2 locaçao de taludes

112 visualizações

Publicada em

p1raquel

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
112
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2 locaçao de taludes

  1. 1. A Locação de Offsets pode ser feita através de 2 métodos: Analítico: muitopouco utilizado, pois exige uma densidade de pontos muito grande para que não se tenha problemas na implantação do talude. Muito utilizado em projetos para previsãode offset e pouco utilizado em campo. Tentativas: muitoutilizado, pois é fácil de se implantar em campo e as ondulações do terrenonão levantadas não prejudicam a precisão da locação. ANALÍTICO Visualizando uma seção transversal, produz-se a interseção de retas composta pelos pontos do terreno, o bordo projetado e o talude, num sistema de coordenadas onde X é a distância e Y a cota. Num ambiente CAD é simples de se resolver com comandos de desenho e extensãode linha. Depois basta consultar a distância e a cota do ponto. Método que merece atenção, principalmente em terrenos ondulados e acidentados, pois qualquer diferença entre o terreno levantado e o real produzirá imperfeições na marcação do talude. Estas diferenças podem ser oriundas por falha no levantamento, alterações do terreno entre o levantamento e a execuçãoe até mesmo pela limpeza feita no terrenopara a remoção de camada vegetal, como mostra a figura abaixo. Já existe software de coleta de dados que para locar o offset basta levantar os pontos de detalhe da seção transversal próximos ao offset, ao levantar os pontos anterior e posterior do offset o software calcula em tempo real o offset analiticamente, pois os dados geométricos do projeto estão no coletor. TENTATIVAS Este método é utilizado apenas para a locação em campo. O nome Tentativas se deve ao fato de “tentar” adivinhar o ponto e verificar se o talude está com a inclinação correta ou não. Como este método é feito em campo e em tempo real, o cálculo é fiel ao terreno. É o mais utilizado devido a sua simplicidade. Ao locar o bordo do projeto em 3D, teremos a Cota Vermelha (CV) através da equação:
  2. 2. , onde CP é a cota de projeto e CT é a cota do terreno. Para iniciar as tentativas, temos que afastar o offset do bordo de acordo com sua CV. Este afastamento será em função da inclinação do talude. Consideremos a inclinação do talude na proporção 1: TH, onde 1 é a distância vertical no talude e TH a distância horizontal no talude. Em algumas literaturas e regiões, é utilizado uma proporção com números inteiros onde a distância vertical no talude pode ser diferente de 1, por exemplo 2/3. O talude 2/3, equivale matematicamente ao talude 1/1,5, bastandorealizar a simplificação. Para a 1ª tentativa, calculamos a distância de afastamento (D) da tentativa para o bordo, pela equação . ROTINA DE TENTATIVAS Após afastar do bordo, temos que verificar se a inclinação do talude está 1: TH nesta distância D. Medimos a cota da tentativa (C) e calculamos o desnível (H) da tentativa até o bordo de projeto. Com a equação . Verificamos então se a inclinação está satisfatória ou não pela equação . Se , então o talude está muito suave e o ponto deve ser aproximado do bordo. Se , então o talude está muito inclinado e o ponto deve ser afastado do bordo. Afastamos ou aproximamos o offset do bordo e reiniciamos a rotina, até que uma posição do offset defina um talude aceitável para a obra. Em casos de Taludes com Banquetas, a locação deverá iniciar pelo último ponto da banqueta, mesmo que sejam múltiplas banquetas. A locação é idêntica como se partisse do bordo, pois pode-se calcular a distância e a cota deste último ponto. Nas Estações Totais que não possuem locação de offset, poderá ser utilizado o programa de distância e desnível entre pontos para locar offsets por tentativas. TOPCON GTS-210/220
  3. 3. Nas Estações Topcon nos modelo da série GTS-210 ou nos modelos da série GTS-220, proceda da seguinte forma: 1) Loque o bordo por coordenadas, inclusive com sua cota. Na locação teremos a informação de quanto aterra ou quanto corta (cota vermelha – CV). Lembre-se que quando é Corte o CV é negativo e quando é Aterroo CV é positivo. 2) Inicie a medição de distância e desnível na opção (A-B, A-C) no ponto locado do bordo. 3) calcule a distância D em função do talude 1: TH, fazendo D = CV . TH. O resultado utilize para afastar do bordo a 1a tentativa de locação do offset. 4) direcione a luneta para a tentativa e meça o próximo ponto da distância (D) e desnível (DN). 5) calcule a altura do ponto para o projeto (H) com a equação H = CV - DN 6) verifique qual a inclinação do talude (i) fazendo i = D/H e compare com a de projeto 1: TH: Se i > TH é porque o talude está muito suave tendo que aproximar o offset do bordo. Se 1 < TH é porque o talude está muito inclinado tendo que afastar o offset do bordo. 7) afaste ou aproxime a próxima tentativa do bordo conforme o i e volte para o item 4.

×