PRONTO ATENDIMENTO PELA PETROBRAS 00 PLEITO REQUERIpO, SuBSCREVEMO-NOS COM OS VOTOS, DE GRA TIDÂÓ E, ETERNA PARCERIA. ,I

×