SlideShare uma empresa Scribd logo
COMO  FAZER PALESTRA ESPÍRITA
O EXPOSITOR E TAREFA A
A PESQUISA ALLAN KARDEC   ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A PESQUISA ALLAN KARDEC ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],(As traduções)
CLÁSSICOS LÉON DENIS   ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CLÁSSICOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],GABRIEL DELANNE
CLÁSSICOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],CAMILLE FLAMMARION   ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CLÁSSICOS CÉSAR LOMBROSO   ,[object Object]
CLÁSSICOS ALEXANDRE AKSAKOF   ,[object Object],[object Object]
CLÁSSICOS ERNESTO BOZZANO   ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
POR EXTENSÃO: ARTHUR CONAN DOYLE   ,[object Object],[object Object]
OS MEDIÚNICOS Divaldo Pereira Franco 170 obras  Francisco Cândido Xavier  400 obras   J. Raul Teixeira  26 obras   Yvonne Pereira  12 obras
INVESTIMENTO CULTURAL Dicionário   Enciclopédia   Bíblia   Livros da atualidade
OBJETIVO DA PALESTRA PÚBLICA   ,[object Object],[object Object],Digo-vos que, se eles (os discípulos) se calarem, clamarão as mesmas pedras. Lc, 19:40.   Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que emprega para domar  as suas más inclinações. O evangelho segundo o espiritismo, cap. XVII, item 4.
AS AFIRMAÇÕES INDEVIDAS ,[object Object],[object Object],O livro dos espíritos   perg. 128 a 131 – Anjos e demônios –  perg. 490, 495, 504 – Anjos de guarda   O evangelho segundo o espiritismo – cap. XXVIII item 11 (Preces) Aos anjos guardiões e aos Espíritos protetores   O céu e o inferno – pt. 1  cap. 8 – Os anjos - cap. 9  -  Os demônios -  cap. 10 -  Intervenção dos demônios nas modernas manifestações
AS AFIRMAÇÕES INDEVIDAS O livro dos espíritos   – perg. 1012 e ss. – Paraíso, inferno e purgatório O céu e o inferno  – pt. 1 – cap. 3, 4 céu – inferno
AS AFIRMAÇÕES INDEVIDAS morte   O livro dos espíritos   – perg. 149 e ss. – A alma após a morte perg. 197 e ss. -  Sorte das crianças depois da morte  perg. 320 e ss. -  Comemoração dos mortos  perg. 941 e ss. -Temor da morte O Céu e o inferno   – pt. 1, cap. 2 – Temor da morte
IGREJA Grego enklesía Latim ecclesia assembléia de fiéis  assembléia de cidadãos Igreja Católica Apostólica Romana  - séc IV
NÃO EXTERNAR PRECONCEITOS O único objetivo de toda música deve ser a glória de Deus e uma recreação agradável. -  Bach   Bach – 1685 (Alemanha) – 1750 (julho) Para ele, a música era um ato de adoração, como se as notas, depois de saírem do alcance do ouvido humano, continuassem a subir para os céus, num hino de louvor. Peter Farb – A música de Bach falava a Deus Música sacra
NÃO EXTERNAR PRECONCEITOS
NÃO EXTERNAR PRECONCEITOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
NÃO PRETENDER FALAR DO QUE NÃO ENTENDEU “ ...o professor não ensina senão o que aprendeu: é um revelador de segunda ordem...” A gênese – cap. I, item 5
ATENDER À FIDELIDADE DO CONTEÚDO DOUTRINÁRIO Todos os homens são médiuns. Kardec:  “Pode, pois, dizer-se que todos são, mais ou menos, médiuns.” O livro dos médiuns, item 159
Preferível repelir 99 verdades do que admitir uma única mentira. Erasto (espírito):  Melhor é repelir dez verdades do que admitir uma única falsidade, uma só teoria errônea. O livro dos médiuns, item 230
O mal é ousado, o bem é tímido. Os espíritos:   “...Os maus são intrigantes e audaciosos, os bons são tímidos. Quando estes o quiserem, preponderarão.” O livro dos espíritos, perg. 932.
Kardec afirmou:  Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.   União Espírita Belga a ofereceu para ser colocada no túmulo (dólmem) em 1870.
Todos os homens serão espíritas, um dia. Kardec:  O Espiritismo se tornará crença comum, ou ficará sendo partilhado, como crença, apenas por algumas pessoas? Os espíritos:  Certamente que se tornará crença geral e marcará nova era na história da humanidade, porque está na natureza e chegou o tempo em que ocupará lugar entre os conhecimentos humanos....” O livro dos espíritos, perg. 798
Possessão é o mesmo que subjugação. Aliás, não é termo utilizado por Allan Kardec.   Kardec:  Na possessão, em vez de agir exteriormente, o Espírito atuante se substitui, por assim dizer, ao Espírito encarnado... ...é sempre temporária e intermitente... Na possessão pode tratar-se de um Espírito bom que queira falar e que, para causar maior impressão nos ouvintes,  toma  do corpo de um encarnado, que voluntariamente lho empresta... A gênese – cap. 14, itens 47 e 48
Precaver-se de afirmações extremistas: Fez – pagou. Bateu – levou.   Kardec:  Disse Jesus:  Quem matou com a espada, pela espada perecerá.  Estas palavras não consagram a pena de talião e, assim, a morte dada ao assassino não constitui uma aplicação dessa pena?  Os espíritos:  Tomai cuidado! Muito vos tendes enganado a respeito dessas palavras,  como acerca de outras.  A pena de talião é a justiça de Deus. É Deus quem a aplica... Mas, não vos disse ele também: Perdoai aos vossos inimigos? E não vos ensinou a pedir a Deus que vos perdoe as ofensas como houverdes vós mesmos perdoado, isto é,  na mesma proporção  em que houverdes perdoado, compreendei-o bem? O livro dos espíritos – perg. 764
Os pais são sempre culpados pelas faltas de seus filhos.   Os Espíritos:  ...os Espíritos dos pais têm por missão desenvolver os de seus filhos pela educação. Constitui-lhes isso uma tarefa.  Tornar-se-ão culpados, se vierem a falir no seu desempenho. O livro dos espíritos – perg. 208
Kardec:  São responsáveis os pais pelo transviamento de um filho que envereda pelo caminho do mal, apesar dos cuidados que lhe dispensaram? Os Espíritos:  Não; ... O livro dos espíritos – perg. 583 .
AFIRMAÇÕES TOLAS ,[object Object],[object Object],[object Object]
Kardec:   Graças, porém, à proteção e assistência dos bons Espíritos que incessantemente me deram manifestas provas de solicitude, tenho a ventura de reconhecer que nunca senti o menor desfalecimento ou desânimo...   Obras Póstumas, Minha missão, 12.6.1856
AFIRMAÇÕES FANTASIOSAS ,[object Object],[object Object],[object Object]
AFIRMAÇÕES FANTASIOSAS Onde estão ....   Paulo de Tarso Simão Pedro Madalena Kardec
AS IMAGENS DO EVANGELHO É mais fácil que um camelo passe pelo buraco de uma agulha, do que entrar um rico no reino dos céus. – Jesus. Marcos X, 25.
AS IMAGENS DO EVANGELHO (após a entrada triunfal em Jerusalém) E Jesus entrou no templo de Deus, e expulsava todos os que vendiam e compravam no templo; e derrubou as mesas dos banqueiros e as cadeiras dos que vendiam pombas; e disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; mas vós fizestes dela covil de ladrões. Mateus, XXI, 12-13.
AS IMAGENS DO EVANGELHO E, tendo entrado no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam nele, dizendo-lhes: Está escrito: A minha casa é casa de oração, e vós fizestes dela um covil de ladrões. Lucas, XIX, 45,46.
AS IMAGENS DO EVANGELHO (logo após as Bodas de Caná) E tendo feito um como azorrague de cordas, expulsou-os a todos do templo, e as ovelhas e os bois, e deitou por terra o dinheiro dos cambistas e derrubou as mesas. João, 2, 15.
As línguas de fogo estão sobre as vossas cabeças.   Ide e pregai a palavra divina.   Ide e pregai.
Convosco estão os Espíritos elevados. Certamente falareis a criaturas que não quererão escutar a voz de Deus, porque essa voz as exorta incessantemente à abnegação.
Pregareis o desinteresse aos avaros, a abstinência aos dissolutos, a mansidão aos tiranos domésticos, como aos déspotas!
Faz-se mister regueis com os vossos suores o terreno onde tendes de semear, porquanto ele não frutificará e não produzirá senão sob os reiterados golpes da enxada e da charrua evangélicas.
Ide e pregai!   Homens simples e ignorantes, vossas línguas se soltarão e falareis como nenhum orador fala.
Ide e pregai, que as populações atentas recolherão ditosas as vossas palavras de consolação, de fraternidade, de esperança e de paz.
Ide, pois, e levai a palavra divina...
Arme-se a vossa falange de decisão e coragem! Mãos à obra! o arado está pronto; a terra espera; arai!
Ide e agradecei a Deus a gloriosa tarefa que Ele vos confiou... Erasto – O evangelho segundo o espiritismo, cap. XX, item 4.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Missão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terraMissão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terraGraça Maciel
 
Há Muitas Moradas Na Casa Do Pai
Há Muitas Moradas Na Casa Do PaiHá Muitas Moradas Na Casa Do Pai
Há Muitas Moradas Na Casa Do PaiSergio Menezes
 
Palestra Espírita_ Dai gratuitamente o que gratuitamente recebeste out20
Palestra Espírita_ Dai gratuitamente o que gratuitamente recebeste  out20Palestra Espírita_ Dai gratuitamente o que gratuitamente recebeste  out20
Palestra Espírita_ Dai gratuitamente o que gratuitamente recebeste out20manumino
 
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014Claudio Macedo
 
Obsessão conceitos causas e graus
Obsessão conceitos causas e grausObsessão conceitos causas e graus
Obsessão conceitos causas e grausShantappa Jewur
 
Retorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5hRetorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5hhome
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoHenrique Vieira
 
Mediunidade com Jesus
Mediunidade com JesusMediunidade com Jesus
Mediunidade com Jesushome
 
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).Leonardo Pereira
 
09 de maio 2015 o papel das mães na terra
09 de maio 2015   o papel das mães na terra09 de maio 2015   o papel das mães na terra
09 de maio 2015 o papel das mães na terraLar Irmã Zarabatana
 
2.6.1 espiritos errantes
2.6.1   espiritos errantes2.6.1   espiritos errantes
2.6.1 espiritos errantesMarta Gomes
 
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardecmarjoriestavismeyer
 
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9contatodoutrina2013
 
Provas da pobreza e da riqueza
Provas da pobreza e da riquezaProvas da pobreza e da riqueza
Provas da pobreza e da riquezaGraça Maciel
 

Mais procurados (20)

Missão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terraMissão do homem inteligente na terra
Missão do homem inteligente na terra
 
LIMITES DA REENCARNAÇÃO
LIMITES DA REENCARNAÇÃOLIMITES DA REENCARNAÇÃO
LIMITES DA REENCARNAÇÃO
 
Há Muitas Moradas Na Casa Do Pai
Há Muitas Moradas Na Casa Do PaiHá Muitas Moradas Na Casa Do Pai
Há Muitas Moradas Na Casa Do Pai
 
Palestra Espírita_ Dai gratuitamente o que gratuitamente recebeste out20
Palestra Espírita_ Dai gratuitamente o que gratuitamente recebeste  out20Palestra Espírita_ Dai gratuitamente o que gratuitamente recebeste  out20
Palestra Espírita_ Dai gratuitamente o que gratuitamente recebeste out20
 
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
Das penas e recompensas futuras espiritismo o céu e inferno_com_2014
 
Obsessão conceitos causas e graus
Obsessão conceitos causas e grausObsessão conceitos causas e graus
Obsessão conceitos causas e graus
 
Retorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5hRetorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5h
 
Eae 75 - pensamento e vontade rev 01
Eae   75 - pensamento e vontade rev 01Eae   75 - pensamento e vontade rev 01
Eae 75 - pensamento e vontade rev 01
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
 
Mediunidade com Jesus
Mediunidade com JesusMediunidade com Jesus
Mediunidade com Jesus
 
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
 
09 de maio 2015 o papel das mães na terra
09 de maio 2015   o papel das mães na terra09 de maio 2015   o papel das mães na terra
09 de maio 2015 o papel das mães na terra
 
2.6.1 espiritos errantes
2.6.1   espiritos errantes2.6.1   espiritos errantes
2.6.1 espiritos errantes
 
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
 
Da Vida Espírita
Da Vida EspíritaDa Vida Espírita
Da Vida Espírita
 
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
Aula sobre Livro dos Espíritos - Segunda parte - Cap. 9
 
A cólera e a revolta
A cólera e a revoltaA cólera e a revolta
A cólera e a revolta
 
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMOREFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
 
A caridade segundo São Paulo
A caridade segundo São PauloA caridade segundo São Paulo
A caridade segundo São Paulo
 
Provas da pobreza e da riqueza
Provas da pobreza e da riquezaProvas da pobreza e da riqueza
Provas da pobreza e da riqueza
 

Destaque

13 herculano pires - mediunidade
13    herculano pires - mediunidade13    herculano pires - mediunidade
13 herculano pires - mediunidadeEWALDO DE SOUZA
 
Terra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritosTerra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritosbonattinho
 
Culto Do Evangelho No Lar
Culto  Do  Evangelho No   LarCulto  Do  Evangelho No   Lar
Culto Do Evangelho No LarHome
 
Curso Expositor Espírita 2011
Curso Expositor Espírita 2011Curso Expositor Espírita 2011
Curso Expositor Espírita 2011newton bandini
 
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º anoBem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º anoRoseli Lemes
 
Cap. 09 Bem aventurados os brandos e pacíficos ( fazer a diferença)
Cap. 09   Bem aventurados os brandos e pacíficos ( fazer a diferença)Cap. 09   Bem aventurados os brandos e pacíficos ( fazer a diferença)
Cap. 09 Bem aventurados os brandos e pacíficos ( fazer a diferença)Edvaldok1958
 
A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro 1861)
A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro   1861)A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro   1861)
A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro 1861)marcia cristina da silva souza
 
2015 08-11 - PAE terça - Injúrias e Violências
2015 08-11 - PAE terça - Injúrias e Violências2015 08-11 - PAE terça - Injúrias e Violências
2015 08-11 - PAE terça - Injúrias e ViolênciasJoao Minelli Neto
 
Afabilidade e doçura
Afabilidade e doçuraAfabilidade e doçura
Afabilidade e doçuraLorena Dias
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862igmateus
 
Mundos Transitórios
Mundos TransitóriosMundos Transitórios
Mundos Transitóriosigmateus
 
Unidade 2 reprodução humana
Unidade 2 reprodução humanaUnidade 2 reprodução humana
Unidade 2 reprodução humanaMargarida Cardoso
 
Livro ebook-seja-sal-deste-mundo-e-luz-desta-terra
Livro ebook-seja-sal-deste-mundo-e-luz-desta-terraLivro ebook-seja-sal-deste-mundo-e-luz-desta-terra
Livro ebook-seja-sal-deste-mundo-e-luz-desta-terraGILMAR BASTOS
 
Um Oceano De Sal
Um Oceano De SalUm Oceano De Sal
Um Oceano De Saljoao10legal
 
A mensagem do evangelho
A mensagem do evangelhoA mensagem do evangelho
A mensagem do evangelhoRicardo Gondim
 

Destaque (20)

Injúrias E Violências
Injúrias E ViolênciasInjúrias E Violências
Injúrias E Violências
 
13 herculano pires - mediunidade
13    herculano pires - mediunidade13    herculano pires - mediunidade
13 herculano pires - mediunidade
 
Trabalho Em Grupo
Trabalho Em GrupoTrabalho Em Grupo
Trabalho Em Grupo
 
Terra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritosTerra escola dos espíritos
Terra escola dos espíritos
 
Animismo
AnimismoAnimismo
Animismo
 
Culto Do Evangelho No Lar
Culto  Do  Evangelho No   LarCulto  Do  Evangelho No   Lar
Culto Do Evangelho No Lar
 
Medicina E Espiritismo
Medicina E EspiritismoMedicina E Espiritismo
Medicina E Espiritismo
 
Curso Expositor Espírita 2011
Curso Expositor Espírita 2011Curso Expositor Espírita 2011
Curso Expositor Espírita 2011
 
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º anoBem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
Bem aventurados os pacíficos - FEESP - Curso de Aprendizes do Evangelho - 1º ano
 
Cap. 09 Bem aventurados os brandos e pacíficos ( fazer a diferença)
Cap. 09   Bem aventurados os brandos e pacíficos ( fazer a diferença)Cap. 09   Bem aventurados os brandos e pacíficos ( fazer a diferença)
Cap. 09 Bem aventurados os brandos e pacíficos ( fazer a diferença)
 
A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro 1861)
A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro   1861)A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro   1861)
A afabilidade e a doçura (benfeitor espiritual lázaro 1861)
 
2015 08-11 - PAE terça - Injúrias e Violências
2015 08-11 - PAE terça - Injúrias e Violências2015 08-11 - PAE terça - Injúrias e Violências
2015 08-11 - PAE terça - Injúrias e Violências
 
Afabilidade e doçura
Afabilidade e doçuraAfabilidade e doçura
Afabilidade e doçura
 
As bem aventuranças!
As bem aventuranças!As bem aventuranças!
As bem aventuranças!
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862
 
Mundos Transitórios
Mundos TransitóriosMundos Transitórios
Mundos Transitórios
 
Unidade 2 reprodução humana
Unidade 2 reprodução humanaUnidade 2 reprodução humana
Unidade 2 reprodução humana
 
Livro ebook-seja-sal-deste-mundo-e-luz-desta-terra
Livro ebook-seja-sal-deste-mundo-e-luz-desta-terraLivro ebook-seja-sal-deste-mundo-e-luz-desta-terra
Livro ebook-seja-sal-deste-mundo-e-luz-desta-terra
 
Um Oceano De Sal
Um Oceano De SalUm Oceano De Sal
Um Oceano De Sal
 
A mensagem do evangelho
A mensagem do evangelhoA mensagem do evangelho
A mensagem do evangelho
 

Semelhante a Como Fazer Palestra Espirita

O espiritismo, o que é, e de onde vem.
O espiritismo, o que é, e de onde vem.O espiritismo, o que é, e de onde vem.
O espiritismo, o que é, e de onde vem.Jose Moraes
 
Revista espírita 1867
Revista espírita   1867Revista espírita   1867
Revista espírita 1867anaccc2013
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a Carne
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a CarneSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a Carne
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a CarneRicardo Azevedo
 
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 34 a 50
Estudando André Luiz   Nosso Lar cap.  34 a 50Estudando André Luiz   Nosso Lar cap.  34 a 50
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 34 a 50Jose Luiz Maio
 
Allan kardec revista espirita 1865
Allan kardec revista espirita 1865Allan kardec revista espirita 1865
Allan kardec revista espirita 1865Henrique Vieira
 
Palestra_especial_Finados_30.10.18.ppt
Palestra_especial_Finados_30.10.18.pptPalestra_especial_Finados_30.10.18.ppt
Palestra_especial_Finados_30.10.18.pptssuserebdd0d1
 
Lições de umbanda e quimbanda
Lições de umbanda e quimbandaLições de umbanda e quimbanda
Lições de umbanda e quimbandagabo068
 
à Luz do consolador também os pequeninos
à Luz do consolador   também os pequeninosà Luz do consolador   também os pequeninos
à Luz do consolador também os pequeninosSergio Silva
 
à Luz do consolador também os pequeninos
à Luz do consolador   também os pequeninosà Luz do consolador   também os pequeninos
à Luz do consolador também os pequeninosSergio Silva
 
Os precursores do espiritismo
Os precursores do espiritismoOs precursores do espiritismo
Os precursores do espiritismoFatoze
 
Canalização
CanalizaçãoCanalização
Canalizaçãolucena
 
Livro dos Espíritos cap 21 ESE cap1- item10
Livro dos Espíritos cap 21 ESE cap1- item10Livro dos Espíritos cap 21 ESE cap1- item10
Livro dos Espíritos cap 21 ESE cap1- item10Patricia Farias
 
O Pensamento Vivo do Dr. Inácio
O Pensamento Vivo do Dr. InácioO Pensamento Vivo do Dr. Inácio
O Pensamento Vivo do Dr. InácioOsvaldo Brascher
 
Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4Graça Maciel
 

Semelhante a Como Fazer Palestra Espirita (20)

O espiritismo, o que é, e de onde vem.
O espiritismo, o que é, e de onde vem.O espiritismo, o que é, e de onde vem.
O espiritismo, o que é, e de onde vem.
 
Revista espírita 1867
Revista espírita   1867Revista espírita   1867
Revista espírita 1867
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a Carne
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a CarneSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a Carne
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 78 - Segundo a Carne
 
Canalização
CanalizaçãoCanalização
Canalização
 
Dia De Finados
Dia De FinadosDia De Finados
Dia De Finados
 
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 34 a 50
Estudando André Luiz   Nosso Lar cap.  34 a 50Estudando André Luiz   Nosso Lar cap.  34 a 50
Estudando André Luiz Nosso Lar cap. 34 a 50
 
Allan kardec revista espirita 1865
Allan kardec revista espirita 1865Allan kardec revista espirita 1865
Allan kardec revista espirita 1865
 
Palestra_especial_Finados_30.10.18.ppt
Palestra_especial_Finados_30.10.18.pptPalestra_especial_Finados_30.10.18.ppt
Palestra_especial_Finados_30.10.18.ppt
 
Lições de umbanda e quimbanda
Lições de umbanda e quimbandaLições de umbanda e quimbanda
Lições de umbanda e quimbanda
 
à Luz do consolador também os pequeninos
à Luz do consolador   também os pequeninosà Luz do consolador   também os pequeninos
à Luz do consolador também os pequeninos
 
à Luz do consolador também os pequeninos
à Luz do consolador   também os pequeninosà Luz do consolador   também os pequeninos
à Luz do consolador também os pequeninos
 
Os precursores do espiritismo
Os precursores do espiritismoOs precursores do espiritismo
Os precursores do espiritismo
 
A vida Viaja na Luz
A vida Viaja na LuzA vida Viaja na Luz
A vida Viaja na Luz
 
AUTO-DE-FÉ DE BARCELONA
AUTO-DE-FÉ DE BARCELONAAUTO-DE-FÉ DE BARCELONA
AUTO-DE-FÉ DE BARCELONA
 
Revista1861
Revista1861Revista1861
Revista1861
 
Canalização
CanalizaçãoCanalização
Canalização
 
Livro dos Espíritos cap 21 ESE cap1- item10
Livro dos Espíritos cap 21 ESE cap1- item10Livro dos Espíritos cap 21 ESE cap1- item10
Livro dos Espíritos cap 21 ESE cap1- item10
 
Quem tem medo da morte
Quem tem medo da morte Quem tem medo da morte
Quem tem medo da morte
 
O Pensamento Vivo do Dr. Inácio
O Pensamento Vivo do Dr. InácioO Pensamento Vivo do Dr. Inácio
O Pensamento Vivo do Dr. Inácio
 
Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4
 

Mais de Fórum Espírita

+Amor.um pedido dosanimais
+Amor.um pedido dosanimais+Amor.um pedido dosanimais
+Amor.um pedido dosanimaisFórum Espírita
 
Estudo mensal amais os vossos inimigos
Estudo mensal amais os vossos inimigosEstudo mensal amais os vossos inimigos
Estudo mensal amais os vossos inimigosFórum Espírita
 
Estudo mensal orai e vigiai
Estudo mensal orai e vigiaiEstudo mensal orai e vigiai
Estudo mensal orai e vigiaiFórum Espírita
 
Estudo mensal vida espirita
Estudo mensal vida espiritaEstudo mensal vida espirita
Estudo mensal vida espiritaFórum Espírita
 
Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoFórum Espírita
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoFórum Espírita
 
Livre arbitrio estudo mensal www.forumespirita.net
Livre arbitrio estudo mensal www.forumespirita.netLivre arbitrio estudo mensal www.forumespirita.net
Livre arbitrio estudo mensal www.forumespirita.netFórum Espírita
 
A divina aventura do espírito na matéria
A divina aventura do espírito na matériaA divina aventura do espírito na matéria
A divina aventura do espírito na matériaFórum Espírita
 
Paixões - Estudo agosto 2011 www forumespirita net
Paixões - Estudo agosto 2011 www forumespirita netPaixões - Estudo agosto 2011 www forumespirita net
Paixões - Estudo agosto 2011 www forumespirita netFórum Espírita
 
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita netFórum Espírita
 
Indulgencia www.forumespirita.net
Indulgencia www.forumespirita.netIndulgencia www.forumespirita.net
Indulgencia www.forumespirita.netFórum Espírita
 
Estudo música espírita - www.forumespirita.net - web
Estudo   música espírita - www.forumespirita.net - webEstudo   música espírita - www.forumespirita.net - web
Estudo música espírita - www.forumespirita.net - webFórum Espírita
 

Mais de Fórum Espírita (20)

+Amor.um pedido dosanimais
+Amor.um pedido dosanimais+Amor.um pedido dosanimais
+Amor.um pedido dosanimais
 
Estudo mensal amais os vossos inimigos
Estudo mensal amais os vossos inimigosEstudo mensal amais os vossos inimigos
Estudo mensal amais os vossos inimigos
 
Estudo mensal orai e vigiai
Estudo mensal orai e vigiaiEstudo mensal orai e vigiai
Estudo mensal orai e vigiai
 
Estudo mensal vida espirita
Estudo mensal vida espiritaEstudo mensal vida espirita
Estudo mensal vida espirita
 
Processo reencarnatório
Processo reencarnatórioProcesso reencarnatório
Processo reencarnatório
 
Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
 
Estudo Espírita
Estudo EspíritaEstudo Espírita
Estudo Espírita
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
 
Transicao
TransicaoTransicao
Transicao
 
Livre arbitrio estudo mensal www.forumespirita.net
Livre arbitrio estudo mensal www.forumespirita.netLivre arbitrio estudo mensal www.forumespirita.net
Livre arbitrio estudo mensal www.forumespirita.net
 
Justica das aflicoes
Justica das aflicoesJustica das aflicoes
Justica das aflicoes
 
A divina aventura do espírito na matéria
A divina aventura do espírito na matériaA divina aventura do espírito na matéria
A divina aventura do espírito na matéria
 
Paixões - Estudo agosto 2011 www forumespirita net
Paixões - Estudo agosto 2011 www forumespirita netPaixões - Estudo agosto 2011 www forumespirita net
Paixões - Estudo agosto 2011 www forumespirita net
 
Vacina contra depressão
Vacina contra depressãoVacina contra depressão
Vacina contra depressão
 
Espiritismo
EspiritismoEspiritismo
Espiritismo
 
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
 
Indulgencia www.forumespirita.net
Indulgencia www.forumespirita.netIndulgencia www.forumespirita.net
Indulgencia www.forumespirita.net
 
Estudo música espírita - www.forumespirita.net - web
Estudo   música espírita - www.forumespirita.net - webEstudo   música espírita - www.forumespirita.net - web
Estudo música espírita - www.forumespirita.net - web
 
Homossexualismo
HomossexualismoHomossexualismo
Homossexualismo
 
Homossexualismo
HomossexualismoHomossexualismo
Homossexualismo
 

Último

Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfFrancisco Baptista
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]ESCRIBA DE CRISTO
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2emprego2
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.pptNuno724230
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaNilson Almeida
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...edsonjsmarques
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxCelso Napoleon
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 

Último (10)

Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 

Como Fazer Palestra Espirita

  • 1. COMO FAZER PALESTRA ESPÍRITA
  • 2. O EXPOSITOR E TAREFA A
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12. OS MEDIÚNICOS Divaldo Pereira Franco 170 obras Francisco Cândido Xavier 400 obras J. Raul Teixeira 26 obras Yvonne Pereira 12 obras
  • 13. INVESTIMENTO CULTURAL Dicionário Enciclopédia Bíblia Livros da atualidade
  • 14.
  • 15.
  • 16. AS AFIRMAÇÕES INDEVIDAS O livro dos espíritos – perg. 1012 e ss. – Paraíso, inferno e purgatório O céu e o inferno – pt. 1 – cap. 3, 4 céu – inferno
  • 17. AS AFIRMAÇÕES INDEVIDAS morte O livro dos espíritos – perg. 149 e ss. – A alma após a morte perg. 197 e ss. - Sorte das crianças depois da morte perg. 320 e ss. - Comemoração dos mortos perg. 941 e ss. -Temor da morte O Céu e o inferno – pt. 1, cap. 2 – Temor da morte
  • 18. IGREJA Grego enklesía Latim ecclesia assembléia de fiéis assembléia de cidadãos Igreja Católica Apostólica Romana - séc IV
  • 19. NÃO EXTERNAR PRECONCEITOS O único objetivo de toda música deve ser a glória de Deus e uma recreação agradável. - Bach Bach – 1685 (Alemanha) – 1750 (julho) Para ele, a música era um ato de adoração, como se as notas, depois de saírem do alcance do ouvido humano, continuassem a subir para os céus, num hino de louvor. Peter Farb – A música de Bach falava a Deus Música sacra
  • 21.
  • 22. NÃO PRETENDER FALAR DO QUE NÃO ENTENDEU “ ...o professor não ensina senão o que aprendeu: é um revelador de segunda ordem...” A gênese – cap. I, item 5
  • 23. ATENDER À FIDELIDADE DO CONTEÚDO DOUTRINÁRIO Todos os homens são médiuns. Kardec: “Pode, pois, dizer-se que todos são, mais ou menos, médiuns.” O livro dos médiuns, item 159
  • 24. Preferível repelir 99 verdades do que admitir uma única mentira. Erasto (espírito): Melhor é repelir dez verdades do que admitir uma única falsidade, uma só teoria errônea. O livro dos médiuns, item 230
  • 25. O mal é ousado, o bem é tímido. Os espíritos: “...Os maus são intrigantes e audaciosos, os bons são tímidos. Quando estes o quiserem, preponderarão.” O livro dos espíritos, perg. 932.
  • 26. Kardec afirmou: Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei. União Espírita Belga a ofereceu para ser colocada no túmulo (dólmem) em 1870.
  • 27. Todos os homens serão espíritas, um dia. Kardec: O Espiritismo se tornará crença comum, ou ficará sendo partilhado, como crença, apenas por algumas pessoas? Os espíritos: Certamente que se tornará crença geral e marcará nova era na história da humanidade, porque está na natureza e chegou o tempo em que ocupará lugar entre os conhecimentos humanos....” O livro dos espíritos, perg. 798
  • 28. Possessão é o mesmo que subjugação. Aliás, não é termo utilizado por Allan Kardec. Kardec: Na possessão, em vez de agir exteriormente, o Espírito atuante se substitui, por assim dizer, ao Espírito encarnado... ...é sempre temporária e intermitente... Na possessão pode tratar-se de um Espírito bom que queira falar e que, para causar maior impressão nos ouvintes, toma do corpo de um encarnado, que voluntariamente lho empresta... A gênese – cap. 14, itens 47 e 48
  • 29. Precaver-se de afirmações extremistas: Fez – pagou. Bateu – levou. Kardec: Disse Jesus: Quem matou com a espada, pela espada perecerá. Estas palavras não consagram a pena de talião e, assim, a morte dada ao assassino não constitui uma aplicação dessa pena? Os espíritos: Tomai cuidado! Muito vos tendes enganado a respeito dessas palavras, como acerca de outras. A pena de talião é a justiça de Deus. É Deus quem a aplica... Mas, não vos disse ele também: Perdoai aos vossos inimigos? E não vos ensinou a pedir a Deus que vos perdoe as ofensas como houverdes vós mesmos perdoado, isto é, na mesma proporção em que houverdes perdoado, compreendei-o bem? O livro dos espíritos – perg. 764
  • 30. Os pais são sempre culpados pelas faltas de seus filhos.   Os Espíritos: ...os Espíritos dos pais têm por missão desenvolver os de seus filhos pela educação. Constitui-lhes isso uma tarefa. Tornar-se-ão culpados, se vierem a falir no seu desempenho. O livro dos espíritos – perg. 208
  • 31. Kardec: São responsáveis os pais pelo transviamento de um filho que envereda pelo caminho do mal, apesar dos cuidados que lhe dispensaram? Os Espíritos: Não; ... O livro dos espíritos – perg. 583 .
  • 32.
  • 33. Kardec: Graças, porém, à proteção e assistência dos bons Espíritos que incessantemente me deram manifestas provas de solicitude, tenho a ventura de reconhecer que nunca senti o menor desfalecimento ou desânimo... Obras Póstumas, Minha missão, 12.6.1856
  • 34.
  • 35. AFIRMAÇÕES FANTASIOSAS Onde estão ....   Paulo de Tarso Simão Pedro Madalena Kardec
  • 36. AS IMAGENS DO EVANGELHO É mais fácil que um camelo passe pelo buraco de uma agulha, do que entrar um rico no reino dos céus. – Jesus. Marcos X, 25.
  • 37. AS IMAGENS DO EVANGELHO (após a entrada triunfal em Jerusalém) E Jesus entrou no templo de Deus, e expulsava todos os que vendiam e compravam no templo; e derrubou as mesas dos banqueiros e as cadeiras dos que vendiam pombas; e disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; mas vós fizestes dela covil de ladrões. Mateus, XXI, 12-13.
  • 38. AS IMAGENS DO EVANGELHO E, tendo entrado no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam nele, dizendo-lhes: Está escrito: A minha casa é casa de oração, e vós fizestes dela um covil de ladrões. Lucas, XIX, 45,46.
  • 39. AS IMAGENS DO EVANGELHO (logo após as Bodas de Caná) E tendo feito um como azorrague de cordas, expulsou-os a todos do templo, e as ovelhas e os bois, e deitou por terra o dinheiro dos cambistas e derrubou as mesas. João, 2, 15.
  • 40. As línguas de fogo estão sobre as vossas cabeças. Ide e pregai a palavra divina. Ide e pregai.
  • 41. Convosco estão os Espíritos elevados. Certamente falareis a criaturas que não quererão escutar a voz de Deus, porque essa voz as exorta incessantemente à abnegação.
  • 42. Pregareis o desinteresse aos avaros, a abstinência aos dissolutos, a mansidão aos tiranos domésticos, como aos déspotas!
  • 43. Faz-se mister regueis com os vossos suores o terreno onde tendes de semear, porquanto ele não frutificará e não produzirá senão sob os reiterados golpes da enxada e da charrua evangélicas.
  • 44. Ide e pregai! Homens simples e ignorantes, vossas línguas se soltarão e falareis como nenhum orador fala.
  • 45. Ide e pregai, que as populações atentas recolherão ditosas as vossas palavras de consolação, de fraternidade, de esperança e de paz.
  • 46. Ide, pois, e levai a palavra divina...
  • 47. Arme-se a vossa falange de decisão e coragem! Mãos à obra! o arado está pronto; a terra espera; arai!
  • 48. Ide e agradecei a Deus a gloriosa tarefa que Ele vos confiou... Erasto – O evangelho segundo o espiritismo, cap. XX, item 4.