Slide 2 (Francisca) - Segurança Rodoviária refere-se a métodos e medidas para
reduzir o risco dos utilizadores da rede rod...
Slide 5 (Raimundo) - Os condutores de automóveis e motociclos não devem:
Fazer refeições pesadas;
Falar ao telemóvel;
Faze...
(Rita) - Atividade Experimental

Slide 9 (Francisca) - No intuito de diminuir a força de colisão, aumentando o
tempo de co...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Guião

190 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
190
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guião

  1. 1. Slide 2 (Francisca) - Segurança Rodoviária refere-se a métodos e medidas para reduzir o risco dos utilizadores da rede rodoviária de serem mortos ou feridos. Nestes utilizadores incluem-se os peões, os ciclistas, os motoristas, os passageiros e os passageiros dos transportes públicos, principalmente autocarros e metropolitanos. Slide 3 (Rita) - O número cada vez maior de viaturas que circulam à face da Terra e a possibilidade de alcançarem velocidades cada vez maiores têm aumentado o número de acidentes que matam e causam ferimentos graves. Este é um problema de segurança que preocupa todos os países e a Prevenção Rodoviária Portuguesa não é excepção. Todos os anos, esta lança campanhas de alerta e sensibilização para a importância de respeitar as normas de segurança para automobilistas, motociclistas, ciclistas e peões. Slide 4 (Raimundo) - Os condutores de automóveis e motociclos devem: Respeitar os limites máximos de velocidade (sinais que informam os condutores dos limites máximos); Ter muita cautela com as ultrapassagens; Fazer paragens regulares ao longo de uma viagem; É imperativo que todos os passageiros do veículo usem cinto de segurança ou capacete;
  2. 2. Slide 5 (Raimundo) - Os condutores de automóveis e motociclos não devem: Fazer refeições pesadas; Falar ao telemóvel; Fazer manobras perigosas; Conduzir com sono; Ultrapassar os limites de velocidade; Desrespeitar a sinalização; Consumir substâncias que alterem o seu estado de alerta (ingestão de bebidas alcoólicas, estupefacientes e alguns medicamentos) Slide 6 (António) - A distância de segurança rodoviária corresponde à soma da distância de reacção – distância percorrida pelo veículo desde que o condutor avista o obstáculo até reagir, e a distância de travagem – distância percorrida desde que o condutor reage até que imobiliza o carro. 2º Parte - Basta que ocorra uma modificação numa das variáveis de que depende a distância de segurança para que os valores se alterem. 3ª Parte – Para prever estas alterações criaram-se determinadas sinaléticas e painéis para prevenir os condutores. Slide 7 (António) - Quando um condutor não consegue evitar um obstáculo, ocorre uma colisão. Nesta colisão atuam duas forças: a força exercida pelo obstáculo no veículo – que geralmente designamos por força de colisão – e a força exercida pelo veículo no obstáculo. Esta força depende de alguns factores, tais como: o tempo de colisão, a massa do veículo e a velocidade a que andava. Quanto maior for a intensidade desta força, maior são os danos do veículo e principalmente dos seus ocupantes.
  3. 3. (Rita) - Atividade Experimental Slide 9 (Francisca) - No intuito de diminuir a força de colisão, aumentando o tempo de colisão, recorre-se a dispositivos, como por exemplo: o cinto de segurança também para contrariar a inércia (oposição que um corpo oferece à alteração do estado de repouso ou movimento), os airbags e o capacete para distribuir a força por toda a cabeça. Slide 10 - Fontes Bibliográficas.

×