Educação para a diversidade

576 visualizações

Publicada em

A inclusão sociocultural no ambiente escolar e a garantia de direitos à educação. Diversidade sociocultural, étnico-racial, etária e geracional, de gênero e orientação afetivo-sexual. Legislação educacional e ações dos movimentos sociais. Direitos humanos e a escola. A diversidade e relações culturais na escola.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
576
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação para a diversidade

  1. 1. EDUCAÇÃO PARA A DIVERSIDADE Prof.ª Priscila de Sousa Barbosa
  2. 2. EMENTA:  A inclusão sociocultural no ambiente escolar e a garantia de direitos à educação. Diversidade sociocultural, étnico-racial, etária e geracional, de gênero e orientação afetivo-sexual. Legislação educacional e ações dos movimentos sociais. Direitos humanos e a escola. A diversidade e relações culturais na escola. Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  3. 3.  Atividade 1: Assistir a Videoaula 1: - Identidade Social discussões étnicas de alteridade:.  Fórum 1: Tira-dúvidas (permanente).  Atividade 2: Realizar leitura do texto complementar “Ritos Corporais entre os Naciremas”. Identifique os conceitos de Identidade Social e Alteridade presentes no texto e relacione o modo de viver dos Naciremas ao conceito da sociedade do modo de vida do “homem branco”. Postar em arquivo único no link Atividade 2 até o dia 22/06/13. Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  4. 4.  Fórum 2: Para discussão do tema “Sou afrodescendente, sou brasileiro: raízes africanas e a educação” realizaremos o debate deste fórum a partir das seguintes atividades:  Realize a leitura do Capítulo II da apostila com o tema: Valores civilizatórios AfroBrasileiros na Elaboração de Currículos Escolares – Ensaiando Pressupostos de Wilson Roberto de Mattos e da letra do Samba Enredo de 1988 da G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira (RJ) com o tema: 100 Anos de Liberdade, Realidade ou Ilusão.  Escolha um trecho da música que poderia ser utilizado como recurso no ensino da História da África e da Cultura Afro-Brasileira em virtude do processo de implementação da lei nº 10.639/03, visto que esta lei tem obrigatoriedade da inclusão nos currículos das nossas escolas. Não se esqueça de justificar sua escolha por este trecho da música.  Data Final das Postagens: 29/06/13.  Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  5. 5.  Fórum 3: Realizar leitura do capítulo 8 da apostila: “Posso ser o que você é, sem deixar de ser quem sou!” de Marcos Teren e postar um comentário reflexivo, sobre quais seriam os direitos indígenas no campo educacional levantados pelo autor.  Data Final das Postagens: 29/07/13. Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  6. 6.  Atividade 3: A partir da leitura do e-book “Que atitude tomar frente a uma cena dessas?”, Posicionar-se criticamente a partir do estudo de caso de uma situação vivenciada por uma estagiária, respondendo os setes passos indicados no e-book.  Postar em arquivo único no link Atividade 3 até o dia 06/07/13.  Fórum 4: Leia o texto “A cerveja e o assassinato do feminino”, publicado no jornal Folha de São Paulo, dia 3 de janeiro de 2007, na coluna Tendências e Debates, de autoria da professora Berenice Bento, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte realizar uma análise comparativa com o vídeo “Mulher e Educação”, disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=RudON98LPG0  Data Final das Postagens: 06/07/13. Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  7. 7.  Atividade 4: Assistir a Videoaula 2 - “Essencialismo e Construcionismo social”  Atividade 5: Realizar a leitura da coluna da socialite Danuza Leão, “Como se tornar uma drag Queen”, publicada no jornal Folha de São Paulo, na edição de 7 de fevereiro de 2010. Após, realizar leitura de uma crítica ao texto de Danuza feita pelo Prof. Leandro Colling com o título “Os equívocos e acertos de Danuza”. Faça uma análise crítica indicando os aspectos essencialistas e construcionistas levantados pelo texto de Danuza Leão.  Data Final das Postagens: 06/07/13. Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  8. 8.  Fórum 5: Com base no Capítulo I da apostila, com o tema “Direito e Legislação educacional para a diversidade étnica – breve histórico” de Hédio Silva Júnior, quais foram os primeiros movimentos sociais organizados que influenciaram/influenciam a legislação educacional brasileira? Como se deu esta influência?  Data Final das Postagens: 10/07/13. Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  9. 9.  Atividade 6: Construir um Glossário, para isso, cada aluno deverá pesquisar um programa de inclusão social instituído pelo governo federal brasileiro.  Postar em arquivo único no link Atividade 6 até o dia 03/08/13.  Chat 1: Momento de socialização dos conhecimentos e tira-dúvidas. Dia 17/07/13 às 20:00h. Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  10. 10.  Atividade 7: Realização da atividade em grupos - Fotoetnografia – pesquisa por meio de fotos.  A fotoetnografia é a utilização da fotografia como forma narrativa especial na perspectiva do fazer etnográfico. Para realização da atividade, consultar Roteiro da Fotoetnografia (texto complementar).  Escolher uma sala de aula e registrar dez cenas de aulas ou de outras vivências no ambiente escolar de como a escola está trabalhando a questão da valorização da diferença, do reconhecimento da diversidade, dos processos de inclusão nas suas práticas pedagógicas.  Realizar uma breve caracterização da sala de aula pesquisada (localização da escola, dados numéricos das características do grupo de alunos, como: a série, grupo étnicoracial, etário, de gênero e orientação afetivo-sexual e ao final faça uma reflexão dos dados obtidos no seu levantamento).  Postar em arquivo único no link Atividade 7 até o dia 27/07/13. Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  11. 11.  Aplicação da Verificação de aprendizagem pela Tutora presencial do polo. Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  12. 12. Garantia de acesso à educação de qualidade em qualquer nível educacional ÉTNICO-RACIAL ETÁRIA A qualidade educacional AFETIVO-SEXUAL GERACIONAL GÊNERO Prof.ª Priscila de Sousa barbosa Um desafio prioritário para o sistema educacional.
  13. 13. Desafio Esse desafio se justifica porque, no Brasil, já “atingimos escolas para todos [com a universalização da educação], mas não educação para todos. ” (Ferreira, 2005, p. 05). Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  14. 14. DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DE PROFESSORE(A)S PARA RESPONDER À DIVERSIDADE DOS ESTUDANTES Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  15. 15. Desenvolvimento da educação de professore(a)s para responder à diversidade dos estudantes Diversidade - Perpassa inúmeros âmbitos da vida escolar. - Pode ser identificada nas diferenças de níveis de linguagem oral e „jeitos‟ de se comunicar; na convivência entre crianças de diferentes estados e condições sócio-econômico-cultural; na presença na mesma classe de crianças e jovens que vivem em favelas e zonas periféricas carentes que não tiveram acesso ao universo escolar; na convivência entre crianças brancas, negras e de outros grupos étnicos numa mesma classe e também entre as crianças com e sem deficiências (Ferreira 2006a). Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  16. 16. ritmos estilos necessidade s Escola – processo de escolarização motivaçõe s histórias de vida Prof.ª Priscila de Sousa barbosa interesses
  17. 17. EDUCAR NA DIVERSIDADE: FLEXIBILIZAÇÃO E ENRIQUECIMENTO DO CURRÍCULO Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  18. 18. Enriquecer e flexibilizar o conteúdo curricular previsto no processo ensinoaprendizagem. Educar na diversidade Ensinar em um contexto educacional no qual as diferenças individuais e entre todo(a)s membros do grupo (classe) são destacadas. de Sousa barbosa Prof.ª Priscila
  19. 19. Para educar na diversidade, o docente deve adotar em sua prática pedagógica os princípios orientadores da prática de ensino inclusiva (MEC/SEESP 2005, pp. 23-25), que são: Aprendizagem ativa e significativa Negociação de objetivos Demonstração, prática e feedback Prof.ª Priscila de Sousa barbosa Avaliação contínua Apoio e Colaboração
  20. 20.  Desenvolver qualidade educacional e promover o desenvolvimento profissional de docentes para educar na diversidade em um país com dimensões territoriais e pluralidade cultural significativas, como é o caso do Brasil, não é tarefa para poucos ou de curto prazo. Todo(a)s devemos estar conscientes de que o processo de mudança acarretará turbulências, temor, desacordos entre áreas de conhecimentos, dúvidas e inseguranças que podem nos imobilizar. Contudo, as mudanças são necessárias e urgentes e, para alcançá-las é preciso estabelecer alianças e parcerias, realizar trocas e compartilhar experiências de sucesso ou de fracasso. Somente assim, superando as barreiras que nos imobilizam e atemorizam, seremos capazes de construir sistemas educacionais mais justos e igualitários, mais humanizados e humanizadores para educador(a) e para cada criança, jovem e adulto que representam a diversidade existente no país. (FERREIRA, 2006). Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  21. 21. ÉTNICO-RACIAL E ETÁRIA E GERACIONAL Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  22. 22. “Sou afrodescendente, sou brasileiro: raízes africanas e a educação” Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  23. 23. Minhas raízes indígenas: “Posso ser o que você é, sem deixar de ser quem sou!” Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  24. 24. GÊNERO E ORIENTAÇÃO AFETIVOSEXUAL Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  25. 25. O movimento feminista Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  26. 26. Sexualidade na escola? Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  27. 27. Prof.ª Priscila de Sousa barbosa
  28. 28. Ser livre é conseguir flutuar entre a diversidade e a multiplicidade, sem perder a própria identidade. Dimos iksilara Prof.ª Priscila de Sousa barbosa

×