ASSIMETRIAS EM INDICADORES CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS NA REGIÃO SUL DO BRASIL Prof. Danilo Giroldo (FURG) Prof. Hélio L. H...
1) Objetivos: - Discussão de elementos e contribuições para o PNPG; - Realizar um levantamento de indicadores de C&T para ...
- O que já foi realizado até aqui: - Análise de alguns indicadores do GeoCapes de 2009 Indicador Período de abrangência Ní...
Distribuição de Docentes atuando em PG segundo o GEOCAPES Por Unidade da Federação Por Município
Possível solução: Mesorregiões definidas pelo IBGE
MESORREGIÕES PARANÁ Curitiba Londrina Maringá Cascavel Jacarezinho Guarapuava Ponta Grossa Umuarana
MESORREGIÕES SANTA CATARINA Florianópolis Joinville JoaçabaChapecó Caçador Lages Itajaí Blumenau Criciúma Tubarão
MESORREGIÕES RIO GRANDE DO SUL Canoas  Novo Hamburgo Porto Alegre São Leopoldo Pelotas  Rio Grande Erechim Ijui Passo Fund...
Indicador 1: Número de Bolsas de PG (M, D) Paraná
Indicador 1: Número de Bolsas de PG (M, D) Santa Catarina
Indicador 1: Número de Bolsas de PG (M, D) Rio Grande do Sul
Indicador 1: Número de Bolsas de PG (M, D e PD) Mapa da Região Sul (GeoCapes)
Indicador 1: Número de Bolsas de PG (M, D e PD) Mapa das Mesorregiões da Região Sul
Indicador 2: Número de Docentes de PG Paraná
Indicador 2: Número de Docentes de PG Santa Catarina
Indicador 2: Número de Docentes de PG Rio Grande do Sul
Indicador 2: Número de Docentes de PG Mapa da Região Sul (GeoCapes)
Indicador 2: Número de Docentes de PG Mapa das Mesorregiões da Região Sul
Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Paraná (Municípios)
Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Paraná (Mesorregiões)
Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Santa Catarina (Municípios)
Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Santa Catarina (Mesorregiões)
Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Rio Grande do Sul (Municípios)
Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Rio Grande do Sul (Mesorregiões)
Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Mapa da Região Sul (GeoCapes)
Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Mapa das Mesorregiões da Região Sul
Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Paraná (Municípios)
Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Paraná (Mesorregiões)
Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Santa Catarina (Municípios)
Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Santa Catarina (Mesorregiões)
Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Rio Grande do Sul (Municípios)
Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Rio Grande do Sul (Mesorregiões)
Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Mapa da Região Sul (GeoCapes)
Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Mapa das Mesorregiões da Região Sul
<ul><li>Necessidades para um diagnóstico mais completo e preciso: </li></ul><ul><li>- Inclusão de mais alguns indicadores ...
Considerações e Perspectivas de Aprofundamento - Embora os 3 estados da Região Sul tenham realidades diferentes, as assime...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Assimetrias em indicadores científicos e tecnológicos na região sul do Brasil

1.367 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.367
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Assimetrias em indicadores científicos e tecnológicos na região sul do Brasil

  1. 1. ASSIMETRIAS EM INDICADORES CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS NA REGIÃO SUL DO BRASIL Prof. Danilo Giroldo (FURG) Prof. Hélio L. Hey (UFSM)
  2. 2. 1) Objetivos: - Discussão de elementos e contribuições para o PNPG; - Realizar um levantamento de indicadores de C&T para apresentar um diagnóstico da Região Sul e as suas assimetrias inter e intra-regionais. ( reflexão sobre os modelos ; - Fonte de Dados: GeoCapes, MCT, IBGE e outras bases de dados.
  3. 3. - O que já foi realizado até aqui: - Análise de alguns indicadores do GeoCapes de 2009 Indicador Período de abrangência Nível de visualização Município UF Brasil Mundo Concessão de bolsas da pós-graduação 1996 a 2009* x x x - Distribuição de Bolsistas da Capes no Exterior 1998 a 2008 - - - x Distribuição de discentes 1998 a 2008 x x x - Distribuição de programas de pós-graduação 1998 até 2008 x x x - Distribuição de cursos UAB 2008 - x x - Distribuição de docentes 1998 a 2008 x x x - Acesso ao Portal de Periódicos 2001 até 2008 x x x - Articulações de cursos e polos UAB 2008 x x x - Investimentos da Capes em Bolsas e Fomento 2002 a 2008 x x x -
  4. 4. Distribuição de Docentes atuando em PG segundo o GEOCAPES Por Unidade da Federação Por Município
  5. 5. Possível solução: Mesorregiões definidas pelo IBGE
  6. 6. MESORREGIÕES PARANÁ Curitiba Londrina Maringá Cascavel Jacarezinho Guarapuava Ponta Grossa Umuarana
  7. 7. MESORREGIÕES SANTA CATARINA Florianópolis Joinville JoaçabaChapecó Caçador Lages Itajaí Blumenau Criciúma Tubarão
  8. 8. MESORREGIÕES RIO GRANDE DO SUL Canoas Novo Hamburgo Porto Alegre São Leopoldo Pelotas Rio Grande Erechim Ijui Passo Fundo Caxias Lageado Santa Cruz do Sul Santa Maria
  9. 9. Indicador 1: Número de Bolsas de PG (M, D) Paraná
  10. 10. Indicador 1: Número de Bolsas de PG (M, D) Santa Catarina
  11. 11. Indicador 1: Número de Bolsas de PG (M, D) Rio Grande do Sul
  12. 12. Indicador 1: Número de Bolsas de PG (M, D e PD) Mapa da Região Sul (GeoCapes)
  13. 13. Indicador 1: Número de Bolsas de PG (M, D e PD) Mapa das Mesorregiões da Região Sul
  14. 14. Indicador 2: Número de Docentes de PG Paraná
  15. 15. Indicador 2: Número de Docentes de PG Santa Catarina
  16. 16. Indicador 2: Número de Docentes de PG Rio Grande do Sul
  17. 17. Indicador 2: Número de Docentes de PG Mapa da Região Sul (GeoCapes)
  18. 18. Indicador 2: Número de Docentes de PG Mapa das Mesorregiões da Região Sul
  19. 19. Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Paraná (Municípios)
  20. 20. Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Paraná (Mesorregiões)
  21. 21. Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Santa Catarina (Municípios)
  22. 22. Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Santa Catarina (Mesorregiões)
  23. 23. Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Rio Grande do Sul (Municípios)
  24. 24. Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Rio Grande do Sul (Mesorregiões)
  25. 25. Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Mapa da Região Sul (GeoCapes)
  26. 26. Indicador 3: Número de Cursos de PG (Conceitos 3 a 7) Mapa das Mesorregiões da Região Sul
  27. 27. Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Paraná (Municípios)
  28. 28. Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Paraná (Mesorregiões)
  29. 29. Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Santa Catarina (Municípios)
  30. 30. Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Santa Catarina (Mesorregiões)
  31. 31. Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Rio Grande do Sul (Municípios)
  32. 32. Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Rio Grande do Sul (Mesorregiões)
  33. 33. Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Mapa da Região Sul (GeoCapes)
  34. 34. Indicador 4: Número de Discentes em PG (M, D, MP) Mapa das Mesorregiões da Região Sul
  35. 35. <ul><li>Necessidades para um diagnóstico mais completo e preciso: </li></ul><ul><li>- Inclusão de mais alguns indicadores de PG; </li></ul><ul><li>- Análise qualitativa em termos de áreas do conhecimento e tipo de instituição ( Federais, Estaduais, Comunitárias e Particulares); </li></ul><ul><li>- Evolução destes indicadores, pelo menos, nos últimos 3 anos; </li></ul><ul><li>- Ampliar os indicadores utilizando dados do MCT: edital universal, bolsas PQ e DT, fundos setoriais e outros; </li></ul><ul><li>- Padronização e comparação com outras regiões do país. </li></ul>
  36. 36. Considerações e Perspectivas de Aprofundamento - Embora os 3 estados da Região Sul tenham realidades diferentes, as assimetrias intraestaduais são marcantes em todos eles; - Os indicadores positivos de PG dos estados da Região Sul são resultado das realidades das regiões metropolitanas de suas capitais; - Médias ou valores absolutos dos indicadores por estado da Região Sul ou da Região Sul como um todo não representam as realidades destes estados ou da Região; - As mesorregiões constituem-se como uma unidade geográfica válida para a gestão estratégica do fomento em C&T? - O quão justo é usar unidades geográficas para definir estratégias de investimento em C&T?

×