O MundoIndustrializadoTrabalho elaborado por:André Meira nº1Ariana Silva nº4Edgar Quesado nº8Júlio Dinis nº14Marta Afonso ...
Expansão da Revolução IndustrialFoi no século XIX que a Revolução Industrial se expandiu.Esta que teve origem em Inglaterr...
A Hegemonia InglesaA Grã-Bretanha foi o berço da Revolução Industrial emanteve a sua hegemonia económica até meados dosécu...
Gradualmente, outros países europeus, nomeadamente a Bélgica, a Françae a Alemanha, iniciaram, também, a sua industrializa...
BélgicaA Bélgica, rica emminérios, foi o primeiro dosreferidos países europeusonde se verificou o arranqueindustrial. Aqui...
FrançaNa França, odesenvolvimento industrialsó foi possível após oafastamento de Napoleão I.Construíram-se caminhos-de-fer...
AlemanhaNa Alemanha, o arranqueindustrial ocorreu em 1860.Esta desenvolveu, sobretudo, osector metalúrgico e, assim,rapida...
O crescimento americanoA partir de 1840, os Estados Unidos entraram num período de grande crescimentoeconómico:• avanço pa...
Expansão para o Oeste, nos EUA
Japão: da era feudal à era industrialO Japão tinha permanecido um país feudal, fechado ao Ocidente.Após a revolução lidera...
A Revolução dos TransportesNo primeiro terço do século XIX, assistiu-se a uma revolução nos transportescom a aplicação da ...
A construção de pontes, viadutos e túneis permitiu que aEuropa se cobrisse com uma densa rede ferroviária e que oscontinen...
A expansão docaminho-de-ferro na Europa
Aperfeiçoamentodo barco a vapor
Construção de grandes navios para otransporte não só de mercadorias, mastambém de passageiros.O maior foi o Titanicque nau...
Abertura do canal do Suez (1869)
Abertura do canal do Panama (1914)
Formação de mercadosnacionaisO alargamento da rede de transportes permitiu a deslocação mais rápida, amenos custo e para m...
Aceleração das trocasintercontinentaisAs ligações intercontinentais favoreceram a existência de um mercado mundial.Agora, ...
Prodigioso surto deinvençõesNa segunda metade do século XIX, surgiu uma nova vaga de inventos.A possibilidade de produzir ...
Samuel Morse1791 - 1872Morse inventou o telégrafoCódigo Morse
Bell inventou o telefoneAlexander Graham Bell1847 - 1922Telefone
Heinrich Rudolf Hertz1857 - 1894Guglielmo Marconi1874 - 1937Hertz e Marconi criaram a TSF (telegrafia sem fios)
Prodigioso surto deinvençõesA descoberta da lâmpada eléctrica por Edison e a do gerador e do dínamoindustrial, aplicados p...
Prodigioso surtode invençõesCom a descoberta do petróleo e dos seus derivados e a invenção domotor de explosão, surgiram o...
Outros inventosMáquina de costura(Singer)Máquina de escrever(Ch. Schole)Fonógrafo(Edison)Aspirina (Bayer) Pneu (Dunlop)
Uma nova revoluçãoenergéticaEsta nova etapa de industrialização (com as novas fontes deenergia – electricidade e petróleo ...
Liberalismo económicoO liberalismo económico foi proposto pelo economista Adam Smith, quedefendia que a riqueza das socied...
O poder do capitalfinanceiroNo século XIX, formaram-se muitas empresas industriais, comerciais efinanceiras.Eram as socied...
O poder do capitalfinanceiroAs empresas financeiras ganharam mais ascendência e os industriais tinhammuitas vezes de recor...
As crises do capitalismoGrandesinvestimentosAumento dopreço dosprodutosDiminuição doconsumoMais oferta doque procuraCrise ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tema h1 1ª parte

551 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
551
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tema h1 1ª parte

  1. 1. O MundoIndustrializadoTrabalho elaborado por:André Meira nº1Ariana Silva nº4Edgar Quesado nº8Júlio Dinis nº14Marta Afonso nº16Nuno Dias nº19Escola E.B. 2,3 / S de Monte da OlaProfessora Flora DouteiroAno lectivo 2009/2010História 8ºE
  2. 2. Expansão da Revolução IndustrialFoi no século XIX que a Revolução Industrial se expandiu.Esta que teve origem em Inglaterra, estendeu-se a outrospaíses europeus e ao resto do mundo.
  3. 3. A Hegemonia InglesaA Grã-Bretanha foi o berço da Revolução Industrial emanteve a sua hegemonia económica até meados doséculo XIX.Através do gráfico, podemos observar que a produçãotêxtil algodoeira na Grã-Bretanha continuou prósperaao longo dos anos.Na Grã-Bretanha, a indústria metalúrgica continuou umsector industrial dinâmico e o seu território foi cobertocom uma vasta rede de vias-férreas.Esta hegemonia inglesa também se manifestou naexportação, para toda a Europa e outros continentes, debens de equipamento e bens de consumo. Assim, a Grã-Bretanha tornava-se a “oficina do mundo”.
  4. 4. Gradualmente, outros países europeus, nomeadamente a Bélgica, a Françae a Alemanha, iniciaram, também, a sua industrialização. Fora da Europa,apenas os Estados Unidos e o Japão tinham condições para se industrializarem.
  5. 5. BélgicaA Bélgica, rica emminérios, foi o primeiro dosreferidos países europeusonde se verificou o arranqueindustrial. Aqui, houve umforte desenvolvimento doscaminhos-de-ferro.
  6. 6. FrançaNa França, odesenvolvimento industrialsó foi possível após oafastamento de Napoleão I.Construíram-se caminhos-de-ferro por todo o país efundiram grandes centrosmetalúrgicos.
  7. 7. AlemanhaNa Alemanha, o arranqueindustrial ocorreu em 1860.Esta desenvolveu, sobretudo, osector metalúrgico e, assim,rapidamente atingiu o segundolugar na produção mundial.
  8. 8. O crescimento americanoA partir de 1840, os Estados Unidos entraram num período de grande crescimentoeconómico:• avanço para Oeste, para além da linha da fronteira;• aumento da população;• abundância de matérias-primas;• abundância de mão-de-obra;• riqueza do subsolo;• fertilidade dos campos;• desenvolvimento dos transportes;• a aplicação de inventos técnicos;• o investimento de capitais privados e estatais.Factores quecontribuíram paraa industrializaçãoamericana
  9. 9. Expansão para o Oeste, nos EUA
  10. 10. Japão: da era feudal à era industrialO Japão tinha permanecido um país feudal, fechado ao Ocidente.Após a revolução liderada pelo imperador Mutsu-Hito, o Japãomodernizou-se.Assim, iniciou-se a era Meiji.Iniciando a sua industrialização, o governo promoveu a construção decaminhos-de-ferro e a fundação de fábricas, tendo-se distinguido, noJapão, a produção têxtil e o sector metalúrgico.No final do século XIX, o Japão já se tornara um país industrial ecomercial.
  11. 11. A Revolução dos TransportesNo primeiro terço do século XIX, assistiu-se a uma revolução nos transportescom a aplicação da máquina a vapor e foi assim que surgiu o comboio.Em 1814, foi inventada por Stephenson uma locomotiva a vapor erapidamente, o caminho-de-ferro estendeu-se por todos os continentes.George Stephenson1781 - 1848A “Rocket” de Stephenson
  12. 12. A construção de pontes, viadutos e túneis permitiu que aEuropa se cobrisse com uma densa rede ferroviária e que oscontinentes americano e asiático fossem atravessados porlinhas transcontinentais.A Revolução dosTransportes
  13. 13. A expansão docaminho-de-ferro na Europa
  14. 14. Aperfeiçoamentodo barco a vapor
  15. 15. Construção de grandes navios para otransporte não só de mercadorias, mastambém de passageiros.O maior foi o Titanicque naufragou na viageminaugural (1912).
  16. 16. Abertura do canal do Suez (1869)
  17. 17. Abertura do canal do Panama (1914)
  18. 18. Formação de mercadosnacionaisO alargamento da rede de transportes permitiu a deslocação mais rápida, amenos custo e para maiores distâncias, de pessoas e mercadorias.Isto contribuiu para o desenvolvimento do comércio e para o desenvolvimentode mercados nacionais, que eram indispensáveis à expansão industrial.
  19. 19. Aceleração das trocasintercontinentaisAs ligações intercontinentais favoreceram a existência de um mercado mundial.Agora, os países industrializados podiam, mais facilmente, ir buscar grandesquantidades de matérias-primas aos mercados coloniais africanos e asiáticos e,também, fazer chegar os seus produtos a todas as partes do mundo.
  20. 20. Prodigioso surto deinvençõesNa segunda metade do século XIX, surgiu uma nova vaga de inventos.A possibilidade de produzir e aproveitar electricidade originou uma novarevolução - a dos meios de comunicação.
  21. 21. Samuel Morse1791 - 1872Morse inventou o telégrafoCódigo Morse
  22. 22. Bell inventou o telefoneAlexander Graham Bell1847 - 1922Telefone
  23. 23. Heinrich Rudolf Hertz1857 - 1894Guglielmo Marconi1874 - 1937Hertz e Marconi criaram a TSF (telegrafia sem fios)
  24. 24. Prodigioso surto deinvençõesA descoberta da lâmpada eléctrica por Edison e a do gerador e do dínamoindustrial, aplicados por Siemens e Gramme, permitiram a iluminação dasgrandes cidades, como Nova Iorque e Paris.Thomas Edison(1847 – 1931)Lâmpadaeléctrica
  25. 25. Prodigioso surtode invençõesCom a descoberta do petróleo e dos seus derivados e a invenção domotor de explosão, surgiram os primeiros automóveis e, mais tarde, osprimeiros aviões.Henry Ford conduzindo o primeiroautomóvel fabricado nas suas oficinas.
  26. 26. Outros inventosMáquina de costura(Singer)Máquina de escrever(Ch. Schole)Fonógrafo(Edison)Aspirina (Bayer) Pneu (Dunlop)
  27. 27. Uma nova revoluçãoenergéticaEsta nova etapa de industrialização (com as novas fontes deenergia – electricidade e petróleo -, novas máquinas – motor eléctricoe motor de explosão -, e uma indústria orientada para a produção emsérie) ficou conhecida como a segunda Revolução Industrial.
  28. 28. Liberalismo económicoO liberalismo económico foi proposto pelo economista Adam Smith, quedefendia que a riqueza das sociedades resulta da iniciativa individual. O liberalismoeconómico caracterizava-se pela não intervenção do Estado e na liberdade deprodução, circulação dos produtos, salários e preços. Era a lei da oferta e da procuraque regulava a livre iniciativa e a livre concorrência.Adam Smith1723 - 1790
  29. 29. O poder do capitalfinanceiroNo século XIX, formaram-se muitas empresas industriais, comerciais efinanceiras.Eram as sociedades anónimas que predominavam nos grandes sectores daeconomia e, estas dispunham de um enorme capital, resultante dos seus inúmerosaccionistas.
  30. 30. O poder do capitalfinanceiroAs empresas financeiras ganharam mais ascendência e os industriais tinhammuitas vezes de recorrer aos empréstimos de banca para investirem nodesenvolvimento tecnológico das suas fábricas.Os bancos de depósito (que acumulavam o dinheiro entregue à sua guarda pormilhares de pessoas) serviam-se desse capital para conceder empréstimos e assim, aspequenas poupanças eram canalizadas para o investimento. Os Estados também nãopodiam sobreviver sem o crédito concedido pela alta finança.Assim, o capitalismo financeiro passou a controlar a economia e o próprioEstado.
  31. 31. As crises do capitalismoGrandesinvestimentosAumento dopreço dosprodutosDiminuição doconsumoMais oferta doque procuraCrise desuperproduçãoBaixa de preçosDiminuição delucrosEncerramentode fábricasDesemprego

×