FAPEG FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE GOIÁS www.fapeg.go.gov.br FAPEG:  Um toque de  modernidade Sustentabilida...
<ul><li>Criado oficialmente em 2007 </li></ul><ul><li>Fundações de vinte e dois estados mais o Distrito Federal </li></ul>...
Sem FAP: AMAPÁ, TOCANTINS, RORÂIMA, RONDÔNIA CAPILARIDADE DAS POLÍTICAS DE C, T & I
VERTENTES DA SUSTENTABILIDADE Pesquisa e Pós-graduação Formação qualificada - Doutores Inovação Geração de conhecimento Ab...
Indicadores Fonte: Capes  -  em 03/07/2008 Cursos:     M - Mestrado Acadêmico, D - Doutorado, F - Mestrado Profissional  C...
Indicadores <ul><ul><li>Conceito  dos cursos de Pós-Graduação </li></ul></ul><ul><ul><li>Brasil =  QUALIDADE ou CONSOLIDAÇ...
Indicadores Fonte: Capes  -  em 03/07/2008 Cursos:     M - Mestrado Acadêmico, D – Doutorado, F - Mestrado Profissional  S...
Indicadores <ul><ul><li>Conceito dos cursos de Pós-Graduação </li></ul></ul><ul><ul><li>Centro Oeste </li></ul></ul>Fonte:...
Indicadores Fonte: Capes  -  em 03/07/2008 Cursos:     M - Mestrado Acadêmico, D - Doutorado, F - Mestrado Profissional  C...
Indicadores <ul><ul><li>Grupos de Pesquisa - CNPq </li></ul></ul>Número de doutores do Centro-Oeste: 4.325
<ul><li>CENÁRIO EM GOIÁS </li></ul>
<ul><ul><li>Conceito dos cursos de Pós-Graduação </li></ul></ul><ul><ul><li>Goiás </li></ul></ul>Fonte: Capes  -  em 28/08...
Indicadores <ul><ul><li>Docentes </li></ul></ul>52,3% DF 26,2% Goiás Pós-graduação
Indicadores <ul><ul><li>Docentes em Goiás </li></ul></ul>
71  IES  SEDIADAS EM GOIÁS -2005
Fonte: Ministério da Educação.  Elaboração: SEPLAN-GO/SEPIN/Gerência de Estatística Socioeconômica – 2005.  Crescimento Pú...
Fonte: INEP/MEC (2004) Elaboração:  2006 Vagas Educação Superior Brasil e Goiás Expansão: Docentes concursados serão oriun...
Vagas ofertadas pelas IES, concluintes do Ensino Médio, balanço de vagas e percentual de vagas ofertadas em relação a conc...
Fonte:  Edição de O popular de 30/04/2006 – Caderno Economia   EMPREGO <ul><li>Goianos perdem vagas para profissionais de ...
Caminho para o desenvolvimento <ul><li>Desafio de construir uma política de gestão compartilhada, baseada no incremento da...
Caminhos para fomentar  a Educação Superior,  a Pesquisa  e a Pós-graduação em uma estrutura institucional integrada Feder...
Redes Goianas de Pesquisa: Integração para a Ciência, Tecnologia e Inovação em Goiás
Agenda <ul><li>Agenda Goiana de Fomento a Pesquisa </li></ul><ul><li>Redes de Pesquisa  </li></ul><ul><li>Indicadores Rede...
Redes de Pesquisa - Conceito <ul><li>“ Entende-se por Rede de Pesquisa, um  grupo de entidades  por intermédio de seus  pe...
Redes de Pesquisa - Formação <ul><li>“ Caracteriza-se como  Rede , a união de no  mínimo três ou mais instituições ,  sedi...
<ul><li>300 Redes Goianas de Pesquisa Credenciadas </li></ul>Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor  Estatísticas  -  em 18/08/...
Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor  Estatísticas  -  em 27/08/2008 Redes de Pesquisa Credenciadas: 300
Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor  Estatísticas  -  em 27/08/2008 Área: Qualidade de Vida
Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor  Estatísticas  -  em 27/08/2008 Área: Conhecimento e Expressão Humana
Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor  Estatísticas  -  em 27/08/2008 Área: Infra-estrutura e Processos Produtivos
Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor  Estatísticas  -  em 27/08/2008 Área: Desafios Estratégicos e Políticas Públ...
Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor  Estatísticas  -  em 27/08/2008 Área: Agronegócios,  Desenvolvimento Rural e...
Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor  Estatísticas  -  em 27/08/2008 Área: Pesquisa Inicial e Fundamental
Indicadores Fonte: FAPEG em 27/08/2008 10 Instituições com maior participação em  Redes de Pesquisa
Indicadores - Análise Fonte: FAPEG em 18/08/2008 Destaque da Instituição por Eixo Temático
Indicadores <ul><li>Distribuição dos Coordenadores de Rede  </li></ul><ul><li>segundo o Gênero </li></ul>Fonte: FAPEG em 2...
Indicadores <ul><li>Distribuição dos Coordenadores de Rede  </li></ul><ul><li>segundo a Nacionalidade </li></ul>Fonte: FAP...
<ul><li>Distribuição dos Coordenadores de Rede  </li></ul><ul><li>segundo o Local de Residência </li></ul>Fonte: FAPEGesto...
Precisamos inovar para alcançarmos o caminho da sustentabilidade da Pesquisa e da  Pós-Graduação
<ul><li>“ O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher....
Contato José Clecildo Barreto Bezerra Diretoria Científica [email_address] www.fapeg.go.gov.br 62-3201-8087
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

052 sustentabilidade da pesquisa e pós-graduação stricto sensu no país-fapeg

1.338 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

052 sustentabilidade da pesquisa e pós-graduação stricto sensu no país-fapeg

  1. 1. FAPEG FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE GOIÁS www.fapeg.go.gov.br FAPEG: Um toque de modernidade Sustentabilidade da Pesquisa e Pós-graduação stricto sensu no País
  2. 2. <ul><li>Criado oficialmente em 2007 </li></ul><ul><li>Fundações de vinte e dois estados mais o Distrito Federal </li></ul><ul><li>Para completar esse quadro, restam apenas os estados de Rondônia, Roraima, Amapá e Tocantins criarem as suas fundações </li></ul>
  3. 3. Sem FAP: AMAPÁ, TOCANTINS, RORÂIMA, RONDÔNIA CAPILARIDADE DAS POLÍTICAS DE C, T & I
  4. 4. VERTENTES DA SUSTENTABILIDADE Pesquisa e Pós-graduação Formação qualificada - Doutores Inovação Geração de conhecimento Absorção no mercado Expansão do ensino superior Novos negócios
  5. 5. Indicadores Fonte: Capes - em 03/07/2008 Cursos:     M - Mestrado Acadêmico, D - Doutorado, F - Mestrado Profissional Cursos de Pós-Graduação no Brasil
  6. 6. Indicadores <ul><ul><li>Conceito dos cursos de Pós-Graduação </li></ul></ul><ul><ul><li>Brasil = QUALIDADE ou CONSOLIDAÇÃO? </li></ul></ul>Fonte: Capes - em 03/07/2008 Cursos:     M - Mestrado Acadêmico, D - Doutorado, F - Mestrado Profissional 62% 12,3% 25,7%
  7. 7. Indicadores Fonte: Capes - em 03/07/2008 Cursos:     M - Mestrado Acadêmico, D – Doutorado, F - Mestrado Profissional Se Conceito é = qualidade, então há desequilíbrio regional de qualidade? 9,6% Conceito 6 e 7: 9,6% nacional 78% sudeste
  8. 8. Indicadores <ul><ul><li>Conceito dos cursos de Pós-Graduação </li></ul></ul><ul><ul><li>Centro Oeste </li></ul></ul>Fonte: Capes - em 28/08/2008 Cursos:     M - Mestrado Acadêmico, D - Doutorado, F - Mestrado Profissional Conceito 3 Conceito 4 Conceito 5 Conceito 6 Conceito 7 4,7% 77,3% 18%
  9. 9. Indicadores Fonte: Capes - em 03/07/2008 Cursos:     M - Mestrado Acadêmico, D - Doutorado, F - Mestrado Profissional Cursos de Pós-Graduação no Centro-Oeste 52,3% 26,2% 21,5%
  10. 10. Indicadores <ul><ul><li>Grupos de Pesquisa - CNPq </li></ul></ul>Número de doutores do Centro-Oeste: 4.325
  11. 11. <ul><li>CENÁRIO EM GOIÁS </li></ul>
  12. 12. <ul><ul><li>Conceito dos cursos de Pós-Graduação </li></ul></ul><ul><ul><li>Goiás </li></ul></ul>Fonte: Capes - em 28/08/2008 Cursos:     M - Mestrado Acadêmico, D - Doutorado, F - Mestrado Profissional <ul><ul><li>Conceito 5: </li></ul></ul><ul><ul><li>Nacional 25,7% </li></ul></ul><ul><ul><li>Regional 18% </li></ul></ul><ul><ul><li>Goiás 10,1% </li></ul></ul>
  13. 13. Indicadores <ul><ul><li>Docentes </li></ul></ul>52,3% DF 26,2% Goiás Pós-graduação
  14. 14. Indicadores <ul><ul><li>Docentes em Goiás </li></ul></ul>
  15. 15. 71 IES SEDIADAS EM GOIÁS -2005
  16. 16. Fonte: Ministério da Educação. Elaboração: SEPLAN-GO/SEPIN/Gerência de Estatística Socioeconômica – 2005. Crescimento Público 148,4% Privado 232,6% 48.974 42.581 91.555 3.438 33.431 15.982 52.851 144.406 2004 Comunitária confessional / filantrópica Particular Total Municipal Estadual Federal Total Privada Pública Total Ano
  17. 17. Fonte: INEP/MEC (2004) Elaboração: 2006 Vagas Educação Superior Brasil e Goiás Expansão: Docentes concursados serão oriundos da pós-graduação
  18. 18. Vagas ofertadas pelas IES, concluintes do Ensino Médio, balanço de vagas e percentual de vagas ofertadas em relação a concluintes do Ensino Médio por microrregião do Estado de Goiás, candidatos inscritos por vestibular e outros processos seletivos e relação candidato vaga (2004) Fonte: Secretaria de Educação do Estado de Goiás (SEE/2004) e INEP/MEC (2004). 2,1 150.639 136,2 + 19.663 54.338 74.001 Total 2,7 493 23,4 - 589 769 180 Vão do Paranã - 0 - - 878 878 0 Vale do Rio dos Bois 1,9 8.807 152,7 + 1.614 3.060 4.674 Sudoeste de Goiás 1,5 175 16,4 - 587 702 115 São Miguel do Araguaia 2,4 2.081 86,1 - 137 987 850 Rio Vermelho 3,7 1.159 37,5 - 516 826 310 Quirinópolis 3,1 2.867 34,0 - 1.806 2.736 930 Porangatu 2,1 1.151 57,8 - 409 969 560 Pires do Rio 1,2 6.104 186,6 + 2.418 2.792 5.210 Meia Ponte 3,3 984 59,5 - 204 504 300 Iporá 2,1 94.092 212,8 + 23.635 20.951 44.586 Goiânia 1,4 7.076 58,6 - 3.581 8.658 5.077 Entorno de Brasília 4,0 563 21,8 - 501 641 140 Chapada dos Veadeiros 2,5 2.041 35,3 - 1.502 2.322 820 Ceres 2,6 3.211 103,2 + 38 1.187 1.225 Catalão - 0 - - 363 363 0 Aragarças 0,9 2.627 233,5 + 1.633 1.223 2.856 Anicuns 2,8 17.208 129,3 + 1.398 4.770 6.168 Anápolis Relação candidato / Vaga (C/A) Candidatos inscritos por vestibular e outros processos seletivos (C) % Vagas ofertadas em relação a concluintes (A/B*100) Balanço de vagas (A – B) Concluintes Ensino Médio (B) Vagas Ofertadas pelas IES (A) Microrregião
  19. 19. Fonte: Edição de O popular de 30/04/2006 – Caderno Economia EMPREGO <ul><li>Goianos perdem vagas para profissionais de fora </li></ul><ul><li>Empresas buscam pessoas em outros Estados por não encontrarem aqui trabalhadores com qualificação exigida para determinadas funções, sobretudo de tecnologia mais avançada </li></ul><ul><li>Falta de qualificação é problema crônico </li></ul><ul><li>Habilidades além da Formação Técnica </li></ul><ul><li>Crescimento da economia goiana atrai profissionais </li></ul>Inovação
  20. 20. Caminho para o desenvolvimento <ul><li>Desafio de construir uma política de gestão compartilhada, baseada no incremento da produção de conhecimento. </li></ul><ul><li>Compromisso com a geração de emprego e renda, na perspectiva de transformar ações isoladas em ações integradas. </li></ul>Fomento Federal + Fomento Estadual + Iniciativa Privada
  21. 21. Caminhos para fomentar a Educação Superior, a Pesquisa e a Pós-graduação em uma estrutura institucional integrada Federal e Estadual
  22. 22. Redes Goianas de Pesquisa: Integração para a Ciência, Tecnologia e Inovação em Goiás
  23. 23. Agenda <ul><li>Agenda Goiana de Fomento a Pesquisa </li></ul><ul><li>Redes de Pesquisa </li></ul><ul><li>Indicadores Redes de Pesquisa </li></ul>Evento de Treinamento para formação da Agenda Goiana de Fomento à Pesquisa 446 participantes: pesquisadores, empresários e setores de governos estadual e municipais.
  24. 24. Redes de Pesquisa - Conceito <ul><li>“ Entende-se por Rede de Pesquisa, um grupo de entidades por intermédio de seus pesquisadores e profissionais , em permanente interação , organizados para desenvolver, conjuntamente, projetos de pesquisa científica ou tecnológica que possam contribuir significativamente para o avanço e difusão do conhecimento” </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Resolução Normativa CONSUP Nº 06/2007 – Art. 1º </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  25. 25. Redes de Pesquisa - Formação <ul><li>“ Caracteriza-se como Rede , a união de no mínimo três ou mais instituições , sediadas em Goiás , sendo pelo menos uma de educação superior, ou de pesquisa , com o objetivo de, em conjunto, viabilizar a execução de projetos de pesquisa e/ou desenvolvimento e contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico do Estado de Goiás” </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Resolução Normativa CONSUP Nº 06/2007 – Art. 2º </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  26. 26. <ul><li>300 Redes Goianas de Pesquisa Credenciadas </li></ul>Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor Estatísticas - em 18/08/2008
  27. 27. Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor Estatísticas - em 27/08/2008 Redes de Pesquisa Credenciadas: 300
  28. 28. Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor Estatísticas - em 27/08/2008 Área: Qualidade de Vida
  29. 29. Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor Estatísticas - em 27/08/2008 Área: Conhecimento e Expressão Humana
  30. 30. Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor Estatísticas - em 27/08/2008 Área: Infra-estrutura e Processos Produtivos
  31. 31. Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor Estatísticas - em 27/08/2008 Área: Desafios Estratégicos e Políticas Públicas
  32. 32. Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor Estatísticas - em 27/08/2008 Área: Agronegócios, Desenvolvimento Rural e Fundiário
  33. 33. Indicadores Fonte: www.fapeg.go.gov.br/gestor Estatísticas - em 27/08/2008 Área: Pesquisa Inicial e Fundamental
  34. 34. Indicadores Fonte: FAPEG em 27/08/2008 10 Instituições com maior participação em Redes de Pesquisa
  35. 35. Indicadores - Análise Fonte: FAPEG em 18/08/2008 Destaque da Instituição por Eixo Temático
  36. 36. Indicadores <ul><li>Distribuição dos Coordenadores de Rede </li></ul><ul><li>segundo o Gênero </li></ul>Fonte: FAPEG em 27/08/2008
  37. 37. Indicadores <ul><li>Distribuição dos Coordenadores de Rede </li></ul><ul><li>segundo a Nacionalidade </li></ul>Fonte: FAPEGestor em 18/08/2008
  38. 38. <ul><li>Distribuição dos Coordenadores de Rede </li></ul><ul><li>segundo o Local de Residência </li></ul>Fonte: FAPEGestor em 18/08/2008
  39. 39. Precisamos inovar para alcançarmos o caminho da sustentabilidade da Pesquisa e da Pós-Graduação
  40. 40. <ul><li>“ O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher.” </li></ul><ul><li>Cora Coralina </li></ul>INOVAR INOVAR            
  41. 41. Contato José Clecildo Barreto Bezerra Diretoria Científica [email_address] www.fapeg.go.gov.br 62-3201-8087

×