SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
PÓS-GRADUAÇÃO
Coimbra Business School
Quinta Agrícola – Bencanta
3040-316 Coimbra
E-mail: bs@iscac.pt
Telefone direto:+351 239 802 187
Telefone geral:+351 239 802 000 Extensão: 223
Fax: +351 239 445 445
bs.iscac.pt
C SOIMBRA BUSINESS CHOOL
bs.iscac.pt
Pós-Graduação em Auditoria,
Risco e Controlo de Sistemas de Informação
Em Regime de b-learning:
combine o aprendizado em regime virtual com presencial - assista às aulas no Brasil!
1.º Programa em língua portuguesa com
alinhamento reconhecido com o ISACA Model
Curriculum for IS Audit and Control, 3rd Edition
Em parceria com Empresas Colaborantes Empresas Parceiras
Lisbon Chapter
MENSAGEM
A Informação é um dos principais ativos das organizações e as Tec-
nologias desempenham um papel crucial no seu ciclo de vida. Sendo a
Informação e Tecnologias fatores críticos de sucesso nas organizações,
representam, contudo, desafios cada vez mais complexos de gerir
decorrentes de fatores tão diversos, nomeadamente a globalização dos
serviços, crescente dependência de redes e comunicações, o contínuo
aparecimento de novas leis e regulamentos, o incremento da desmate-
rialização de informação, a híper-conexão de entidades e parceiros e as
crescentes ameaças à confidencialidade, integridade e disponibilidade
da informação, com as práticas de cibercrime a ganharem cada vez
maior atenção nas agendas das organizações. Assim, os responsáveis
pelas organizações enfrentam cada vez maiores dificuldades em ga-
rantir o valor e a confiança necessária para os principais stakeholders,
sendo desta forma obrigatória a aplicação das melhores práticas de
governance, gestão, operação e supervisão, garantindo eficiência,
uma gestão efetiva dos seus recursos, conhecimento dos seus riscos
e garantindo conformidade com os requisitos legais e regulamentares.
Neste contexto, as funções de suporte em geral, e a auditoria em parti-
cular, ganham cada vez maior atenção e relevância nas organizações,
existindo um aumento da preocupação em assegurar que estas funções, quer sejam desempenhadas internamente
ou com recurso a prestadores externos, contribuam de forma direta para o valor e sucesso dos negócios. O auditor
é hoje encarado como um parceiro de negócio, capaz de comunicar com as áreas de negócio e contribuir de forma
efetiva e construtiva para o sucesso do sistema de governance, risco e controlo da organização. Esta colaboração
exige uma importante adoção das melhores práticas complementadas por uma formação e capacitação de todos
os intervenientes nas diversas componentes da auditoria, do risco ao controlo, dos processos às tecnologias, da
segurança à continuidade. Esta pós-graduação pioneira em Portugal é o exemplo de tal, alinhada com as melhores
práticas e certificações de organismos internacionais de reconhecido mérito como é o ISACA ou o IIA, capacitará os
alunos em conhecimentos e ferramentas de elevado valor para o desenvolvimento de competências relevantes no
contexto local e internacional. O ISCAC disponibiliza instalações e infraestruturas modernas que permitem a prestação
de um ensino de qualidade, quer seja através do formato presencial ou da opção de formação remota através da
plataforma eletrónica de ensino à distância (sistema b-learning).
ESTRUTURA MODULAR
MÓDULOS HORAS ECTS
Princípios gerais de auditoria
Auditoria de TI baseada em Risco
Auditoria a modelos de controlo interno e auditorias integradas
Contexto legal e normativo com impacto nas Tecnologias de Informação
Seminário - Gestão de equipas
Seminário - Negociação e assertividade
Seminário de Projeto 1
Auditoria a modelos de governance e gestão de TI
Auditoria de projetos de aquisição, desenvolvimento e implementação de sistemas
Auditorias à gestão de serviços de operações e manutenção de TI
Auditoria à Segurança da Informação
Auditoria à Gestão da Continuidade de Negócio
Análise de dados e utilização de CAATs
Auditoria e gestão da fraude
Seminário - Comportamento organizacional
Seminário - Técnicas de entrevista e recolha de informação.
Modelos de competência e preparação de processos de certificação
Seminário de Projeto 2
Total
20
16
16
8
4
4
(16P) 4
12
16
16
24
8
16
16
4
4
8
(16P) 4
200
6
4
4
3
0
0
6
4
4
4
8
3
4
4
0
0
0
6
60
Isabel Pedrosa
(ISCAC)
Bruno Soares
(ISACA Lisbon Chapter)
Georgina Morais
(ISCAC)
Fátima Geada
(IPAI)
Parceiros Institucionais
TESTEMUNHOS DOS ALUNOS
“A oportunidade de partilhar experiências com colegas e o acesso a uma rede de professores como uma vasta
experiência nas temáticas abordadas contribuem para o desenvolvimento das minhas competências e permitirão o
desempenho da minha função de auditoria de sistemas de informação com a qualidade desejada.”
Adérito Abílio Pilica, CISA (2ª edição/b-learning) – Auditor de Sistemas de informação no Banco de Moçambique
“A expectativa que tinha em relação à PGARCSI era bastante elevada pois tratava-se de um tema para o qual só há
pouco despertei e pela credibilidade que a associação a um organismo mundial - ISACA - lhe conferia. (…) Os temas
são cativantes, atuais e relevantes e o corpo docente é constituído por pessoas cujo quotidiano são os temas que
lecionam (Auditoria, Risco, Fraude, Segurança, etc.). (…) O regime de b-learning permite atualmente uma interação
quase plena com os professores e colegas mesmo estando à distância.”
José Paulo Monteiro, (2ª edição/b-learning) Analista Programador no SUCH | Serviço de Utilização Comum dos Hospitais
“A participação da PGARCSI tem permitido abrir uma nova perspetiva de futuro com um alargamento do âmbito de
abordagem no desempenho das minhas funções e potenciando o meu desenvolvimento profissional.“
Armando Lopes – CIA, CRMA e CCSA (1ª edição) Diretor de Auditoria Interna e Gestão de Risco da Unicer.
ISACA Student Group do ISCAC: isg.iscac.pt
PÓS-GRADUAÇÃO EM
AUDITORIA, RISCO E CONTROLO
DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
Em sistema B-LEARNING (presencial e/ou online)
AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PODEM SER
COMPLEXAS, AS AUDITORIAS NÃO TÊM DE SER!
ÂMBITO E OBJETIVOS
Esta pós-graduação foi desenhada a pensar nos desafios atuais das organizações, combinando uma
visão das boas práticas internacionais com os requisitos de competências dos profissionais nestas áreas.
Desta forma, pretende-se contribuir para uma maior consciência por parte das organizações dos riscos e
oportunidades relacionadas com a gestão eficiente dos Sistemas de Informação, garantindo igualmente
uma maior capacitação dos profissionais que lhes possibilite o exercício das suas profissões de forma
mais qualificada, não só no mercado nacional mas cada vez mais num contexto global. O desenho da
pós-graduação, pioneira em Portugal, teve em consideração as principais frameworks e certificações
de mercado, destacando-se o alinhamento com o “ISACA Model Curriculum for IS Audit and Control” e a
cobertura das principais áreas de conhecimento relevantes no contexto das certificações internacionais,
como é o caso do Certified Information Systems Auditor (CISA) do ISACA.
Com o objetivo de alargar a alunos mais distantes a possibilidade de participar numa das pós-graduações
de referência nas áreas de auditoria, risco e Controlo de Sistemas de Informação, nomeadamente dos
CPLP, foi criado o sistema de ensino à distância em Ambiente Colaborativo Multimédia (b-learning), com
sessões síncronas ou visionamento posterior das mesmas. Desta forma é possível conciliar o espirito
prático e profissionalizante do curriculum da PG e promover a colaboração e partilha de conhecimentos
e experiências entre alunos, docentes e restante comunidade académica ISCAC, em particular o seu
ISACA Students Group (1.º em Portugal).
DESTINATÁRIOS
A pós-graduação foi desenhada tendo por base o tecido empresarial português, motivo pelo
qual teve como principal preocupação a definição de conteúdos temáticos que equilibrem
a componente teórica e prática.
CORPO DOCENTE
António Calheiros (ISCAC)
Armando Veiga (ISCAC)
Bruno H Soares (GOVaaS)
Cristina Alberto (KPMG)
Filipe Pontes (AXA)
Francisco Guimarães (Results Revolution)
Fátima Geada (IPAI)
Georgina Morais (ISCAC)
Isabel Pedrosa (ISCAC)
Jorge Granjal (DEI-FCTUC)
Luís Montanha Rebelo (MONTEPIO)
Luís Morais (Compagnie Financière Richemont SA)
Paulo Gomes (SONAE)
Raul Laureano (ISCTE-IUL)
Rui Brites (ISEG)
Wander Carvalho (ISCAC)
“A inovação do modelo B-Learning permite-nos estar numa sala de aulas em Coimbra a partir de qualquer canto
do mundo e aceder a uma formação de qualidade ímpar.”
Rodolfo Malagissa - (2ª edição/b-learning) - DSI - Auditoria e Riscos de STI do Banco BCI de Moçambique

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Panorama e-Learning Portugal 360 - resultados do estudo nacional
Panorama e-Learning Portugal 360 - resultados do estudo nacionalPanorama e-Learning Portugal 360 - resultados do estudo nacional
Panorama e-Learning Portugal 360 - resultados do estudo nacionalFátima Correia
 
Modelos de Maturidade
Modelos de MaturidadeModelos de Maturidade
Modelos de Maturidadenesi
 
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - EducacionalLançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - EducacionalRafael Pinheiro
 
Agir gr ci fnery 21mai2019
Agir gr ci fnery 21mai2019Agir gr ci fnery 21mai2019
Agir gr ci fnery 21mai2019Fernando Nery
 
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docx
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docxPlano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docx
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docxmicsquize
 
Capital Humano - Meta4
Capital Humano - Meta4Capital Humano - Meta4
Capital Humano - Meta4nesi
 

Mais procurados (12)

Panorama e-Learning Portugal 360 - resultados do estudo nacional
Panorama e-Learning Portugal 360 - resultados do estudo nacionalPanorama e-Learning Portugal 360 - resultados do estudo nacional
Panorama e-Learning Portugal 360 - resultados do estudo nacional
 
Modelos de Maturidade
Modelos de MaturidadeModelos de Maturidade
Modelos de Maturidade
 
WebGoat Project
WebGoat ProjectWebGoat Project
WebGoat Project
 
Presencial Correto
Presencial   CorretoPresencial   Correto
Presencial Correto
 
Petic Software
Petic SoftwarePetic Software
Petic Software
 
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - EducacionalLançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
Lançamento TOTVS V12 Linha RM - Educacional
 
Agir gr ci fnery 21mai2019
Agir gr ci fnery 21mai2019Agir gr ci fnery 21mai2019
Agir gr ci fnery 21mai2019
 
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docx
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docxPlano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docx
Plano de Gestão_EduCorp_Michelle Siquet.docx
 
Escola de Negocios
Escola de NegociosEscola de Negocios
Escola de Negocios
 
Escola de Negocios UP
Escola de Negocios UPEscola de Negocios UP
Escola de Negocios UP
 
Capital Humano - Meta4
Capital Humano - Meta4Capital Humano - Meta4
Capital Humano - Meta4
 
E formador
E formadorE formador
E formador
 

Semelhante a Pós-Graduação em Auditoria TI

6ª edição - Pg Auditoria, Risco e Controlo de Sistemas de Informação
6ª edição - Pg Auditoria, Risco e Controlo de Sistemas de Informação6ª edição - Pg Auditoria, Risco e Controlo de Sistemas de Informação
6ª edição - Pg Auditoria, Risco e Controlo de Sistemas de InformaçãoFilipe Pontes
 
Pós-Graduação Gestão de Negócios Online
Pós-Graduação Gestão de Negócios OnlinePós-Graduação Gestão de Negócios Online
Pós-Graduação Gestão de Negócios Onlinefredericocarvalho.pt
 
Conhecimento e a Aprendizagem Organizacional
Conhecimento e a Aprendizagem OrganizacionalConhecimento e a Aprendizagem Organizacional
Conhecimento e a Aprendizagem Organizacionalrfaria
 
Aprendizagem Organizacional
Aprendizagem OrganizacionalAprendizagem Organizacional
Aprendizagem Organizacionalnesi
 
Modelos de Maturidade de Gestão do Conhecimento
Modelos de Maturidade de Gestão do ConhecimentoModelos de Maturidade de Gestão do Conhecimento
Modelos de Maturidade de Gestão do Conhecimentorfaria
 
Informática de Gestão - Jornal "As Beiras", dia 16-set-2014, pag 17
Informática de Gestão - Jornal "As Beiras", dia 16-set-2014, pag 17Informática de Gestão - Jornal "As Beiras", dia 16-set-2014, pag 17
Informática de Gestão - Jornal "As Beiras", dia 16-set-2014, pag 17Isabel Pedrosa
 
Maturidade e Implantação do CobIT® - Prof. Maurílio Benevento
Maturidade e Implantação do CobIT® - Prof. Maurílio Benevento Maturidade e Implantação do CobIT® - Prof. Maurílio Benevento
Maturidade e Implantação do CobIT® - Prof. Maurílio Benevento Sustentare Escola de Negócios
 
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.Tiago Assentiz Alberto, CSM
 
COBIT - Control Objectives for Information and related Technology
COBIT - Control Objectives for Information and related TechnologyCOBIT - Control Objectives for Information and related Technology
COBIT - Control Objectives for Information and related TechnologyDeroci Nonato Júnior
 
Projeto Transformação Digital na Universidade
Projeto Transformação Digital na UniversidadeProjeto Transformação Digital na Universidade
Projeto Transformação Digital na UniversidadeManuel Garcia Garcia
 
Dict 2008
Dict 2008Dict 2008
Dict 2008xPopper
 
Guia para MESTRADO GESTÃO uma das melhores
Guia para MESTRADO GESTÃO uma das melhoresGuia para MESTRADO GESTÃO uma das melhores
Guia para MESTRADO GESTÃO uma das melhoresAnimesfcc
 
Gestão e Engenharia do Conhecimento: Perspectivas e Resultados Empresariais
Gestão e Engenharia do Conhecimento: Perspectivas e Resultados EmpresariaisGestão e Engenharia do Conhecimento: Perspectivas e Resultados Empresariais
Gestão e Engenharia do Conhecimento: Perspectivas e Resultados EmpresariaisRoberto C. S. Pacheco
 
Academia Cisco Malha Atlântica (Projecto)
Academia Cisco Malha Atlântica (Projecto)Academia Cisco Malha Atlântica (Projecto)
Academia Cisco Malha Atlântica (Projecto)Jorge Borges
 
Novas Tecnologias em IES
Novas Tecnologias em IESNovas Tecnologias em IES
Novas Tecnologias em IESPatricia Costa
 

Semelhante a Pós-Graduação em Auditoria TI (20)

6ª edição - Pg Auditoria, Risco e Controlo de Sistemas de Informação
6ª edição - Pg Auditoria, Risco e Controlo de Sistemas de Informação6ª edição - Pg Auditoria, Risco e Controlo de Sistemas de Informação
6ª edição - Pg Auditoria, Risco e Controlo de Sistemas de Informação
 
Pós-Graduação Gestão de Negócios Online
Pós-Graduação Gestão de Negócios OnlinePós-Graduação Gestão de Negócios Online
Pós-Graduação Gestão de Negócios Online
 
Conhecimento e a Aprendizagem Organizacional
Conhecimento e a Aprendizagem OrganizacionalConhecimento e a Aprendizagem Organizacional
Conhecimento e a Aprendizagem Organizacional
 
Aprendizagem Organizacional
Aprendizagem OrganizacionalAprendizagem Organizacional
Aprendizagem Organizacional
 
Modelos de Maturidade de Gestão do Conhecimento
Modelos de Maturidade de Gestão do ConhecimentoModelos de Maturidade de Gestão do Conhecimento
Modelos de Maturidade de Gestão do Conhecimento
 
Aula 01 conceitos do cobit
Aula 01   conceitos do cobitAula 01   conceitos do cobit
Aula 01 conceitos do cobit
 
Informática de Gestão - Jornal "As Beiras", dia 16-set-2014, pag 17
Informática de Gestão - Jornal "As Beiras", dia 16-set-2014, pag 17Informática de Gestão - Jornal "As Beiras", dia 16-set-2014, pag 17
Informática de Gestão - Jornal "As Beiras", dia 16-set-2014, pag 17
 
Maturidade e Implantação do CobIT® - Prof. Maurílio Benevento
Maturidade e Implantação do CobIT® - Prof. Maurílio Benevento Maturidade e Implantação do CobIT® - Prof. Maurílio Benevento
Maturidade e Implantação do CobIT® - Prof. Maurílio Benevento
 
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
 
COBIT - Control Objectives for Information and related Technology
COBIT - Control Objectives for Information and related TechnologyCOBIT - Control Objectives for Information and related Technology
COBIT - Control Objectives for Information and related Technology
 
Projeto Transformação Digital na Universidade
Projeto Transformação Digital na UniversidadeProjeto Transformação Digital na Universidade
Projeto Transformação Digital na Universidade
 
Apresentação Profissional
Apresentação ProfissionalApresentação Profissional
Apresentação Profissional
 
Dict 2008
Dict 2008Dict 2008
Dict 2008
 
Dict 2008
Dict 2008Dict 2008
Dict 2008
 
Guia para MESTRADO GESTÃO uma das melhores
Guia para MESTRADO GESTÃO uma das melhoresGuia para MESTRADO GESTÃO uma das melhores
Guia para MESTRADO GESTÃO uma das melhores
 
Gestão e Engenharia do Conhecimento: Perspectivas e Resultados Empresariais
Gestão e Engenharia do Conhecimento: Perspectivas e Resultados EmpresariaisGestão e Engenharia do Conhecimento: Perspectivas e Resultados Empresariais
Gestão e Engenharia do Conhecimento: Perspectivas e Resultados Empresariais
 
Academia Cisco Malha Atlântica (Projecto)
Academia Cisco Malha Atlântica (Projecto)Academia Cisco Malha Atlântica (Projecto)
Academia Cisco Malha Atlântica (Projecto)
 
Novas Tecnologias em IES
Novas Tecnologias em IESNovas Tecnologias em IES
Novas Tecnologias em IES
 
Trilha de Aprendizagem INCATEP
Trilha de Aprendizagem INCATEPTrilha de Aprendizagem INCATEP
Trilha de Aprendizagem INCATEP
 
Mgst apresentação 1
Mgst   apresentação 1Mgst   apresentação 1
Mgst apresentação 1
 

Mais de Filipe Pontes

Vai correr tudo bem?Não!
Vai correr tudo bem?Não!Vai correr tudo bem?Não!
Vai correr tudo bem?Não!Filipe Pontes
 
Filipe pontes-junho 2019 Ionline
Filipe pontes-junho 2019 Ionline Filipe pontes-junho 2019 Ionline
Filipe pontes-junho 2019 Ionline Filipe Pontes
 
Artigo de abril Publicação jornal i
Artigo de abril Publicação jornal i Artigo de abril Publicação jornal i
Artigo de abril Publicação jornal i Filipe Pontes
 
Nova diretiva europeia sobre proteção de denunciantes (whistleblowers) Visao533
Nova diretiva europeia sobre proteção de denunciantes (whistleblowers) Visao533Nova diretiva europeia sobre proteção de denunciantes (whistleblowers) Visao533
Nova diretiva europeia sobre proteção de denunciantes (whistleblowers) Visao533Filipe Pontes
 
Abraçar a Esperança 2019
Abraçar a Esperança 2019Abraçar a Esperança 2019
Abraçar a Esperança 2019Filipe Pontes
 
Pedrógão: antecipar em vez de reagir
Pedrógão: antecipar em vez de reagirPedrógão: antecipar em vez de reagir
Pedrógão: antecipar em vez de reagirFilipe Pontes
 
Cv ing _fp_ilipe pontes_linkedin
Cv ing _fp_ilipe pontes_linkedinCv ing _fp_ilipe pontes_linkedin
Cv ing _fp_ilipe pontes_linkedinFilipe Pontes
 
RGPD e os seus direitos. Visao e489A
RGPD e os seus direitos. Visao e489ARGPD e os seus direitos. Visao e489A
RGPD e os seus direitos. Visao e489AFilipe Pontes
 
Jornal i - edição de 18 de Maio de 2018 - ionline
Jornal i - edição de 18 de Maio de 2018 - ionlineJornal i - edição de 18 de Maio de 2018 - ionline
Jornal i - edição de 18 de Maio de 2018 - ionlineFilipe Pontes
 
Visao e467 - Silêncio da Fraude
Visao e467 - Silêncio da FraudeVisao e467 - Silêncio da Fraude
Visao e467 - Silêncio da FraudeFilipe Pontes
 
Jornal i - edição de 11 de Outubro de 2017
Jornal i - edição de 11 de Outubro de 2017Jornal i - edição de 11 de Outubro de 2017
Jornal i - edição de 11 de Outubro de 2017Filipe Pontes
 
Jornal i - edição de 12 de Julho de 2017
Jornal i - edição de 12 de Julho de 2017Jornal i - edição de 12 de Julho de 2017
Jornal i - edição de 12 de Julho de 2017Filipe Pontes
 
Visao e438 - Edição online
Visao e438 - Edição onlineVisao e438 - Edição online
Visao e438 - Edição onlineFilipe Pontes
 
Visao e417- 12 de Janeiro de 2017
Visao e417- 12 de Janeiro de 2017Visao e417- 12 de Janeiro de 2017
Visao e417- 12 de Janeiro de 2017Filipe Pontes
 
Jornal i - edição de 12 de Janeiro de 2017
Jornal i - edição de 12 de Janeiro de 2017Jornal i - edição de 12 de Janeiro de 2017
Jornal i - edição de 12 de Janeiro de 2017Filipe Pontes
 
O Orçamento e o combate à Fraude
O Orçamento e o combate à FraudeO Orçamento e o combate à Fraude
O Orçamento e o combate à FraudeFilipe Pontes
 
O veto presidencial e os falsos positivos
O veto presidencial e os falsos positivosO veto presidencial e os falsos positivos
O veto presidencial e os falsos positivosFilipe Pontes
 
Revista ipai edição 64
Revista ipai edição 64Revista ipai edição 64
Revista ipai edição 64Filipe Pontes
 
Ionline.pt 27 de Julho de 2016
Ionline.pt 27 de Julho de 2016Ionline.pt 27 de Julho de 2016
Ionline.pt 27 de Julho de 2016Filipe Pontes
 

Mais de Filipe Pontes (20)

Vai correr tudo bem?Não!
Vai correr tudo bem?Não!Vai correr tudo bem?Não!
Vai correr tudo bem?Não!
 
Filipe pontes-junho 2019 Ionline
Filipe pontes-junho 2019 Ionline Filipe pontes-junho 2019 Ionline
Filipe pontes-junho 2019 Ionline
 
Artigo de abril Publicação jornal i
Artigo de abril Publicação jornal i Artigo de abril Publicação jornal i
Artigo de abril Publicação jornal i
 
Nova diretiva europeia sobre proteção de denunciantes (whistleblowers) Visao533
Nova diretiva europeia sobre proteção de denunciantes (whistleblowers) Visao533Nova diretiva europeia sobre proteção de denunciantes (whistleblowers) Visao533
Nova diretiva europeia sobre proteção de denunciantes (whistleblowers) Visao533
 
Abraçar a Esperança 2019
Abraçar a Esperança 2019Abraçar a Esperança 2019
Abraçar a Esperança 2019
 
Pedrógão: antecipar em vez de reagir
Pedrógão: antecipar em vez de reagirPedrógão: antecipar em vez de reagir
Pedrógão: antecipar em vez de reagir
 
Cv ing _fp_ilipe pontes_linkedin
Cv ing _fp_ilipe pontes_linkedinCv ing _fp_ilipe pontes_linkedin
Cv ing _fp_ilipe pontes_linkedin
 
RGPD e os seus direitos. Visao e489A
RGPD e os seus direitos. Visao e489ARGPD e os seus direitos. Visao e489A
RGPD e os seus direitos. Visao e489A
 
Jornal i - edição de 18 de Maio de 2018 - ionline
Jornal i - edição de 18 de Maio de 2018 - ionlineJornal i - edição de 18 de Maio de 2018 - ionline
Jornal i - edição de 18 de Maio de 2018 - ionline
 
Visao e467 - Silêncio da Fraude
Visao e467 - Silêncio da FraudeVisao e467 - Silêncio da Fraude
Visao e467 - Silêncio da Fraude
 
CV | Filipe Pontes
CV | Filipe Pontes CV | Filipe Pontes
CV | Filipe Pontes
 
Jornal i - edição de 11 de Outubro de 2017
Jornal i - edição de 11 de Outubro de 2017Jornal i - edição de 11 de Outubro de 2017
Jornal i - edição de 11 de Outubro de 2017
 
Jornal i - edição de 12 de Julho de 2017
Jornal i - edição de 12 de Julho de 2017Jornal i - edição de 12 de Julho de 2017
Jornal i - edição de 12 de Julho de 2017
 
Visao e438 - Edição online
Visao e438 - Edição onlineVisao e438 - Edição online
Visao e438 - Edição online
 
Visao e417- 12 de Janeiro de 2017
Visao e417- 12 de Janeiro de 2017Visao e417- 12 de Janeiro de 2017
Visao e417- 12 de Janeiro de 2017
 
Jornal i - edição de 12 de Janeiro de 2017
Jornal i - edição de 12 de Janeiro de 2017Jornal i - edição de 12 de Janeiro de 2017
Jornal i - edição de 12 de Janeiro de 2017
 
O Orçamento e o combate à Fraude
O Orçamento e o combate à FraudeO Orçamento e o combate à Fraude
O Orçamento e o combate à Fraude
 
O veto presidencial e os falsos positivos
O veto presidencial e os falsos positivosO veto presidencial e os falsos positivos
O veto presidencial e os falsos positivos
 
Revista ipai edição 64
Revista ipai edição 64Revista ipai edição 64
Revista ipai edição 64
 
Ionline.pt 27 de Julho de 2016
Ionline.pt 27 de Julho de 2016Ionline.pt 27 de Julho de 2016
Ionline.pt 27 de Julho de 2016
 

Último

Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 

Último (20)

Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 

Pós-Graduação em Auditoria TI

  • 1. PÓS-GRADUAÇÃO Coimbra Business School Quinta Agrícola – Bencanta 3040-316 Coimbra E-mail: bs@iscac.pt Telefone direto:+351 239 802 187 Telefone geral:+351 239 802 000 Extensão: 223 Fax: +351 239 445 445 bs.iscac.pt C SOIMBRA BUSINESS CHOOL bs.iscac.pt Pós-Graduação em Auditoria, Risco e Controlo de Sistemas de Informação Em Regime de b-learning: combine o aprendizado em regime virtual com presencial - assista às aulas no Brasil! 1.º Programa em língua portuguesa com alinhamento reconhecido com o ISACA Model Curriculum for IS Audit and Control, 3rd Edition
  • 2. Em parceria com Empresas Colaborantes Empresas Parceiras Lisbon Chapter MENSAGEM A Informação é um dos principais ativos das organizações e as Tec- nologias desempenham um papel crucial no seu ciclo de vida. Sendo a Informação e Tecnologias fatores críticos de sucesso nas organizações, representam, contudo, desafios cada vez mais complexos de gerir decorrentes de fatores tão diversos, nomeadamente a globalização dos serviços, crescente dependência de redes e comunicações, o contínuo aparecimento de novas leis e regulamentos, o incremento da desmate- rialização de informação, a híper-conexão de entidades e parceiros e as crescentes ameaças à confidencialidade, integridade e disponibilidade da informação, com as práticas de cibercrime a ganharem cada vez maior atenção nas agendas das organizações. Assim, os responsáveis pelas organizações enfrentam cada vez maiores dificuldades em ga- rantir o valor e a confiança necessária para os principais stakeholders, sendo desta forma obrigatória a aplicação das melhores práticas de governance, gestão, operação e supervisão, garantindo eficiência, uma gestão efetiva dos seus recursos, conhecimento dos seus riscos e garantindo conformidade com os requisitos legais e regulamentares. Neste contexto, as funções de suporte em geral, e a auditoria em parti- cular, ganham cada vez maior atenção e relevância nas organizações, existindo um aumento da preocupação em assegurar que estas funções, quer sejam desempenhadas internamente ou com recurso a prestadores externos, contribuam de forma direta para o valor e sucesso dos negócios. O auditor é hoje encarado como um parceiro de negócio, capaz de comunicar com as áreas de negócio e contribuir de forma efetiva e construtiva para o sucesso do sistema de governance, risco e controlo da organização. Esta colaboração exige uma importante adoção das melhores práticas complementadas por uma formação e capacitação de todos os intervenientes nas diversas componentes da auditoria, do risco ao controlo, dos processos às tecnologias, da segurança à continuidade. Esta pós-graduação pioneira em Portugal é o exemplo de tal, alinhada com as melhores práticas e certificações de organismos internacionais de reconhecido mérito como é o ISACA ou o IIA, capacitará os alunos em conhecimentos e ferramentas de elevado valor para o desenvolvimento de competências relevantes no contexto local e internacional. O ISCAC disponibiliza instalações e infraestruturas modernas que permitem a prestação de um ensino de qualidade, quer seja através do formato presencial ou da opção de formação remota através da plataforma eletrónica de ensino à distância (sistema b-learning). ESTRUTURA MODULAR MÓDULOS HORAS ECTS Princípios gerais de auditoria Auditoria de TI baseada em Risco Auditoria a modelos de controlo interno e auditorias integradas Contexto legal e normativo com impacto nas Tecnologias de Informação Seminário - Gestão de equipas Seminário - Negociação e assertividade Seminário de Projeto 1 Auditoria a modelos de governance e gestão de TI Auditoria de projetos de aquisição, desenvolvimento e implementação de sistemas Auditorias à gestão de serviços de operações e manutenção de TI Auditoria à Segurança da Informação Auditoria à Gestão da Continuidade de Negócio Análise de dados e utilização de CAATs Auditoria e gestão da fraude Seminário - Comportamento organizacional Seminário - Técnicas de entrevista e recolha de informação. Modelos de competência e preparação de processos de certificação Seminário de Projeto 2 Total 20 16 16 8 4 4 (16P) 4 12 16 16 24 8 16 16 4 4 8 (16P) 4 200 6 4 4 3 0 0 6 4 4 4 8 3 4 4 0 0 0 6 60 Isabel Pedrosa (ISCAC) Bruno Soares (ISACA Lisbon Chapter) Georgina Morais (ISCAC) Fátima Geada (IPAI) Parceiros Institucionais TESTEMUNHOS DOS ALUNOS “A oportunidade de partilhar experiências com colegas e o acesso a uma rede de professores como uma vasta experiência nas temáticas abordadas contribuem para o desenvolvimento das minhas competências e permitirão o desempenho da minha função de auditoria de sistemas de informação com a qualidade desejada.” Adérito Abílio Pilica, CISA (2ª edição/b-learning) – Auditor de Sistemas de informação no Banco de Moçambique “A expectativa que tinha em relação à PGARCSI era bastante elevada pois tratava-se de um tema para o qual só há pouco despertei e pela credibilidade que a associação a um organismo mundial - ISACA - lhe conferia. (…) Os temas são cativantes, atuais e relevantes e o corpo docente é constituído por pessoas cujo quotidiano são os temas que lecionam (Auditoria, Risco, Fraude, Segurança, etc.). (…) O regime de b-learning permite atualmente uma interação quase plena com os professores e colegas mesmo estando à distância.” José Paulo Monteiro, (2ª edição/b-learning) Analista Programador no SUCH | Serviço de Utilização Comum dos Hospitais “A participação da PGARCSI tem permitido abrir uma nova perspetiva de futuro com um alargamento do âmbito de abordagem no desempenho das minhas funções e potenciando o meu desenvolvimento profissional.“ Armando Lopes – CIA, CRMA e CCSA (1ª edição) Diretor de Auditoria Interna e Gestão de Risco da Unicer. ISACA Student Group do ISCAC: isg.iscac.pt PÓS-GRADUAÇÃO EM AUDITORIA, RISCO E CONTROLO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Em sistema B-LEARNING (presencial e/ou online) AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PODEM SER COMPLEXAS, AS AUDITORIAS NÃO TÊM DE SER! ÂMBITO E OBJETIVOS Esta pós-graduação foi desenhada a pensar nos desafios atuais das organizações, combinando uma visão das boas práticas internacionais com os requisitos de competências dos profissionais nestas áreas. Desta forma, pretende-se contribuir para uma maior consciência por parte das organizações dos riscos e oportunidades relacionadas com a gestão eficiente dos Sistemas de Informação, garantindo igualmente uma maior capacitação dos profissionais que lhes possibilite o exercício das suas profissões de forma mais qualificada, não só no mercado nacional mas cada vez mais num contexto global. O desenho da pós-graduação, pioneira em Portugal, teve em consideração as principais frameworks e certificações de mercado, destacando-se o alinhamento com o “ISACA Model Curriculum for IS Audit and Control” e a cobertura das principais áreas de conhecimento relevantes no contexto das certificações internacionais, como é o caso do Certified Information Systems Auditor (CISA) do ISACA. Com o objetivo de alargar a alunos mais distantes a possibilidade de participar numa das pós-graduações de referência nas áreas de auditoria, risco e Controlo de Sistemas de Informação, nomeadamente dos CPLP, foi criado o sistema de ensino à distância em Ambiente Colaborativo Multimédia (b-learning), com sessões síncronas ou visionamento posterior das mesmas. Desta forma é possível conciliar o espirito prático e profissionalizante do curriculum da PG e promover a colaboração e partilha de conhecimentos e experiências entre alunos, docentes e restante comunidade académica ISCAC, em particular o seu ISACA Students Group (1.º em Portugal). DESTINATÁRIOS A pós-graduação foi desenhada tendo por base o tecido empresarial português, motivo pelo qual teve como principal preocupação a definição de conteúdos temáticos que equilibrem a componente teórica e prática. CORPO DOCENTE António Calheiros (ISCAC) Armando Veiga (ISCAC) Bruno H Soares (GOVaaS) Cristina Alberto (KPMG) Filipe Pontes (AXA) Francisco Guimarães (Results Revolution) Fátima Geada (IPAI) Georgina Morais (ISCAC) Isabel Pedrosa (ISCAC) Jorge Granjal (DEI-FCTUC) Luís Montanha Rebelo (MONTEPIO) Luís Morais (Compagnie Financière Richemont SA) Paulo Gomes (SONAE) Raul Laureano (ISCTE-IUL) Rui Brites (ISEG) Wander Carvalho (ISCAC) “A inovação do modelo B-Learning permite-nos estar numa sala de aulas em Coimbra a partir de qualquer canto do mundo e aceder a uma formação de qualidade ímpar.” Rodolfo Malagissa - (2ª edição/b-learning) - DSI - Auditoria e Riscos de STI do Banco BCI de Moçambique