Ebook: Pirâmide vs Multinível

607 visualizações

Publicada em

Para você que busca sucesso no marketing multinível, acesse:
Fórmula do Diamante: http://goo.gl/p47qBD [copie e cole no navegador]
Facebook: http://goo.gl/AVAQ5F [copie e cole no navegador]

Desejo todo o sucesso do mundo pra ti!

Publicada em: Marketing
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Ebook: Pirâmide vs Multinível

  1. 1. Questions & Answers Marketing Multinível vs. Pirâmides Financeiras 1 - O que é o modelo multinível de venda direta? O Marketing de Rede é um sistema de distribuição ou uma forma de Marketing que movimenta bens e serviços, do fabricante para o consumidor, por meio de uma rede de contratantes independentes. A evolução do Marketing de Rede, num contexto geral de Marketing, é a junção do Marketing de Relacionamento, que visa a qualidade do relacionamento com o cliente, e o Marketing Direto, que vem a ser o relacionamento direto entre vendedor e cliente. 2 - Qual a vantagem do modelo multinível em relação ao modelo mononível? Essa importante modalidade do comércio de venda direta diferencia-se do modelo mononível essencialmente pela existência da figura do multiplicador, que, além de vender produtos, incube-se de captar e treinar novos revendedores. Trata-se de um sistema de bonificação onde o revendedor recebe um percentual sobre o desempenho dos revendedores que ele trouxe para a companhia. 3 - Os que ficam nos níveis mais altos da rede têm participação no faturamento daqueles que ficam abaixo? Sim, em reconhecimento ao mérito de ter inserido estes membros na rede, mas somente sobre aqueles revendedores de no máximo dois níveis abaixo. 4 - O que justifica o fato de uns se remunerarem com o trabalho dos outros? Esse sistema de bonificação parte do seguinte princípio: recompensar aqueles que indicam um produto ou serviço para terceiros. Assim, o revendedor recebe um percentual sobre o desempenho dos revendedores que ele trouxe para a companhia. Além disso, o participante não tem apenas uma remuneração sem esforço. Ele desenvolve liderança, com a finalidade de construir sua própria organização de negócio, oferecendo treinamentos para o grupo recrutado. 5 - Se isso é legal, por que a pirâmide não é uma prática reconhecida? A recompensa no modelo pirâmide ocorre apenas com a adição de novos participantes e com os investimentos destes, e não com a revenda ou a distribuição de produtos ou serviços com função comercial legítima. A simples troca de dinheiro entre os participantes sem um benefício tangível (no caso de produtos) ou intangível (no caso de serviços) é ilegal e não caracteriza uma atividade comercial. Além disso, esquemas piramidais não recolhem impostos e remuneram por hierarquia, ou seja, quem entra primeiro ganha mais independentemente do esforço realizado caracterizando a atividade muito mais como oportunismo do que como esforço pessoal. 6 - O que torna o multinível diferente da pirâmide? O sistema de pirâmide é um esquema de recrutamento de pessoas gerando renda somente do recrutamento de novos membros e da cobrança de taxas, sem que nenhum produto ou serviço real seja movimentado. VENDA DIRETA PIRÂMIDES Produtos e serviços Não vendem nada Ganho proporcional ao esforço O primeiro a entrar é o que mais ganha Continuidade (e hereditariedade) Não há continuidade Gera e recolhe impostos Não há pagamento de impostos Tem garantia de devolução Não há garantia de devolução
  2. 2. Forte investimento em treinamento Foco no desconhecido (não há treinamento) ABEVD e WFDSA Esquemas ilegais Presente em mais de 100 países 7 – Há alguma lei que regulamente a prática de uma e condene a outra? Não há leis, mas há o Código Mundial de Conduta em Vendas Diretas, cujo cumprimento requer um nível de comportamento ético que excede requerimentos legais nacionais. 8 – O empreendedor pode ser remunerado apenas captando novas pessoas para a rede? É possível, no entanto algumas empresas exigem que este possua volumes pessoais de venda. Cada empresa apresenta uma característica diferente de plano de vendas. 9 - Se uma pessoa da rede sair isso significa que as pessoas que estão abaixo ou acima perderão a remuneração? Como isso funciona? Em todas as empresas, quando uma pessoa sai o seu grupo é ligado diretamente a pessoa imediatamente acima do desistente. 10 – De quanto é a comissão obtida com as vendas de seus recrutados? Varia de acordo com o plano de compensação de cada empresa. 11 – Qual é a contrapartida do recrutador que justifica a transferência dessa comissão para os recrutadores? Sob o ponto de vista da empresa, o recrutador contribui expandindo a rede de revendedores. Sob o ponto de vista do recrutado, ele se beneficia com o treinamento recebido pelo recrutador. 13 – Os recrutadores trabalham? O que fazem? Sim, eles fornecem treinamento aos recrutados e também comercializam produtos para seus próprios clientes. 14 – Que vantagens a pessoa tem em aderir ao recrutamento de um terceiro se poderia dirigir-se diretamente à empresa e tornar-se um recrutador? AO aderir ao grupo de um recrutador esta pessoa ganha apoio e treinamento constantes, o que não acontece ligando-se diretamente à empresa. Além disso, algumas empresas não permitem que o candidato se cadastre diretamente a elas, em respeito aos demais distribuidores. 15 – Uma vez recrutada a pessoa fica “condenada” a ceder a comissão do recrutador ad eternum ou a contribuição expira? O recrutado nunca fica “condenado”, fica agradecido, por ter sido apresentado a um negócio fabuloso que pode mudar a vida dele. Ele retribui construindo uma rede abaixo dele, cada um é uma unidade de negócios independente. A comissão do upline é uma retribuição ao investimento de tempo e recursos feito por ele ao recrutado, quando ele ensina, treina, faz apresentações para os convidados do recrutado. Na fase inicial, o recrutador trabalha muito mais que o recém-recrutado. Esse investimento do recrutador é fundamental, porque ele só será recompensado se seu recrutado for bem sucedido. Se ele fracassar, o upline não receberá nada. Há esse risco. Ele pode ter descoberto um diamante abaixo dele, que é uma loucura para trabalhar e outro que abandona o negócio após uma semana. A coisa não vai para frente se o discurso não tiver muito bem afinado, o treinamento é a alma do negócio. 16 – Não é exagerada a promessa de que a adesão à rede trará fortunas aos recrutados, quando na verdade tal discurso é motivado pelo interesse de lucrar com o trabalho destes? A promessa é verdadeira, não há exagero na expectativa de ganhos altos. Este é um negócio que pode, sim, torna-lo milionário muito mais facilmente do que se você desenvolver o próprio negócio.
  3. 3. O pecado do exagero pode estar na maneira com que alguns recrutadores transmitem essa informação, embora possam estar contagiados pelo próprio sucesso. Você pode falar de uma maneira sóbria e correta ou de uma maneira messiânica. Não há lucro com o trabalho alheio, mas com o trabalho conjunto. Não se lucra às custas do outro, mas com o outro. Num primeiro momento, na verdade, o retorno dado pelo recém-recrutado é praticamente nulo, uma vez que a rede deste ainda é muito pequena. A comissão de quem faz a venda e daqueles mais próximos das pontas das redes é muito maior daqueles que estão acima. O lucro do upline ganha dimensão quando as redes abaixo dele estiverem, de fato, volumosas. Na venda pessoal você ganha 20%, mas na rede ganha 1 a 2 % sobre a venda. 17 – Que medidas a ABEVD e as empresas tomam para coibir o discurso em tom "messiânico"? A principal medida é treinar e conscientizar os distribuidores, no sentido de que estes apresentem o negócio da maneira mais profissional possível. As empresas os educam para que eles saibam o que falar e como falar. Quando os abusos são constatados, estes revendedores são repreendidos. Se eles não se comportarem corretamente, podem, inclusive, serem excluídos da rede, tal como reza nos contratos da maioria das empresas - via de regra, uma das obrigações contratuais do revendedor é zelar pela correta transmissão da informação. 18 – Esses recrutadores também não apelam para a promessa de dinheiro fácil, isto é, do lucro associado ao ócio? A maioria das empresas de venda em rede tem sistemas de remuneração em formatos nos quais a venda pessoal nunca pode deixar de existir. Mas, conforme a qualificação do distribuidor, pode lhe ser facultado a redução do volume da venda pessoal, como uma premiação aos que atingiram os níveis máximos de qualificação, mas isso depois de vários anos de dedicação e de muitos milhões de reais movimentados em vendas. Assim, o marketing multinível permite ao distribuidor a possibilidade de aposentadoria em um curto espaço de tempo, dadas as características do modelo de negócios.

×