Apresentação de Jefferson de Oliveira

128 visualizações

Publicada em

Apresentação feita por Jefferson de Oliveira durante o V Fórum da Internet no Brasil na trilha sobre Desafios da Inclusão Digital no dia 15 de julho de 2015.

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
128
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação de Jefferson de Oliveira

  1. 1. Ministério das Comunicações Secretaria de   Inclusão Digital  
  2. 2. Computadores para a Inclusão Os  Centros  de  Recondicionamento  de  Computadores  (CRCs)  são   parte  do  projeto  Computadores  para  Inclusão,  que  promove  a   formação  de  jovens  de  baixa  renda.     A  capacitação  é  feita  por  meio  de  oficinas,  cursos  e  outras   aCvidades  oferecidas  pelos  CRCs.     Os  computadores  recuperados  são  doados  para  laboratórios  de   escolas,  bibliotecas,  telecentros  e  outros  programas  de  inclusão   digital.     O  programa  também  promove  a  conscienCzação  sobre  o   descarte  adequado  de  resíduos  eletroeletrônicos.  
  3. 3. Computadores para a Inclusão Em  2014   816  Jovens  Formandos   1.677  Equipamentos  Recondicionados   611  Equipamentos  Doados   PRODABEL     Belo  Horizonte   SMTE     Curi8ba   AFAGO     Brasília   SECTI     João  Pessoa   UBEE     Recife  
  4. 4. OBJETIVOS   ü  Apresentar  à  JR  no  uso  das  Tecnologias  da  Informação  e   Comunicação  -­‐  TIC,  respeitando  a  diversidade  cultural  e  regional;   ü  Qualificar  e  ampliar  o  número  de  conexões  e  equipamentos  para   acesso  à  internet  em  áreas  rurais  e  remotas;   ü  Ampliar  o  acesso  aos  serviços  públicos  e  às  ações  de  cidadania  nas   áreas  rurais  e  remotas   ü  Estimular  atuação  pautada  na  cidadania  e  na  função  social  da   educação  superior.   MISSÃO   ü  Capacitar  professores  e  professoras  das  Escolas  Públicas  de   áreas  rurais;   ü  Apoiar  a  profissionalização  nas  cadeias  produtivas  da   agricultura  familiar;  e   ü  Formar  jovens  do  campo,  em  diferentes  linguagens  e  técnicas   na  área  da  comunicação  digital.   Inclusão Digital para Juventude Rural
  5. 5. GESAC   ü  O  programa  Gesac  oferece  gratuitamente  conexão  à  Internet  em  banda  larga   para  telecentros,  escolas,  unidades  de  saúde,  aldeias  indígenas,  postos  de   fronteira  e  quilombos.   ü  O  Gesac  é  direcionado,  prioritariamente,  para  comunidades  em  estado  de   vulnerabilidade  social,  em  todo  o  Brasil.    
  6. 6. 41,4%   6,8%   9,2%   29,8%   12,8%   49,7%   22,6%   5,2%   15,9%   6,6%   Total de pontos contratados: Ministérios das Comunicações e Saúde   Total de pontos só MC  
  7. 7. Telecentros   ü  Os  telecentros  são  espaços  de  acesso  público  e  gratuito,  com  computadores  conectados   à  Internet,  disponíveis  para  diversos  usos.     ü  O  objeCvo  é  promover  o  desenvolvimento  social  e  econômico  das  comunidades   atendidas,  reduzindo  a  exclusão  social  e  criando  oportunidades  de  inclusão  digital  aos   cidadãos.   ü  Foram  instalados  por  meio  de  uma  parceria  entre  ministérios,  prefeituras  e  enCdades,   que  são  responsáveis  pela  manutenção  desses  espaços.  
  8. 8. Cidades Digitais         OBJETIVOS:     ü   Melhoria  da  gestão  pública  e  dos  serviços  à  população   ü   DemocraCzação  do  acesso  à  internet   ü   Construção  de  conhecimento  e  informação   ü   Apoio  ao  desenvolvimento  local   Cidade   Digital   Conteúdos   Formação   Infraestrutura   de  Redes  
  9. 9. Cidades Digitais   CaracterísCcas:   ü  Infraestrutura  ópCca  conectando  pontos  de  governo  e  pontos  de  acesso  público;   ü  Formação  de  servidores  e  da  população;   ü  Hospedagem  em  nuvem  (SERPRO);   ü  AplicaCvos  de  governo  eletrônico  disponibilizados  no  Portal  do  Sobware  Público  
  10. 10. Cidades Digitais   Norte:   13  Piloto   34  PAC   Nordeste:   34  Piloto   119  PAC   Sudeste:   14  Piloto   68  PAC   Sul:   15  Piloto   24  PAC   Centro-­‐Oeste:   1  Piloto   17  PAC   Total:   77  Piloto   262  PAC   Cidades  selecionadas:  
  11. 11. Cidades Digitais   O  Programa  Cidades  Digitais  disponibiliza   aplicaCvos  nas  áreas  de  gestão  financeira  e   tributária,  educação  e  saúde.  A  adoção,  por   parte  dos  municípios,  à  uClização  dos   aplicaCvos  disponibilizados,  é  opcional.     AplicaCvos:  
  12. 12. Nova  Polí8ca  Pública  de  Inclusão  Digital  
  13. 13. Nova Política Pública de Inclusão Digital   Proposta:     ü  Direcionadores   ü  ObjeCvos   ü  Estratégia   ü  ACvidades  Imediatas  
  14. 14. Nova Política Pública de Inclusão Digital   Direcionadores:     ü  PRIORIZAR  PÚBLICOS  excluídos  digitalmente;   ü  Atuar  por  meio  de  uma  ABORDAGEM  TERRITORIAL;   ü  Diálogo  com  POLÍTICAS  PÚBLICAS  do  governo  federal  e  iniciaCvas   estaduais  e  municipais.  
  15. 15. Nova Política Pública de Inclusão Digital   Obje8vos:     ü  Gerar  CONHECIMENTO;   ü  Promover  o  TRABALHO  cooperaCvo;   ü  EsCmular  a  PARTICIPAÇÃO  cidadã;   ü  Contribuir  para  o  DESENVOLVIMENTO  sustentável;   ü  Promover  o  acesso  à  INTERNET  e  às  TIC.  
  16. 16. Nova Política Pública de Inclusão Digital   Estratégia:     Estruturar  um  Sistema  Nacional  de  Inclusão  Digital  sustentado  em  quatro  pilares:   ü  ARTICULAÇÃO  DE  REDES  COLABORATIVAS;   ü  GERAÇÃO  DE  CONTEÚDO  E  CONHECIMENTO;   ü  INFRAESTRUTURA  DE  INTERNET  E  TIC;   ü  GOVERNANÇA.  
  17. 17. Nova Política Pública de Inclusão Digital   ARTICULAÇÃO  DE  REDES  COLABORATIVAS   PROPÓSITO:   Promover  a   arCculação  das   diversas   iniciaCvas  de  ID,   por  meio  da   revitalização  da   rede  de  PID,  para   fortalecimento  e   autonomia  da   cidadania.   #RedeTerritorial   #TrocaDeSaberes   #CriaCvidadePopular   #DadosAbertos   #ProduçãoLocal   #EconomiaSolidária   Telecentros,  MC  =  9.514*  /  CVT,  MCTI  =  500  /  Casas  Digitais,  MDA  =  300  /  Rádios  Comunitárias,  MC  =  4600   /  iniciaCvas  do  MD,  MinC,  MEC,  MDS  e  outros.   *  Estudo  realizado  pelo  CGI,  TIC  Centros  Públicos  de  Acesso:  Pesquisa  sobre  o  uso  de  telecentros  no  Brasil,  2013.  
  18. 18. Nova Política Pública de Inclusão Digital   GERAÇÃO  DE  CONTEÚDO  E  CONHECIMENTO   PROPÓSITO:   EsCmular  e   intensificar  o   desenvolvimento  de   aplicaCvos  e   soluções  digitais,   como  uma  nova   linguagem  livre  nos   PID,  como   laboratórios/fábricas   de  códigos  de   computador,   soluções  gráficas  e   audiovisuais.   #TecnologiaSocial   #ConhecimentoLivre   #ConteúdoDigital   #Pronatec   #LinguagemCódigo   #Soberania   #Segurança   #HackerSocial  
  19. 19. Nova Política Pública de Inclusão Digital   INFRAESTRUTURA  DE  INTERNET  E  TIC   PROPÓSITO:   Suportar  o   funcionamento  do   Sistema,  com   soluções  públicas   de  máquinas  e   aplicaCvos  livres   e  conexões   seguras.   #SobwareLivre   #HardwareLivre   #InternetDasCoisas   #NuvemPública   #ComparClhamento   Suporte  aos  PID  pela  rede  de  Centros  de  Recondicionamento  de  Computadores  (CRC)   >  Datacenter  para  o  funcionamento  seguro  da  rede  lógica   >  Plataforma  de  suporte  e  armazenamento  de  conteúdos   >  ParCcipante  com  idenCdade  no  PID,  com  acesso  à  programas  e  serviços  (Bolsa  Família,  Seguros,  INSS  e  outros)  
  20. 20. Nova Política Pública de Inclusão Digital   GOVERNANÇA   PROPÓSITO:   InsCtuir  as  seguintes  instâncias:   Comitê  Gestor  Interministerial   Ministérios  e  órgão  do  governo   federal,  que  orientam  o   funcionamento  do  Sistema  Nacional   de  Inclusão  Digital.   Comitê  Gestor  Local   Organizações  locais  que  fazem  a   gestão  do  PID.   Comitê  Gestor  Territorial   Instância  regional  ou  por  UF  que   pode  arCcular  um  conjunto  de  PID.   #GestãoComunitária   #MonitoramentoPúblico   #ControleSocial   #RedesLocais   #RedesEmRede   >  Promover  o  acesso  às  informações  e  controle  social  sobre  a  execução  das  obras  do  PAC,  dos  financiamentos   públicos,  do  orçamento  municipal,  dos  invesCmentos  na  saúde  e  educação,  entre  outros.  
  21. 21. Nova Política Pública de Inclusão Digital   .   Desenho  do  Sistema  Nacional  de  Inclusão  Digital  
  22. 22. Nova Política Pública de Inclusão Digital   .   ATIVIDADES  IMEDIATAS:   1.  ReaCvar  o  Comitê  Gestor  Interministerial;   2.  Realizar  diagnósCco  socioparCcipaCvo  dos  PID;   3.  Estabelecer  e  disponibilizar  bolsas  aos  Educadores  Sociais;   4.  Fortalecer  as  alianças  com  os  movimentos  sociais  da  ID;   5.  Construir  a  sustentabilidade  do  Sistema.  
  23. 23. Obrigado! facebook/comunicacoesbr twitter.com/comunicacoesbr flickr.com/conexaominicom youtube.com/conexaominicom

×